daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine
Old July 30th, 2011, 02:26 PM   #1
motense
Ilha do amor
 
motense's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: São Luis - ilha do amor
Posts: 6,542
Likes (Received): 307

Maranhão Notícias VIII

MARANHÃO NOTÍCIAS VIII



__________________
São Luís - 400 anos
"Mais do que uma cidade, um estado de espírito"
motense no está en línea  

Sponsored Links
 
Old July 30th, 2011, 02:29 PM   #2
motense
Ilha do amor
 
motense's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: São Luis - ilha do amor
Posts: 6,542
Likes (Received): 307

São Luís alcança meta de combate ao analfabetismo com programas, projetos e ações

São Luís já atingiu a meta da Organização das Nações Unidas (ONU) de combate ao analfabetismo prevista para 2015, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). E a Secretaria Municipal de Educação (Semed) tem participado deste processo através do desenvolvimento de programas, projetos e ações no Ensino Fundamental regular e na modalidade de ensino Educação de Jovens e Adultos (EJA), que possibilitam o processo de alfabetização.

Atualmente, a capital maranhense possui somente 4,5% da população com mais de dez anos de idade analfabeta e, portanto, já está 0,5% abaixo dos 5% estipulados pela ONU para o ano de 2015. “A nossa meta de trabalho é possibilitar que São Luís receba a declaração de cidade livre do analfabetismo em 2012, ano em que a capital maranhense completará 400 anos. Estamos empenhados para que isto ocorra,” destacou o secretário municipal de Educação, Othon Bastos.

Segundo Othon Bastos, entre as ações realizadas pela Prefeitura de São Luís, a modalidade de ensino Educação de Jovens e Adultos (EJA) possibilita a conclusão do Ensino Fundamental em quatro anos e, atualmente, atende 9.038 alunos em 74 Unidades de Educação Básica. Já o Programa Brasil Alfabetizado, desenvolvido pela administração municipal em parceria com o Governo Federal, já atendeu 37.950 pessoas de 2004 a 2009.

Na atual gestão do programa Brasil Alfabetizado, referente aos anos 2010/2011, estão inscritos três mil alfabetizandos. Já para 2011/2012, a previsão do Governo Federal é atender, em São Luís, 1.500 pessoas com a possibilidade de ampliação do número de alunos no momento de nova adesão.

Vida Ativa - O atendimento aos idosos é feito por meio do programa Vida Ativa, de iniciativa das secretarias municipais de Educação e da Criança e Assistência Social (Semcas). As pessoas a partir dos 50 anos recebem educação formal e também podem participar de atividades desportivas, lúdicas e de lazer, além de oficinas.

O projeto “Ampliando Saberes”, desenvolvido pela Semed em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (Ufma), é outra ação que visa combater o analfabetismo na capital maranhense. Por meio deste convênio, os servidores do Hospital Universitário sem escolarização têm a possibilidade de concluir o Ensino Fundamental.

Ideb 2009 – Além de reduzir o analfabetismo, a rede municipal de educação de São Luís superou também as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) estabelecidas para 2009 nos anos iniciais e finais naquele ano.

A capital maranhense atingiu, antecipadamente, a meta de 2015 nos anos finais do Ensino Fundamental e, nos anos iniciais, além de superar a meta de 2009 também ficou a 0,1 ponto do Ideb estabelecido para 2011. Com o resultado, ocupou o 2º lugar entre as capitais do Nordeste.

http://www.oimparcial.com.br/app/not...-e-acoes.shtml
__________________
São Luís - 400 anos
"Mais do que uma cidade, um estado de espírito"
motense no está en línea  
Old July 30th, 2011, 04:20 PM   #3
ramomelo
Registered User
 
ramomelo's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Imperatriz/Bacabal/Teresina
Posts: 79
Likes (Received): 0

maranhão noticias viii! eu espero que aqui não exista preconceitos e nem conflitos de regiões pessoal.afinal nós todos somos maranheces
ramomelo no está en línea  
Old July 30th, 2011, 04:43 PM   #4
Alcântarense
Alcantarense
 
Alcântarense's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 2,575
Likes (Received): 281

“Precisamos construir outra Carajás”, afirma Vale



Presidente da mineradora, Murilo Ferreira, afirma que empresa perdeu mercado no Brasil e promete recuperar posição.

Operar a maior mina de ferro a céu aberto do mundo, Carajás, em Parauapebas (PA), não garante mais à Vale a primazia no mercado brasileiro do minério. A entrada de novas mineradoras no país fez a companhia perde posição no fornecimento interno do produto.

"Temos perdido market share no país", disse em teleconferência o presidente da companhia, Murilo Ferreira.

Segundo o executivo, a mineradora deve "recuperar isso" com o acréscimo de 2 milhões de toneladas à produção da mina, que no segundo trimestre atingiu 26 milhões de toneladas - alta de 14,9% sobre o primeiro intervalo trimestral do ano. "É importante recuperar o market share perdido no Brasil, afirma Ferreira.

Apesar do crescimento no volume produzido em Carajás, chuvas na mina na região fez a empresa desacelerar a descarga de trens no terminal marítimo de Ponta da Madeira (MA) em função da umidade mais elevada do minério.

"Uma vez que os problemas sofridos no segundo trimestre foram superados, há potencial para crescimento em 2011 e ampliação da exposição ao ciclo de preços elevados de minérios e metais", indica a empresa em seu balanço financeiro.

Projeto Serra Sul

A Vale desenvolve o projeto Serra Sul (S11D), projetada para a parte sul da Serra de Carajás, no sudeste do Pará. A expansão deve acrescentar 90 milhões de toneladas à produção da mineradora em 2015.

O aporte previsto é de US$ 6,776 bilhões, incluindo apenas o capital para viabilizar a exploração da mina.

A empresa estuda o capital necessário para ampliar o Porto da Ponta da Madeira, em São Luís (MA), e a construção de um ramal ferroviário entre Parauabebas e Canaã de Carajás, onde a S11D está, sendo implantada. Os canais logísticos serão usado para escoar a produção de Serra Sul.


http://www.brasileconomico.com.br/no...le_104953.html
Alcântarense no está en línea  
Old July 30th, 2011, 05:10 PM   #5
Alcântarense
Alcantarense
 
Alcântarense's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 2,575
Likes (Received): 281

Para a cúpula do PR, Valec sempre foi um consórcio Valdemar-Sarney


Para a cúpula do PR, a Valec sempre foi um “consórcio” Valdemar-Sarney, operado no governo Lula pela dupla conhecida como Juquinha e Chiquinho. Valdemar tinha Joaquim Francisco das Neves, o Juquinha, como diretor-presidente.

Ao empresário Fernando Sarney – filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) – era creditada a indicação de Francisco Elísio Lacerda, o Chiquinho, para diretor administrativo e financeiro da empresa, com o aval de Valdemar. A revelação está em matéria publicada, anteontem, pelo jornal O Estado de S. Paulo, assinada pela jornalista Christiane Samarco.

Com o título, “Valdemar sempre mira área financeira”, a matéria do Estadão diz, em sua íntegra:

“Hábil no bastidor, secretário-geral do PR articulava para pôr nome de sua confiança em diretorias da Valec e do Dnit que detêm ‘chave do cofre’

As indicações feitas pelo secretário-geral do PR, deputado Valdemar Costa Neto (SP), revelam que a chave do cofre está sempre em sua mira. Operador político que negocia as posições do partido no Executivo e hábil no bastidor, ele articulava, reposicionava pessoas e manobrava para atingir seu objetivo: plantar um nome seu na Diretoria Administrativa e Financeira da Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. e também na do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Para a cúpula do PR, a Valec sempre foi um “consórcio” Valdemar-Sarney, operado no governo Lula pela dupla conhecida como Juquinha e Chiquinho. Valdemar tinha Joaquim Francisco das Neves, o Juquinha, como diretor-presidente. Ao empresário Fernando Sarney – filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) – era creditada a indicação de Francisco Elísio Lacerda, o Chiquinho, para diretor administrativo e financeiro da empresa, com o aval de Valdemar.

Já sob o governo Dilma, quando o ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento ficou mais dócil ao PR – que o manteve no posto – e mais próximo de Valdemar, o secretário-geral do partido fez um remanejamento para tomar conta da Diretoria Financeira. Mas tudo sem degolar o homem de Sarney.

Chiquinho foi deslocado para a Diretoria de Planejamento, abrindo espaço para que Valdemar entregasse o controle do cofre a uma pessoa de sua confiança pessoal: Antonio Felipe Sanchez de Costa.

Um dirigente do PR diz que o resultado dessa operação é que, hoje, Valdemar tem o controle da Valec. Com a saída de Juquinha, demitido por ordem da presidente Dilma Rousseff, quem responde interinamente pela Valec é Antonio Felipe Sanchez de Costa, homem de Valdemar.

Segundo a assessoria de imprensa do PR, no entanto, o nome de Antonio Felipe “não consta das indicações formuladas pelo deputado Valdemar Costa Neto”. Mas um dos principais colaboradores do parlamentar admite que, na prática, tudo passava por ele. “Na condição de secretário-geral do partido, Valdemar é o avalista compulsório de todas as indicações políticas do PR”, afirma o assessor.

‘Faxina’ – Movimentação semelhante à da Valec também estava em curso no Dnit, mas dessa vez a “faxina” presidencial andou mais rápido e abortou a operação do secretário-geral do PR. Em maio, o antigo chefe de gabinete de Nascimento, Mauro Barbosa, enviou ao Senado mensagem indicando outro apadrinhado de Valdemar para assumir a Diretoria Administrativa e Financeira do Dnit.

A indicação de Augusto César Barbosa de Souza para diretor do Dnit estava na pauta da Comissão de Infraestrutura do Senado, mas como seu nome não chegou a ser apreciado antes do recesso parlamentar Dilma interveio. Determinou que a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, enviasse mensagem ao Senado na semana passada, ‘desindicando’ Augusto César”.

(Christiane Samarco – O Estado de S. Paulo)

http://www.jornalpequeno.com.br/2011...ney-164492.htm
Alcântarense no está en línea  
Old July 30th, 2011, 05:21 PM   #6
Alcântarense
Alcantarense
 
Alcântarense's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 2,575
Likes (Received): 281

Vale afirma que investiu US$ 701 milhões no Maranhão

A Vale investiu US$ 701,4 milhões no Maranhão no segundo trimestre de 2011, encerrando o primeiro semestre do ano com um acréscimo de 42% em relação ao mesmo período de 2010. Os investimentos socioambientais somaram US$ 4 milhões.

A Vale tem hoje no Maranhão 10.065 empregados e, em função dos diversos investimentos que a empresa mantém no estado, está gerando mais 11.218 empregos em canteiros de obras dos projetos em andamento.
Os principais investimentos foram feitos na área de logística. Segudno dados da companhia, foram transportados 26,7 milhões de toneladas de produtos pela Estrada de Ferro Carajás (EFC) sendo que, deste total, 25,4 milhões de toneladas equivalem ao transporte de minério de ferro e 1,39 milhões de toneladas restantes equivalem ao total de carga geral.

Já o Terminal Portuário de Ponta da Madeira (TPPM) - incluindo as operações realizadas no berço 105, operado pela Vale no Porto do Itaqui - foi responsável neste segundo trimestre de 2011 pelo embarque de 24,7 milhões de toneladas de produtos, dos quais 23,2 milhões de toneladas equivalem ao transporte de minério de ferro e os 1,5 milhões de toneladas restantes equivalem ao total de carga geral.

Balanço geral
Ao todo, os serviços de logística da Vale geraram receita de R$ 950 milhões no segundo trimestre de 2011, 32,1% acima dos R$ 719 milhões do primeiro trimestre do ano. A receita de transporte ferroviário de carga geral no segundo trimestre aumentou para R$ 757 milhões ante R$ 588 milhões nos três primeiros meses de 2011, o que foi influenciado pelo início da safra agrícola no Brasil, que se estende pelo segundo e terceiro trimestres.

As ferrovias da Vale - Carajás (EFC), Vitória a Minas (EFVM), Centro Atlântica (FCA) e Norte-Sul (FNS) - bem como a participação proporcional da coligada MRS, transportaram 7,043 bilhões de toneladas por quilômetro útil (tku) de carga geral para clientes no 2T11, 23,8% superior aos 5,687 bilhões tku transportados no 1T11.

Produção de Minério de Ferro:
A produção de minério de ferro alcançou 80,3Mt no segundo trimestre de 2011, se constituindo no melhor desempenho de um segundo trimestre. Ocorreu aumento de 12,2% sobre o trimestre anterior, tendo havido ganhos em todos os sistemas, Norte, Sudeste, Sul, Centro-Oeste, assim como na Samarco.

O fim do período chuvoso nos Sistemas Sudeste, Sul e Centro-Oeste ajudou a recuperação. A produção de Carajás alcançou 26 milhões de toneladas no segundo trimestre de 2011, crescendo 14,9% em relação ao trimestre anterior e 16,7% em relação ao mesmo período de 2010.


http://www.oimparcial.com.br/app/not...maranhao.shtml
Alcântarense no está en línea  
Old July 30th, 2011, 05:59 PM   #7
Alcântarense
Alcantarense
 
Alcântarense's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 2,575
Likes (Received): 281

Aneel vota trasferência de térmicas da Bertin para a MPX


Órgão também decidirá sobre mudança de localização e combustíveis de duas termelétricas a óleo


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) discute nesta terça-feira (2/8) os processos referentes à aquisição de três termelétricas do Grupo Bertin pela MPX Energia. As usinas MC2 João Neiva (300MW) e MC2 Joinville (330MW) foram licitadas no leilão A-5 de 2008 e precisam iniciar a operação até janeiro de 2013. A venda dos projetos foi acertada entre as companhias no mês passado, com a assinatura de um termo de compromisso.

Além de aprovar ou não o negócio, a diretoria colegiada da Aneel também precisará analisar o pleito da MPX, que pretende alterar o combustível das plantas - de óleo para gás natural - e mudar a localização dos empreendimentos para a bacia do Parnaíba, no Maranhão. Essas condições foram estabelecidas pela MPX como essenciais para a efetivação da transação.

A MPX, que pertence ao Grupo EBX, do empresário Eike Batista, possui licença de instalação para implantar até 3.722MW em térmicas a gás na região do Parnaíba e pretende utilizar a autorização para construir as usinas da Bertin, que ainda não tinham iniciado as obras.

Além disso, a Bertin tinha visto a Petrobras cancelar os contratos de fornecimento de gás para os empreendimentos. Caso a Aneel aprove a aquisição da MPX e a mudança de localidade das plantas, a empresa usará insumo fornecido pela OGX, que também faz parte da holding EBX.


http://www.jornaldaenergia.com.br/le...%20da%20Bertin
Alcântarense no está en línea  
Old July 30th, 2011, 06:10 PM   #8
eduardo76
Registered User
 
eduardo76's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: São Luís do Maranhão
Posts: 3,208
Likes (Received): 370

2 MARANHÃO NOTÍCIAS VIII?
eduardo76 no está en línea  
Old July 30th, 2011, 06:14 PM   #9
eduardo76
Registered User
 
eduardo76's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: São Luís do Maranhão
Posts: 3,208
Likes (Received): 370

Quote:
Originally Posted by ramomelo View Post
maranhão noticias viii! eu espero que aqui não exista preconceitos e nem conflitos de regiões pessoal.afinal nós todos somos maranheces

Isso ai, mas nós somos ''maranheNSES''!!!!!!!!!!!
eduardo76 no está en línea  
Old July 30th, 2011, 06:34 PM   #10
Alcântarense
Alcantarense
 
Alcântarense's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 2,575
Likes (Received): 281

RN está recebendo lixo industrial do MA


Uma polêmica envolvendo a Braseco e o Sindicato dos Trabalhadores em Asseio, Conservação e Limpeza Urbana do Rio Grande do Norte (SINDLIMP/RN) movimentou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (IDEMA) na tarde de ontem. O presidente do sindicato, vereador Fernando Lucena, denuncia que a Braseco estaria recebendo, há alguns dias, resíduos tóxicos provenientes da extração do petróleo e gás no Estado do Maranhão. Seis carretas carregadas com o material estão estacionadas em um posto localizado na BR-406 aguardando documentação para realizar o depósito no aterro sanitário.

O produto em questão recebe o nome de "Resíduo de Cascalho de Perfuração II A" e é proveniente da empresa OXG Maranhão Petróleo e Gás Ltda., localizada no município de Capinzal do Norte-MA. A dúvida é com relação à classificação do resíduo. Para Lucena, "isso é lama asfáltica, altamente tóxico e prejudicial ao meio ambiente. Não deveria nem estar circulando pelas estradas", diz. Já o diretor da Braseco, Henrique Dantas, afirma que não há problemas. "Esse tipo de resíduo não tem nada de tóxico. Ao contrário, trata-se de um resíduo de excelente qualidade". Um laudo do Idema que deverá ser expedido nos próximos dias deverá por fim à dúvida.

Segundo Fábio Soares, motorista da carreta com placas NKJ 5233, de Barro Alto-GO, a empresa OXG está realizando a perfuração de poços de gás no município de Santo Antônio dos Lopes-MA. O destino dos resíduos, segundo Fábio, era a cidade de Recife-PE. "Mas não conseguimos descarregar lá porque estava chovendo muito e os caminhões não conseguiam chegar ao aterro", alega.

Impossibilitados de realizar o descarregamento na capital pernambucana, os motoristas foram orientados a seguirem viagem para Natal, onde chegaram no último domingo. Porém, eles não estavam com as notas fiscais endereçadas a Braseco, o que impossibilita a entrada dos caminhões no local. "A empresa mandou a gente pra cá [Natal], só que as notas fiscais estão com o endereço de Recife, por isso estamos aqui, esperando os documentos para poder descarregar na Braseco", completa.

Os demais motoristas e o próprio Henrique Dantas confirmam que outros caminhões já descarregaram o mesmo tipo de material no aterro sanitário localizado em Ceará-Mirim. "Já recebemos esse tipo de resíduo de empresas do próprio Estado há algum tempo. Agora estamos recebendo dessa empresa maranhense. Não há nenhum problema. Temos estudos que atestam a qualidade do resíduo", conta Henrique.

O vereador Fernando Lucena é taxativo em afirmar que o material é prejudicial ao meio ambiente e não deve ser depositado no aterro sanitário. "Eles estão trazendo isso pra cá porque nenhum outro Estado do Nordeste quis receber porque sabem o quanto é perigoso. Como aqui não há fiscalização nenhuma, entra tudo sem permissão mesmo. É um absurdo", declara.

Henrique Dantas rebate as acusações de Lucena e afirma que o motivo dos resíduos serem encaminhados para a Braseco é que, além do Rio Grande do Norte, apenas a Bahia possui um aterro sanitário com as qualificações e atestado do ISO 14.000. Segundo o diretor, essas normas são uma exigência da empresa OXG Maranhão Petróleo e Gás Ltda. "Só aqui no RN e na Bahia existem aterros com essas especificações. A empresa do Maranhão deve ter escolhido a Braseco devido à proximidade", conta.

A informação é discordando com o relato dos motoristas que afirmam terem ido à Recife descarregar o material. "Eu já descarreguei esse mesmo tipo de resíduo em outras cidades. Uma vez foi em Mossoró e duas vezes em Recife", afirma José Raimundo.

Vistoria

Após a denúncia feita pelo vereador Fernando Lucena, uma viatura da PRF foi até o posto onde os caminhões estão estacionados. Os inspetores conferiram as notas fiscais das cargas e verificaram que não havia problemas. O inspetor Olinto Neto orientou que os motoristas aguardassem a documentação correta e afirmou que os postos de fiscalização da PRF estarão atentos à movimentação dos mesmos. Nenhum funcionário do Idema compareceu ao local. Através da assessoria de imprensa, o órgão afirma que uma fiscal visitou a Braseco e colheu amostras do material depositado anteriormente, para análise. Cada carreta está carregada com cerca de 27 metros cúbicos do resíduo. O preço da carga declarado na nota fiscal é irrisório, apenas R$ 13,50. Porém, o frete, segundo os motoristas, é de R$ 5 mil.

Fonte: Tribuna do Norte

http://www.cabugidoserido.com.br/not...dustrial-do-ma
Alcântarense no está en línea  
Old July 30th, 2011, 06:37 PM   #11
Alcântarense
Alcantarense
 
Alcântarense's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 2,575
Likes (Received): 281

Estrelas do Vôlei duelam nas quadras de São Luís, sábado


Vai começar a temporada 2011 do Desafio de Vôlei Banco do Brasil e a primeira parada dos duelos entre os craques das areias e das quadras é São Luis (MA). Sábado (30.07), às 10h, a Arena Domingos Leal receberá oito estrelas do voleibol brasileiro para o primeiro confronto do ano. A entrada é gratuita.

No Desafio de Vôlei Banco do Brasil, atletas do vôlei de praia e do vôlei indoor são divididos em duas equipes com quatro componentes cada. A bola utilizada é a do vôlei de praia e o tamanho da quadra é o mesmo de uma competição indoor. O jogo é disputado em melhor de cinco sets de 25 pontos em uma quadra de areia. Caso haja empate, haverá um tie-break de 15 pontos.

Em São Luis, a equipe do vôlei indoor contará com a presença de três campeões olímpicos: Marcelo Negrão, ouro em 1992, Nalbert, campeão em 2004, e Mauricio, vencedor nas duas temporadas. O quarto componente da equipe é o gigante Fernandão, de 2,10m, revelação das areias brasileiras.

No vôlei de praia, a equipe é comandada pelos experientes Franco, bicampeão do Circuito Mundial, e Pará, campeão mundial em 1997. Campeão dos Jogos Mundiais Militares no último sábado, Jan também faz parte da equipe, que é complementada pelo jovem carioca Oscar.

A etapa de São Luis será a primeira de seis programadas para a competição em 2011. Depois, o Desafio de Vôlei Banco do Brasil passará ainda por Teresina (PI), entre 19 e 21 de agosto, Porto Velho (RO), de 9 a 11 de setembro, Rio Branco (AC), entre 14 e 16 de outubro, Boa Vista (RR), entre 4 e 6 de novembro, e Passo Fundo (RS), de 2 a 4 de dezembro.

Em sua primeira temporada, 2009, o Desafio de Vôlei Banco do Brasil passou por São Luis. Na ocasião, o time do vôlei de praia, formado por Franco, Márcio, Sandra Pires e Flúvia venceu a equipe da quadra, composta por Marcelo Negrão, Mauricio, Virna e Raquel por 3 a 2 (21/15, 21/14, 20/22, 15/21 e 15/11) no ginásio do Castelinho.

http://www.maranhaohoje.com.br/index...ao-luis-sabado
Alcântarense no está en línea  
Old July 30th, 2011, 06:47 PM   #12
eduardo76
Registered User
 
eduardo76's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: São Luís do Maranhão
Posts: 3,208
Likes (Received): 370

Quote:
Originally Posted by Alcântarense View Post
RN está recebendo lixo industrial do MA


Uma polêmica envolvendo a Braseco e o Sindicato dos Trabalhadores em Asseio, Conservação e Limpeza Urbana do Rio Grande do Norte (SINDLIMP/RN) movimentou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (IDEMA) na tarde de ontem. O presidente do sindicato, vereador Fernando Lucena, denuncia que a Braseco estaria recebendo, há alguns dias, resíduos tóxicos provenientes da extração do petróleo e gás no Estado do Maranhão. Seis carretas carregadas com o material estão estacionadas em um posto localizado na BR-406 aguardando documentação para realizar o depósito no aterro sanitário.

O produto em questão recebe o nome de "Resíduo de Cascalho de Perfuração II A" e é proveniente da empresa OXG Maranhão Petróleo e Gás Ltda., localizada no município de Capinzal do Norte-MA. A dúvida é com relação à classificação do resíduo. Para Lucena, "isso é lama asfáltica, altamente tóxico e prejudicial ao meio ambiente. Não deveria nem estar circulando pelas estradas", diz. Já o diretor da Braseco, Henrique Dantas, afirma que não há problemas. "Esse tipo de resíduo não tem nada de tóxico. Ao contrário, trata-se de um resíduo de excelente qualidade". Um laudo do Idema que deverá ser expedido nos próximos dias deverá por fim à dúvida.

Segundo Fábio Soares, motorista da carreta com placas NKJ 5233, de Barro Alto-GO, a empresa OXG está realizando a perfuração de poços de gás no município de Santo Antônio dos Lopes-MA. O destino dos resíduos, segundo Fábio, era a cidade de Recife-PE. "Mas não conseguimos descarregar lá porque estava chovendo muito e os caminhões não conseguiam chegar ao aterro", alega.

Impossibilitados de realizar o descarregamento na capital pernambucana, os motoristas foram orientados a seguirem viagem para Natal, onde chegaram no último domingo. Porém, eles não estavam com as notas fiscais endereçadas a Braseco, o que impossibilita a entrada dos caminhões no local. "A empresa mandou a gente pra cá [Natal], só que as notas fiscais estão com o endereço de Recife, por isso estamos aqui, esperando os documentos para poder descarregar na Braseco", completa.

Os demais motoristas e o próprio Henrique Dantas confirmam que outros caminhões já descarregaram o mesmo tipo de material no aterro sanitário localizado em Ceará-Mirim. "Já recebemos esse tipo de resíduo de empresas do próprio Estado há algum tempo. Agora estamos recebendo dessa empresa maranhense. Não há nenhum problema. Temos estudos que atestam a qualidade do resíduo", conta Henrique.

O vereador Fernando Lucena é taxativo em afirmar que o material é prejudicial ao meio ambiente e não deve ser depositado no aterro sanitário. "Eles estão trazendo isso pra cá porque nenhum outro Estado do Nordeste quis receber porque sabem o quanto é perigoso. Como aqui não há fiscalização nenhuma, entra tudo sem permissão mesmo. É um absurdo", declara.

Henrique Dantas rebate as acusações de Lucena e afirma que o motivo dos resíduos serem encaminhados para a Braseco é que, além do Rio Grande do Norte, apenas a Bahia possui um aterro sanitário com as qualificações e atestado do ISO 14.000. Segundo o diretor, essas normas são uma exigência da empresa OXG Maranhão Petróleo e Gás Ltda. "Só aqui no RN e na Bahia existem aterros com essas especificações. A empresa do Maranhão deve ter escolhido a Braseco devido à proximidade", conta.

A informação é discordando com o relato dos motoristas que afirmam terem ido à Recife descarregar o material. "Eu já descarreguei esse mesmo tipo de resíduo em outras cidades. Uma vez foi em Mossoró e duas vezes em Recife", afirma José Raimundo.

Vistoria

Após a denúncia feita pelo vereador Fernando Lucena, uma viatura da PRF foi até o posto onde os caminhões estão estacionados. Os inspetores conferiram as notas fiscais das cargas e verificaram que não havia problemas. O inspetor Olinto Neto orientou que os motoristas aguardassem a documentação correta e afirmou que os postos de fiscalização da PRF estarão atentos à movimentação dos mesmos. Nenhum funcionário do Idema compareceu ao local. Através da assessoria de imprensa, o órgão afirma que uma fiscal visitou a Braseco e colheu amostras do material depositado anteriormente, para análise. Cada carreta está carregada com cerca de 27 metros cúbicos do resíduo. O preço da carga declarado na nota fiscal é irrisório, apenas R$ 13,50. Porém, o frete, segundo os motoristas, é de R$ 5 mil.

Fonte: Tribuna do Norte

http://www.cabugidoserido.com.br/not...dustrial-do-ma

Que absurdo isso...
eduardo76 no está en línea  
Old July 30th, 2011, 06:51 PM   #13
daniloslz
Registered User
 
daniloslz's Avatar
 
Join Date: Nov 2009
Location: São Luis-MA
Posts: 3,239
Likes (Received): 95

Quote:
Originally Posted by eduardo76 View Post
2 MARANHÃO NOTÍCIAS VIII?
criei o outro pq não aparecia pra mim este aqui! vo entrar em contato com a moderação para cancelar!
__________________
maranhense,ludovicense nascido na rua do Passeio, filho do mangue!Meus olhos pertencem ao boqueirão, meus ouvidos às matracas e pandeirões, o cheiro da tua brisa é dono do meu olfato,tuas águas turvas e areias são meu próprio tato! és tu, minha ilha,meu torrão, minha própria definição!
daniloslz no está en línea  
Old July 30th, 2011, 10:09 PM   #14
Alcântarense
Alcantarense
 
Alcântarense's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 2,575
Likes (Received): 281

Hidrelétrica Estreito inicia operação da segunda turbina


A usina está gerando energia suficiente para abastecer uma cidade de 1 milhão de habitantes.


SÃO LUÍS - A Usina Hidrelétrica Estreito (UHE Estreito) já está gerando 258,81 MW médios de energia assegurada acumulada, o suficiente para abastecer uma cidade de 1 milhão de habitantes. Toda essa potência foi alcançada a partir da entrada em operação comercial da segunda turbina do empreendimento do Consórcio Estreito Energia (Ceste). A energia está integrada ao Sistema Interligado Nacional (SIN), coordenado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Para o diretor-presidente do Ceste, José Renato Ponte, a entrada em operação comercial da segunda turbina da usina de Estreito é mais um marco do empreendimento a ser comemorado. "Toda a energia gerada pela usina de Estreito é significativa para o país. Vivemos hoje etapas importantes neste grande projeto e sinto-me feliz pelos resultados positivos alcançados", destacou.

O diretor de engenharia do Ceste, Carlos Castanho, relatou que a Unidade Geradora 2 (UG2) da UHE Estreito entrou em operação comercial somente após receber a autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o que só ocorreu após a realização de todos os testes necessários. "Logo depois de termos concluído a sua montagem, iniciamos o processo de condicionamento, quando foram realizados os testes mecânicos e elétricos", disse.

Carlos Castanho explicou que a integração da energia produzida na usina de Estreito ocorre por meio da subestação existente no site (canteiro) da Usina (SE Estreito), de onde a energia é transportada por uma linha de transmissão até uma outra subestação em Imperatriz (SE Imperatriz), e desta ao SIN - Sistema Integrado Nacional.

O gerente-geral de Obras, Adalberto Rodrigues, afirmou que as obras civis da usina estão avançadas, com previsão de conclusão da concretagem (concreto massa) até novembro, quando então haverá somente trabalhos de acabamento e reparos. Segundo ele, a terceira Unidade Geradora deve entrar em funcionamento em setembro.


http://imirante.globo.com/noticias/2...na280867.shtml
Alcântarense no está en línea  
Old July 30th, 2011, 10:17 PM   #15
Alcântarense
Alcantarense
 
Alcântarense's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 2,575
Likes (Received): 281

Infraero vai montar novas tendas no aeroporto de São Luís


As obras do terminal de passageiros ainda não têm data definida para começar.


SÃO LUÍS - Enquanto não começam as obras de reforma do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, em São Luís, previstas para o mês de agosto, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) abriu licitação para contratação de empresa especializada para locação de tendas. As obras do terminal de passageiros ainda não têm data definida para começar.

Ontem, a Infraero publicou um aviso de licitação para contratação de empresa especializada para locação de tendas estruturadas para serem utilizadas como instalações provisórias de saguão climatizado, dotado de estandes comerciais, túneis de acesso a área de check-in e áreas de apoio externo e para sala de embarque climatizada, dotada de estandes comerciais, túneis de acesso, áreas de apoio externo e desembarque.

O resultado da licitação será conhecido no dia 11 de agosto, às 9h, em um pregão, na forma eletrônica, por meio da internet e a instalação das novas tendas começam logo após a publicação do resultado no Diário Oficial da União.

Interdição - Parte do terminal de passageiros do aeroporto está interditada desde o dia 24 de março, quando foram constatados problemas na estrutura do teto do terminal. A obra de recuperação foi iniciada no mês de abril, logo após a interdição parcial do aeroporto, mas foram paralisadas em maio.

No começo desse mês, a Infraero publicou nota em seu site, esclarecendo sobre os fatores que provocaram atrasos no cronograma das obras do terminal de passageiros. Segundo a nota, houve a necessidade de cumprimento legal de alguns procedimentos, como ter mantido o prédio intacto por 60 dias para realização de perícia técnica – o que já estaria em andamento e não causaria impacto no próximo cronograma das obras.

O documento informava ainda que na condução das melhores práticas administrativas, a Infraero decidiu ampliar o nível de conforto do terminal com outras ações, como a duplicação da sala de embarque superior, nova cobertura para todo o meio-fio, climatização de todo espaço e nova praça de alimentação.

Por fim, a Infraero afirmava que as obras estavam previstas para serem iniciadas no dia 1º de agosto e com término para meados de dezembro deste ano.

http://imirante.globo.com/noticias/2...na280868.shtml
Alcântarense no está en línea  
Old July 30th, 2011, 10:24 PM   #16
Alcântarense
Alcantarense
 
Alcântarense's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 2,575
Likes (Received): 281

Deu na Isto É: Os hospitais de Roseana na UTI


Fraudes em licitações colocam sob suspeita programa de construção de unidades de saúde da governadora do Maranhão, em um negócio de quase meio bilhão de reais

Claudio Dantas Sequeira

Quem percorre o interior do Maranhão se surpreende com a quantidade de esqueletos de grandes obras abandonadas e expostas ao tempo. Várias delas estão em municípios humildes como Marajá do Sena, Matinha e São João do Paraíso. São hospitais públicos inacabados do programa Saúde é Vida, principal bandeira da campanha de reeleição de Roseana Sarney (PMDB). Com apenas 12% do cronograma cumprido desde que foi lançado há dois anos, o projeto já tem um custo superior a R$ 418 milhões e corre o risco de virar mais um imenso monumento à corrupção. Relatório da Procuradoria de Contas maranhense, obtido com exclusividade por ISTOÉ, acusa o governo de fraudar o processo licitatório, pede a devolução de parte dos repasses e a aplicação de multa ao secretário de Saúde, Ricardo Murad, cunhado da governadora. A investigação dos procuradores Jairo Cavalcanti Vieira e Paulo Henrique Araújo, a partir de representação do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Maranhão, revela um cipoal de irregularidades e mostra como o governo beneficiou empreiteiras que depois abasteceram o caixa de campanha do PMDB com mais de R$ 2 milhões.

Os problemas começaram no segundo semestre de 2009, quando o governo de Roseana resolveu lançar o Saúde é Vida. Mesmo sem previsão orçamentária, a governadora conseguiu incluir o programa no Plano Plurianual e entregou sua execução ao cunhado. Murad, alegando urgência, contratou sem licitação a empresa Proenge Engenharia Ltda. para a elaboração dos projetos básico e executivo. Os procuradores descobriram que, na verdade, o projeto básico já tinha sido elaborado por técnicos da própria Secretaria de Saúde. A mesma Proenge venceu, logo depois, um dos lotes da concorrência 301/2009 para a construção de 64 hospitais de 20 leitos. O edital da obra indicava que as empreiteiras vencedoras deveriam elaborar o projeto executivo dos hospitais. Ou seja, a empreiteira acabou recebendo duas vezes para prestar o mesmo serviço. No total, a Proenge recebeu R$ 14,5 milhões. Para os procuradores do TCE maranhense, que questionam o caráter emergencial da contratação, “os valores pagos à empresa Proenge constituem lesão ao erário e devem ser objeto de ressarcimento”. Eles calcularam em R$ 3,6 milhões o total que deve ser devolvido.

Leia a matéria completa na edição deste domingo do Jornal Pequeno

http://www.jornalpequeno.com.br/2011...uti-164542.htm

Alcântarense no está en línea  
Old July 31st, 2011, 12:19 AM   #17
ramomelo
Registered User
 
ramomelo's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Imperatriz/Bacabal/Teresina
Posts: 79
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by eduardo76 View Post

Isso ai, mas nós somos ''maranheNSES''!!!!!!!!!!!
foi mal pelo erro ortográfico.
ramomelo no está en línea  
Old July 31st, 2011, 02:23 AM   #18
daniloslz
Registered User
 
daniloslz's Avatar
 
Join Date: Nov 2009
Location: São Luis-MA
Posts: 3,239
Likes (Received): 95

Quote:
Originally Posted by Alcântarense View Post
Infraero vai montar novas tendas no aeroporto de São Luís


As obras do terminal de passageiros ainda não têm data definida para começar.


SÃO LUÍS - Enquanto não começam as obras de reforma do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, em São Luís, previstas para o mês de agosto, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) abriu licitação para contratação de empresa especializada para locação de tendas. As obras do terminal de passageiros ainda não têm data definida para começar.

Ontem, a Infraero publicou um aviso de licitação para contratação de empresa especializada para locação de tendas estruturadas para serem utilizadas como instalações provisórias de saguão climatizado, dotado de estandes comerciais, túneis de acesso a área de check-in e áreas de apoio externo e para sala de embarque climatizada, dotada de estandes comerciais, túneis de acesso, áreas de apoio externo e desembarque.

O resultado da licitação será conhecido no dia 11 de agosto, às 9h, em um pregão, na forma eletrônica, por meio da internet e a instalação das novas tendas começam logo após a publicação do resultado no Diário Oficial da União.

Interdição - Parte do terminal de passageiros do aeroporto está interditada desde o dia 24 de março, quando foram constatados problemas na estrutura do teto do terminal. A obra de recuperação foi iniciada no mês de abril, logo após a interdição parcial do aeroporto, mas foram paralisadas em maio.

No começo desse mês, a Infraero publicou nota em seu site, esclarecendo sobre os fatores que provocaram atrasos no cronograma das obras do terminal de passageiros. Segundo a nota, houve a necessidade de cumprimento legal de alguns procedimentos, como ter mantido o prédio intacto por 60 dias para realização de perícia técnica – o que já estaria em andamento e não causaria impacto no próximo cronograma das obras.

O documento informava ainda que na condução das melhores práticas administrativas, a Infraero decidiu ampliar o nível de conforto do terminal com outras ações, como a duplicação da sala de embarque superior, nova cobertura para todo o meio-fio, climatização de todo espaço e nova praça de alimentação.

Por fim, a Infraero afirmava que as obras estavam previstas para serem iniciadas no dia 1º de agosto e com término para meados de dezembro deste ano.

http://imirante.globo.com/noticias/2...na280868.shtml
o mundo acaba em 2012 e slz não terá aeroporto!!!

Quote:
Originally Posted by Alcântarense View Post
Deu na Isto É: Os hospitais de Roseana na UTI


Fraudes em licitações colocam sob suspeita programa de construção de unidades de saúde da governadora do Maranhão, em um negócio de quase meio bilhão de reais

Claudio Dantas Sequeira

Quem percorre o interior do Maranhão se surpreende com a quantidade de esqueletos de grandes obras abandonadas e expostas ao tempo. Várias delas estão em municípios humildes como Marajá do Sena, Matinha e São João do Paraíso. São hospitais públicos inacabados do programa Saúde é Vida, principal bandeira da campanha de reeleição de Roseana Sarney (PMDB). Com apenas 12% do cronograma cumprido desde que foi lançado há dois anos, o projeto já tem um custo superior a R$ 418 milhões e corre o risco de virar mais um imenso monumento à corrupção. Relatório da Procuradoria de Contas maranhense, obtido com exclusividade por ISTOÉ, acusa o governo de fraudar o processo licitatório, pede a devolução de parte dos repasses e a aplicação de multa ao secretário de Saúde, Ricardo Murad, cunhado da governadora. A investigação dos procuradores Jairo Cavalcanti Vieira e Paulo Henrique Araújo, a partir de representação do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Maranhão, revela um cipoal de irregularidades e mostra como o governo beneficiou empreiteiras que depois abasteceram o caixa de campanha do PMDB com mais de R$ 2 milhões.

Os problemas começaram no segundo semestre de 2009, quando o governo de Roseana resolveu lançar o Saúde é Vida. Mesmo sem previsão orçamentária, a governadora conseguiu incluir o programa no Plano Plurianual e entregou sua execução ao cunhado. Murad, alegando urgência, contratou sem licitação a empresa Proenge Engenharia Ltda. para a elaboração dos projetos básico e executivo. Os procuradores descobriram que, na verdade, o projeto básico já tinha sido elaborado por técnicos da própria Secretaria de Saúde. A mesma Proenge venceu, logo depois, um dos lotes da concorrência 301/2009 para a construção de 64 hospitais de 20 leitos. O edital da obra indicava que as empreiteiras vencedoras deveriam elaborar o projeto executivo dos hospitais. Ou seja, a empreiteira acabou recebendo duas vezes para prestar o mesmo serviço. No total, a Proenge recebeu R$ 14,5 milhões. Para os procuradores do TCE maranhense, que questionam o caráter emergencial da contratação, “os valores pagos à empresa Proenge constituem lesão ao erário e devem ser objeto de ressarcimento”. Eles calcularam em R$ 3,6 milhões o total que deve ser devolvido.

Leia a matéria completa na edição deste domingo do Jornal Pequeno

http://www.jornalpequeno.com.br/2011...uti-164542.htm

eu tou chocado: sarney cortou a verba da istoé? essa revistinha mercenária sempre defendeu ardorosamente o clã!
__________________
maranhense,ludovicense nascido na rua do Passeio, filho do mangue!Meus olhos pertencem ao boqueirão, meus ouvidos às matracas e pandeirões, o cheiro da tua brisa é dono do meu olfato,tuas águas turvas e areias são meu próprio tato! és tu, minha ilha,meu torrão, minha própria definição!
daniloslz no está en línea  
Old July 31st, 2011, 03:33 AM   #19
sansirodb
Sansiro
 
sansirodb's Avatar
 
Join Date: Jul 2007
Location: São Luís - La Ville Aux Petits Palais de Porcelaine
Posts: 499
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by Alcântarense View Post
[COLOR="Red"]Infraero vai montar novas tendas no aeroporto de São Luís[/COLOR

http://imirante.globo.com/noticias/2...na280868.shtml
Finalmente tão "ampliando" o aeroporto da capital! hahahahahahahahaha
__________________
SÃO LUÍS - UPAON-AÇU - LA VILLE AUX PETITS PALAIS DE PORCELAINE - ATENAS BRASILEIRA -ILHA DO AMOR - JAMAICA BRASILEIRA - ILHA REBELDE - PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE - CAPITAL DA CULTURA 2009
sansirodb no está en línea  
Old July 31st, 2011, 03:38 AM   #20
edutj16
طريقتي في كونها سعيدة
 
edutj16's Avatar
 
Join Date: Jun 2010
Location: São Luís - MA
Posts: 4,847
Likes (Received): 947

Sete Linhas Aéreas já pretende voltar para o Maranhão, a empresa solicitou um voo para Imperatriz. O voo sairá de Belém até Goiania.

Goiania-Palmas-Imperatriz-Marabá-Belém (ida e volta)

Aeronave: EMB 120 (30 pax)

O pedido ainda está sendo estudado pela ANAC, e tem previsão de começar no dia 28/08.

Espero q dê certo e ela aumente rotas no MA e PI.
__________________
السعادة نبني
edutj16 no está en línea  
Closed Thread

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 06:38 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu