search the site
 daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Rodoviário



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 50 votes, 5.00 average.
Old December 2nd, 2011, 01:20 PM   #1081
Tiago Costa
Servir sempre!
 
Tiago Costa's Avatar
 
Join Date: May 2006
Location: São Paulo
Posts: 34,349

A questão é que "bonito" é algo que varia. Por lá eles têm isso, e não reclamam. Aqui o que falta mesmo é conforto interno e bons chassis.
Tiago Costa no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old December 2nd, 2011, 01:30 PM   #1082
samuca_
Um menino muito garotinho
 
samuca_'s Avatar
 
Join Date: Oct 2009
Posts: 15,925
Likes (Received): 21208

Quote:
Originally Posted by FGB_curitiba View Post
Vale lembrar que na maioria dos outros países a fabricante do chassi também fabrica a carroceria, ao contrário do caso brasileiro. Certamente isso tem alguma coisa a ver com o fato dos ônibus serem feios lá fora, mas não explica tudo.
Acho que não, lembra dos Monoblocos MB como tinham um belo Design?


Quote:
Originally Posted by Tiago Costa View Post
A questão é que "bonito" é algo que varia. Por lá eles têm isso, e não reclamam. Aqui o que falta mesmo é conforto interno e bons chassis.
Acho que se padronizássemos os ônibus com chão de Taraflex, poltronas revestidas com um bom pano(igual aos rodoviários), e o acabamento interno de fosse mais interiço teríamos o minimo de conforto. Se fossem Monoblocos então vixi....
samuca_ no está en línea   Reply With Quote
Old December 2nd, 2011, 11:10 PM   #1083
StreetView
25º25'S 49º15'W
 
Join Date: Jul 2009
Location: Earth
Posts: 469
Likes (Received): 7

Quote:
Originally Posted by samuca_ View Post
Raro são o ônibus feios aqui no Brasil. Se o Joint Venture Marcopolo-CAIO for viável, acho que poderemos vender busões com a qualidade de design de ambas para os japoneses.
Hoje eles são mais bonitos, mas antigamente tinham muitos modelos feios. Os Neobus de uns 10 anos atrás, os Thamco, os Caio Vitória e antecessores eram horrorosos. Da Ciferal, nenhum se salvava -- eram todos mais feios que bater na mãe. Nem quando eles eram novos pareciam bonitos.

Quote:
Originally Posted by BSLnew View Post
Somente imaginando e tentanto achar alguma explicação...

Será que eles privilegiam outros atributos internos (conforto, tecnologia, desempenho) ao invés do design. O ônibus "sem design" ficaria mais barato assim como o carro que não é da moda no Brasil?
Pelo que eu sei, na América do Norte, eles dão preferência aos aspectos operacionais. A abordagem deles é mais prática e eles buscam fazer ônibus mais leves. Normalmente uma empresa fabrica o chassi encarroçado (monobloco), mas o motor e caixa de câmbio são escolhas à parte. Os maiores fabricantes lá são a New Flyer (canadense com sede em Winnipeg), NovaBus (subsidiária canadense da Volvo), Orion (subsidiária canadense da Daimler-Benz) e NABI (com sede no Alabama). Os motores normalmente são Cummins ISL ou Detroit Diesel, enquanto que as caixas de câmbio são praticamente as mesmas daqui: ZF, Voith ou Allison, exceto que quem tem presença mais forte é a Allison.

Embora falem muito mal do transporte coletivo nos EUA, os ônibus lá são muito bons: quase todos tem piso baixo, climatizador de ar, muitos tem um sistema de anúncio que avisa a rua transversal que o ônibus está cruzando e fala a linha que ele está fazendo quando a porta de embarque é aberta (especialmente útil para os cegos), sem contar que todos os veículos tem motor traseiro e câmbio automático.

Se me perguntarem, eu troco qualquer modelo dito bonito no Brasil por um ônibus quadrado e feio norte-americano com todos esses atributos.
__________________
Home is where your heart is
Click here for my pics on Panoramio.
StreetView no está en línea   Reply With Quote
Old December 2nd, 2011, 11:26 PM   #1084
pedro_omar
Registered User
 
pedro_omar's Avatar
 
Join Date: Sep 2010
Location: Belo Horizonte
Posts: 374
Likes (Received): 116

Ah mas eu garanto que um Millenium III ou um Gran Viale sobre Scania ou Volvo bota qualquer desses quadradões no chinelo....
pedro_omar no está en línea   Reply With Quote
Old December 2nd, 2011, 11:36 PM   #1085
Rodalvesdepaula
Inativo, só que não
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 44,662
Likes (Received): 33848

Quote:
Originally Posted by Tiago Costa View Post
Ônibus e trens japoneses (tirando os Shinkansen) geralmente são horrorosos.
Não acho, não... Tem uns trens regionais muito bonitos por lá.

Os principais fabricantes de chassis de ônibus japoneses são a Isuzu, Hino e Fuso; a maior encarroçadora é a Fuji Heavy, que também é dona da marca Subaru.
Rodalvesdepaula no está en línea   Reply With Quote
Old December 2nd, 2011, 11:45 PM   #1086
StreetView
25º25'S 49º15'W
 
Join Date: Jul 2009
Location: Earth
Posts: 469
Likes (Received): 7


Não sei exatamente o que você quer dizer com "põe no chinelo", mas acho que os únicos que andam tão bem quanto esses americanos são os Volvo B290R e B340M. Ando neles frequentemente e é perceptível que eles são bem superiores a qualquer Mercedes-Benz ou Scania.

Com relação às carrocerias, o Neobus MegaBRT tem um jeito bem parecido com os americanos, inclusive o layout interno é quase idêntico aos de lá. Para mim, como passageiro, o conforto e a qualidade independem do fato de a carroceria ser Millennium III ou Gran Viale e está mais ligado a o que equipa o ônibus (como comentei na outra postagem). Se tiver motor traseiro e silencioso, câmbio automático, não pifar nunca e tiver aqueles atributos que citei antes, tá valendo -- seja New Flyer ou Marcopolo.
__________________
Home is where your heart is
Click here for my pics on Panoramio.
StreetView no está en línea   Reply With Quote
Old December 3rd, 2011, 12:01 AM   #1087
Rodalvesdepaula
Inativo, só que não
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 44,662
Likes (Received): 33848

Ah: o Japão não fabrica ônibus articulados. Somente três cidades possuem os "sanfonados" no arquipélago:

Chiba (Volvo B10M sueco com carroceria japonesa Fuji Heavy)



http://www.busexplorer.com/PHP/MidPage.php?id=141


Atsugi (Citaros alemães)


http://www.ask.com/wiki/Mercedes-Benz_Citaro


Tóquio (Citaros recentemente comprados pela Keisei)


http://www.planetbenz.com/2010/03/be...-bus-in-japan/


Meio-OFF, mas o Japão importa muito caminhão da Europa também. Pesados da Volvo, Mercedes-Benz e Scania (vendidos lá pela Hino) são comuns nas estradas nipônicas.


Como é o pagamento de tarifa nos ônibus japoneses? O usuário entra pela porta de trás e pega um bilhete através de uma impressora, que marca o número da parada onde ele embarcou; em seguida, o usuário olha para um painel acima do motorista, que mostra o tarifário eletrônico. Ao chegar no destino, a pessoa insere o bilhete num validador ao lado do motorista, que calcula automaticamente a tarifa a ser paga; em seguida, o usuário coloca o dinheiro na máquina (que devolve troco) e desce pela porta dianteira.

Ultimamente, esse método está em desuso devido aos cartões de transporte, como o PASMO e o Suica (que funcionam como o bilhete Único de São Paulo).

Last edited by Rodalvesdepaula; December 3rd, 2011 at 12:07 AM.
Rodalvesdepaula no está en línea   Reply With Quote
Old December 3rd, 2011, 01:20 AM   #1088
samuca_
Um menino muito garotinho
 
samuca_'s Avatar
 
Join Date: Oct 2009
Posts: 15,925
Likes (Received): 21208


Em conforto eles são nota 1000, mas em design externo.... prefiro o Millennium III(2,5 como alguns preferem). Mas aposto que eles transportam mais e com mais qualidade!
samuca_ no está en línea   Reply With Quote
Old December 3rd, 2011, 01:28 PM   #1089
pedro_omar
Registered User
 
pedro_omar's Avatar
 
Join Date: Sep 2010
Location: Belo Horizonte
Posts: 374
Likes (Received): 116

O Viale BRT põe o Citaro na Saudade....

A questão do conforto interno,é mais dos frotistas do que propriamente das encarroçadoras,eu acho o padrão de São Paulo bem confortável
pedro_omar no está en línea   Reply With Quote
Old December 3rd, 2011, 04:53 PM   #1090
Miracatiba
Registered User
 
Miracatiba's Avatar
 
Join Date: May 2008
Location: São Paulo
Posts: 4,639

Era isso que eu ia falar, questão de conforto é uma opção do frotista. Ele é quem vai requisitar se quer conforto e mais segurança para o passageiro (e aos funcionarios). As empresas encarroçadoras está ali para fazer o que as empresas pedem (e vão cobrar por isso, lógico), se o cara pedir quer um onibus padrão americano de conforto e segurança, as empresas vão fazer, se quer um "padrão Bangladesh" de qualidade, as empresas vão fazer.
__________________
Sanctus Paulus
Miracatiba no está en línea   Reply With Quote
Old December 3rd, 2011, 07:54 PM   #1091
samuca_
Um menino muito garotinho
 
samuca_'s Avatar
 
Join Date: Oct 2009
Posts: 15,925
Likes (Received): 21208


veja os Mondegos L da 1001, e alguns S22 da Bahia.
samuca_ no está en línea   Reply With Quote
Old December 4th, 2011, 12:42 AM   #1092
Tiago Costa
Servir sempre!
 
Tiago Costa's Avatar
 
Join Date: May 2006
Location: São Paulo
Posts: 34,349

Quote:
Originally Posted by Miracatiba View Post
Era isso que eu ia falar, questão de conforto é uma opção do frotista. Ele é quem vai requisitar se quer conforto e mais segurança para o passageiro (e aos funcionarios). As empresas encarroçadoras está ali para fazer o que as empresas pedem (e vão cobrar por isso, lógico), se o cara pedir quer um onibus padrão americano de conforto e segurança, as empresas vão fazer, se quer um "padrão Bangladesh" de qualidade, as empresas vão fazer.
Nisso entram algumas agências, como a ABNT ou seja lá quem regule a qualidade dos ônibus fabricados. Se for estabelecido um padrão mínimo para os ônibus, ainda que seja necessário que alguns deles sejam preparados para ambientes "hostis"/"off-road". Se eles não puderem sair da fábrica assim, os clientes não poderão encomendá-los.
Tiago Costa no está en línea   Reply With Quote
Old January 21st, 2012, 05:38 PM   #1093
Miguel Pontes
Navenh
 
Miguel Pontes's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Águas Claras - DF
Posts: 3,534
Likes (Received): 1845

Recife

Boa notícia de Pernambuco, apesar da lentidão.

Em Recife começam as obras do BRT Norte-Sul
06/01/2012 - Secretaria das Cidades

“Está é uma obra muito importante para a população da Região Metropolitana Norte do Recife, pois irá diminuir significativamente o tempo de viagem na ida para o trabalho e na volta para a casa dos usuários. O nosso cálculo é que haja um ganho de tempo de 15 minutos por viagens. Isso nos fez ver que as pessoas terão ao longo de um ano dez dias fora de um ônibus. Isso reflete diretamente na qualidade de vida da população”. Foi com essas palavras que o governador do Estado, Eduardo Campos, deu o pontapé inicial nas obras do Corredor Exclusivo de Ônibus Norte-Sul. A intervenção, que tive início na manhã de sexta-feira (06), com a restauração, reforço e substituição das placas de concreto do canteiro central ao longo da BR-101 (Km 42 da BR-101 até o Km 47 da via, próximo a UPA de Cruz de Rebouças), também contou com a presença do secretário das Cidades, Danilo Cabral.

No total a Secretaria das Cidades irá investir R$ 151 milhões em todo o corredor que vai contar com 33 estações, indo do Terminal Integrado de Igarassu até o Terminal Integrado do Recife, no centro da Cidade, passando pela PE-15, pelo Complexo de Salgadinho e pela Avenida Cruz Cabugá. Será um percurso de 33,2 km que vai facilitar a vida de mais de 146 mil passageiros de ônibus que utilizam o trecho, sobretudo os usuários que utilizam os Terminais Integrados de Igarassu, Pelópidas Silveira e PE-15. Um viaduto e um elevado serão construídos nos Bultrins e outro elevado em Ouro Preto. A obra terá duração de 18 meses.

O Governador, Eduardo Campos, também pontuou que a Região Metropolitana do Recife passará a ter mais de 100 km de via exclusiva para o transporte público após a implantação dos corredores. “Esse projeto tem inspiração no Sistema de Transporte de Ônibus de Curitiba e de Bogotá, mas vale salientar que até 2014, teremos mais de 100 km de vias exclusivas para ônibus, o que significa um percentual bem maior do que temos em Bogotá”, reforçou.

O secretário das Cidades, Danilo Cabral, reforçou que além da construção do corredor Norte-Sul, o Governo do Estado tem investido em vários projetos de mobilidade para a RMR. “Iniciamos no final de dezembro as obras do corredor exclusivo de ônibus Leste-Oeste, também já iniciamos as obras do Ramal Cidade da Copa e já demos a ordem de serviço para o início das obras do Terminal Integrado Cosme e Damião. Essas obras ficarão prontas até 2014 e receberam investimentos do PAC da Copa. Estamos avançando nessas obras e queremos mudar o perfil do transporte público da RMR”, afirmou o secretário.

A construção do Corredor Norte-Sul está sendo executada pelas empresas consorciadas EMSA-ATERPA, ganhadoras da licitação. Para esse primeiro trecho, serão necessários cerca de R$ 6 milhões e 90 dias para conclusão.

O primeiro trecho irá refletir na alteração do ponto de parada de cinco linhas que utilizam o corredor exclusivo de ônibus da via. Ao todo, serão alterados os locais de 15 paradas no sentido Igarassu/Recife e 10 pontos de embarque e desembarque no sentido Recife/Igarassu. Todos os pontos desativados serão substituídas por paradas provisórias localizados nas calçadas ao longo da via. Um grupo de divulgação do Grande Recife Consórcio de Transporte estará no local durante uma semana distribuindo cartazes e informando as mudanças aos passageiros. Todos os ônibus que trafegam no local e as paradas também estão com cartazes informando sobre as mudanças.

As mudanças – As linhas 946-Igarassu (BR-101); 956-Igarassu (Bacurau); 964-Igarassu/Macaxeira; 967-Igarassu (Sítio Histórico) e 905-Igarassu/Paulista serão atingidas com a mudança (toda a programação segue abaixo).

Os divulgadores estarão ainda nos Terminais Integrados de Igarassu, Pelópidas Silveira e PE-15 distribuindo folhetos informativos sobre toda a operação. Os usuários podem ligar para a Central de Atendimento ao Cliente do Grande Recife Consórcio de Transporte, pelo telefone 0800 081 0158, ou fazer seus questionamentos pelo site www.granderecife.pe.gov.br.

Também faz parte do projeto de implantação do corredor Norte-Sul, a construção de quatro viadutos que vão cruzar a Avenida Agamenon Magalhães, entre a Ilha do Leite e o Parque Amorim: um na entrada para a Rosa e Silva (do Português/Mac Donald); um iniciando na Rui Barbosa, em frente ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), e cruzando a Agamenon Magalhães até o Americano Batista; outro do Colégio Contato, na Dom Bosco, até o Hospital da Restauração e o último saindo da Paissandu e indo até o outro lado da pista, no canteiro central. O Estado estima que o investimento para construção dos Viadutos da Avenida Agamenon Magalhães seja de R$ 132 milhões. A obra está em processo de licitação.

http://memoria754.blogspot.com/2012/...brt-norte.html
Miguel Pontes no está en línea   Reply With Quote
Old February 19th, 2012, 01:14 AM   #1094
Daniel_Sousa
Registered User
 
Join Date: Dec 2011
Location: São Paulo
Posts: 10,890
Likes (Received): 11994

Acho que a questão de conforto do passageiro, devia receber mais atenção ainda das encarroçadoras, ouvindo o passageiro e não só os frotistas... Será que a CAIO já percebeu que as suas janelas emperram constantemente? Ou que alguns lugares são extremamente insuportáveis para pessoas com mais de 1,60. E que as luminárias se soltam facilmente, aumentando os "grilos" nos ônibus. E que os ventiladores acumulam folhas de árvores e não funcionam... Ou será que só o Ruas é ouvido?...

Algumas coisas já melhoraram na linha CAIO: Nos Top Bus PB as luminárias de LED e as laterais cobertas são bem resistentes, embora no caso das laterias, eu já encontrei sem a proteção.
__________________
Vida sem valor, não merece mais ser vivida. Adeus!
Daniel_Sousa no está en línea   Reply With Quote
Old February 19th, 2012, 08:56 PM   #1095
Fabio Pittol
Registered User
 
Fabio Pittol's Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Vitória, ES
Posts: 838
Likes (Received): 197


Mas isso é cultural Daniel.

Empresa é igual em qualquer lugar do mundo, a lógica dela é lucrar. O que equilibra são as regras/leis impostas pelos órgãos gestores e também a qualidade cobrada pela população.

Tome como exemplo nosso mercado automotivo de forma geral. Um carro de 10 mil euros é tão completo como um de 60 mil reais. O consumidor exige qualidade e preço "baixo".

Aqui o consumidor num tá nem aí. A população paga caro e anda em ônibus cada vez piores, e num tá nem aí. E quando os estudantes vão reclamar do aumento da passagem, eles são contra as manifestações.

E as empresas de ônibus tem seus esquemas e estão confortáveis. Eu não caio na historinha de que empresa de ônibus aqui busca a encarroçadora que oferece o melhor. Eles só reconsideram o que pode afetar absurdamente sua margem de lucro, e geralmente o que tem esse poder é o chassis.
Fabio Pittol no está en línea   Reply With Quote
Old February 20th, 2012, 02:14 AM   #1096
Lro A C
Registered User
 
Lro A C's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: São Paulo
Posts: 6,530
Likes (Received): 1113

Uma vez em 2004 rolou um Boato que o Citaro seria exposto aqui no Brasil,mas infelizmente foi só boato,imagino o Citaro sendo aqui no Brasil,SP talvez seria a cidade no mundo com a maior concentração deles.
Mas em 2001 a Caio estava lascada,a beira da falência,penso que se ela tivesse falido,a MB poderia trazer o citaro pra cá ou desenvolver um Monobloco aqui.
Lro A C no está en línea   Reply With Quote
Old February 20th, 2012, 03:38 AM   #1097
rlbl1992
Lopes
 
rlbl1992's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Posts: 427
Likes (Received): 49

Quote:
Originally Posted by Lro A C View Post
Uma vez em 2004 rolou um Boato que o Citaro seria exposto aqui no Brasil,mas infelizmente foi só boato,imagino o Citaro sendo aqui no Brasil,SP talvez seria a cidade no mundo com a maior concentração deles.
Mas em 2001 a Caio estava lascada,a beira da falência,penso que se ela tivesse falido,a MB poderia trazer o citaro pra cá ou desenvolver um Monobloco aqui.
O Mondego HA só foi produzido ( e as pressas, com exclusividade de chassi pra Mercedes ) só por que ela, " ameaçou " trazer o Citaro pra cá. Pode notar até uma " semelhança " entre os modelos.
__________________
Boletim do Transporte - http://bdtrans.blogspot.com/
rlbl1992 no está en línea   Reply With Quote
Old February 20th, 2012, 10:05 PM   #1098
Daniel_Sousa
Registered User
 
Join Date: Dec 2011
Location: São Paulo
Posts: 10,890
Likes (Received): 11994

O protótipo do Mondego, era bem com cara de europeu, mas faz anos que eu vejo boatos que a MB vai voltar à fabricar ônibus aqui e infelizmente, sempre é boato...
__________________
Vida sem valor, não merece mais ser vivida. Adeus!
Daniel_Sousa no está en línea   Reply With Quote
Old February 21st, 2012, 02:09 AM   #1099
Lro A C
Registered User
 
Lro A C's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: São Paulo
Posts: 6,530
Likes (Received): 1113

Não dúvide,e se outra empresa daqui querer fazer testes com o Lions City G da MAN e o teste der certo e ela querer comprar algumas unidades?aí outra empresa se interessa pelo City G e a MAN resolve produzí-lo aqui,acha que a Mercedes não daria uma resposta?o 5 2500 é quase igual ao Mondego,e Mondego HA só vi sobre o500UA.
Lro A C no está en línea   Reply With Quote
Old February 27th, 2012, 09:23 AM   #1100
Miguel Pontes
Navenh
 
Miguel Pontes's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Águas Claras - DF
Posts: 3,534
Likes (Received): 1845

Ribeirão Preto

Prefeitura de Ribeirão Preto quer 14 km trilhos desativados
Publicado: domingo, 26 de fevereiro de 2012
Objetivo é construir um corredor de ônibus e conseguir verba para acabar com favela na região


Por Jucimara de Pauda

A prefeitura de Ribeirão Preto estuda a viabilidade de assumir 14 quilômetros de malha ferroviária que estão desativadas na cidade. Os estudos estão nas mãos do secretário de Governo Jamil Albuquerque.

Pela proposta, a administração municipal receberia o ramal desativado e cederia ao governo federal 7 km para criação de um traçado alternativo que passaria próximo ao Terminal de Petróleo, no Adelino Simione, no Distrito Industrial até chegar em Sertãozinho e que seria usado para o transporte de cargas.

"Caso a prefeitura assuma esta malha podemos estudar a possibilidade de termos um trem turístico ou até criar avenidas para desafogar o trânsito", diz o vereador Giló (PR), uma das pessoas que negocia com o Dnit - Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - órgão do governo que é comando pelo PR.

Os trilhos estão desativados desde 1995 e o vereador relembra que na maioria dos locais o mato, entulho e o lixo tomaram conta da malha férrea. "Com a volta do trem, teremos o escoamento do produto interno do município", diz ele.

Segundo o vereador, nos estudos desenvolvidos pela prefeitura, a administração municipal também vai propor o recebimento de verbas para a retirada das famílias da favela da avenida Rio Pardo que tem 238 barracos e 1.188 pessoas, segundo balanço feito pela prefeitura de Ribeirão Preto em outubro de 2010.

"Se recebermos esta malha viária desativada também vamos exigir incentivos para tirar aquelas pessoas dali", diz o vereador. O secretário de Planejamento Fernando Piccolo diz que tem conhecimento do projeto e que tudo depende de acertos finais entre prefeitura, Dnit e FCA (Ferrovia Centro Atlântica). "Por enquanto é apenas um projeto", afirma.

O secretário Jamil Albuquerque não retornou às ligações da reportagem.

MPF quer estudos
Em janeiro, o procurador André Menezes, do Ministério Público Federal, se posicionou contra a doação para a prefeitura sem que estudos aprofundados sejam feitos sobre o assunto. O MPF tomou essa posição depois que recebeu denúncia que a prefeitura tinha projetos de fazer um corredor de ônibus nos trilhos desativados. Quem levantou a questão foi presidente do Instituto História do Trem, Denis Willian Esteves. Para o Ministério Público, o fim dos ramais impediria a criação de um museu ferroviário na cidade, uma luta antiga do Instituto História do Trem.

http://www.sinfer.org.br/site/ultimas_noticias.asp
Miguel Pontes no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
belo horizonte, brt

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 12:45 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu