daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Regionais > São Paulo > Notícias Paulistas

Reply
 
Thread Tools
Old June 29th, 2010, 12:17 AM   #1
Luiz
Registered User
 
Luiz's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Indaiacity, SP
Posts: 5,764
Likes (Received): 12

Notícias de Campinas e Região Metropolitana

Abrindo mais um espaço para notícias relacionadas à Região Metropolitana de Campinas!!!
Luiz no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old June 29th, 2010, 12:18 AM   #2
Luiz
Registered User
 
Luiz's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Indaiacity, SP
Posts: 5,764
Likes (Received): 12

Samu adota atendimento regional a partir de 2011

Atendimento será ampliado para 11 municípios: população atendida saltará dos atuais 1 milhão para 1,7 milhão


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Campinas será regionalizado e atenderá outros 11 municípios no início do ano que vem.

Águas de Lindóia, Lindóia, Amparo, Serra Negra, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Jaguariúna, Indaiatuba, Valinhos, Vinhedo e Monte Mor poderão ser beneficiadas com a regionalização.

Serão investidos cerca de R$ 6 milhões no processo, dos quais R$ 3 milhões virão do governo federal, via Ministério da Saúde, e o restante será dividido entre as cidades por meio de um consórcio. A população atendida saltará de 1 milhão para 1,7 milhão nas 12 cidades.

A verba da União já foi aprovada e a liberação pode ocorrer nos próximos meses, segundo José Roberto Hansen, coordenador do Samu em Campinas. “O intuito da regionalização é proporcionar esses serviços às pequenas cidades, as quais não teriam condições de arcar sozinhas com a manutenção, e reorganizar o sistema regional de urgência”, disse.

Para manter uma viatura de suporte avançado — com unidade de terapia intensiva (UTI) — são necessários R$ 80 mil por mês só para o pagamento dos profissionais. Para uma viatura de suporte básico, o custo mensal é de R$ 25,2 mil. Outros R$ 10 mil são gastos por mês com manutenção das ambulâncias e equipamentos, e com o combustível.

Fonte: Cosmo On Line
http://cosmo.uol.com.br/noticia/5671...r-de-2011.html
Luiz no está en línea   Reply With Quote
Old June 29th, 2010, 12:21 AM   #3
Luiz
Registered User
 
Luiz's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Indaiacity, SP
Posts: 5,764
Likes (Received): 12

Serra pede ampliação e concessão de aeroporto

O ex-governador paulista e candidato à Presidência visitou Campinas em companhia de Geraldo Alckmin (PSDB)

O ex-governador paulista e candidato à Presidência José Serra (PSDB) reafirmou nesta sexta-feira (25/06), em visita a Campinas, a necessidade de ampliação e concessão do Aeroporto Internacional de Viracopos.
Na companhia do candidato ao governo do Estado Geraldo Alckmin (PSDB) e dos candidatos ao Senado Aloysio Nunes Ferreira Filho (PSDB) e Orestes Quércia (PMDB), ele disse ter defendido a proposta para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e para o prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT), mas que, “infelizmente, até agora, não caminhou”.

A proposta teria sido feita em 2007, logo após o acidente da TAM no Aeroporto de Congonhas, na Capital, que matou 199 pessoas.

“Continuo insistindo na importância da ampliação de Viracopos. No curto prazo, a médio prazo, pode vir a ser o maior aeroporto de São Paulo. Hoje tem capacidade para 3 milhões de passageiros ao ano, mas pode multiplicar para 20 milhões, 30 milhões, com a concessão. Essa é a proposta que defendi em 2007 junto ao presidente da República, apoiada pelo prefeito da cidade, e que até agora, infelizmente, não caminhou. Temos a Copa em 2014 e a ampliação do aeroporto de Viracopos é necessária, assim como a necessidade do terceiro terminal em Cumbica, em Guarulhos”, disse Serra, durante caminhada no Centro de Campinas.

Fonte: Cosmo On Line
http://cosmo.uol.com.br/noticia/5654...aeroporto.html
Luiz no está en línea   Reply With Quote
Old June 29th, 2010, 12:23 AM   #4
Luiz
Registered User
 
Luiz's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Indaiacity, SP
Posts: 5,764
Likes (Received): 12

AutoBAn inicia duplicação de túnel sob a Anhanguera

Os moradores do Jardim Garcia, em Campinas, esperam por quase 20 anos pela obra que custará R$ 80,5 milhões

A concessionária AutoBAn começou as obras para a duplicação do túnel localizado no Km 97 da Via Anhangüera, no Jardim Garcia, em Campinas. Os moradores da região esperam por quase 20 anos pela obra. A primeira solicitação de reforma do viaduto, que atualmente tem mão única e nenhuma calçada para pedestres, foi feita pela Associação de Moradores do Bairro à Prefeitura de Campinas, em 1992.

Desde o início do ano, a AutoBAn vem realizando obras entre os Km 92 e 98 da rodovia, em um investimento de R$ 80,5 milhões.

Depois desta fase, que deve ser concluída em 60 dias, a Prefeitura pretende restaurar toda a estrutura viária da região, além de contemplar o novo fluxo de veículos que deverá se deslocar para o local, como resultado da reforma do viaduto.

Uma das fábricas localizada às margens da via, onde deverá ser a saída dos carros que trafegarem pela passagem subterrânea, terá parte de sua entrada desapropriada. No entanto, o diretor da empresa Francisco de Lima Filho explica que as melhorias são muito bem-vindas e a única preocupação é a estrutura do bairro. “Não haverá nenhum prejuízo para a minha empresa, apenas teremos que recuar a entrada e saída de veículos. Só acho que o Jardim Garcia não está preparado para o fluxo de veículos que será deslocado pra cá. O túnel deverá, inclusive, desafogar a Jhon Boyd Dunlop, mas os carros virão pra cá.”

Fonte: Cosmo On Line
http://cosmo.uol.com.br/noticia/5636...nhanguera.html
Luiz no está en línea   Reply With Quote
Old June 29th, 2010, 04:18 PM   #5
stephen kiss
BANNED
 
Join Date: Oct 2009
Posts: 2,589
Likes (Received): 0

Bem vindo forum da RM Campinas!

Boas novas com rodovias e aeroporto! Viracopos ainda é a melhor resposta para as necessidades de São Paulo e da região de Sorocaba também!

Valeu, Luiz!
stephen kiss no está en línea   Reply With Quote
Old June 29th, 2010, 10:22 PM   #6
Rajude
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,469

Muito bom, estava faltando um tópico sobre a região de Campinas.

Notícia do dia 13/05/10

Goldman entrega vias marginais e 21 viadutos da Anhanguera no trecho de Campinas
Obras totalizam investimento de R$ 80,5 milhões

O governador Alberto Goldman entregou nesta quinta-feira, 13, as pistas marginais entre os quilômetros 92 e 98 da Via Anhangüera (SP 330), em Campinas, juntamente com o Secretário dos Transportes, Mauro Arce. Ao longo desse trecho também foram construídos 21 viadutos, duas pontes, duas passarelas e quatro pontos de ônibus, totalizando investimento de R$ 80,5 milhões.

Executadas pela concessionária AutoBan, sob fiscalização da ARTESP, as obras foram viabilizadas pelo Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo. Essas ampliações da malha viária estadual beneficiam cerca de 800 mil habitantes da região de Campinas, em especial os moradores dos bairros São Bernardo, Vila Industrial, Vila Teixeira, Parques Via Norte 1 e 2, Vila Boa Vista, Jardim Garcia, Vila Padre Manoel da Nóbrega, Jardim Londres, Jardim Campos Elíseos, Parque Universitário, Jardim Mario Rosa e Campo Grande. "Ela separa o transporte interurbano e urbano do transporte de longa distância, das grandes rodovias. Enfim, um transporte local", ressaltou o governador.

Ao reordenar o tráfego local, que agora poderá ser feito pelas pistas marginais, as obras garantem melhor fluidez e segurança para os cerca de 66 mil veículos que circulam pelas pistas norte e sul desse trecho diariamente. Iniciadas em maio de 2006, estão sendo entregues dentro do prazo contratual e durante sua execução foram gerados 300 postos de trabalho diretos.

Detalhamento das obras

* Implantação de 12 quilômetros de pistas marginais, entre o km 92 e o km 98
As novas marginais possuem duas faixas de tráfego em cada sentido e ligam a região sul à região norte de Campinas.

* Implantação de 4 viadutos no km 93,4
Os dois viadutos nas pistas marginais, um no sentido interior e outro no sentido capital, passam sobre a Avenida das Amoreiras e foram liberados ao tráfego assim que concluídos para possibilitar a construção dos dois viadutos da pista expressa da Via Anhangüera (sentido interior e capital). Esses últimos estão sendo liberados hoje. A nova configuração permitirá à administração municipal a duplicação da Avenida das Amoreiras, que faz a ligação da área central de Campinas com a região Sudoeste, onde estão localizados os bairros Jardim Campos Elíseos, Parque Universitário e Jardim Mario Rosa.

* Implantação de 2 viadutos no km 94
Os viadutos estão localizados nas pistas marginais, um no sentido interior e outro no sentido capital, sobre a Rua Ituverava. Ambos já estão em operação.

* Implantação de 4 viadutos e um retorno no km 95
Foram construídos dois viadutos sobre a linha férrea nas pistas marginais e dois nas pistas expressas da Via Anhangüera, em ambos os sentidos (interior e capital). Nesse local também foi implantado um retorno da pista marginal sentido capital para a pista marginal sentido interior. Os viadutos nas marginais já estão em operação e hoje serão liberados os viadutos das pistas expressas.

* Implantação de 2 pontes no km 95,6
As pontes localizadas em ambos os sentidos das marginais passam sobre o Córrego Piçarrão e já estão liberadas ao tráfego.

* Implantação de 4 viadutos no km 95,8
Os dois viadutos nas pistas marginais (sentidos interior e capital) passam sobre a Avenida John B. Dunlop e já estão em operação. A partir de hoje serão liberados ao tráfego dois viadutos nas pistas expressa da Via Anhangüera. A nova configuração permitirá que administração municipal realize a duplicação da Avenida John B. Dunlop, que liga a área central de Campinas com a região Noroeste, conhecida como Região do Campo Grande.

* Implantação de 1 viaduto de retorno no km 96,4
Este viaduto permitirá o retorno da pista marginal sentido interior para a pista marginal sentido capital. A obra está em andamento e deve ser concluída até setembro deste ano.

* Implantação de 4 viadutos no km 97,1
Os viadutos nas pistas marginais e expressas em ambos os sentidos passam sobre a Avenida Gaspar Bertoni e já estão liberados ao tráfego.

* Implantação de 1 viaduto no km 97,5
Este viaduto será liberado para o tráfego hoje passagem para pedestres.

* Implantação de 1 viaduto ferroviário no km 97,6
O viaduto ferroviário passa sobre as pistas expressas e marginais da Via Anhangüera e já está liberado ao tráfego.

* Implantação de passarelas
Foi construída uma nova passarela no km 94,6 e totalmente reformada a passarela existente no km 92,9.

Região de Campinas

A infraestrutura rodoviária da Região de Campinas vem sendo beneficiada pelo Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado desde sua implantação, em 1998. O Sistema Anhangüera-Bandeirantes recebeu neste período investimento de R$ 2,2 bilhões em obras de melhoria e ampliação. Ao longo de sua malha foram construídos 68 dispositivos de acesso/retorno, 28 passarelas, 7 pontes, 5 viadutos, 77 quilômetros de novas pistas, 76 quilômetros de faixas adicionais, 35 quilômetros de vias marginais e executados 478 quilômetros de recapeamento. Já o lote rodoviário do qual faz parte a Rodovia Gov. Dr. Adhemar Pereira de Barros (SP 340), que também atende a região de Campinas, recebeu investimento de R$ 630 milhões em obras. Outros R$ 900 milhões foram investidos no lote da Rodovia Santos Dumont (SP 075).

Com a retomada do Programa de Concessões os benefícios serão ampliados para os corredores D. Pedro I e Marechal Rondon Leste, ambos integrantes da Região de Campinas. Para o Corredor D. Pedro I estão garantidos R$ 2,2 bilhões em investimentos que incluem o prolongamento do anel viário de Campinas até a Rodovia dos Bandeirantes e o Aeroporto de Viracopos, a duplicação da SP 360 entre os municípios de Jundiaí e Itatiba, a duplicação da SP 332 entre os municípios Engenheiro Coelho e Conchal e a implantação da via perimetral de Itatiba. Já no Corredor Marechal Rondon Leste serão investidos R$ 1,4 bilhão. Entre as principais obras estão a duplicação da Rodovia do Açúcar (SP 308) de Salto à Rio das Pedras, a duplicação da SP 101 de Hortolândia/Campinas à Capivari, a duplicação da Rodovia Marechal Rondon no trecho de Laranjal Paulista e a construção do Contorno de Piracicaba na Rodovia do Açúcar.

Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo

O Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo teve início em 1997 com a concessão de 12 lotes de rodovias. Os investimentos já realizados na malha dessa 1ª Etapa somam 17,3 bilhões de reais (valores atualizados). O principal resultado são viagens muito mais confortáveis e seguras: o índice de mortos nas rodovias concedidas está 40,9% menor em relação ao ano de 2000. Além disso, essas rodovias figuram entre as melhores do País, de acordo com avaliação da Confederação Nacional dos Transportes.

Em 2007, o Governo do Estado de São Paulo iniciou a 2ª Etapa do Programa. Foram concedidos cinco corredores rodoviários (Marechal Rondon Oeste, Marechal Rondon Leste, Raposo Tavares, D. Pedro I, Ayrton Senna-Carvalho Pinto) e o Trecho Oeste do Rodoanel Mário Covas, totalizando 1.747 quilômetros. Esta nova etapa garante investimentos de 8 bilhões de reais em obras, além de 14 bilhões em serviços operacionais.

Da ARTESP

http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoti...?id=209837&c=6
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Old June 29th, 2010, 10:38 PM   #7
stephen kiss
BANNED
 
Join Date: Oct 2009
Posts: 2,589
Likes (Received): 0

Será que o governo já pensa em duplicar a via Santos Dumont?
stephen kiss no está en línea   Reply With Quote
Old June 29th, 2010, 10:50 PM   #8
Luiz
Registered User
 
Luiz's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Indaiacity, SP
Posts: 5,764
Likes (Received): 12

Quote:
Originally Posted by stephen kiss View Post
Será que o governo já pensa em duplicar a via Santos Dumont?
duplicar o que?????
Luiz no está en línea   Reply With Quote
Old June 30th, 2010, 03:36 PM   #9
Fischer
Registered User
 
Fischer's Avatar
 
Join Date: May 2007
Location: Campinas
Posts: 2,718
Likes (Received): 678



[29/6/2010] A Coordenadoria Geral da Universidade (CGU) e o grupo de trabalho que elaborou o projeto da Biblioteca de Obras Raras e Coleções Especiais (Bora) da Unicamp comemoram a liberação pela Finep de R$ 8,3 milhões para a construção do prédio, em terreno ao lado da Biblioteca Central Cesar Lattes. “Desde o início do programa CT-Infra (destinado a obras de infraestrutura para ensino e pesquisa), a Unicamp sempre concorreu e recebeu recursos. O inusitado é que, dessa vez, nosso projeto foi aprovado na íntegra, num edital que teve perto de 450 concorrentes de todo o país. É o maior valor que recebemos da agência para um único projeto”, afirma o professor Edgar Salvadori De Decca, coordenador geral da Universidade.

Segundo De Decca, o valor é de R$ 8,3 milhões e cobre a maior parte do custo previsto para a obra – aproximadamente R$ 11,5 milhões. “O complemento será de responsabilidade da Reitoria, em função da importância e do impacto do projeto, não apenas acadêmico, mas também visual. O prédio vai redirecionar o olhar em torno do Ciclo Básico, formando-se uma área nobre. É um projeto que traz um conceito novo em relação à preservação e conservação do inestimável acervo bibliográfico e documental que já possuímos – e que vamos ampliar quando a sede estiver pronta”.

O coordenador geral informa que o arquiteto contratado, Cláudio Mafra, é o mesmo que projetou a Biblioteca Central, mas que cumpriu o requisito de conceber um edifício diferenciado para abrigar um acervo raro e altamente especializado, a exemplo de instituições como de Yale, Columbia, Berkeley e Aveiro. “Calculamos que a construção seja concluída em dois anos. A ideia é juntar as coleções espalhadas pelo campus, como as de Sérgio Buarque de Holanda, Hélio Viana e Paulo Duarte. Além disso, há obras antigas e relevantes que não são necessariamente de humanidades, mas de ciências, medicina ou biologia”.

De acordo com o professor Alcir Pécora, diretor do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL), o prédio da Bora terá quatro pavimentos e área total de 3.500 metros quadrados. “A construção é relativamente simples, em formato quadrado, mas que tem como aspecto inovador um corte transversal em dois andares – é um vazado para que, na visão de quem faz a rotatória do Ciclo Básico, o edifício da Bora não se sobreponha ao da BC. O prédio estará totalmente preparado para os cuidados de obras raras, com áreas específicas para conservação, restauração, reprografia e digitalização, além de requisitos de segurança como controle térmico e de iluminação, e contra roubo e incêndio”.

Pécora coordenou o grupo de trabalho para elaborar e acompanhar o projeto, assim constituído: Cecília Rubira (docente do IC e assessora da CGU), Maria Eugênia Boaventura Dias (docente do IEL e vice-coordenadora do projeto), Ricardo da Silva Torres (docente do Instituto de Computação), Luiz Atilio Vicentini (coordenador do Sistema de Bibliotecas da Unicamp), Neire do Rossio Martins (coordenadora do Sistema de Arquivos da Unicamp), Regiane Alcântara Eliel (diretora da Biblioteca do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas), Tereza Nonatto de Carvalho (diretora técnica de Coleções Especiais e Obras Raras da BC), Raquel Teixeira Gomes Magri (assistência administrativa, CT-INFRA/CGU) e Adriana Botelho Dieguez (engenheira do Núcleo de Gerenciamento de Projetos).

O coordenador do projeto revela que, paralelamente à construção do prédio, será iniciada a digitalização de todo o acervo existente na Unicamp, estimado em 100 mil volumes (somando-se obras raras e especiais). “Diferente da biblioteca de circulação (com retirada de livros), a de obras raras é totalmente voltada ao pesquisador, chamada nos Estados Unidos de biblioteca de pós-graduação. Parece elitismo. Entretanto, vamos implantar um sistema de digitalização de todo esse material restrito e com obras caríssimas, a fim de disponibilizá-lo on-line. Trata-se de projeto que também visa à divulgação e democratização do acervo”.

O professor De Decca adianta, a propósito, que a aprovação do projeto pela Finep abre a possibilidade de a Unicamp participar de outros dois editais voltados para a conservação e preservação de acervos, do BNDES e da Petrobras. “Até setembro, poderemos concorrer a editais visando à aquisição de equipamentos, sistemas de segurança e uma série de outros recursos técnicos. Outra possibilidade é de buscar linhas de financiamento para treinar profissionais no exterior, como na Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, Biblioteca de Obras Raras de Yale ou Biblioteca Nacional de Paris, capacitando o corpo técnico a cuidar de uma unidade deste porte”.

Nesse mesmo sentido, Alcir Pécora anuncia para 6 e 7 de outubro a realização do Fórum Permanente da Biblioteca de Obras Raras e Coleções Especiais, para o qual serão convidados os colecionadores Pedro Correa do Lago, Jorge Caldeira e Ruy Souza e Silva, entre outros. Outros convidados serão os especialistas em serviços como de higienização, restauro e catalogação.
http://www.unicamp.br/unicamp/divulg...amp-na-integra
Fischer no está en línea   Reply With Quote
Old July 5th, 2010, 01:08 AM   #10
Valter
Registered User
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,757
Likes (Received): 721

Uma foto legal de Campinas que encontrei e gostaria de compartilhar.


image hosted on flickr

flickr T. Gallo
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old July 6th, 2010, 11:23 PM   #11
stephen kiss
BANNED
 
Join Date: Oct 2009
Posts: 2,589
Likes (Received): 0

foto show de bola!!
stephen kiss no está en línea   Reply With Quote
Old July 7th, 2010, 02:22 AM   #12
Paulistinha
Registered Usher
 
Paulistinha's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Location: Sao Paulo
Posts: 4,874
Likes (Received): 381

Linda foto!
Paulistinha no está en línea   Reply With Quote
Old July 7th, 2010, 02:23 AM   #13
Paulistinha
Registered Usher
 
Paulistinha's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Location: Sao Paulo
Posts: 4,874
Likes (Received): 381

Falando nisso, estou com saudade de um thread sobre Campinas...
Paulistinha no está en línea   Reply With Quote
Old July 7th, 2010, 04:08 PM   #14
PauloEdgar
Registered User
 
PauloEdgar's Avatar
 
Join Date: Dec 2008
Location: São José dos Campos
Posts: 1,044
Likes (Received): 37

Bela foto de Campinas !!!
PauloEdgar no está en línea   Reply With Quote
Old July 9th, 2010, 01:16 AM   #15
Fabius_
Ad astra
 
Fabius_'s Avatar
 
Join Date: Feb 2007
Location: Campinas
Posts: 15,913
Likes (Received): 1390

Quote:
Originally Posted by valter View Post
Uma foto legal de Campinas que encontrei e gostaria de compartilhar.


image hosted on flickr

flickr T. Gallo
Espetacular!
Sei de onde a pessoa tirou essa foto!

Vê-se nela o eixo da Avenida Orozimbo Maia, com o Cambuí à esquerda, o Centro ao fundo e o Guanabara (Vila Itapura) à direita.

As duas ruas que se veem no sentido da foto são a Dr. José Inocêncio de Campos (à esquerda) e a Major Sólon (à direita). Sobre a ponte, saindo da avenida, vê-se um facho de luz indo à direita, rumo à Rua Paula Bueno, que leva ao Taquaral.

Com a iluminação especial, até o linhão de energia da CPFL, que vai até a subestação Centro, fica mais interessante.
__________________
CAMPINAS: ontem, hoje e sempre.
Fabius_ no está en línea   Reply With Quote
Old July 21st, 2010, 01:06 AM   #16
Luiz
Registered User
 
Luiz's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Indaiacity, SP
Posts: 5,764
Likes (Received): 12

Prefeito quer mudar local da nova praça de pedágio

Olivério Júnior vai solicitar à Artesp que instale cobrança no Km 147 e que sejam construídas vias marginais

A notícia de que a nova praça de pedágio da Rodovia Adhemar Pereira de Barros (SP-340) será implantada no Km 145,5, em Santo Antonio de Posse, surpreendeu os 60 agricultores e produtores rurais da região, que alegam prejuízos e pedem isenção do pagamento de pedágio.

Conforme adiantou o Correio no sábado, em reportagem exclusiva, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) reavaliou o projeto de execução da nova praça e alterou o local de construção, que estava previsto para o Km 152,5, em Mogi Mirim.

Um dos produtores rurais da região, Hilton Matos, administrador da fazenda Villa Verde, disse que cinco famílias residem na fazenda e todos vão três vezes por dia para o Centro da cidade. “Já imaginou quanto essa gente vai ter que desembolsar por dia em pedágio?”, questionou Matos.

A praça em Santo Antonio de Posse foi novidade também para o prefeito Norberto de Olivério Júnior (PPS), que não gostou da decisão e pretende fazer propostas alternativas em audiência hoje, às 14h30, junto aos representantes da Artesp, em São Paulo.

Olivério Júnior disse que a Artesp decidiu pela instalação do novo pedágio sem consultar a Prefeitura e que o local escolhido prejudicará financeiramente 60 agricultores da região. “A praça de pedágio divide a cidade ao meio, pois todos os agricultores serão obrigados a pagar dois pedágios toda vez que forem vender seus produtos e realizar negócios no Centro”, disse.

Fonte: http://cosmo.uol.com.br/noticia/5830...e-pedagio.html
Luiz no está en línea   Reply With Quote
Old July 21st, 2010, 01:10 AM   #17
Luiz
Registered User
 
Luiz's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Indaiacity, SP
Posts: 5,764
Likes (Received): 12

Shoppings impulsionam Indaiatuba

Indaiatuba: Comerciantes aprovam shoppings na cidade


Atualmente o Jaraguá é o único shopping da cidade que deverá ser ampliado


Obras do Pólo Shopping que será o maior da cidade com inauguração em 2011

A cidade de Indaiatuba passará a viver uma nova era comercial partir de junho de 2011, quando os dois shoppings da cidade estarão em plena atividade – o Jaraguá, que anunciou a finalização das obras de ampliação para o segundo semestre de 2010 e o Polo Shopping, que terá sido inaugurado até junho do ano que vem.

Com as duas atividades, uma no centro e outra próxima a zona industrial e ao lado da Santos Dumont, há uma expectativa de como se comportará o comércio local.

Para a Associação Comercial de Indaiatuba (Aciai), a implantação de um novo Shopping e a ampliação de outro já existente “mostra a boa fase de desenvolvimento pela qual passa a cidade”. “Eu vejo a implantação com bons olhos. É um negócio que tem de visar toda a região de Indaiatuba, mas resultado mesmo nós vamos ver após o funcionamento dos dois”, afirmou Jair Alfredo Sigrist, presidente da instituição sobre o assunto. Já o empresário Hélio Rubens batista, proprietário de um restaurante especializado em comida árabe no centro de Indaiatuba, acha que os shoppings são mais uma opção de compra para os indaiatubanos. O empresário conta porque já garantiu espaço no Polo Shopping. “Nesse empreendimento virá gente de toda região e hoje, como somos referência em gastronomia na cidade, decidimos ampliar as nossas operações”, disse. “Shopping é tendência não só pela comodidade das compras, mas até com relação a segurança. Vai fazer com que o comércio local melhore cada vez mais. Será muito positivo para o comércio e para a cidade”, conclui o empresário.

A população também aprova os novos empreendimentos. “Campinas, agora, só se tiver que fazer outra coisa lá”, explica o almoxarife Adriano Sanquer.

Sobre os Shoppings

Presente em Indaiatuba desde 1993, o Shopping Jaraguá passa por um momento de reformulação. Com as obras, o Grupo Sol Panamby, proprietário da rede Jaraguá, com 4 unidades, pretende dobrar o volume de atividades da cidade. Serão quase oitenta lojas num investimento que ultrapassa R$ 6 milhões.

O Polo Shopping de Indaiatuba, da Bolsa de Imóveis, em parceria com a Marathon Asset Management, LLC de Nova York, terá mais de 44 mil quadrados de área construída. Abrigará 7 lojas-âncoras, mais de 170 lojas satélites, 5 cinemas e 14 operação na praças de alimentação, além de praça de eventos, centro de diversão, área de lazer infantil e mais de 1500 vagas de estacionamento.

Somados, os dois investimentos vão gerar mais de 3000 mil empregos diretos e indiretos para a cidade.

Fonte: http://www.maisexpressao.com.br/inde...ref=PTAyYw==#2
Luiz no está en línea   Reply With Quote
Old July 21st, 2010, 01:15 AM   #18
Luiz
Registered User
 
Luiz's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Indaiacity, SP
Posts: 5,764
Likes (Received): 12

Com asfalto novo, estrada da Boiada segue perigosa

Trecho entre Valinhos e Vinhedo tem aumento de tráfego: motoristas reclamam da sinalização e da iluminação

O trecho de três quilômetros entre Vinhedo e Valinhos, na Estrada da Boiada, que foi asfaltado no mês passado dentro do cronograma de obras do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER), está sem sinalização e iluminação, oferecendo risco de acidentes.

A situação preocupa usuários e a população devido ao grande fluxo de caminhões e veículos que usam a rota para fugir do pedágio de Valinhos, na Via Anhanguera (SP-330). O asfalto está em boas condições e permite ao motorista andar em alta velocidade, aumentando a possibilidade de acidentes.

O vigilante Antonio Ferreira, que utiliza com frequência a Estrada da Boiada, afirmou que a via é muito estreita e tem veículos circulando em alta velocidade nos dois sentidos. “Muitos caminhões passam por esta estrada e até carreta utiliza para evitar pedágio. O ideal seria a colocação de lombadas, sinalização e iluminação”, disse.

O mecânico Juliano Alves da Silva, que possui uma oficina e borracharia na estrada, disse que a via é perigosa devido ao grande movimento. “O risco de acidentes aumenta no período da noite. Tem muita gente abusando ao dirigir em alta velocidade. É importante colocar urgente sinalização e iluminação para tentar evitar mortes”, sugeriu.

O estudante Jonatas Rodrigues, que sempre faz o trajeto com sua motocicleta, afirmou que a maioria dos motoristas de caminhões não respeita os usuários da estrada. “Parece que estão em uma rodovia, com muito espaço para dividir com os demais veículos. Algo tem que ser feito para melhorar a segurança”, disse.

Alcindo Barduchi, morador da região, disse que o DER deve agir rápido e colocar radar, lombadas, iluminação e sinalização. “Quando era uma via de terra o risco de acidente era grande. Agora, este risco aumentou ainda mais, pois o asfalto está um verdadeiro tapete”, afirmou.

O prefeito de Valinhos, Marcos José da Silva (PMDB), entrou em contato com a diretoria do DER, em Campinas, no início desta semana. “A estrada apresenta um aumento significativo no número de veículos, principalmente de caminhões pesados que fogem do pedágio da Via Anhanguera. O risco de acidentes é constante”, afirmou.

Silva lembrou que já havia encaminhado um ofício sobre o mesmo assunto ao DER no dia 8 deste mês. “O aumento da demanda de tráfego excede as expectativas e foi verificado que ocorrem abusos na velocidade e nas ultrapassagens perigosas”, afirmou. Segundo o prefeito, a sinalização indicativa de obras na pista e os desvios são insuficientes e não oferecem condições aceitáveis de segurança aos veículos e pedestres.

Clayton Luiz de Souza, diretor regional do DER, não foi localizado ontem pela reportagem, mas disse ao prefeito que iria tomar providências para instalar uma sinalização provisória com a colocação de algumas lombadas até o encerramento das obras, quando aí sim, será instalada a sinalização adequada.

Fonte: http://cosmo.uol.com.br/noticia/5802...-perigosa.html
Luiz no está en línea   Reply With Quote
Old July 22nd, 2010, 04:53 AM   #19
Hello_World
Go Brazil!
 
Hello_World's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: Interior Paulista
Posts: 6,189
Likes (Received): 3777

Esse pedágio deveria ser em Mogi Mirim mesmo - teria como desviar pelo distrito de Martim Francisco em uma estrada de terra de no máximo 2 Km que foi recuperada recentemente. Aliás o prefeito de Mogi está pior que put* atrás da verba que será arrecadada com esse pedágio.
Pra quem segue de Campinas para o Circuito das Águas ou para trabalhar em Jaguariúna é uma ótima notícia.
Pra quem é de Itapira é uma péssima notícia, no trecho entre Mogi e Itapira (15 Km) já tem um pedágio de 5,00 nos dois sentidos..

.
Hello_World no está en línea   Reply With Quote
Old August 25th, 2010, 10:26 PM   #20
Luiz
Registered User
 
Luiz's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Indaiacity, SP
Posts: 5,764
Likes (Received): 12

Campinas registra pior umidade do ar no ano e entra em estado de alerta

Índice chegou aos 15% na tarde desta terça-feira (24)


Campinas registrou o menor nível de umidade relativa do ar na tarde desta terça-feira (24), segundo a Defesa Civil da cidade. O índice chegou a 15% e deixou Campinas em estado de alerta. O mais baixo até então havia sido 22%, na segunda-feira (23). A critério de comparação, o nível de umidade em São Paulo foi de 16% também na tarde desta terça.

Quando a umidade do ar atinge índice abaixo dos 30%, é considerado estado de atenção. Os registros abaixo de 20%, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), oferecem risco à saúde. O período mais crítico para a baixa umidade é entre 14h e 15h.

Quem mais sofre com a baixa umidade são as pessoas com problemas respiratórios. As crianças são as principais afetadas. Devido ao tempo seco, o Hospital Municipal Mário Gatti registrou, desde a segunda quinzena de agosto, um aumento de 20% no número de atendimentos de pessoas com problemas respiratórios, como bronquite e asma.

Por isso, a Defesa Civil faz recomendações importantes:

1) Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h;
2) Umidificar o ambiente por meio de vaporizadores;
3) Permanecer em locais protegidos do sol sempre que possível;
4) Não provocar nenhum tipo de queimada.

O que é umidade relativa do ar

De acordo com o Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a umidade relativa do ar significa a quantidade de água na forma de vapor existente na atmosfera no momento em relação ao total máximo que poderia existir, na temperatura observada. A umidade do ar é mais baixa principalmente no final do inverno e inicio da Primavera.

Fonte: EPTV
http://eptv.globo.com/noticias/NOT,0...de+alerta.aspx
Luiz no está en línea   Reply With Quote
Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 01:26 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu