daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Projetos e Obras > Brasil em Obras



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 58 votes, 4.79 average.
Old December 23rd, 2009, 09:18 PM   #21
Gui_p
Registered User
 
Gui_p's Avatar
 
Join Date: Mar 2009
Posts: 6,574

Provavelmente no país inteiro.
Gui_p no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old December 24th, 2009, 09:48 PM   #22
daniel-PE
Registered User
 
daniel-PE's Avatar
 
Join Date: May 2008
Location: olinda-pe
Posts: 2,264
Likes (Received): 8

achei mto legal a ideia de criação desse thread. Tb sou um dos amadores da engenharia civil, e fiquei mto otimista a ver esse thread aqui. abçs a todos. parabens!
daniel-PE no está en línea   Reply With Quote
Old December 26th, 2009, 02:26 PM   #23
Santista10
Moderator
 
Santista10's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Santos-SP
Posts: 30,558
Likes (Received): 20691

Quote:
Originally Posted by GUI Piraí do Sul-PR View Post
Provavelmente no país inteiro.
Sim, é verdade, o crescimento é generalizado, de Belém a Porto Alegre, de Recife a Rio Branco, o país se tornou um gigantesco canteiro de obras. Aqui em Santos, tinhamos em média dez, quinze edifícios em construção, hoje, há mais de 100, a maioria com mais de 30 andares, é um espanto!
Santista10 no está en línea   Reply With Quote
Old January 2nd, 2010, 02:25 AM   #24
junioreng
BANNED
 
Join Date: Jul 2009
Location: Cascavel
Posts: 1,416
Likes (Received): 1

Que inveja , 30 me . É as cidades do litoral todas estão bombando na construção civil . E as fora do litoral tbm .
junioreng no está en línea   Reply With Quote
Old February 16th, 2010, 07:29 PM   #25
BrenoFredrich
Registered User
 
BrenoFredrich's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: João Pessoa
Posts: 1,212
Likes (Received): 14

08-02-2010
Qualidade de vida e sossego: João Pessoa é a bola da vez no mercado imobiliário


Cidades como Recife e Natal já sofreram um boom de desenvolvimento imobiliário e em cerca de 30 anos alavancaram o turismo na região. João Pessoa surge agora como um novo espaço para este desenvolvimento.
Com ares de cidade pacata e tranqüila, João Pessoa é uma das capitais mais procuradas por aquelas pessoas que buscam, além de trabalhar, ter sossego. Comparada às outras capitais brasileiras, não sofreu demasiados níveis de desenvolvimento, com muitas edificações verticais e estabelecimentos comerciais e de entretenimento. O contraste pode ser percebido numa comparação bem próxima, com a capital do estado vizinho de Pernambuco, Recife.

E são justamente essas características que atualmente lançam João Pessoa como a cidade queridinha dos turistas que pretendem se mudar, dos nativos da região e consequentemente, do mercado imobiliário no Nordeste.
Cidades como Recife e Natal já sofreram um boom de desenvolvimento imobiliário e em cerca de 30 anos alavancaram o turismo na região. João Pessoa surge agora como um novo espaço para este desenvolvimento.
Se João Pessoa é o novo alvo das construtoras, uma área específica desponta como a responsável por todo este desenvolvimento: o bairro do Altiplano é o grande ícone do mercado imobiliário, que se destaca primeiramente pela altitude mais elevada, que permite ventilação e vista definitiva para os apartamentos, e localização privilegiada, ao se situar ao mesmo tempo próximo ao mar, mas numa área tranquila e digamos que, silenciosa.
As novas torres que já foram ou estão sendo construídas no Altiplano trazem um certo luxo à cidade e prometem tornar o bairro o mais nobre de João Pessoa em poucos meses. Condomínios com áreas de lazer com cinco piscinas, bar molhado, academia, quadras de squash, piscina térmica, e apartamentos com áreas de até 500 metros quadrado, vista definitiva, adega e varanda com espaço gourmet são alguns itens que ilustram as novas edificações e enchem os olhos dos que pretendem viver com conforto e com a tranqüilidade que João Pessoa oferece.

Com uma estrutura tão completa, os valores também acompanham o ritmo do crescimento e unidades de apartamentos em condomínios de alto padrão podem passar dos R$ 3 milhões atualmente, valores que devem crescer ainda mais em poucos anos, até mesmo porque muitos apartamentos já estão orçados com estes valores antes mesmo do início da construção.
A previsão de aumento de preço em apartamentos de alto padrão tem despertado o interesse de quem pretende morar nas unidades, mas também de quem quer investir no setor. De acordo com o gerente comercial da construtora Alliance - uma das marcas do setor imobiliário que mais tem investido no Altiplano Cabo Branco - Luís Henrique da Silva, muitas unidades de apartamentos estão sendo adquiridas por estrangeiros que visitam a Paraíba e pretendem se mudar para a cidade ou investir em imóveis. “Cerca de 20% das unidades que vendemos são para estrangeiros ou turistas de outras cidades brasileiras”, revelou.

Fonte: ClickPB
http://www.alliance.com.br/br/noticias.php?id=176
__________________
João Pessoa (PB) - Casa Atelier

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1557296
BrenoFredrich no está en línea   Reply With Quote
Old February 24th, 2010, 12:27 AM   #26
BrenoFredrich
Registered User
 
BrenoFredrich's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: João Pessoa
Posts: 1,212
Likes (Received): 14

Planc Faz parceria com Projeto Engenharia
Publicado em 23 de Fevereiro de 2010

Foi contratada a Empresa Projeto Engenharia sob a responsabilidade do Engenheiro Dr. Fábio Lopes Soares, para execução das fundações dos Empreendimentos Lasar Segall em João Pessoa/PB, Michelangelo e Hélio Santiago em Nata/RN. Os serviços serão iniciados imediatamente com execução de estacas de fundação. Mais uma vez a Planc dando mostra de cerelidade na execução das obras.

http://planc.helpdeskintegrativa.com...ia_com_projeto

Provavelmente Estacas Escavadas de Grande Diâmetro.
__________________
João Pessoa (PB) - Casa Atelier

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1557296
BrenoFredrich no está en línea   Reply With Quote
Old February 28th, 2010, 11:47 PM   #27
BrenoFredrich
Registered User
 
BrenoFredrich's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: João Pessoa
Posts: 1,212
Likes (Received): 14

19-02-2010
Vendas no setor imobiliário têm aumento de 32% na Grande JP
Setor em expansão e grande perspectiva de crescimento


Ignorando a crise econômica, as vendas autofinanciadas pelas construtoras da Grande João Pessoa fecharam o ano passado com R$ 744,4 milhões, alta de 32% no faturamento em relação ao ano anterior (R$ 563,4 milhões). Em 2009, foram vendidas 3.366 unidades habitacionais, o que apontou para uma expansão de 25%.

De acordo com o tecnólogo em negócios imobiliários Fábio Henriques, responsável pela consolidação dos números do Sindicato da Indústria da Construção Civil em João Pessoa (Sinduscon-JP), houve aumento de 9% no metro quadrado na capital (R$ 2.341,61), enquanto nos bairros da orla, como Cabo Branco e Manaíra, o metro chegou a 11% de valorização (R$ 2.935,70).
O tecnólogo em negócios imobiliários Fábio Henriques esclarece que as cifras do levantamento não incluem as vendas de imóveis financiadas pelos bancos oficiais (CEF e BB), nem as transações de compra e venda de imóveis realizadas por particulares e de loteamentos, casas e residenciais horizontais.
“Os bancos oficiais se concentram mais com os financiamentos dos bairros periféricos da capital. Boa parte das vendas de apartamentos em João Pessoa ainda na planta foi obtida com a chegada de investimento de dinheiro retirado do mercado de ações. A crise financeira trouxe parte desse aporte para imóveis como forma de diversificar os investimentos”, detalha Fábio Henriques, que exerce há 19 anos a profissão de corretor de imóveis.

O autofinanciamento é o realizado diretamente entre a construtora e o adquirente, passando pelo corretor de imóveis, sem passar por financiamento bancário.

Em 2009, o valor médio dos 3.366 imóveis vendidos na capital chegou a R$ 204 mil contra 193,6 mil no ano anterior, alta de 5,37%, enquanto o índice da correção da prestação dos imóveis no autofinanciamento INCC (Índice Nacional da Construção Civil) no acumulado de doze meses foi menor que a inflação oficial, ficando em 3,31%. No ano passado, as construtoras ofereceram na Grande João Pessoa mais de 8,2 mil imóveis, que somados chegam a R$ 1,077 bilhão.

Os bairros que registraram o metro quadrado mais caro da capital foram Cabo Branco (R$ 3.911,60), Tambaú (R$ 3.232,44) e Altiplano (R$ 2.969,74), enquanto Expedicionários (52%) e Mangabeira (34%), registraram as maiores altas, com o metro quadrado custando R$ 2.219 e R$ 1.283, respectivamente nos apartamentos vendidos em 2009.
Como o setor está em expansão e as perspectivas da economia são de forte crescimento, Fábio Henriques estima que a projeção para 2010 é que as vendas autofinanciadas cresçam 35% e atinjam um bilhão de reais.

Fonte: Portal Paraíba 1
http://alliance.com.br/br/noticias.php?id=178
__________________
João Pessoa (PB) - Casa Atelier

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1557296
BrenoFredrich no está en línea   Reply With Quote
Old March 2nd, 2010, 11:43 PM   #28
BrenoFredrich
Registered User
 
BrenoFredrich's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: João Pessoa
Posts: 1,212
Likes (Received): 14

Lasar Segall
Publicado em 02 de Março de 2010

Nesta quinta-feira (04/03) a Construtora Planc inicia a obra do Residencial Lasar Segall, um edifício de 44 andares, localizado no bairro de Jardim Luna, na cidade de João Pessoa/PB.

http://planc.helpdeskintegrativa.com...y/lasar_segall
__________________
João Pessoa (PB) - Casa Atelier

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1557296
BrenoFredrich no está en línea   Reply With Quote
Old April 20th, 2010, 06:01 PM   #29
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 104,732

Agre cresce 682%, fortalecida pelo desempenho do Norte/Nordeste


Lucro líquido no período foi de R$ 203 milhões, com receita de R$ 1,613 bilhões

Nascida com a união das empresas Agra, Klabin Segall e Abyara Incorporadora, a Agre já colhe os reflexos positivos da fusão ocorrida em outubro do ano passado.

Consolidada, criou uma operação mais completa, com maior força de vendas interna, agregando ao modelo de negócios uma construtora que já responde por 20% das obras da companhia. Essa plataforma única permitiu que a Agre reduzisse consideravelmente seus gastos administrativos, visando proporcionar maior rentabilidade aos acionistas já em 2010, revela Luiz Roberto Silveira Pinto, presidente da empresa.

A expectativa é entregar 45 projetos em 2010 no valor de R$ 2 bilhões e 63 projetos em 2011, que equivalem a R$ 3,5 bilhões.

Para o diretor regional Norte/ Nordeste, Ricardo Telles, os números registrados no 4º trimestre sinalizaram, em conjunto, 58% e 53% dos lançamentos totais em 2009. Em Salvador entra em fase final de terraplenagem a obra do Greenville, o maior empreendimento em execução na Avenida Paralela. Também neste semestre serão entregues o Condomínio Barra Porto e a nova sede da Associação Atlética da Bahia.

Ricardo Setton, CFO e diretor de RI da Agre destaca a velocidade de lançamentos e vendas retomada no segundo semestre, quando atingiu R$ 1,2 bilhão em lançamentos e R$ 1,6 bilhão em vendas no ano, com VSO de 47% em 2009. Desse total, 68,2% das unidades faziam parte do programa Minha Casa, Minha Vida, onde atua a sua subsidiária Asa, focada em unidades abaixo de R$ 130 mil, com R$ 243 milhões em lançamentos no período, sendo R$ 170 milhões parte Agre, e R$ 158 milhões em vendas.,5 bilhões.

http://www.bahianegocios.com.br/VerC...onteudoID=1082
tonyssa no está en línea   Reply With Quote
Old April 26th, 2010, 09:42 PM   #30
Manaus.ASB
Chapada, Manaus
 
Manaus.ASB's Avatar
 
Join Date: Oct 2009
Location: Manaus
Posts: 11,501
Likes (Received): 448



Os Projetos da Agre aqui no Amazonas crescem bastante

__________________
Manaus, Manaus, Manaus!
Manaus.ASB no está en línea   Reply With Quote
Old May 7th, 2010, 01:36 AM   #31
Caruaruense
Agreste Pernambucano
 
Caruaruense's Avatar
 
Join Date: Nov 2007
Posts: 18,186
Likes (Received): 3796

Clientes da CP Construção podem agendar visitas as obras

A CP Construção inova a cada dia. Prova disso é a interação que a empresa vem construindo com os clientes, por meio de informativos mensais que os colocam a par do andamento da obra que eles adquiriram. Outra ferramenta encontrada para aproximar, cada vez mais, os clientes da realidade da construção civil foi oferecer um serviço de agendamento para que os interessados possam conhecer a obra de perto.
Os resultados dessa iniciativa já podem ser constatados. O empresário industrial, Luís Zeferino, que adquiriu uma unidade no Edifício Oswaldo Cruz, foi o primeiro cliente a querer visitar a construção e observar o andamento da obra. “Gostei muito da ideia. Acho muito importante que os clientes possam visitar a obra, ainda mais se for acompanhado por alguém que possa tirar as nossas dúvidas. É uma ótima oportunidade para nós [clientes] poder ver o nosso apartamento antes de ficar pronto e assim poder fazer os ajustes necessários”, afirmou o empresário que se mostrou muito feliz com o tamanho dos cômodos e a vista que o apartamento irá proporcionar.


Mestre de obras da CP Construção dando informações ao cliente sobre o apartamento do Edifício Oswaldo Cruz

http://www.cpconstrucao.com/v2/noticias.php?id=395
__________________
País de Caruaru: Ó Pátria amada, idolatrada, salve! Salve!
Caruaruense no está en línea   Reply With Quote
Old May 12th, 2010, 03:33 PM   #32
stephen kiss
BANNED
 
Join Date: Oct 2009
Posts: 2,587
Likes (Received): 1

Quote:
Originally Posted by tonyssa View Post
Agre cresce 682%, fortalecida pelo desempenho do Norte/Nordeste


Lucro líquido no período foi de R$ 203 milhões, com receita de R$ 1,613 bilhões

Nascida com a união das empresas Agra, Klabin Segall e Abyara Incorporadora, a Agre já colhe os reflexos positivos da fusão ocorrida em outubro do ano passado.

Consolidada, criou uma operação mais completa, com maior força de vendas interna, agregando ao modelo de negócios uma construtora que já responde por 20% das obras da companhia. Essa plataforma única permitiu que a Agre reduzisse consideravelmente seus gastos administrativos, visando proporcionar maior rentabilidade aos acionistas já em 2010, revela Luiz Roberto Silveira Pinto, presidente da empresa.

A expectativa é entregar 45 projetos em 2010 no valor de R$ 2 bilhões e 63 projetos em 2011, que equivalem a R$ 3,5 bilhões.

Para o diretor regional Norte/ Nordeste, Ricardo Telles, os números registrados no 4º trimestre sinalizaram, em conjunto, 58% e 53% dos lançamentos totais em 2009. Em Salvador entra em fase final de terraplenagem a obra do Greenville, o maior empreendimento em execução na Avenida Paralela. Também neste semestre serão entregues o Condomínio Barra Porto e a nova sede da Associação Atlética da Bahia.

Ricardo Setton, CFO e diretor de RI da Agre destaca a velocidade de lançamentos e vendas retomada no segundo semestre, quando atingiu R$ 1,2 bilhão em lançamentos e R$ 1,6 bilhão em vendas no ano, com VSO de 47% em 2009. Desse total, 68,2% das unidades faziam parte do programa Minha Casa, Minha Vida, onde atua a sua subsidiária Asa, focada em unidades abaixo de R$ 130 mil, com R$ 243 milhões em lançamentos no período, sendo R$ 170 milhões parte Agre, e R$ 158 milhões em vendas.,5 bilhões.

http://www.bahianegocios.com.br/VerC...onteudoID=1082
Em Sorocaba , com mais de 100 edifícios em construção, não há nenhum Agre.......tem um condomínio horizontal glbts em construção, mas prédio, nenhum! A brokers tem investimento mas a abyara, nada!
stephen kiss no está en línea   Reply With Quote
Old May 17th, 2010, 05:25 PM   #33
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 104,732

SÃO PAULO TEVE UM AUMENTO DE 75% NA VENDA DE IMÓVEIS



O sindicato da Habitação (Secov), informou nesta segunda-feira, que a venda de imóveis novos residenciais somou 8.461 unidades no primeiro trimestre de 2010, representando um aumento de 75,1% em relação os três primeiros meses de 2009, que tiveram o desempenho afetado pelo agravamento da crise econômica mundial. Os imóveis tiveram uma valorização de 30% em São Paulo; essa melhora se deve ao maior acesso da população ao crédito habitacional, além do interesse dos bancos por esse tipo de financiamento, e ao programa Minha Casa, Minha Vida.

Já a quantidade de lançamentos imobiliários contabilizada pela Empresa Brasileira de Estudos sobre o Patrimônio ( Embraesp), registrou uma expansão de 96,4% contra 2009, totalizando 6.193 moradias postas à venda no primeiro trimestre. No confronto com 2008, houve queda de 11,8%.

A Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança ( Abecip) também apontam a recuperação. As operações de crédito com recursos da caderneta totalizaram R$ 9,98 bilhões no acumulado do primeiro trimestre. Esse foi melhor resultado para o período dentro da série histórica iniciada em 1967, com crescimento de 70% ante igual intervalo em 2009. Nesse período, 76.539 unidades foram financiadas, com alta de 38%.

http://www.bahiaeconomica.com.br/201...D_NOTICIA=7632

Last edited by tonyssa; July 4th, 2010 at 05:29 PM.
tonyssa no está en línea   Reply With Quote
Old July 4th, 2010, 05:29 PM   #34
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 104,732

Construção civil vive novo milagre econômico



Uma nova onda de investimentos públicos e privados renovou os ânimos da construção civil, que tem batido recordes de produção e emprego mês a mês. Depois de atingirem o fundo do poço na depressão financeira dos anos 80 e 90, agora as construtoras comemoram um novo "milagre econômico", a exemplo do que ocorreu na década 70.

Entre 2003 e 2008, o valor total das obras do setor teve crescimento real (descontada a inflação) de 60% - bem acima dos 26,4% do Produto Interno Bruto (PIB) no período. O forte movimento foi impulsionado especialmente pela retomada das construções para o setor público, cujo avanço foi de 69,5%, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os projetos da iniciativa privada, que respondem pela maior parte do volume total de obras (56%), cresceram 54,6%.

Toda cadeia da construção civil representa 9% do PIB total do País (só a construção civil, 5%). Embora na década de 70 essa participação tenha atingido 15%, hoje o volume total de obras é muito maior, afirma o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), Paulo Simão. "Estamos num momento muito especial. Com o avanço de novos projetos, esperamos um crescimento de 9% no PIB do setor este ano."

O executivo comenta que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), uma espécie de grife do atual governo que anda mais devagar que o necessário, ajudou a fortalecer o ressurgimento da construção civil, sufocado durante os anos 80 e 90. "Apesar das críticas, o programa foi um indutor do crescimento", afirma Ana Maria Castelo, consultora da FGV Projetos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

http://www.atarde.com.br/economia/no...jsf?id=4722364
tonyssa no está en línea   Reply With Quote
Old July 6th, 2010, 06:52 AM   #35
BrenoFredrich
Registered User
 
BrenoFredrich's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: João Pessoa
Posts: 1,212
Likes (Received): 14

Nova norma de blocos estruturais está em vigor


Normalização regulamenta construção de estruturas em alvenaria estrutural com blocos cerâmicos

Desde quinta-feira (15.04), está em vigor a NBR 15812 - Alvenaria Estrutural - Blocos cerâmicos, que, em sua primeira parte, estabelece requisitos para o projeto de estruturas executadas com esse tipo de bloco. A segunda parte regulamenta a execução e o controle dessas obras. A expectativa a partir da publicação do texto pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) é de que os projetos passem a ser concebidos com base em padronização mais clara e critérios mais rígidos, com base na realidade brasileira. Isso porque os parâmetros adotados até então eram provenientes de textos de normas estrangeiras. "Essa norma traz parâmetros relacionados aos tipos de blocos cerâmicos usualmente fabricados no Brasil", explica Carlos André Fois Lanna, gerente técnico-comercial da Selecta-Uralita e que participou da elaboração do texto.

Ele assegura que, além do peso próprio, as estruturas concebidas e executadas com base na nova norma têm plena capacidade de suportar sobrecargas dentro dos limites estabelecidos pelo texto. "A alvenaria estrutural é utilizada como tecnologia segura, durável e econômica para construção de obras industriais, comerciais e habitacionais de múltiplos pavimentos", diz. Lanna conta que essas construções são capazes de suportar o peso das paredes, das lajes e de cargas pontuais inerentes à construção e à utilização das edificações.

Os efeitos da publicação se estendem também à execução de estruturas em alvenaria estrutural. Ela pontua critérios objetivos de controle que, segundo Lanna, permitirão tornar mais confiável a qualidade das construções por meio do estabelecimento de procedimentos padronizados de execução e de verificação de parâmetros preestabelecidos. A produção de blocos, no entanto, não sofrerá alterações, pois já conta, desde 2005, com a ABNT NBR 15270 - Componentes cerâmicos. Essa norma fixa critérios dimensionais e de desempenho mecânico tanto dos blocos estruturais como dos de vedação.

Fonte: PiniWeb

http://construtoratechne.com.br/noti...+em+vigor.html
__________________
João Pessoa (PB) - Casa Atelier

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1557296
BrenoFredrich no está en línea   Reply With Quote
Old July 6th, 2010, 05:25 PM   #36
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 14,532
Likes (Received): 13283

Muito bom. Em praticamente todo o país as habitações populares são construídas há décadas em alvenaria estrutural de blocos cerâmicos sem uma normatização. Com a norma, o engenheiro/construtora terá respaldo em caso de comprovação de problema de fabricação do material que tenha culminado em patologias na construção.
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote
Old August 4th, 2011, 02:00 AM   #37
emerson_nb
► ♫ ♪
 
emerson_nb's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Cacoal - RO / Rolim de Moura - RO
Posts: 2,258
Likes (Received): 9331

Depois de ver essa reportagem sobre as "Cidades Fantasma" da China:

http://fantastico.globo.com/Jornalis...AS+VAZIAS.html

A conclusão é que somos a economia mais consistente dos emergentes. Aqui a Construção Civil cresce e de forma sustentável ou seja existe uma demanda real que dá sustentação a este crescimento.
emerson_nb no está en línea   Reply With Quote
Old August 19th, 2011, 04:11 PM   #38
igor_carlos
GASPARETOUR.COM
 
igor_carlos's Avatar
 
Join Date: Jul 2009
Location: Dublin( ) Cuiaba(X) Nagoya( )
Posts: 8,275
Likes (Received): 675

Serie em obras (Jornal da Globo)










Last edited by igor_carlos; August 21st, 2011 at 01:50 AM.
igor_carlos no está en línea   Reply With Quote
Old September 26th, 2012, 06:38 PM   #39
TJonesBR
Registered User
 
Join Date: Sep 2012
Posts: 5
Likes (Received): 0

O estado inteiro tá em fervendo quando o assunto é construção civil.
TJonesBR no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 10:02 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

tech management by Sysprosium