daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Regionais > São Paulo



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old March 12th, 2010, 12:11 AM   #81
Fernando.patrian
Registered User
 
Fernando.patrian's Avatar
 
Join Date: Mar 2010
Location: São Paulo
Posts: 4
Likes (Received): 0

Otimas Fotos! Parabens!

Uma pena bairros tão tradicionais e tão abandonados.
__________________
"Viva como se fosse morrer amanhã. Aprenda como se você fosse viver para sempre." - Mahatma Gandhi
Fernando.patrian no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old March 12th, 2010, 03:09 PM   #82
Sr. Mauá
Estamos por aí....
 
Sr. Mauá's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Mauá - SP
Posts: 2,655
Likes (Received): 33

Quote:
Originally Posted by Fernando.patrian View Post
Uma pena bairros tão tradicionais e tão abandonados.
Com a chegada do Metrô na região do Tamanduateí e da Vila Prudente, e com novas torres residenciais sendo erguidas cada mês, a região promete ter uma "avivada"
__________________
Mauá - SP
Sr. Mauá no está en línea   Reply With Quote
Old March 12th, 2010, 05:34 PM   #83
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 6,561
Likes (Received): 1443

Quote:
Originally Posted by Sr. Mauá View Post
Com a chegada do Metrô na região do Tamanduateí e da Vila Prudente, e com novas torres residenciais sendo erguidas cada mês, a região promete ter uma "avivada"
O problema é exatamente este, ela será descaracterizada exatamente como ocorreu com a Barra Funda e Água Branca. Quem tem mais de 40 como eu e chegava à capital de trem por aquela região deve ter gravada para sempre na retina de criança a mítica e magnífica fábrica da Matarazzo com suas poderosas chaminés de tijolos, vomitando tuchos de fumaça branca no céu chumbo de SP, como que dando as boas vindas aos milhões de forasteiros. Uma cena de tirar o folêgo.

São, São Paulo meu amor
São, São Paulo quanta dor

(Tom Zé)

Last edited by Antonio_F; March 12th, 2010 at 05:42 PM.
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote
Old March 12th, 2010, 06:18 PM   #84
Sr. Mauá
Estamos por aí....
 
Sr. Mauá's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Mauá - SP
Posts: 2,655
Likes (Received): 33

Quote:
Originally Posted by Antonio_F View Post
magnífica fábrica da Matarazzo com suas poderosas chaminés de tijolos, vomitando tuchos de fumaça branca no céu chumbo de SP, como que dando as boas vindas aos milhões de forasteiros. Uma cena de tirar o folêgo.
Achei poética esta frase, parabéns!!
__________________
Mauá - SP
Sr. Mauá no está en línea   Reply With Quote
Old March 12th, 2010, 07:24 PM   #85
Eduardo GJF
Registered User
 
Join Date: Jun 2009
Posts: 7,204
Likes (Received): 3059

Quote:
Originally Posted by Antonio_F View Post
O problema é exatamente este, ela será descaracterizada exatamente como ocorreu com a Barra Funda e Água Branca. Quem tem mais de 40 como eu e chegava à capital de trem por aquela região deve ter gravada para sempre na retina de criança a mítica e magnífica fábrica da Matarazzo com suas poderosas chaminés de tijolos, vomitando tuchos de fumaça branca no céu chumbo de SP, como que dando as boas vindas aos milhões de forasteiros. Uma cena de tirar o folêgo.

São, São Paulo meu amor
São, São Paulo quanta dor

(Tom Zé)
Finalmente alguém me entende

Não quero torres residenciais de péssimo gosto arquitetônico pipocando nesse que é o último reduto de "mata virgem" da arquitetura paulistana da primeira metade do século XX!!!

Revitalização, sem "bota abaixo"! A identidade e a cultura dos bairros correm sério risco de se perder para sempre.

Vide meu thread com fotos da Vila Prudente (link na assinatura) e perceberão a m#&*@ que a especulação imobiliária e o mau gosto fazem com um bairro tradicional.

Hoje as construtoras compram terrenos a preços que as próprias julgam justos, botam as casas e galpões (de mais de 50 anos de idade) abaixo, constróem 4 torres de 15 andares em "neocRássico" e revendem os apartamentos de 50m² a R$120mil cada, com a desculpa da proximidade com o Metrô pra jogar o preço lá em cima. Quem ganha com isso? Com certeza não os filhos e netos de imigrantes que venderam a casa para a construtora e foram morar em algum outro bairro, normalmente mais periférico.

Moral da história: Bairros tradicionais com cultura característica perdem seus moradores e suas construções em arquitetura típica. O que sobra? Famílias de classe média emergente, normalmente sem a mínima cultura ou história, amontoadas em torres gigantescas. Ah sim, o nome do bairro também continua.

Já imaginou a Mooca sem a fachada dos galpões e das casas mais antigas e sem os descendentes dos imigrantes? De "Mooca" sobraria só o nome!
Eduardo GJF no está en línea   Reply With Quote
Old March 12th, 2010, 09:59 PM   #86
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 6,561
Likes (Received): 1443

Quote:
Originally Posted by Eduardo GJF View Post
Finalmente alguém me entende

Não quero torres residenciais de péssimo gosto arquitetônico pipocando nesse que é o último reduto de "mata virgem" da arquitetura paulistana da primeira metade do século XX!!!

Revitalização, sem "bota abaixo"! A identidade e a cultura dos bairros correm sério risco de se perder para sempre.

Vide meu thread com fotos da Vila Prudente (link na assinatura) e perceberão a m#&*@ que a especulação imobiliária e o mau gosto fazem com um bairro tradicional.

Hoje as construtoras compram terrenos a preços que as próprias julgam justos, botam as casas e galpões (de mais de 50 anos de idade) abaixo, constróem 4 torres de 15 andares em "neocRássico" e revendem os apartamentos de 50m² a R$120mil cada, com a desculpa da proximidade com o Metrô pra jogar o preço lá em cima. Quem ganha com isso? Com certeza não os filhos e netos de imigrantes que venderam a casa para a construtora e foram morar em algum outro bairro, normalmente mais periférico.

Moral da história: Bairros tradicionais com cultura característica perdem seus moradores e suas construções em arquitetura típica. O que sobra? Famílias de classe média emergente, normalmente sem a mínima cultura ou história, amontoadas em torres gigantescas. Ah sim, o nome do bairro também continua.

Já imaginou a Mooca sem a fachada dos galpões e das casas mais antigas e sem os descendentes dos imigrantes? De "Mooca" sobraria só o nome!
É isso aí Edu, S. Paulo é enorme e já foi explorada exaustivamente por décadas à fio, não é possível que não sobre nada que não tenha que sucumbir à especulação imobiliária, uma área que poderia abrigar museus, salas de concerto, um parque tecnológico (aproveitando a excelente infraestrutura), clínicas, creches.. enfim, um universo de possibilidades que não os horríveis blocões e torres em estilo "ecrético" pós-moderno (eufemismo para mau gosto). São Paulo é maravilhosa, não merece tanta esculhambação.

Last edited by Antonio_F; March 12th, 2010 at 10:31 PM.
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote
Old March 12th, 2010, 10:25 PM   #87
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 6,561
Likes (Received): 1443

Quem quiser saber mais sobre a região é só acessar o link abaixo. Tem muita informação preciosa lá, fotos antigas do bairro e da belíssima fábrica da Ford em pleno funcionamento, a estação do Ipiranga, o desvio Aranha... Acessem, vcs vão gostar:

http://www.estacoesferroviarias.com....iranga-spr.htm
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote
Old April 23rd, 2010, 05:42 AM   #88
Lro A C
Registered User
 
Lro A C's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: São Paulo
Posts: 5,734
Likes (Received): 385

Terreno que era da Ford parece que estão mexendo nele,o que estão querendo fazer lá?
Lro A C está en línea ahora   Reply With Quote
Old April 25th, 2010, 08:38 PM   #89
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 6,561
Likes (Received): 1443

Estive ontém (sábado) nesta região, mais precisamente na Vila Carioca e Vila Prudente e me espantei com o nível de decadência da região. Aproveitei e dei uma passada no lindo mercadão municipal p/ saborear o lendário pastel de bacalhau e depois dar uma volta à pé pelas cercanias, igualmente me assustei ao ver a baixada do Glicério tão degradada. A região deve ter a maior concentração de mendigos por m2 de São Paulo e em muitos momentos ver tanta miséria e tantos prédios velhos e extremamente mal conservados, com fachadas emboloradas e descascando por causa da umidade e falta de manutenção, me lembrou fotos de cidades da Índia. Vi praças recém inauguradas tomadas por moradores de rua, quase todos embriagados ou drogados; pelo que vi acho muito difícil, senão impossível, revitalizar completamente esta região tão maravilhosa e cheia de história.
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote
Old April 27th, 2010, 03:51 AM   #90
Lro A C
Registered User
 
Lro A C's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: São Paulo
Posts: 5,734
Likes (Received): 385

Tenho um conhecido que mora na Liberdade,ele me falou que a Baixada do Glicério tem dado uma melhorada,acredito que seja tímida,realmente é um lugar medonho,uma vez fui a pé da Estação Liberdade até uma Escola na região trombar uns amigos meus que faziam um trabalho cultural lá,precisei passar numas escadarias e passagens medonhas que só a desgraça,até pensei"Nem imagino passar aqui depois das 22 horas",isso foi em 2007,trabalhei na região da 25,escutei histórias negativas de lá.
Sobre Vila Carioca,raramente passo por lá,mas o bairro tem melhorado um pouco depois que as obras da Linha 2 avançaram.
Lro A C está en línea ahora   Reply With Quote
Old April 30th, 2010, 07:33 PM   #91
Eduardo GJF
Registered User
 
Join Date: Jun 2009
Posts: 7,204
Likes (Received): 3059

Prefeitura lança plano para adensar regiões de São Paulo ainda vazias
Meta é estimular o mercado imobiliário, sobretudo em áreas ao longo da orla ferroviária da capital paulista
30 de abril de 2010 | 0h 00

Rodrigo Brancatelli - O Estado de S.Paulo

Hoje uma espécie de cicatriz urbana, a linha de trem que corta São Paulo desde os tempos do café será o novo fio condutor do desenvolvimento da capital. A Prefeitura tirou do papel ontem três operações urbanas, instrumento para adensar áreas e incentivar o mercado imobiliário. Ao longo da orla ferroviária, a ideia é que bairros tomados por galpões e cortiços ganhem investimentos públicos e, claro, novos espigões residenciais.

O plano contempla três grandes áreas - Lapa/Brás, em trechos das zona oeste e centro; Mooca/Vila Carioca, na zona leste; e Jacu, que segue o traçado da Avenida Jacu-Pêssego, também na zona leste. Tais operações urbanas já estavam contempladas no Plano Diretor de 2002 com outros nomes e perímetros, mas nunca foram regulamentadas.

As duas primeiras margeiam justamente a linha do trem, criada para transportar café do interior ao Porto de Santos e considerada um dos marcos iniciais do desenvolvimento na cidade. A Prefeitura quer agora induzir o mercado a investir nessas regiões, hoje tomadas por galpões abandonados de indústrias que se mudaram para o interior. Para as construtoras, é uma notícia mais do que bem-vinda, uma vez que essas são as últimas grandes áreas ociosas de São Paulo.

Já na região da Avenida Jacu-Pêssego, a intenção do governo é aproveitar o tráfego de caminhões e incentivar a ocupação por novas indústrias e empresas - visto que, concluído o seu prolongamento no segundo semestre, a avenida vai se transformar em uma espécie de substituta do Trecho Leste do Rodoanel, integrando as Rodovias Dutra e Ayrton Senna, a Radial Leste e a zona industrial de Itaquera.

http://www.estadao.com.br/estadaodeh...mp545036,0.php
Eduardo GJF no está en línea   Reply With Quote
Old April 30th, 2010, 08:08 PM   #92
erika sp
Registered User
 
erika sp's Avatar
 
Join Date: Mar 2010
Posts: 25
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by Antonio_F View Post
O problema é exatamente este, ela será descaracterizada exatamente como ocorreu com a Barra Funda e Água Branca. Quem tem mais de 40 como eu e chegava à capital de trem por aquela região deve ter gravada para sempre na retina de criança a mítica e magnífica fábrica da Matarazzo com suas poderosas chaminés de tijolos, vomitando tuchos de fumaça branca no céu chumbo de SP, como que dando as boas vindas aos milhões de forasteiros. Uma cena de tirar o folêgo.
Quote:
Originally Posted by Eduardo GJF View Post

Moral da história: Bairros tradicionais com cultura característica perdem seus moradores e suas construções em arquitetura típica. O que sobra? Famílias de classe média emergente, normalmente sem a mínima cultura ou história, amontoadas em torres gigantescas. Ah sim, o nome do bairro também continua.

Já imaginou a Mooca sem a fachada dos galpões e das casas mais antigas e sem os descendentes dos imigrantes? De "Mooca" sobraria só o nome!
bah, eu não tenho mais de 40, mas sou saudosista mesmo assim, quando penso em como São Paulo era na década de 50, quando as pessoas moravam no centro ou nos bairros q hoje consideramos como centro expandido, eram elegantes, existiam aqueles cafés "chiques" e bem freqüentados do centro da cidade etc e a cidade tinha um "que" de europa (guardadas as devidas proporções, mas lendo um livro sobre cinema esses dias eu vi q na década de 40 existiam mais cinemas em São Paulo do que em Paris, por exemplo). SP ainda era considerada uma cidade de imigrantes, principalmente a cultura italiana ainda era bem enraizada. Enfim, quando leio livros ou vejo filmes da época (como São Paulo S/A, por exemplo, q é da década de 60 mais ainda mostra um pouco desses tempos) e vejo o que a cidade se tornou hoje em dia, eu penso que de "São Paulo" só sobrou mesmo no nome...
Ainda mais que eu não sou fã desses prédiões espelhados como os da Berrini/Faria Lima, então para mim o progresso não teve a menor graça

E puxa, eu adoraria ter visto essa cena da <i>"mítica e magnífica fábrica da Matarazzo com suas poderosas chaminés de tijolos, vomitando tuchos de fumaça branca no céu chumbo de SP" </i> Bela frase!

Last edited by erika sp; April 30th, 2010 at 08:15 PM.
erika sp no está en línea   Reply With Quote
Old April 30th, 2010, 08:40 PM   #93
Eduardo GJF
Registered User
 
Join Date: Jun 2009
Posts: 7,204
Likes (Received): 3059

Comentário que publiquei na notícia anteriormente postada:

Louvável decisão a de retomar os planos para a diagonal sudeste. Porém, cabem ressalvas:

1- Como já dito aqui, não se deve elitizar esses espaços, esntrgá-los à mercê da especulação imobiliária. Lembrem-se: aproveitando os espaços vazios que margeiam a via férrea é possível simplesmente eliminar a maior favela paulistana, Heliópolis, a poucos metros da Vila Carioca, sendo que a área que hoje Heliópolis ocupa, esta sim, poderia ser utilizada para moradias de classe média alta, por conta da proximidade com o futuro pólo técnológico/comercial do Espaço Cerâmica, já em construção e com o Instituto de Tecnologia Mauá.

Enfim, transporte público de alta capacidade à classe baixa, fácil acesso a centros tecnológicos à classe média.

2- Lamentavelmente, tivemos uma péssima experiência na O.U. da Água Branca, a menos ao meu ver. O que interessava ao mercado imobiliário foi abaixo e virou condomínio, o que não interessava, foi abandonado. Deve-se ter uma política séria de ocupação uniforme na área a ser adensada, para que não tenhamos esses pequenos espaços vazios, que são um convite à prática de atos ileigais e invasões.

3- A faixa que beira a Santos-Jundiaí, no trecho da atual Linha 10 da CPTM, entre Mooca e Vila Carioca tem diversos exemplares da mais pura arquitetura industrial do fim do século XIX/ começo do século XX. Seria um crime contra a cultura paulistana a simples demolição desses prédios (que são muito mais do que simples "galpões vazios") para a construção de torres residenciais. Obviamente, não há como se preservar tudo que é antigo, porém, existem algumas locações dignas de nota, como antigas instalações da Cervejaria Antarctica, da Cia. Auxiliar de Armazéns Gerais, da Arno e os galpões remanescentes da antiga fábrica da Ford. Todos em consição perfeita de abrigarem centros culturais (a exemplo do Memorial do Imigrante), educacionais (a exemplo do atual Campus Mooca da Faculdade Anhembi-Morumbi), ou comerciais.

Lembremos que a cultura e a história paulistanas também merecem um pouco de atenção.
Eduardo GJF no está en línea   Reply With Quote
Old May 6th, 2010, 06:07 PM   #94
Braulio Mancini
Registered User
 
Join Date: Feb 2010
Location: Mooca
Posts: 17
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by Lro A C View Post
Terreno que era da Ford parece que estão mexendo nele,o que estão querendo fazer lá?
Por ali já anda previsto a um bom tempo a construção do shopping Mooca, que vira e meche atrasa o projeto.

Nova previsão é final de 2011.

http://www.brmalls.com.br/vitrine/shoppingmooca/

http://www.brmalls.com.br/main.asp
Braulio Mancini no está en línea   Reply With Quote
Old May 7th, 2010, 01:48 PM   #95
erika sp
Registered User
 
erika sp's Avatar
 
Join Date: Mar 2010
Posts: 25
Likes (Received): 0

Que bom, parece que está nos planos da prefeitura preservar o patrimônio histórico da região!


Além da revitalização da região da linha férrea que liga a Lapa ao Brás, foram anunciados mais detalhes de outras duas operações urbanas -uma para o entorno da linha férrea que liga a Mooca (zona leste) à Vila Carioca (zona sul) e outra para a região da av. Jacu-Pêssego (em Itaquera, na zona leste).
Para a Mooca-Vila Carioca, o principal desafio é manter as indústrias ali instaladas, preservar o patrimônio histórico dos antigos barracões da Mooca e da área do Museu do Ipiranga e, ao mesmo tempo, conseguir levar mais moradias.
Na área da av. Jacu-Pêssego, a meta da operação urbana é levar mais empregos, já que a região é bastante povoada.
Há projetos, inclusive, de transferir para lá indústrias hoje instaladas na área da futura operação urbana Lapa-Brás.
O presidente do Secovi (sindicato do mercado imobiliário, com grande interesse na valorização das áreas), João Crestana, disse que o projeto da prefeitura está bem feito e coincide com estudos encomendados pela entidade ao arquiteto Jaime Lerner, ex-prefeito de Curitiba (PR), que também apontou a necessidade de ocupar melhor essas áreas.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cot...0705201010.htm

Só resta ver se vai mesmo sair do papel
erika sp no está en línea   Reply With Quote
Old May 18th, 2010, 04:32 AM   #96
Lro A C
Registered User
 
Lro A C's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: São Paulo
Posts: 5,734
Likes (Received): 385

Quote:
Originally Posted by Braulio Mancini View Post
Por ali já anda previsto a um bom tempo a construção do shopping Mooca, que vira e meche atrasa o projeto.

Nova previsão é final de 2011.

http://www.brmalls.com.br/vitrine/shoppingmooca/

http://www.brmalls.com.br/main.asp
Preferia um CDHU lá pelo menos,a Favela da VP ia pro chão e a Favela da Saída Estação Imigrantes seria removida junto com aquele que fica do outro lado do Central Plaza.
Lro A C está en línea ahora   Reply With Quote
Old February 12th, 2012, 05:47 AM   #97
Ed_Thaydh
Registered User
 
Ed_Thaydh's Avatar
 
Join Date: Dec 2011
Location: São Paulo (Sapopemba/Divisa de Santo André)
Posts: 800
Likes (Received): 14

Quote:
Caramba, essa foto desse bondinho quase me fez chorar, bem que a prefeitura poderia considerar fazer uma linha, nem que fosse turistica, ligando a estação Ipiranga a estação Bresser do Metrô.

Ou então uma coisa mais interessante, tipo ligando a Estação Vila Prudente na Radial Leste por meio da Estação Bresser, ou mesmo até o Brás... Seria bom até pra preservar a história.

E trilhos pra isso tem, só precisa de umas reformas, extenções um pequeno abrigo/pátio/depósito, eletrificação e as subestações, ou tô errado?

Quem sabe até poderiam também trazer uns bondes mais modernos, tipo uns Trams bem simples, coloca uma catraca e um validador e pronto.

É mesmo uma pena que não haja vontade política para com os bondes e trólebus por essas bandas. Aliás, praticamente no país inteiro, fazer o que, vou ficar no sonho mesmo de ver bondes na Moóca.
Ed_Thaydh no está en línea   Reply With Quote
Old February 12th, 2012, 06:35 PM   #98
Eduardo GJF
Registered User
 
Join Date: Jun 2009
Posts: 7,204
Likes (Received): 3059

Esse bonde fazia uma linha turística saindo do memorial e indo até a estação Bresser. Depois de desativada essa linha, acho que ele foi pra Santos - ouvi dizer que roda lá em linhas turísticas.
Eduardo GJF no está en línea   Reply With Quote
Old February 13th, 2012, 01:20 AM   #99
Santista10
Moderator
 
Santista10's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Santos-SP
Posts: 20,085
Likes (Received): 4980

É verdade, acho que ele circula por aqui agora, pelo menos há alguns muito parecidos.
Santista10 no está en línea   Reply With Quote
Old February 18th, 2012, 01:47 AM   #100
Hiago Aparecido
Registered User
 
Hiago Aparecido's Avatar
 
Join Date: Nov 2011
Location: Sorocaba
Posts: 1,690
Likes (Received): 542

Tristes as fotos belos galpões, abandonado confesso que a primeira vez que passei fiquei com medo isso que estava dentro do Cometa indo para São Caetano, é triste ver tudo abandonado espero que o projeto de revitalização aconteça e que traga ainda mais desenvolvimento para nossa bela capital
Hiago Aparecido no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 03:04 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu