daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Projetos e Obras > Brasil em Obras



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 437 votes, 4.81 average.
Old March 17th, 2012, 05:26 AM   #8541
Fabio Cavalcanti
Registered User
 
Fabio Cavalcanti's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Campina Grande
Posts: 2,237
Likes (Received): 277

Quote:
Originally Posted by THE_LORD View Post
É o seguinte: sou ufanista, louco por Campina, mas não posso deixar de enxergar a realidade.
É certo que grandes empresas lançam mão de consultorias e pesquisas de mercado antes de se instalarem numa região. Mas isso não é garantia de sucesso. O Extra já abriu suas portas no antigo Boa Esperança e não deu certo. O Stoc, do grupo Carrefour, idem. O Atacadão Eletro, localizado no Atacadão, também já fechou suas portas. Não precisa ser um expert em mercado para imaginar se um negócio tem ou não potencial de dar certo. Enfim, o que quero dizer é que o paralelo estabelecido entre Campina e Recife faz sentido. Recife é uma cidade apaixonada por shoppings. Com exceção do Paço Alfândega, todos os shoppings daqui são movimentados.
Falou-se, então, que Campina polarizava em torno de 1 milhão de habitantes. Acho muito, não é bem por aí. O campinense também adora shopping, mas, em termos práticos, segundo o IBGE-2010, temos a Região Metropolitana de Campina Grande (RMCG) com exatamente 695.931 habitantes. A Região Metropolitana do Recife (RMR) conta com 3.898.470 habitantes.
Pois bem, analisando as duas RM´s e seus respectivos shoppings (construídos e em construção), temos o seguinte:

RMR
Shopping Recife: 439 lojas (com a expansão em construção)
Shopping Guararapes (Jaboatão): 240 lojas
Plaza: 150 lojas
Tacaruna: 223 lojas
Boa Vista: 200 lojas
Rio Mar (em construção – inauguração em outubro/12): 476 lojas
Costa Dourada (Cabo): 98 lojas
Paço Alfândega (shopping fantasma) = 34
Total: 1860 lojas
Relação população/lojas: 1 loja para cada 2.095 habitantes

RMCG
Palm 100
Itararé 200
Boulevard 110
Total: 410 lojas
Relação população/lojas: 1 loja para cada 1.697 habitantes
---------- acrescentado os projetos Villa e Casa Shopping:
Villa: +ou- 200 lojas
Casa Shopping: +ou- 100 lojas
------- Total: 710 lojas, ou, aproximadamente, 1 loja para cada 980 habitantes!

Como se vê, considerando que a RMR vive um crescimento econômico absurdo, com investimentos de todo o porte, a relação população/lojas ainda é menos ousada do que a que Campina pretende estabelecer (pelo menos, segundo os comentários do Skyscrapercity).

Sei que Campina também atravessa um bom momento econômico, mas nada que justifique 600, 700 lojas...isso é algo irreal. Acredito, pois, que um total de 400 lojas (3xdo nº que temos hoje) seria um número mais do que admirável. Algo digno de orgulho.

Ao contrário do que alguns pregam, não desejo o fechamento do Boulevard. É sempre muito melancólico o fim de um grande empreendimento comercial, principalmente porque, por trás de muitas lojas, há sonhos, investimentos de empreendedores e etc. Além do mais, a localização do Boulevard é sem igual. Gostaria sim, que novos shoppings abrissem, mas dentro de uma determinada realidade, quem sabe preparado para futuras expansões (a depender da receptividade do mercado).

É isso, acho que a relação população/lojas pretendida pelos novos empreendedores do ramo de shoppings, em Campina, aparenta ser bastante arriscada.

Palm, Boulevard e Itararé (estes dois últimos, quase de frente um pro outro, algo no mínimo "inusitado"), por ora, estão de excelente tamanho para CG e a população de Campina, mesmo assim, agradecerá.

Abraços fraternos e não fiquem chateados comigo.

Efetivamente, desejo Campina Grande, mas sem frustrações.
Grande Lord, infelizmente tenho que discordar da sua trabalhosa pesquisa sobre a possível chegada de shoppings em Campina e a provável falência desses empreendimentos. Eu continuo acreditando nos institutos de pesquisa de mercado, que têm cunho científico e know how para aferir os seus resultados, e longe de mim, acreditar no pior. A comparação com Recife também não foi muito feliz. Recife é uma cidade muito grande, espalhada e as pessoas não saem de um shopping para outro,de uma região para outra percorrendo quilômetros, só para ir comprar algo em outro shopping. Aqui em Campina é um pouco diferente. Se um consumidor decidir, ele tem a vantagem de percorrer todos os shoppings sem que isto seja um tormento ou contra mão para ele, pois todos os empreendimento atuais e os futuros estão em um raio de poucos quilômetros. Com relação ao tamanhjo da Região Metropolitana, isso é uma questão política. Você e todos sabem que Campina polariza uma região gigante que vai de parte do interior do Ceará, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte com mais de um milhão de habitantes. Mas este assunto já foi motivo de discussões neste forum. Infelizmente nenhum dos empreendedores teve a possibilidade de saber dessas notícias tão preocupantes. Talvez pela ingenuidade, não se importam com os conselhos alheios. Que pena que eles não acessam estas informações porque se assim o fizessem talvez nenhum dos empreendimentos ( olha que são muitos e não param de chegar.) existissem na cidade, pois o Brasil ,não só Campina, atravessa uma das fases mais críticas de toda a sua história com tanto desemprego, falta de investimentos, de dinheiro circulando e de tudo mais que ninguém imaginou que o nosso país fosse atravessar. É uma estatítica quase igual aos países mais pobres da África.

Não fiquem chateados com o meu comentário. Quero o bem de Campina mas vamos colocar os pés (descalços) no chão e olhar para baixo. Sejamos humildes. Muito humildes. Descobrimos aqui neste forum que esse povo da pesquisa precisa melhorar muito para poder opinar sobre um assunto tão sério. Porém a parte mais difícil de admitir é que nós sabemos mais do que esses institutos nacionais especializados em pesquisa de mercado. Isso certamente nos deixará mais tranquilos e sem frustrações.
Fabio Cavalcanti no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old March 17th, 2012, 05:48 AM   #8542
Fabio Cavalcanti
Registered User
 
Fabio Cavalcanti's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Campina Grande
Posts: 2,237
Likes (Received): 277

Quote:
Originally Posted by THE_LORD View Post
É o seguinte: sou ufanista, louco por Campina, mas não posso deixar de enxergar a realidade.
É certo que grandes empresas lançam mão de consultorias e pesquisas de mercado antes de se instalarem numa região. Mas isso não é garantia de sucesso. O Extra já abriu suas portas no antigo Boa Esperança e não deu certo. O Stoc, do grupo Carrefour, idem. O Atacadão Eletro, localizado no Atacadão, também já fechou suas portas. Não precisa ser um expert em mercado para imaginar se um negócio tem ou não potencial de dar certo. Enfim, o que quero dizer é que o paralelo estabelecido entre Campina e Recife faz sentido. Recife é uma cidade apaixonada por shoppings. Com exceção do Paço Alfândega, todos os shoppings daqui são movimentados.
Falou-se, então, que Campina polarizava em torno de 1 milhão de habitantes. Acho muito, não é bem por aí. O campinense também adora shopping, mas, em termos práticos, segundo o IBGE-2010, temos a Região Metropolitana de Campina Grande (RMCG) com exatamente 695.931 habitantes. A Região Metropolitana do Recife (RMR) conta com 3.898.470 habitantes.
Pois bem, analisando as duas RM´s e seus respectivos shoppings (construídos e em construção), temos o seguinte:

RMR
Shopping Recife: 439 lojas (com a expansão em construção)
Shopping Guararapes (Jaboatão): 240 lojas
Plaza: 150 lojas
Tacaruna: 223 lojas
Boa Vista: 200 lojas
Rio Mar (em construção – inauguração em outubro/12): 476 lojas
Costa Dourada (Cabo): 98 lojas
Paço Alfândega (shopping fantasma) = 34
Total: 1860 lojas
Relação população/lojas: 1 loja para cada 2.095 habitantes

RMCG
Palm 100
Itararé 200
Boulevard 110
Total: 410 lojas
Relação população/lojas: 1 loja para cada 1.697 habitantes
---------- acrescentado os projetos Villa e Casa Shopping:
Villa: +ou- 200 lojas
Casa Shopping: +ou- 100 lojas
------- Total: 710 lojas, ou, aproximadamente, 1 loja para cada 980 habitantes!

Como se vê, considerando que a RMR vive um crescimento econômico absurdo, com investimentos de todo o porte, a relação população/lojas ainda é menos ousada do que a que Campina pretende estabelecer (pelo menos, segundo os comentários do Skyscrapercity).

Sei que Campina também atravessa um bom momento econômico, mas nada que justifique 600, 700 lojas...isso é algo irreal. Acredito, pois, que um total de 400 lojas (3xdo nº que temos hoje) seria um número mais do que admirável. Algo digno de orgulho.

Ao contrário do que alguns pregam, não desejo o fechamento do Boulevard. É sempre muito melancólico o fim de um grande empreendimento comercial, principalmente porque, por trás de muitas lojas, há sonhos, investimentos de empreendedores e etc. Além do mais, a localização do Boulevard é sem igual. Gostaria sim, que novos shoppings abrissem, mas dentro de uma determinada realidade, quem sabe preparado para futuras expansões (a depender da receptividade do mercado).

É isso, acho que a relação população/lojas pretendida pelos novos empreendedores do ramo de shoppings, em Campina, aparenta ser bastante arriscada.

Palm, Boulevard e Itararé (estes dois últimos, quase de frente um pro outro, algo no mínimo "inusitado"), por ora, estão de excelente tamanho para CG e a população de Campina, mesmo assim, agradecerá.

Abraços fraternos e não fiquem chateados comigo.

Efetivamente, desejo Campina Grande, mas sem frustrações.
Grande Lord, infelizmente tenho que discordar da sua trabalhosa pesquisa sobre a possível chegada de shoppings em Campina e a provável falência desses empreendimentos. Eu continuo acreditando nos institutos de pesquisa de mercado, que têm cunho científico e know how para aferir os seus resultados, e longe de mim, acreditar no pior. A comparação com Recife também não foi muito feliz. Recife é uma cidade muito grande, espalhada e as pessoas não saem de um shopping para outro,de uma região para outra percorrendo quilômetros, só para ir comprar algo em outro shopping. Aqui em Campina é um pouco diferente. Se um consumidor decidir, ele tem a vantagem de percorrer todos os shoppings sem que isto seja um tormento ou contra mão para ele, pois todos os empreendimento atuais e os futuros estão em um raio de poucos quilômetros. Com relação ao tamanhjo da Região Metropolitana, isso é uma questão política. Você e todos sabem que Campina polariza uma região gigante que vai de parte do interior do Ceará, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte com mais de um milhão de habitantes. Mas este assunto já foi motivo de discussões neste forum. Infelizmente nenhum dos empreendedores teve a possibilidade de saber dessas notícias tão preocupantes. Talvez pela ingenuidade, não se importam com os conselhos alheios. Que pena que eles não acessam estas informações porque se assim o fizessem talvez nenhum dos empreendimentos ( olha que são muitos e não param de chegar.) existisse na cidade, pois o Brasil ,não só Campina, atravessa uma das fases mais críticas de toda a sua história com tanto desemprego, falta de investimentos, de dinheiro circulando e de tudo mais que ninguém imaginou que o nosso país fosse atravessar. É uma estatítica quase igual aos países mais pobres da África.

Não fiquem chateados com o meu comentário. Quero o bem de Campina mas vamos colocar os pés (descalços) no chão e olhar para baixo. Sejamos humildes. Muito humildes. Descobrimos aqui neste forum que esse povo da pesquisa precisa melhorar muito para poder opinar sobre um assunto tão sério. Porém a parte mais difícil de admitir é que nós sabemos mais do que esses institutos nacionais especializados deem pesquisa de mercado. Isso certamente nos deixará mais tranquilos e sem frustrações.
Fabio Cavalcanti no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 06:44 AM   #8543
THE_LORD
BANNED
 
Join Date: Oct 2008
Location: Recife-PE
Posts: 140
Likes (Received): 1

Quote:
Originally Posted by Raiff CG View Post
Só duas correções:

1. O Extra Econômico, que funcionou onde era o Boa Esperança, não pertencia ao Grupo Pão de Açúcar e nada tem a ver com a bandeira Extra, desta rede.

2. A bandeira Stoc Supermercados deixou de existir em todo o país. O Carrefour optou por se desfazer dela e as suas lojas foram todas vendidas.

Tudo bem, Raiff. É que como o Boa Esperança foi adquirido pelo Pão de Açúcar, eu tinha vaga lembrança de que o grupo comprador chegara a abrir algum supermercado naquele local...Enfim, quanto ao Stoc, é verdade, após pesquisar, vi que, à época, muitas lojas Brasil afora foram adquiridas pelo Grupo Bompreço.

Quote:
Originally Posted by Fabio Cavalcanti View Post
Grande Lord, infelizmente tenho que discordar da sua trabalhosa pesquisa sobre a possível chegada de shoppings em Campina e a provável falência desses empreendimentos. Eu continuo acreditando nos institutos de pesquisa de mercado, que têm cunho científico e know how para aferir os seus resultados, e longe de mim, acreditar no pior. A comparação com Recife também não foi muito feliz. Recife é uma cidade muito grande, espalhada e as pessoas não saem de um shopping para outro,de uma região para outra percorrendo quilômetros, só para ir comprar algo em outro shopping. Aqui em Campina é um pouco diferente. Se um consumidor decidir, ele tem a vantagem de percorrer todos os shoppings sem que isto seja um tormento ou contra mão para ele, pois todos os empreendimento atuais e os futuros estão em um raio de poucos quilômetros. Com relação ao tamanhjo da Região Metropolitana, isso é uma questão política. Você e todos sabem que Campina polariza uma região gigante que vai de parte do interior do Ceará, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte com mais de um milhão de habitantes. Mas este assunto já foi motivo de discussões neste forum. Infelizmente nenhum dos empreendedores teve a possibilidade de saber dessas notícias tão preocupantes. Talvez pela ingenuidade, não se importam com os conselhos alheios. Que pena que eles não acessam estas informações porque se assim o fizessem talvez nenhum dos empreendimentos ( olha que são muitos e não param de chegar.) existisse na cidade, pois o Brasil ,não só Campina, atravessa uma das fases mais críticas de toda a sua história com tanto desemprego, falta de investimentos, de dinheiro circulando e de tudo mais que ninguém imaginou que o nosso país fosse atravessar. É uma estatítica quase igual aos países mais pobres da África.

Não fiquem chateados com o meu comentário. Quero o bem de Campina mas vamos colocar os pés (descalços) no chão e olhar para baixo. Sejamos humildes. Muito humildes. Descobrimos aqui neste forum que esse povo da pesquisa precisa melhorar muito para poder opinar sobre um assunto tão sério. Porém a parte mais difícil de admitir é que nós sabemos mais do que esses institutos nacionais especializados deem pesquisa de mercado. Isso certamente nos deixará mais tranquilos e sem frustrações
.

"Se um consumidor decidir, ele tem a vantagem de percorrer todos os shoppings sem que isto seja um tormento ou contra mão para ele, pois todos os empreendimento atuais e os futuros estão em um raio de poucos quilômetros"

Com todo o respeito, isso em nada muda a minha percepção acerca da relação população/nº de lojas. Acho, inclusive, mais arriscada a localização de empreendimentos em um raio próximo.É só imaginar CG com um mega shopping de 400, 500, 600 lojas...algo inviável.

"Com relação ao tamanhjo da Região Metropolitana, isso é uma questão política. Você e todos sabem que Campina polariza uma região gigante que vai de parte do interior do Ceará, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte com mais de um milhão de habitantes"

Acho que isso se aplica a toda cidade próspera. Se vc diz que Campina polariza 1 milhão, Caruaru poderia dizer o mesmo, a RMR poderia dizer que recebe gente de AL, da PB, do interior de PE, enfim, não há como medir essa "população flutuante". Logo, minha proposta argumentativa de relação população/nº de lojas também não seria atingida.
-------------
No mais, até que o debate estava interessante - e, não descarto -, talvez você esteja certo em sua abordagem. Apenas expus a minha impressão. Entretanto, a partir do momento em que você passou a falar com ironia, tomando meu comentário como provocação, acho que a conversa perdeu a graça...

Last edited by THE_LORD; March 17th, 2012 at 06:53 AM.
THE_LORD no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 07:06 AM   #8544
Hall_CG
Guinness Book
 
Hall_CG's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campina Grande/PB Brasil
Posts: 5,595
Likes (Received): 19

Voltemos ao estágio das obras...
__________________
.

Campina Grande - Uma cidade Multifacetada

"Eterno Poema de Amor à Beleza"
Hall_CG no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 07:20 AM   #8545
fylipe
Registered User
 
Join Date: Apr 2011
Posts: 283
Likes (Received): 8

Quote:
Originally Posted by R.Arquiteto View Post


Concordo plenamente, Fabio. E desculpa Rodolfo, mas vejo seus comentários aqui sempre com um certo pessimismo. Enquanto todos aqui exaltam o bom momento vivido por Campina, claro que existem casos isolados como o que você falou, mas procure saber o real motivo das vendas abaixo da média nesses casos. Campina, assim como todo o nordeste vive um bom momento, isso é fato, mas talvez você não consiga enxergar isso. Desculpa falar isso, mas acho que a função desse fórum é essa, um debate saudável.
Falando nisso,acabei de passar por um outdoor e vi que 35% dos 160 apartamentos do prédio de 20 andares do Cruzeiro(agora não me lembro do nome) foram vendidos APENAS NA CAMPIMÓVEIS.
__________________
Fylipe
fylipe no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 07:39 AM   #8546
AndersonCGPB
Estado da Borborema
 
AndersonCGPB's Avatar
 
Join Date: Mar 2011
Location: Campina Grande
Posts: 7,176
Likes (Received): 5145

Quote:
Originally Posted by Hall_CG View Post
Voltemos ao estágio das obras...
O quanto antes!!!
__________________
Campina, Grande como nunca, linda como sempre!
É melhor JAIR se acostumando! JB 2018
Imposto é roubo!
AndersonCGPB no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 12:46 PM   #8547
Raiff CG
Registered User
 
Join Date: Dec 2010
Location: Campina Grande - PB
Posts: 857
Likes (Received): 103

[QUOTE=THE_LORD;89535140]
Tudo bem, Raiff. É que como o Boa Esperança foi adquirido pelo Pão de Açúcar, eu tinha vaga lembrança de que o grupo comprador chegara a abrir algum supermercado naquele local...Enfim, quanto ao Stoc, é verdade, após pesquisar, vi que, à época, muitas lojas Brasil afora foram adquiridas pelo Grupo Bompreço.


Na realidade não. O Grupo Pão de Açúcar comprou as lojas do Boa Esperança de João Pessoa. Na época eles não se interessaram em investir aqui em Campina. A loja do Boa Esperança daqui foi vendida para outra empresa. O Extra Ecônomico não é bandeira do Grupo Pão de Açúcar e não tinha nada a ver com o grupo. Aliás, as bandeiras do Grupo Pão de Açúcar que levam o nome de Extra são: Extra Fácil, Extra Super e Extra Hiper (que é o que tem aqui agora). Nunca houva a bandeira Extra Econômico da parte deles.
Raiff CG no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 02:25 PM   #8548
EVERSON POMBO
Registered User
 
EVERSON POMBO's Avatar
 
Join Date: Nov 2011
Location: Campina Grande, PB
Posts: 515
Likes (Received): 739

[QUOTE=Raiff CG;89540285]
Quote:
Originally Posted by THE_LORD View Post

Tudo bem, Raiff. É que como o Boa Esperança foi adquirido pelo Pão de Açúcar, eu tinha vaga lembrança de que o grupo comprador chegara a abrir algum supermercado naquele local...Enfim, quanto ao Stoc, é verdade, após pesquisar, vi que, à época, muitas lojas Brasil afora foram adquiridas pelo Grupo Bompreço.


Na realidade não. O Grupo Pão de Açúcar comprou as lojas do Boa Esperança de João Pessoa. Na época eles não se interessaram em investir aqui em Campina. A loja do Boa Esperança daqui foi vendida para outra empresa. O Extra Ecônomico não é bandeira do Grupo Pão de Açúcar e não tinha nada a ver com o grupo. Aliás, as bandeiras do Grupo Pão de Açúcar que levam o nome de Extra são: Extra Fácil, Extra Super e Extra Hiper (que é o que tem aqui agora). Nunca houva a bandeira Extra Econômico da parte deles.
Só para complementar: O Extra Econômico pertencia a um grupo local; não comprou o Boa Esperança apenas ocupou o ponto depois do fechamento do mesmo; foi o primeiro atacado de auto-serviço da cidade, e enquanto funcionou assim foi muito bom; quando eles mudaram de filosofia e começaram a cobrar preços diferenciados de acordo com a quantidade, perderam o diferencial e os clientes se foram, incluindo a mim que fazia minha feira lá e debandei.
EVERSON POMBO no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 04:00 PM   #8549
Fabio Cavalcanti
Registered User
 
Fabio Cavalcanti's Avatar
 
Join Date: Jan 2007
Location: Campina Grande
Posts: 2,237
Likes (Received): 277

Estou com dificuldades de entender o que acontece por aqui. Quando Campina Grande não tem um determinado equipamento importante, seja público ou privado, dizem neste forum que a cidade é fraca, não tem capacidade, é pobre etc e logo começam a comparar com outras cidades, inclusive de porte inferior. Quando aparece um mundo de gente querendo e capaz de investir com dinheiro próprio, acreditando na cidade e de fato trazendo mais desenvolvimento, aparecem pessoas para dizer que a cidade não comporta, não tem lógica, não tem consumidor, isso ou aquilo. Deixa esse pessoal investir. Se fosse o contrário, com pessoas tirando os investimentos daqui, fechando empreendimentos...mas não é! O pessoal está abrindo oportunidades. O mercado e o tempo dirão se realmente a cidade comporta ou não. Estes comentários funebres caberiam perfeitamente na década de 80, hoje não!

Desculpa pelas palavras escritas, mas ler textos escritos por pessoas jovens que estão vivenciando um momento tão espetacular no país e nesta cidade, e ficar reclamando,choramingando,duvidando etc. Não dá para passar em branco. Mil perdões a todos, mas o meu otimismo e o realismo atual seriam muito mais adequados para este momento do que o pessimismo e o descrédito. Abraços.



Fabio Cavalcanti no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 04:01 PM   #8550
Rodolfo Augusto
Registered User
 
Join Date: May 2010
Posts: 291
Likes (Received): 4

Quote:
Originally Posted by Fabio Cavalcanti View Post
Prezado Rodolfo Augusto, infelizmente você não escolheu o melhor exemplo. Enquanto você fala de dois singelos blocos de 03 andares que têm apartamentos "boiando", lembro que apenas uma torre (empresarial ) do Mundo Plaza, com 24 andares e mundo de escritórios, vendeu todas as unidades em poucos meses depois de lançado com o preço médio e,m torno dos 350 mil cada unidade. Sem falar em todos os outros lançamentos que vendem seus apartamentos na planta, coisa difícil de acontecer em outos locais. Conheces algum corretor? Eu conheço um bocado, e sabe o que eles me dizem? que estamos ainda no ínicio desse boom imobiliário,que o melhor Rodolfo, ainda está por vir.Além disso, apartamentos como esse que você falou estão sendo construido aos milhares, portanto seria natural um pequena empresa, sem expressividade ainda, lançar e não conseguir vender por questões lógicas de mercado e concorrência. Mas tem nada, não. Esses apartamentos serão vendidos, sim. Pode ter certeza. Acredite.

O que eu me refiro é vendido para MORAR.

No singelo prédio que eu citei, estão praticamente todos vendidos. Agora vendidos pra que? Pra alugar, ou revenderm porque pra morar mesmo são poucos.


Você acha logico que exista mais gente pra dar 350/450 mil num apartamento, do que 120/150???
Rodolfo Augusto no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 04:03 PM   #8551
Rodolfo Augusto
Registered User
 
Join Date: May 2010
Posts: 291
Likes (Received): 4

Ah sim...aquele prédio que fica as margens do açude velho, aquele que é o mais alto da cidade que eu não sei o nome, porque quando passo ali a noite mal vejo apartamentos iluminados??

Todos saem quando vou chegando, ou apagam as luzes de proposito?
Rodolfo Augusto no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 04:44 PM   #8552
EVERSON POMBO
Registered User
 
EVERSON POMBO's Avatar
 
Join Date: Nov 2011
Location: Campina Grande, PB
Posts: 515
Likes (Received): 739

Quote:
Originally Posted by Fabio Cavalcanti View Post
Estou com dificuldades de entender o que acontece por aqui. Quando Campina Grande não tem um determinado equipamento importante, seja público ou privado, dizem neste forum que a cidade é fraca, não tem capacidade, é pobre etc e logo começam a comparar com outras cidades, inclusive de porte inferior. Quando aparece um mundo de gente querendo e capaz de investir com dinheiro próprio, acreditando na cidade e de fato trazendo mais desenvolvimento, aparecem pessoas para dizer que a cidade não comporta, não tem lógica, não tem consumidor, isso ou aquilo. Deixa esse pessoal investir. Se fosse o contrário, com pessoas tirando os investimentos daqui, fechando empreendimentos...mas não é! O pessoal está abrindo oportunidades. O mercado e o tempo dirão se realmente a cidade comporta ou não. Estes comentários funebres caberiam perfeitamente na década de 80, hoje não!

Desculpa pelas palavras escritas, mas ler textos escritos por pessoas jovens que estão vivenciando um momento tão espetacular no país e nesta cidade, e ficar reclamando,choramingando,duvidando etc. Não dá para passar em branco. Mil perdões a todos, mas o meu otimismo e o realismo atual seriam muito mais adequados para este momento do que o pessimismo e o descrédito. Abraços.



Fábio, vc falou tudo !!! Cheguei em Campina na sua decadência, acompanhei um longo período de estagnação e vejo como muita satisfação a reação, o progresso a grande mobilidade social para cima e um boom econômico sem precedentes ancorado em bases sólidas. Também não dá pra enteder o pessimismo crônico que ronda a cabeça de algumas pessoas. O tempo é outro, campina recebeu em um curto espaço de tempo o Makro, O Atacadão, o Maxx, o Extra e todos estão fazendo bons negócios sem esvaziar os que já existiam na área gastronômica não param as inaugurações e todos estão recebendo um bom público, pontos comerciais que fecham, num piscar de olhos é substituido, a oferta de empregos é a mais alta da história. Diante de tudo isso não dá pra ser pessimista. Nosso otimismo se confunde com a realidade atual, não é utópico.
EVERSON POMBO no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 04:46 PM   #8553
vynnycyhus
Registered User
 
Join Date: Dec 2011
Location: Campina Grande - PB
Posts: 1,036
Likes (Received): 791

Quote:
Originally Posted by Rodolfo Augusto View Post
Ah sim...aquele prédio que fica as margens do açude velho, aquele que é o mais alto da cidade que eu não sei o nome, porque quando passo ali a noite mal vejo apartamentos iluminados??

Todos saem quando vou chegando, ou apagam as luzes de proposito?

Ele se referiu aos do complexo plaza, onde era a carangueijo que ainda estão em construção.

E com relação aquele predio lá que é o mais alto da cidade, quando eu caminhava no açude sempre via uma movimentação muito boa nele, entrada e saída de pessoas o tempo todo.
vynnycyhus no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 04:46 PM   #8554
Ken Masters
Registered User
 
Ken Masters's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Posts: 224
Likes (Received): 10

Gosto muito deste fórum e o acesso diariamente. Admiro os participantes que postam sempre grandes notícias e comentários.

Mas tenho uma crítica... Para a pessoa se enturmar por aqui, tem que obedecer a quatro regras:

- Odiar a Administração Municipal;
- Odiar a CIPRESA;
- Odiar, acima de tudo, o Shopping Boulevard;
- Só fazer elogios a Campina Grande e seus novos investimentos.

Por isso que eu não costumo postar por aqui, para evitar discussão.

Não tenho nada contra nem a favor da Administração Municipal.

Gosto da CIPRESA e seus condomínios populares, que favorecem muita gente de baixa renda.

Gosto do Boulevard e não o acho tão defasado assim. Com exceção do estacionamento em horários de pico nos fins de semana e das filas do Hiper (o que é culpa do Hiper), ele nunca está lotado. Sempre sobram mesas na praça de alimentação, por exemplo.

Também acho evidente que Campina não comporta cinco shoppings. Nem João Pessoa nem Natal têm cinco shoppings.

Procurem aceitar quem tem opiniões diferentes. Um "fórum" é para debates, ou seja, para troca de diferentes ideias.

Nos mais, reitero meus elogios ao empenho de todos que fazem deste espaço um local de notícias sempre atualizadas.

Sem ressentimentos!
Ken Masters no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 04:50 PM   #8555
EVERSON POMBO
Registered User
 
EVERSON POMBO's Avatar
 
Join Date: Nov 2011
Location: Campina Grande, PB
Posts: 515
Likes (Received): 739

Para aliviar essa prossa "pesada":





EVERSON POMBO no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 04:51 PM   #8556
Elvis Guimarães
Registered User
 
Elvis Guimarães's Avatar
 
Join Date: May 2007
Location: Campina Grande, Rainha da Borborema
Posts: 899
Likes (Received): 87

Home...abram um thread pra vcs muerem sobre predios vazios ou cheios. Aqui é estágio das obras.
__________________
Campina Grande: Centro de Convergência do Universo.
Elvis Guimarães no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 04:51 PM   #8557
city11
Registered User
 
city11's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: CAMPINA GRANDE => RECIFE
Posts: 1,135
Likes (Received): 432

Quote:
Originally Posted by Rodolfo Augusto View Post
Ah sim...aquele prédio que fica as margens do açude velho, aquele que é o mais alto da cidade que eu não sei o nome, porque quando passo ali a noite mal vejo apartamentos iluminados??

Todos saem quando vou chegando, ou apagam as luzes de proposito?
Pelo menos comigo, quando passo as 7 da noite, sempre vejo todos os apartamentos do solar das acácias iluminados, menos os 2 últimos andares e o flat vizinho a ele ta quase todo adquirido.As vendas daquele flat saiu melhor do que eu esperava.A questão rodolfo é o seguinte , existem pessoas que investem em outros imóveis apenas como simples investimento.O pai de um amigo meu comprou um apartamento no Vivant e não vai morar lá.
city11 no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 04:57 PM   #8558
city11
Registered User
 
city11's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: CAMPINA GRANDE => RECIFE
Posts: 1,135
Likes (Received): 432

Quote:
Originally Posted by EVERSON POMBO View Post
Para aliviar essa prossa "pesada":

Adorei todas, mas essa ficou fantastica! parabens Ewerson.
city11 no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 05:04 PM   #8559
EVERSON POMBO
Registered User
 
EVERSON POMBO's Avatar
 
Join Date: Nov 2011
Location: Campina Grande, PB
Posts: 515
Likes (Received): 739

Acho belíssimo o MAAP. Não sei se acontece co vcs, mas a impressão que tenho é que esta é uma obra pra ser vista de cima; ao nível do solo ela se mistura como as outras edificações em volta e perde um pouco do seu encanto. Talvez quando estiver concluído essa impressão mude; é esperar pra ver.
EVERSON POMBO no está en línea   Reply With Quote
Old March 17th, 2012, 05:04 PM   #8560
aleksyatorres
Registered User
 
aleksyatorres's Avatar
 
Join Date: Sep 2011
Location: Almería-Andalucía-España/Caruaru-PE-Brasil
Posts: 1,079
Likes (Received): 517

Quote:
Originally Posted by THE_LORD View Post
É o seguinte: sou ufanista, louco por Campina, mas não posso deixar de enxergar a realidade.
É certo que grandes empresas lançam mão de consultorias e pesquisas de mercado antes de se instalarem numa região. Mas isso não é garantia de sucesso. O Extra já abriu suas portas no antigo Boa Esperança e não deu certo. O Stoc, do grupo Carrefour, idem. O Atacadão Eletro, localizado no Atacadão, também já fechou suas portas. Não precisa ser um expert em mercado para imaginar se um negócio tem ou não potencial de dar certo. Enfim, o que quero dizer é que o paralelo estabelecido entre Campina e Recife faz sentido. Recife é uma cidade apaixonada por shoppings. Com exceção do Paço Alfândega, todos os shoppings daqui são movimentados.
Falou-se, então, que Campina polarizava em torno de 1 milhão de habitantes. Acho muito, não é bem por aí. O campinense também adora shopping, mas, em termos práticos, segundo o IBGE-2010, temos a Região Metropolitana de Campina Grande (RMCG) com exatamente 695.931 habitantes. A Região Metropolitana do Recife (RMR) conta com 3.898.470 habitantes.
Pois bem, analisando as duas RM´s e seus respectivos shoppings (construídos e em construção), temos o seguinte:

RMR
Shopping Recife: 439 lojas (com a expansão em construção)
Shopping Guararapes (Jaboatão): 240 lojas
Plaza: 150 lojas
Tacaruna: 223 lojas
Boa Vista: 200 lojas
Rio Mar (em construção – inauguração em outubro/12): 476 lojas
Costa Dourada (Cabo): 98 lojas
Paço Alfândega (shopping fantasma) = 34
Total: 1860 lojas
Relação população/lojas: 1 loja para cada 2.095 habitantes

RMCG
Palm 100
Itararé 200
Boulevard 110
Total: 410 lojas
Relação população/lojas: 1 loja para cada 1.697 habitantes
---------- acrescentado os projetos Villa e Casa Shopping:
Villa: +ou- 200 lojas
Casa Shopping: +ou- 100 lojas
------- Total: 710 lojas, ou, aproximadamente, 1 loja para cada 980 habitantes!

Como se vê, considerando que a RMR vive um crescimento econômico absurdo, com investimentos de todo o porte, a relação população/lojas ainda é menos ousada do que a que Campina pretende estabelecer (pelo menos, segundo os comentários do Skyscrapercity).

Sei que Campina também atravessa um bom momento econômico, mas nada que justifique 600, 700 lojas...isso é algo irreal. Acredito, pois, que um total de 400 lojas (3xdo nº que temos hoje) seria um número mais do que admirável. Algo digno de orgulho.

Ao contrário do que alguns pregam, não desejo o fechamento do Boulevard. É sempre muito melancólico o fim de um grande empreendimento comercial, principalmente porque, por trás de muitas lojas, há sonhos, investimentos de empreendedores e etc. Além do mais, a localização do Boulevard é sem igual. Gostaria sim, que novos shoppings abrissem, mas dentro de uma determinada realidade, quem sabe preparado para futuras expansões (a depender da receptividade do mercado).

É isso, acho que a relação população/lojas pretendida pelos novos empreendedores do ramo de shoppings, em Campina, aparenta ser bastante arriscada.

Palm, Boulevard e Itararé (estes dois últimos, quase de frente um pro outro, algo no mínimo "inusitado"), por ora, estão de excelente tamanho para CG e a população de Campina, mesmo assim, agradecerá.

Abraços fraternos e não fiquem chateados comigo.

Efetivamente, desejo Campina Grande, mas sem frustrações.
Acho que tem sentido sim também,Campina é uma cidade que cresce muito isso todos nós sabemos,mas,pra comportar tantos shoppings assim de uma vez só não sei...as vezes os empresários vão com muita sede ao poco e termina não dando certo,não é pensimismo,mas,realidade.Só achei estranho só agora a cidade rebecer todos esses empreendimentos,pois já há tempo que deveria ter recebido outro novo shopping,estive em 2010 no Boulevard e achei horrível como shopping,pequeno,feio por fora e mau dividido,tomara que logo logo ele receba novas expansão e espero também que dê certo esses novos shoppings que chegarão na cidade.
aleksyatorres no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
campina grande

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 02:30 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu