daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Lisboa > Projectos



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old November 22nd, 2012, 11:34 AM   #3961
visconde
Registered User
 
visconde's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Ispra, Varese, Italy
Posts: 5,657
Likes (Received): 258

Quote:
Originally Posted by User1234 View Post
Mas este estacionamento foi construído à pouco tempo? Sempre existiu desde a requalificação da praça?

Estou a ver que estamos a voltar ao passado!
sempre existiu... esses senhores têm direito a um pilarete movel que baixa só para eles

voltar ao passado? nao.. antes estacionavam todos, agora estacionam apenas os que têm motorista e BMW.. se nao estacionassem ali como é que eles iam para o trabalho? achas que conseguiam andar desde o parque de estacionamento sem se cansarem?
visconde no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old November 22nd, 2012, 12:35 PM   #3962
PTBlackBird
Registered User
 
PTBlackBird's Avatar
 
Join Date: Sep 2012
Location: Lisbon
Posts: 411
Likes (Received): 132

Para ser franco, eu até acho compreensível o estacionamento provisório de carros de altas patentes do estado nessa zona.

Não nos podemos esquecer que apesar da nova vaga de munícipes e turistas para a zona (que é muito positiva) a mesma não deixa de ser um centro de poder (defesa, finanças, justiça, etc). O melhor de dois mundos é impossível.

É natural que secretários de estado e até ministros tenham de ter grande mobilidade e eu fico mais descansado sabendo que trabalham em vez de estarem a perder mais tempo no trânsito ou em parques de estacionamento perfeitamente atolados de veículos. É uma questão de preferência do pragmatismo sobre a estética (menos necessária nos tempos que correm...).
PTBlackBird no está en línea   Reply With Quote
Old November 22nd, 2012, 12:51 PM   #3963
visconde
Registered User
 
visconde's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Ispra, Varese, Italy
Posts: 5,657
Likes (Received): 258

Quote:
Originally Posted by PTBlackBird View Post
Para ser franco, eu até acho compreensível o estacionamento provisório de carros de altas patentes do estado nessa zona.

Não nos podemos esquecer que apesar da nova vaga de munícipes e turistas para a zona (que é muito positiva) a mesma não deixa de ser um centro de poder (defesa, finanças, justiça, etc). O melhor de dois mundos é impossível.

É natural que secretários de estado e até ministros tenham de ter grande mobilidade e eu fico mais descansado sabendo que trabalham em vez de estarem a perder mais tempo no trânsito ou em parques de estacionamento perfeitamente atolados de veículos. É uma questão de preferência do pragmatismo sobre a estética (menos necessária nos tempos que correm...).
portanto, presumo que todos os portugueses sejam pouco produtivos por terem de andar a pé?
e para eles estarem a trabalhar no gabiente o motorista tem de estar à porta durante horas?
o motorista nao os pode ir buscar/largar e quando nao sao necessarios vao meter o carro no subterraneo da camara? (que por acaso é 1 min a pé?)

eu e toda a populacao tambem preferiamos nao ter de perder tempo em muita coisa...
visconde no está en línea   Reply With Quote
Old November 22nd, 2012, 01:11 PM   #3964
MarcoSousa
Registered User
 
MarcoSousa's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 2,358
Likes (Received): 140

Ribeira das Naus só no próximo Verão

A primeira fase do projecto de requalificação da Ribeira das Naus, destinado a aproximar Lisboa do Tejo, vai estar concluída em Fevereiro.
A garantia foi dada ontem por António Costa, que acrescentou ainda que a segunda e última fase só estará terminada "no próximo Verão". Os trabalhos "estão a decorrer nos prazos previstos", disse o autarca, garantindo que, até ao final de 2014, o eixo entre o Campo das Cebolas e o Cais do Sodré deve estar totalmente reabilitado e devolvido aos lisboetas.

in Público
MarcoSousa no está en línea   Reply With Quote
Old November 22nd, 2012, 02:11 PM   #3965
PTBlackBird
Registered User
 
PTBlackBird's Avatar
 
Join Date: Sep 2012
Location: Lisbon
Posts: 411
Likes (Received): 132

Quote:
Originally Posted by visconde View Post
portanto, presumo que todos os portugueses sejam pouco produtivos por terem de andar a pé?
e para eles estarem a trabalhar no gabiente o motorista tem de estar à porta durante horas?
o motorista nao os pode ir buscar/largar e quando nao sao necessarios vao meter o carro no subterraneo da camara? (que por acaso é 1 min a pé?)

eu e toda a populacao tambem preferiamos nao ter de perder tempo em muita coisa...
Eu compreendo como é óbvio tudo o que estás a dizer e concordo. Mas se olhares para exemplos estrangeiros de referência, o que tu vês é uma máquina de produtividade governativa com base na mobilidade.

É claro que o motorista tem que está lá à espera! Então e se for necessário para uma deslocação?

Do mesmo modo que isto não me choca, o que eu acho mesmo mal é o pouco que se paga aos políticos. Se tivéssemos dispostos a pagar mais (todos nós), então de certeza que os melhores em cada área, em vez de irem para o estrangeiro ou para grandes empresas, procurariam ir para os lugares da governação para substituir estes asnos parasitas que lá estão.

Quanto é que achas que ganha o Mexia? Quanto ganha o Zeinal Bava? Esses não têm motorista 24h? Claro que têm e apresentam bons resultados aos seus accionistas! Por isso é ainda lá estão.

Ponham no governo pessoas competentes e pagam-lhes muito bem! Assim este país acabará por ir para a frente de uma maneira ou de outra.
PTBlackBird no está en línea   Reply With Quote
Old November 22nd, 2012, 05:19 PM   #3966
DiogoSanches
Registered User
 
DiogoSanches's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Lisboa
Posts: 184
Likes (Received): 29

Nem acredito que fizeram esses tags.... Essa parede estava limpa, ainda há pouco tempo. Deve ter sido no dia daquela última manifestação maior.
DiogoSanches no está en línea   Reply With Quote
Old November 22nd, 2012, 07:02 PM   #3967
Reflex
30k
 
Reflex's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisboa
Posts: 30,088
Likes (Received): 289

Quote:
Originally Posted by PTBlackBird View Post
Eu compreendo como é óbvio tudo o que estás a dizer e concordo. Mas se olhares para exemplos estrangeiros de referência, o que tu vês é uma máquina de produtividade governativa com base na mobilidade.

É claro que o motorista tem que está lá à espera! Então e se for necessário para uma deslocação?

Do mesmo modo que isto não me choca, o que eu acho mesmo mal é o pouco que se paga aos políticos. Se tivéssemos dispostos a pagar mais (todos nós), então de certeza que os melhores em cada área, em vez de irem para o estrangeiro ou para grandes empresas, procurariam ir para os lugares da governação para substituir estes asnos parasitas que lá estão.

Quanto é que achas que ganha o Mexia? Quanto ganha o Zeinal Bava? Esses não têm motorista 24h? Claro que têm e apresentam bons resultados aos seus accionistas! Por isso é ainda lá estão.

Ponham no governo pessoas competentes e pagam-lhes muito bem! Assim este país acabará por ir para a frente de uma maneira ou de outra.
Concordo com o que dizes, mas estou certo que se o carro estivesse estacionado no subterrâneo da CML, como referiu o visconde, o prejuizo não seria assim tão grande. Pergunto-me quanto tempo por dia costumam estar os carros lá estacionados. Mas, para irem aparecendo consecutivamente nas fotos que o pessoal vai tirando, diria que não é só uma coisa tipo "hop on hop off"...
__________________
"Not knowing it was impossible, he did it."
Reflex está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 22nd, 2012, 09:51 PM   #3968
_Rick_
Registered User
 
_Rick_'s Avatar
 
Join Date: Nov 2007
Location: Lisboa
Posts: 2,183
Likes (Received): 24

Quote:
Originally Posted by PTBlackBird View Post
É claro que o motorista tem que está lá à espera! Então e se for necessário para uma deslocação?
Mesmo que isso tudo que dizes fosse crítico, não justifica o que se vê. Se for necessário para uma deslocação, é avisado atempadamente e vai buscar o veículo ao local adequado de estacionamento estando naquela zona apenas o tempo estritamente necessário para entrada e saída de passageiros.

Não é nenhum conceito super inovador que se tem de inventar de origem. Acontece em muito sítio e com pessoas com bem mais importância.

A questão aqui é que o carro ali fica estacionado por longos períodos de tempo.
_Rick_ no está en línea   Reply With Quote
Old November 23rd, 2012, 12:22 AM   #3969
Filipe_Teixeira
Registered User
 
Filipe_Teixeira's Avatar
 
Join Date: Dec 2005
Location: Olivais, Lisboa
Posts: 7,913
Likes (Received): 335

publico.pt:

"Os trabalhos de restauro da estátua equestre do Terreiro do Paço começaram há quatro meses e só terminam em Agosto. No fim, e 490 mil euros depois, a estátua deverá ficar cinzento-escura"
__________________
Portuguese SSC member

Lisboa
Filipe_Teixeira no está en línea   Reply With Quote
Old November 23rd, 2012, 12:56 AM   #3970
luisribeiro
Registered User
 
Join Date: Dec 2009
Location: Lisboa - Guimarães
Posts: 3,018
Likes (Received): 481

Quote:
Originally Posted by Filipe_Teixeira View Post
publico.pt:

"Os trabalhos de restauro da estátua equestre do Terreiro do Paço começaram há quatro meses e só terminam em Agosto. No fim, e 490 mil euros depois, a estátua deverá ficar cinzento-escura"

Pena. Gostava dela em dourado.
luisribeiro no está en línea   Reply With Quote
Old November 23rd, 2012, 01:19 AM   #3971
Filipe_Teixeira
Registered User
 
Filipe_Teixeira's Avatar
 
Join Date: Dec 2005
Location: Olivais, Lisboa
Posts: 7,913
Likes (Received): 335

D. José I e o seu cavalo vão deixar de ser verdes até ao próximo Verão.



D. José I e o seu cavalo vão deixar de ser verdes até ao próximo Verão
Por Lucinda Canelas in Público
Os trabalhos de restauro da estátua equestre do Terreiro do Paço começaram há quatro meses e só terminam em Agosto. No fim, e 490 mil euros depois, a estátua deverá ficar cinzento-escura
Lá de cima o Tejo parece ainda maior, mais aberto. Há 236 anos que D. José I tem aquela vista do rio. Agora, rodeado de andaimes, conta também com os técnicos de conservação que estão a estudar e restaurar a sua estátua equestre, uma criação do escultor Joaquim Machado de Castro, inaugurada no 61.º aniversário do rei (6 de Junho de 1775), quando a cidade estava ainda a ser reconstruída e o arco da Rua Augusta não existia. Da plataforma junto às patas do cavalo é hoje difícil imaginar um Terreiro do Paço sem os edifícios amarelos concluídos - para a festa de anos de D. José foi preciso construir uns a fingir, como num cenário de ópera.
O restauro da estátua, a obra mais importante daquele que é considerado o maior escultor português, começou em Agosto e deverá prolongar-se até ao Verão. António Costa, presidente da Câmara de Lisboa, visitou ontem o estaleiro da Nova Conservação, a empresa que está a executar os trabalhos orçados em 490 mil euros e financiados pelo braço português da World Monument Fund (WMF), uma organização privada que se dedica à preservação do património.
De capacete e máquina fotográfica, o autarca percorreu as plataformas dos andaimes, atento a cada detalhe do conjunto. "A riqueza decorativa que a estátua tem demonstra bem a importância deste restauro", disse aos jornalistas, falando do projecto que vai tirar ao rei e ao seu cavalo a pátina verde que hoje têm como "uma das últimas obras" da Praça do Comércio. Depois de concluída, explicou, ficam a faltar as fachadas dos edifícios, a iluminação que dará à praça a leitura cénica que merece e a instalação de um elevador no Arco da Rua Augusta. O autarca quer que esta comece já no próximo ano.
Os trabalhos a cargo da WMF, entidade que já esteve envolvida no restauro de dois dos mais importantes monumentos portugueses, a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerónimos, fazem parte de um programa mais vasto dedicado ao escultor, que incluiu uma grande exposição no Museu Nacional de Arte Antiga e um colóquio internacional organizado pela Universidade Autónoma.
É José Ibérico Nogueira, coordenador do projecto pela WMF, quem explica os principais problemas de conservação da estátua, uma maravilha da técnica no século XVIII: 35 mil quilos de metal que levou 28 horas a derreter e apenas sete minutos e 53 segundos a verter para a forma (tudo curiosidades que se podem ler no tapume da obra). "A poluição do trânsito e a salinidade, com o rio aqui ao pé, foram corroendo os materiais e cobrindo a pedra e o metal de manchas, dando à estátua aquela coloração verde que a do Marquês [de Pombal] tinha antes do restauro", explica ao PÚBLICO, colocando muitas reservas à possibilidade de alguma vez ter sido dourada, hipótese recentemente levantada.
"As estátuas dos monarcas franceses eram muitas vezes folheadas a ouro, para manter o dourado, o que não aconteceu aqui", diz, acrescentando que o Terreiro do Paço era à data conhecido na Europa como a Praça do Cavalo Negro. Nuno Proença, o técnico da Nova Conservação que dirige a obra, diz que é ainda muito cedo para tirar conclusões quanto ao aspecto que a estátua teria. "O que podemos dizer, com base num relatório do Laboratório Nacional de Engenharia Civil que já tem alguns anos e nos estudos que estamos a fazer, é que não é de bronze, como [o próprio] Machado de Castro escreve."
A estátua equestre do monarca, peça central da revitalização da cidade pós-terramoto, tem uma estrutura interna em ferro, com seis toneladas, e é feita em latão almirantado, "uma liga metálica composta por cobre, estanho e alumínio, muito usada nas embarcações", explica o coordenador de projecto da WMF. "Com tamanha concentração de estanho, dificilmente teria um aspecto dourado." Ibérico Nogueira diz que o mais provável é que fosse em cinzento-escuro, "muito semelhante ao que tem hoje a do marquês". E é a essa cor que deverá voltar em Agosto.
Até lá, muitos estudos e trabalhos estão ainda previstos. Antes do fim do mês, por exemplo, vai ser feita uma endoscopia ao cavalo, explica Proença: "Vamos introduzir-lhe uma sonda através de um buraco na barriga para avaliar a estrutura que, em princípio, não apresenta grandes problemas de estabilidade". Terá sido através desse furo que na anterior intervenção de limpeza (foi feita uma em 1926 e outra em 1983) foram retirados três mil litros de água que nela se tinham infiltrado.
Com o restauro e os estudos a ele ligados poderão acrescentar-se elementos à leitura do programa iconográfico desta obra de Machado de Castro. Por que insistiu ele em pôr uma coroa de louros sobre o elmo de D. José? Será uma pequena vingança por não o terem deixado vestir o rei como se fosse um imperador romano? Provavelmente nunca viremos a saber.
__________________
Portuguese SSC member

Lisboa
Filipe_Teixeira no está en línea   Reply With Quote
Old December 3rd, 2012, 07:16 PM   #3972
nunogcarvalho
Registered User
 
Join Date: May 2012
Posts: 68
Likes (Received): 8

A Estação Fluvial do Terreiro do Paço ás vezes aparece na internet como estação ferroviária. Afinal é o quê? Sabem-me dizer?

Já agora, alguem pode pôr fotos dessa zona? Gostaria de saber como está. Já não vou ao terreiro do paço há... anos!
nunogcarvalho no está en línea   Reply With Quote
Old December 3rd, 2012, 07:46 PM   #3973
6oncalo
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Oeiras-Lisboa
Posts: 1,746
Likes (Received): 232

Fluvial é fluvial, barcos...
Tem também (mas não exactamente no mesmo edificio) uma estação de metropolitano (daí provavelmente esse ferroviário).
6oncalo no está en línea   Reply With Quote
Old December 3rd, 2012, 08:06 PM   #3974
Oponopono
Registered User
 
Join Date: Aug 2009
Posts: 14,098
Likes (Received): 366

O ferroviário vem de tempos muito anteriores. A estação de Sul e Sueste foi construída para dar ligação aos comboios para todo o Sul de Portugal que partiam do Barreira e foi construída e explorada precisamente pela Companhia dos caminhos de Ferro do Sul e Sueste tal como os barcos Lisboa-Barreiro. Posteriormente pela CP, claro, até muito recentemente. Não sei precisar quando mas algures nos últimos 10-15 anos.

Enquanto esteve incluída nas companhias ferroviárias a sua exploração era feita integrada no caminho de ferro e, aliás, em tempos os barcos partiam com o sinal de partida dado pelo chefe de estação como um comboio numa estação ferroviária.

Daqui o termo estação ferroviária, por sempre ter estado integrada nas redes ferroviárias e funcionar, para estas, como uma estação ferroviária. Era o términus das redes ferroviárias do Sul de Portugal.
Oponopono no está en línea   Reply With Quote
Old December 4th, 2012, 12:18 PM   #3975
Luís Raposo Alves
Registered User
 
Luís Raposo Alves's Avatar
 
Join Date: Oct 2008
Location: LX
Posts: 10,580
Likes (Received): 824

exacto. e julgo que na porta tem o símbolo da CP e tudo...
__________________
L I S B O A S E S I M B R A S I N T R A P A L M E L A C A S C A I S S E T U B A L M A F R A T R O I A
Luís Raposo Alves no está en línea   Reply With Quote
Old December 4th, 2012, 12:20 PM   #3976
Luís Raposo Alves
Registered User
 
Luís Raposo Alves's Avatar
 
Join Date: Oct 2008
Location: LX
Posts: 10,580
Likes (Received): 824

Quote:
Originally Posted by MarcoSousa View Post
Ribeira das Naus só no próximo Verão

A primeira fase do projecto de requalificação da Ribeira das Naus, destinado a aproximar Lisboa do Tejo, vai estar concluída em Fevereiro.
A garantia foi dada ontem por António Costa, que acrescentou ainda que a segunda e última fase só estará terminada "no próximo Verão". Os trabalhos "estão a decorrer nos prazos previstos", disse o autarca, garantindo que, até ao final de 2014, o eixo entre o Campo das Cebolas e o Cais do Sodré deve estar totalmente reabilitado e devolvido aos lisboetas.

in Público
a 1ª fase abre já em fevereiro?!?! a segunda fase abre já no verão!? sinceramente parece-me pouco tempo.
__________________
L I S B O A S E S I M B R A S I N T R A P A L M E L A C A S C A I S S E T U B A L M A F R A T R O I A
Luís Raposo Alves no está en línea   Reply With Quote
Old December 5th, 2012, 01:29 PM   #3977
nunogcarvalho
Registered User
 
Join Date: May 2012
Posts: 68
Likes (Received): 8

Quote:
Originally Posted by Oponopono View Post
O ferroviário vem de tempos muito anteriores. A estação de Sul e Sueste foi construída para dar ligação aos comboios para todo o Sul de Portugal que partiam do Barreira e foi construída e explorada precisamente pela Companhia dos caminhos de Ferro do Sul e Sueste tal como os barcos Lisboa-Barreiro. Posteriormente pela CP, claro, até muito recentemente. Não sei precisar quando mas algures nos últimos 10-15 anos.

Enquanto esteve incluída nas companhias ferroviárias a sua exploração era feita integrada no caminho de ferro e, aliás, em tempos os barcos partiam com o sinal de partida dado pelo chefe de estação como um comboio numa estação ferroviária.

Daqui o termo estação ferroviária, por sempre ter estado integrada nas redes ferroviárias e funcionar, para estas, como uma estação ferroviária. Era o términus das redes ferroviárias do Sul de Portugal.
Mas alguma vez houve comboios a parar lá?
Não consegui arranjar essa informação....
nunogcarvalho no está en línea   Reply With Quote
Old December 5th, 2012, 06:16 PM   #3978
Reflex
30k
 
Reflex's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisboa
Posts: 30,088
Likes (Received): 289

Quote:
Originally Posted by nunogcarvalho View Post
Mas alguma vez houve comboios a parar lá?
Não consegui arranjar essa informação....
Não. O terminus foi sempre em Santa Apolónia (ou Rossio ou Cais do Sodré conforme a linha).
__________________
"Not knowing it was impossible, he did it."
Reflex está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 5th, 2012, 06:20 PM   #3979
Oponopono
Registered User
 
Join Date: Aug 2009
Posts: 14,098
Likes (Received): 366

Bueno, não exactamente, Reflex. Comboios de passageiros realmente tens razão e mesmo Santa Apolónia só é terminal deles desde meados dos 1950s. Mas comboios de mercadorias chegaram a ir até lá pelas linhas junto ao rio em tempos muito idos.
Oponopono no está en línea   Reply With Quote
Old December 5th, 2012, 06:54 PM   #3980
PortoNuts
Registered User
 
PortoNuts's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Porto
Posts: 20,738
Likes (Received): 1034

Quote:
Originally Posted by MarcoSousa View Post
Ribeira das Naus só no próximo Verão

A primeira fase do projecto de requalificação da Ribeira das Naus, destinado a aproximar Lisboa do Tejo, vai estar concluída em Fevereiro.
A garantia foi dada ontem por António Costa, que acrescentou ainda que a segunda e última fase só estará terminada "no próximo Verão". Os trabalhos "estão a decorrer nos prazos previstos", disse o autarca, garantindo que, até ao final de 2014, o eixo entre o Campo das Cebolas e o Cais do Sodré deve estar totalmente reabilitado e devolvido aos lisboetas.

in Público
Espero bem que trabalhem 24h/7 dias. Pelas últimas fotos parece um prazo demasiado apertado...
__________________
Got one head for money and one head for sin..
PortoNuts no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
lisboa

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 08:50 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu