daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine
Old September 14th, 2012, 04:21 AM   #2201
Lucianoldf
Registered User
 
Lucianoldf's Avatar
 
Join Date: Apr 2011
Location: Canoas and Balneário Camboriú
Posts: 891

Baita investimento para Santa Vitória do Palmar, muito bom.
Lucianoldf no está en línea  

Sponsored Links
 
Old September 14th, 2012, 04:39 AM   #2202
Felippehc
Registered User
 
Felippehc's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Porto Alegre / Fortaleza
Posts: 2,912
Likes (Received): 522

infelizmente boa parte vai pra fora do estado na aquisição dos aerogeradores e das pás
Felippehc no está en línea  
Old September 14th, 2012, 04:52 AM   #2203
Mbv-POA
Registered User
 
Mbv-POA's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Porto Alegre
Posts: 2,275
Likes (Received): 18


Verdade, importantíssimo para uma região verdadeiramente esquecida lá na rabeira do Rio Grande. Quem pega a BR 471, entre Rio Grande e Chuí, passando por Santa Vitória, sente-se num "faroeste verde", região assustadoramente inóspita, praticamente desabitada, apenas plantações de arroz e eucaliptos a perder de vista nas planícies retilíneas da Planície Costeira do Litoral Sul. A "monotonia" da paisagem é cortada apenas pelo Parque do Taim e a vista das imensas lagoas do perdidas no meio do nada.

Por falar em energia eólica, o Parque Eólico de Osório, que dá pra ser visto desde a Freeway em Santo Antônio da Patrulha, já está com a ampliação muito avançada. Dezenas e dezenas de novas torres já são bem notadas, e os super guindastes para montagem delas tb. Além de energia renovável, os torres eólicas embelezam a paisagem do litoral.

O mais interessante é que entre essas novas torres de Osório, várias estão mais perto da estrada RS 030, que liga Osório a Tramandaí. Na verdade, uma delas está bem ao lado da estrada, dando uma sensação de estar por cima dela, gigantesca, logo quando se saí da Freeway e entra em direção a Tramandaí. O tamanho destes aerogeradores é tão impressionante que tu perde muito a noção do tamanho real deles. Enfim, ficaram muito interessante estas novas torres de Osório.

PS: tb da RS 030, desde o verão passado, perto da entrada para Cidreira, dá pra ver ao longe as torres do Parque Eólico de Tramandaí, de 70 Mw.
Mbv-POA no está en línea  
Old September 14th, 2012, 06:11 AM   #2204
Felippehc
Registered User
 
Felippehc's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Porto Alegre / Fortaleza
Posts: 2,912
Likes (Received): 522



estes parques são ótimos... fazem de td, só n geram energia
Felippehc no está en línea  
Old September 14th, 2012, 06:16 AM   #2205
Felippehc
Registered User
 
Felippehc's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Porto Alegre / Fortaleza
Posts: 2,912
Likes (Received): 522

2011 - 100MW
2012 - 84 MW (até junho)

colocando um fator de geração médio de 30%, e considerando q o estado consome em médio +250 MW por ano (a energia eólica tem agregado 1/10 da necessidade do estado)
Felippehc no está en línea  
Old September 14th, 2012, 07:06 PM   #2206
Mbv-POA
Registered User
 
Mbv-POA's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Porto Alegre
Posts: 2,275
Likes (Received): 18

Braskem quer criar polo de borracha no Estado

Unidade terá capacidade para 103 mil toneladas anuais de butadieno

A Braskem espera que a sua nova unidade de butadieno, inaugurada nesta quinta-feira no polo petroquímico de Triunfo, seja o primeiro passo para a formação de um polo da cadeia de borracha no Rio Grande do Sul. A matéria-prima é utilizada pela indústria de borrachas sintéticas que, por sua vez, são usadas na fabricação de pneus e artefatos em geral.

O investimento da Braskem na nova planta, com capacidade para 103 mil toneladas anuais de butadieno, foi de R$ 300 milhões. A empresa já possuía outra unidade em Triunfo com capacidade para 106 mil toneladas anuais. Inicialmente, a produção adicional será direcionada para o exterior. No entanto, a expectativa da Braskem é de que as vendas, posteriormente, sejam deslocadas para o mercado interno para atender à ampliação de empresas consumidoras do butadieno e, até mesmo, novas companhias que poderão se instalar no Brasil e, principalmente, no Estado.

No seu discurso durante a solenidade de inauguração da planta, o presidente da Braskem, Carlos Fadigas, citou empresas como a Lanxess e a Pirelli como companhias com unidades regionais que podem se beneficiar com o aumento da oferta da matéria-prima. Além disso, ele projeta que outros grupos da cadeia da borracha poderão ser atraídos para o Rio Grande do Sul. O governador Tarso Genro destacou que é do interesse do Estado trazer todas as empresas possíveis.

O vice-presidente da Unidade de Petroquímicos Básicos da Braskem, Rui Chammas, revelou que a companhia está em contato com outros players da indústria global de borracha sintética interessados em produzir no País. O dirigente cita que, na parte final dessa cadeia, empresas como a Goodyear, Michelin, Vipal, Topper, Brastemp, Consul, entre outras, são potenciais consumidoras. No entanto, antes de chegar nessa etapa do produto acabado, é preciso aumentar a produção da borracha sintética.

Atualmente, o principal comprador de butadieno da Braskem no Brasil é a Lanxess. A diretoria da Braskem acredita que a Lanxess já esteja avaliando a possibilidade de elevar a produção de borracha sintética na sua unidade de Triunfo. No ano passado, quando foi divulgada a intenção da Braskem de aumentar sua produção de butadieno, o presidente da Lanxess no Brasil, Marcelo Lacerda, afirmou que era uma ação saudável para o setor. Sem querer detalhar os planejamentos da companhia, Lacerda acrescentou que “quando se toma a decisão sobre um investimento em uma planta química, a primeira coisa que se olha é onde estão os clientes e os fornecedores”.

Apetite a empresa já demonstrou. A Lanxess vem incrementando e fortalecendo, nos últimos anos, suas operações e ativos no Brasil e no mundo. No dia 24 de setembro, por exemplo, a Lanxess AG será incluída no índice de referência alemão DAX 30. O DAX (Deutscher Aktien Index) é um índice de mercado de ações, composto pelas 30 maiores empresas alemãs negociadas na Bolsa de Valores de Frankfurt.

Se a Braskem conseguir deslocar a sua produção para o mercado interno, Chammas aponta entre as vantagens para a companhia a diminuição do custo logístico. No momento, o valor da tonelada de butadieno no mercado dos Estados Unidos é de cerca de US$ 1,8 mil e na Ásia de US$ 2 mil, mas o produto chegou a ser cotado a US$ 3,8 mil em 2011 e US$ 3,2 mil no primeiro trimestre deste ano.

Desoneração pode acelerar planta de polipropileno verde

A Braskem, com outras empresas e entidades que representam o setor químico e petroquímico, está pleiteando com o governo federal a desoneração da chamada química verde (produtos oriundos de matérias-primas renováveis). O presidente da companhia, Carlos Fadigas, argumenta que essa medida poderia acelerar a confirmação e a construção da unidade de polipropileno verde (fabricado a partir do etanol da cana-de-açúcar) do grupo.

“Não depende apenas dessa medida, mas eu diria que ela seria necessária”, comenta Fadigas. O complexo, que é pretendido pelo Estado, terá capacidade para produzir de 30 mil a 50 mil toneladas ao ano, e o investimento superará o patamar de R$ 100 milhões. “O setor (química verde) precisa ganhar velocidade”, enfatiza. A Braskem também discute com o governo estadual ações que estimulem a implementação da estrutura de polipropileno verde.

http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=103630

Last edited by Mbv-POA; September 14th, 2012 at 07:40 PM.
Mbv-POA no está en línea  
Old September 14th, 2012, 07:10 PM   #2207
Mbv-POA
Registered User
 
Mbv-POA's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Porto Alegre
Posts: 2,275
Likes (Received): 18

Outra sobre os parques eólicos na fronteira com o Uruguai

Parque eólico começa a ganhar forma no Sul

Custódio ressalta regularidade do vento na região próxima ao Uruguai

Quando as máquinas entrarem no campo e os trabalhadores começarem a montar as primeiras estruturas dos aerogeradores, os moradores de Santa Vitória do Palmar verão ganhar forma o investimento de R$ 1 bilhão da Eletrosul e FIP Rio Bravo na região Sul do Estado. A ordem de serviço, que será assinada nesta sexta-feira, marca o início da construção dos parques eólicos de Geribatu, formando um dos maiores complexos da América Latina. Serão instalados 129 aerogeradores com capacidade de 258 megawatts (MW), energia suficiente para atender cerca de mais de 1,6 milhão de pessoas.

Geribatu se junta a outros dois complexos da Eletrosul na região da fronteira com o Uruguai. Inaugurado em junho, o Complexo Eólico Cerro Chato conta com 45 aerogeradores e potência instalada de 90 MW. Junto a Cerro Chato, a Eletrosul está construindo um novo empreendimento eólico, o Livramento, com mais 39 aerogeradores e capacidade de 78 MW. A previsão é de que entre em operação já no primeiro trimestre de 2013. Está previsto, ainda para este ano, o início das obras do Complexo Eólico Chuí, que contará com 72 aerogeradores e potência instalada de 144 MW.

Esses investimentos consolidam a Eletrosul como a maior estatal eólica do País. A decisão da empresa em investir nesse tipo de energia nasceu dos estudos e medições de vento realizados nos últimos anos, que apontaram o excelente potencial no extremo Sul do Rio Grande do Sul. Uma das vantagens em relação ao Nordeste brasileiro está na regularidade dos ventos. “No Nordeste os ventos são mais fortes, mas aqui eles são mais regulares”, compara o diretor de engenharia e operação da Eletrosul, Ronaldo dos Santos Custódio.

O início de operação do Complexo Eólico de Geribatu está previsto para o primeiro trimestre de 2014. A partir daí, a expectativa dos municípios é um incremento significativo em sua receita. “Ainda é cedo para fazermos projeções, mas a expectativa é que, quando o parque estiver em funcionamento, nossa arrecadação de ICMS triplique gradativamente”, projeta o secretário da Fazenda de Santa Vitória do Palmar, Neir Apolinário Chaves.

Nos próximos meses, a Eletrosul, em parceria com a Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica do Rio Grande do Sul (CEEE-GT), começa a construção de 490 quilômetros de linhas de transmissão (525 kV), três novas subestações e a ampliação de uma unidade existente. Essa obra será vital para o escoamento da energia a ser gerada pelos complexos eólicos Geribatu e Chuí e essencial para integrar a região ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Serão investidos aproximadamente R$ 700 milhões no sistema de transmissão.

http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=103632
Mbv-POA no está en línea  
Old September 14th, 2012, 07:11 PM   #2208
Mbv-POA
Registered User
 
Mbv-POA's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Porto Alegre
Posts: 2,275
Likes (Received): 18

Catamarã terá duas novas linhas até o fim de outubro

Fortunati e Bernaud apresentaram o local de uma das estações

Até o final de outubro, a linha atual do catamarã passará a ter uma parada no bairro Cristal, em Porto Alegre, bem em frente ao BarraShoppingSul - em alguns horários a serem definidos. Além disso, um novo percurso será instalado para atender à demanda da Ilha da Pintada, onde as adaptações no píer Estaleiro Mabilde e na Colônia dos Pescadores Z5 estão na etapa final para servirem de ponto de embarque e desembarque para a rota.

O transporte hidroviário que fará o trajeto de 4,5 quilômetros do Centro Histórico da Capital até a Ilha da Pintada, custará R$ 3,00 e levará cerca de oito minutos de um destino ao outro. Já os 8km de extensão do Centro até o terminal no BarraShoppingSul poderão ser feitos em aproximadamente dez minutos por uma tarifa de R$ 5,00.

Para as travessias começarem a transportar passageiros, faltam acabamentos nas revitalizações nos terminais Estaleiro Mabilde e Colônia dos Pescadores Z5, na Ilha da Pintada e construir um píer de cem metros na estação no bairro Cristal, sendo 30 metros dentro do lago Guaíba e 70 metros na margem.

O serviço será realizado pela empresa Viação Tapajós, que também opera a travessia Porto Alegre - Guaíba pela ramificação Catsul. Conforme o diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, a empresa atendeu ao edital de manifestação de interesse para apresentação de estudos de viabilidade e proposta de funcionamento em caráter experimental das linhas pelo prazo de até 12 meses. A licitação está prevista para após o cumprimento deste prazo.

Em dez meses de trabalho, a Catsul transportou 600 mil pessoas entre Porto Alegre e Guaíba pelo modal, explicou o diretor de Operações da companhia, Carlos Bernaud. “No final de semana passado, o público chegou a seis mil pessoas, que fizeram o trajeto como passeio turístico”, informou o titular da Secretaria Estadual de Obras Públicas, Irrigação e Desenvolvimento Urbano (SOP) e representante do governador Tarso Genro no evento, Luiz Carlos Busato. O valor da passagem normal é de R$ 7,25, contemplando a viagem fluvial e a locomoção por ônibus até o bairro Florida, em Guaíba, e vice-versa.

“Estamos buscando também novas alternativas para otimizar as vias de ligação entre os municípios. O bilhete único é uma meta”, destacou o superintendente da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), Oscar Escher.

O convênio foi firmado nesta quinta-feira, entre a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Secretaria Municipal dos Transportes (SMT), SOP e Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), na presença do prefeito municipal, José Fortunati. Nos próximos dias, a licença para a operação será concedida pela Marinha e pela Superintendência de Portos e Hidrovias.

http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=103621
Mbv-POA no está en línea  
Old September 14th, 2012, 07:25 PM   #2209
Felippehc
Registered User
 
Felippehc's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Porto Alegre / Fortaleza
Posts: 2,912
Likes (Received): 522

wow, +400 milhões de réis em exportações por ano

isso da +1,5% nas exportações do estado, só nessa fabricazinha
Felippehc no está en línea  
Old September 14th, 2012, 07:31 PM   #2210
Mbv-POA
Registered User
 
Mbv-POA's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Porto Alegre
Posts: 2,275
Likes (Received): 18

O cavalinho vai mais longe

A primeira fábrica da Renner Sayerlack nos Eua marca o avanço de um discreto mas arrojado projeto de internacionalização

De mansinho, o Grupo Renner Herrmann acaba de dar um passo importantíssimo em seu projeto de se tornar um dos três maiores fabricantes de tintas para móveis no planeta ao comprar uma fábrica na cidade de Charlotte, no Estado norte-americano da Carolina do Norte. “Já estamos entre os cinco grandes deste mercado em todo o mundo e vamos avançar. Somos líderes no continente, mas temos um projeto global para a Renner Sayerlack”, anuncia Marcos Herrmann, vice-presidente do grupo. Discretos, Marcos e seu irmão, Thomas, que preside a holding, não são de muita conversa – tanto que a aquisição nos Estados Unidos passou longe de festividades ou rumorosos anúncios públicos. Mas não brincam em serviço. No território norte-americano, a ideia é seguir o modelo de crescimento orgânico implantado com sucesso na Itália, em 2004. “Lá, nós começamos do zero”, conta Thomas Herrmann. “Compramos plantas vazias e com nossa tecnologia, expertise e com uma equipe muito boa, hoje somos grandes players da Itália no ramo da indústria de tintas para móveis.”

Emblema tradicionalíssimo das tintas Renner e transformado em ícone do próprio grupo fundado em Porto Alegre em 1927, o cavalinho branco vem acelerando o passo rapidamente. Em 2007, uma segunda fábrica entrou em operação na Itália. Três anos depois, a Renner Sayerlack firmou uma joint venture no México e, em 2011, abriu uma fábrica no Chile para ter acesso facilitado aos mercados do Pacífico.

O Chile também abriga uma das plantas da Renner Protective Coatings, empresa que produz tintas anticorrosivas de alta performance para proteção e manutenção industrial. A outra fábrica fica em Curitiba. “Para essa empresa, temos um projeto continental”, define Marcos. Utilizada em navios e plataformas petrolíferas, entre outras aplicações, a tinta para pinturas industriais ganha impulso no aquecido mercado de infraestrutura. “É um mercado que está em ebulição, principalmente por causa do PAC. Estamos num timing muito adequado”, acredita Thomas.

Em GRANDES & LÍDERES, a Renner Herrmann figura entre as 500 maiores do sul na posição 193, com uma receita bruta de R$ 208 milhões em 2011. Na realidade, o conglomerado fatura cinco vezes mais e, portanto, poderia estar em uma colocação bem superior se incluísse, no balanço entregue a AMANHÃ e Pwc, todas as empresas que controla, entre elas a Renner Sayerlack, carro-chefe dos negócios. Mas o grupo decidiu incluir, no balanço consolidado, apenas a Renner Protective Coatings e a Metalgráfica Renner, fabricante de embalagens metálicas para a indústria química e de alimentos. A decisão de “não expor números demais”, como diz Marcos, tem a ver com a percepção de que há uma assimetria entre sociedades anônimas, obrigadas a publicar balanço, e empresas do setor que, pela composição de capital, estão dispensadas dessa exigência.

Confira essa e outras reportagens em mais de 30 setores da economia da região sul na edição Grandes & Líderes, ranking elaborado por AMANHÃ e PwC que está à venda nas principais bancas e livrarias do país.

http://amanha.com.br/home-2/3646-o-c...vai-mais-longe
Mbv-POA no está en línea  
Old September 14th, 2012, 07:47 PM   #2211
Mbv-POA
Registered User
 
Mbv-POA's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Porto Alegre
Posts: 2,275
Likes (Received): 18

Copa 2014: prefeitura publica aviso de licitação para obras

A prefeitura publicou quinta-feira, 13, no Diário Oficial de Porto Alegre, o aviso de licitação da modalidade de concorrência pública da obra viária na avenida Severo Dullius e que faz parte da Matriz de Responsabilidades para a Copa do Mundo de 2014 na Capital. Nesta sexta-feira, 14, será também publicado em jornais de grande circulação.

A licitação tem por objetivo a contratação de empresa ou consórcio de empresas para a execução da infraestrutura, pavimentação e obras de arte especial no prolongamento da Severo Dullius. O valor estimado é de R$ 72.752.935,85.

Os documentos de habilitação e propostas poderão ser entregues na Secretaria Municipal da fazenda, localizada na rua Siqueira Campos, 1300, 3° andar, sala 301 até às 16h do dia 17 de outubro de 2012. Maiores informações pelo correio eletrônico comissaocopa2014@smf.prefpoa.com.br ou pelo telefone: (51) 3289.1677

http://www2.portoalegre.rs.gov.br/po...CAO+PARA+OBRAS

---

Muito me surpreende o valor astronômico desta obra: 72 milhões! Achei que seria um 'simples' prolongamento... Queria saber o que de tão especial será feito na Severo Dullius, isto é orçamento para muita coisa...

Ao redor do Ibis do Aeroporto, já na Severo Dullius, há dois empresarias prontos e mais um, o mais bonito, em projeto (ou já em construção, tvz), todos do Grupo Medabil. Creio que esta nova alternativa viária de POA, para acesso à Assis Brasil, possa trazer boas surpresas.
Mbv-POA no está en línea  
Old September 15th, 2012, 04:32 AM   #2212
capilé de coração
Registered User
 
capilé de coração's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: São Leopoldo (RS)
Posts: 1,079
Likes (Received): 28

...

Last edited by capilé de coração; September 15th, 2012 at 04:39 AM.
capilé de coração no está en línea  
Old September 15th, 2012, 04:33 AM   #2213
capilé de coração
Registered User
 
capilé de coração's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: São Leopoldo (RS)
Posts: 1,079
Likes (Received): 28

São Leopoldo terá Leroy Merlin em funcionamento a partir do dia 9 de outubro
sexta-feira, 14 de setembro de 201212:46
O prefeito Ary Vanazzi recebeu, na manhã desta sexta-feira (14), o diretor da loja Leroy Merlin de São Leopoldo, Rodrigo Rocha e seus assessores. Junto com os secretários municipais do Planejamento Urbano, Fernando Menezes; do Desenvolvimento Econômico e Social, Jorge Kuhn e do Orçamento Participativo, Gerson Luís de Souza, o prefeito saudou a escolha da empresa que está prestes a iniciar suas atividades. Vanazzi reforçou o convite para que, além das relações comerciais, a Leroy Merlin integre-se à vida dos leopoldenses. ¿Esperamos que vocês possam, a exemplo de outras empresas aqui instaladas, apoiar iniciativas na área da cultura, do esporte, da educação e tantos outros aspectos importantes para a nossa população. Esta, inclusive, é uma tendência das grandes empresas e estamos de portas abertas para recebê-los¿.

De acordo com Rocha, o município de São Leopoldo reúne todas as qualidades e características importantes para o sucesso do empreendimento e é grande a expectativa de participar de forma positiva do cotidiano da cidade e contribuir para o desenvolvimento do município. ¿São Leopoldo apresentou muitos atrativos, como a infraestrutura urbana e a condução dos processos para a instalação da loja de maneira clara e ágil, o que nos deixou muito satisfeitos por termos escolhido a cidade como nossa referência no Vale do Sinos. Vale lembrar que esta será, também, a primeira edificação do Rio Grande do Sul e a sexta do Brasil a ter o selo AQUA (certificação de alta qualidade ambiental)¿, observou o diretor. Ele explicou que tanto o projeto, quanto a loja e toda a operação do empreendimento terão baixo impacto ambiental, com o conceito de sustentabilidade perpassando todos os estágios do negócio e sendo estendido para a comunidade do entorno.

Situada na BR-116, próxima a Unisinos, a unidade da Leroy Merlin será aberta ao público no dia 09 de outubro, cumprindo o cronograma de instalação acordado com o município. Serão gerados 200 empregos diretos e cerca de 300 empregos indiretos.

PRÉDIO VERDE - O Processo AQUA é um Processo de Gestão Total do Projeto para obter a Alta Qualidade Ambiental em empreendimentos de construção. De caráter internacional, é concedido, no Brasil, pela Fundação Vanzolini, ligada a Universidade de São Paulo (USP), com base em auditorias presenciais independentes.


https://www.saoleopoldo.rs.gov.br/ho...ria=Not%EDcias
capilé de coração no está en línea  
Old September 15th, 2012, 04:41 AM   #2214
capilé de coração
Registered User
 
capilé de coração's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: São Leopoldo (RS)
Posts: 1,079
Likes (Received): 28

...
capilé de coração no está en línea  
Old September 15th, 2012, 04:42 AM   #2215
capilé de coração
Registered User
 
capilé de coração's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: São Leopoldo (RS)
Posts: 1,079
Likes (Received): 28

Distrito Industrial receberá novas empresas
quarta-feira, 12 de setembro de 201216:34
Rodrigo Blum

Durante a assinatura da Ordem de Início da Rede Coletora de Esgoto e Emissários para Esgotamento Sanitário do Distrito Industrial da Zona Norte, que ocorreu na manhã desta quarta-feira (12), o prefeito Ary Vanazzi, juntamente com o vice-presidente de Estratégia e Planejamento Global da Hyundai, Victor Park, anunciaram o investimento de novas empresas no complexo.

Sem confirmar nomes, Park afirma que com a vinda da Hyundai para a cidade, novas empresas de alta tecnologia irão se juntar ao grupo. ¿Quando cheguei a São Leopoldo, percebi um grande potencial no município e no que estava sendo preparado. O ponto principal foi a continuidade dada as obras e o fato de cumprimento do prazo prometido. Num processo de administração, o ponto forte é a liderança e, isso, São Leopoldo tem¿. A Hyundai planeja iniciar as obras da nova fábrica ainda este ano e concluí-la até 2013.

Para Vanazzi, atrair novas empresas para o Distrito Industrial da Zona Norte faz parte do plano estratégico de desenvolvimento econômico e social. ¿Em oito anos, construímos dois novos distritos industriais, que hoje comportam, aproximadamente, 60 empresas. Nós conseguimos dimensionar o impacto econômico, construir relações internacionais, avançar no campo tecnológico e, assim, possibilitar a chegada de novos parceiros ao município¿.

Estavam presentes no ato, que ocorreu no Salão Nobre da Prefeitura, o diretor geral do Semae, Anderson Etter; a secretária municipal de Garantias Individuais, Márcia Fernandez; o secretário municipal do Meio Ambiente, Darci Zanini; o secretário municipal de Desenvolvimento Social e Econômico, Jorge Kuhn; secretário municipal de Esportes, Valdir Becker; o secretário municipal Planejamento Urbano; Fernando Menezes; o secretário municipal de Relações Internacionais, Espártaco Dutra; o secretário municipal de Administração, Edvaldo Cavedon; o diretor da Plasma Pavimentadora e Construtora Ltda., Vinícius Rodrigues.

https://www.saoleopoldo.rs.gov.br/ho...AT=&categoria=
capilé de coração no está en línea  
Old September 16th, 2012, 06:56 AM   #2216
Blog Porto Imagem
Registered User
 
Blog Porto Imagem's Avatar
 
Join Date: Feb 2012
Location: Porto Alegre
Posts: 436
Likes (Received): 149

Quote:
Originally Posted by Mbv-POA View Post
Copa 2014: prefeitura publica aviso de licitação para obras

A prefeitura publicou quinta-feira, 13, no Diário Oficial de Porto Alegre, o aviso de licitação da modalidade de concorrência pública da obra viária na avenida Severo Dullius e que faz parte da Matriz de Responsabilidades para a Copa do Mundo de 2014 na Capital. Nesta sexta-feira, 14, será também publicado em jornais de grande circulação.

A licitação tem por objetivo a contratação de empresa ou consórcio de empresas para a execução da infraestrutura, pavimentação e obras de arte especial no prolongamento da Severo Dullius. O valor estimado é de R$ 72.752.935,85.

Os documentos de habilitação e propostas poderão ser entregues na Secretaria Municipal da fazenda, localizada na rua Siqueira Campos, 1300, 3° andar, sala 301 até às 16h do dia 17 de outubro de 2012. Maiores informações pelo correio eletrônico comissaocopa2014@smf.prefpoa.com.br ou pelo telefone: (51) 3289.1677

http://www2.portoalegre.rs.gov.br/po...CAO+PARA+OBRAS

---

Muito me surpreende o valor astronômico desta obra: 72 milhões! Achei que seria um 'simples' prolongamento... Queria saber o que de tão especial será feito na Severo Dullius, isto é orçamento para muita coisa...

Ao redor do Ibis do Aeroporto, já na Severo Dullius, há dois empresarias prontos e mais um, o mais bonito, em projeto (ou já em construção, tvz), todos do Grupo Medabil. Creio que esta nova alternativa viária de POA, para acesso à Assis Brasil, possa trazer boas surpresas.
Também estranhei o valor de 72 milhões.
Bom, espero que seja uma obra bem feita e bonita.

A imagem divulgada pela prefeitura:


__________________
Blog Porto Imagem
_____________________________
portoimagem.wordpress.com

www.facebook.com/blogportoimagem
Blog Porto Imagem no está en línea  
Old September 16th, 2012, 08:07 PM   #2217
GersonLDN
-*-*-*-
 
GersonLDN's Avatar
 
Join Date: Mar 2005
Location: London-UK/Porto Alegre-BR
Posts: 12,523
Likes (Received): 2560

Ta mais com cara de R$ 7.2 milhoes!

.
GersonLDN no está en línea  
Old September 16th, 2012, 08:33 PM   #2218
Felippehc
Registered User
 
Felippehc's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Porto Alegre / Fortaleza
Posts: 2,912
Likes (Received): 522

desapropriações?
Felippehc no está en línea  
Old September 17th, 2012, 02:02 AM   #2219
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,254
Likes (Received): 623

Não sei se os srs. acompanham o thread de infra. Portanto, segue:

Quote:
Originally Posted by luancarpe View Post
Duplicação do Contorno de Pelotas, no Rio Grande do Sul, já começou

As obras na BR 116 e na BR 392 trarão mais competitividade para o Porto de Rio Grande


O Porto de Rio Grande se tornará mais competitivo com a duplicação da BR 116 no Contorno de Pelotas


O Contorno de Pelotas é o principal meio de acesso ao Porto de Rio Grande


Grande parte dos produtos que entram e saem do Rio Grande do Sul passam pelo Contorno de Pelotas


A BR 116 e o Contorno de Pelotas têm grande importância devido ao transporte de cargas e à ligação que fazem entre o Brasil e o Uruguai


A duplicação das rodovias deve tornar o trecho mais seguro no sul do País

O deslocamento entre as cidades de Guaíba e Rio Grande, ambas no Rio Grande do Sul, será facilitado pela duplicação de trecho da BR 116 e do Contorno de Pelotas - formado pela BR 392, a partir do entroncamento da BR 116 até a ponte sobre o Rio São Gonçalo. Segundo o vice-presidente de logística do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (Setcergs), Frank Woodhead, as rodovias têm importância não só para o estado, no transporte de mercadorias até o Porto de Rio Grande, mas também de âmbito nacional, pela ligação com o Uruguai.

As obras no Contorno de Pelotas já começaram e têm previsão de término em três anos. No trecho que liga Guaíba a Pelotas, devem se iniciar assim que o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) atender às condicionais ambientais da licença de instalação. Depois disso, o órgão prevê que a duplicação esteja pronta em dois anos. O custo estimado das obras é de R$ 430 milhões e R$ 850 milhões, respectivamente.

"Essa é uma obra estratégica para o porto. Temos o segundo porto do Brasil e tínhamos uma rodovia de mão simples dando acesso a ele", afirma o diretor de infraestrutura do Porto de Rio Grande, Cesar Wojciechowski. As rodovias são utilizadas para o transporte de grande parte dos produtos importados e exportados por meio do porto, como trigo, cereais, adubo, peças eólicas, gado e veículos. Para Cesar, o porto é um conjunto de fatores, sendo um deles a logística de acesso, assim, a duplicação o tornará mais atrativo e competitivo, pois as empresas buscam agilidade na expedição de mercadorias.

Atualmente, a BR 116 é uma estrada de mão dupla, naquele trecho, com apenas uma pista em cada sentido. De acordo com Cesar, o trânsito é bastante lento no Contorno de Pelotas, com uma grande circulação de veículos nos dois sentidos, praticamente impossibilitando a ultrapassagem. "Se um carro de passeio ficar atrás de uma fila de caminhões, não conseguirá passá-los", diz. Além da melhoria em relação à competitividade do porto e do estado, Woodhead, do Setcergs, destaca as melhores condições de segurança da viagem como um dos principais benefícios da obra.

Cartola – Agência de Conteúdo
Especial para o Terra

Transporte & Logística
Quote:
Originally Posted by luancarpe View Post
Geral

12-09-2012 | 18h45min

Duplicação
Obras no Contorno de Pelotas estão em fase de terraplenagem


O movimento das máquinas, a modificação da paisagem e a atividade dos trabalhadores que operam os equipamentos mostram que as obras começaram em ritmo forte na BR-116, no Contorno de Pelotas. O trecho, que faz parte das obras de duplicação da rodovia que liga os municípios de Pelotas e Rio Grande e ainda abrange o contorno da cidade (BR-116/392), deverá ser finalizado em dois anos.

Os 24 quilômetros, onde as obras começaram no mês de agosto, são divididos em lotes 1 A e 1 B. As obras no primeiro somam 11,01 quilômetros de extensão, orçados em R$ 218,18 milhões. As obras nos 12,68 quilômetros do lote 1 B estão avaliadas em R$ 212,47 milhões.

A BR-116/392 passa por áreas urbanizadas de Pelotas e é utilizada para acessar vários bairros. Por isso, está prevista no projeto a construção de 11 viadutos, para que não haja conflitos entre o tráfego interno dos bairros e o de longa distância. Em todos os viadutos de acesso à cidade haverá passagens seguras para pedestres através dos passeios (calçadas).

Ruas
O Dnit também previu no projeto a construção de ruas laterais. Essas terão cerca de nove metros de largura, com espaço para estacionamento e calçada aos pedestres. Ao longo do lote 1 as ruas laterais somam mais de 14 quilômetros de extensão. O principal objetivo delas é a segurança, pois além de contribuir para o bom andamento do tráfego interno da cidade, elas afastam o tráfego mais pesado de perto dos bairros.

Diário Popular
Quote:
Originally Posted by luancarpe View Post
Duplicação do Contorno de Pelotas recebe obras em mais um trecho
12 de setembro de 2012


Obras no Contorno de Pelotas ocorrem nos dois lotes - Foto: Solano Ferreira / STE Engenharia

A duplicação dos 24kms do Contorno de Pelotas, entre a BR-116 e a BR-392, ganhou mais uma frente de trabalho nesta semana. Na segunda-feira, o Consórcio SBS Engenharia e Construções AS., MAC Engenharia Ltda e Construtora Pelotense Ltda. iniciou a limpeza do terreno no entorno do km 523 da BR-116, no lote 1-B.

Já no lote 1-A, a obra está em fase de terraplenagem no km 522. Em alguns trechos, já houve a supressão da vegetação e limpeza do terreno. Segundo o supervisor de campo da STE, Francisco Feiten, a construtora HAP, a terraplenagem está sendo realizada em uma das margens do alague da Barragem Santa Bárbara.

No dia 9 de agosto, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) concedeu a licença ambiental que autorizou o começo da duplicação.

Já no dia 20 de agosto, o Ibama deu permissão para a retirada de vegetação e intervenção em área de preservação permanente.

A obra no Contorno de Pelotas, da ponte do Retiro (na BR-116) ao Canal São Gonçalo (na BR-392), está orçada em R$ 430,65 milhões. Além do trecho que será duplicado, a rodovia terá onze viadutos e três pontes (veja relação abaixo). A previsão é que a obra seja executada em três anos.

A obra foi dividida em dois lotes:

Lote 1 A = Construtora HAP Engenharia Ltda. Duplicação de 11,01km = Do km 511,758 ao km 522,768 (BR-116). Investimento de R$ 218,18 milhões.

Lote 1 B = Consórcio SBS Engenharia e Construções AS., MAC Engenharia Ltda e Construtora Pelotense Ltda. Duplicação de 12,682km = Do 522,768 ao 527,680 (totalizando 4,912km) na BR-116 e do Km 60,631 ao 68,400 (totalizando 7,77km) da BR-392. Investimento de R$ 212,47 milhões.

Estamos em Obras
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea  
Old September 17th, 2012, 02:10 AM   #2220
GersonLDN
-*-*-*-
 
GersonLDN's Avatar
 
Join Date: Mar 2005
Location: London-UK/Porto Alegre-BR
Posts: 12,523
Likes (Received): 2560


.
.
.
.
.

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1547505




GersonLDN no está en línea  
Closed Thread

Tags
rio grande do sul

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 02:29 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu