daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Regionais > Sul > Notícias da Região

Closed Thread
 
Thread Tools
Old March 3rd, 2012, 03:55 AM   #561
Junior BH
Registered User
 
Join Date: Feb 2011
Location: Belo Horizonte
Posts: 993
Likes (Received): 44

Quote:
Originally Posted by Jdolci View Post
Realmente, é um bom resumo do que anda acontecendo no thread nos ultimos posts.. Discussoes cansativas e sem proposito algum..

Pra ver qual Estado é mais fodao .. qual contribui mais e qual é mais prejudicado..

É nisso que vai se resumir uma discussao tao séria?
Isso é verdade... acho que essas discussões não são muito saudáveis e nunca se leva a nada... é como conversa de surdo e mudo...
Junior BH no está en línea  

Sponsored Links
 
Old March 3rd, 2012, 06:24 AM   #562
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,648
Likes (Received): 615

Quanto a questão de Itaipu, vamos dizer que os Estados Unidos do Sul fique com Itaipu, sem dever bilhões ao Brasil pelo que já poi pago do financiamento da usina nem arque com os bilhões que o Brasil ainda deve. O EUS vão fazer o que com a usina? Deixar ela parada? Eles podem vender energia pra Argentina, por exemplo, mas espera aí, já tem 5 linhas de transmissão construídas e operacionais interligando a usina ao Brasil. Pode-se também pensar em incentivar a instalação de usinas eletro-intensivas no território do novo país, porém vai levar tempo até tais usinas saírem do papel, além do fato do minério mais próximo estar do outro lado da fronteira. Só meus 2 cents em relação as idéias colocadas sobre o fato de usar Itaipu como uma arma na negociação. Tirar a mesma do SIN atualmente faria o mesmo entrar em colapso, porém vocês não acham que caso o EUS resolva não vender a energia por pirraça ao Brasil, o mesmo não pode impor uma série de sanções econômicas?
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 06:48 AM   #563
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,648
Likes (Received): 615

Só mais um um ponto em relação a Itaipu, já que aqui está sendo permitido dar asas a imaginação. :B Vamos dizer que o novo governo do Sul assuma a usina, não queira pagar pela mesma, não queira vender a energia pro Brasil. Em caso de guerra, ou algo parecido, bastaria um comando da ONS pras usinas dos rios Paranaíba, Grande e Tietê abrirem suas comportas e mandar Itaipu e tudo que tiver pra baixo pra debaixo d'água, literalmente.


Quote:
Originally Posted by Stafe View Post
Discordo de alguns itens ( do Barba, pois o pessoal tá rápido hoje)...se assim for, teremos que MG é um poço de miséria, pois com tamanho muito maior e mais população, não consegue gerar mais receita pro país que o PR.........então vamos mineiros, trabalhar e parem de enrolar....
A despeito do seu comentário irônico, boa parte do território mineiro é bem pobre sim. Atualmente agricultura está em alta no país, estados como o Paraná que está sobre uma das terras mais férteis do mundo e teve a sorte de ter um plano de colonização do interior bem planejado e que não tem tanto mérito do governo do estado, que apenas vendeu as terras virgens pra uma companhia colonizadora do exterior vão atualmente muito bem.

As terras planas do cerrado mineiro, que estão na sua maior parte nas regiões do Triângulo e Noroeste, começaram a ser produtivas somente a partir da década de 70 devido as pesquisas da EMBRAPA e mesmo assim não devem muito pras regiões mais desenvolvidas do seu estado em qualidade de vida. As regiões de Minas que sofrem com a estiagem e o solo pobre precisam de outras formas de se desenvolverem. O governo estadual poderia fazer muito mais, mas ainda estamos no ponto de se levar água tratada e energia elétrica a esses lugares, tem-se um longo caminho pela frente.

No séc. XVIII boa parte das riquezas do país saíam daqui. O que diria um morador de Ouro Preto, naquela época maior cidade da América Latina, ao olhar pra outras regiões do país e ver só mato? No atual ciclo econômico, Minas ficou menos importante pro Brasil do que já foi. Mas são ciclos e talvez essa seja a maior vantagem de se manter uma federação. Da mesma forma que o Nordeste já teve sua importância e agora a região Norte desponta como essencial ao desenvolvimento do país.

Quanto as universidades federais, o estado tem 4 realmente grandes, UFMG, UFU, UFJF e UFV que estão cada uma em um canto do estado. Só a UFJF e UFV estão relativamente próximas. As outras são pequenas e existe até um plano pra se fundir algumas delas sob uma mesma administração. A UFMG está a 600 Km da UFU, que está a 800 Km da UFJF, que está abrindo um campi em Governador Valadares à 500 Km de Juiz de Fora, só pra ficar nesses exemplos.
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso

Last edited by Valter; March 3rd, 2012 at 07:08 AM.
Valter no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 02:02 PM   #564
Acir Francisco
Registered User
 
Acir Francisco's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: JAPIRA PR
Posts: 2,419
Likes (Received): 306

Será que se o sul se desmembrar vão começar explorar as grandes jazidas de minério de ferro da serra do mar?
Acir Francisco no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 02:47 PM   #565
Junior BH
Registered User
 
Join Date: Feb 2011
Location: Belo Horizonte
Posts: 993
Likes (Received): 44

Quote:
Originally Posted by Valter View Post
Só mais um um ponto em relação a Itaipu, já que aqui está sendo permitido dar asas a imaginação. :B Vamos dizer que o novo governo do Sul assuma a usina, não queira pagar pela mesma, não queira vender a energia pro Brasil. Em caso de guerra, ou algo parecido, bastaria um comando da ONS pras usinas dos rios Paranaíba, Grande e Tietê abrirem suas comportas e mandar Itaipu e tudo que tiver pra baixo pra debaixo d'água, literalmente.




A despeito do seu comentário irônico, boa parte do território mineiro é bem pobre sim. Atualmente agricultura está em alta no país, estados como o Paraná que está sobre uma das terras mais férteis do mundo e teve a sorte de ter um plano de colonização do interior bem planejado e que não tem tanto mérito do governo do estado, que apenas vendeu as terras virgens pra uma companhia colonizadora do exterior vão atualmente muito bem.

As terras planas do cerrado mineiro, que estão na sua maior parte nas regiões do Triângulo e Noroeste, começaram a ser produtivas somente a partir da década de 70 devido as pesquisas da EMBRAPA e mesmo assim não devem muito pras regiões mais desenvolvidas do seu estado em qualidade de vida. As regiões de Minas que sofrem com a estiagem e o solo pobre precisam de outras formas de se desenvolverem. O governo estadual poderia fazer muito mais, mas ainda estamos no ponto de se levar água tratada e energia elétrica a esses lugares, tem-se um longo caminho pela frente.

No séc. XVIII boa parte das riquezas do país saíam daqui. O que diria um morador de Ouro Preto, naquela época maior cidade da América Latina, ao olhar pra outras regiões do país e ver só mato? No atual ciclo econômico, Minas ficou menos importante pro Brasil do que já foi. Mas são ciclos e talvez essa seja a maior vantagem de se manter uma federação. Da mesma forma que o Nordeste já teve sua importância e agora a região Norte desponta como essencial ao desenvolvimento do país.

Quanto as universidades federais, o estado tem 4 realmente grandes, UFMG, UFU, UFJF e UFV que estão cada uma em um canto do estado. Só a UFJF e UFV estão relativamente próximas. As outras são pequenas e existe até um plano pra se fundir algumas delas sob uma mesma administração. A UFMG está a 600 Km da UFU, que está a 800 Km da UFJF, que está abrindo um campi em Governador Valadares à 500 Km de Juiz de Fora, só pra ficar nesses exemplos.
Muito inteligente seu comentário, Valter, Parabéns....

A UFMG não estaria a 500 km da UFU ao invés de 600?? Não me constava que Udi fosse tão longe assim de BH...
Junior BH no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 04:19 PM   #566
Squibb
freiheit über alles
 
Squibb's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Francisco Beltrão/PR
Posts: 8,282
Likes (Received): 3569

Quote:
Originally Posted by Valter View Post
Quanto a questão de Itaipu, vamos dizer que os Estados Unidos do Sul fique com Itaipu, sem dever bilhões ao Brasil pelo que já poi pago do financiamento da usina nem arque com os bilhões que o Brasil ainda deve. O EUS vão fazer o que com a usina? Deixar ela parada? Eles podem vender energia pra Argentina, por exemplo, mas espera aí, já tem 5 linhas de transmissão construídas e operacionais interligando a usina ao Brasil. Pode-se também pensar em incentivar a instalação de usinas eletro-intensivas no território do novo país, porém vai levar tempo até tais usinas saírem do papel, além do fato do minério mais próximo estar do outro lado da fronteira. Só meus 2 cents em relação as idéias colocadas sobre o fato de usar Itaipu como uma arma na negociação. Tirar a mesma do SIN atualmente faria o mesmo entrar em colapso, porém vocês não acham que caso o EUS resolva não vender a energia por pirraça ao Brasil, o mesmo não pode impor uma série de sanções econômicas?
continuando a discussão de um rompimento não diplomático, eu acredito firmemente que antes que o brasil pensasse em impor sanções economicas, ele próprio iria ter sérios problemas internos por fallta de energia.

a proporção nacional de energia gerada do sul é absurdamente muita, são mais de 40% do total nacional, boa parte do ladinho de são paulo, rio de janeiro e boa parte de minas, não lá nos confins da amazonia.

Itaipu mesmo, é só uma parte só do total. O nosso estado ainda tem outra parte importantíssima nos outros rios. só no rio iguaçu são 6 ghw de capacidade instalada (e tem capacidade pra bem mais, só não o fazem por questões ambientais). e é uma das mais altas capacidade aproveitada, pois chove bem o ano todo.

somando a nossa parte no paranapanema e outros rios menores, são mais uns 2-3 gwh (nao sei precisar), no total o parana tem capacidade, sem contar itaipu, de gerar uns 10-15% da energia nacional. com itaipu deve dar uns 35-40%.

além disso, em sc e no rs existe um potencial hidraulico enorme, principalmente no rio uruguai (mas nao só), se todas as usinas em estudo/construção/inicio de operação forem somadas, dá mais de 5 gwh tranquilo.

e só pra lembrar, o que o sul ganha por ceder boa parte do seu território a produção de energia? um picolé de água. enqto isso o rj vive de petroleo, com royalties multibilionarios.

sabem qto itaipu pagou desde 83 até hj em royalties pro nosso estado? menos de 3 bi. rio de janeiro ganha isso em uma semana.

aliás, se hj, descontar a industria de petroleo no rj, o pib de lá fica menor que o do estado do parana.

agora eu pergunto, qual é mais facil importar, energia elétrica ou petroleo? é....
Squibb no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 04:31 PM   #567
Junior BH
Registered User
 
Join Date: Feb 2011
Location: Belo Horizonte
Posts: 993
Likes (Received): 44

Quote:
Originally Posted by Squibb View Post
e só pra lembrar, o que o sul ganha por ceder boa parte do seu território a produção de energia? um picolé de água. enqto isso o rj vive de petroleo, com royalties multibilionarios.

sabem qto itaipu pagou desde 83 até hj em royalties pro nosso estado? menos de 3 bi. rio de janeiro ganha isso em uma semana.

aliás, se hj, descontar a industria de petroleo no rj, o pib de lá fica menor que o do estado do parana.

agora eu pergunto, qual é mais facil importar, energia elétrica ou petroleo? é....

Agora sim eu concordo com sua argumentação de prejuízo para o Sul... aquela historinha de "pago mais do que recebo" é que não dá pra engolir... mas é um absurdo o governo federal pagar royalties multibilionários pelo petróleo carioca e não pagar por outros bens de que se apodera, como o minério de Minas e Pará e a energia elétrica oriunda do Sul do país ou a futura energia oriunda de Belo Monte... não estou dizendo que os royalties do petróleo são injustos... injustos são os royalties do minério ou da energia elétrica... os danos ambientais inclusive são maiores no caso do minério ou da usina do que no caso do petróleo, já q a exploração do petróleo nacional é feito no mar territorial, distante da costa e inclusive em território pertencente à União... O petróleo "capixaba, carioca e paulista" sequer está no território desses estados....
Junior BH no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 05:10 PM   #568
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,648
Likes (Received): 615

Quote:
Originally Posted by Junior BH View Post
Muito inteligente seu comentário, Valter, Parabéns....

A UFMG não estaria a 500 km da UFU ao invés de 600?? Não me constava que Udi fosse tão longe assim de BH...
Eu arredondei a partir dos valores que tinha de cabeça, mas pelo google maps, são 546 Km.


Quote:
Originally Posted by Squibb View Post
continuando a discussão de um rompimento não diplomático, eu acredito firmemente que antes que o brasil pensasse em impor sanções economicas, ele próprio iria ter sérios problemas internos por fallta de energia.

a proporção nacional de energia gerada do sul é absurdamente muita, são mais de 40% do total nacional, boa parte do ladinho de são paulo, rio de janeiro e boa parte de minas, não lá nos confins da amazonia.

Itaipu mesmo, é só uma parte só do total. O nosso estado ainda tem outra parte importantíssima nos outros rios. só no rio iguaçu são 6 ghw de capacidade instalada (e tem capacidade pra bem mais, só não o fazem por questões ambientais). e é uma das mais altas capacidade aproveitada, pois chove bem o ano todo.

somando a nossa parte no paranapanema e outros rios menores, são mais uns 2-3 gwh (nao sei precisar), no total o parana tem capacidade, sem contar itaipu, de gerar uns 10-15% da energia nacional. com itaipu deve dar uns 35-40%.

além disso, em sc e no rs existe um potencial hidraulico enorme, principalmente no rio uruguai (mas nao só), se todas as usinas em estudo/construção/inicio de operação forem somadas, dá mais de 5 gwh tranquilo.

e só pra lembrar, o que o sul ganha por ceder boa parte do seu território a produção de energia? um picolé de água. enqto isso o rj vive de petroleo, com royalties multibilionarios.

sabem qto itaipu pagou desde 83 até hj em royalties pro nosso estado? menos de 3 bi. rio de janeiro ganha isso em uma semana.

aliás, se hj, descontar a industria de petroleo no rj, o pib de lá fica menor que o do estado do parana.

agora eu pergunto, qual é mais facil importar, energia elétrica ou petroleo? é....
Squibb, quem faz diferença na região Sul é Itaipu, sem ela, a geração dos três estados é pouco maior que o consumo. Potencial, por potencial, temos a região Norte inteira pra ser explorada. Pode-se desligar todas as usinas do Sul, mas se manterem Itaipu, o SIN, de São Paulo pra cima pode ficar muito bem estável apenas com ela.

Dependendo do regime de chuvas no ano, a região Sul do país "importa" energia do sistema Sudeste/Centro Oeste. Coloquei entre aspas justamente por, caso queira considerar, é energia de Itaipu que volta pra região de vocês. Vejam os mapas abaixo:

Esse primeiro é de 2010 e mostra o balanço de energia do SIN




Esses são mapas que mostram o intercâmbio de energia entre os sistemas Sul - Sudeste/Centro-Oeste. Peguei os balanços a partir de 2008.

2008




2009




2010




2011




Eu não duvido que se os estados do Sudeste desligassem todas as indústrias eletrointensivas, cortassem pela metade a iluminação pública e acionasse todas as térmicas conseguiríamos manter o SIN num primeiro momento sem Itaipu. Mas caso uma situação dessa ocorra, não duvido que o governo brasileiro também cortaria o ramal sul do GASBOL prejudicando as indústrias sulistas que dependem de gás natural.
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 05:12 PM   #569
Stafe
Registered User
 
Stafe's Avatar
 
Join Date: Nov 2010
Location: Curitiba
Posts: 1,343
Likes (Received): 177

Quote:
Originally Posted by Squibb View Post
continuando a discussão de um rompimento não diplomático, eu acredito firmemente que antes que o brasil pensasse em impor sanções economicas, ele próprio iria ter sérios problemas internos por fallta de energia.

a proporção nacional de energia gerada do sul é absurdamente muita, são mais de 40% do total nacional, boa parte do ladinho de são paulo, rio de janeiro e boa parte de minas, não lá nos confins da amazonia.

Itaipu mesmo, é só uma parte só do total. O nosso estado ainda tem outra parte importantíssima nos outros rios. só no rio iguaçu são 6 ghw de capacidade instalada (e tem capacidade pra bem mais, só não o fazem por questões ambientais). e é uma das mais altas capacidade aproveitada, pois chove bem o ano todo.

somando a nossa parte no paranapanema e outros rios menores, são mais uns 2-3 gwh (nao sei precisar), no total o parana tem capacidade, sem contar itaipu, de gerar uns 10-15% da energia nacional. com itaipu deve dar uns 35-40%.

além disso, em sc e no rs existe um potencial hidraulico enorme, principalmente no rio uruguai (mas nao só), se todas as usinas em estudo/construção/inicio de operação forem somadas, dá mais de 5 gwh tranquilo.

e só pra lembrar, o que o sul ganha por ceder boa parte do seu território a produção de energia? um picolé de água. enqto isso o rj vive de petroleo, com royalties multibilionarios.

sabem qto itaipu pagou desde 83 até hj em royalties pro nosso estado? menos de 3 bi. rio de janeiro ganha isso em uma semana.

aliás, se hj, descontar a industria de petroleo no rj, o pib de lá fica menor que o do estado do parana.

agora eu pergunto, qual é mais facil importar, energia elétrica ou petroleo? é....
Sem contar que a construção de Itaipu acabou com Guaira, as 7 Quedas, um espécie de Catarados do Iguaçu no rio Paraná na época, .....em valores correntes, é incalculável a perda pra região...em pró do Brasil. Mas tudo isso é irrelevante quando se pensa em distribuição de valores, pois vemos as desculpas pra distribuição desse royalties do petroleo.......
Stafe no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 05:50 PM   #570
Squibb
freiheit über alles
 
Squibb's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Francisco Beltrão/PR
Posts: 8,282
Likes (Received): 3569

Quote:
Originally Posted by Valter View Post
Eu arredondei a partir dos valores que tinha de cabeça, mas pelo google maps, são 546 Km.


Squibb, quem faz diferença na região Sul é Itaipu, sem ela, a geração dos três estados é pouco maior que o consumo. Potencial, por potencial, temos a região Norte inteira pra ser explorada. Pode-se desligar todas as usinas do Sul, mas se manterem Itaipu, o SIN, de São Paulo pra cima pode ficar muito bem estável apenas com ela.
se quadro é interessante, pena que ele é anual. qr dizer, temos aí que o brasil-sem-sul precisa de 45 gwh medios de energia, dos quais uns 2% vem do sul, SEM CONTAR ITAIPU. bem, mas pelo q eu sei, nao chove no brasil de maio até meados de outubro. e da onde vem a energia? ah sim do sul. e quando da seca no brasil inteiro q nem no ano 2000 da onde vem? ah sim, do sul denovo (leia-se parana, pq é o maior produtor nacional). as tabelas estao mostrando ali q num ano q nem 2010 chegam a importar 2000 por tres, quatro meses a fio pra manter a energia.

sem contar q qdo chove bem as usinas do estado abrem as comportas.



Quote:
Dependendo do regime de chuvas no ano, a região Sul do país "importa" energia do sistema Sudeste/Centro Oeste. Coloquei entre aspas justamente por, caso queira considerar, é energia de Itaipu que volta pra região de vocês. Vejam os mapas abaixo:

Esse primeiro é de 2010 e mostra o balanço de energia do SIN




Esses são mapas que mostram o intercâmbio de energia entre os sistemas Sul - Sudeste/Centro-Oeste. Peguei os balanços a partir de 2008.

2008




2009




2010




2011




Eu não duvido que se os estados do Sudeste desligassem todas as indústrias eletrointensivas, cortassem pela metade a iluminação pública e acionasse todas as térmicas conseguiríamos manter o SIN num primeiro momento sem Itaipu. Mas caso uma situação dessa ocorra, não duvido que o governo brasileiro também cortaria o ramal sul do GASBOL prejudicando as indústrias sulistas que dependem de gás natural.
esses dados sao ok, mas a tesa é equivocada. a única razão pela qual o sul precisou importar energia quando da seca de 2009 é pq qdo tava chovendo estava exportando para o brasil esta mesma energia. se nao tivesse exportado as barragens ficariam em nivel alto e qdo desse seca seriam utilizadas para a regiao.

num ano normal, seca pra nos eh faltar chuva mais que 45 dias (exceto norte do pr). chover menos de 1200mm por ano é coisa rara.
a maior parte do interior do sul chove em media proximo a 2000 mm por ano.

os proprios dados mostram isso, q na media o sul exporta até 2700 mwh pro sul sudeste, isso sem contar itaipu, pelo q entendo.

e isso td sem contar itaipu, q tá aqui, alagando uns 5 mil km² das terras mais ferteis desse país, pra nos deixar o q? 200 milhoes por ano? hahaha isso é menos do que sairia dali em soja, milho etc. piada total

enqto isso no rio de janeiro tem prefeitura gastando 50 milhoes pra granitar toda a praça da cidade pq tem recebem 500, 600 milhoes por mes de royalties. um absurdo.
Squibb no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 05:54 PM   #571
Loro.
Pro Brasilia fiant eximia
 
Loro.'s Avatar
 
Join Date: Jul 2010
Location: Urbs Paulistana, Sanctus Paulus - Brasilia
Posts: 6,325
Likes (Received): 1845

Quote:
Originally Posted by Squibb View Post
tente, um dia na sua vida, subornar um guarda em santa catarina.

e vc verá o jeitinho "catarinense".
Será? Dias atras ficou famoso um grupo de policiais que foram afastados por simular relação sexual com uma vaca da cow parade em pleno centro de Florianopolis, faça uma busca rapida na internet e descobrira coisa pior.

Por favor pare de generalizar, nem todo policial é corrupto, seja ele paulista, catarinense ou de roraima.
Loro. no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 05:57 PM   #572
Squibb
freiheit über alles
 
Squibb's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Francisco Beltrão/PR
Posts: 8,282
Likes (Received): 3569

falei 5 mil, mas n verdade é uns 600km²

façam uma continha bem simples 600km² * 80% (reserva legal de 20%) * 40 alqueire por km * 350 sc de milho por alqueire = 6,720,000 sc de milho. * 24 real = 161 milhoes de reais.

só na safra de milho. se for soja vai dar mais, se considerar a safrinha vai dar ainda mais. se plantarem sei la o q plantam no inverno vai da ainda mais.

qr dizer, inundam nossas terras e nos pagam com nosso proprio dinheiro. enqto isso la no rj, usam o mar a 200km da costa, e pagam bilhoes por ano.

sem contar o prejuizo das sete quedas, bem lembrado pelo stafe, que eram tao fabulosas qto as cataratas, q hj atraem 1 mi por ano de turistas a foz.

é tudo um absurdo tao grande...
Squibb no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 06:01 PM   #573
Squibb
freiheit über alles
 
Squibb's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Francisco Beltrão/PR
Posts: 8,282
Likes (Received): 3569

Quote:
Originally Posted by Loro. View Post
Será? Dias atras ficou famoso um grupo de policiais que foram afastados por simular relação sexual com uma vaca da cow parade em pleno centro de Florianopolis, faça uma busca rapida na internet e descobrira coisa pior.

Por favor pare de generalizar, nem todo policial é corrupto, seja ele paulista, catarinense ou de roraima.
a vaca pagou qto pra eles mesmo?
Squibb no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 06:06 PM   #574
Kelsen
Dias lotados...
 
Kelsen's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: Joaçaba - Santa e Bela Catarina
Posts: 10,705
Likes (Received): 2221


Aquela da vaca foi engraçada mesmo.

A última vez que eu tinha visto uma estátua ser f***da daquele jeito foi na final Santos x Barcelona.
__________________
Sangue latino, coração de terra bruta, a nossa luta é por trabalho e gente séria.

As andorinhas gritam por falta de uma clave de sol.
Kelsen no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 06:06 PM   #575
Loro.
Pro Brasilia fiant eximia
 
Loro.'s Avatar
 
Join Date: Jul 2010
Location: Urbs Paulistana, Sanctus Paulus - Brasilia
Posts: 6,325
Likes (Received): 1845

Quote:
Originally Posted by Squibb View Post
a vaca pagou qto pra eles mesmo?


Faça você uma pesquisa rapida e descubra. Paro por aqui.

Este thread está servindo apenas para alimentar rivalidades e gerar discórdias.
Loro. no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 06:15 PM   #576
Squibb
freiheit über alles
 
Squibb's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Francisco Beltrão/PR
Posts: 8,282
Likes (Received): 3569

sim loro, eu vi o das vacas, mas isso não é corrupção, é desvio de conduta.
eu me refiria a comprar guarda. pagar um café pra não ser multado.

e n to alimentando rivalidade, só estou colocando que o sul, e o paraná são extremamente prejudicados pelo governo federal em vários aspectos.

não tem como ver de outra forma. já despejei mto número sobre isso, qm acha que não é só me comprovar por a+b q a gente tá recebendo um tratamento igual ao dos outros estados que eu calo a boca.

Squibb no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 06:20 PM   #577
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,648
Likes (Received): 615

Quote:
Originally Posted by Squibb View Post
se quadro é interessante, pena que ele é anual. qr dizer, temos aí que o brasil-sem-sul precisa de 45 gwh medios de energia, dos quais uns 2% vem do sul, SEM CONTAR ITAIPU. bem, mas pelo q eu sei, nao chove no brasil de maio até meados de outubro. e da onde vem a energia? ah sim do sul. e quando da seca no brasil inteiro q nem no ano 2000 da onde vem? ah sim, do sul denovo (leia-se parana, pq é o maior produtor nacional). as tabelas estao mostrando ali q num ano q nem 2010 chegam a importar 2000 por tres, quatro meses a fio pra manter a energia.

sem contar q qdo chove bem as usinas do estado abrem as comportas.
Da forma que você coloca parece que o Sul sustenta o Brasil no período da seca o que não é verdade. Como bem mostra os mapas, a energia que o Sul enviou para o Sudeste em 2010 foi de 5.649 Gwh porém foram gerados no sudeste quase 37.000 Gwh em energia térmica, quase metade do que Itaipu enviou pra região. Os grandes reservatórios estão no Sudeste e são eles que primordialmente mantém o sistema no período das secas. Além do mais, é interessante pra Copel revender seu excedente, não? Caso o Sul se separasse a estatal com certeza seria prejudicada, pois perderia mercado pra energia que sobra nas suas usinas, mais do que talvez você julga que já perde.



Quote:
Originally Posted by Squibb View Post
esses dados sao ok, mas a tesa é equivocada. a única razão pela qual o sul precisou importar energia quando da seca de 2009 é pq qdo tava chovendo estava exportando para o brasil esta mesma energia. se nao tivesse exportado as barragens ficariam em nivel alto e qdo desse seca seriam utilizadas para a regiao.

num ano normal, seca pra nos eh faltar chuva mais que 45 dias (exceto norte do pr). chover menos de 1200mm por ano é coisa rara.
a maior parte do interior do sul chove em media proximo a 2000 mm por ano.

os proprios dados mostram isso, q na media o sul exporta até 2700 mwh pro sul sudeste, isso sem contar itaipu, pelo q entendo.

e isso td sem contar itaipu, q tá aqui, alagando uns 5 mil km² das terras mais ferteis desse país, pra nos deixar o q? 200 milhoes por ano? hahaha isso é menos do que sairia dali em soja, milho etc. piada total

enqto isso no rio de janeiro tem prefeitura gastando 50 milhoes pra granitar toda a praça da cidade pq tem recebem 500, 600 milhoes por mes de royalties. um absurdo.
Vocês podem argumentar que Itaipu alaga uma área grande mas ela, pelo porte, é considerada uma usina fio d'água. Os reservatórios que regulam o nível de Itaipu estão todos a montante. São eles que armazenam água no período das chuvas e mantém o Rio Paraná com um fluxo praticamente constante durante todo ano. Usinas como Emborcação e Furnas em Minas Gerais, tem reservatórios enormes se comparados a sua capacidade instalada justamente para manter uma vazão constante durante todo ano. Pra Itaipu funcionar aproveitando todo seu potencial é feito um planejamento conjunto com todas as usinas a montante. Se o Brasil não levasse nenhuma vantagem com Itaipu fora de seu território, a coordenação dessas usinas com certeza seria alterada. Durante uma parte do ano Itaipu jogaria água fora e em outra parte não teria água suficiente pra gerar no seu potencial máximo.

Quanto aos royalties eles são realmente ridículos e o Paraná não é o único prejudicado. Só pra relacionar com os royalties do minério, o que Minas ganha num ano com os mesmos corresponde ao que apenas a cidade de Campos dos Goytacazes no Rio de Janeiro arrecada no mesmo ano com os royalties do petróleo.
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 06:38 PM   #578
Squibb
freiheit über alles
 
Squibb's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Francisco Beltrão/PR
Posts: 8,282
Likes (Received): 3569

Quote:
Originally Posted by Valter View Post
Da forma que você coloca parece que o Sul sustenta o Brasil no período da seca o que não é verdade. Como bem mostra os mapas, a energia que o Sul enviou para o Sudeste em 2010 foi de 5.649 Gwh porém foram gerados no sudeste quase 37.000 Gwh em energia térmica, quase metade do que Itaipu enviou pra região. Os grandes reservatórios estão no Sudeste e são eles que primordialmente mantém o sistema no período das secas. Além do mais, é interessante pra Copel revender seu excedente, não? Caso o Sul se separasse a estatal com certeza seria prejudicada, pois perderia mercado pra energia que sobra nas suas usinas, mais do que talvez você julga que já perde.
não, n to falando q sustenta, mas no periodo de seca, é daqui que sai a energia, e voltando lá no nosso hipotético caso de separação litigiosa onde ex-marido e ex-mulher querem fazer de td para prejudicar um ao outro, o brasil ficaria sim, com problemas energéticos, mesmo mantendo itaipu. mas como itaipu n pode ser movida, sua central ficaria para o sul, e aí os problemas do brasil do norte seriam extensos.

No caso da copel, ficaria sim prejudicada, mas perto de perder 160 milhoes de bocas, isso não é nada perto de outros prejuízos que a região teria.

pessoal do forum tá esquecendo as vezes que são milhares de empresas que tem relações fortissimas entre sul e sudeste e todas teriam problemas graves na separção.

Quote:
Vocês podem argumentar que Itaipu alaga uma área grande mas ela, pelo porte, é considerada uma usina fio d'água. Os reservatórios que regulam o nível de Itaipu estão todos a montante. São eles que armazenam água no período das chuvas e mantém o Rio Paraná com um fluxo praticamente constante durante todo ano. Usinas como Emborcação e Furnas em Minas Gerais, tem reservatórios enormes se comparados a sua capacidade instalada justamente para manter uma vazão constante durante todo ano. Pra Itaipu funcionar aproveitando todo seu potencial é feito um planejamento conjunto com todas as usinas a montante. Se o Brasil não levasse nenhuma vantagem com Itaipu fora de seu território, a coordenação dessas usinas com certeza seria alterada. Durante uma parte do ano Itaipu jogaria água fora e em outra parte não teria água suficiente pra gerar no seu potencial máximo.

Quanto aos royalties eles são realmente ridículos e o Paraná não é o único prejudicado. Só pra relacionar com os royalties do minério, o que Minas ganha num ano com os mesmos corresponde ao que apenas a cidade de Campos dos Goytacazes no Rio de Janeiro arrecada no mesmo ano com os royalties do petróleo.
sim, os reservatorios estão todos rio acima, mas eles geram energia, não tao la soh pra segurar energia pra itaipu. então eles ajudam itaipu e itaipu ajuda o brasil, é uma relação de troca, numa eventual divisao do pais, ambos sairiam bem prejudicados.

e foi bem nessa cidade ai q se n me engano construiram a tal praça de 46 mi de granito. vi na veja faz um tempo isso.
Squibb no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 06:38 PM   #579
Stafe
Registered User
 
Stafe's Avatar
 
Join Date: Nov 2010
Location: Curitiba
Posts: 1,343
Likes (Received): 177

Quote:
Originally Posted by Valter View Post
Eu arredondei a partir dos valores que tinha de cabeça, mas pelo google maps, são 546 Km.




Squibb, quem faz diferença na região Sul é Itaipu, sem ela, a geração dos três estados é pouco maior que o consumo. Potencial, por potencial, temos a região Norte inteira pra ser explorada. Pode-se desligar todas as usinas do Sul, mas se manterem Itaipu, o SIN, de São Paulo pra cima pode ficar muito bem estável apenas com ela.

Dependendo do regime de chuvas no ano, a região Sul do país "importa" energia do sistema Sudeste/Centro Oeste. Coloquei entre aspas justamente por, caso queira considerar, é energia de Itaipu que volta pra região de vocês. Vejam os mapas abaixo:

Esse primeiro é de 2010 e mostra o balanço de energia do SIN




Esses são mapas que mostram o intercâmbio de energia entre os sistemas Sul - Sudeste/Centro-Oeste. Peguei os balanços a partir de 2008.

2008




2009




2010




2011




Eu não duvido que se os estados do Sudeste desligassem todas as indústrias eletrointensivas, cortassem pela metade a iluminação pública e acionasse todas as térmicas conseguiríamos manter o SIN num primeiro momento sem Itaipu. Mas caso uma situação dessa ocorra, não duvido que o governo brasileiro também cortaria o ramal sul do GASBOL prejudicando as indústrias sulistas que dependem de gás natural.
Caro Valter..perfeito seus quadros e tabelas....eu nem vou discutir a questão técnica da divisão de cargas, do consumo , disso ou daquilo......mas não há como discutir que geograficamente Itaipu, fica no PR.......a geração é no estado..porque a tributação é no consumidor...porque só na eletricidade e nos combustiveis....Qual uma explicação, pra que tudo seja tributado, com ICMS, no estado produtor e a geração de energia não.......veja o prejuizo aos cofres paranaenses...
Stafe no está en línea  
Old March 3rd, 2012, 07:22 PM   #580
Junior BH
Registered User
 
Join Date: Feb 2011
Location: Belo Horizonte
Posts: 993
Likes (Received): 44

Quote:
Originally Posted by Valter View Post
Quanto aos royalties eles são realmente ridículos e o Paraná não é o único prejudicado. Só pra relacionar com os royalties do minério, o que Minas ganha num ano com os mesmos corresponde ao que apenas a cidade de Campos dos Goytacazes no Rio de Janeiro arrecada no mesmo ano com os royalties do petróleo.


E o mais contraditório é que os royalties são uma compensação pelos danos ambientais, e os danos ambientais da extração mineral em território estadual são muito maiores do que o dano da extração petrolífera em mar territorial, território da União e a 200 km da costa.... O refino não traz danos ambientais relevantes...
Junior BH no está en línea  
Closed Thread

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 06:26 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu