daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Outros Temas > Majestic

Reply
 
Thread Tools
Old November 17th, 2017, 01:50 PM   #2541
Cidade_Branca
Architect
 
Cidade_Branca's Avatar
 
Join Date: Jul 2004
Location: Lisboa
Posts: 8,831
Likes (Received): 1514

Governo quer gestão pública no Pinhal de Leiria e venda da madeira a pagar reflorestação


Madeira do Pinhal deve financiar a sua reflorestação, adianta o Ministério da Agricultura Foto: Joaquim Dâmaso

Quote:
“O Pinhal de Leiria deverá manter uma gestão totalmente pública”. A garantia é dada ao REGIÃO DE LEIRIA pelo Ministério da Agricultura Florestas e Desenvolvimento Rural. A garantia da gestão pública do Pinhal surge numa altura em que permaneciam algumas dúvidas sobre a eventual entrega da gestão daquele espaço florestal a privados.

Para já, avançam os trabalhos para preparar o plano de reflorestação do Pinhal de Leiria que, o mais tardar em março do próximo ano, deverá estar concluído. Contudo, a sua elaboração será um processo aberto, garante o Governo. Para a elaboração deste plano “serão auscultados diferentes setores da sociedade civil, entre os quais universidades, autarquias, que participarão na definição da estratégia futura para as diversas Matas Nacionais, entre as quais se inclui o Pinhal de Leiria”, aponta o ministério de Capoulas Santos. O plano “contemplará o envolvimento das populações nas soluções futuras, quer no domínio florestal, quer no domínio da componente de conhecimento e lazer que o Pinhal de Leiria deverá continuar a ter”, adianta ainda o Ministério.

Uma das reivindicações que tem sido esgrimida neste processo, passa pela utilização dos proveitos da venda da madeira para ajudar a regenerar o Pinhal. E é isso que deverá acontecer, assegura o Ministério da Agricultura. “O Pinhal de Leiria deverá sempre ser equacionado como uma floresta de proteção”, adianta o ministério de Capoulas Santos que lembra ser “preciso ter um plano de corte e de conservação de madeira, sendo que a receita proveniente da venda da madeira deverá ser aplicada na concretização do processo de reflorestação”.

Mas ao Governo pede-se também o reforço de meios afetos ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). A presidente da Câmara da Marinha Grande, Cidália Ferreira, reivindica um orçamento de um milhão de euros para o instituto. A reivindicação foi feita numa reunião com os elementos da Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação da Assembleia da República, realizada no sábado, na Marinha Grande, revelou o município em nota de imprensa. A aproveitou a oportunidade para reclamar o reforço orçamental e dos recursos humanos afetos aos serviços a funcionar na Marinha Grande de três técnicos, 50 operacionais e 15 guardas florestais.

Cidália Ferreira argumenta que “é impossível ao ICNF com os atuais recursos assegurar a gestão de uma área tão grande como é a da mata”.
https://www.regiaodeleiria.pt/2017/1...reflorestacao/
Cidade_Branca está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 17th, 2017, 02:13 PM   #2542
Contribuinte
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 2,729
Likes (Received): 762

Mais do mesmo, portanto...
__________________
“They [socialists] always run out of other people's money.”
Margaret Thatcher, Fev.5, 1976.
Contribuinte no está en línea   Reply With Quote
Old November 17th, 2017, 09:10 PM   #2543
Lord Farquad
Registered User
 
Lord Farquad's Avatar
 
Join Date: Feb 2016
Posts: 474
Likes (Received): 266

Finalmente o Governo pronuncia-se sobre o Pinhal de Leiria... O desprezo a que foi dotado esta mata emblemática da História de Portugal desde a tragédia de 15 de Outubro foi vergonhoso...

Denotam uma atitude de "estou-me a cagar" para o nosso património, para a nossa história, e para o paradigma que se quer para a floresta daqui em diante; que seja um espaço de fruição por parte da população, onde se promova a biodiversidade e a preservação ambiental, deixando para trás uma concepção puramente economicista de um património que deveria ser de todos nós...
Lord Farquad no está en línea   Reply With Quote
Old November 18th, 2017, 02:52 PM   #2544
Lord Farquad
Registered User
 
Lord Farquad's Avatar
 
Join Date: Feb 2016
Posts: 474
Likes (Received): 266

Usurpação de terra para celulose em Moçambique




Usurpação de terra para celulose: Environmental Paper Network expõe problemas do novo projeto de celulose em Moçambique


Um relatório divulgado pela Environmental Paper Network (EPN) - Rede Ambiental do Papel, de que a Quercus faz parte, revela hoje os impactes ambientais e sociais do novo projeto da fábrica de celulose em Moçambique.

A Portucel Moçambique (uma empresa moçambicana controlada pela The Navigator Company, anteriormente conhecida como Portucel Soporcel) prevê construir uma fábrica de celulose na província da Zambézia, em Moçambique. A nova fábrica terá uma capacidade de produção de pasta de papel de 1.500.000 toneladas por ano e uma central de geração de energia de biomassa. A fábrica, está prevista localizar-se junto do Oceano Índico e fornecerá principalmente pasta de celulose para a indústria de papel asiática.

A Portucel Moçambique obteve mais de 300 000 ha de terra para desenvolver plantações de eucalipto. O relatório revela problemas significativos com essa aquisição de terras. Em muitos casos, essa era a terra das comunidades locais, obtida pela promessa de empregos temporários ou pagamentos pequenos, sem comunicação clara dos impactes e consequências do desenvolvimento das plantações e, em alguns casos, mesmo pela pressão direta. Como resultado, muitas pessoas foram deslocadas para locais remotos ou forçadas a alugar terrenos. Algumas queixas apresentadas às autoridades não foram abordadas.

As plantações terão impacte sobre os ecossistemas florestais de miombo, uma vez que serão explorados 114 mil ha de áreas densamente arborizadas para desenvolver as plantações. A conversão em plantações deslocará os usos tradicionais da floresta, criando mais pressão nos fragmentos remanescentes da floresta natural.

As plantações de eucalipto absorvem grandes quantidades de água do solo. Neste ambiente, já impactado pelo stresse hídrico, a expansão das plantações de eucalipto afetará inevitavelmente as áreas circundantes, o que poderia causar um declínio severo na agricultura local, ameaçando a segurança alimentar.

O projeto é controlado e financiado em 20% pela Corporação Financeira Internacional (InternationalFinanceCorporation- IFC), do grupo do Banco Mundial, com outros investidores, incluindo o fundo de pensões do governo norueguês.

Mandy Haggith, coordenadora da EPN, disse: "Os financiadores da Portucel Moçambique estão cientes dos riscos sociais e ambientais desse projeto? Há evidências consideráveis ​​de que este projeto para produção de pasta de papel é uma brutal apropriação de terra que empobrecerá as comunidades já vulneráveis ​​e prejudicará a floresta de miombo. O IFC e as outras instituições de financiamento da The Navigator Company, devem questionar como este projeto pode ser consistente com suas políticas ".

O relatório descreve uma série de salvaguardas que os bancos e outros financiadores devem garantir estar implementadas, antes de considerar o financiamento desse projeto.

O documento pode ser consultado em: http://www.environmentalpaper.eu/wp-...Portuguese.pdf

A Environmental Paper Network (EPN) é uma coligação global de 145 organizações não-governamentais que trabalham em alinhamento para uma visão comum sobre a celulose e papel que contribui para um futuro limpo, saudável, justo e sustentável para a vida na Terra."




Isto faz lembrar o que aconteceu a Portugal nos anos 80. A antecâmara de uma desgraça evidente. Copy paste, copy paste.
O fim da agricultura. O isolamento das populações (muitos por aqui apontaram o eucalipto como a árvore que ainda fixava populações no interior ). Desastre ambiental. Nós conhecemos bem os resultados. Só que 300 mil ha de eucalipto num país com uma superfície 9 vezes superior à de Portugal não e tão dramático como o nosso caso, que é único no Mundo, uma insanidade total.
Lord Farquad no está en línea   Reply With Quote
Old November 19th, 2017, 01:25 AM   #2545
Cidade_Branca
Architect
 
Cidade_Branca's Avatar
 
Join Date: Jul 2004
Location: Lisboa
Posts: 8,831
Likes (Received): 1514

Incêndios fizeram 115 mortos em Portugal



Quote:
Pelo menos 115 pessoas morreram em incêndios florestais em 2017, incluindo uma pessoa de aproximadamente 70 anos que morreu esta sexta-feira no concelho de Mangualde, distrito de Viseu.

Além de 65 mortos nos incêndios que deflagraram na zona de Pedrógão Grande, distrito de Leiria, a 17 de Junho (a contabilização oficial assinala 64 vítimas mortais, mas uma pessoa morreu atropelada na sequência do fogo) e dos 45 mortos nos fogos da região Centro de 15 de outubro, há registo de mais cinco vítimas mortais.

Segundo a Lusa, a 20 de Agosto, um piloto que combatia as chamas morreu em Castro Daire (distrito de Viseu) e, a 30 de setembro, uma pessoa foi encontrada morta em Paços de Ferreira (distrito do Porto), também na sequência de um incêndio florestal.

Em Oleiros (Castelo Branco), um homem que operava uma máquina de rasto morreu no combate a um incêndio em 7 de Outubro e, três dias depois, uma outra pessoa foi encontrada morta no Sabugal, também após um fogo.

Esta sexta-feira, um homem de aproximadamente 70 anos foi encontrado morto na sequência de um incêndio em Mangualde.

Além disso, há ainda registo de um desaparecido em Folgosinho, Gouveia, e um outro na Sertã.
http://rr.sapo.pt/noticia/98665/ince...os-em-portugal
Cidade_Branca está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 19th, 2017, 01:30 AM   #2546
Cidade_Branca
Architect
 
Cidade_Branca's Avatar
 
Join Date: Jul 2004
Location: Lisboa
Posts: 8,831
Likes (Received): 1514

La NASA muestra cómo se arrastró el humo de los incendios en Galicia
Cidade_Branca está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 20th, 2017, 10:44 AM   #2547
SR-71
Blackbird
 
SR-71's Avatar
 
Join Date: Dec 2008
Posts: 10,375
Likes (Received): 2541

O fumo dos incêndios da Galiza....
SR-71 no está en línea   Reply With Quote
Old November 20th, 2017, 08:05 PM   #2548
lmpanp
Luis M P A N Pereira
 
lmpanp's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Location: AML
Posts: 5,849
Likes (Received): 2645

Pssssiuu! Cala a boca! Passamos entre as fagulhas.
__________________
"A desvantagem do capitalismo é a desigual distribuição de riquezas, a vantagem do socialismo é a igual distribuição de misérias. "
Sir Winston Churchill
lmpanp no está en línea   Reply With Quote
Old November 20th, 2017, 09:11 PM   #2549
Cidade_Branca
Architect
 
Cidade_Branca's Avatar
 
Join Date: Jul 2004
Location: Lisboa
Posts: 8,831
Likes (Received): 1514

No video vejam a fumo provocados pelos Incêndios na Colúmbia Britânica. Vejam as Areias do Saara. Somos tao pequenos... que a RTP ontem veio dizer que a NASA fez aquele video por causa do Ophelia.
Cidade_Branca está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 20th, 2017, 10:06 PM   #2550
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 109,595
Likes (Received): 7806

Fotografias Aéreas da Lagoa da Ervedeira - Coimbrão, Leiria

https://www.google.pt/maps/@39.92166.../data=!3m1!1e3

http://portugalfotografiaaerea.blogs...ervedeira.html





__________________
::: Portuguese Forum :::

::Visita ao Alto Alentejo ::

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old November 23rd, 2017, 11:43 PM   #2551
Lord Farquad
Registered User
 
Lord Farquad's Avatar
 
Join Date: Feb 2016
Posts: 474
Likes (Received): 266

Aga Khan doa 100 mil euros para recuperação do Pinhal de Leiria





Aga Khan, o milionário líder da comunidade ismaelita em Portugal, anunciou que vai doar cem mil euros para a rearborização das zonas mais destruídas pelos últimos grandes fogos. Os cem mil euros que disponibiliza serão usados na limpeza do Pinhal de Leiria e posterior plantação. Estima-se que a área intervencionada tenha 75 hectares e venha a receber 156 mil árvores.

O donativo foi anunciado hoje, em Lisboa, pelo príncipe Amyn Aga Khan, irmão do líder da comunidade ismaili, durante uma receção a que presidiu para assinalar o Dia do Imamat, um evento que juntou centenas de pessoas no Centro Ismaili da capital.

Este projeto de rearborização foi organizado em colaboração com o Ministério da Agricultura que irá agora concretizá-lo através do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, entidade responsável por identificar a área de intervenção. Todo o processo de reflorestação deverá decorrer entre janeiro e março do próximo ano.

Recorde-se que as centenas de incêndios que deflagraram no dia 15 de Outubro, o pior dia de fogos do ano segundo as autoridades, provocaram 45 mortos e cerca de 70 feridos, perto de uma dezena dos quais graves. A Mata Nacional de Leiria foi a maior superfície ardida, com quase 9.476 hectares destruídos (86% do total).

Interesse por Portugal

Este tipo de iniciativa por parte do príncipe Aga Khan não é novidade.

Desde que, em 2015, a sede do Imamat Ismaili foi estabelecida em Portugal, o interesse por tudo o que se passa no país aumentou. Mesmo assim, a Fundação Aga Khan, uma das agências da Rede Aga Khan para o Desenvolvimento (AKDN), opera em Portugal há mais de 30 anos.

Ajuda a Pedrógão

Em Junho, o líder da comunidade ismaelita, Aga Khan, doou meio milhão de euros para apoiar as vítimas dos incêndios em Pedrógão Grande, verba que, segundo o comunicado, “já foi distribuída na sua quase totalidade”.

Na altura, o príncipe preferiu não entregar o dinheiro a instituições ou fundo de apoio às vítimas. O meio milhão de euros foi entregue em forma de bolsas de estudo e cada aluno recebe diretamente na sua conta bancária 500 euros. Através de um processo de candidatura, os alunos das famílias mais atingidas pela tragédia dos incêndios foram selecionados segundo critérios e requisitos acordados entre o Instituto da Segurança Social o Imamat, que forneceu a lista final ao líder ismaelita, explicou o Expresso. São abrangidos cerca de mil alunos.
__________________

KRX_69, dmferreirap, SR-71 liked this post
Lord Farquad no está en línea   Reply With Quote
Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 09:44 AM. • styleid: 14


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu