daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine
Old August 4th, 2012, 04:11 PM   #2061
Tiago Costa
Servir sempre!
 
Tiago Costa's Avatar
 
Join Date: May 2006
Location: São Paulo
Posts: 27,564

O assunto aqui é Trens Regionais em São Paulo, pessoal. Lembrem-se .
Tiago Costa no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old August 4th, 2012, 07:39 PM   #2062
Tangas
Registered User
 
Join Date: Mar 2007
Posts: 474
Likes (Received): 55

Quote:
Originally Posted by AndrePerez

Sou de Santos e afirmo categoricamente: pela quantidade de prédios novos prontos, prédios em construção e prédios em projeto, a cidade vai passar fácilmente dos 500 mil habitantes.

Edit: E não é só para turistas. Trabalho em uma incorporadora em SP e o foco é do pessoal que vai morar lá pelo pré-sal.
P1: Em que região de Sampa tu trabalhas?

P2: Qual é o meio de transporte que tu utilizas?

P2.1: Quanto tempo tú demoras para subir? E nas férias e feriados?

P2.2: E para descer? E nas férias e feriados?

P2.3: Se tu utilizas fretado, qual a região que tu o pegas?

P2.4: Em Sampa, qual é o ponto o fretado para?

André por favor não mostre claramente os locais, apenas as regiões, o objetivo seria saber se o trem regional te atenderia! Ter uma idéia dos tempos gastos por ti e os tempos oferecidos pelo sistema sobre trilhos!

Nota: Diferentemente de Macaé, que era uma vila de pescadores e onde toda a infraestrutura fora desenvolvida para atendimento ao desenvolvimento da Bacia de Campos, Santos já é uma região metropolitana, esta região conta com industrias e serviços e com um bom sistema logístico - estradas e ferrovias de carga - devido ao porto de Santos. O impacto do pré-sal em Santos é menor que o impacto da Petrobras em Macaé, ou menor que o impacto que a região metropolitana de São Paulo exerce sobre Santos.

Com um sistema de trens regionais, Santos poderá se tornar uma cidade dormitório de São Paulo, isto é, haverá elevado número de "commuters". O que limita a cidade de crescer é, disponibilidade de terrenos, preço de imóveis, infra-estrutura viária interna, competitividade / atratividade perante outras cidades, preço do sistema de serviços sociais como médicos e escolas entre outros.

A quantidade de prédios em Santos não é para o pré-sal, é para o ganho das construtoras e especuladores. Claro que havia demanda reprimida, mas os preços existentes estão proibitivos, a ponto de o mercado ter parado. Existe sim um quantidade formidável de imóveis vazios em Santos, destinados somente a períodos de férias e feriados. Hoje as construtoras estão escalando os lançamentos, para não haver sobre-oferta. Quanto você ver um informe publicitário da Lopes ou uma destas matérias pagas sobre o mercado imobiliário santista, sobre o potencial de valorização, sobre o pré-sal, etc, etc, em revistas como a Veja ou outros jornais pode desconfiar. Um mercado que pode crescer é o mercado de baixa-média renda, o mercado de alta renda... esquece por enquanto... está saturado.

Praia Grande por exemplo poderá ter sozinha mais de 1 milhão de habitantes, pois tem elevado número de terrenos disponíveis, para isto precisa ter um sistema de transportes, ligado à Santos inicialmente e depois à São Paulo. Sistemas sobre trilhos, com presivibilidade de horários.

Faço as mesmas perguntas acima a outros "commuters" de São Vicente, Praia Grande e Guarujá!

Last edited by Tangas; August 4th, 2012 at 07:55 PM.
Tangas no está en línea   Reply With Quote
Old August 5th, 2012, 02:28 AM   #2063
brunodelazari
hodorgonnahodorthehodor
 
brunodelazari's Avatar
 
Join Date: Jun 2010
Location: São Paulo
Posts: 4,135
Likes (Received): 202

Tangas me parece ter toda a razão. Esse delírio de pré-sal... é um delírio. Muda fortemente a dinâmica de cidadezinhas mequetrefes, não de metrópoles consolidadas.
brunodelazari no está en línea   Reply With Quote
Old August 5th, 2012, 03:49 AM   #2064
ThalesVeiga
Registered User
 
ThalesVeiga's Avatar
 
Join Date: Sep 2010
Location: Santos, São Paulo
Posts: 883
Likes (Received): 60

Quote:
Originally Posted by Tangas View Post
A quantidade de prédios em Santos não é para o pré-sal, é para o ganho das construtoras e especuladores. Claro que havia demanda reprimida, mas os preços existentes estão proibitivos, a ponto de o mercado ter parado. Existe sim um quantidade formidável de imóveis vazios em Santos, destinados somente a períodos de férias e feriados. Hoje as construtoras estão escalando os lançamentos, para não haver sobre-oferta. Quanto você ver um informe publicitário da Lopes ou uma destas matérias pagas sobre o mercado imobiliário santista, sobre o potencial de valorização, sobre o pré-sal, etc, etc, em revistas como a Veja ou outros jornais pode desconfiar. Um mercado que pode crescer é o mercado de baixa-média renda, o mercado de alta renda... esquece por enquanto... está saturado.
Tenho um apartamento em Santos (não moro lá, moro no Guarujá), que ficou pronto esse ano. São 300 apartamentos, atualmente restam pouquíssimas unidades à venda (acho que umas 5), a maioria de pessoas que estão revendendo, e cerca de 80 já estão ocupados. E posso afirmar que grande parte são pessoas que vem principalmente do interior para Santos (para quem quiser conferir, é o Porto da Ponta).

As pessoas pensam que o Pré-Sal trás só empregos para a Petrobrás, com a futura base no Guarujá, e ampliação do terminal da Alemoa. Mas não é só isso, pensem na quantidade de mão-de-obra que vai precisar, e que quanto mais gente, mais comércio, etc.. A 'central' do Pré-Sal vai ser em Santos, vejam a nova sede da Petrobrás, a base operacional naquele terreno entre a Wilson Sons e Santa Cruz dos Navegantes, e a base de embarque para as plataformas no Armazém 8 (incluída no projeto do Porto Marina Santos).
ThalesVeiga no está en línea   Reply With Quote
Old August 5th, 2012, 04:01 AM   #2065
Luiz Vilela
Registered User
 
Join Date: Feb 2012
Posts: 2,744
Likes (Received): 353

Quote:
Originally Posted by ThalesVeiga View Post
As pessoas pensam que o Pré-Sal trás só empregos para a Petrobrás, com a futura base no Guarujá, e ampliação do terminal da Alemoa. Mas não é só isso, pensem na quantidade de mão-de-obra que vai precisar, e que quanto mais gente, mais comércio, etc.. A 'central' do Pré-Sal vai ser em Santos, vejam a nova sede da Petrobrás, a base operacional naquele terreno entre a Wilson Sons e Santa Cruz dos Navegantes, e a base de embarque para as plataformas no Armazém 8 (incluída no projeto do Porto Marina Santos).
E nenhum dos amigos cita o aumento do Porto para o dobro da capacidade, confirmadíssimo. Significa empregos, cadeia de fornecedores, moradores, escolas, etc. Moradores podem até não aumentar tanto, mas empresas de serviços e trabalhadores, não há dúvida. Com trem regional rápido + VLT não precisa trabalhar e morar em Santos.
Luiz Vilela no está en línea   Reply With Quote
Old August 5th, 2012, 02:16 PM   #2066
AndrePerez
Registered User
 
Join Date: Feb 2012
Location: Santos/SP
Posts: 128
Likes (Received): 46

Quote:
Originally Posted by Tangas View Post
P1: Em que região de Sampa tu trabalhas?

P2: Qual é o meio de transporte que tu utilizas?

P2.1: Quanto tempo tú demoras para subir? E nas férias e feriados?

P2.2: E para descer? E nas férias e feriados?

P2.3: Se tu utilizas fretado, qual a região que tu o pegas?

P2.4: Em Sampa, qual é o ponto o fretado para?

André por favor não mostre claramente os locais, apenas as regiões, o objetivo seria saber se o trem regional te atenderia! Ter uma idéia dos tempos gastos por ti e os tempos oferecidos pelo sistema sobre trilhos!

Nota: Diferentemente de Macaé, que era uma vila de pescadores e onde toda a infraestrutura fora desenvolvida para atendimento ao desenvolvimento da Bacia de Campos, Santos já é uma região metropolitana, esta região conta com industrias e serviços e com um bom sistema logístico - estradas e ferrovias de carga - devido ao porto de Santos. O impacto do pré-sal em Santos é menor que o impacto da Petrobras em Macaé, ou menor que o impacto que a região metropolitana de São Paulo exerce sobre Santos.

Com um sistema de trens regionais, Santos poderá se tornar uma cidade dormitório de São Paulo, isto é, haverá elevado número de "commuters". O que limita a cidade de crescer é, disponibilidade de terrenos, preço de imóveis, infra-estrutura viária interna, competitividade / atratividade perante outras cidades, preço do sistema de serviços sociais como médicos e escolas entre outros.

A quantidade de prédios em Santos não é para o pré-sal, é para o ganho das construtoras e especuladores. Claro que havia demanda reprimida, mas os preços existentes estão proibitivos, a ponto de o mercado ter parado. Existe sim um quantidade formidável de imóveis vazios em Santos, destinados somente a períodos de férias e feriados. Hoje as construtoras estão escalando os lançamentos, para não haver sobre-oferta. Quanto você ver um informe publicitário da Lopes ou uma destas matérias pagas sobre o mercado imobiliário santista, sobre o potencial de valorização, sobre o pré-sal, etc, etc, em revistas como a Veja ou outros jornais pode desconfiar. Um mercado que pode crescer é o mercado de baixa-média renda, o mercado de alta renda... esquece por enquanto... está saturado.

Praia Grande por exemplo poderá ter sozinha mais de 1 milhão de habitantes, pois tem elevado número de terrenos disponíveis, para isto precisa ter um sistema de transportes, ligado à Santos inicialmente e depois à São Paulo. Sistemas sobre trilhos, com presivibilidade de horários.

Faço as mesmas perguntas acima a outros "commuters" de São Vicente, Praia Grande e Guarujá!
Começando, faço esse trajeto Santos/SP diariamente deste 2005.
Trabalho na Vila Olimpia, mas já trabalhei na Paulista, Berrini, CENESP, Barra Funda, São Judas...
Pego fretado, mas de vez em qdo vou de carro. Pedágio a mais de R$20 mata.
Por incrível que pareça, as férias de meio de ano são o período em que chego mais rápido na empresa e em casa (manhã e tarde). Nas férias de fim de ano não tenho tanto problema pois o fretado pega a Anchieta para descer.
Pode perguntar para quem sobe e desce todo dia. O maior problema são os dias em que a Ecovias implementa comboio (item 4) e quando há acidentes na serra (nas últimas semanas, praticamente todo dia caminhões tombaram, derrubaram a carga, etc).
Nunca cheguei mais de 1h a mais que o horário normal em vésperas de feriado e temporada em casa, e nunca mais de meia hora atrasado na empresa. O máximo que atrasei por isso foi um dia 02 de janeiro que cheguei 15 mins atrasado na empresa. Mas, por acidente, neblina, trânsito, greve e até ônibus quebrado já atrasei 4h pra chegar em casa e 2h na empresa.
Eu tenho certeza absoluta que o trem regional me atenderia. Se de onde eu trabalho o trajeto até o trem for complicado (supondo que a estação seja em Tamanduateí), eu faço questão de mudar de emprego para que fique mais fácil.
AndrePerez no está en línea   Reply With Quote
Old August 5th, 2012, 03:58 PM   #2067
Suburbanist
on the road
 
Suburbanist's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: Breda<->'s-Hertogenbosch<->Eindhoven triangle
Posts: 17,183
Likes (Received): 4031

Um sistema de trens regionais na Baixada ligado à SP por uma ferrovia nova até pode transformar as cidades dali em áreas onde pessoas que trabalham em SP moram, mas isso seria mais sentido em Praia Grande, Mongaguá, Guarujá do que em SAntos (município) propriamente dito.

Para tanto, seria preciso que linhas MODERNAS, NOVAS fossem construídas para os dois lados complementares da Baixada.
__________________
"For every complex problem there is a solution that is simple, clear and wrong."
Suburbanist está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 5th, 2012, 07:53 PM   #2068
gerd.jak
bye Iguaçu, hi Tietê
 
gerd.jak's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: São Paulo
Posts: 7,756
Likes (Received): 2332

Isto faz bastante sentido - embora esta semana eu tenha contratado um desenvolvedor que mora em Santos, na ilha.
Do Guarujá a Praia Grande provavelmente faria mais sentido expandir a rede de VLT/Sim, integrada em algum(ns) ponto(s) ao regional. Mas ao sul, principalmente, um trem regional moderno seria mais coerente (que provavelmente poderia reaproveitar a faixa de domínio atual, aparentemente bem linear). Ao norte, até Bertioga e além, a geografia parece que complica bastante...
gerd.jak está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 5th, 2012, 08:22 PM   #2069
ThalesVeiga
Registered User
 
ThalesVeiga's Avatar
 
Join Date: Sep 2010
Location: Santos, São Paulo
Posts: 883
Likes (Received): 60

São 12 km em linha reta de Praia Grande até Mongaguá, chegando lá faz uma leve curva, depois mais 10 km de reta, outra leve curva. Mais 8 km até Itanhaém, onde faz algumas curvas para atravessar o rio, daí mais 13 km até a divisa onde tem outra leve curva, e 8 km até Peruíbe. Daí em diante através da serra não sei se seria interessante, num primeiro momento.
ThalesVeiga no está en línea   Reply With Quote
Old August 5th, 2012, 09:00 PM   #2070
Suburbanist
on the road
 
Suburbanist's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: Breda<->'s-Hertogenbosch<->Eindhoven triangle
Posts: 17,183
Likes (Received): 4031

A faixa de domínio atual não se presta a isso, é estreita demais para permitir duplicação, e tem muitas interferências para permitir velocidades elevadas acima de 100 km/h.
__________________
"For every complex problem there is a solution that is simple, clear and wrong."
Suburbanist está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 6th, 2012, 03:30 AM   #2071
ThalesVeiga
Registered User
 
ThalesVeiga's Avatar
 
Join Date: Sep 2010
Location: Santos, São Paulo
Posts: 883
Likes (Received): 60

Quote:
Originally Posted by Suburbanist View Post
A faixa de domínio atual não se presta a isso, é estreita demais para permitir duplicação, e tem muitas interferências para permitir velocidades elevadas acima de 100 km/h.
Como não? 18 metros dá pra colocar 3 vias até.
ThalesVeiga no está en línea   Reply With Quote
Old August 6th, 2012, 02:55 PM   #2072
jorge luiz
Registered User
 
jorge luiz's Avatar
 
Join Date: Feb 2012
Posts: 174
Likes (Received): 46

Trecho Mongagua/Agenor Campos.

jorge luiz no está en línea   Reply With Quote
Old August 6th, 2012, 05:28 PM   #2073
Valderi
Registered User
 
Valderi's Avatar
 
Join Date: Mar 2010
Location: Itaquera, São Paulo, SP
Posts: 1,477
Likes (Received): 151

Quote:
Originally Posted by Suburbanist View Post
A faixa de domínio atual não se presta a isso, é estreita demais para permitir duplicação, e tem muitas interferências para permitir velocidades elevadas acima de 100 km/h.
Sub, eu tenho algumas fotos da faixa de domínio que tem em Mongaguá e acho que podem até colocar três linhas de 1,6 m cada uma.
Valderi no está en línea   Reply With Quote
Old August 7th, 2012, 12:06 AM   #2074
Luiz Vilela
Registered User
 
Join Date: Feb 2012
Posts: 2,744
Likes (Received): 353

Quote:
Originally Posted by AndrePerez View Post
Começando, faço esse trajeto Santos/SP diariamente deste 2005.
Pego fretado, mas de vez em qdo vou de carro. Pedágio a mais de R$20 mata.
(...) quando há acidentes na serra (nas últimas semanas, praticamente todo dia caminhões tombaram, derrubaram a carga, etc).
(...) O máximo que atrasei por isso foi um dia 02 de janeiro que cheguei 15 mins atrasado na empresa. Mas, por acidente, neblina, trânsito, greve e até ônibus quebrado já atrasei 4h pra chegar em casa e 2h na empresa.

Eu tenho certeza absoluta que o trem regional me atenderia.


Descrição perfeita do que também acontece na Raposo, Régis, Castello, Anhanguera, Bandeirantes, Fernão Dias.

Só acrescentaria que, muitas vezes, o primeiro acidente gera outros na mesma rota. Provavelmente porque todos sse estressam e inutilmente se apressam para descontar o atraso.
Luiz Vilela no está en línea   Reply With Quote
Old August 7th, 2012, 12:37 AM   #2075
OsascoStation2007
Land of the 1st flight
 
OsascoStation2007's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Osasco - SP
Posts: 3,933
Likes (Received): 442

O maior problema é que acidentes nas estradas, em SP ou no Rodoanel disturbam todo o sistema. Exemplo: um acidente de manhã na Marginal reflete por todo o dia não somente na marginal mas em várias vias relacionadas.
__________________
Nächster Halt: Osasco Hbf

Proposta de monotrilho de Osasco enviada para a prefeitura: https://skydrive.live.com/redir?resi...7FE4060389!128

KMZ com toda a rede de trilhos e pneus: https://skydrive.live.com/redir?resi...7FE4060389!128

Artigo/Crítica sobre o Hopi Hari com várias sugestões, inclusive de solução de transporte sobre trilhos: https://skydrive.live.com/redir?resi...7FE4060389!128
OsascoStation2007 no está en línea   Reply With Quote
Old August 7th, 2012, 01:20 AM   #2076
Rodalvesdepaula
Rodrigo A. de Paula
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 21,724
Likes (Received): 4385

Quote:
Originally Posted by Suburbanist View Post
A faixa de domínio atual não se presta a isso, é estreita demais para permitir duplicação, e tem muitas interferências para permitir velocidades elevadas acima de 100 km/h.
Bem, conheço pessoalmente a linha e dá sim para ser duplicada e receber viadutos, pelo menos entre Cidade Ocian e Peruíbe. A linha é praticamente um retão e um trem diesel de passageiros a 110 Km/h (como os Niigata Transys KiHa 189 da Japan Railways) seria mais que o suficiente para atender satisfatoriamente à população do Litoral Sul.


http://en.wikipedia.org/wiki/KiHa_189_series

Detalhe: este trem corre a 130 Km/h em bitola de 1067 mm.
__________________
Se o governo assumisse a gestão do Deserto do Saara, em cinco anos faltaria areia por lá (Milton Friedman, economista)


Rodalvesdepaula está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 7th, 2012, 01:23 AM   #2077
ThalesVeiga
Registered User
 
ThalesVeiga's Avatar
 
Join Date: Sep 2010
Location: Santos, São Paulo
Posts: 883
Likes (Received): 60

Acho que se fosse para reativar a Santos/Juquiá para passageiros, que já se faça com bitola larga e rede aérea, já que não tem conexão com nenhuma outra ferrovia, então isso não seria problema.
ThalesVeiga no está en línea   Reply With Quote
Old August 7th, 2012, 01:27 AM   #2078
Rodalvesdepaula
Rodrigo A. de Paula
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 21,724
Likes (Received): 4385

Olha, tenho que concordar com você. Vai que, um dia, o governo federal resolva levar a Santos-Juquiá para Curitiba via Cajati e Ribeira? O tráfego de pessoas e mercadorias de alto valor agregado entre a capital paranaense, Vale do Ribeira e Baixada Santista é muito grande, tanto que a ferrovia poderia ser usado também para trens cargueiros leves e velozes.


Se fosse como a EFCJ, até daria para manter a bitola métrica. Mas, trata-se de uma ferrovia que pode ter papel fundamental para o país num futuro ainda distante.
__________________
Se o governo assumisse a gestão do Deserto do Saara, em cinco anos faltaria areia por lá (Milton Friedman, economista)


Rodalvesdepaula está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 7th, 2012, 01:34 AM   #2079
ThalesVeiga
Registered User
 
ThalesVeiga's Avatar
 
Join Date: Sep 2010
Location: Santos, São Paulo
Posts: 883
Likes (Received): 60

É, e sempre se descute a reativação para cargueiros, acho que ela duplicada e com pontos de cruzamento seria suficiente.
ThalesVeiga no está en línea   Reply With Quote
Old August 7th, 2012, 01:39 AM   #2080
AndrePerez
Registered User
 
Join Date: Feb 2012
Location: Santos/SP
Posts: 128
Likes (Received): 46

Quote:
Originally Posted by Luiz Vilela View Post


Descrição perfeita do que também acontece na Raposo, Régis, Castello, Anhanguera, Bandeirantes, Fernão Dias.

Só acrescentaria que, muitas vezes, o primeiro acidente gera outros na mesma rota. Provavelmente porque todos sse estressam e inutilmente se apressam para descontar o atraso.
O principal problema são os caminhoneiros. Descem na faixa da esquerda, abusam da velocidade, não respeitam a sinalização...
Chegam ao ponto de parar o trânsito só para voltar para a faixa da direita onde sabem que há fiscalização, e depois voltam para a faixa da esquerda.

Se algum de vocês tiver a oportunidade, desçam a serra pela Anchieta durante a semana por volta de 18h, 18h30, 19h... Vão ver o perigo que corremos.
AndrePerez no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 01:51 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu