daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Portugal > Imagens



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old June 25th, 2007, 05:40 PM   #121
tuga14
_tuga14_
 
tuga14's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: Portugal
Posts: 4,246
Likes (Received): 132

sem duvida que sim!!
tuga14 no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old August 2nd, 2007, 01:01 PM   #122
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,197
Likes (Received): 378

Vila Romana da Freiria - S. Domingos de Rana - Cascais

Villa Romana da Freiria, situada no concelho de Cascais esta villa Romana, datada dos sec. II a IV, é formada por vários edificios, contem mosaicos na parte da habitação senhorial, de acordo com a camara municipal, não é possivel ainda possivel visitar as ruinas estando em curso a elaboração do plano de pormenor da área envolvente da villa romana de Freiria de forma a k possa no futuro ser visitado pelo publico, as fotos reportam-se as termas da villa que são a parte melhor preservada do conjunto:

quadrante solar:

mosaico:

a vila:










Last edited by Arpels; November 6th, 2007 at 11:11 AM.
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 04:34 PM   #123
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,197
Likes (Received): 378

Collipo

A cidade romana de Collippo é referida desde o século 1 pelos autores latinos como sendo um povoado túrdulo situado na faixa atlântica entre Conimbriga e Eburobrittium.. Os Túrdulos eram um povo ibérico que viviam na região de Cádiz e que, a certa altura, emigraram para o actual território português, tendo-se fixado na região de Leiria uns 300 ou 400 anos antes de Cristo. Teriam escolhido o Outeiro de S. Sebastião para fixar um grande povoado, com certeza devido às suas excelentes condições geo-estratégicas. Este Outeiro, todavia, deveria ser já habitado, pois nas escavações efectuadas ali no Verão passado encontraram-se alguns fragmentos de cerâmica pré-histórica. Aquelas mesmas escavações permitiram recolher algumas cerâmicas pré-romanas, provavelmente dos túrdulos, que parece terem escolhido o ponto mais alto do morro de S. Sebastião, onde está hoje o depósito de água, para edificarem o seu povoado. Infelizmente, hoje em dia poucas são as provas da presença destes povos pré-romanos no local, já que o cabeço de S. Sebastião foi totalmente destruído ao longo deste século pelos trabalhos de remoção de terras e extracção de areias que ali teve lugar. O monte onde está hoje o depósito de água, que há umas décadas atrás era bem mais alto, teria sido o local onde se iniciou a história de Collippo, que, começando por ser um povoado pré-romano, rapidamente se transformará ao longo dos primeiros séculos da nossa Era na cidade mais importante da região leiriense. O próprio termo “Collippo” resulta da junção da palavra latina “Coilis”, que significa colina, outeiro, com o radical túrdulo “-ippo” que significará povoado ou povoado fortificado. O termo Collippo, ele mesmo testemunha então a união entre os túrdulos e romanos significando povoado ou cidade da colina. No lugar onde se elevou a cidade de Collippo subsistia, nos primeiros tempos do povoamento leiriense, na Idade Média, o paço de um rico homem chamado Randufo ou Randulfo, como uma das testemunhas que subscreve o foral de Leiria de 1142 Randulfus Zoleimaiz. Este foral refere o local como um núcleo de povoamento merecedor de expressa protecção jurídica, já que, para além de Leiria, aparece ali demarcado para efeitos de justiça Leirenam et Heirenam riuulos et usque ad Palatium Randulfi. Passado alguns anos, em 1152, já este Palácio de Randiilfo será freguesia, devendo então, com certeza, existir uma igreja matriz. Esta será pois uma das mais antigas igrejas da área de Leiria e, nos inícios do século XIII, num documento de 1211, Sancti Sebastiani de palacio de randulfo é citado como uma das poucas ermidas que então se espalhavam pelo extenso termo leiriense. As ruínas da antiga cidade que então deveriam marcar aquela paisagem, justificariam, certamente, o destaque que se atribuía ao local. Aliás, a reutilização de sítios antigos pelas igrejas e primeiros núcleos de povoamento cristão nada tem de extraordinário, sendo isso mesmo preconizado por vários bispos desejosos de cristianizar sítios herdeiros de um longo passado cultural. A importância do local nesta altura, e eventual riqueza da sua ermida, é testemunhado arqueologicamente por uma chapa de cobre adornada de esmaltes com policromia brilhante, fazendo parte de um relicário saído das oficinas de Limoges, e datável da primeira metade do século XIII. A peça achada em S. Sebastião, em 1912, a grande profundidade, foi adquirida pelo então Museu Etnológico de Lisboa (O de mv. 4625). Os frades de Santa Cruz, que por esta altura possuiriam uma herdade próxima do local acabariam por estender o seu domínio às propriedades onde teve assento a cidade romana. Assim, num documento de 3 de Abril de 1544, os frades crúzios emprazavam de novo aquelas terras a domjnguos Carreyra morador em ha quintã de som sabastiam que d amtyguamente se chamaua ho paço de Rendulfo mas com a condiçam que nam deixem nem comsytam leuar nhuua pedra grande nem pequena dos Edefiçios antiguos da dita qujnta pera outras hobras de fora deila. Estes Edefiçios antiguos só poderiam ser as ruínas da antiga Cllippo. A proibição de se retirarem pedras da quinta para hobras de fora deila, visa, certamente, acabar com uma prática até aí muito frequente e de tal forma significativa que merece uma atenção particular no documento. Tal prática de delapidação das estruturas romanas já seria corrente, pelo menos, desde meados do século XII, altura em que o local serviu de fonte de abastecimento de matéria-prima nas obras de construção do castelo de Leiria. O desmantelamento das ruínas do antigo burgo romano continuaria até ao nosso século. Em 1909, Tavares Proença Júnior teria comprado uma inscrição funerária que, segundo diz nos seus manuscritos guardados no museu de Castelo Branco, teria aparecido ao retirarem pedra das ruínas das edificações do oppidum.
Estas sucessivas delapidações ao longo dos séculos servem para nos ajudar a entender a actual ausência de estruturas bem visíveis e claramente esclarecedoras de ali ter existido uma cidade antiga da qual so restam alguns vestigios dos quais se salienta uma grande estatua de magistrado Romano (estatua de togado) e um mosaico também de grandes proporções (mosaico do hipocampo) e uma cabeça descomunal de Minerva pertencente a uma colecção particular:
mosaico do hipocampo:

estatua de togado:

Cabeça de estatua de Minerva:

Last edited by Arpels; August 13th, 2008 at 04:43 PM.
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 05:35 PM   #124
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,197
Likes (Received): 378

Quote:
Originally Posted by Arpels View Post


foto dos tanques:
este fim de semana passei lá neste sitio e um senhor das obras disse-me k já não existe nada disto
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 05:39 PM   #125
tuga14
_tuga14_
 
tuga14's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: Portugal
Posts: 4,246
Likes (Received): 132

Já não existe nada disso?
Isto só visto....
tuga14 no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 05:41 PM   #126
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,197
Likes (Received): 378

disseram de inicio k talvez se aproveitassem alguns tanques mas pelos vistos foi td destroido, avaliando o k o homem disse...
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 05:42 PM   #127
tuga14
_tuga14_
 
tuga14's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: Portugal
Posts: 4,246
Likes (Received): 132

Pois, em Portugal já se estava á espera disto... plo menos que deixassem alguns dos tanques....
tuga14 no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 05:45 PM   #128
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,197
Likes (Received): 378

é a ganancia a sobrepor-se ao patrimonio da cidade
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 05:58 PM   #129
tuga14
_tuga14_
 
tuga14's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: Portugal
Posts: 4,246
Likes (Received): 132

pois, e também a ignorancia e especulação imobiliaria...
tuga14 no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 06:08 PM   #130
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,197
Likes (Received): 378

e este caso ainda veio a publico, ha casos k nem temos conhecimento
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 06:14 PM   #131
tuga14
_tuga14_
 
tuga14's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: Portugal
Posts: 4,246
Likes (Received): 132

Faço ideia dos que nem se quer vieram a publico...pois, devem ser muitos mesmo, olha tenho aqui em Rio Maior vários exemplos de casos destes, um é da retirada dos tectos acaixotados do 1º andar da Casa Senhorial que iriam para um suposto restauro e que nunca mais voltaram para lá, outro caso é a destruição parcial de uns muros (não sei se sao medievais) aqui ao pé da minha casa, naquele sitio das ruínas medievais... e isto agora está num estado deplorável, partiram uma parte dos muros á já algum tempo e ainda está assim, até começou a crescer grandes ervas de aninha em cima deles agora vê que não acontece só em Lisboa
tuga14 no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 06:21 PM   #132
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,197
Likes (Received): 378

é assim, nalguns casos é impossivel deixar ficar as estruturas mas pelo menos deve-se tornar publico a descoberta e recolher o máximo de artefactos e fotos dos sitios para memória futura, ás veses durante construção de n de edificações acham estructuras e não comunicam as autoridades por várias razões, as veses porque de facto as autoridades demoram a mandar tecnicos para estudarem os achados e as obras ficam paradas e outras veses para não se chatearem e por puro desinteresse a não ser o interesse económico, se fosse só em Lisboa.
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 06:25 PM   #133
tuga14
_tuga14_
 
tuga14's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: Portugal
Posts: 4,246
Likes (Received): 132

Pois, mas aqui é por pura ignorancia por parte do shore presidente, empregados camarários e etc... o que vale é que ainda existe aqui um arqueólogo na cidade, mas que nada ou quase nada faz, pois o presidente não investe capital na arqueologia e no património antigo da cidade...
tuga14 no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 06:34 PM   #134
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,197
Likes (Received): 378

nesses casos ao menos que tapem os achados para evitar a degradação
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 06:42 PM   #135
tuga14
_tuga14_
 
tuga14's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: Portugal
Posts: 4,246
Likes (Received): 132

pois esse tal muro nao está tapado, está cheio de ervas gigantes,e o que estava tapado, a pouco e pouco o plastico que protegia o resto rasgou-se todo...
tuga14 no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 06:50 PM   #136
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,197
Likes (Received): 378

esta condenado
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 06:52 PM   #137
tuga14
_tuga14_
 
tuga14's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: Portugal
Posts: 4,246
Likes (Received): 132

Eu ainda hei de ter fõlego e mandar um email ao Ippar, isto já está assim á meses, eu cá pra mim o Ippar nem sabe desta situação!
tuga14 no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 06:55 PM   #138
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,197
Likes (Received): 378

duvido k não saiba, o IPPAR tb falha mto mas não perdes nada em mandar.
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 06:59 PM   #139
tuga14
_tuga14_
 
tuga14's Avatar
 
Join Date: Jul 2006
Location: Portugal
Posts: 4,246
Likes (Received): 132

Pois, logo se vê
tuga14 no está en línea   Reply With Quote
Old August 27th, 2007, 07:00 PM   #140
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 112,233
Likes (Received): 8429

É melhor confirmares isso Arpels... não ia abaixo assim à toa.
__________________
::: Portuguese Forum :::

::Visita ao Alto Alentejo ::

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 11:57 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

tech management by Sysprosium