daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Arquitetura e Discussões Urbanas



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 1 votes, 5.00 average.
Old October 9th, 2009, 11:39 PM   #1
muckie
Registered User
 
muckie's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Rio de Janeiro
Posts: 9,452
Likes (Received): 3314

Migração interna...

Como fecharam outro thread sobre migração, proponho abrir um outro para discutir o tema... mas de maneira racional, inteligente e educada...

Assim quem sabe a função de "forum" como centro de discussões interessantes prevaleça...

Concordo que o thread fechado estava cheio de asneiras...

Last edited by muckie; October 10th, 2009 at 12:43 AM.
muckie no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old October 10th, 2009, 12:08 AM   #2
Luk's
do mundo
 
Luk's's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: London
Posts: 5,072
Likes (Received): 7937

Ah eu curto bastante esse assunto de migração. Sempre estou procurando novos dados, mas acho que poderia incluir também sobre imigração!
__________________
SEGURA ESSA MARIMBA!!

Last edited by Luk's; October 10th, 2009 at 03:27 AM.
Luk's no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2009, 12:10 AM   #3
muckie
Registered User
 
muckie's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Rio de Janeiro
Posts: 9,452
Likes (Received): 3314

Para começar... gostaria de reply alguns argumentos do Cacique... Visando seu interesse pelo tema, senti a necessidade de compartilhar alguns conhecimentos que não poderiam passar desapercebidos...

Quando voltar do litoral, sinta-se livre para resonder....

Quote:
Na verdade eu queria era saber desde quando o Rio foi urbanizado e com apenas moradias dignas. A proliferação de doenças (Febre amarela, Varíola, Cólera e etc) que indentificava o Rio e o Brasil colonial no século XVII como "Inferno das américas" não era por outro motivo, urbanização precária, moradias a beira de esgotos, falta de água potável. No livro história da saúde pública do Brasil - Da colonização à república: a raiz da doença, no capitulo 1 fala que o Rio e o Brasil ainda no reinado de Dom Pedro II tinha fama de ser um dos paises mais insalubres do planeta. Só muito adiante, entre 1902 -1906) que Pereira Passos começou a determinar a retirada de milhares de pobres (Cariocas mesmo descendentes de escravos) que viviam em prédios antigos transformados em cortiços.

Mas essa cultura do "A culpa é do fulano" é antiga, ainda no império atribuiam ao furunfa de doenças e epidemias aos miasmas, "criatures sobrenaturais do alem-mar" que levavam as doenças a capital do Império, fazendo que que muitos cariocas evitassem a brisa do mar. Hoje não mudou muito.

Mais adiante, com a centralização, foi inevitavel a chegada de pobres trabalhadores de todo o país (não apenas do nordeste), mas a raiz dos problemas ja existiam (Em todo o Brasil). A incompetência, por trás desses problemas, está muito alem da chegada de retirantes. Quem desconsidera a raiz do problema é mais ignorante que o pobre imigrante.
Vejo que voce aprendeu história do Rio em partes. Mas vamos lá... É certo que o Rio já fora chamado de "Inferno nas Américas"... principalmente quando comparada às demais metrópoles latinas como Bs. As. e Montevideo...

Por outro lado, devemos saber que o Rio era a única metrópole brasileira no século XIX... Aproximando-se de 1 milhão de habitantes na virada do século... Visto isso, os livros de história resumidos Brasil a fora não mosrtam que a industrialização nacional se iniciou no antigo DF. Em meados do século XIX, a cidade ja recebia uma enxurrada de imigrantes, principalmente dos Estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro... que inchavam os cortiços do Centro... Resultando assim nas 2 epidemaias avassaladoras... Haviam os escravos libertos também, mas a cidade já atraia centenas de milhares de imigrantes...

Em resposta à tais crises, medidas sanitaristas acabaram "civilizando" o centro da metrópole... o Rio foi a primieira capital a ter sistemas de esgotamento sanitário, drenagem urbana e iluminação pública (perdendo para Campos)... visto que as demais cidades nacionais não eram tão grandes...

Ou seja... vc mosrta um lado da moeda... mas não sabia que foi a primeira cidade a se civilizar... Mas enfim... na virada do século XIX para o XX... o ex DF passou por uma séria política de regularização urbanística... onde todas as construções eram severamente fiscalizada de modo a proporcionar uma arquitetura arejada e confortável... evidenciadas no eterno mar de sobrados espraiados nos subúrbios cariocas (atual Zona Norte) que se espraiavam até quase Marechal Hermes....

Em paralelo, a cidade tinha a 5° maior rede de transporte ferroviário urbano do mundo na virada do século... Com suas linhas de trem (as mesmas de hoje), assim como um complexo sistema capilar de bondes que ligavam as principais ruas da Zona Sul à Zona Oeste...

Foi nesse período que ocorre a Reforma Pereira Passos (1906)... criou-se um sistema de bulevares, arborização urbana por toda a cidade, erradicando todos os cortiços da cidade, além da construção do porto mais moderno do mundo para a época...

De fato, a feição da cidade era outra... passou a ser a primeira metrópole civilizada do país... Com os imigrantes ocupando seus gigantescos subúrbios em charmosos sobrados...

Ná década de 10-20, surge a primeira favela: o Morro da Providencia. A princípio tímida com os soltados retomados de Canudos, ganhou uma expressão de vila com a demolição do maior cortiço da cidade: o Cabeça de Porco... mas era relativamente medíocre em tamanho se comparada com a metrópole milionária...

Continua...

Last edited by muckie; October 10th, 2009 at 01:58 AM.
muckie no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2009, 12:43 AM   #4
muckie
Registered User
 
muckie's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Rio de Janeiro
Posts: 9,452
Likes (Received): 3314

A industrialização carioca avança cada vez mais... modernizando a cidade. Mas com a potência da força assalariada do campo paulista, feita por colonatos europeus, acaba acelerando indústria paulista... até que na década de 20 SP ultrapassa o DF como o estado mais industrializado da nação... imprimindo então sua eterna marca de estado da indústria...

mas nem por isso o Rio parou de se expandir no segundo setor... Até meados do século XX, o antigo DF (atual município do Rio) era o segundo estado mais rico e industrializado da nação... Que não parou de crescer até a década de 70... só que numa velocidade abaixo da paulista....

Não é à toa que a metrópole carioca atinge seus 6 milhões já na metade do século...

Por outro lado, outra corrente migratória passa a inchar a cidade... oriunda do NE... (Não pretendo ser preconceituoso, apenas passar uma realidade...)... As cidades da Baixada Flumiense tem a maioria esmagadora da população de origem Nordestina, seguida por fluminenses...

É nesse período (1920-1960) que as favelas passam a brotar nas áreas mais próximas ao núcleo metropolitano: Gde Tijuca, Gde Centro, algo na Z. Sul...

Em contraponto, havi sim uma forte política habitacional, dotando a cidade com o maior número de conjuntos habitacionais até então... muitas favelas foram removidas... mas infelizmente o legislativo e judiciário passaram a imunizar as invasões... Mas como o DF tinha recursos, consguia se administrar...

Foi na década de 50, por exemplo, que aterraram boa parte da Orla Norte carioca para abrir a Avenida Brasil e vastos terrenos destinados à indústria... Seria o novo zoneamento industrial da cidade... com o tempo, algumas favelas foram surgindo no entorno das indústrias... mas nada comparado à hoje..

De repente, com a transferência da Capital, a cidade perde forte parcela de seu sua atividade de serviços públicos... Mas em compensação, o Estado da Guanabara continou se industrializando de maneira pesada e recebendo milhões de migrantes... que ocupavam as cidades dormitório da Baixada...

Mais favelas se formavam, pois o inchamento sai do controle... vivíamos o mesmo que SP, apenas um pouco menor... Mas ainda havia planejamento...

Entretanto, a tragédia se dá nos anos 70 com a fusão com o Estado do Rio de Janeiro... onde a política carioca perde representatividade abrindo espaço para populistas... estes que se aproveitaram da habitação informal e de imigrantes para se consolidar no poder

Mas ainda faltava a cereja do polo o contente... infelizmente com a total falta de gestão estadual... (óbvio, anexaram artificialmente 2 estados sem vínculo na canetada)...e a crescente presença e gestão de SP, que passou a se firmar como cidade de serviço, com melhor gestão e força estadual, culminou na tranferência da capital financeira nos anos 80 para nossa irmã...Além disso, perdemos o setor midiático e de indústrias criativas que eram até então sediadas no RIO...

Era uma cena de o último a sair que apagasse a luz...

Mas voltando ao ponto de civilização... dá pra imaginar o estrago... as favelas explodem... ocupam antigas áreas industriais... até que passaram a crescer mais do que a população formal... não sendo mais oriunda da migração nordestina... mas do empobrecimento do operariado carioca...

Até que na década de 90, como o estímulo político à favelizãção se consolida, a migração nordestina prossegue e o RIo passa a ser a metrópole das favelas... Onde a linda zona norte, de sobrados ecléticos vai se degradando... onde as matas vão sendo ocupadas cada x mais...

Baseado na referência:

- ABREU, Mauricio de. A.evolução urbana do Rio de Janeiro. RJ., IPLANRIO/ Zahar, 1987.

Last edited by muckie; October 10th, 2009 at 02:09 AM.
muckie no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2009, 12:50 AM   #5
Rekarte
Registered User
 
Rekarte's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: Ketu, Kingdom of Dahomey
Posts: 34,265
Likes (Received): 28448

Adoro este tema
eu gosto,principalmente de imigrantes internacionais,eles se esforçam mais,principalmente quando vem de um país muito pior que o Brasil,gostaria de incentivar a imigração a Salvador,mais a cidade,já esta extremamente densa
mas pensarei em fazer isso,em outras areas do estado,principalmente com chineses,eles tem algo,que eh sobrenatural,um empreendedorismo incrivel(falo por experiencia propia)
__________________
Comó ogue atôtô orisá
obá alabaxé kzambi ki osauá
Rekarte no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2009, 12:53 AM   #6
Tamarindo Cobra
Inconsciente Coletivo
 
Tamarindo Cobra's Avatar
 
Join Date: Feb 2006
Location: Cidade Sanduiche
Posts: 6,114
Likes (Received): 87

Tabela 631 do Sidra.
__________________
Questione tudo. Aprenda algo. Responda nada.

Tamarindo Cobra no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2009, 01:07 AM   #7
muckie
Registered User
 
muckie's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Rio de Janeiro
Posts: 9,452
Likes (Received): 3314

Resumindo>

É importante frisar fatos importantes de nossa história para desmistificar uma cultura simplificada dos livros atuais...

Mostra que a cidade sofreu sim atentados à sua estrutura que culminaram na grande crise urbana...

Segundo um professor de urbanismo, a cidade perdeu justamente os setores que a estruturaram como metrópole...

1. Indústria - De 1890s a 1970... como o segundo estado mais industrializado, responsavel pela atração de milhões de emigrantes...

2.Transferência da Capital - outro fator importantíssimo para a formação da metrópole carioca... dotando a como a maior cidade brasileira até meados do século XX...

3. Etc faz parte da conjuntura de decadência...


O que nos sobra? A oportunidade de gerar economia criativa para re-estruturar essa grande massa... Mas com a máfia populista no poder fluminense... fica difícil
muckie no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2009, 01:14 AM   #8
marcovsk
Registered User
 
Join Date: Dec 2006
Location: Maringá/Umuarama, Paraná - Brasil
Posts: 2,695
Likes (Received): 1738

edit

Também adoro esse tema.
marcovsk no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2009, 01:37 AM   #9
lusorod
LUSOROD
 
lusorod's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: SAO PAULO/LONDON
Posts: 8,796
Likes (Received): 1223

Muito legal a discussão aprendi muito sobre a história do Rio! To adorando
__________________
LUSOROD

((((((((((MUITO AMOR NA SUA ALMA))))))))))))))))
lusorod no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2009, 03:43 AM   #10
LucasFPC
Registered User
 
LucasFPC's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: Goiânia
Posts: 206
Likes (Received): 1

Migração me lembra Brasília.. rsrs.
LucasFPC no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2009, 10:10 PM   #11
danieldantas
Registered User
 
danieldantas's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Natal/RN
Posts: 1,708
Likes (Received): 144

Os pais da minha mãe vieram da PB para o RN e um dos meus tios foi morar em PE, migração tímida.

Minha avó veio toda a sua familia do Seridó para Natal quando meu avô fazendeiro morreu em 1969...

história grande mermo é a origem dessa 4 familias das quais eu sou descendente, Ramos + Pereira(por parte de mãe) e Araújo + Dantas(por parte de pai), com exceção do Dantas, todas são familias judias condenadas em Portugal na inquisição que emigraram para o Brasil.
danieldantas no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2009, 10:43 PM   #12
Emanuel Paiva
Registered User
 
Emanuel Paiva's Avatar
 
Join Date: Oct 2008
Location: Rio de Janeiro
Posts: 29,775
Likes (Received): 6337

Penso que migração sempre existirá no Brasil, porém de forma mais "tímida" hoje do que no passado. Mesmo porque as cidades cresceram bastante, não havendo tanta necessidade de mudanças, a não ser um salário irrecusável
__________________
Meus trabalhos fotográficos
Emanuel Paiva no está en línea   Reply With Quote
Old October 12th, 2009, 10:52 PM   #13
Rajude
Registered User
 
Rajude's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,602

Durante todo o período histórico da civilização humana, muito se debateu e ainda se debate, sobre a questão do desenvolvimento, pois embora neste tópico estejamos mencionando migração, é natural que esta influa diretamente na questão do desenvolvimento do Brasil durante sua história.

Não gosto de quem tenta parecer o politicamente correto, mas é fato que, muitos tentam culpar o que ocorreu de maneira parcial em algumas grandes cidades Brasileiras, a questão da migração, contudo discordo desta tese, defendida por muitos, mesmo que de maneira indireta.

O retrato do modo como você vive, do país, do estado e do município em que você vive, é um reflexo direto dos governantes que foram eleitos para governar a sua nação, o seu estado, e o seu município, durante toda a história.

Os cidadãos nordestinos vieram para a região sudeste do Brasil em busca de uma vida melhor, era uma esperança que eles possuíam de progredirem na vida, e de esperarem que seus filhos e netos não vivessem algo parecido com o que estavam acostumados.

Embora uma parte dos migrantes realmente tenha melhorado de vida, uma parte substancial permaneceu vivendo na mesma situação em que lá viviam, senão de maneira pior.

Isto poderia ter sido evitado, ou pelo menos, poderia ter sido melhor, se os políticos que estiveram no poder neste período fossem outros, contudo, é necessário ressaltar que, por mais que o político possa ser competente, em determinadas ocasiões o Estado não tem recursos suficientes para bancar tais questões de maneira efetiva, mas certamente, poderiam ter minimizado.

Muitos poderão discordar de mim, no entanto, acredito que uma maneira de ter tornado isto menos "catastrófico", seria impedir parcialmente a migração neste período, e por uma razão muito simples: A partir de certo ponto, quando a migração permanecia, eles passaram a ser atraídos por uma realidade que não existia, e quando chegavam a São Paulo, sobretudo durante a década de 80, encontravam uma realidade diferente da prometida, e passavam a morar em favelas, onde muitos, até hoje, residem.

O método correto de contornar isto seria, não apenas restringir parcialmente a migração, mas, sobretudo, dar razões para que estes cidadãos não quisessem sair de onde estavam vivendo, ou seja, dar bases desenvolvimentistas de longo prazo para a região nordeste do país, oferecendo as estas famílias, uma vida de digna e melhor, pois a migração foi prejudicial tanto para os cidadãos Nordestinos, quanto para os cidadãos Paulistas ou (não até então) Fluminenses.

Caso isto tivesse sido feito, aliada de outras medidas, hoje viveríamos em um país melhor, tanto os Nordestinos, quanto os Paulistas, assim como os Fluminenses, contudo não foi feita, por uma razão crucial notada no início deste post: Os políticos não foram competentes e não tiveram braço para lidar com o "politicamente correto", e deixaram a água do rio passar.

O país em que você vive, o seu Estado e município, é o retrato da própria população, pois é a população que vota nos políticos, e embora isto possa parecer "exacerbado" para alguns, os Brasileiros são os próprios culpados por isto, pois não puderam, e nem tampouco os políticos, saber dar um passo para trás, para depois dar dois passos para frente. Nós preferimos dar um passo para frente, para depois dar dois para trás.

Mas independente disto, o importante é aprender com as omissões ou erros do passado, assim como também os acertos, e aplicar este conhecimento no futuro, mas mais importante do que isto, acredito que isto é importante ser debatido, para que isto não venha ocorrer novamente algum dia, contudo, devemos debater isto pensando no futuro de nossa nação, de nosso estado, e da nossa cidade, e de toda a população, o que é mais importante.
__________________
Fallor ergo sum
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Old October 13th, 2009, 01:48 AM   #14
Danzin
Danielz - xdanielz
 
Join Date: Jan 2006
Posts: 1,693
Likes (Received): 16

Patético.

Restringir o direito de ir e vir das pessoas?

A culpa do país estar do jeito que está é dos Nordestinos?

"...o importante é aprender com as omissões ou erros do passado..."

Parece que tem gente que não aprende nunca.

Ridiculo demais.
Danzin no está en línea   Reply With Quote
Old October 13th, 2009, 03:28 AM   #15
LeandroFloripa
BANNED
 
Join Date: Sep 2009
Posts: 245
Likes (Received): 11

Quote:
Originally Posted by Danzin View Post
Patético.

Restringir o direito de ir e vir das pessoas?

A culpa do país estar do jeito que está é dos Nordestinos?

"...o importante é aprender com as omissões ou erros do passado..."

Parece que tem gente que não aprende nunca.

Ridiculo demais.

Eu não vi ele dizendo que era dos nordestinos, não faça drama também. mais ele falou muita merda realmente.
LeandroFloripa no está en línea   Reply With Quote
Old October 13th, 2009, 05:27 AM   #16
andrelot
BANNED
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 861
Likes (Received): 7

O direito de ir e vir dos brasileiros dentro do território nacional é algo sagrado que jamais poderia ou deveria sem sequer considerado como um objeto de "restrição".

De qualquer forma, eu discordo da tese de que a migração interna tende a se extinguir, embora ele já tenha um perfil bem mais diversificado. Mesmo nos EUA, por exemplo, há importantes movimentos migratórios ocorrendo entre regiões, dentro de cada estado etc. As pessoas não são "presas" ao local onde nasceram, isso só aconceteu nos países comunistas e, em certa medida, acontece hoje na China...
andrelot no está en línea   Reply With Quote
Old October 13th, 2009, 05:03 PM   #17
Kaique
Registered User
 
Kaique's Avatar
 
Join Date: Aug 2006
Location: Fortaleza/Rio de Janeiro
Posts: 7,388
Likes (Received): 485

Penso que o Rajude quis dizer que o mais acertado sería investir no desenvolvimento econômico e solcial das regiões que tradicionalmente emitem migrantes.

É nesse sentido que ele propõe restringir o movimento. Afinal, se o Estado investe no bem estar, diminui a vontade de mudar.

Por outro lado, tão pouco é justo que o Estado expulse alguém de sua terra natal. E isso se fez muito no Brasil durante as campanhas de guerra e os cíclos econômicos. Milhões foram tangidos para o chamados acampamentos nas regiões semi-áridas. Verdareiros campos de concentração onde famílias foram "deportadas" para a amazônia ou outras regiões úmidas.

Toda e qualquer forma de reorganização social e econômica, que não a determinda pelo governo central, foi severamente destruída. Vide Canudos e o Calderão. Até a força aérea foi usada para bombardear comunidades pobres de gente que apenas queria construir uma sociedade mais justa em um ambiente naturalmente hostil.

Na nossa história, via de regra, o mau venceu. E nossas cidades inchadas, cóticas de cidadãos paranóicos são um retrato disso. Governantes se aproveitam da ignorância dos pobres e das camadas médias. O real interesse social pelo bem estar não é levado em conta e, assim gera-se essa transumância. Pessoas em constante movimento em fuga ou em busca por melhores condições de vida.

Migrar é inerente ao ser humano, começamos em tribos nômades, mas descobrimos que melhor qualidade de vida, porconsguinte, felicidade veio com a sedentarização e o trabalho sobre a terra, em outras palavras, é cultivando o desenvolvimento em determinado lugar que conquistamos uma vida melhor.
Kaique no está en línea   Reply With Quote
Old October 13th, 2009, 07:44 PM   #18
LeandroFloripa
BANNED
 
Join Date: Sep 2009
Posts: 245
Likes (Received): 11

eu nao concordo que toda cidade tem que ser industrializada. se não acaba o charme do interior, das cidades onde a calmaria é o lema.

Eu acho que tem que investir em cidades que tem o DOM para ser industrializada como são paulo etc.

Cidadezinhas do interior não tem que ter desenvolvimento com a visão de se tornar centros urbanos.

não sei se conseguir fazer voces entenderem meu raciocinio
LeandroFloripa no está en línea   Reply With Quote
Old October 13th, 2009, 11:40 PM   #19
Rajude
Registered User
 
Rajude's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,602

Quote:
Originally Posted by Danzin View Post
Patético.

Restringir o direito de ir e vir das pessoas?

A culpa do país estar do jeito que está é dos Nordestinos?

"...o importante é aprender com as omissões ou erros do passado..."

Parece que tem gente que não aprende nunca.

Ridiculo demais.
Quote:
Originally Posted by LeandroFloripa View Post
Eu não vi ele dizendo que era dos nordestinos, não faça drama também. mais ele falou muita merda realmente.
Quote:
Originally Posted by andrelot View Post
O direito de ir e vir dos brasileiros dentro do território nacional é algo sagrado que jamais poderia ou deveria sem sequer considerado como um objeto de "restrição".

De qualquer forma, eu discordo da tese de que a migração interna tende a se extinguir, embora ele já tenha um perfil bem mais diversificado. Mesmo nos EUA, por exemplo, há importantes movimentos migratórios ocorrendo entre regiões, dentro de cada estado etc. As pessoas não são "presas" ao local onde nasceram, isso só aconceteu nos países comunistas e, em certa medida, acontece hoje na China...
Quote:
Originally Posted by Kaique View Post
Penso que o Rajude quis dizer que o mais acertado sería investir no desenvolvimento econômico e solcial das regiões que tradicionalmente emitem migrantes.

É nesse sentido que ele propõe restringir o movimento. Afinal, se o Estado investe no bem estar, diminui a vontade de mudar.

Por outro lado, tão pouco é justo que o Estado expulse alguém de sua terra natal. E isso se fez muito no Brasil durante as campanhas de guerra e os cíclos econômicos. Milhões foram tangidos para o chamados acampamentos nas regiões semi-áridas. Verdareiros campos de concentração onde famílias foram "deportadas" para a amazônia ou outras regiões úmidas.

Toda e qualquer forma de reorganização social e econômica, que não a determinda pelo governo central, foi severamente destruída. Vide Canudos e o Calderão. Até a força aérea foi usada para bombardear comunidades pobres de gente que apenas queria construir uma sociedade mais justa em um ambiente naturalmente hostil.

Na nossa história, via de regra, o mau venceu. E nossas cidades inchadas, cóticas de cidadãos paranóicos são um retrato disso. Governantes se aproveitam da ignorância dos pobres e das camadas médias. O real interesse social pelo bem estar não é levado em conta e, assim gera-se essa transumância. Pessoas em constante movimento em fuga ou em busca por melhores condições de vida.

Migrar é inerente ao ser humano, começamos em tribos nômades, mas descobrimos que melhor qualidade de vida, porconsguinte, felicidade veio com a sedentarização e o trabalho sobre a terra, em outras palavras, é cultivando o desenvolvimento em determinado lugar que conquistamos uma vida melhor.
Quote:
Originally Posted by LeandroFloripa View Post
eu nao concordo que toda cidade tem que ser industrializada. se não acaba o charme do interior, das cidades onde a calmaria é o lema.

Eu acho que tem que investir em cidades que tem o DOM para ser industrializada como são paulo etc.

Cidadezinhas do interior não tem que ter desenvolvimento com a visão de se tornar centros urbanos.

não sei se conseguir fazer voces entenderem meu raciocinio
Danzin
Você deveria aprender ser mais educado em determinadas circunstancias, e interpretar a dissertação de uma maneira adequada e não baseado em uma frase, que é o que parece ter feito, além de não fazer insinuações, para, então assim, fazer um comentário construtivo em relação a questão proposta, e não destrutiva, sendo esta contrária ou não, assim contribuindo para o debate, e não incluir questões irrelevantes baseadas em simples retóricas que não contribuem em absolutamente nada para tal.

--------------------------------------------------------------

Assim como o Kaique corretamente compreendeu, a questão não seria meramente restringir parcialmente a migração interna, mas sim, e, sobretudo, conforme já mencionei, dar condições para que as regiões mais pobres do país pudessem se sustentar, oferecendo a estas populações uma vida digna, pois caso isto ocorresse, estas famílias já não teriam o anseio de migrar a fim de procurar um local que lhe oferecesse melhores condições de vida, pois o teriam.

O ocorrido durante o período de grande migração existente no Brasil, é que as famílias que migravam para outras regiões do Brasil a fim de conquistar uma vida melhor, a partir de certo ponto, passaram a ser atraídas por uma realidade que não mais existia, sobretudo a partir da década de 80, e quando isto passou a ocorrer, estas famílias passavam a viver em uma condição igual ou pior a que viviam em sua terra natal quando migravam, e isto causava transtornos tanto para ela, quanto para a cidade na qual ela migrou, uma vez que passava a tornar os serviços oferecidos estagnados, e o poder público não mais poderia fazer tanta coisa, mesmo pelo tão incompetente quanto o fora. Isto é um pequeno parcial resumo do meu comentário anterior, ao qual se complementa.

Agora para os desentendidos, gostaria de ressaltar que, restringir não é sinônimo de proibir, e se assemelha mais a palavra limitar, e sempre quando a utilizei para tal fim, citei restringir parcialmente a migração, sob os parâmetros nos quais já mencionei nesta dissertação e na anterior, ou seja, a de oferecer uma vida digna para as populações migrantes, mas percebo que cada dia é mais difícil fazer comentários no SSC, uma vez que alguns não conseguem fazer uma interpretação adequada de um texto, insinua você ter dito coisas que não disse, e se faz de politicamente correto, além de pensarem que estamos interessados apenas em sua opinião, quando na verdade estamos interessados em seus argumentos, além de algumas vezes serem totalmente mal educados, assim não contribuindo em absolutamente nada para o debate, mas enfim, procuremos manter o assunto em questão, para os de fato interessados.
__________________
Fallor ergo sum

Last edited by Rajude; October 13th, 2009 at 11:49 PM.
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Old October 14th, 2009, 01:50 AM   #20
Danzin
Danielz - xdanielz
 
Join Date: Jan 2006
Posts: 1,693
Likes (Received): 16

Ilustríssimo,

Ninguém aqui neste fórum é obrigado a ler, a responder ou muito menos manter o nível que fulano ou sicrano deseja, trata-se de um fórum aberto e livre para que qualquer pessoa se expresse livremente da maneira que quiser e este estará se sujeitando a todas as reações que isso poderá lhe trazer inclusive de ordem punitiva, caso esteja insatisfeito sugiro que o Sr. procure outros lugares no qual possa ser ter toda a magnitude do seu pensamento compreendidos e interpretados da maneira que mais lhe convém.

Pois bem, vamos ao que interessa.

É muito fácil sentar e apontar defeitos, culpados e fazer brotar do nada soluções mirabolantes e milagrosas para problemas socio-espaciais de ordem estrutural tão profundos e complexos do ponto de vista de equacionalização como é o resultado da migração maciça de pessoas para as regiões mais "ricas" do país.

É incrivel como tem gente que ainda apela para esse clichê de que a culpa de todas as mazelas da sua cidade serem culpa dos Nordestinos e políticos.
O Sr. afirma no começo que a culpa e dos governantes, o que é natural, todo mundo tende a jogar a culpa para alguém, de preferência alguém que não possa refutar sua acusação ou alguem mais fraco, porém, a culpa É SUA! Não é do político não, é do povo que compactua e se esbalda com isso tudo. Mas espere um momento, você disse isso no fim do sua mensagem, estou confuso, o Sr. condena os políticos mas também assume parte da culpa no final e veste a mesma fantasia de politicamente correto que ateou fogo no inicio da sua mensagem.

Aponta ainda cheio de certezas que, imagino estar magnificamente fundamentadas (embora nenhum desses fundamentos tenha sido explicitado ainda) que a maneira corretíssima de se evitar tudo isso seria a implementação de outras medidas(quais?) e não somente "impedir" e "restringir" a migração. Então como é? Decida-se. O Sr. diz uma coisa e depois disse que não disse?

O restante da mensagem não vale a pena comentar, porque não há o que comentar, em suma seu comentário parte do inexistente, passa por quase nada e chega a parte alguma.

Uma síntese, é: "Eu fiz, apelo para o clichê de que a culpa é do fulano e do sicrano(vocês sabem quem), a solução é muito fácil e vamos todos aprender com os nossos erros e vivermos felizes para sempre.

Enfim, poderia eu entrar na discussão e tentar expor o que penso, porém acredito por tudo que já vi aqui nesse fórum que isso não vai dar em lugar nenhum e o pior seria ficar tendo que ler e refutar as besteiras que já apareceram e ainda vão aparecer salvo raríssimas exceções. Prefiro continuar desentendido. Sou a favor desses movimentos migratórios e defendo ainda a existências das favelas nesses grandes centros, só assim para as pessoas perceberem que não estão sozinhas com seu ipod curtindo um bigmac dentro do carro do ano no gelo do ar condicionado. Esse é custo social do desenvolvimento e industrialização concentrados a qualquer preço em curto espaço de tempo(ex: "50 anos em 5" Plano de Metas - JK) que ninguém quer pagar a conta e que vai ficar nesse joguinho de empurra-empurra por muito tempo ainda. Uma coisa é certa para ganhar, vai ter que perder.

Danzin no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 11:18 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

tech management by Sysprosium