daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Gerais > Projetos e Obras > Brasil em Obras



Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 22 votes, 3.82 average.
Old May 12th, 2013, 09:43 PM   #1201
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

E tem toda aquela questão do vazamento de informações confidenciais do governo americano (wikileaks) envolvendo Araxá e os americanos tem parte na CBMM. #teoriasdeconspiração.
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old May 14th, 2013, 12:57 AM   #1202
matheussinara
Matheus Lima | ANO 3
 
matheussinara's Avatar
 
Join Date: Aug 2012
Location: Patos de Minas
Posts: 4,903
Likes (Received): 1816

Quote:
Originally Posted by Henrique BN View Post
Muito estranho isso, tem cidades muito menores que a imagem é de 2010 pra frente... com certeza tem algo por trás disso, tb acho que seja pedido das mineradoras
No Wikimapia, que também ultiliza as imagens de satélites do Google, tem jeito de pedir a atualização, vou ver se arrumo um usuário com nível maior que 2 pra pedirmos mas, não é certeza deles atenderem ok?
__________________
BR 365 || DUPLICAÇÃO JÁ!

Valter liked this post
matheussinara no está en línea   Reply With Quote
Old May 14th, 2013, 02:45 PM   #1203
guileite
Luis Guilherme
 
guileite's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Araxá - Cuiabá - Uberlândia
Posts: 561
Likes (Received): 100

Quote:
Originally Posted by Valter View Post
Não sabia desse terreno. O ideal seria mesmo que a UFTM ficasse junto ao CEFET e a Uniaraxá, talvez em alguma área desapropriada próximo ao CDA do Zema, porém não vejo com bons olhos o crescimento da cidade pro lado da BR-262. Dessa forma, gostaria de um campus implantado nesse terreno da prefeitura, estimularia o crescimento da cidade em direção oposta a rodovia. O ideal mesmo seria se fosse em uma área na zona sul da cidade. Gostaria que a cidade crescesse em direção ao Barreiro, porém os preços de terrenos são proibitivos. Um campus naquela região iria fomentar a abertura de novos loteamentos e o adensamento do "Novo Centro" de Araxá, região do fim da avenida Imbiara. Um campus na área da antiga Camig, hoje Expominas, seria demais, mas não podemos contar com a morosidade do Governo do Estado e da CODEMIG pra uma questão tão importante e urgente. Melhor deixar na mão da prefeitura que anda bem de caixa e pode facilmente bancar as desapropriações necessárias sem muita burocracia.
Nunca tinha pensado na questão do Expominas, realmente seria sensacional, uma universidade ali, a Zona Sul já é altamente valorizada, seria mais valorizada ainda. Como torço por uma reforma daquele lugar para se tornar um Moderno Centro de Eventos, deixa o Expominas quietinho no seu lugar

Acredito que a área para a UFTM seja próxima ao CEFET, UNIARAXÁ, região que vai se efetivar como polo Universitário de fato, valorizando mais a Zona Oeste. O local é próximo do Aeroporto e não muito distante da Rodoviária. Vale ressaltar que o Anel Viário (Avenida José Ananias de Aguiar) vai ter um papel importantíssimo na distribuição do tráfego, facilitando o Acesso para a Avenida Ministro Olavo Drummond/Amazonas, BR's 262 e 452, Rua Uberaba, Avenidas Aracely de Paula/Imbiara/Geraldo Porfírio Botelho e MG-428, o que não vai causar impactos consideráveis no trânsito da Zona Central.
guileite no está en línea   Reply With Quote
Old May 14th, 2013, 11:36 PM   #1204
guileite
Luis Guilherme
 
guileite's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Araxá - Cuiabá - Uberlândia
Posts: 561
Likes (Received): 100


Vinícius Andrade
__________________

Valter liked this post
guileite no está en línea   Reply With Quote
Old May 15th, 2013, 03:26 PM   #1205
thiagocyb
Thiago L.
 
thiagocyb's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Belo Horizonte / Araxá / Minas Gerais
Posts: 1,443
Likes (Received): 111

Os voos de Araxá para Campinas e vice-versa serão cancelados a partir de 04/06. Vai ficar um hiato na ligação de Araxá com São Paulo, voo que existia desde fevereiro de 2011.
thiagocyb no está en línea   Reply With Quote
Old May 15th, 2013, 04:40 PM   #1206
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Quote:
Originally Posted by thiagocyb View Post
Os voos de Araxá para Campinas e vice-versa serão cancelados a partir de 04/06. Vai ficar um hiato na ligação de Araxá com São Paulo, voo que existia desde fevereiro de 2011.
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old May 16th, 2013, 02:04 AM   #1207
thiagocyb
Thiago L.
 
thiagocyb's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Belo Horizonte / Araxá / Minas Gerais
Posts: 1,443
Likes (Received): 111

Vai fazer um ano que nenhum edifício de expressão é lançado em Araxá. Grupo Polo mudou o foco e decidiu investir em loteamentos na região; Espaço Livre não tem cacife para fazer 2 grandes obras ao mesmo tempo. Construtoras de fora (Uberaba, Uberlândia, Franca, Ribeirão Preto) parecem não demonstrar muito interesse.
thiagocyb no está en línea   Reply With Quote
Old May 16th, 2013, 02:53 AM   #1208
banzo
Banzo
 
banzo's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Patos de Minas/São Paulo
Posts: 1,994
Likes (Received): 452

Quote:
Originally Posted by thiagocyb View Post
Os voos de Araxá para Campinas e vice-versa serão cancelados a partir de 04/06. Vai ficar um hiato na ligação de Araxá com São Paulo, voo que existia desde fevereiro de 2011.
Posso presumir então que os voos de Patos para Campinas também vão ser cancelados? Era a mesma linha se eu bem me lembro, correto?

De qualquer jeito é muito ruim. Deveriam ampliar as linhas e não cancelá-las. Só vão concentrar mais e mais nos Aeroportos de Uberaba e Uberlândia
__________________
Cidades são para pessoas.

BR-365 TRECHO PATOS-UBERLÂNDIA: DUPLICAÇÃO JÁ
banzo está en línea ahora   Reply With Quote
Old May 16th, 2013, 03:17 AM   #1209
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Gente, fiz um thread rapidinho pra Araxá no principal, me ajudem com mais fotos da cidade.


http://www.skyscrapercity.com/showth...hp?p=103301855


Quote:
Originally Posted by thiagocyb View Post
Vai fazer um ano que nenhum edifício de expressão é lançado em Araxá. Grupo Polo mudou o foco e decidiu investir em loteamentos na região; Espaço Livre não tem cacife para fazer 2 grandes obras ao mesmo tempo. Construtoras de fora (Uberaba, Uberlândia, Franca, Ribeirão Preto) parecem não demonstrar muito interesse.
A Polo já tá custando a construir esses três, no mínimo ela acaba um antes de lançar um possível outro, se lançar.
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old May 17th, 2013, 11:51 PM   #1210
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Obras na Senador Montandon. Por Sérgio Gomes




__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old May 27th, 2013, 01:29 AM   #1211
Pedro28
Pedro H.
 
Pedro28's Avatar
 
Join Date: Aug 2011
Location: Araxá - Minas Gerais - Brasil / Brazil
Posts: 234
Likes (Received): 41

Av. Senador Montandon tá fechada?
__________________
"My goal is simple. It is a complete understanding of the universe, why it is as it is and why it exists at all." - Stephen Hawking
Pedro28 no está en línea   Reply With Quote
Old May 30th, 2013, 06:31 PM   #1212
crisiso
Registered User
 
crisiso's Avatar
 
Join Date: Nov 2011
Location: Rio do Sul
Posts: 159
Likes (Received): 63

É, que cidadezinha agradavel... Gostei bastante, se quiser, da uma olhada no meu thread
__________________
Meus Threads :

Rio do Sul - SC - Prédios
Vale do Itajaí
Ibirama e Gaspar - SC

Futuros Threads :

*São João Batista e Tijucas - SC
*Benedito Novo e Doutor Pedrinho, as belas desconhecidas.
crisiso no está en línea   Reply With Quote
Old May 30th, 2013, 08:53 PM   #1213
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Copasa conclui primeira fase da obra na av. Senador Montandon


A segunda fase será a retirada das palmeiras.


Terminou esta semana a primeira fase da obra da revitalização da Avenida Senador Montandon em Araxá. A etapa foi realizada pela Copasa, que construiu toda a rede de esgoto no trecho compreendido entre a Rua Belo Horizonte e a Avenida Getúlio Vargas, no Centro.

A segunda fase será a retirada das palmeiras sobre a coordenação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Araxá. Guincho e carretas trabalharão transportando as palmeiras para a região do Residencial Pão de Açúcar III, onde serão replantadas.

A terceira etapa é a parte da pavimentação e a quarta é a sinalização de trânsito semafórica vertical e horizontal.

Após esse trabalho a empresa Vecol entra em ação preparando a base para a construção da nova avenida, que mudará a imagem da entrada da cidade, vindo de Belo Horizonte.

De acordo com o prefeito Jeová Moreira da Costa, a obra tem investimentos do município e do governo do Estado e vai ampliar a revitalização da cidade, como aconteceu na área central.

A obra é dividida em quatro etapas e recebe recursos na ordem de R$ 2,3 milhões e a Prefeitura entra com uma contrapartida de R$ 250 mil.



Fonte: http://www.diariodearaxa.com.br/Noti...#ixzz2Unst0VTV
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old May 30th, 2013, 09:00 PM   #1214
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Novo Barbosão Extra


A história da rede Barbosão Extra Supermercados mostra como uma empresa familiar genuinamente araxaense tornou-se a 16ª de Minas Gerais num dos segmentos mais competitivos do Brasil. Os irmãos Barbosa que começaram o negócio através de uma pequena mercearia no bairro João Ribeiro há 25 anos, hoje possuem uma rede de supermercados com treze lojas, sendo oito em Araxá. Eles inauguram a maior loja de supermercado de Araxá na manhã desta sexta-feira, 31, na av. Amazonas, bairro São Geraldo, apresentando um novo conceito voltado para a valorização da experiência de compra do consumidor.

“É uma empresa 100% araxaense, temos orgulho disso. E a nossa luta é para que realmente nos tornemos uma rede grande. Nossa visão, é a de estar entre os dez maiores supermercados do Brasil. Hoje, somos o 143º entre os 500 maiores do país”, diz Antônio Ferreira Barbosa (Toninho Barbosão), que está à frente do grupo. Ele informa que o faturamento da rede cresceu de uns R$ 10 milhões registrados há dez anos para uma previsão de R$ 150 milhões em 2013. “Então, realmente tomamos um rumo muito grande e temos um projeto de expansão bom para poder estar entre os dez primeiros de Minas Gerais nos próximos cinco anos. Com projetos já desenvolvidos para instalarmos em Sacramento, Luz, além de Uberaba e Uberlândia que são as duas praças que mais estamos visando hoje dada a quantidade de pessoas e o poder aquisitivo”, afirma.

Toninho diz que a rede começou a crescer muito a partir das três primeiras lojas que estavam situadas nos bairros Santa Luzia, Santo Antônio e Urciano Lemos, abrindo mais filiais na cidade onde surgia esta oportunidade e também na região. Atualmente, além das oito lojas araxaenses, a rede possui mais cinco que estão em Ibiá, Patrocínio, Campos Altos e Santa Juliana. “A nossa empresa traz todos os recursos que fatura para Araxá e temos o maior número de lojas, o segundo colocado tem três. E tenho me dedicado nesses últimos dez anos a estudar o varejo, principalmente o internacional. Eu fiz várias viagens para analisar as redes de supermercados em vários países, os novos conceitos, as inovações, vendo o que está funcionando e quais são as tendências, porque a gente sabe que o Brasil vai chegar lá”, conta Toninho.

Ele acrescenta que a abertura da nova loja que vai ser a maior de Araxá, praticamente com 2 mil m² só de área de vendas e com um mix de mais cinco lojas conceituadas, como a Cacau Show e O Boticário, traz um novo conceito de experiência de compra para o consumidor. De acordo com Toninho, também inicia-se um novo projeto da rede, o Barbosão Eletro que será fisicamente separado do supermercado. “É uma loja muito ampla, com sessões montadas dentro dos novos conceitos do mercado internacional e aproveitando essa inauguração para provocar uma mudança de conceito dentro do Barbosão. As pessoas vão sentir a diferença quando entrarem na loja, no sentido de atender um público específico porque a competitividade não está mais no preço. É montar um supermercado que atenda as necessidades e os desejos das pessoas, que não passam necessariamente pelo preço. É óbvio que as pessoas querem preço justo, mas querem também ser bem atendidas em todos os sentidos”, afirma.

Segundo ele, hoje as lojas são mais voltadas para alimentação, limpeza e higiene. “E é isso que estamos dando ênfase, vai ser uma área de alimentos fortíssima, onde o consumidor vai encontrar um bom açougue, uma padaria fantástica, uma sessão de frutas e verduras para comprar com tranquilidade e sem precisar escolher se o produto está bom ou não, tendo a certeza que qualquer fruta que pegar vai aproveitar 100%”, afirma. Toninho destaca que a loja tem uma sessão em diversas áreas para atender o novo poder aquisitivo e a nova forma de viver do brasileiro. “Ele está com dinheiro no bolso e quer viver melhor, com mais conforto, se alimentar melhor. Então, a loja está sendo inaugurada adequando-se a esse novo perfil do consumidor brasileiro. E estamos indo até além, porque como eu vi diversos conceitos aplicados no mundo todo, estamos saindo na frente”, diz.

Toninho afirma que a rede percebeu que o que vale hoje é a experiência de compra do consumidor. “E esperamos atender essa expectativa, de ter uma loja onde o cliente entra e sai divulgando, contando para as pessoas a boa experiência que teve lá dentro. Sintam uma experiência de compra diferente das outras, que o faça ir lá todas às vezes que precisar”, diz. Ele informa que a loja será inaugurada às 10h desta sexta-feira, 31, com funcionamento de segunda-feira a sábado das 8h às 22h e, aos domingos, das 8h às 20h. “É uma loja muito ampla, com quase 15 mil itens diferentes e um conceito diferenciado, onde o cliente vai ter uma experiência de compra diferente na cidade de Araxá”, ressalta.

http://www.clarim.net.br/noticia/4672
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old May 30th, 2013, 09:05 PM   #1215
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Lojistas participam da elaboração de projeto de padronização do Centro

Um grupo de vinte empresários há um ano participa das ações do Sebrae MG que buscam requalificar e padronizar a área central de Araxá. Inicialmente, eles frequentaram os treinamentos oferecidos pelo órgão e agora discutem o que efetivamente deve ser feito em parceria com a Prefeitura de Araxá. De acordo com um dos integrantes desse grupo, Itamar Machado, o projeto não visa especificamente o segundo quarteirão da rua Presidente Olegário Maciel na sequência do calçadão, mas sim a transformação do comércio no Centro da cidade como um todo.

Ele explica que o trabalho foi iniciado através de uma proposta do Sebrae que já tem essa experiência em outras cidades e convidou os lojistas para participar do projeto. “Durante as atividades da consultoria junto ao Sebrae, nós percebemos que precisava fazer alguma coisa para aproveitar o que foi feito também de obras de revitalização no Centro pela prefeitura. Para dar um valor maior àquilo que foi feito, porque se simplesmente deixarmos as obras lá e não tivermos um projeto de utilização, corremos o risco de pender para um lado que não seja propositivo, nem para o comércio, nem para o próprio cliente, a população, o turista, para todo mundo”, afirma Itamar.

Ele informa que neste momento estão trabalhando junto com o Sebrae e a prefeitura para definir como será utilizada a área central. “Para isso, já foram feitas atividades de treinamento e aperfeiçoamento dos lojistas enquanto empresários, um plano de marketing para a área que já está pronto. Não para simplesmente beneficiar os comerciantes do segundo quarteirão, mas para complementar o visual da área central, para ser melhor aproveitada pelo projeto. Até porque, quando se está no primeiro quarteirão com o calçadão já efetivado, a gente olha para o outro lado e vê um ambiente totalmente diferente”, esclarece.

Itamar acrescenta que nos dias de maior circulação de pessoas, como em épocas festivas e, principalmente aos sábados, é perceptível o desejo delas de circular também mais facilmente pelo segundo quarteirão da rua Presidente Olegário Maciel. “Mas quando chegam na esquina da rua Mariano de Ávila, essas pessoas têm que se espremer nos passeios de um metro e pouquinho. Então, já tornou-se necessário até pelo fluxo de pessoas, além de melhorar a questão estrutural para o projeto”, afirma.

De acordo com ele, é notório que o calçadão já criou uma condição melhor de circulação de pedestres na área central. “Muita gente reclama a questão de estacionamento, mas temos que dar prioridade para as pessoas andarem, circularem passando na porta das lojas e consumirem, isto foi muito positivo”, afirma. Por outro lado, ele acrescenta que como o espaço é maior e conta com uma grande circulação de pessoas existem alguns problemas. “Como os vendedores ambulantes, o cuidado ainda dos próprios lojistas, a questão do lixo e de circular mercadoria. Então, estamos agora com a intenção de resolver esses problemas e ir elaborando essa nova forma de trabalhar no Centro. Vamos propor ao prefeito (Jeová Moreira da Costa) para definirmos juntos a proposta para o segundo quarteirão, não tem ainda nada pronto. Queremos juntos colocar o que entendemos que vai ser melhor, não individualmente ou para determinado segmento, mas para o projeto que está sendo proposto para a área”, afirma Itamar. Segundo ele, todos os 316 lojistas da região central foram convidados para participar das reuniões do projeto. “Por enquanto, temos a participação de uns vinte que, por isto, estão liderando a iniciativa, tomando as decisões.”

http://www.clarim.net.br/noticia/4673
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old May 30th, 2013, 09:13 PM   #1216
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Centro administrativo será concluído até dezembro





A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano está funcionando em um dos prédios do futuro centro administrativo de Araxá desde o último dia 14, no bairro Guilherme Chaer. O secretário João Bosco Borges destaca que a mudança possibilita o acompanhamento mais próximo das obras de construção da futura Cidade Administrativa Juscelino Kubitscheck que deve ser concluída até dezembro próximo, composta por três prédios de um pavimento, três de dois e o Gabinete do Poder Executivo.

“E ao mesmo tempo, estamos fazendo uma integração do pessoal para se alinhar ao novo sistema de trabalho, o que vai colaborar com as demais secretarias quando forem para lá”, diz. João Bosco ressalta que o objetivo é entregar as obras o mais rápido possível, ainda este ano. “A equipe integra e ajuda, estando lá. A exemplo do Gilberto que é engenheiro e estava em outras obras, mas com a presença dele está observando e, também com a do arquiteto Marcello Machado, que já nos auxiliou muito. Porque é um corpo técnico que se junta, o que facilita muito para o andamento do serviço”, explica.

Segundo ele, a secretaria foi transferida do Instituto Colombo para a nova área com a sua antiga estrutura, sem estar definitivamente instalada no centro administrativo. “Fomos com a estrutura que temos, porque quando formos entregá-la para o prefeito inaugurar, queremos já fazer com os móveis e tudo adequado. Essa secretaria está funcionando como um projeto piloto lá dentro para as demais secretarias. Eu quero crer que possivelmente entregamos a obra no final do ano e, então, é mais uma decisão do prefeito, mas quero que já tenha condições de estar trabalhando na cidade administrativa.”

O secretário informa que os três primeiros prédios das secretarias de um pavimento estão em fase final de conclusão. Ele acrescenta que outros três prédios de dois pavimentos entram agora na fase de acabamento. “E também estamos reiniciando o Gabinete e a rampa, programando para fazer o lago agora no período de seca.” João Bosco diz que não houve perda de materiais nas obras como foi apontado pela Câmara de Vereadores. “Nós tivemos, na verdade, no período das águas, um vento que tirou parte do telhado e, com as chuvas, danificou um pouco o forro. Mas, o material que estava lá não deteriora, os granitos podem ficar expostos ao tempo. E ficou um pouco de ferragem também e, com isto, dá aspecto de oxidação, mas fazemos um jateamento e se resolve tecnicamente.”

Segundo ele, o que chegou a provocar alguma perda foram os furtos de mercadorias registrados nas obras. “Tivemos obviamente alguns acidentes, como se tem em quase todas as obras, de furto de mercadorias. Infelizmente, não está só na construção civil, é geral na cidade. Então, algumas peças teremos que comprar para refazer. Tivemos agora na escola que está sendo construída no bairro Max Neumann e levaram todas as ferragens, as vigas e os pilares, o que aconteceu também no centro administrativo. Não achamos a autoria e agora estamos intensificando a vigia, com a secretaria lá o movimento fica mais contínuo, inclusive nos fins de semana, o que também ajuda a inibir esse tipo de ação”, afirma.

Durante entrevista coletiva concedida na manhã de segunda-feira, 27, o prefeito Jeová Moreira da Costa disse que espera fazer a mudança da prefeitura para a cidade administrativa dentro de seis meses. “Essa mudança será colocada agora dentro do plano estratégico do nosso governo. Já estamos tomando medidas para que isso vá acontecendo, tudo em paralelo com a reforma do antigo Hotel Colombo para a instalação da Cidade Tecnológica”, afirmou.







http://clarim.net.br/noticia/4669
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old May 30th, 2013, 09:17 PM   #1217
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Zema comemora 90 anos com 400 filiais

Em maio deste ano, rede de lojas Zema atinge um marco histórico: 400 filiais. As lojas estão distribuídas nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Espírito Santo, Goiás e Mato Grosso do Sul. Para este mês estão previstas inaugurações nas cidades de Afonso Claudio (ES), Santa Helena de Goiás (GO), Mirassol (SP), Luna (ES) e Itapuranga (GO). A empresa conta mais de 6500 colaboradores e está sempre entre as Melhores Empresas para Trabalhar do Brasil, de acordo com o instituto Great Place to Work, pela revista Época.

Atendendo mais de 2 milhões de clientes, em suas lojas encontram-se pneus, brinquedos, ferramentas, móveis para quarto, sala e cozinha, eletrodomésticos, celulares e eletrônicos. Além dos serviços financeiros como cartão de crédito, consórcio de eletrodomésticos, imóveis e veículos, empréstimo pessoal, seguro residencial e de veículos.

Há duas décadas, as lojas Zema crescem em ritmo acelerado, em média, 24% ao ano. "Somos hoje a maior rede de eletrodomésticos em número de lojas em Minas Gerais, com presença praticamente concentrada em cidades pequenas", diz Romeu Zema Neto, diretor geral do Grupo Zema. A estratégia de expansão é simples e diferenciada, concentrando seus negócios nas pequenas cidades do interior. A maioria das lojas está em locais cuja população varia de 8 mil a 30 mil habitantes, operando em um nicho ainda pouco explorado pelas grandes empresas.

A rede de lojas faz parte do Grupo Zema, com atuação em diversos outros segmentos como distribuição de combustíveis, varejo de móveis, eletroeletrônicos e vestuários, concessionárias de veículos, autolocadora, varejo de autopeças, consórcio e serviços financeiros.

A empresa que tem a sua origem em Araxá, no interior de Minas Gerais, está presente em mais de 600 cidades do país. Uma empresa familiar de quatro gerações, que tem como atual Presidente do Conselho de Administração o empresário Ricardo Zema, que divide a gestão com os filhos Romeu Zema Neto e Romero Zema. Conheça mais sobre a empresa no www.grupozema.com.br.


http://clarim.net.br/noticia/4611
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old May 30th, 2013, 09:28 PM   #1218
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Pesquisador americano visita a cidade atraído pelo nióbio e terras raras




O economista americano, David Abraham, diz que é pesquisador de metais e minerais e veio a Araxá para fazer um estudo sobre nióbio e terras raras. Segundo ele, é consultor especialista em economia internacional e escreve artigos técnicos sobre cidades mineradoras, minerais e pesquisas nessa área. De acordo com David, veio ao Brasil e, especificamente em Araxá, para estudar como conseguiu ser uma cidade mineradora e turística ao mesmo tempo e crescer tão rápido.

Ele diz que está aqui para aprender, porque participa de diversas conferências em todo o mundo e ouviu falar das terras raras e metais de Araxá. Segundo ele, veio ver de perto como isso funciona aqui. “Como um lugar de mineração, consegue ter uma cidade bonita. Como conseguiu transformar esse produto da mineração numa cidade que está crescendo tão rápido.” Ele diz que, geralmente, as cidades de mineração não são turísticas e, por isto, Araxá chama muita atenção.

David explica que as terras raras hoje são muito importantes para o modo de vida no mundo, porque estão presentes em diversos produtos. Ele acrescenta que é difícil de encontrar em outros lugares e mais difícil ainda achar quem consegue fazer esse processo de extração. Segundo ele, sabe que o município tem as terras raras e a capacidade de produzir e, por isto, veio para ver o que está sendo feito. “Eu quero saber se tem algum centro de pesquisa sobre terras raras para buscar informações e manter esse contato para fazer as pesquisas”, diz. Segundo ele, o primeiro contato que fez na cidade foi com a prefeitura, indicado por pessoas que representam o governo brasileiro viram o que está acontecendo aqui. Ele ressalta que quer aprender mais sobre o processo, “ouvi a história e quero saber como está sendo feita”.

Ele destaca que a sua vinda a Araxá e os contatos que pode manter aqui são muito importantes para fundamentar as pesquisas dele sobre terras raras e nióbio. A principal indagação dele é se Araxá consegue fazer esse processo e os impactos ambientais que pode gerar. David afirma que não é especialista em nióbio e terras raras, mas quer saber como os países trabalham com esses recursos minerais e se desenvolvem. Segundo ele, por algumas razões, a China consegue produzir metais de terras raras com custos bem menores e, por isto, ainda existe esse monopólio. “Mas a economia está mudando e as empresas descobrindo novas formas de competir com esse monopólio”, acrescenta.


http://clarim.net.br/noticia/4588
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso

Last edited by Valter; May 30th, 2013 at 09:35 PM.
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old May 30th, 2013, 09:34 PM   #1219
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Casas dos residenciais Vila Verde e Vila Mayor serão sorteadas no dia 3 de junho





Araxaenses que se inscreveram como candidatos às casas dos residenciais Vila Verde e Vila Mayor participarão do sorteio, que acontecerá no dia 3 de junho, às 16h, no Ginásio Dino Baroni.

No total são 456 imóveis, situados às margens da Avenida Ítalo Rossi, em frente à empresa Bem Brasil. As casas já se encontram na fase final de construção, passando pelo acabamento e as máquinas já preparam a base das ruas para o asfaltamento. No Residencial Vila Verde são 223 casas e no Vila Mayor, 233.

Antes do sorteio existem determinações do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, que dão preferências para situações especiais como: Deficientes (3%); famílias residentes em áreas de risco (22%); Idosos (3%) e mulheres arrimo de família (22%).


http://clarim.net.br/noticia/4648
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old June 5th, 2013, 03:40 PM   #1220
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,625
Likes (Received): 589

Trevo do DI está concluído





O novo trevo do Distrito Industrial (DI) situado no acesso Araxá/Uberlândia (MG 452) está pronto para ser inaugurado pelo governador Antonio Anastasia. A obra de R$ 2,6 milhões foi executada através de um convênio firmado entre a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e o Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), tendo sido priorizada pelo deputado estadual Bosco (PTdoB) desde o início do seu mandato, em 2011.

Bosco colocou a obra como a sua principal demanda junto ao governador de Minas, Antonio Augusto Anastasia (PSDB), antes mesmo de ser empossado. Após ser eleito, em outubro de 2010, ele já se empenhava no atendimento à reivindicação que teve origem na ação de empresários araxaenses liderados pela Associação Comercial e Industrial de Araxá (Acia). Em especial, Bosco se recorda de inicialmente ter sido procurado pelo médico e empresário araxaenses Valter Ramos que se colocou à disposição na busca da solução do problema. A partir de então, o deputado participou de diversas reuniões e audiências com o diretor Geral do DER-MG, José Élcio Monteze, com o presidente da Codemig, Oswaldo Borges da Costa Filho, e com o vice-presidente e ex-prefeito de Araxá, Antônio Leonardo Lemos Oliveira.

Nesses encontros, inclusive um deles realizado no seu Gabinete, Bosco também abordou outros assuntos de interesse de Araxá, como a reforma e reestruturação do Expominas Araxá. Segundo ele, já foi elaborado um projeto pela Codemig para transformação do espaço em um dos mais modernos de Minas Gerais. Atualmente, Bosco também está empenhado em viabilizar a reurbanização do anel rodoviário (av. José Ananias Aguiar) que permite o acesso ao Barreiro através do entroncamento entre a BR 262 e MG 452, passando pela av. Ministro Olavo Drummond.


clarim.net.br/noticia/4697
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
araxá minas gerais, obras

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 12:25 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu