daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Regionais > São Paulo



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old February 23rd, 2012, 04:40 PM   #101
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 6,356
Likes (Received): 1363

A partir dos anos 1980 S. Paulo sofreu um forte processo de desindustrialização típico das grandes cidades ocidentais como Nova Iorque, Londres e Paris, que após a II Grande Guerra mudaram suas bases econômicas, preservando muitas áreas operárias da especulação imobiliária, dando outras destinações como entretenimento, comércio e serviços, sem a necessidade de megaprojetos de recuperação urbana, geralmente caríssimos e quase sempre inexequíveis.
Há alternativas muito mais baratas e de fácil implementação p/ S. Paulo, como uma destinação mista: condomínios familiares aliados aos setores de comércio/serviços ou condomínios para solteiros (nicho que mais cresce atualmente) conjugado com entretenimento (baladas, academias de fitness, campus avançados de faculdades) ocupando os antigos galpões. Para isso se tronar realidade teria que mexer na legislação tributária, dando incentivos como redução e até isenção de IPTU, mas reduzir imposto no Brasil é quase um crime para nossos governos.
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old February 23rd, 2012, 05:24 PM   #102
eduardo76
Registered User
 
eduardo76's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: São Luís do Maranhão
Posts: 3,208
Likes (Received): 370

Linda São Paulo, mesmo com todos seus problemas que ainda tem soluções....
eduardo76 no está en línea   Reply With Quote
Old February 23rd, 2012, 10:10 PM   #103
TEBC
Registered User
 
TEBC's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: São Paulo
Posts: 20,916
Likes (Received): 4011

Quote:
Originally Posted by Eduardo GJF View Post
Uma foto que ficou de fora:



Desculpem-me o tamanho (1024x768), mas essa merece.
Aviso: a imagem foi composta com várias fotos e depois extremamente manipulada pra ficar assim, não se espantem se houver alguma falha aparente (além da chaminé que eu não consigo ajeitar de jeito nenhum).
alguem sabe se esses galpoes bonitos sao tombados??

ao inves de demolirem tudo para a especulacao e construcao de predios residenciais neotoscos, deveriam retrofitar em vender como apartamentos. ficaria lindo, eu compraria um facil.
__________________
rio 20!6
Viva essa Paixão
TEBC no está en línea   Reply With Quote
Old February 23rd, 2012, 10:17 PM   #104
TEBC
Registered User
 
TEBC's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: São Paulo
Posts: 20,916
Likes (Received): 4011

pra quem nao conhece:

http://www.saopauloantiga.com.br/mapa/
__________________
rio 20!6
Viva essa Paixão
TEBC no está en línea   Reply With Quote
Old February 15th, 2013, 08:35 PM   #105
rodineisilveira
Registered User
 
rodineisilveira's Avatar
 
Join Date: Jan 2008
Location: São Paulo - SP, Brazil
Posts: 254
Likes (Received): 37

Exclamation Companhia Antarctica Paulista - Indústria Brasileira de Bebidas e Conexos

Quote:
Originally Posted by Eduardo GJF View Post
Uma foto que ficou de fora:



Desculpem-me o tamanho (1024x768), mas essa merece.
Aviso: a imagem foi composta com várias fotos e depois extremamente manipulada pra ficar assim, não se espantem se houver alguma falha aparente (além da chaminé que eu não consigo ajeitar de jeito nenhum).
Esta é a antiga fábica-sede da Antarctica, que foi tombada pelo Patrimônio Nacional e que é hoje propriedade da AmBev (Companhia de Bebidas das Américas), vista de dentro da estação Moóca da CPTM.

COMPANHIA ANTARCTICA PAULISTA - INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BEBIDAS E CONEXOS
Av. Presidente Wilson, 274 - Moóca - São Paulo - SP
(É neste endereço que é, atualmente, a sede-mãe brasileira da AmBev.)

Só mais um detalhe: alguém aí se lembra daquele comercial da Pepsi de 2002, com o Roberto Carlos (Robertão para os íntimos) jogando bola com a molecada ("Nem pense nisso!")?
Pois bem. Este comercial da Pepsi foi gravado bem no meio dos galpões da antiga fábrica-sede da Antarctica, na Moóca.
Aliás, tanto a Antarctica como a Pepsi fazem parte deste todo, que é a AmBev.



Last edited by rodineisilveira; February 20th, 2013 at 01:01 AM.
rodineisilveira no está en línea   Reply With Quote
Old February 26th, 2013, 04:04 AM   #106
woody woodpecker
Registered User
 
woody woodpecker's Avatar
 
Join Date: Jun 2010
Location: São Paulo
Posts: 206
Likes (Received): 35

Vale ressaltar que as fotos não são um reflexo de toda a Mooca, que é um dos bairros mais diversificados da cidade, com uma grande valorização imobiliária e com um dos melhores shoppings de São Paulo na minha opinião.
woody woodpecker no está en línea   Reply With Quote
Old February 26th, 2013, 04:11 AM   #107
Eduardo GJF
Registered User
 
Join Date: Jun 2009
Posts: 7,190
Likes (Received): 3045



O shopping fica exatamente no local das fotos 16 a 19
Esse thread tem dois anos já
Eduardo GJF no está en línea   Reply With Quote
Old April 5th, 2013, 07:34 PM   #108
Eduardo GJF
Registered User
 
Join Date: Jun 2009
Posts: 7,190
Likes (Received): 3045

Novo proprietário quer preservar a história do terreno da Antarctica
Sex, 05 de Abril de 2013 13:03 Rafael Gonçalo



Inaugurada em 1892 e um dos símbolos do crescimento industrial da Mooca e da cidade, a antiga fábrica de cervejas da Antarctica, na avenida Presidente Wilson, passa por processo de tombamento histórico. Desativado desde 1995, o enorme espaço está ocioso desde então. Porém, em 2010 a área foi vendida para um grupo de investidores moradores do bairro, que busca entendimento com o Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp), sobre o que deve ser mantido no terreno. A ideia dos novos proprietários é de preservar a história e construir na área um complexo cultural, comercial e um hotel.

Nesta semana o arquiteto responsável pelo projeto, Glauco Delogu Benavente, recebeu a reportagem da Folha no amplo terreno para apresentar as propostas do grupo. “Este local é muito importante para São Paulo. O nosso projeto agradou a Conpresp. Queremos manter os prédios históricos do terreno, que têm uma arquitetura fantástica. Vamos negociar com os responsáveis para trazer para cá também os museus da cerveja, ferroviário e da indústria. Também pretendemos fazer duas praças no complexo, que será totalmente aberto ao público”, destaca Benavente.

Para viabilizar a preservação da área, o arquiteto ressalta a necessidade de construir um hotel. “A ideia é de um complexo comercial com lojas de serviços essenciais para a população vizinha, um complexo cultural, com cinema, teatro e oficinas de arte, restaurantes e até uma livraria. Mas para que tudo isso seja viável é necessária a construção de um hotel com um centro de eventos, que atrairá grande público ao local. Não seriamos responsáveis pela construção e sim uma bandeira com renome na rede hoteleira, que ainda não temos definido”, comenta Benavente.

O arquiteto garante que os prédios históricos não sofrerão com as obras. “O que teremos que derrubar para a construção do hotel e do complexo são galpões e puxadinhos do terreno que não têm importância para a história. A torre, o prédio de tijolinhos, o prédio central e o imóvel que servia de sede do grêmio da Antarctica serão mantidos. Tudo isso está sendo apresentado ao Conpresp. Como morador da Mooca tenho verdadeira paixão por este lugar e também não gostaria de ver tudo ir ao chão. E, além do mais, a ideia é mostrar esta história para a população. O complexo será aberto para a comunidade 24 horas por dia. Também queremos negociar com a CPTM para a construção de uma passarela ligando esta área com o outro lado da linha de trem”, afirma o arquiteto.



Para finalizar, Benavente garante que os prédios não correm risco de desabamento. “Alguns problemas existem, já que estes imóveis ficaram anos expostos aos maus-tratos do tempo. Mas, nada que não dê para ser resolvido. A construção centenária destes imóveis é fantástica e muito resistente, com paredes grossas e fortes. O que tem que ser reparado são janelas, telhados e outras coisas que com a chuva e o vento acabam sendo prejudicadas. Mas fizemos um estudo e constatamos que é possível a preservação do local sem riscos”, completa o arquiteto, explicando que a obra no local ainda não tem previsão de início e término. “O que tem que ser resolvido é a conclusão do processo de tombamento para determinar realmente o que não pode ser alterado. E estamos analisando tudo com muita calma junto ao Conpresp para que nada seja feito às pressas”.

História

Apesar de ficar conhecida por abrigar a Antarctica por mais de 70 anos, entre as décadas de 20 e 90, a fábrica na avenida Presidente Wilson foi inaugurada oficialmente em 1892 pela cervejaria Bavária.

Porém, em 1904, a Antarctica, que ficava localizada em um terreno na rua Turiassu, na zona oeste, comprou a Bavária. Em 1920, 16 anos depois, com a venda de seu imóvel para a Sociedade Esportiva Palmeiras, para a construção de um estádio de futebol, a Antarctica começou a utilizar a fábrica da avenida Presidente Wilson para a produção de suas cervejas e refrigerantes. E foi a partir daí que a marca não parou de crescer.

Em 1961, a Antarctica comprou a cervejaria mais antiga do Brasil, a Bohemia. Em 1979 a marca passou ser exportada para o mundo inteiro. Entretanto, a crise financeira vivida no país no início dos anos 90 acarretou no fechamento da fábrica na Mooca em 1995 e em outros problemas para empresa, que perdeu força e se viu obrigada a assinar uma fusão com a Brahma e criar assim, em 2000, a marca Ambev.

Já desativada, a fábrica sofreu um incêndio em 2003, quando funcionários de uma empresa contratada retiravam equipamentos do terreno e acabaram atingindo com um maçarico um botijão de gás que explodiu. O Corpo de Bombeiros teve bastante trabalho para conter as chamas, que foram controladas horas depois. A ação resultou na morte de um bombeiro.



http://www.folhavp.com.br/index.php?...iao&Itemid=125
__________________

caiocco liked this post
Eduardo GJF no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 08:21 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu