daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine
Old May 18th, 2013, 03:26 PM   #1
Santista10
Moderator
 
Santista10's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Santos-SP
Posts: 19,031
Likes (Received): 4103

Notícias de Sorocaba V


Crédito: Haroldo Santana



Crédito: Haroldo Santana
__________________
Santista10 no está en línea  

Sponsored Links
 
Old May 18th, 2013, 03:28 PM   #2
Rodalvesdepaula
Registered User
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 23,320
Likes (Received): 5510

Vamos que vamos, galera.

Trazendo o debate lá do outro thread, eis a minha ideia para a trincheira da ACC com a Washington Luís e a extensão da Arthur Fonseca:




Linha Vermelha: trincheira
Linha Amarela: vias principais
Linha Bege: vias locais
Linha Verde: BRT
Circulo Azul: sinaleiras
__________________
WhatsApp: +55 11-999547034


Fabio A. Castelli, fg.invest liked this post
Rodalvesdepaula no está en línea  
Old May 18th, 2013, 03:29 PM   #3
Santista10
Moderator
 
Santista10's Avatar
 
Join Date: Aug 2009
Location: Santos-SP
Posts: 19,031
Likes (Received): 4103

Notícias de Sorocaba IV:
http://www.skyscrapercity.com/showth...61041&page=251
Santista10 no está en línea  
Old May 18th, 2013, 06:09 PM   #4
Fabio A. Castelli
Registered User
 
Join Date: Apr 2012
Location: Sorocaba - SP, São Paulo, Rio de Janeiro
Posts: 448
Likes (Received): 70

onibus nos condomínios

caramba, esta mudança pro sorocaba V me pegou de surpresa,

dando continuidade ao assunto dos onibus em condomínio,

então Groppo, 400 reais até valem a pena se considerarmos que estes condomínios ficam longe do centro da cidade, tem muito transito e as linhas comuns são desconfortáveis demais aqui no rio. Pegar linha amarela com o risco de ficar de pé todos os dias seria terrível, ainda mais com o onibus parando de ponto em ponto.

Se colocarmos no papel não fica tão ruin. Quando eu morava na zona sul gastava de metrô 3,20x2X5diasx4semanas= uns 130 por mês ou um pouco menos quando utilizava onibus. Se você pensar num casal já seriam 260 no mês. Mas o que compensa mesmo é o conforto de fazermos um percurso longo num onibus fretado saindo do proprio condominio, sentado, com AC e banco reclinável. Se buscassemos um fretado aqui para fazer a mesma viagem acho que o preço ficaria em torno de 12 reais, ou 24 reais por dia. Como disse, a distância é longa mesmo, tipo como ir de interlagos a santana. No Rio procura-se condominios na zona oeste porque dá para morar bem sem os preços abusivos da zona sul. Eu fiz esta escolha porque minha esposa conseguiu uma vaga na rural do Rio e optei pelo meio caminho para cada um.

Respondendo agora sua pergunta Groppo, os onibus saem vários horarios por dia e costumam ir para o centro da cidade através de alguns caminhos (linha amarela, zona sul pela praia, zona sul por humaitá). Existem linhas paradoras e linhas expressas, mas todos com onibus da mesma qualidade, e para-se pouco mesmo nos paradores. Recebemos o itenerário e horarios. Na volta para o centro pegamos o onibus com a carteirinha do condominio, bem como o Rodalves citou. Também tem circulares que rodam curtas distância para que as pessoas possam acessar shoppings e outros centros próximos, como barra shopping, extra, etna, etc. No meu condominio os circulares tambem funcionam no sábado.

Todas as pessoas do condomínio podem utilizar o onibus, fazendo um cadastro e carteirinha. Não dá para evitar o pagamento, é tipo o serviço de academia e piscina em condominio, usa quem quer mas paga todo mundo. Todos do apartamento podem se cadastrar sem custo extra.

Não sei qual a média do preço do condomínio em Sorocaba. Eu chuto que os melhores de prédio cobrem cerca de 350 e os horizontais uns 200. Acho que daria para incluir onibus com menos de 200 reais adicional.
__________________

Rodalvesdepaula liked this post
Fabio A. Castelli no está en línea  
Old May 18th, 2013, 06:12 PM   #5
Rodalvesdepaula
Registered User
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 23,320
Likes (Received): 5510

Acho que, considerando a quantidade de empresas de fretamento que temos em Sorocaba, penso que daria para se fazer esse serviço com cada morador (casa) pagando um acréscimo de R$ 170-200 mensais. Se botar no papel, seria o preço de se comprar e manter uma moto, uma vez que tem muita gente que mora em condomínios (sobretudo, mulheres e estuantes) comprando uma CG ou uma scooter para andar pela cidade.
__________________
WhatsApp: +55 11-999547034

Rodalvesdepaula no está en línea  
Old May 18th, 2013, 06:13 PM   #6
Fabio A. Castelli
Registered User
 
Join Date: Apr 2012
Location: Sorocaba - SP, São Paulo, Rio de Janeiro
Posts: 448
Likes (Received): 70

Quote:
Originally Posted by Rodalvesdepaula View Post
Vamos que vamos, galera.

Trazendo o debate lá do outro thread, eis a minha ideia para a trincheira da ACC com a Washington Luís e a extensão da Arthur Fonseca:




Linha Vermelha: trincheira
Linha Amarela: vias principais
Linha Bege: vias locais
Linha Verde: BRT
Circulo Azul: sinaleiras
uma trincheira ficaria bem bacana. Mas qual a diferença de preço entre um mergulhão desses e um elevado?
Fabio A. Castelli no está en línea  
Old May 18th, 2013, 06:16 PM   #7
Willgle
Registered User
 
Willgle's Avatar
 
Join Date: Aug 2012
Posts: 2,669
Likes (Received): 1152

Sobre aquele acesso exclusivo para os ônibus no terminal Santo Antônio, previsto para o Sorocaba Total 2, como seria? alguém tem idéia? Eu não faço a mínima idéia de como será feito, ainda mais com o Shopping em construção ali.
Willgle no está en línea  
Old May 18th, 2013, 07:29 PM   #8
Hiago Aparecido
Registered User
 
Hiago Aparecido's Avatar
 
Join Date: Nov 2011
Location: Sorocaba
Posts: 1,311
Likes (Received): 321

Notícias de Sorocaba V, haja informações e dinamismo em nossa cidade!
__________________

marksp liked this post
Hiago Aparecido no está en línea  
Old May 18th, 2013, 07:37 PM   #9
Rodalvesdepaula
Registered User
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 23,320
Likes (Received): 5510

Quote:
Originally Posted by Willgle View Post
Sobre aquele acesso exclusivo para os ônibus no terminal Santo Antônio, previsto para o Sorocaba Total 2, como seria? alguém tem idéia? Eu não faço a mínima idéia de como será feito, ainda mais com o Shopping em construção ali.
Seria uma via exclusiva entre o futuro Pátio Cianê e os prédios comerciais lá existentes; seria a extensão da Rua Araçoiaba:

http://goo.gl/maps/84yGk



Quote:
Originally Posted by Fabio A. Castelli View Post
uma trincheira ficaria bem bacana. Mas qual a diferença de preço entre um mergulhão desses e um elevado?
Para isso, vamos pegar duas obras que estão a ocorrer em Porto Alegre e comparar os seus custos:

- Viaduto da Av. Bento Gonçalves com a Terceira Perimetral, com 300 metros, corredor BRT e dois sentidos de tráfego: R$ 69,6 milhões

- Trincheira/mergulhão de 150 metros ligando no cruzamento da Terceira Perimetral com a Av. Cristóvão Colombo, em dois sentidos: R$ 12,6 milhões

Geralmente, a trincheira é mais barata, mas depende muito do tipo de solo e terreno para que ela possa ser a alternativa mais viável.
__________________
WhatsApp: +55 11-999547034


Fabio A. Castelli liked this post
Rodalvesdepaula no está en línea  
Old May 18th, 2013, 07:45 PM   #10
Willgle
Registered User
 
Willgle's Avatar
 
Join Date: Aug 2012
Posts: 2,669
Likes (Received): 1152



Legal Rodrigão, mas será possível mesmo implantar essa via com o shopping ali depois de pronto?


Eu gostaria de saber como é que é feita essa estimação de custos, soma de quais valores unitários?

Sempre fui curioso nessa área de custo, até penso em estudá-la, acho bem interessante.
Willgle no está en línea  
Old May 18th, 2013, 07:46 PM   #11
Rodalvesdepaula
Registered User
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 23,320
Likes (Received): 5510

Sim, poderá ser implantada mesmo com o shopping pronto.

Quanto aos custos, é algo bem complexo, pois os valores não são uniformes em todo o país. Uma obra que é barata no Ceará pode ser cara aqui em Sorocaba, por exemplo.
__________________
WhatsApp: +55 11-999547034

Rodalvesdepaula no está en línea  
Old May 18th, 2013, 07:58 PM   #12
sorocara
Registered User
 
sorocara's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Posts: 473
Likes (Received): 94

Acho que deveríamos ter algo assim ali. Melhorando a estética e os acessos, claro!

http://videolog.tv/video.php?id=977336

Quote:
Originally Posted by Rodalvesdepaula View Post
Vamos que vamos, galera.

Trazendo o debate lá do outro thread, eis a minha ideia para a trincheira da ACC com a Washington Luís e a extensão da Arthur Fonseca:


Linha Vermelha: trincheira
Linha Amarela: vias principais
Linha Bege: vias locais
Linha Verde: BRT
Circulo Azul: sinaleiras

Last edited by sorocara; May 18th, 2013 at 09:00 PM.
sorocara no está en línea  
Old May 18th, 2013, 08:35 PM   #13
Hiago Aparecido
Registered User
 
Hiago Aparecido's Avatar
 
Join Date: Nov 2011
Location: Sorocaba
Posts: 1,311
Likes (Received): 321

Exclusivo: Renato Amary rompe o silêncio e volta a criticar Lippi

Após ficar sete meses sem dar declarações para a imprensa, o presidente do PMDB falou pela primeira vez em 2013 nos microfones da Rádio Ipanema na quarta-feira (15). Logo nos primeiros 15 minutos de entrevista, ele já deixou claro a que veio: “Estou quieto há sete meses, então eu estou aqui para falar”. Durante as mais de duas horas de declarações para o Jornal da Ipanema (veiculado todos os dias pela manhã nos 91,1 FM) e para o programa o Ipan TV, Renato voltou a fazer críticas ao ex-prefeito Vitor Lippi (PSDB). Ele ainda dá conselhos para o atual prefeito Antônio Carlos Pannunzio (PSDB), seu principal opositor nas eleições de 2012: “Aja de uma forma mais rápida. Ele pode e Sorocaba tem que ir mais rápido. A cidade está muito lenta”.

Os sete meses em silêncio serviram para que o ex-prefeito e ex-deputado federal fizesse o que ele chama de “reflexão política”. A entrevista tem início já na questão das eleições e o assunto volta à pauta em vários momentos por intervenções de ouvintes. Amary perdeu para Pannunzio por uma diferença de 6,6 mil votos. “Isto é um cacife muito grande e que deve ser respeitado não só por mim, mas por todos”, declara. A seguir você confere os principais tópicos abordados por Amary. A entrevista completa pode ser ouvida e assistida no www.jornalipanema.com.br.





Novo governo, velhos problemas



Renato é enfático ao afirmar que os principais problemas pelos quais Pannunzio é criticado atualmente são de responsabilidade de Lippi. Tudo, continua Renato, é consequência de má gestão. Discurso parecido com o que outros políticos já adotaram, ao afirmar que o atual prefeito teria recebido uma “herança maldita”. “Eu não vejo Pannunzio por conta dos matos que cresceram e buracos que surgiram no outro governo. Ele pegou um espólio que está repercutindo agora”, analisa Amary.

O ex-deputado federal criticou também as 42 obras da Prefeitura de Sorocaba que estão sendo alvos de investigação em uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Câmara e a primeira parte dos depoimentos do ex-prefeito Lippi. “Todo mundo está batendo palma porque ele se comportou bem. É um bom artista”. Para Renato, as obras foram mal licitadas. “Teve que se fazer uma mágica financeira para que se desse a oportunidade de na reta final elas estivessem aparecendo, mas não aguentaram chegar porque foram parando”.

De acordo com o ex-prefeito, não é “ético” planejar obras que não serão terminadas. “Você precisa ter empenho das obras e, pelas declarações do atual prefeito, não há dinheiro para fazer novos investimentos. Isso trava um projeto de governo. Esse dinheiro deve estar depositado na conta da prefeitura para que o novo chefe do Executivo termine a obra. São coisas que não dá para entender em termos jurídicos e éticos”. Ele comparou ainda o número de obras realizadas durante o seu mandato e o de Lippi. De acordo com o tucano, oito anos foram 742 obras entregues. “Eu tenho um pouco de experiência disso porque fiz duas mil obras. Eu sei como se faz”.

Renato tocou em outro ponto que foi bastante enfatizado na primeira rodada de perguntas para Lippi durante seu primeiro depoimento na CPI: o problema das creches. O tucano disse que o déficit era histórico e que o governo de Amary não havia construído creches para tentar corrigir a defasagem. “É preciso analisar as coisas dentro de um contexto. Talvez fosse interessante compartilhar a responsabilidade com o prefeito anterior [Renato]. Eu fiz seis mil e encontrei duas mil vagas em creches. Quanto o anterior fez? 300? 200? Esse déficit é histórico, não fui eu quem fez”. O peemedebista rebateu a crítica realizada por Lippi no plenário: “Eu não fiz creche porque antes eu tinha que fazer 39 escolas e reformar 28 centros de saúde”.

Apesar das críticas, frequentemente voltadas para o governo de Lippi, Amary diz que “apenas está constatando fatos da cidade” e que não estaria “mirando no ex-prefeito”. “Falo para que eles me escutem e comecem a trabalhar de uma forma mais rápida pela cidade”. Ele, entretanto, evita responder se está arrependido de ter ajudado a eleger Lippi: “Isso é passado. Não vou entrar nessa discussão. Nasci aqui, amo Sorocaba e me sinto traído quando este município não é bem governado”.

Falando do atual governo, ele dá conselho para Pannunzio: “Ele deve trabalhar com rapidez. O que eu vejo hoje é muito blá-blá-blá e o mato continua crescendo e os buracos continuam aí”. Amary diz que a cidade está lenta e que o prefeito precisa agir. “Existem formas de comandar uma cidade. Uns são cautelosos, outros ousados. Pela estrutura de Sorocaba, o administrador tem que ser rápido, tudo acontece como um relâmpago”. Renato deixa a dica para Pannunzio e diz que irá cobrar ações efetivas do prefeito de Sorocaba. Apesar dos conflitos, ele garante que não guarda mágoa do atual chefe do Executivo. “Pannunzio sempre foi meu adversário, mas nós sempre nos respeitamos. Os nossos santos não bicam bem, mas nem por isso eu vou virar a cara para ele”. Se tivesse ganhado as eleições, Amary garante que já estaria com a cidade limpa. “Teria feito obras e investido em tapar buracos, sinalizando que a cidade tem comando”.





Trabalhando nos bastidores



Durante a entrevista exclusiva, Amary deixou claro que apesar de estar há sete meses sem dar declarações para a imprensa, continua “na ativa e na correria” nos bastidores da política. Ele que hoje é presidente do PMDB de Sorocaba e coordenador regional do partido, também figura como um dos membros mais ativos na executiva estadual.

O ex-prefeito diz que tem se reunido com as principais lideranças nacionais, como o vice-presidente Michel Temer (PMDB) e o deputado federal Gabriel Chalita (PMDB), além de outros deputados federais e estaduais. O momento é de definições pré-eleitorais para a corrida do ano que vem. Os partidos devem definir as chapas até o próximo mês de setembro. “Essa movimentação partidária causa um trabalho efetivo. O foco é montar uma chapa com musculatura política para disputarmos pelo menos sete vagas para deputado federal”.

Um dos políticos que precisa se definir, alias, é o próprio Amary: ele diz que ainda não decidiu se irá sair ou não candidato a deputado federal. Renato é enfático ao afirmar que não concorrerá a uma vaga na Assembleia Legislativa, evitando uma concorrência direta com a ex-mulher e presidente do diretório tucano de Sorocaba, Maria Lúcia Amary (PSDB).

Existe ainda uma indefinição quanto à possibilidade de sair candidato a deputado federal. “Avalio junto com o partido a posição política que vou assumir, porque isto não se dará de forma isolada. Estamos conversando a respeito”. Caso esta seja a posição tomada, a eleição de 2014 reservará um embate político entre ex-prefeitos, já que o tucano Lippi é declaradamente pré-candidato à Câmara dos Deputados.





Por que perdi a eleição?



“Isso [a derrota] causou um choque. A cidade chorou na noite da eleição e isso a gente viu e sentiu”.



Após sete meses do que chamou de “momento de reflexão política”, Renato fez uma análise de sua apertada derrota para Pannunzio nas últimas eleições. A primeira fase, comenta, foi a de analisar os fatos. “O que aconteceu? Por que perdemos? Onde erramos? No que eles acertaram? Tudo isto passa necessariamente por uma avaliação isenta de paixão e de ânimos. O próprio defeito foi perder a eleição [por pouca diferença] depois de termos ganhado no primeiro turno e ter liderado as pesquisas até quatro dias antes da votação. De repente, a coisa virou”.

De acordo com Renato, a derrota pegou de surpresa principalmente os correligionários que trabalharam na campanha da chapa e os populares que acreditavam na vitória. “Todo mundo me pergunta na rua: ‘O que aconteceu, Renato? Você não podia ter perdido”. E ele tenta explicar: “110 mil se abstiveram votando branco ou nulo nas urnas. Praticamente um terço da cidade não cumpriu o seu objetivo”. Diz ainda que houve a distribuição do que chamou de “panfletos apócrifos no meio da noite para tentar reverter os números” e que esse material “contribuiu de forma negativa para a eleição”.

Amary descarta que a aliança com o PT (Partido dos Trabalhadores) tenha definido a derrota. “Eu já havia beijado a mão e abraçado a [deputada federal] Iara [Bernardi] em 1997 e ninguém falou nada”, diz em referência ao ato realizado durante a solenidade que oficializou a aliança nas eleições de 2012. Pelo contrário, Renato diz que conseguiu avançar e aumentar o número de votos nas zonas Norte e Leste após ter ganhado o apoio dos petistas. “Nós perdemos na votação dos mais conservadores de Sorocaba, que foram trabalhados psicologicamente para dizer que era uma aliança espúria e não tinha nada disso”. Ele comparou o momento com a entrada do ex-vereador e ex-petista Arnô Pereira no PSDB. “Nós precisamos parar um pouco com essa história de partido em Sorocaba e pensar mais na questão de articulação política. Arnô vai estar com o 45 e isto é surrealista”.

Outro ponto foi a indecisão sobre a possível impugnação de sua campanha, que após denúncia demorou quase todo o período de campanha eleitoral para ser julgada.

“Sabia que iria ser declarado ‘ficha limpa’ porque nunca agi de forma a causar prejuízo na vida das pessoas. A oposição se aproveitou da possibilidade de entrar com uma ação em cima de um processo que já havia sido julgado há quatro anos”.





Sem rapaziada na Câmara



Renato comentou também o posicionamento dos vereadores peemedebistas Tonão Silvano e Fernando Dini na Câmara de Sorocaba. Hoje, o comportamento é diferente do clima oposicionista das eleições. “Andaram comigo e pedi votos para eles. Na primeira manifestação política votaram contra nós, optando pelo José Martinez (PSDB) na presidência da Câmara. É uma coisa desagradável”.

Amary nega que irá realizar um churrasco para reunir a “rapaziada”, da mesma forma que Pannunzio fez reunindo os vereadores considerados da situação. O termo é usado por Waldomiro de Freitas (PSD) para se referir aos parlamentares que estão do lado do prefeito. “Não trabalho assim. Vou deixar fluir para ver o que acontece”. Renato diz que os novos vereadores precisam aprender a fazer política. “Alguns apenas usam as siglas para se eleger e no primeiro momento, caso o partido não chegue ao poder, eles se acoplam à situação e deixam uma história política para trás”.

Já os parlamentares reclamam da falta de diálogo dentro do PMDB. “Ele devia ter nos chamado para consultar se queríamos ser candidatos. O Marinho [Marte (PPS), o outro concorrente à presidência da Câmara], não é do meu partido, do mesmo jeito que o Martinez não é”, declarou Silvano. Tonão é enfático ao afirmar que não representa nem oposição e nem situação. “Não trabalho nem para o partido nem para o prefeito, mas para a população que me colocou aqui pela sétima vez”.

Dini negou que seja aliado de Pannunzio na Câmara. “Respeito Renato, mas é preciso saber qual oposição ele quer fazer. Para isso é preciso reunir os vereadores, o que ainda não foi feito. Faço oposição de maneira sadia e consciente”. Ele finaliza dizendo que é preciso virar a página no assunto da presidência da Casa. “Não houve um consenso no partido. Já faz cinco meses e não quero criar tumulto nessa situação”.

http://www.jornalipanema.com.br/noti...criticar-lippi

Li toda a reportagem e confesso que achei o Renato meio tendêncioso, realmente o ritmo do Pannunzio nos primeiros meses foi extremamente lento, porém hoje as obras de tapa-buracos e dos canteiros já estão praticamente normalizadas.
Hiago Aparecido no está en línea  
Old May 18th, 2013, 08:36 PM   #14
Rodalvesdepaula
Registered User
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 23,320
Likes (Received): 5510

Tu foi mais rápido...

Quando o Renato fala da sua derrota nas eleições, fica fácil entender por que a turma do Facebook parece não aceitar que o Pannunzio esteja no comando da cidade. Por outro lado, penso que o PT pesou sim na sua derrota, ainda mais que a aliança ocorreu justamente na época do julgamento do Mensalão e também pelo fato que o sorocabano médio não gosta do partido. Um monte de gente trocou de candidato na última hora depois que o Renato se aliou aos petistas.
__________________
WhatsApp: +55 11-999547034

Rodalvesdepaula no está en línea  
Old May 18th, 2013, 11:44 PM   #15
Fabio A. Castelli
Registered User
 
Join Date: Apr 2012
Location: Sorocaba - SP, São Paulo, Rio de Janeiro
Posts: 448
Likes (Received): 70

Quote:
Originally Posted by Rodalvesdepaula View Post
Seria uma via exclusiva entre o futuro Pátio Cianê e os prédios comerciais lá existentes; seria a extensão da Rua Araçoiaba:

http://goo.gl/maps/84yGk





Para isso, vamos pegar duas obras que estão a ocorrer em Porto Alegre e comparar os seus custos:

- Viaduto da Av. Bento Gonçalves com a Terceira Perimetral, com 300 metros, corredor BRT e dois sentidos de tráfego: R$ 69,6 milhões

- Trincheira/mergulhão de 150 metros ligando no cruzamento da Terceira Perimetral com a Av. Cristóvão Colombo, em dois sentidos: R$ 12,6 milhões

Geralmente, a trincheira é mais barata, mas depende muito do tipo de solo e terreno para que ela possa ser a alternativa mais viável.
achei bem mais em conta um mergulhão. Além que acho que ficaria mais bonito, tipo dá pra lembrar um túnel. Um elevado da uma poluída como disseram aqui. Podíamos evitar tipos de coisas que ocorreram em cidades maiores, como campinas.
Fabio A. Castelli no está en línea  
Old May 18th, 2013, 11:52 PM   #16
Fabio A. Castelli
Registered User
 
Join Date: Apr 2012
Location: Sorocaba - SP, São Paulo, Rio de Janeiro
Posts: 448
Likes (Received): 70

Quote:
Originally Posted by sorocara View Post
Acho que deveríamos ter algo assim ali. Melhorando a estética e os acessos, claro!

http://videolog.tv/video.php?id=977336
Ficou muito bacana. Mas quero ver convencer a prefeitura e a urbers que da pra fazer algo assim.

Tiraria muito os gargalos ali.

Sorocaba, em que tipo de software consegue-se fazer aquilo? Seria bacana se desce para orçar os valores com a obra.
Fabio A. Castelli no está en línea  
Old May 19th, 2013, 12:04 AM   #17
danielgroppo
Daniel Groppo
 
danielgroppo's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Sorocaba,SP-BR; São José dos Campos,SP-BR; Clemont,FL-US
Posts: 1,843
Likes (Received): 626

Complementando a sugestão da trincheira, eu fiz algo mais elaborado pra enviar às autoridades e imprensa.

__________________
MILENIAPEPPY.COM.BR

Rodalvesdepaula, sorocara liked this post
danielgroppo no está en línea  
Old May 19th, 2013, 12:09 AM   #18
Rodalvesdepaula
Registered User
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 23,320
Likes (Received): 5510

É uma boa proposta, mas penso que deveria se levar em contra também o BRT e a possível extensão da Arthur Fonseca.
__________________
WhatsApp: +55 11-999547034

Rodalvesdepaula no está en línea  
Old May 19th, 2013, 12:11 AM   #19
danielgroppo
Daniel Groppo
 
danielgroppo's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Sorocaba,SP-BR; São José dos Campos,SP-BR; Clemont,FL-US
Posts: 1,843
Likes (Received): 626

Sorocara, ficou muito boa a modelagem, muito legal mesmo! Mas acho um pouco difícil de, hoje, a Prefeitura aceitar a sugestão destes viadutos ligando as partes da Bento Jequitinhonha. Como o projeto atual é de um viaduto na A.C.Cômitre pra Barão de Tatuí, creio que seja melhor correr pra eles não fazerem essa besteira e poluir o ambiente.

====

[EDIT]

Rodrigo, como disse, a sugestão da extensão da Bento Jequitinhonha é ótima, mas eu duvido que eles aceitem a idea e jogariam a proposta fora e fariam o viaduto que mencionei, nessas negociações é bom manter a cautela e sugerir em etapas.
__________________
MILENIAPEPPY.COM.BR

Rodalvesdepaula liked this post
danielgroppo no está en línea  
Old May 19th, 2013, 12:17 AM   #20
Rodalvesdepaula
Registered User
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 23,320
Likes (Received): 5510

Ah, aí eu concordo plenamente. Mas, duvido que fazem um viaduto na Arthur Fonseca com aquele linhão da CPFL atrapalhando...
__________________
WhatsApp: +55 11-999547034

Rodalvesdepaula no está en línea  
Closed Thread

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 03:37 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu