daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine
Old May 11th, 2012, 03:17 AM   #61
IvoJP
Amável, charmoso e mortal
 
IvoJP's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Philipéia de N.S. das Neves - Frederikstad - Parahyba - João Pessoa
Posts: 9,667
Likes (Received): 623




Quote:
Originally Posted by Ítalo Barbosa View Post



CT é Centro de Treinamento...
E a Vila Olímpica Ronaldo Marinho é onde fica o antido DEDE ali no bairro dos estaos!!!
Quote:
Originally Posted by Arthuro JP View Post
Fica aqui perto de casa agora
no B. dos Estados, como o Ítalo disse
Valeu pelas explicações, Ítalo e Arthuro!
É que eu sempre conheci como DEDE. Aquele complexo é bem antigo mesmo e precisa de reformas.
Afinal, na opinião de vocês, JPA tem chances (verdadeiras) de ser uma sub-sede?

Quote:
Originally Posted by Pitimbu View Post
Caaporã e Pedras de Fogo fazem parte do LS, junto com Alhandra são as três cidades do Litoral Sul que não tem praias. Só Pitimbu que tem. (Conde é LS ou João Pessoa? Há uma confusão nisso.)

Acredito que em Pitimbu seria interessante um porto, já que suas águas por muito tempo serviu como ancoradouro (old time). Um pouco de cultura, Pitimbu, antes de Pitimbu, se chamava Porto dos Franceses, os navios eram atracados na barra do rio Abiaí ou Goiana (divida PB/PE) (falta fonte), e lá desciam e faziam trocas com índios locais, até um forte foi construído e Pitimbu.

Se essa indústria se concretizar, muito provavelmente irá pra cidade do Conde, Pitimbu é esquecida.
Caaporã ainda pode ser considerada litoral, já que existe um "fluvio-marinho" e concentração de mangue, onde foi sugerido o porto. Agora Pedras de Fogo, LS já acho demais. Sim, a cidade de Conde é LS e parte do litoral pessoense também é.

No Brasil colonial, a PB possuía (4) quatro portos; que você citou, Porto do Capim e Cabedelo em João Pessoa e outro no litoral norte (Mamanguape que foi uma das cidades mais ricas da PB). Com a invasão dos holandeses[...] e o território da PB anexado a PE, forçou o fechamento desses, só o do capim sobreviveu precariamente. Tudo que era importado ou exportado na Parahyba, foi obrigado a usar o porto do Recife resultando no pagamento altos impostos lá. Isso foi feito como uma maneira de "quebrar" a PB para forçar a anexação quando os portugueses voltaram ao poder.
O período de subordinação da PB foi entre 1755 a 1799, na época que o algodão começava a ocupar espaço importante na economia regional - não foi à toa que Campina teve que exportar via porto do Recife, fazendo um percurso muito mais distante por falta de infraestrutura aqui em JP que foi forçada a não crescer por séculos no Brasil colonial.

E a propósito, o que é hoje Pitimbu, já foi tudo João Pessoa. Todo o litoral sul fazia parte do município de JP.

Também não vou colocar a culpa em PE, afinal, quem não queria a PB anexada ao seu território? rsrs

João Pessoa nasceu cidade − raro "privilégio" na época − por ter sido fundada pela cúpula da Fazenda Real em capitania da coroa portuguesa.
O interesse em uma ocupação efetiva, de caráter político, comercial, administrativo e militar, tinha origem não apenas no desejo de rechaçar as tentativas de ocupação por parte dos franceses, mas também de proteger a única capitania bem sucedida até então: Pernambuco.

Att.
Arquiduque Ivo Frederick von Nassau

Fiquei empolgado e escrevi demais, desculpem-me!
__________________
João Pessoa 428 Anos (1585-2013)

Last edited by IvoJP; May 13th, 2012 at 07:36 PM. Reason: nem digo kkkk
IvoJP no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old May 11th, 2012, 03:24 AM   #62
IvoJP
Amável, charmoso e mortal
 
IvoJP's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Philipéia de N.S. das Neves - Frederikstad - Parahyba - João Pessoa
Posts: 9,667
Likes (Received): 623

Quote:
Originally Posted by Pitimbu View Post
Moderação, Pitimbu poderia fazer parte da "capa" do Café? Nós nunca somos lembrados.
Nem acho, Pitimbu é praticamente JP, aliás, já foi JP assim como Cabedelo, Bayeux, Santa Rita etc.

Quote:
Originally Posted by Ítalo Barbosa View Post

Não tem nada haver com a moderação, esse modelo ja vem sendo seguido faz um tempo...
Não da para colocar todas as cidades na capa, então foram colocadas as mais importantes e que possuem foristas aqui... Cabedelo e Bayeux por exemplo são cidades importantes, mas não tem fotos na "capa" do café. Talvez no próximo Café agente possa discutir uma forma de tentar colocar fotos de mais cidades da PB!!!!
Poderia fazer uma "galeria" com imagens da PB no primeiro post, mas não no banner porque iria ficar muito pesado.
Precisamos lembrar quem nem todos aqui moram na RMJP e Campina Grande onde internet de 10 MB é popular e acessível a todos. Há regiões que 300k é artigo de luxo e quando tem é muito cara. Imagina fazer um banner que passa mais de 5 minutos para carregar?!

Quote:
Originally Posted by Hall_CG View Post
Uma forma de incluir mais cidades, seria fazer fotomontagens. Dependendo da arte, ficaria interessante.
E isso requer tempo, e tempo é o que "nois não have".
__________________
João Pessoa 428 Anos (1585-2013)
IvoJP no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 03:25 AM   #63
Hall_CG
Guinness Book
 
Hall_CG's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campina Grande/PB Brasil
Posts: 5,585
Likes (Received): 13

Quote:
Originally Posted by IvoJP View Post
Valeu pelas explicações, Ítalo e Arthuro!
É que eu sempre conheci como DEDE. Aquele complexo é bem antigo mesmo e precisa de reformas.
Afinal, na opinião de vocês, JPA tem chances (verdadeiras) de ser uma sub-sede?



Caaporã ainda pode ser considerada litoral, já que existe um "fluvio-marinho" e concentração de mangue, onde foi sugerido o porto. Agora Pedras de Fogo, LS já acho demais. Sim, a cidade de Conde é LS e parte do litoral pessoense também é.

No Brasil colonial, a PB possuía (4) quatro portos; que você citou, Porto do Capim e Cabedelo em João Pessoa e outro no litoral norte (Mamanguape que foi uma das cidades mais ricas da PB). Com a invasão dos holandeses[...] e o território da PB anexado a PE forçou o fechamento desses, só o do capim sobreviveu precariamente. Tudo que era importado ou exportado foi obrigado a usar o porto do Recife para pagarmos altos impostos lá. Isso tudo como uma maneira de "quebrar" a PB para forçar a anexação quando os portugueses voltaram ao poder. O período de subordinação da PB foi entre 1755 a 1799, na época que o algodão começava a ocupar espaço importante na economia regional - não foi à toa que campina teve que exportar via porto do Recife, fazendo um percurso muito mais distante por falta de infraestrutura aqui em JP que foi forçada a não crescer por séculos no Brasil colonial.

E a propósito, o que é hoje Pitimbu, já foi tudo João Pessoa. Todo o litoral sul fazia parte do município de JP.

Também não vou colocar a culpa em PE, afinal, quem não queria a PB anexada ao seu território? rsrs

João Pessoa nasceu cidade − raro "privilégio" na época − por ter sido fundada pela cúpula da Fazenda Real em capitania da coroa portuguesa.
O interesse em uma ocupação efetiva, de caráter político, comercial, administrativo e militar, tinha origem não apenas no desejo de rechaçar as tentativas de ocupação por parte dos franceses, mas também de proteger a única capitania bem sucedida até então: Pernambuco.

Att.
Arquiduque Ivo Frederick von Nassau

Fiquei empolgado e escrevi demais, desculpem-me!
História: nem gosto.
__________________
.

Campina Grande - Uma cidade Multifacetada

"Eterno Poema de Amor à Beleza"

Meus threads:
Hall_CG no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 03:37 AM   #64
IvoJP
Amável, charmoso e mortal
 
IvoJP's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Philipéia de N.S. das Neves - Frederikstad - Parahyba - João Pessoa
Posts: 9,667
Likes (Received): 623

Quote:
Originally Posted by Hall_CG View Post
História: nem gosto.
E eu não sei?
Ei, edita esse post...coloca só uma parte do que falei, eu postei sem ler o que escrevi, aí já viu...falta de concordância, erros brabos. Achei que estava no MSN...(que por sinal, desde o ano passado não entro lá. Não excluí ninguém, viu)

Sim, consegui umas imagens aqui que DUVIDO alguém ter ou ter ido lá. Se foi vai ganhar um pirulito!
Se eu tiver coragem eu posto aqui, ou talvez guarde para agosto. Só um detalhe: faz parte da nossa história é está totalmente esquecido e abandonado. Poucas pessoas visitaram...
É claro que eu não vou falar onde é, estou pesquisando algumas fontes para saber mais detalhes da história. O ruim é que a biblioteca central da UFPB está fechada por conta da paralisação satânica. E eu fui todo empolgado para o meu momento de lazer e fiquei com a cara na poeira (saber a história da minha terra é lazer, amooooo).
__________________
João Pessoa 428 Anos (1585-2013)
IvoJP no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 03:43 AM   #65
Ítalo Barbosa
Parahyba
 
Ítalo Barbosa's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: João Pessoa
Posts: 7,319
Likes (Received): 992

Quote:
Originally Posted by IvoJP View Post
Valeu pelas explicações, Ítalo e Arthuro!
É que eu sempre conheci como DEDE. Aquele complexo é bem antigo mesmo e precisa de reformas.
Afinal, na opinião de vocês, JPA tem chances (verdadeiras) de ser uma sub-sede?

Para ser sincero, acho bem dificil depois do que aconteceu com o DEDE...
João Pessoa tinha tudo para ser uma sub-sede, mas estamos deixando escapar a chance...

Quote:
Originally Posted by IvoJP View Post

Caaporã ainda pode ser considerada litoral, já que existe um "fluvio-marinho" e concentração de mangue, onde foi sugerido o porto. Agora Pedras de Fogo, LS já acho demais. Sim, a cidade de Conde é LS e parte do litoral pessoense também é.

No Brasil colonial, a PB possuía (4) quatro portos; que você citou, Porto do Capim e Cabedelo em João Pessoa e outro no litoral norte (Mamanguape que foi uma das cidades mais ricas da PB). Com a invasão dos holandeses[...] e o território da PB anexado a PE, forçou o fechamento desses, só o do capim sobreviveu precariamente. Tudo que era importado ou exportado na Parahyba, foi obrigado a usar o porto do Recife resultando no pagamento altos impostos lá. Isso foi feito como uma maneira de "quebrar" a PB para forçar a anexação quando os portugueses voltaram ao poder.
O período de subordinação da PB foi entre 1755 a 1799, na época que o algodão começava a ocupar espaço importante na economia regional - não foi à toa que Campina teve que exportar via porto do Recife, fazendo um percurso muito mais distante por falta de infraestrutura aqui em JP que foi forçada a não crescer por séculos no Brasil colonial.

E a propósito, o que é hoje Pitimbu, já foi tudo João Pessoa. Todo o litoral sul fazia parte do município de JP.

Também não vou colocar a culpa em PE, afinal, quem não queria a PB anexada ao seu território? rsrs

João Pessoa nasceu cidade − raro "privilégio" na época − por ter sido fundada pela cúpula da Fazenda Real em capitania da coroa portuguesa.
O interesse em uma ocupação efetiva, de caráter político, comercial, administrativo e militar, tinha origem não apenas no desejo de rechaçar as tentativas de ocupação por parte dos franceses, mas também de proteger a única capitania bem sucedida até então: Pernambuco.

Att.
Arquiduque Ivo Frederick von Nassau

Fiquei empolgado e escrevi demais, desculpem-me!



Que aula de história da PB, tenho uma paixão pela história, em especial a da PB... Uma pena que nossas escolas não tratem do assunto com a importância que ela merece, eu mesmo só vim ver história da PB quando tava no ensino médio!!!
Ítalo Barbosa no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 03:55 AM   #66
Hall_CG
Guinness Book
 
Hall_CG's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campina Grande/PB Brasil
Posts: 5,585
Likes (Received): 13

Quote:
Originally Posted by IvoJP View Post
E eu não sei?
Ei, edita esse post...coloca só uma parte do que falei, eu postei sem ler o que escrevi, aí já viu...falta de concordância, erros brabos. Achei que estava no MSN...(que por sinal, desde o ano passado não entro lá. Não excluí ninguém, viu)

Sim, consegui umas imagens aqui que DUVIDO alguém ter ou ter ido lá. Se foi vai ganhar um pirulito!
Se eu tiver coragem eu posto aqui, ou talvez guarde para agosto. Só um detalhe: faz parte da nossa história é está totalmente esquecido e abandonado. Poucas pessoas visitaram...
É claro que eu não vou falar onde é, estou pesquisando algumas fontes para saber mais detalhes da história. O ruim é que a biblioteca central da UFPB está fechada por conta da paralisação satânica. E eu fui todo empolgado para o meu momento de lazer e fiquei com a cara na poeira (saber a história da minha terra é lazer, amooooo).
Para agosto, ainda? Isso não é de Deus! Posta logo!

Quote:
Originally Posted by Ítalo Barbosa View Post





Que aula de história da PB, tenho uma paixão pela história, em especial a da PB... Uma pena que nossas escolas não tratem do assunto com a importância que ela merece, eu mesmo só vim ver história da PB quando tava no ensino médio!!!
Essa é uma triste realidade. Não conhecemos nossa própria história. Mas eu confesso que saio ganhando com isso, pois todo fim de ano, dou aulas de História da Paraíba para alunos que vão fazer o vestibular, já que eles não têm esta disciplina na escola. [individualismo mode on]
__________________
.

Campina Grande - Uma cidade Multifacetada

"Eterno Poema de Amor à Beleza"

Meus threads:
Hall_CG no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 04:43 AM   #67
Pitimbu
Registered User
 
Pitimbu's Avatar
 
Join Date: Oct 2009
Location: Pitimbu - Paraíba
Posts: 209
Likes (Received): 45

Quote:
Originally Posted by Ítalo Barbosa View Post

Não tem nada haver com a moderação, esse modelo ja vem sendo seguido faz um tempo...
Não da para colocar todas as cidades na capa, então foram colocadas as mais importantes e que possuem foristas aqui... Cabedelo e Bayeux por exemplo são cidades importantes, mas não tem fotos na "capa" do café. Talvez no próximo Café agente possa discutir uma forma de tentar colocar fotos de mais cidades da PB!!!!
Ta ok então.

Quote:
Originally Posted by IvoJP View Post
Caaporã ainda pode ser considerada litoral, já que existe um "fluvio-marinho" e concentração de mangue, onde foi sugerido o porto. Agora Pedras de Fogo, LS já acho demais. Sim, a cidade de Conde é LS e parte do litoral pessoense também é.

No Brasil colonial, a PB possuía (4) quatro portos; que você citou, Porto do Capim e Cabedelo em João Pessoa e outro no litoral norte (Mamanguape que foi uma das cidades mais ricas da PB). Com a invasão dos holandeses[...] e o território da PB anexado a PE, forçou o fechamento desses, só o do capim sobreviveu precariamente. Tudo que era importado ou exportado na Parahyba, foi obrigado a usar o porto do Recife resultando no pagamento altos impostos lá. Isso foi feito como uma maneira de "quebrar" a PB para forçar a anexação quando os portugueses voltaram ao poder.
O período de subordinação da PB foi entre 1755 a 1799, na época que o algodão começava a ocupar espaço importante na economia regional - não foi à toa que Campina teve que exportar via porto do Recife, fazendo um percurso muito mais distante por falta de infraestrutura aqui em JP que foi forçada a não crescer por séculos no Brasil colonial.

E a propósito, o que é hoje Pitimbu, já foi tudo João Pessoa. Todo o litoral sul fazia parte do município de JP.

Também não vou colocar a culpa em PE, afinal, quem não queria a PB anexada ao seu território? rsrs

João Pessoa nasceu cidade − raro "privilégio" na época − por ter sido fundada pela cúpula da Fazenda Real em capitania da coroa portuguesa.
O interesse em uma ocupação efetiva, de caráter político, comercial, administrativo e militar, tinha origem não apenas no desejo de rechaçar as tentativas de ocupação por parte dos franceses, mas também de proteger a única capitania bem sucedida até então: Pernambuco.

Att.
Arquiduque Ivo Frederick von Nassau

Fiquei empolgado e escrevi demais, desculpem-me!
Não sei como foi feita essa divisão, mas a microregião a qual Pedras de Fogo esta é a do LS.

O LS foi por pouco tempo parte da Cidade da Parahyba.
Inicialmente o distrito começou na Vila de Taquara, depois foi para o litoral.
No passado a vila tinha uma grande importância para a região, sendo encabeçada por uma comarca.
Há três grandes igrejas na pequena vila (duas em pé, uma em ruínas), o que confirma a importância.
Mas acabou entrando em declínio por conta da cidade do Conde (Jojoca), por ser mais próxima à capital, e como a Capitania da Paraíba foi criada, perdeu-se a ligação que tinha com a de Itamaracá.
Caaporã surgiu por ser o caminho para ir à Pitimbu, o trajeto que era feito de Goyanna à Taquara.
Alhandra e Pitimbu se uniram e formaram uma única vila, depois desmembraram-se, anos depois Alhandra quis pegar Taquara para suas terras, nisso deu o movimento de emancipação da cidade.

Isso é o pouco que se sabe sobre a história de Pitimbu.
É muito triste você chegar em Pitimbu e não ter um local onde você possa conhecer a história do lugar, há um grande e belo sobrado no centro da cidade, onde poderia ser feito um museu, mas não há interesse.
O pouco que sei foi lido em alguns livros e com pessoas da cidade.
__________________
Pitimbu, dos olhares não te escondas.
#VemViverPitimbu - http://pt.wikipedia.org/wiki/Pitimbu
Pitimbu no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 04:24 PM   #68
batistinhapb
Patos-PB MinhaPaixão!!
 
batistinhapb's Avatar
 
Join Date: Jul 2008
Location: Patos PB
Posts: 2,934
Likes (Received): 310

Quote:
Originally Posted by IvoJP
No Brasil colonial, a PB possuía (4) quatro portos; que você citou, Porto do Capim e Cabedelo em João Pessoa e outro no litoral norte (Mamanguape que foi uma das cidades mais ricas da PB). Com a invasão dos holandeses[...] e o território da PB anexado a PE, forçou o fechamento desses, só o do capim sobreviveu precariamente. Tudo que era importado ou exportado na Parahyba, foi obrigado a usar o porto do Recife resultando no pagamento altos impostos lá. Isso foi feito como uma maneira de "quebrar" a PB para forçar a anexação quando os portugueses voltaram ao poder.
O período de subordinação da PB foi entre 1755 a 1799, na época que o algodão começava a ocupar espaço importante na economia regional - não foi à toa que Campina teve que exportar via porto do Recife, fazendo um percurso muito mais distante por falta de infraestrutura aqui em JP que foi forçada a não crescer por séculos no Brasil colonial.

E a propósito, o que é hoje Pitimbu, já foi tudo João Pessoa. Todo o litoral sul fazia parte do município de JP.

Também não vou colocar a culpa em PE, afinal, quem não queria a PB anexada ao seu território? rsrs

João Pessoa nasceu cidade − raro "privilégio" na época − por ter sido fundada pela cúpula da Fazenda Real em capitania da coroa portuguesa.
O interesse em uma ocupação efetiva, de caráter político, comercial, administrativo e militar, tinha origem não apenas no desejo de rechaçar as tentativas de ocupação por parte dos franceses, mas também de proteger a única capitania bem sucedida até então: Pernambuco.

Att.
Arquiduque Ivo Frederick von Nassau

Fiquei empolgado e escrevi demais, desculpem-me!


Verdadeira aula em pai?!
__________________
Patos, meu torrão de terra MARAVILHOSO !!
batistinhapb no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 04:38 PM   #69
batistinhapb
Patos-PB MinhaPaixão!!
 
batistinhapb's Avatar
 
Join Date: Jul 2008
Location: Patos PB
Posts: 2,934
Likes (Received): 310

Ricardo Coutinho entrega projetos de combate a seca a ministra


Nesta quinta-feira, 10, o governador Ricardo Coutinho entregou a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Mirian Belchioros projetos prioritários do Estado para reduzir os efeitos da seca no semiárido paraibano. Os projetos de abastecimento de água, esgotamento sanitário e sistemas de irrigação e barragens representam um investimento de mais de R$ 500 milhões e serão analisados nos próximos dias pela presidente Dilma Rousseff.

Foram apresentados nove projetos de abastecimento d'água orçado em R$ 147 milhões; 39 projetos de esgotamento sanitário no valor de R$ 300 milhões e outros R$ 54 milhões em sistemas de irrigação, barragens e a recuperação de 45 açudes e barragens no semiárido paraibano.

A ministra Mirian Belchior destacou que o encontro possibilitou identificar as obras prioritárias que possam ser feitas no prazo máximo de um ano e meio e que foquem o combate à falta d' água e à seca instalada no semiárido nordestino. "Ainda não temos os recursos disponibilizados para esses projetos de médio porte, mas as informações dos projetos prioritários apresentados pelos governadores nos dão um panorama do que os Estados necessitam. Esperamos na próxima semana estar com os dados consolidados de todos Estados nordestinos para o encaminhamento da presidente Dilma Rousseff".

Mirian destacou que esse encontro é um desdobramento da reunião entre a presidente e os governadores, em Aracaju, onde foram discutidas questões mais pontuais que estão em andamento, como distribuição de carros pipa, recuperação de poços e instalação de cisternas.

O governador Ricardo Coutinho relatou a situação dos 170 municípios que estão em situação de emergência na Paraíba e disse que essas propostas prioritárias apresentadas pretendem criar as condições de convivência diante da seca já instalada. Ele pediu agilidade na liberação dos recursos diante da grave situação da população do semiárido que sofre com a falta de acesso à água e dos agricultores que estão perdendo seus plantios.

Ele também solicitou apoio para 39 projetos de esgotamento sanitário para evitar que as bacias receptoras da transposição do Rio São Francisco no eixo leste recebam esgotos. "Se não conseguirmos realizar esgotamentos sanitários e evitar que estes rios continuem recebendo esgotos, as águas do Rio São Francisco chegariam na Paraíba sem condição adequada para consumo", argumentou.

Abastecimento

Dentre os projetos apresentados pelo Estado na área de abastecimento estão sistemas de adutores de Boqueirão, Camalaú, Jandaia/Canafístula, Pocinhos, Natuba, Congo - III etapa, ampliação do sistema de água de Princesa Isabel e implantação de 40 estações de tratamento. Também foi solicitado apoio para construção da barragem de Retiro, da região de Picuí, e a recuperação de 45 açudes e barragens. "Vários municípios paraibanos possuem sistemas de abastecimentos muito antigos e, diante disso, o Governo do Estado tem corrido contra o tempo e priorizado a criação e modernização desses sistemas", explicou Ricardo.

A reunião realizada no Ministério do Planejamento, na Esplanada dos Ministérios, contou com as presenças do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro; do secretário executivo do Ministério da Integração, Alexandre Navarro; da chefe adjunta de Assuntos Federativos da Presidência, Francisca Carvalho; do assessor especial da Casa Civil, Adauto Modesto e de técnicos do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Incra e Ministérios das Cidades.

Após a reunião com a ministra, o governador Ricardo Coutinho e assessores participaram de uma reunião com a equipe técnica da Casa Civil, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Integração, Ministérios das Cidades e Incra para agilizar a liberação dos recursos federais para questões emergenciais como disponibilização dos carros pipa, instalação de cisternas, Bolsa Estiagem, Garantia Safra, liberação de sementes e linhas de crédito para agricultores.

Dentro das ações emergenciais estão previstos para a Paraíba recursos do Água para Todos, que direcionará R$ 32,8 milhões para criação de 270 sistemas simplificados de água, e R$ 8,42 milhões para a construção de 206 barreiros. Ainda dentro das ações estão 15 mil cisternas, o Bolsa Estiagem, o Garantia Safra e crédito agrícola.

Ricardo Coutinho destacou a necessidade do Governo Federal dar celeridade nas questões emergencias para que cheguem efetivamente para o homem do campo neste período de estiagem. "Precisamos garantir o acesso à água, sementes e palmas aos agricultores, porque se eles perderem isso os prejuízos serão enormes", finalizou.

http://www.horaexata.com/index.php?c...rticleid=22518
__________________
Patos, meu torrão de terra MARAVILHOSO !!
batistinhapb no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 06:47 PM   #70
Antoniogran
Registered User
 
Antoniogran's Avatar
 
Join Date: Jan 2009
Location: Patos - Paraíba - Brasil
Posts: 2,347
Likes (Received): 167

Quote:
Originally Posted by Ítalo Barbosa View Post

O melhor de tudo é que em vez de o calado ser aprofundado para 11 metros como estava previsto, agora ele será ampliado para 14 metros, deixando o porto mais competitivo!!!!
Eu pergunto se será possível porque em passado recente estudou-se essa possibilidade e algumas afirmações ligadas a questões ambientais davam conta da impossibilidade de uma obra dessa?

A estrutura geológica do lugar permitirá sem risco aos prédios públicos e particulares da cidade portuária?

Essa profundidade de calado tornaria o porto realmente competitivo? Se não quais os outros itens que impediriam o nosso porto de se tornar um quase Suape?
__________________
Patos-PB, "Capital Nordestina do Calçado e do Couro".
Disse Jesus: "Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida" (João 14:6).
Visite Patos/PB Uma pérola sertaneja.
ouhttp://www.skyscrapercity.com/showth...76624693:nuts:
Antoniogran no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 06:53 PM   #71
Arthuro JP
Registered User
 
Arthuro JP's Avatar
 
Join Date: Jul 2011
Location: João Pessoa-PB
Posts: 1,107
Likes (Received): 274

Quote:
Originally Posted by IvoJP View Post
Valeu pelas explicações, Ítalo e Arthuro!
É que eu sempre conheci como DEDE. Aquele complexo é bem antigo mesmo e precisa de reformas.
Afinal, na opinião de vocês, JPA tem chances (verdadeiras) de ser uma sub-sede?
Respondendo à pergunta, chances verdadeiras eu acredito que tem devido a posição geográfica privilegiada de JP (a proximidade entre duas sedes: Recife e Natal). Mas, se formos levar em conta a infra-estrutura, dificilmente tem chance. (Se bem que quase todas ou todas a sedes não estão agradando a FIFA em vários aspectos..)
Arthuro JP no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 07:03 PM   #72
Ítalo Barbosa
Parahyba
 
Ítalo Barbosa's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: João Pessoa
Posts: 7,319
Likes (Received): 992

Quote:
Originally Posted by Antoniogran View Post
Eu pergunto se será possível porque em passado recente estudou-se essa possibilidade e algumas afirmações ligadas a questões ambientais davam conta da impossibilidade de uma obra dessa?

A estrutura geológica do lugar permitirá sem risco aos prédios públicos e particulares da cidade portuária?

Essa profundidade de calado tornaria o porto realmente competitivo? Se não quais os outros itens que impediriam o nosso porto de se tornar um quase Suape?

Não vejo problemas em aprofundar o calado para 14 metros, nossos vizinhos tem um calado semelhante a esses...
A profundidade do calado ja ajudaria a tornar o porto mais competitivo, mas para brigar de igual com os outros precisa da reforma completa com a construção do terminal de múltiplo uso...
Cabedelo nunca poderá se tornar algo parecido com Suapé, para termos algo parecido como Suapé precisamos pensar em um porto de águas profundas em lugar adequado que tenha espaço para instalar grandes indústrias. Ao meu ver o litoral norte é o local mais apropriado para um equipamento desse.
Ítalo Barbosa no está en línea   Reply With Quote
Old May 11th, 2012, 11:11 PM   #73
Davijp
Registered User
 
Davijp's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: João Pessoa
Posts: 4,370
Likes (Received): 609

Descaso da Oi, Tim, Claro e Vivo na PB será discutido pelo Congresso e ALPB



O Deputado Federal Wilson Filho (PMDB) e o Deputado Estadual Gervásio Maia (PMDB) convocaram, para o dia 29 de maio, audiência pública da Assembleia Legislativa da Paraíba, que debaterá com a Anatel e os representantes das operadoras o verdadeiro caos que se instalou no setor de telefonia móvel e as medidas necessárias para solucionar o problema.

Logo após, no dia 30, em Brasília, a Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e Amazônia da Câmara dos Deputados, presidida pelo Deputado Federal Wilson Filho, realizará audiência pública em conjunto com a Comissão de Defesa do Consumidor, na qual estarão presentes o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo,o Presidente da Anatel e os Presidentes da Oi, Tim, Claro, Vivo e todas as demais empresas prestadoras de serviço de telefonia móvel, para que seja dada a devida explicação ao Poder Legislativo a respeito de quando e como os problemas da telefonia móvel serão resolvidos definitivamente.


O Deputado Federal Wilson Filho se disse revoltado com a falta de respeito das operadoras de telefonia móvel para com os usuários de telefones celulares na Paraíba. “Não é favor algum, mas uma obrigação das operadoras prestar um serviço de qualidade, já que os clientes estão pagando, portanto exigem que tudo funcione a contento”, declarou Wilson Filho.

O Deputado Federal acrescentou que é preciso fazer valer os direitos dos usuários de telefonia, diante das constantes falhas nos serviços, das tarifas exorbitantes e da extrema dificuldade de diálogo entre operadores e clientes. Para ele, os serviços estão se degradando e, em determinados locais, é praticamente impossível falar ao telefone, sendo necessário, em muitos casos, os clientes saírem de suas casas e irem até o meio da rua para poderem fazer uma ligação.

Maior rigor

O Brasil é o lugar onde o serviço de telefonia celular atua com maior precariedade, ao contrário da maioria dos outros países da América Latina, em que a qualidade é indiscutível. Além disso, as operações com cartão de crédito ficam prejudicadas pela constante ausência de sinal, o que dificulta no faturamento do comércio. Wilson Filho reclama um maior rigor da Anatel na fiscalização e apuração do descaso das operadoras.

“Clientes da Oi, na Paraíba, estão organizando um movimento de protesto por intermédio das redes sociais e até já marcaram uma concentração em frente ao prédio da concessionária, em João Pessoa; contudo é bom que fique esclarecido que não somente a Oi, mas todas as companhias de telefonia móvel deixam a desejar”, acrescentou o Deputado Wilson Filho. De fato, a estrutura das operadoras não tem acompanhado o crescimento das cidades paraibanas, apesar de continuarem a vender cada vez maior quantidade de aparelhos que, com isso, ficam praticamente sem possibilidade de uso efetivo por parte do comprador.

“Não se pode vender o que não se está capacitado para oferecer, se as concessionárias querem faturar, então têm de estruturar-se, investindo em estações de rádio-base (antenas) de qualidade ou de maior raio de abrangência, mas o que se vê, infelizmente, é que elas só querem ter receita, mas não querem ter despesa alguma”, afirmou Wilson Filho.

http://maispb.com.br/artigo.php?id_a...20120511161102
Davijp no está en línea   Reply With Quote
Old May 12th, 2012, 02:32 AM   #74
IvoJP
Amável, charmoso e mortal
 
IvoJP's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Philipéia de N.S. das Neves - Frederikstad - Parahyba - João Pessoa
Posts: 9,667
Likes (Received): 623

Quote:
Originally Posted by Ítalo Barbosa View Post

Para ser sincero, acho bem dificil depois do que aconteceu com o DEDE...
João Pessoa tinha tudo para ser uma sub-sede, mas estamos deixando escapar a chance...



Que aula de história da PB, tenho uma paixão pela história, em especial a da PB... Uma pena que nossas escolas não tratem do assunto com a importância que ela merece, eu mesmo só vim ver história da PB quando tava no ensino médio!!!
É bem o que eu também achava, nossa estrutura é precária, ainda.

Também sou louco pela história da PB, pena que eu não sei muita coisa como gostaria de saber. O que eu sei, aprendi mais pesquisando sozinho, com exceção da história da urbanização brasileira, e consequentemente, da paraibana que eu paguei uma cadeira na época da graduação.


Quote:
Originally Posted by Hall_CG View Post
Para agosto, ainda? Isso não é de Deus! Posta logo!



Essa é uma triste realidade. Não conhecemos nossa própria história. Mas eu confesso que saio ganhando com isso, pois todo fim de ano, dou aulas de História da Paraíba para alunos que vão fazer o vestibular, já que eles não têm esta disciplina na escola. [individualismo mode on]
Pelo jeito para agosto porque hoje acordei com uma dor no meu punho esquerdo e estou escrevendo apenas com uma mão(e como sou esquerdo, fodeu)

Hora da cobrança:
-O Sr. lembra que me PROMETEU textos sobre a Parahyba há alguns anos? Se não lembra, eu estou a relembrar!
Estás dando aula da história sobre a PB??? Eu quero assistirrrr, homem de deos! Você sabe que sou louco por essas coisas. Um dia ainda farei o curso de história para deleite pessoal.
Quero aulas de história da PB particulares!

Quote:
Originally Posted by Pitimbu View Post
Ta ok então.


O LS foi por pouco tempo parte da Cidade da Parahyba.
Inicialmente o distrito começou na Vila de Taquara, depois foi para o litoral.
No passado a vila tinha uma grande importância para a região, sendo encabeçada por uma comarca.
Há três grandes igrejas na pequena vila (duas em pé, uma em ruínas), o que confirma a importância.
Mas acabou entrando em declínio por conta da cidade do Conde (Jojoca), por ser mais próxima à capital, e como a Capitania da Paraíba foi criada, perdeu-se a ligação que tinha com a de Itamaracá.
Caaporã surgiu por ser o caminho para ir à Pitimbu, o trajeto que era feito de Goyanna à Taquara.
Alhandra e Pitimbu se uniram e formaram uma única vila, depois desmembraram-se, anos depois Alhandra quis pegar Taquara para suas terras, nisso deu o movimento de emancipação da cidade.

Isso é o pouco que se sabe sobre a história de Pitimbu.
É muito triste você chegar em Pitimbu e não ter um local onde você possa conhecer a história do lugar, há um grande e belo sobrado no centro da cidade, onde poderia ser feito um museu, mas não há interesse.
O pouco que sei foi lido em alguns livros e com pessoas da cidade.
As cidades que compõem o litoral sul foram da Parahyba a partir do momento que fomos separados de PE, não apenas Pitimbu cortou laços com Itamaracá, a Parahyba, também. Na verdade, deveria ser Paraíba toda a ex-capitania de Itamaracá (vontade minha) - É impressão minha ou você tem uma certa mágoa por sua cidade não ser tão visitada por pessoenses/paraibanos e tem vontade que ela pertença ao Estado vizinho? Até compreendo esse sentimento vira-lata em relação ao Estado da Paraíba; Pernambuco influencia até João Pessoa(conheço muitos pessoenses que humilham JP e acham a grama do vizinho mais verde), imagina uma cidade bem pequena na divisa...



Quote:
Originally Posted by batistinhapb View Post


Verdadeira aula em pai?!
Se você se referir a uma verdadeira aula "meia-boca", sim.
rsrsrsrsrs

Quote:
Originally Posted by Arthuro JP View Post
Respondendo à pergunta, chances verdadeiras eu acredito que tem devido a posição geográfica privilegiada de JP (a proximidade entre duas sedes: Recife e Natal). Mas, se formos levar em conta a infra-estrutura, dificilmente tem chance. (Se bem que quase todas ou todas a sedes não estão agradando a FIFA em vários aspectos..)
Em relação à posição, nós somos privilegiados. Deveríamos aproveitar esse fato ao nosso favor e investir em logística. Seríamos imbatíveis!
Nem fala em infraestrutura que me dá um desespero danado. Até acho melhor não ser nada, o pior seria a cidade ser escolhida e não ter estrutura e passarmos vergonha internacional. Já basta a vergonha que as sedes irão passar. (não estou desejando mal a nenhuma cidade mas infelizmente essa é a nossa realidade).
__________________
João Pessoa 428 Anos (1585-2013)
IvoJP no está en línea   Reply With Quote
Old May 12th, 2012, 02:48 AM   #75
IvoJP
Amável, charmoso e mortal
 
IvoJP's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Philipéia de N.S. das Neves - Frederikstad - Parahyba - João Pessoa
Posts: 9,667
Likes (Received): 623

Quote:
Originally Posted by Davijp View Post
Descaso da Oi, Tim, Claro e Vivo na PB será discutido pelo Congresso e ALPB



http://maispb.com.br/artigo.php?id_a...20120511161102
Que todas são ruins isso não é novidade. Mas existe as "menos piores".
Acho que a Claro e Vivo em relação à voz, não entra na categoria da TIM e OI. Eu sou cliente da Claro há muito tempo (desde que ela era BCP) e nunca tive problemas para efetuar e receber ligações, inclusive no interior. Já a Vivo ela tem problemas na área de cobertura, mas nunca ouvi falar que ela ficava com rede indisponível/ocupada como a TIM e OI.

O problema é que as pessoas por comodismo acham que só existe uma determinada operadora e acabam aceitando tudo que elas impõem (como preços absurdos dos minutos da OI quando efetuamos ligação para outra operadora) e esquecem que existe a portabilidade. Não está boa? Passa para concorrente.
__________________
João Pessoa 428 Anos (1585-2013)
IvoJP no está en línea   Reply With Quote
Old May 12th, 2012, 04:52 AM   #76
Pitimbu
Registered User
 
Pitimbu's Avatar
 
Join Date: Oct 2009
Location: Pitimbu - Paraíba
Posts: 209
Likes (Received): 45

Quote:
Originally Posted by IvoJP View Post
É impressão minha ou você tem uma certa mágoa por sua cidade não ser tão visitada por pessoenses/paraibanos e tem vontade que ela pertença ao Estado vizinho? Até compreendo esse sentimento vira-lata em relação ao Estado da Paraíba; Pernambuco influencia até João Pessoa(conheço muitos pessoenses que humilham JP e acham a grama do vizinho mais verde), imagina uma cidade bem pequena na divisa...
Na verdade não, não gostaria que Pitimbu fosse PE, mas é verdade que Pitimbu é mais "desbravada" por pernambucanos que paraibanos, muitos pessoenses não sabem onde fica Pitimbu, e quando descobrem que fica a apenas 40min ou que Praia Bela é Pitimbu, ficam em "choque".
__________________
Pitimbu, dos olhares não te escondas.
#VemViverPitimbu - http://pt.wikipedia.org/wiki/Pitimbu
Pitimbu no está en línea   Reply With Quote
Old May 12th, 2012, 06:29 AM   #77
Arthuro JP
Registered User
 
Arthuro JP's Avatar
 
Join Date: Jul 2011
Location: João Pessoa-PB
Posts: 1,107
Likes (Received): 274

Quote:
Originally Posted by IvoJP View Post
E eu não sei?
Ei, edita esse post...coloca só uma parte do que falei, eu postei sem ler o que escrevi, aí já viu...falta de concordância, erros brabos. Achei que estava no MSN...(que por sinal, desde o ano passado não entro lá. Não excluí ninguém, viu)

Sim, consegui umas imagens aqui que DUVIDO alguém ter ou ter ido lá. Se foi vai ganhar um pirulito!
Se eu tiver coragem eu posto aqui, ou talvez guarde para agosto. Só um detalhe: faz parte da nossa história é está totalmente esquecido e abandonado. Poucas pessoas visitaram...
É claro que eu não vou falar onde é, estou pesquisando algumas fontes para saber mais detalhes da história. O ruim é que a biblioteca central da UFPB está fechada por conta da paralisação satânica. E eu fui todo empolgado para o meu momento de lazer e fiquei com a cara na poeira (saber a história da minha terra é lazer, amooooo).
Ótimas suas explanações sobre a História da Paraíba! Gosto demais de estudar sobre isso. A propósito, na biblioteca do espaço cultural tem um espaço só com livros da História da Paraíba.
Arthuro JP no está en línea   Reply With Quote
Old May 12th, 2012, 03:10 PM   #78
Hall_CG
Guinness Book
 
Hall_CG's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campina Grande/PB Brasil
Posts: 5,585
Likes (Received): 13

Quote:
Originally Posted by IvoJP View Post
Pelo jeito para agosto porque hoje acordei com uma dor no meu punho esquerdo e estou escrevendo apenas com uma mão(e como sou esquerdo, fodeu)

Hora da cobrança:
-O Sr. lembra que me PROMETEU textos sobre a Parahyba há alguns anos? Se não lembra, eu estou a relembrar!
Estás dando aula da história sobre a PB??? Eu quero assistirrrr, homem de deos! Você sabe que sou louco por essas coisas. Um dia ainda farei o curso de história para deleite pessoal.
Quero aulas de história da PB particulares!
Ow, Lord! Eu não lembrava mesmo, mas você trouxe esse fato de volta para meu consciente...

Vou revirar minhas caixas-arquivo aqui e separar os textos de História da Paraíba, pode deixar. Aliás, eu é que vou precisar das aulas de vossa mercê. Eu tenho um sério problema em guardar datas e memorizar nomes (já viu o problema).
__________________
.

Campina Grande - Uma cidade Multifacetada

"Eterno Poema de Amor à Beleza"

Meus threads:
Hall_CG no está en línea   Reply With Quote
Old May 12th, 2012, 09:29 PM   #79
Hall_CG
Guinness Book
 
Hall_CG's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campina Grande/PB Brasil
Posts: 5,585
Likes (Received): 13

Ministra convoca Veneziano a Brasília para tratar do Metrô e apresentação do São João fica para sexta


A Ministra do Planejamento, Mirian Belchior, entrou em contato com o Prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo na manhã desta sexta-feira (11) o convocando para uma audiência na manhã da próxima terça-feira (15) em Brasília. O objetivo é tratar da liberação de recursos para o projeto do Metrô de Campina Grande (Veículo Leve Sobre Trilhos – VLT) e de outros assuntos referentes a obras do Governo Federal em parceria com a PMCG.

Em Brasília, Veneziano também vai dar continuidade aos contatos iniciados na semana passada, e seqüenciados nesta semana, visando fechar mais patrocínios para o São João 2012. “O Prefeito tem se dedicado ao máximo a esta tarefa, em face da negativa, mais uma vez, por parte do Governo do Estado, em apoiar o nosso evento maior”, destacou o Coordenador de Comunicação da PMCG, Carlos Magno.

Em função da audiência, o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande, Gilson Lira, achou melhor transferir a apresentação da grade artística e das novidades do São João para a próxima sexta-feira, dia 18, a partir das 9h, na Vila do Artesão. “Achamos melhor porque se trata de um momento importante para a cidade e, seguramente, a presença do Prefeito é fundamental”, afirmou o Secretário.

Gilson Lira informou que na sexta-feira os profissionais da imprensa de todo o Estado e os campinenses em geral tomarão conhecimento da programação completa, com os shows que serão realizados no palco do Arraial Hilton Mota e as novidades implantadas na edição 2012 do evento. “Teremos boas surpresas este ano”, informou Gilson.

http://www.snn.com.br/noticia/109627...ara-sexta.html
__________________
.

Campina Grande - Uma cidade Multifacetada

"Eterno Poema de Amor à Beleza"

Meus threads:
Hall_CG no está en línea   Reply With Quote
Old May 12th, 2012, 10:03 PM   #80
Hall_CG
Guinness Book
 
Hall_CG's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campina Grande/PB Brasil
Posts: 5,585
Likes (Received): 13

Afora o fato da matéria ter sido comprada, a notícia de que o VLT finalmente vai sair é ótima!
__________________
.

Campina Grande - Uma cidade Multifacetada

"Eterno Poema de Amor à Beleza"

Meus threads:
Hall_CG no está en línea   Reply With Quote
Reply

Tags
campina grande, joão pessoa, paraíba, patos

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 05:02 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu