daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Centro > Projectos



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old February 10th, 2011, 11:49 PM   #81
Aka
Registered User
 
Join Date: Jan 2006
Posts: 6,306
Likes (Received): 128

Também é possível ajardinar o topo.


Só espero que a zona fique melhor quando estiver tudo terminado e tiver umas árvores, etc.
Aka no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old February 11th, 2011, 11:17 AM   #82
by_law
BANNED
 
by_law's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: COIMBRA
Posts: 345
Likes (Received): 0

E o metro a passar na zona
by_law no está en línea   Reply With Quote
Old June 11th, 2011, 12:58 PM   #83
DaniFR
Registered User
 
Join Date: Sep 2008
Location: COIMBRA
Posts: 3,452
Likes (Received): 167

Câmara vai propor demolição do lote 1 dos Jardins do Mondego

O executivo municipal de Coimbra quer repor a legalidade urbanística do empreendimento Jardins do Mondego. Como tal, na reunião da próxima segunda-feira, vai ser apresentada uma proposta “robusta, suportada em estudos e pareceres fundamentados”.

No documento, a que o DIÁRIO AS BEIRAS teve acesso, é proposto que se cumpra a decisão do Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra, ou seja, que o lote 1 seja demolido acima da cota soleira para permitir que o empreendimento fique “em conformidade com o Plano Diretor Municipal de Coimbra”.

A cave do lote 1 e do lote 18 (em cujo piso superior foi construído uma casa que serve para a comercialização dos apartamentos) devem passar para domínio público municipal. A solução encontrada para essas duas áreas (cerca de 3.500 metros quadrados) é que ali seja construído um parque de estacionamento público de apoio ao Parque Verde do Mondego.

Diário As Beiras
__________________
Coimbra, cidade de sonho e tradição.
DaniFR no está en línea   Reply With Quote
Old October 25th, 2011, 01:25 AM   #84
DaniFR
Registered User
 
Join Date: Sep 2008
Location: COIMBRA
Posts: 3,452
Likes (Received): 167

Jardins do Mondego: CMC acomoda solução para lotes em zona verde

A Câmara Municipal de Coimbra pronunciou-se, hoje, pela construção de estacionamento público, em detrimento de privado, em dois lotes do empreendimento imobiliário Jardins do Mondego parcialmente implantados em zona verde.

Segundo informação do técnico camarário Alberto Chorão, há lugar à supressão dos actuais lotes 01 e 18, sendo a totalidade da área do primeiro (quase 1 100 metros quadrados) e parte da do segundo ( 2 388) cedidas ao domínio público municipal; a área remanescente do lote 18 (perto de 3 000 metros quadrados), localizada fora da zona verde de uso público, permite a criação do denominado lote 1A.

Neste contexto, irá ocorrer a demolição da parte da edificação efectuada no actual lote 01 acima da cota do arruamento.

No início deste ano, o Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra (TAFC) tinha sido habilitado, pelo Tribunal Central Administrativo do Norte, a declarar a nulidade dos actos camarários respeitantes aos referidos lotes.

O lote 18º., criado mediante requerimento entregue na CMC em 2004, foi destinado a estacionamento público com capacidade para 135 viaturas (sob o conceito de exploração comercial). Ao lote 01 correspondeu a construção de 43 fogos e de outros tantos lugares de estacionamento, bem como de quatro lojas.

Dois executivos camarários de Coimbra (um do PS e outro do PSD) suscitaram reparos de juízes do TAFC num acórdão que declarava ilegal a edificação em dois lotes do empreendimento Jardins do Mondego (erguido na margem direita do rio).

Um colectivo de magistrados judiciais considerou nulas quatro deliberações da CMC – três do último mandato de Manuel Machado e uma do primeiro de Carlos Encarnação – por violação do artigo 39º. do Regulamento do Plano Director Municipal (PDM).

O acórdão também reputou de nulo um despacho do outrora director de urbanismo José Eduardo Simões (titular da Direcção Municipal de Administração do Território no triénio 2003/05).

O artigo 39º. do Regulamento do PDM define as zonas verdes de uso público como susceptíveis de serem usufruídas por toda a população, conferindo-lhes a natureza de áreas da estrutura verde urbana especialmente vocacionadas para recreio e lazer.

O fundo de investimento imobiliário Promovest, representado pela sociedade Fundimo, tinha contestado que a localização do lote 01 violasse o PDM e alegou que o outro se inseria no conceito de equipamento.

fonte
__________________
Coimbra, cidade de sonho e tradição.
DaniFR no está en línea   Reply With Quote
Old October 25th, 2011, 01:28 AM   #85
djou23
Registered User
 
djou23's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Location: Coimbra
Posts: 4,229
Likes (Received): 64

Boas notícias, espero que haja coragem para limpar a face desta tramóia. Só me pergunto o que acontecerá a quem já tinha comprado os apartamentos...
__________________
Capa negra de saudade/No momento da partida
Segredos desta cidade/Levo comigo p'ra vida
djou23 no está en línea   Reply With Quote
Old January 17th, 2012, 02:32 AM   #86
djou23
Registered User
 
djou23's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Location: Coimbra
Posts: 4,229
Likes (Received): 64

Jardins do Mondego: CMC opõe-se a decisão judicial de nulidade

A Câmara Municipal de Coimbra vai interpor recurso, junto do Tribunal Central Administrativo do Norte (TCAN), acerca de uma decisão judicial de primeira instância a declarar a “nulidade total” dos 18 lotes da urbanização Jardins do Mondego.

Segundo o gabinete do vereador Paulo Leitão, “uma das questões centrais” a submeter ao escrutínio da segunda instância prende-se com o facto de o acórdão do Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra (TAFC) ser dissonante da conclusão de um relatório pericial.

A autarquia assinala o facto de a perícia concluir, “clara e inequivocamente”, pela coerência urbanística do empreendimento imobiliário independentemente de o TCAN ter posto em xeque os lotes 01 e 18.

Neste contexto, a CMC recorda ter sido aprovada, “sem contestação ou reparo”, uma alteração ao loteamento a contemplar a supressão do primeiro lote e do 18º. e a constituir outro sem conflituar com a zona verde de uso público.

Como noticiou o “Campeão”, terça-feira (10), em primeira-mão, através da edição electrónica, os juízes Tiago de Miranda, Joaquim Cruzeiro e José Ferreira Gapo, do TAFC, invocaram violação de várias normas contidas no artigo 39º. do Regulamento do Plano Director Municipal (PDM) conimbricense.

Para o TAFC, “deixa de haver coerênca urbanística do loteamento se se prescindir de tudo o projectado para os lotes 01 e 18”.
“É claro (...) que sem alguns elementos dos que estavam projectados para a área do lote 18, designadamente os acessos rodoviários à urbanização e as condutas de abastecimento de água, gás, electricidade e telefone (...), a urbanização perde todo o sentido”, acentuam os juízes de primeira instância, cujo acórdão arrasa a referida perícia efectuada.

O TAFC declarou a “nulidade total” de quatro deliberações camarárias – três delas do último mandato de Manuel Machado (1998 a 2001) – e de um despacho do outrora director de urbanismo José Eduardo Simões.

A deliberação tomada no primeiro mandato de Carlos Encarnação, em 2004, deferiu uma alteração ao loteamento, pela qual, além do mais, foi criado o 18º. lote (com a área de 5 362 metros quadrados), concebido exclusivamente para estacionamento de acesso público (subterrâneo), sob exploração comercial, e ficando a superfície vocacionada para arruamentos, passeios, estacionamento e espaços verdes.

O despacho de Eduardo Simões, emitido em 2005, autorizou a construção no lote 01 de um edifício para comércio e habitação (com seis pisos acima do solo e dois abaixo).

O lote 18º. foi destinado a estacionamento público com capacidade para 135 viaturas (sob o conceito de exploração comercial). Ao lote 01 correspondeu a construção de 43 fogos e de outros tantos lugares de estacionamento, bem como de quatro lojas.

Campeão das Províncias
__________________
Capa negra de saudade/No momento da partida
Segredos desta cidade/Levo comigo p'ra vida
djou23 no está en línea   Reply With Quote
Old July 6th, 2013, 12:06 PM   #87
DaniFR
Registered User
 
Join Date: Sep 2008
Location: COIMBRA
Posts: 3,452
Likes (Received): 167

Tribunal deu “luz verde” aos Jardins do Mondego

Tribunal Central Administrativo altera decisão anterior que mandava anular todo o loteamento e diz que basta demolir um dos edifícios

O loteamento Jardins do Mondego, junto ao Parque Verde, em Coimbra, poderá finalmente ser concluído depois do Tribunal Central Administrativo do Norte (TCAN) ter dado razão ao promotor e à Câmara Municipal de Coimbra.

Diário de Coimbra
__________________
Coimbra, cidade de sonho e tradição.
DaniFR no está en línea   Reply With Quote
Old July 6th, 2013, 08:41 PM   #88
dlac
Registered User
 
dlac's Avatar
 
Join Date: Mar 2012
Posts: 14
Likes (Received): 3

se os prédios acabados já estão a cair aos bocados nem quero imaginar as condições dos que estão ainda em tijolo. não era mais facil demolir tudo e acabar com aquela vergonha?
__________________

jprscarv liked this post
dlac no está en línea   Reply With Quote
Old October 16th, 2014, 03:38 PM   #89
Marco Bruno
Les cites obscures
 
Marco Bruno's Avatar
 
Join Date: Aug 2003
Location: Sardoal | Lisbon
Posts: 7,627
Likes (Received): 551

Isso inacabado dá um ar péssimo. Estive em Coimbra recentemente, e todas as pessoas que estavam comigo repararam nessa urbanização...
Marco Bruno no está en línea   Reply With Quote
Old October 16th, 2014, 06:52 PM   #90
daniel322
Registered User
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 20,864
Likes (Received): 323

Já dava para uma novela.. até tem um nome a condizer, bem mais giro que jardins proibidos
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old October 16th, 2014, 08:30 PM   #91
Lino
'tou na lua...
 
Lino's Avatar
 
Join Date: Oct 2007
Location: Coimbra
Posts: 29,646
Likes (Received): 1914

novela mexicana à moda de Coimbra, como tudo o que é obra pública. Veja-se como está a estrutura do pediátrico, por exemplo...
__________________
Coimbra tem mais encanto na hora da... chegada!
Briosa!
Lino no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
baixa de coimbra, coimbra, rio mondego

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 03:58 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu