daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte



Reply

 
Thread Tools
Old June 9th, 2010, 08:43 PM   #521
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,135
Likes (Received): 5207

http://www.ceara.gov.br/index.php/co...icle/1309/1309

Assinada OS para projeto executivo da Linha Parangaba Mucuripe



A Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos assinou ordem de serviço com a empresa MWH Brasil Engenharia e Projetos para a elaboração do projeto executivo do Ramal Parangaba Mucuripe. Dentro do projeto executivo, consta o projeto básico que servirá de base para a confecção do orçamento da obra. Após essa fase, será lançado o edital para a licitação das obras civis do Ramal.

O Ramal Parangaba-Mucuripe fará uma importante ligação entre o setor hoteleiro da orla marítima de Fortaleza e o centro da capital, a partir de sua integração com a Linha Sul. Atualmente, o Ramal é operado somente por trens de carga, mas até a Copa de 2014 deverá passar a ter um fluxo misto, transportando também passageiros.

A Linha será operada por veículos leves sobre trilhos (VLTs), trens de superfície semelhantes aos usados em países da Europa que oferecem aos passageiros conforto e segurança. O projeto prevê ao longo dos seus 13 km de linha remodelada dez estações de superfície e cinco passagens subterrâneas. O trecho atenderá aos bairros da Parangaba, Aeroporto, Montese, São João do Tauape, Dionísio Torres, Aldeota, Papicu e Mucuripe.


08.06.2010
Assessoria de Imprensa do Metrô de Fortaleza
Viviane Lima ( viviane@metrofor.ce.gov.br / 85-3101.7183)
ruifo no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old June 18th, 2010, 12:59 PM   #522
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,135
Likes (Received): 5207

http://diariodonordeste.globo.com/ma...?codigo=801880

PORTO DO MUCURIPE

Dragagem sairá por R$ 54,6 mi


18/6/2010

Mudança é considerada fundamental para o Porto de Fortaleza, pois permitirá que navios de maior porte (de até 100 mil toneladas) atraquem no local
EDUARDO QUEIROZ

De acordo com a Secretaria de Portos, melhor oferta para a reforma foi da empresa Bandeirantes



A Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP) informou que a empresa de dragagem que apresentou proposta de menor preço na licitação para a obra do Porto do Mucuripe, em Fortaleza, foi a Bandeirantes, com valor de R$ 54,6 milhões. A segunda melhor proposta foi efetuada pela empresa Camargo Corrêa, no valor de R$ 58,6 milhões. Já o terceiro lugar ficou o Consórcio EIT, Equipav e DTA Engenharia, com proposta de R$ 63 milhões.

A empresa Bandeirantes terá, a partir de agora, sua documentação avaliada pela Comissão de Licitação da SEP para que, em seguida, o Ministro Pedro Brito possa homologar o resultado e publicá-lo no Diário Oficial da União (DOU).

A dragagem (retirada de areia do fundo do mar) é esperada desde 2008, com a conclusão prevista para março de 2011. Serão aplicados R$ 63 milhões, oriundos do Programa Nacional de Dragagem da SEP, com recursos do Plano de Aceleração do Crescimento. A obra vai permitir que Fortaleza entre na rota das grandes embarcações. A profundidade do Porto (hoje de10,5m) será elevada para 14 metros, possibilitando a atracação de navios de até 100 mil toneladas - o dobro da capacidade de recebimento atual.

Mudanças previstas

O Porto do Mucuripe ocupa área de 27 hectares (inclui os 15 hectares da Praia Mansa) e deve sofrer profundas transformações até 2014. O equipamento passará por obras de infraestrutura com o objetivo de proporcionar sua consolidação no setor do turismo, uma vez que a vocação comercial é uma realidade, pela própria localização: vizinho ao polo trigueiro do Estado, considerado o segundo maior do Brasil.

Por enquanto, o equipamento não tem condições de receber navios de grandes calados (parte da embarcação que fica submersa). A dragagem virá para corrigir o problema. O Porto deverá se adequar às exigências da Fifa para a Copa de 2014, já que se trata de um importante equipamento turístico.
ruifo no está en línea   Reply With Quote
Old June 19th, 2010, 03:26 PM   #523
tomasegydio
Registered User
 
tomasegydio's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Posts: 751
Likes (Received): 5

Cid vai sugerir abertura da Copa 2014 em Fortaleza

A oportunidade veio com o veto ao estádio do Morumbi, em São Paulo. Governador está na África do Sul, onde confere detalhes da organização do Mundial

Se antes o sonho era uma das semifinais, agora é a abertura da Copa do Mundo de 2014. Com o veto ao Morumbi e a dificuldade de São Paulo em construir um novo estádio para a competição, o Governo do Estado vai candidatar Fortaleza a receber o jogo inaugural, cuja proposta inicial era que fosse realizado na capital paulista.


O governador Cid Gomes, o secretário do Esporte, Ferrúcio Feitosa, e o chefe da Casa Civil, Arialdo Pinho, chegaram ontem à África do Sul, onde ficarão até o próximo dia 24. A comitiva participará, a partir de hoje, de apresentação da Federação Internacional de Futebol (Fifa) para representantes dos comitês locais das 12 subseses do Mundial de 2014.


Na agenda, está previsto encontro com Ricardo Teixeira, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014. Na ocasião, Cid Gomes vai sugerir que a abertura do torneio seja realizada em Fortaleza. A final será no Maracanã, no Rio de Janeiro, também palco da decisão do Mundial de 1950.


Durante a viagem à África do Sul, o governador visitará quatro subsedes da Copa do Mundo de 2010, e acompanhará cinco jogos, incluindo o confronto da seleção brasileira contra a Costa do Marfim, amanhã, no estádio Soccer City, em Joanesburgo. Além do principal estádio do torneio, Cid Gomes vai conferir as instalações e centros de imprensa do Ellis Park, em Joanesburgo; Free State, em Bloemfontein; Moses Mabhiba, em Durban; e Loftus Versfeld, em Pretória.


Fonte: http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/p...ortaleza.shtml
__________________
tomasegydio no está en línea   Reply With Quote
Old June 21st, 2010, 01:22 PM   #524
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,135
Likes (Received): 5207

http://diariodonordeste.globo.com/ma...?codigo=803309

REDE HOTELEIRA EM 2014

Em busca dos 40 mil leitos

Fortaleza tem 25.700 leitos em hotéis, pousadas, flats e albergues, segundo a Setur. Maioria dos equipamentos fica localizada na região da Praia de Iracema

Espaço cultural recebeu 1,2 milhão de pessoas no ano passado. Data da requalificação não foi informada

Aquário do Ceará deve ter resultado da licitação anunciado até o próximo dia 15


21/6/2010



O compromisso assumido pelo Estado perante a Fifa é realista? Investimentos na Grande Fortaleza podem ajudar

Quarenta mil leitos de hotel. Esse foi o compromisso assumido pelo Ceará junto à Fifa para atender a demanda da Copa do Mundo de 2014. A meta abre um debate sobre as necessidades de um planejamento para atingir esse número até lá e os riscos de se investir na construção de novos empreendimentos em função de um evento.

Hoje, Fortaleza tem cerca de 25 mil leitos, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Ceará (ABIH-CE) - 25.700, segundo dados da Secretaria do Turismo do Estado (Setur) atualizados até outubro de 2009. Somando-se a disponibilidade de camas nos municípios vizinhos de Aquiraz e Caucaia, onde está a maior oferta perto da Capital, o total é de 31.538, também dado da Setur.

O secretário do Turismo do Estado, Bismarck Maia, aposta na inauguração de novos resorts nesses dois municípios para atingir a meta. Além disso, reitera a opção de navios funcionarem como hospedagem para turistas a bordo de cruzeiros no Porto do Mucuripe.

Para o presidente da Associação dos Meios de Hospedagem e Turismo do Ceará (AMHT), Luís Frota, é "interessante que haja ampliação do número de leitos em Fortaleza, mas não de forma exagerada". "Hoje, já em determinados períodos do ano, temos lotação máxima na rede hoteleira, como no revéillon e em alguns dias de janeiro", lembra. O empresário acredita que essa ampliação deve ser gradual nos próximos quatro anos.

Frota acredita que os empresários devem investir na melhora das condições de seus estabelecimentos, apesar de que nem todos poderão ampliá-los, por falta de espaço. Ele acredita que essa é a hora de investir no setor. "Quem tiver condições de aumentar o seu hotel ou quiser arriscar construir uma nova pousada, com certeza o turismo vai crescer muito no País", incentiva. Contudo, ele lembra que o retorno nesse tipo de investimento é de médio e longo prazo - 12 anos para recuperar o investimento inicial, em média.

Já o presidente da ABIH-CE, Régis Medeiros, adverte para os riscos de uma super-oferta na cidade por conta da Copa do Mundo. "A gente tem que ter o pé no chão. Não adianta nada ter 40 mil leitos, a Copa passar e a demanda não crescer no mesmo ritmo. Esse hotéis quebram e isso não é bom para o destino".

O empresário explica que os investimentos devem ser pensados pelo potencial do destino e não por um evento. "Não acho viável ter um grande crescimento da oferta, não temos infraestrutura para isso. Tem que crescer paulatinamente. Fortaleza já teve super-oferta no começo dos anos 2000. A gente tinha 26.200 leitos. Muitos quebraram. Não podemos correr esse risco de novo", diz. Fortaleza deverá ter "alguns, não muitos" novos empreendimentos nos próximos anos, segundo ele.

O presidente do Fortaleza Convention & Visitors Bureau (FCVB), Colombo Cialdini, acredita que a demanda turística será "bem maior" durante a Copa. Por isso, aposta nos vários equipamentos a serem inaugurados até lá. O empresário reconhece a necessidade de "up-grade" na rede atual, mas ressalta as linhas de financiamento que estão surgindo, como o Protur Copa, oferecido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

FLUXO TURÍSTICO

600
MIL turistas estrangeiros deverão visitar o Brasil por conta da Copa de 2014. Outros 3,1 milhões de turistas nacionais devem viajar pelo País, segundo estudo do Ministério do Esporte

903
MILHÕES DE reais já foram solicitados ao BNDES para construção e reforma de hotéis no Brasil inteiro, dentro do Programa ProCopa Turismo. O montante relativo ao Ceará não foi divulgado

FIQUE POR DENTRO
Setur fará pesquisa


Ainda não se sabe quantos turistas visitarão o Estado durante a Copa de 2014. Segundo Bismarck Maia, até a semana que vem, o governo deve concluir licitação para contratar uma empresa de estatística que realizará pesquisa para estimar a demanda local durante o evento. A empresa atuará como apoio permanente à promoção turística no Ceará, realizando os controles de chegada e saída de turistas no Estado e outras pesquisas. Segundo Colombo Cialdini, também presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav-CE), a venda dos pacotes da Copa será feita por operadoras internacionais credenciadas pela Fifa. As agências locais poderão oferecer roteiros pelo Estado

TURISMO E CULTURA
Centro Dragão do Mar passará por requalificação


Reserva técnica do Memorial da Cultura Cearense e palco da Praça Verde são algumas das ações previstas

No ano passado, 1,2 milhão de pessoas visitaram o Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura. A requalificação do complexo de equipamentos culturais mais importante da cidade integra o rol de ações na área de turismo previsto no Plano Sistêmico de Investimentos da Copa de 2014 em Fortaleza.

A data do início da requalificação ainda não foi divulgada - a reportagem entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Secretaria da Cultura (Secult), que recomendou que se buscassem informações junto à Casa Civil do Estado, que não deu retorno até o fechamento desta edição.

Contudo, as ações que serão realizadas já são conhecidas. A requalificação, estimada em R$ 18,7 milhões, deverá incluir a construção da Reserva Técnica do Memorial da Cultura Cearense, a construção e a equipagem do palco da Praça Verde, a reforma interna da Biblioteca Pública Menezes Pimentel, que também terá a fachada harmonizada em relação ao Centro.

Conforme a presidente do Dragão do Mar, Maninha Morais, a construção da Reserva Técnica do Memorial tornou-se necessária porque o espaço atual não pode mais comportar o crescimento do acervo. O novo espaço também terá outras salas de exposição. O projeto arquitetônico já existe; foi feito por Fausto Nilo e Delberg Ponce de León, os mesmos projetistas do Centro inaugurado em 1999.

Já a construção do palco da Praça Verde suprirá a demanda de eventos de grande porte no local, que foi surgindo ao longo dos dez anos do espaço. "A Praça Verde foi pensada para ser um lugar do encontro, de pequenos eventos. Ao longo da vida do equipamento, percebemos que ele poderia ter outra destinação, shows de maior porte", explica Maninha.

Para ela, o Dragão do Mar será um dos ícones da Copa em Fortaleza e deverá funcionar como um "polo de diversidade cultural", onde cearenses e turistas poderão interagir.

ESPECIALISTA
É preciso investir em cidades vizinhas


Para a professora Indira Guimarães, criar novos hotéis na Capital é arriscado, mas melhorias são necessárias

"Você nunca vai achar uma cidade com capacidade hoteleira suficiente. Não adianta investir em mais hotéis em Fortaleza, porque eles vão ficar ociosos e vai cair o preço. É preciso investir em municípios vizinhos". Essa é a avaliação da professora do curso de Turismo da Universidade de Fortaleza (Unifor), Indira Guimarães, mestre no assunto.

Para ela, as cidades próximas de Fortaleza são carentes de opções de hospedagem, mas a Capital não estrutura que justifique uma ampliação excessiva da rede. Durante a realização de um grande evento, segundo ela, é normal que a cidade-sede não tenha número de leitos suficientes. Nos Jogos Olímpicos de Atlanta, nos Estados Unidos, em 1996, aconteceu o mesmo.

Segundo ela, é preciso melhorar as opções existentes, como os hotéis cinco estrelas, que "deixam a desejar", em comparação com os de outros países.

"A gente estará numa vitrine durante a Copa. Se der errado, é como se multiplicasse o erro para milhões de pessoas. Precisamos fazer com que isso seja potencializado de forma positiva. Se isso acontecer, esse resultado vai se espalhado, e Fortaleza entrará no circuito mundial do turismo. Isso pode ser trabalhado para ter longevidade. Muitas pessoas vão ficar sabendo e vão querer vir", analisa.

CENTRO DE EVENTOS
Empresa terá missão de captar eventos


Equipamento é um dos grandes equipamentos turísticos previstos até 2014, junto com o Aquário do Ceará

Seminários, congressos, feiras e outros eventos o ano todo. Essas são as perspectivas de uso do Centro de Eventos do Ceará (CEC) pela Secretaria do Turismo (Setur). Para isso, o titular da pasta, Bismarck Maia, afirma que deverá ser lançado, até semana que vem, um edital de licitação para contratar uma empresa que ficará responsável por captar e comercializar eventos para o equipamento.

Um dos principais equipamentos turísticos previstos para serem instalados no Ceará até 2014, o CEC precisa ter "um calendário lotado, independente da Copa", diz o secretário, acrescentando que, se possível, também haverá eventos durante o Mundial.

As obras civis, como um todo, devem ficar prontas até o fim do ano, conforme o secretário. Atualmente, 30% dos trabalhos estão concluídos. Os primeiros seis meses de 2011 serão usados para trabalhos de acabamento. O objetivo, cita o secretário, é que o equipamento comece a funcionar ao fim do primeiro semestre, com a construção dos cinco túneis de acesso ao CEC.

Outro grande equipamento turístico inserido pelo Governo do Estado no Plano de Investimentos da Copa é o Aquário do Ceará. Maia diz que até o próximo dia 15 devem ser anunciados os vencedores da licitação da obra, o que estava previsto anteriormente para acontecer até o fim de maio.

Conforme o secretário, as obras começarão logo após o prazo recursal. Até o fim do ano, deverá ser realizada a primeira fase da obra, a estrutura de concreto, avaliada em R$ 17 milhões (recursos do Estado). Até lá, o Governo espera fechar a negociação com o Ex-Im Bank (uma espécie de BNDES norte-americano), que financiará US$ 120 milhões (R$ 223,5 mi) do projeto. Outros US$ 30 milhões (R$ 55,8 mi) serão bancados pelo tesouro estadual.


ÍCARO JOATHAN
REPÓRTER
ruifo no está en línea   Reply With Quote
Old June 21st, 2010, 02:02 PM   #525
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,135
Likes (Received): 5207

Total de investimentos em infraestrutura por cidade sede da Copa de 2014 - Fortaleza só perde para São Paulo

01. São Paulo: R$ 36,44 bilhões
02. Fortaleza: R$ 9,4 bilhões
03. Porto Alegre: R$ 6 bilhões
04. Rio de Janeiro: 5,9 bilhões
05. Curitiba: R$ 4,5 bilhões
06. Natal: R$ 3 bilhões
06. Cuiabá: R$ 3 bilhões
08. Recife: R$ 1,6 bilhão
09. Belo Horizonte: R$ 1,49 bilhão
10. Manaus: R$ 1,47 bilhão
11. Salvador: R$ 1 bilhão
12. Brasília: R$ 600 milhões

Fonte:
http://www.nobrezaimoveis.com/copa-2...nfraestrutura/


********************************************


Copa 2014: R$ 80 bilhões de investimentos em infraestrutura

Copa 2014: R$ 80 bilhões de investimentos em infraestrutura

Levantamento do G1 inclui investimentos públicos e privados. Valor corresponde a mais que o investimento de um ano da Petrobras.


Somam pelo menos R$ 79,4 bilhões os investimentos em obras de infra-estrutura necessários para que o Brasil se coloque em condições de receber a Copa do Mundo em 2014, segundo as administrações públicas dos estados e dos municípios escolhidos como sedes do evento.

A cifra é resultante de levantamento do G1, que solicitou aos governos estaduais e às prefeituras das 12 cidades-sede (Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo) a relação das obras necessárias até 2014 para a realização de jogos da Copa do Mundo nesses municípios. Parte das administrações públicas enviou informações detalhadas; outra parte, relacionou as obras genericamente (veja infográfico abaixo).

Para fins de comparação, a soma total obtida com base nas informações de estados e municípios (R$ 79,4 bilhões) é quase 30% superior ao investimento da Petrobras, maior empresa brasileira, no ano passado (R$ 53,8 bilhões, segundo dados da estatal).

De acordo o Ministério do Esporte, o governo federal não trabalha com uma estimativa fechada de custo das obras de infra-estrutura para a Copa 2014. No caso dos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, o ministério contabilizou um gasto total de R$ 3,3 bilhões, segundo informou a Agência Brasil, do governo federal.

Confira no infográfico abaixo, cidade por cidade, o detalhamento das obras, conforme as informações fornecidas pelas prefeituras das capitais, por governos dos estados e pelo governo do Distrito Federal.





As obras previstas nos 12 municípios contemplam infra-estrutura esportiva, com construção de estádios e centros de treinamento, reforma de aeroportos, projetos de incentivo ao turismo, saneamento básico, energia, saúde, segurança e adequação do sistema de trânsito e transportes às exigências da Fifa, a federação internacional de futebol.

Fonte: G1.
ruifo no está en línea   Reply With Quote
Old June 22nd, 2010, 11:43 PM   #526
Nthest-Brazil
Registered User
 
Nthest-Brazil's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Posts: 494
Likes (Received): 66

METROFOR

Trens começam a ser construídos na Itália


As duas composições, de um total de 20, devem desembarcar em Fortaleza em agosto deste ano

Os dois primeiros trens do Metrofor, de um total de 20 composições que o Governo do Estado encomendou à empresa italiana Ansaldobreda, devem embarcar rumo ao Ceará no dia 15 de julho próximo, e chegar a Fortaleza, 30 dias depois, em 15 de agosto. Para vê-los rodando nos trilhos, o usuário ainda terá que esperar, pelo menos, até o fim deste ano ou início de 2011.

Até outubro, os dois trens entram nos trilhos do Metrofor, mas ainda em fase de testes, em um trecho de dois quilômetros, entre as estações de Vila das Flores, em Pacatuba, e Nova Maracanaú, no município homônimo. Tais informações foram transmitidas pelo secretário Estadual de Infraestrutura (Seinfra), Adail Fontenele.

Nos últimos dias, ele e o presidente do Metrofor, Rômulo Fortes, estiveram em Nápoles, na Itália, visitando, "in loco", na fábrica da Ansaldobreda, a produção dos dois trens. Ambos serão compostos por quatro carros, de cerca de 10 metros cada, totalizando 80 metros de composições. Movidos a eletricidade, elas terão capacidade de transporte de cerca de 500 pessoas, por viagem.

"Viemos para ver de perto como está a produção. Controlar isso só por telefone não dá certo", explicou Fontenele, por telefone, direto de Portugal. A preocupação tem um motivo, o risco dos trens não chegarem a tempo e atrasarem ainda mais, o início das operações do metrô, adiadas várias vezes. "Até o fim de 2011, todos os trens estarão rodando", aposta Fontenele.

VLTs

Em Lisboa, capital lusitana, Fontenele e Fortes, visitaram um sistema novo de VLT (veículos leve sobre trilhos), semelhante ao que pretendem colocar na linha ferroviária Parangaba - Mucuripe, ainda em fase de projeto. Conforme Fontenele, até o fim deste ano, o Governo do Estado quer iniciar a liberação das "interferências" e as desapropriações, nas áreas por onde passarão os VLTs.

"Até o fim do ano, vamos fazer a licitação (para abertura das vias) e começar as obras no primeiro trimestre de 2011", sinaliza Fontenele, lembrando que a nova linha exigirá prazo de 24 meses para ser construída. E tudo precisa estar pronto até a Copa do Mundo de 2014. Conforme disse, as obras, que compreendem a edificação de túneis na Avenida Alberto Sá e viadutos sobre as avenidas Santos Dumont e Dom Luís, e a construção de nove estações ferroviárias ao longo da via, serão aplicados R$ 290 milhões.


CARLOS EUGÊNIO
REPÓRTER

Fonte: http://diariodonordeste.globo.com/ma...?codigo=803592
Nthest-Brazil no está en línea   Reply With Quote
Old June 24th, 2010, 06:23 PM   #527
\Felippe/
Registered User
 
\Felippe/'s Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Location: Fortaleza
Posts: 238
Likes (Received): 14

Vila Galé anuncia primeiro hotel para a Copa de 2014
publicado em 24/06/2010 - 6:17 por Egídio Serpa

Jorge Rebelo de Almeida, presidente do conselho de administração da rede de hotéis Vila Galé, convocou a imprensa cearense para dizer terça-feira, 29, que o mais novo empreendimento do grupo, o resort Vila Galé Cumbuco, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, será inaugurado em outubro deste ano. E que o hotel terá padrão de luxo e conforto para receber as melhores seleções que virão para a Copa do Mundo de Futebol de 2014, que terá alguns jogos e uma semi-final no estádio Castelão, na capital cearense.
fonte: http://blogs.diariodonordeste.com.br/egidio/
\Felippe/ no está en línea   Reply With Quote
Old July 1st, 2010, 07:59 PM   #528
Nthest-Brazil
Registered User
 
Nthest-Brazil's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Posts: 494
Likes (Received): 66

Acquario Ceará: últimas notícias

Numa 1ª fase será construída a estrutura de concreto do prédio. Vencedor da licitação sai até semana que vem

O Governo do Estado anuncia, até a próxima semana, o vencedor da licitação para a construção da primeira fase do Acquario Ceará. De acordo com o titular da Secretaria de Turismo do Estado (Setur), Bismarck Maia, serão destinados R$ 17 milhões para a implantação da estrutura de concreto do prédio (caixa básica), com quatro pavimentos. "Conseguimos a emissão do alvará da transferência de posse do Dnocs para o Estado", disse o secretário, referindo-se ao terreno onde o equipamento vai ser instalado, que ainda pertencia ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas. O Acquario Ceará, orçado em US$ 150 milhões, é um dos maiores projetos estruturantes atualmente em curso no Estado. Deve ficar pronto até o fim de 2012, segundo estimativas do secretário.

Ainda de acordo com ele, a assinatura da ordem de serviços para a construção dessa primeira etapa do empreendimento será assinada ainda este mês, assim como de outras importantes obras para o turismo estadual - acesso ao aeroporto, saneamento básico e túneis -, totalizando até R$ 146 milhões.

Financiamento

O equipamento será viabilizado com recursos do Ex-Im Bank (instituição de fomento norte-americana) e contrapartida do Governo do Estado. Segundo informações da Setur, o valor do empréstimo é de US$ 105 milhões e deve estar à disposição do Estado até o fim deste ano, assim como os contratos para a compra de equipamentos, "que devem consumir entre um ano e um ano e meio de instalação". Para a montagem dos equipamentos, será necessária uma licitação internacional.

Ainda conforme a Setur, o Acquario terá 21,5 mil metros quadrados de área construía e tanques com capacidade para 15 milhões de litros de água. Em quatro pavimentos - alvo da primeira fase da licitação - terá áreas de lazer, dois cinemas 4D, simuladores de submarino, equipamentos interativos e túneis submersos que levarão os visitantes ao interior do tanque de animais marinhos. "O Acquario Ceará vai ser uma referência para o turismo do Estado", destacou Bismarck Maia, argumentando que o equipamento vai trazer "turistas de maior poder aquisitivo e nível intelectual".

Impacto

A previsão é de que receba 1,2 milhão de visitantes por ano, gerando receita de R$ 21,5 milhões. Vai criar 150 empregos diretos, 1.600 indiretos e 18 mil postos na cadeia produtiva.

O secretário frisou ainda que o equipamento tem caráter multi funcional, servindo de suporte para as áreas educacional, científica, turística e de entretenimento no Estado.

"Com o Acquario, o Estado do Ceará ganha um equipamento capaz de se tornar referência em destino qualificado no Brasil e no mundo", reforçou o titular da Setur.

TURISMO NACIONAL
Dois milhões de empregos até 2014

Estudo do Ministério do Turismo traz diagnóstico, projeções e avalia impacto da próxima Copa no Brasil

O turismo nacional poderá chegar a 2014, ano de realização da Copa do Mundo no Brasil, comemorando a geração de dois milhões de empregos no setor, com a entrada de R$ 8,9 milhões em divisas internacionais e 73 milhões de desembarques domésticos. É o que aponta o Documento Referencial Turismo no Brasil 2011/2014, que o ministro do Turismo, Luiz Barretto, lança no último dia 21 de junho, em Brasília, durante reunião do Conselho Nacional de Turismo (CNT).

"O Turismo vem apresentando resultados positivos nos últimos anos, refletindo os indicadores favoráveis da economia brasileira. Por isso, trabalhamos com projeções otimistas e com a convicção de que o Brasil chegará a 2014 preparado para organizar com competência o principal evento esportivo do mundo e receber os visitantes com qualidade", afirmou Luiz Barreto. O documento, que será encaminhado para os candidatos à Presidência da República, foi construído pelas principais entidades e lideranças do turismo nacional.

Apresenta uma avaliação sobre o dinamismo do setor dentro do ambiente econômico nacional e internacional e se antecipa aos principais desafios que a iniciativa pública e a privada terão para preparar o turismo brasileiro para a Copa do Mundo de 2014.

Produto de consumo

Como resultado, o estudo aponta para a consolidação do turismo como produto de consumo do brasileiro. Estima que os desembarques domésticos saltem dos 56 milhões, em 2009, para 73 milhões, em 2014. Projeta também a geração de 2 milhões de empregos formais e informais de 2010 a 2014. A entrada de divisas internacionais deverá crescer 55%, no mesmo período, subindo de R$ 6,3 bilhões para R$ 8,9 bilhões no ano de realização da Copa no Brasil. A elaboração do documento foi coordenada por um Comitê Gestor, formado por representantes do Ministério do Turismo, Embratur, Conselho Nacional de Turismo e Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo. O trabalho contou com apoio de consultores da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e utilizou indicadores do IBGE, Banco Central, Ministério do Trabalho e Emprego, Infraero, entre outros.


SAMIRA DE CASTRO/ANCHIETA DANTAS JR.
REPÓRTERES

http://diariodonordeste.globo.com/ma...?codigo=808345
Nthest-Brazil no está en línea   Reply With Quote
Old July 6th, 2010, 05:02 PM   #529
Kaique
Registered User
 
Kaique's Avatar
 
Join Date: Aug 2006
Location: Fortaleza/Balneário Camboriú
Posts: 7,091
Likes (Received): 101

Suspensa a Licitação das Obras do Estádio Castelão

Desembargadora Vera Lúcia suspende licitação para execução de obras do Estádio Castelão

http://www.tjce.jus.br/noticias/most....asp?foto=1740



A desembargadora Vera Lúcia Correira Lima, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), suspendeu, por cautela, nessa quarta-feira (30/06), o processo de licitação que vai escolher o consórcio de empresas responsável pela execução de obras no Estádio Castelão, em Fortaleza.

Na decisão, a desembargadora determinou também que a Comissão de Licitação mantenha, lacrados, os envelopes de todos os licitantes, até que o Pleno do TJCE julgue dois agravos internos ajuizados pela empresa Galvão Engenharia S.A. e pelo Estado do Ceará.

"O juiz natural de causas como esta é o colegiado (princípio da colegialidade), de forma que o relator, quando atua de maneira isolada, não pode deslembrar que assim o faz na condição de porta voz daquele, devendo-lhe, sempre, obséquio", destacou a desembargadora.

O Governo do Estado do Ceará publicou o Edital de Licitação nº 20090004, objetivando à instituição de Parceria Público-Privada (PPP) para a reforma, ampliação, operação e manutenção do Estádio Castelão, aí incluídos a construção de um edifício central, um estacionamento e um edifício-sede onde funcionará a Secretaria de Esporte estadual.

Interessadas em participar da licitação, as empresas Galvão Engenharia S/A, Serveng-Civilsan S.A – Empresas Associadas de Engenharia e BWA Tecnologia e Sistemas em Informática Ltda., formaram o Consórcio Arena Multiuso Castelão e apresentaram a documentação de habilitação exigida no referido Edital.

Inicialmente, o referido Consórcio foi desabilitado administrativamente, em razão de não possuir capacidade técnica para realizar a obra, por não ter comprovado a execução de estrutura metálica para cobertura de estádio ou complexo qualificado como arena multiuso, conforme o exigido no certame. Mas após recorrer à Comissão Central, que estendeu o conceito do edital de "arena multiuso" para "equipamento multiuso", habilitou o Consórcio para participar da concorrência.

No entanto, o Consórcio Novo Castelão, formado pelas empresas Carioca Christiani Nielsen Engenharia S.A., Somague Engenharia S.A., Queiroz Galvão Engenharia S.A. e Fujita Engenharia Ltda., impetrou mandado de segurança com pedido liminar contra o suposto ato ilegal e abusivo praticado pelo presidente da Comissão Central de Concorrência Pública e pelo Governador do Estado do Ceará.

O "Consórcio Novo" requereu junto ao Tribunal de Justiça a suspensão da habilitação do "Consórcio Arena", sob o fundamento de que o atestado de comprovação da capacidade técnica deste não tinha sido devidamente registrada no Conselho de Engenharia e Arquitetura – CREA, bem como o documento apresentado referente à obra do metrô de Brasília também não satisfazia aos requisitos do Edital.

Em 31 de maio de 2010, a desembargadora Vera Lúcia Correia Lima concedeu a liminar e suspendeu, em caráter provisório, os efeitos do ato de habilitação do "Consórcio Arena". "Parece-me relevante o entendimento de que o "Consórcio Arena" teria descumprido o edital em referência no tocante ao não registro do CREA de sua qualificação técnica", explicou a desembargadora na decisão. Além disso, considerou "no que se refere à possível desconcentração, por parte do Estado do Ceará, da significação do que corresponderia à Arena Multiuso, com a simplificação equipamento de utilização multiuso."

Inconformados, a empresa Galvão Engenharia S.A., representante do "Consórcio Arena", e o Estado do Ceará ajuizaram dois agravos internos em que solicitaram: a revogação da referida liminar, a manutenção dos envelopes dos licitantes lacrados e, ainda, que a matéria seja julgada pela Pleno do Tribunal de Justiça.

Em decisão monocrática, a desembargadora acolheu os pedidos dos agravantes e destacou que "no momento oportuno, os agravos serão submetidos ao crivo do Plenário do Tribunal de Justiça – órgão competente para o desembargo adequado das irresignações". E afirmou, ainda, "a meu sentir, potencializam a necessidade de, presente o mandato constitucional de conferir eficácia à tutela jurisdicional – adveniente do julgamento dos recurso, no caso – lançar mão do poder cautelar geral, previsto no art. 798 do CPC a fim de outorgar, considerada sua instrumentalidade, a tutela almejada."

Esta notícia foi acessada 00506 vez(es).

http://www.tjce.jus.br/noticias/noti...nr_sqtex=19277
Kaique no está en línea   Reply With Quote
Old July 9th, 2010, 01:53 PM   #530
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,135
Likes (Received): 5207

http://diariodonordeste.globo.com/ma...?codigo=811624

PROJETOS PARA A COPA

Hora de fazer o dever de casa

9/7/2010

Até 2014, o foco se volta para melhorias na infraestrutura de Fortaleza, que será subsede do mundial




NO PINTO MARTINS, as obras do Terminal 2 devem começar em julho de 2011 e terminarem em 2013
VIVIANE PINHEIRO




A modernização do Estádio Castelão também deve começar o quanto antes para atender às exigências da Fifa
CID BARBOSA



Perdida a Copa do Mundo de 2010, o Brasil se volta agora, para 2014. Mais do que formar uma seleção competitiva para enfrentar os holandeses, alemães ou espanhóis, a preocupação maior do País no momento, é com a infraestrutura dos estádios e das cidades sedes que irão recepcionar o evento. Sem estádio e acomodações hoteleiras adequados, o Ceará ainda não tem sequer um aeroporto que suporte o fluxo de turistas, estrangeiros e nacionais, que virão para assistir aos jogos.

Em horários de pico, o Aeroporto Internacional Pinto Martins já está com a capacidade exaurida. "O dever de casa agora deve ser o Estádio (Castelão) e o aeroporto (Pinto Martins)", alerta o secretário Estadual de Turismo, Bismarck Maia, para quem o projeto de ampliação e reformas do terminal aeroportuário de Fortaleza precisam ser iniciados o quanto antes.

"Queremos confiar que ao término de 2013, teremos o aeroporto recuperado, mas ainda é uma preocupação", exclamou, ao cobrar da Infraero, maior celeridade nas reformas. A cobrança foi feita na tarde de ontem, ao assinar ordem de serviço com a empresa cearense Tecnocon, para a urbanização da Avenida Carlos Jereissati até o entroncamento com a avenida Raul Barbosa.

Ao preço de R$ 4,69 milhões, do contribuinte cearense, a via vai receber tratamento paisagístico, iluminação cênica, urbanização com pinturas decorativas e um obelisco de 30 metros de altura, de metal e vidro, em meio a um espelho d´água, rodeado por árvores e rochas do interior cearense. A denominação "Ceará, Terra da Luz", descrita em pedra portuguesa colorida, no cruzamento da Av. Alberto Craveiro com a Se, Carlos Jereissati, vai sair, dando lugar a canteiros verdes. "Vamos tirar as pedras e colocar vegetação", confirmou Maia, numa referência à obra feita na administração Estadual anterior.

Só em dezembro

Ele informou ainda, que os canteiros centrais da via, os espaços internos no retorno e alças do viaduto serão refeitos e dotados com vegetação nativa, como carnaubeiras, coqueiros, ipê e buganvílias. Postes de luz e paradas de ônibus serão redesenhados e os muros da Base Aérea serão pintados com paisagens típicas e culturais.

Tudo, porém, para ser visto e apreciado apenas na próxima alta estação, daqui a seis meses, quando as obras deverão estar concluídas. Em relação ao aeroporto de Jericoacoara, cujo projeto foi questionado pelo Ministério Público Federal, no Ceará (MPF-CE), o secretário garantiu que as pendências foram resolvidas. "Estamos com a licença (ambiental prévia para instalação) na mão", assegurou Maia. Conforme disse, o documento será encaminhado para o Ministério do Turismo, para que possa liberar a verba de R$ 46 milhões, bloqueada por determinação do (MPF-CE). "A previsão é a que até agosto, a gente assina a ordem de serviço", sinalizou o secretário. A licitação ainda não foi concluída.

Infraero

Em respostas às cobranças, o superintendente da Infraero, no Ceará, Sérgio Fernandes Baltoré, afirmou que o aeroporto Pinto Martins não está estrangulado. "Estamos com 16 horas ociosas", rebateu, ressaltando que para os horários de pico não mais serão autorizados novos voos. Segundo ele, com o avanço da tecnologia, o terminal tem capacidade para atender 6,2 milhões de passageiros, dois milhões há mais do que a demanda atual. Conforme disse, o projeto de engenharia do terminal 2 estará pronto em dezembro. As obras estão previstas para começar em julho de 2011 e até dezembro de 2013, estará operando com 35% da capacidade, o que permitirá atender mais 2,8 milhões de passageiros.


CARLOS EUGÊNIO
REPÓRTER
ruifo no está en línea   Reply With Quote
Old July 9th, 2010, 05:01 PM   #531
Nthest-Brazil
Registered User
 
Nthest-Brazil's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Posts: 494
Likes (Received): 66

A primeira impressão é a que fica



A Setur assina a ordem de serviço para reestruturação da via de acesso ao Aeroporto Internacional Pinto Martins. As avenidas Alberto Craveiro e Carlos Jereissati terão tratamento paisagístico. Alças de viadutos serão urbanizadas

Andreh Jonathas - 09/07/2010 02:00

Atualizada às: 09/07/2010 00:37



É a quinta ou sexta vez que o engenheiro italiano Enzo Cestrone, 41, vem ao Ceará. No aeroporto Internacional Pinto Martins, ele se despedia da namorada, a cearense Carolina Araújo, 27, para retornar ao seu país. Sobre a via de acesso ao aeroporto, diz: “Não é muito bonita. Poderia ter mais jardins, iluminação...”.

A autorização para melhorar a “primeira impressão” visual do Ceará foi dada. O secretário do Turismo, Bismarck Maia, assinou, ontem, a ordem de serviço para o início das obras da urbanização das vias de acesso direto ao Aeroporto Internacional Pinto Martins. O projeto licitado em R$ 4,7 milhões, com recursos do Tesouro Estadual, deve ficar pronta em 180 dias.


Além da receptividade ao turista, os melhoramentos afetam a vida dos próprios cearenses. O POVO percorreu os trechos que receberão “um banho de loja” e conversou com alguns moradores e visitantes.


Para quem faz exercício ao longo da pista de cooper da Alberto Craveiro, a preocupação é como a insegurança. “Tem que melhorar a segurança daqui. De noite, não dá pra caminhar”, reclama o adolescente de 14 anos Robson Medeiros. Ele e os primos Pedro e Ruth Nacimento costumam chegar no fim da tarde para se exercitarem no local. Dizem que há, inclusive, condutores que não respeitam o espaço e trafegam como seus veículos na vida para os coopistas.


O secretário explicou que as intervenções incluem retirada de matagais e urbanização das alças dos viadutos e retorno próximos ao aeroporto, o que deve dar mais segurança, pois vai por fim em pontos de uso de entorpecentes e esconderijos bandidos.

Mais projetos

A Setur vai autorizar, ainda este mês, o início de diversos projetos, que somam cerca de R$ 200 milhões. Trata-se da construção dos túneis da avenida Washington Soares; o saneamento da Praia do Cumbuco (Litoral Oeste); saneamento do Porto da Dunas (Litoral Leste), além da primeira parte do Acquario Ceará.


Mas informou que a comissão central de licitação anunciou, ontem pela manhã, o vencedor da licitação para a construção do prédio do aquário. A CG Construções vai receber R$ 16,9 milhões para tocar a obra.


“Esperamos que, no prazo de seis meses, construa a edificação que vai permitir a inserção nele dos equipamentos relacionados ao aquário. A primeira etapa é construção do prédio. Segunda etapa é inclusão de equipamentos”, informou.

http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/e...que-fica.shtml

Last edited by Nthest-Brazil; July 9th, 2010 at 05:10 PM.
Nthest-Brazil no está en línea   Reply With Quote
Old July 10th, 2010, 01:33 AM   #532
Fortal
O Show é aqui!
 
Fortal's Avatar
 
Join Date: Nov 2004
Location: São Paulo
Posts: 5,740
Likes (Received): 8

Olá, pessoal.

Quanto tempo! Há mais de 02 meses que não participo do fórum;;;;;
já estava com muitas e muitas saudades....

Quem quiser conversar comigo via PM, fiquem à vontade.

Alguém ouviu falar que Fortaleza estaria disputando a abertura da Copa?

Como tudo na vida, resta-nos torcer!

SAUDADES;;


====================================================

Tema: HISTÓRIA DO CASTELÃO


Há 30 anos

Quando a cidade pediu a bênção

O papa João Paulo II foi o único pontífice a visitar Fortaleza. Ele fez quatro viagens ao Brasil, sendo a última em 1997


Rita Célia Faheina - 09/07/2010 02:00

Atualizada às: 09/07/2010 01:41
Quando lembra, a professora Maria Augusta Fontenele Rocha ainda se emociona. Embora tenham se passado 30 anos, sente saudades dos preparativos, as orações diárias, a escolha de um cantinho que visse de perto, que sentisse a presença da Sua Santidade. E até acredita que ele lhe deu um tchauzinho, de tão próximo que esteve.



Como a professora católica apostólica romana, muitos fiéis que estiveram em Fortaleza no dia 9 de julho de 1980 guardam uma lembrança e muitas saudades de João Paulo II, o primeiro papa a visitar o Brasil e passar por Fortaleza. Era aqui o principal motivo de sua viagem ao Brasil: a realização do X Congresso Eucarístico Nacional do qual, o santo padre participou da abertura.

A cidade, que tinha uma população de 1,3 milhão de habitantes, foi embelezada para receber o papa. Ruas e avenidas receberam novas pavimentações, a BR-116, no trecho urbano (desde Messejana até bairro de Fátima - avenida Aguanambi) foi duplicada e, no estádio Plácido Castelo, o Castelão, local de realização do Congresso Eucarístico, foram concluídas as arquibancadas.

O estádio tinha sido inaugurado, em 1971, somente com dois lances de arquibancada para uma capacidade de 70 mil pessoas. Com a conclusão, recebeu, exatamente há 30 anos, um público estimado em 120 mil fiéis, o maior público da sua história.

Tumulto e morte
Calcula-se que 800 mil pessoas ficaram de fora do estádio. Muitos começaram a chegar no dia anterior para garantir um lugar no Castelao. Dormiram em volta do estádio e, por conta da desorganização, quando abriram os portões houve tumulto e a multidão tentou invadir o estádio causando a morte de três mulheres.



A professora Maria Augusta recorda da tragédia e diz: “Ver o Papa era fundamental para todos, mas ninguém podia passar por cima dos outros. Faltou calma e fé”. Mas as boas lembranças das homilias e as bênçãos por onde passava ficaram gravadas na memórias dos católicos que aqui estiveram.

Muitos recordam, junto a ele, a presença do cardeal Aloísio Lorscheider, arcebispo de Fortaleza, e como João Paulo II, já falecido. “Ajudamos em todo o cerimonial, o monsenhor André Camurça (atualmente com 97 anos) era o secretário do Congresso”, recorda monsenhor Oscar Peixoto. O padre Gilson Soares, da Regional Nordeste I da CNBB, recorda que era diácono que, na concelebração eucarística, “cantou” o Evangelho. Irmã Lúcia Severiano, das Ordem das Josefinas, lembra que também se emocionou ao tão de perto João Paulo II.



UM PAPA DIFERENTE

João Paulo II foi o primeiro papa que visitou o Brasil. Tinha apenas dois anos de pontificado. Uma multidão avaliada em 4,5 milhões de católicos e não católicos foram às ruas das cidades brasileiras por onde o Santo Padre passou. O papa visitou o Brasil quatro vezes: em 1979, 1980, 1991 e 1997.

O Papa sempre demonstrou grande amor pelo Brasil, o país com mais católicos no Mundo. Inclusive, na sua primeira visita, chegou a demonstrar o seu apoio ao movimento sindical, então liderado por Luis Inácio Lula da Silva, em aberto desafio ao governo militar brasileiro.

A passagem de João Paulo II por várias cidades brasileiras em 1980 foi uma das maiores movimentações populares já registradas na história do País. Foi montado um forte esquema de segurança, considerado o maior da história. Cerca de 9 mil homens foram destacados para cuidar do Papa e dos fiéis que o seguiram.

Karol Józef Wojtyla nasceu em Wadowice, Polónia, no dia 18 de maio de 1920. Foi ordenado sacerdote em 1946. Em 1958 foi nomeado bispo auxiliar de Cracóvia e em 1963 apontado como arcebispo de Cracóvia. Foi elevado a cardeal 1967 e eleito papa em 1978. Morreu em 2005.
fonte http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/f...a-bencao.shtml

NESSE LINK abaixo: VÍDEO SOBRE O CASTELÃO E O PAPA. DETALHE: as fotos são de Manchete, eu que escaneei, hehe.
http://blog.opovo.com.br/blogdoeliom...papa-ao-ceara/

Last edited by Fortal; July 10th, 2010 at 01:52 AM.
Fortal no está en línea   Reply With Quote
Old July 12th, 2010, 09:02 PM   #533
\Felippe/
Registered User
 
\Felippe/'s Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Location: Fortaleza
Posts: 238
Likes (Received): 14

Fortaleza à espera da Copa de 2014

A Copa do Mundo pode ser definitiva para Fortaleza. Depois de muito tempo sem obras estruturais de grande porte e de atrasos sistemáticos nas últimas intervenções, a realização do evento mundial deve pressionar a cidade a se organizar
Mariana Toniatti - 12/07/2010 02:00

Fortaleza foi confirmada como uma das 12 cidades-sede da Copa 2014 em junho do ano passado. Depois de uma década de poucas obras estruturais, a obrigação de se preparar para o mundial é a oportunidade de dar início a uma mudança significativa na forma urbana e na qualidade de vida da Cidade. As primeiras obras planejadas são de mobilidade: trânsito, transporte e circulação. Cinco vias de acesso ao Castelão serão alargadas, terão faixas prioritárias para ônibus, ciclovias e calçadas padronizadas.

Um “veículo leve sobre trilhos” (VLT), espécie de metrô de superfície, vai ligar o Mucuripe à Parangaba. A linha Sul do Metrofor vai ser finalizada, 11 anos depois, com 34 estações, uma delas também na Parangaba. Ali será formado um pólo intermodal - principal ponto de recepção e de redistribuição dos passageiros -, com o VLT, o metrô e os ônibus confluindo. Os semáforos serão retirados da Via Expressa. Nos cruzamentos com avenidas como Santos Dumont, Alberto Sá e Padre Antônio Tomás, as avenidas serão rebaixadas. Cruzarão a Via Expressa por baixo dela.
Há ainda o projeto de um viaduto na avenida Raul Barbosa, passando sobre a Murilo Borges. Essas obras estão no primeiro pacote fechado com o Governo Federal dentro do PAC da Copa. Entraram no bolo também o cronograma de reforma de estádios, aeroportos e portos. Os dois últimos eixos foram assumidos pelo Governo Federal. Para Ricardo Teixeira, presidente da Comissão Brasileiro de Futebol (CBF), os aeroportos são os maiores entraves na realização do evento.

Os estádios são responsabilidade do Governo do Estado. O eixo de mobilidade urbana tem recursos federais, mas execução do Estado e da Prefeitura de Fortaleza. Em janeiro, os três entes federados assinaram a chamada “matriz de responsabilidade”, um cronograma de cada etapa das obras. “Já temos definido: dezembro de 2012. Tem que estar tudo pronto até lá. Inclusive para credenciar Fortaleza a receber os jogos da Copa das Confederações, em 2013”, diz Felipe Araújo, coordenador do Projeto da Copa 2014 dentro da Coordenadoria de Projetos Especiais e Relações Internacionais da Prefeitura.

Para ontem

Pelo cronograma, neste mês de julho, devem começar as desapropriações na Via Expressa. Em agosto, serão lançados os editais de alargamento das cinco vias do pacote. Desapropriações, licitações e licenças ambientais são sempre a justificativa nos atrasos da Prefeitura. Dessa vez, o Município promete estar com a parte burocrática resolvida até janeiro de 2011 para começar a parte prática.

“A questão da mobilidade urbana tem sido nossa prioridade pela natureza das obras, pela complexidade de execução”, diz Felipe. A implantação do Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor), que recupera e remodela o trânsito em dois corredores da cidade, teve início em 2008 e conta um atraso significativo. O primeiro lote de obras deveria estar pronto no fim deste ano, mas ainda faltam obras difíceis como o túnel e o viaduto na avenida Engenheiro Santana Jr, a intervenção na Antônio Sales e a ampliação dos terminais do Antônio Bezerra e Papicu.

“A metodologia do Transfor é a de causar o menor impacto possível. Só começamos um trecho quando termina o outro. Vimos que isso gerou um delta adicional de tempo”, explica Daniel Lustosa, coordenador do Transfor. Segundo Daniel, com as obras da Copa será diferente. Primeiro porque as cinco vias somam cerca de 20 quilômetros, bem menos do que os 82, do Transfor. Depois porque União, Estado e Município têm interesse no bom andamento das obras. Vai haver fiscalização. Serão gastos R$ 261,4 milhões somente com os alargamentos. Só com desapropriações são R$ 85,7 milhões. A ocupação ao longo do trilho, do Mucuripe a Parangaba, é uma das que terão que ser retiradas.

E-Mais

Não há definição de quando as outras seis matrizes de responsabilidade (cronogramas) serão fechadas. É o Governo Federal que convoca as cidades-sede para discutir. A demanda é apresentada, chega-se nas prioridades e um cronograma é estipulado. Quando a matriz é montada, são criadas as câmeras técnicas-temáticas, que reúne especialistas em diálogo com o Ministério correspondente e com as cidades-sede.

Com as obras anunciadas, a Cidade vira um canteiro de obras. O trânsito já ruim pede uma boa logística de desvios e de execução. “Para evitar o caos, vamos ter que trabalhar muito bem o desvio de tráfego”, diz Daniel Lustosa. As obras começam pelos terrenos desapropriados. Quando a pista nova ficar pronta, o trabalho vai para a pista já existente, evitando a interdição total da avenida.
A comissão cearense que foi até a África do Sul no Programa de Observadores Fifa era levada com quatro horas de antecedência aos estádios. Deslocamentos de 20 minutos levavam duas horas para serem percorridos. Sem transporte coletivo, a não ser vans piratas, os congestionamentos causados por carros particulares era imenso antes dos jogos.
Na contagem do Governo Federal, nove obras em Fortaleza entram no PAC da Copa. É que na lista local, obras como a ampliação do aeroporto entram como quatro ações distintas: duplicação do terminal de passageiros, reforma do terminal de cargas, ampliação da pista e melhora na torre de controle. Outra diferença é que o Governo Federal usa Mobilidade Urbana ao invés de Transporte e Trânsito e desmembra esse eixo em outros dois: portos e aeroportos, fechando nove eixos temáticos. O Ceará trabalha com sete eixos temáticos.

fonte: http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/f...-de-2014.shtml
\Felippe/ no está en línea   Reply With Quote
Old July 24th, 2010, 04:45 PM   #534
Nthest-Brazil
Registered User
 
Nthest-Brazil's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Posts: 494
Likes (Received): 66

Rede americana vai ter novo hotel em Fortaleza
Está previsto o início da construção de um novo hotel em Fortaleza início de 2011. Da categoria Sleep Inn, o investimento milionário será administrado pela rede norte-americana Shoice, conforme publicado na coluna Vertical de ontem

Andreh Jonathas - 24/07/2010 02:00



A partir de janeiro de 2011, seu Francisco vai ter que procurar outro lugar para vender tapioca com queijo e coco. No espaço cercado ao lado da calçada onde trabalha, vai ser iniciada a construção de mais um hotel em Fortaleza da rede norte-americana Shoice, que administra o Confort e o Quality na Capital.


A edificação, da categoria do Sleep Inn, está prevista para ficar pronta em dezembro de 2012, já para fazer parte das hospedagens disponíveis para a Copa das Confederações - a ser realizada em 2013 -, caso Fortaleza seja uma das cedes. A rede Shoice é representada, no Brasil, pelo Grupo Atlântico.


As informações foram repassadas ao O POVO pelo sócio-gerente da Fibra Engenharia Limitada, Eugênio Montenegro. A empresa é a responsável pela incorporação e construção do hotel.


O empreendimento milionário ainda não tem o valor divulgado. “Está na fase de anteprojeto”, disse. No entanto, o terreno de 2 mil metros quadrados já está assegurado na esquina da avenida Santos Dumont com rua Dona Leopoldina - ao lado do Colégio Militar.


Alguns detalhes do projeto ainda são mantidos em sigilo, mas O POVO apurou que a promessa é de que o lançamento ao mercado será feito de forma nova, inusitada, com venda para investidores diferentes. O projeto arquitetônico do hotel é assinado por Nasser Hissa e a design é de Ana Melo.

http://opovo.uol.com.br/app/o-povo/e...ortaleza.shtml
Nthest-Brazil no está en línea   Reply With Quote
Old July 25th, 2010, 01:56 AM   #535
Fortal
O Show é aqui!
 
Fortal's Avatar
 
Join Date: Nov 2004
Location: São Paulo
Posts: 5,740
Likes (Received): 8

muito massa essa notícia do hotel, obrigado por postar!



Fortal no está en línea   Reply With Quote
Old July 27th, 2010, 02:26 PM   #536
Zhukov_bbs
Registered User
 
Join Date: Feb 2010
Location: Fortaleza
Posts: 107
Likes (Received): 17

Porto do Mucuripe recebe recursos de R$ 220 milhões



O Porto do Mucuripe receberá investimentos da ordem de R$ 220, 5 milhões em obras de melhoria e adaptação. Apenas na dragagem do Porto, o valor investido é de R$ 54,6 milhões. A ordem de serviço foi assinada ontem. A obra, com previsão para começar dentro de um mês, deverá ficar pronta até o final deste ano.

Além da dragagem, estão previstos R$ 105,9 milhões na construção de um terminal de passageiros e R$ 60 milhões em obras que o porto precisará fazer para evitar o assoreamento e para melhorar a acessibilidade terrestre, além de reforço no cais.

Os recursos são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e da Secretaria de Portos (SEP).

“A empresa está consciente de que não é uma pequena dragagem. É um projeto muito ousado, mas sabemos que podemos conclui-lo antes do prazo”, destacou o presidente da empresa Bandeirantes Dragagem e Construção Ltda, responsável pela obra, Ricardo Sudaiha.

Com as obras de dragagem, a profundidade do porto passará dos atuais 10 para 14 metros. O porto vai poder receber outros tipos de embarcação e a movimentação de cargas deve crescer em média 30%.

“Com essa profundidade de 14 metros, o porto estará atendido pelos próximos 50 anos. Não precisaremos de outras intervenções”, destacou o ministro da SEP, Pedro Brito.

A partir do investimento, o frete será barateado e o porto do Mucuripe será inserido na rota de cabotagem, navegação realizada entre portos interiores do país pelo litoral ou por vias fluviais.

De acordo com Sudaiha, serão retirados 6 milhões de m³ de areia durante a dragagem. Do total, 500 mil m³ serão colocados na Praia de Iracema para evitar os avanços do mar.

A obra do porto do Mucuripe faz parte do Programa Nacional de Dragagem (PND), que vai investir R$ 1,6 bilhão no aprofundamento dos 18 principais portos do País.

LICITAÇÕES
Foram aprovadas para o porto do Mucuripe nove licitações no valor de R$ 30 milhões com recursos da SEP.

Segundo o presidente da Companhia Docas, que administra o Porto, Paulo André Holanda de Castro, as obras começarão a partir de agosto e terão conclusão até o final do ano.

Entre as obras estão a licitação da nova pavimentação e da nova iluminação industrial do Porto, além do aumento do parque de tomadas frigoríficas e da construção do novo armazém de A5 de 6 mil m².

Além disso, será implementado o software do projeto Porto sem Papel, que vai facilitar a interação de todos os órgãos intervenientes com transferência de informações online.

Teresa Fernandes - Da Redação O POVO 27/07/2010 02:00
Zhukov_bbs no está en línea   Reply With Quote
Old July 27th, 2010, 02:28 PM   #537
Zhukov_bbs
Registered User
 
Join Date: Feb 2010
Location: Fortaleza
Posts: 107
Likes (Received): 17

Terminal de passageiros

O Ceará deverá entrar na rota da navegação brasileira com a construção do Terminal Marítimo de Passageiros. A construção está orçada em R$ 105,9 milhões. Durantes este ano os projetos ficarão prontos e no começo de 2011 a licitação será lançada. As obras deverão iniciar em julho de 2011 e a conclusão está prevista até dezembro de 2013.

''O presidente aprovou esse investimento na construção de um Terminal dedicado a passageiros com instalações modernas, com toda a segurança e os serviços necessários para atendimento ao turista”, destacou o ministro da Secretaria de Portos (SEP), Pedro Brito.

Segundo ele, durante a Copa do Mundo o equipamento será utilizado para ofertas de leitos que atenderão às demandas concentradas nesse período. “Nós vamos contratar embarcações, transatlânticos que virão para cá e ficarão ancorados durante a Copa do Mundo fazendo a oferta de leitos que a capacidade hoteleira local não pode absorver”, completou.

Mais de 60 mil turistas poderão ficar hospedados no mar em sete portos durante a Copa do Mundo de 2014. A estimativa da SEP leva em conta recursos de de R$ 740,7 milhões.
Zhukov_bbs no está en línea   Reply With Quote
Old July 27th, 2010, 02:31 PM   #538
Zhukov_bbs
Registered User
 
Join Date: Feb 2010
Location: Fortaleza
Posts: 107
Likes (Received): 17

ok.

Last edited by Zhukov_bbs; July 27th, 2010 at 05:17 PM.
Zhukov_bbs no está en línea   Reply With Quote
Old July 27th, 2010, 04:18 PM   #539
Kaique
Registered User
 
Kaique's Avatar
 
Join Date: Aug 2006
Location: Fortaleza/Balneário Camboriú
Posts: 7,091
Likes (Received): 101


North Shopping Parangaba não é infra-estrutura para copa, melhor mover para notícias do Ceará. Senão bagunça essa já sobrecarregado thread.
Kaique no está en línea   Reply With Quote
Old July 28th, 2010, 03:34 AM   #540
Zhukov_bbs
Registered User
 
Join Date: Feb 2010
Location: Fortaleza
Posts: 107
Likes (Received): 17

Marquise/EIT com maior Nota Final

Vamos aos resultados extra-oficiais da PPP do Castelão levando-se em conta a nota técnica obtida por cada consórcio e o preço de remuneração sugerido por cada um deles para administrar o Castelão nos oito anos após a sua inauguração.

Em primeiro lugar ficou o Consórcio Marquise/EIT com Nota Final de 96,19.

Em segundo lugar o Consórcio Queiroz Galvão/Carioca/Somag/Fujita com Nota Final de 74,21.

Em terceiro lugar a Galvão Engenharia com Nota Final de 73,0.

Em quarto e último lugar a Oderbrecht com Nota Final de 62,50

O resultado não pode ainda ser homologado por que há várias questões a serem resolvidas no âmbito do Judiciário. É evidente que as sentenças podem mudar o resultado ou confirmá-lo.

O preço que cada Consórcio sugeriu é o valor mensal a ser recebido pelo Estado para administrar o estádio. O blog fez as contas e concluiu que, sem considerar reajustes obrigatórios, a diferença entre o primeiro e segundo colocado ao longo de oito anos alcança cerca de R$ 96 milhões.

Levando-se em conta o preço mensal sugerido, a diferença entre a primeira e a quarta colocada é de aproximadamente R$ 180 milhões no período de oito anos.

Já a terceira colocada, ao longo de oito anos, ofereceu um preço menor total de aproxidamente R$ 7 milhões em relação à primeira colocada. O problema foi a baixa nota técnica da Galvão, que a jogou para o terceiro lugar.

Postado em 27 de julho de 2010 por Fábio Campos
Zhukov_bbs no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 05:08 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu