search the site
 daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Rodoviário



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 42 votes, 5.00 average.
Old September 14th, 2017, 08:40 PM   #1561
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 14,510
Likes (Received): 12678

As tais ondulações são requisitos de norma para dar escoamento às águas pluviais, não é erro executivo e nem de projeto. Por exemplo, o terreno em São Gabriel chega a ter locais com declividade zero. Aí é necessário criar essas "ondulações" no greide da pista, se não me engano de 0,5% (não vou lembrar o comprimento), para não acumular água nela. É uma forma de dar segurança, ainda que visualmente desagrade. Mas não causa desconforto algum ao usuário (talvez se você dirigir a mais de 200km/h).

Esse requisito da norma é polêmico entre os engenheiros. Não há consenso sobre sua necessidade, já que a própria pista já tem uma declividade para o bordo externo. Pra mim, ainda que não seja extremamente necessário, mas traga segurança, é justificável.

E no caso da CCR ela apenas está cumprindo a norma.

Engatando nesse assunto: um amigo meu da CCR me disse que já receberam reclamações através da Ouvidoria da ANTT quanto à essas "ondulações" em São Gabriel. Foi você, Fábio?
__________________

Byer, Ivan Reis liked this post
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old September 14th, 2017, 10:18 PM   #1562
Byer
Registered User
 
Byer's Avatar
 
Join Date: Feb 2010
Location: Marília/SP - Campo Grande/MS
Posts: 1,786
Likes (Received): 324

Eu achei que fosse erro de execução mesmo, até lembro que quando o Fábio postou fotos das ondulações especularam que poderiam ter calculado mal o número de estacas, algo assim. Além disso, é a primeira vez que vejo algo do tipo em uma rodovia. Se é necessário em terrenos com declividade zero, não teriam que fazer essas ondulações na pista antiga também, ou melhor, por que já não tinha na pista antiga? De qualquer forma é estranho, mas pelo menos tem uma explicação.
Byer no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2017, 11:40 PM   #1563
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 14,510
Likes (Received): 12678

Quando executaram a pista antiga a norma era outra. Mas, mesmo assim, no caso da pista antiga ela tem declividade para os dois bordos, por ter sido mão dupla, então não tem água atravessando a pista da esquerda até a direita, só do eixo para as laterais.
__________________

Ivan Reis liked this post
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote
Old September 15th, 2017, 02:06 AM   #1564
mattCGB
Registered User
 
Join Date: Dec 2016
Location: Cuiabá
Posts: 228
Likes (Received): 139

BR-163 tem obras de recuperação e manutenção reforçadas



Mais uma frente de obras teve início esta semana no sul da BR-163, entre a divisa do Estado com Mato Grosso do Sul e Rondonópolis, onde a Rota do Oeste reforça as atividades de recuperação e manutenção do pavimento. O serviço terá duração de três meses.

Inicialmente, a nova equipe atuará na recuperação da pista sul da rodovia a partir do km 94, região de Rondonópolis, seguindo sentido o km 0, na divisa entre os dois estados. Neste trecho, serão realizadas a fresagem (retirada da camada superficial do asfalto) e a recomposição de massa asfáltica. A Concessionária destaca que a recuperação é necessária para garantir a qualidade da pista, evitando o desgaste e a degradação do pavimento.

Como o serviço ocorrerá no trecho onde a pista é duplicada, não haverá interdição total do tráfego. Somente uma das faixas de rolagem será interditada, por vez, para a execução do serviço. Os veículos terão passagem livre pela via liberada.

Outro ponto que também contará com melhorias é a travessia urbana de Rondonópolis, entre o km 119,9 e o km 125. Neste trecho, a recuperação será realizada nos sentidos sul e norte. As equipes da Concessionária atuarão nesta região, conforme as obras forem avançando no segmento sul.

Além desta obra, a Rota do Oeste conta com equipes atuando em outros dois trechos da rodovia desde junho deste ano. O conjunto de trabalho garante mais segurança e conforto aos usuários. Na BR-364, entre Várzea Grande e Rosário Oeste, as frentes de trabalho realizam a recuperação contínua da rodovia dia e noite. A medida foi adotada para garantir celeridade ao trabalho em um dos trechos considerados prioritários. No norte da BR-163, os serviços ocorrem de Nova Mutum a Sinop.

Sobre a Rota do Oeste - A Rota do Oeste é responsável pela recuperação, conservação, manutenção e implantação de melhorias da BR-163, bem como a oferta de serviços de atendimento ao usuário, entre os municípios Itiquira (MT) e Sinop (MT), um trecho com extensão de 850,9 quilômetros.

Nos primeiros anos de atuação, a concessionária duplicou 117 quilômetros da rodovia, da divisa com Mato Grosso do Sul até Rondonópolis. A Rota do Oeste também tem a missão de ampliar a pista da BR-163, do Posto Gil a Sinop, e da rodovia dos Imigrantes (BR-070). Juntos, os segmentos somam 453,6 quilômetros. Ainda como parte do escopo de trabalho está a recuperação e conservação do trecho de 108 quilômetros entre Várzea Grande e Rosário Oeste.


https://www.primeirahora.com.br/noti...cao-reforcadas
__________________

Ivan Reis liked this post
mattCGB no está en línea   Reply With Quote
Old September 15th, 2017, 11:05 PM   #1565
FaB!O [..SgO..]
Campo Grande é Feliz!!
 
FaB!O [..SgO..]'s Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: São Gabriel do Oeste/Campo Grande-MS
Posts: 8,903
Likes (Received): 2073

Byer, não refizeram nada! Continua tudo igual..
E como o CGdense falou, é bem feio mesmo! Mas se é norma.. "quem somos nozes".

E não, não foi eu que fiz esta reclamação! Digo apenas "esta", pois já fiz várias, tanto na CCR quanto na ANTT, e pelo que me lembre apenas UMA tinha sido resolvida.
_____________________

Acabou de sair o "antigo" engenheiro da Vale do Rio Novo aqui do meu escritório, onde a mesma voltou a operar na região norte do MS. Ele me disse que TODA boa vontade da CCR é jogada. Repassaram as obras para a Vale e vão enrolando até onde der, fazendo meio metro aqui e alí.

E que não adianta a Câmara Municipal e muito menos a OAB-MS tentar algo. A CCR está CAGANDO pros usuários e pras possíveis consequências que podem ter. É algo MUITO maior do que se imagina.

Triste, muito triste. Enquanto isso estou pagando mais de R$ 2.000,00 mês de pedágio.


E pensar que me animei muito com a escolha da concessionária.
__________________
Alô Campo Grande, Mato Grosso do Sul.. Seu verde é mais verde.. Teu céu mais azul..
Alô Campo Grande não vou te esquecer.. Cidade Morena valeu a pena te conhecer!!!



| | | S E P 1 9 1 4 | | |


____________________________
______________
_______

Byer, Ralph Yamaguti liked this post
FaB!O [..SgO..] no está en línea   Reply With Quote
Old September 15th, 2017, 11:17 PM   #1566
cesarlond
Campograndense de coração
 
cesarlond's Avatar
 
Join Date: Apr 2015
Location: Campo Grande MS/Londrina PR
Posts: 94
Likes (Received): 45

_____________________

Acabou de sair o "antigo" engenheiro da Vale do Rio Novo aqui do meu escritório, onde a mesma voltou a operar na região norte do MS. Ele me disse que TODA boa vontade da CCR é jogada. Repassaram as obras para a Vale e vão enrolando até onde der, fazendo meio metro aqui e alí.

E que não adianta a Câmara Municipal e muito menos a OAB-MS tentar algo. A CCR está CAGANDO pros usuários e pras possíveis consequências que podem ter. É algo MUITO maior do que se imagina.

Triste, muito triste. Enquanto isso estou pagando mais de R$ 2.000,00 mês de pedágio.


E pensar que me animei muito com a escolha da concessionária. [/QUOTE]

Quem imaginava que seria diferente.
É extremamente diferente os serviços prestados pela CCR em outras praças Principalmente no Estado de SP.
Sera por que lá fiscalização existe e as multas são aplicadas para essas empresas picaretas.
Confesso que também me animei bastante conhecendo o histórico paulista da CCR e esperava muito mais.
Mais depois de anunciar um lucro de 150 milhões a empresa simplesmente abandonou as obras e deu uma banana para os usuários eu não acredito em mais nada.
cesarlond no está en línea   Reply With Quote
Old September 15th, 2017, 11:32 PM   #1567
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 14,510
Likes (Received): 12678

Fiscalização tem, mas esse problema vai muito além dela. Tanto que foi parar em Brasília.

Tanto tem fiscalização que no início a CCR tomou R$3 milhões em multas, inclusive porque a vegetação estava acima de 30cm. Dizem que a CCR reclama da rigidez da fiscalização aqui, alegando que no MT não pressionam tanto a Rota. Outro indicativo da fiscalização: ano passado o reajuste ficou bem abaixo da inflação e houve decréscimo em Mundo Novo, devido às notificações da fiscalização de trechos em estado não satisfatório.
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote
Old September 20th, 2017, 03:04 AM   #1568
cesarlond
Campograndense de coração
 
cesarlond's Avatar
 
Join Date: Apr 2015
Location: Campo Grande MS/Londrina PR
Posts: 94
Likes (Received): 45

Acaba de sair do forno a tão esperada MP da repactuação das concessões;

MP estabelece regras para concessionária de rodovia reprogramar investimento

Foi publicada hoje (19), no Diário Oficial da União, a Medida Provisória 800/2017, que estabelece as diretrizes para a reprogramação de investimentos em concessões rodoviárias federais. A medida, anunciada na semana passada pelo ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, flexibiliza as condições para a reprogramação de investimentos, ampliando de cinco para até 14 anos o prazo para as concessionárias realizarem as obras previstas nos contratos de concessão, a exemplo da duplicação de trechos de rodovias.

A MP cria a chamada reprogramação do cronograma de investimentos para os contratos que prevejam “concentração de investimentos em seu período inicial”; fixa o prazo de um ano para que as concessionárias interessadas se candidatem à repactuação contratual e estabelece que a iniciativa [alongamento do prazo] estará condicionada “à demonstração da sustentabilidade econômico-financeira do empreendimento até o final da vigência da concessão”.

Caberá à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) negociar com as concessionárias o novo cronograma de investimentos, que, uma vez aprovado, dará prioridade à duplicação dos pontos de maior movimento das rodovias.

De acordo com o Ministério dos Transportes, a medida beneficiará seis contratos de concessões: ECO 101, trecho da BR-101 que corta o Espírito Santo e a Bahia; MGO, que corta a BR-050 entre Minas Gerais e Goiás; dois trechos da BR-163, o MS Via, que corta o Mato Grosso do Sul, e o Rota Oeste, em Mato Grosso; o Concebra, que abrange as BRs 060, 153 e 162 e corta Minas, Goiás e o Distrito Federal; e a BR-040, que corta os estados de Minas, Goiás e o DF.

Durante o período de negociação, está prevista a “suspensão das obrigações de investimento vincendas e das multas correspondentes e as condições em que os serviços continuarão sendo prestados, até que seja firmado o termo de reprogramação de investimentos”.

A MP determina que os detalhes serão acertados via aditivo contratual. Como contrapartida, a concessionária terá que promover redução nas tarifas de pedágio, encurtamento do prazo da concessão ou uma combinação de ambos.

O texto dispõe também sobre o transporte de cargas próprias e de cargas perigosas, que passará a ser regulado em categoria específica, a ser estabelecida em regulamento da ANTT.

Na semana passada, Quintella anunciou a medida um dia após a Invepar, empresa controladora da Concessionária BR 040 S.A. (Via 040), ter anunciado a devolução ao governo da concessão da rodovia BR-040 entre Brasília (DF) e Juiz de Fora (MG), como uma resposta do governo à possibilidade de devolução de diferentes concessões de rodovias.

Fonte:http://www.jb.com.br/pais/noticias/2...-investimento/
cesarlond no está en línea   Reply With Quote
Old September 20th, 2017, 03:10 AM   #1569
cesarlond
Campograndense de coração
 
cesarlond's Avatar
 
Join Date: Apr 2015
Location: Campo Grande MS/Londrina PR
Posts: 94
Likes (Received): 45

A CCR MSVia Divulgou nota chorando um monte de pitangas:
Aguardemos pra ver qual sera o caminho escolhido por ela,visto que pelas regras da MP a empresa para aderir a mesma precisara optar pela redução da tarifa,redução do prazo da concessão ou uma junção de ambos numa formula ainda não divulgada.

Segue a nota:

O Grupo CCR acredita que a publicação da Medida Provisória (MP) 800/2017, divulgada nesta terça-feira, dia 19 de setembro, no Diário Oficial da União, é importante, sendo o primeiro passo rumo à repactuação dos contratos de concessão de rodovias que foram fortemente afetados pela crise econômica. Cabe aguardar, porém, a regulamentação específica, por parte do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, para confirmar a viabilidade da adesão à repactuação.

O cenário, todavia, ainda inspira atenção no que diz respeito à segurança jurídica desses contratos. Além da MP 800/2017, ainda pende de regulamentação a Lei 13.448/17, sancionada no último mês de junho, que visa permitir a relicitação dessas concessões. Esses dois mecanismos legais poderão permitir o equacionamento desse quadro, dentro das necessidades de cada concessionária e considerando a situação de tráfego das rodovias por elas administradas.

No caso da CCR MSVia (BR-163), não obstante o nível de dificuldades e de queda abrupta e significativa do volume de tráfego, devido à severa crise econômica pela qual passa o País, com três anos de PIB negativo, desde que o Grupo CCR assumiu a concessão, em abril de 2014, foram injetados recursos de R$ 1,9 bilhão, entre obras, serviços, equipamentos e impostos.

Até abril de 2017, já foram duplicados 138,5 quilômetros de rodovia, acima da obrigação contratual, que era de 129 quilômetros, além de 333 quilômetros de pavimento recuperados, gerando cerca de 4 mil empregos, diretos e indiretos. Portanto, a CCR MSVia está em dia com todas as suas obrigações contratuais e totalmente adimplente.

Em agosto deste ano, a concessionária retomou os investimentos em obras e, novamente, reafirmou seu compromisso com a prestação de serviço e com a disponibilidade em dialogar com o poder concedente para que todas as necessidades do contrato sejam equacionadas, sem prejuízo das decisões que poderão advir dos fatos mencionados acima.
cesarlond no está en línea   Reply With Quote
Old September 20th, 2017, 03:57 AM   #1570
cesarlond
Campograndense de coração
 
cesarlond's Avatar
 
Join Date: Apr 2015
Location: Campo Grande MS/Londrina PR
Posts: 94
Likes (Received): 45

Quote:
Originally Posted by cesarlond View Post
Acaba de sair do forno a tão esperada MP da repactuação das concessões;

MP estabelece regras para concessionária de rodovia reprogramar investimento


. Como contrapartida, a concessionária terá que promover redução nas tarifas de pedágio, encurtamento do prazo da concessão ou uma combinação de ambos.
Esse paragrafo é um dos mais obscuros e segundo algumas fontes as quais andei pesquisando a tal da redução da tarifa só entrara em vigor após a conclusão da duplicação, ou seja só la para 2030, já que as concessionarias tem um ano ou seja até setembro de 2018 para confirmar se aceitam as regras e se reenquadram no aditivo contratual.
Um absurdo.
Enquanto isso vamos continuar pagando tarifa cheia,a qual foi calculada para que a duplicação fosse feita em cinco anos e a concessionaria que atualmente já registra lucro milionário, vai se esbaldar tendo quase nenhuma obrigação pois o prazo foi quase triplicado para execução das obras.

Pior é que não existe nenhuma clausula ou obrigação para as empresas para em caso do VDM calculado no contrato original seja restabelecido exista
a reprogramação das obras.
Ou seja elas vão lucrar muito mais e gastarem muito menos,pois os investimentos serão diluídos ao longo de um tempo muito maior.

Last edited by cesarlond; September 20th, 2017 at 04:53 AM.
cesarlond no está en línea   Reply With Quote
Old October 6th, 2017, 01:27 AM   #1571
Ivan Reis
Registered User
 
Join Date: Aug 2012
Posts: 46
Likes (Received): 45

EXÉRCITO MONTA GRANDE OPERAÇÃO LOGÍSTICA PARA CONCLUIR A PAVIMENTAÇÃO DA BR 163 NO PARÁ
https://www.sociedademilitar.com.br/...rasileiro.html


Grande movimentação de MEIOS envolve vários batalhões do Exército Brasileiro


A Diretoria de Obras de Cooperação (DOC) está coordenando uma grande manobra logística que consiste na concentração estratégica de meios de engenharia de várias organizações militares do Brasil, para apoiar as obras na BR-163, que liga Cuiabá, no estado do Mato Grosso, a Santarém, no Pará. Serão construídos 65 km, a partir da cidade de Moraes de Almeida (PA).

A Operação Xingu, como foi denominada, encontra-se em fase de instalação do canteiro de obras e empregará materiais de Unidades de Engenharia do Exército de outras regiões do País. Após concluída, a rodovia se converterá em importante corredor de escoamento da produção de grãos de Mato Grosso, transportada por intermédio de navios que partem dos portos paraenses de Miritituba e Santarém.

A grande mobilização está envolvendo três Grupamentos de Engenharia, localizados em João Pessoa (PB), Manaus (AM) e Campo Grande (MS), além do 2º Batalhão Ferroviário, sediado em Araguari (MG).

Da Região Nordeste, estão sendo deslocados 14 equipamentos e viaturas para apoiar a obra, pertencentes aos 1º, 2º, 3º e 4º Batalhões de Engenharia de Construção e ao 7º Batalhão de Engenharia de Combate, todas organizações militares diretamente subordinadas ao 1º Grupamento de Engenharia (1º Gpt E). Essa operação, de elevada magnitude, exige enorme esforço logístico, pois diversos comboios foram formados, a partir das cidades de Barreiras (BA), Natal (RN), Caicó (RN), Floresta (PE) e de Picos (PI), que partiram rumo a Teresina (PI). Na Capital piauense, após um trabalho de manutenção, formou-se um grande comboio unificado, cujo destino é a cidade de Moares de Almeida (PA). O comboio ainda se deslocará por aproximadamente 2.800 km, durante cerca de 11 dias.

Todos os quase 200 meios de Engenharia que apoiarão a Operação Xingu, dentre equipamentos e viaturas, estão sendo transportados pelos modais rodoviário e fluvial.

Serão três eixos de transporte rodoviário. O primeiro partiu da Região Nordeste, a cargo do 1º Gpt E, que está percorrendo cerca de 3.300 km, com meios recebidos das Guarnições de Natal (RN), Picos (PI), Barreiras (BA) e Teresina (PI). O segundo, sob a responsabilidade do 2º Batalhão Ferroviário, recebeu meios das Guarnições de Cuiabá, no Mato Grosso, e de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O terceiro e último eixo de transporte partiu de Santarém, estando a cargo do 8º Batalhão de Engenharia de Construção, organização militar executora da obra. Há, também, um eixo de transporte fluvial, com balsas partindo de Manaus e transportando meios oriundos de Boa Vista (RR), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC).

Revista Sociedade Militar – Com informações recebidas de Agência Exército
__________________

Aerokicker, Ralph Yamaguti, lord56 liked this post
Ivan Reis no está en línea   Reply With Quote
Old October 6th, 2017, 05:54 PM   #1572
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 14,510
Likes (Received): 12678

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1637023
__________________

Ivan Reis liked this post
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote
Old October 8th, 2017, 01:24 AM   #1573
FaB!O [..SgO..]
Campo Grande é Feliz!!
 
FaB!O [..SgO..]'s Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: São Gabriel do Oeste/Campo Grande-MS
Posts: 8,903
Likes (Received): 2073

Limpeza da MS010 já chegou à BR163.



Não consegui registrar o local, mas estão trabalhando bem!

Em vermelho chegada das obras do contorno à BR163
Em amarelo BR163
Em verde pátio da Vale do Rio Novo, responsável pela duplicação da rodovia na região norte.

Notei que existem muitos caminhões e máquinas no pátio. Acredito que a localização se deve a facilidade de estocagem de material, pois no encontro das duas rodovias será construído um dispositivo.
__________________
Alô Campo Grande, Mato Grosso do Sul.. Seu verde é mais verde.. Teu céu mais azul..
Alô Campo Grande não vou te esquecer.. Cidade Morena valeu a pena te conhecer!!!



| | | S E P 1 9 1 4 | | |


____________________________
______________
_______

Ivan Reis, Ralph Yamaguti liked this post

Last edited by FaB!O [..SgO..]; October 12th, 2017 at 12:25 AM.
FaB!O [..SgO..] no está en línea   Reply With Quote
Old October 8th, 2017, 03:32 AM   #1574
FaB!O [..SgO..]
Campo Grande é Feliz!!
 
FaB!O [..SgO..]'s Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: São Gabriel do Oeste/Campo Grande-MS
Posts: 8,903
Likes (Received): 2073

Desculpem a repetição de fotos sem novidades , porém são para saberem como andam as obras!

Aqui iniciam as obras da duplicação sentido CGR-SGO.

Movimentos para enganar bobo. Tudo está sendo feito sem muita pressa.
Já imagino quando as chuvas chegarem pra valer.

Inicio das obras em frente a antiga ACQM, que compreendem um trecho de 7k.


Em vermelho trecho "em obras"
Em amarelo pequeno parte, são apenas 2k que ficaram em pista simples, pois segundo contrato inicial neste local será construído um dispositivo.
Em azul pista duplicada até Jaraguari, ~ 13k.











Entrada do condomínio de luxo Nasa Park



Entrada Cindacta 2


Após este trecho as obras param, há apenas 2k da pista duplicada.
Logo teremos que entrar e sair da duplicada em um pequeno trecho.




__________________
Alô Campo Grande, Mato Grosso do Sul.. Seu verde é mais verde.. Teu céu mais azul..
Alô Campo Grande não vou te esquecer.. Cidade Morena valeu a pena te conhecer!!!



| | | S E P 1 9 1 4 | | |


____________________________
______________
_______

Ivan Reis, Ralph Yamaguti, jedeao liked this post
FaB!O [..SgO..] no está en línea   Reply With Quote
Old October 8th, 2017, 03:49 AM   #1575
FaB!O [..SgO..]
Campo Grande é Feliz!!
 
FaB!O [..SgO..]'s Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: São Gabriel do Oeste/Campo Grande-MS
Posts: 8,903
Likes (Received): 2073

E aqui trecho onde há mais de 1 mês foi retirada um ponte que desmoronou, sem ao menos ser utilizada!

Local fica ~2kms do pedágio de SGO.
Notem a evolução das obras!




__________________
Alô Campo Grande, Mato Grosso do Sul.. Seu verde é mais verde.. Teu céu mais azul..
Alô Campo Grande não vou te esquecer.. Cidade Morena valeu a pena te conhecer!!!



| | | S E P 1 9 1 4 | | |


____________________________
______________
_______

Ivan Reis, Ralph Yamaguti liked this post
FaB!O [..SgO..] no está en línea   Reply With Quote
Old October 9th, 2017, 05:26 AM   #1576
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 14,510
Likes (Received): 12678

Quote:
Originally Posted by FaB!O [..SgO..] View Post
Limpeza da MS010 já chegou à BR163.



Não consegui registrar o local, mas estão trabalhando bem!

Em vermelho chegada das obras do contorno à BR163
Em amarelo MS010.
Em verde pátio da Vale do Rio Novo, responsável pela duplicação da rodovia na região norte.

Notei que existem muitos caminhões e máquinas no pátio. Acredito que a localização se deve a facilidade de estocagem de material, pois no encontro das duas rodovias será construído um dispositivo.
Em amarelo você quis dizer BR-163, não? A MS-010 está bem à esquerda da imagem. Única saída não duplicada da cidade e acho difícil mudar isso, só se desapropriar boa parte da Av. Tamandaré.

Creio que o nome do Contorno Norte do Anel que não vai ser MS-010, mas BR-262 e/ou BR-060, pois apesar das obras serem responsabilidade da Prefeitura, o recurso é disponibilizado através de convênio com o DNIT.
__________________

Ralph Yamaguti liked this post
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote
Old October 16th, 2017, 08:37 PM   #1577
FaB!O [..SgO..]
Campo Grande é Feliz!!
 
FaB!O [..SgO..]'s Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: São Gabriel do Oeste/Campo Grande-MS
Posts: 8,903
Likes (Received): 2073

Quote:
Originally Posted by FaB!O [..SgO..] View Post
Acabou de sair o "antigo" engenheiro da Vale do Rio Novo aqui do meu escritório, onde a mesma voltou a operar na região norte do MS. Ele me disse que TODA boa vontade da CCR é jogada. Repassaram as obras para a Vale e vão enrolando até onde der, fazendo meio metro aqui e alí.

Ontem, dia 15/10 não tinha nenhuma máquina na pista. NENHUMA.
__________________
Alô Campo Grande, Mato Grosso do Sul.. Seu verde é mais verde.. Teu céu mais azul..
Alô Campo Grande não vou te esquecer.. Cidade Morena valeu a pena te conhecer!!!



| | | S E P 1 9 1 4 | | |


____________________________
______________
_______
FaB!O [..SgO..] no está en línea   Reply With Quote
Old October 16th, 2017, 10:01 PM   #1578
cesarlond
Campograndense de coração
 
cesarlond's Avatar
 
Join Date: Apr 2015
Location: Campo Grande MS/Londrina PR
Posts: 94
Likes (Received): 45

Pois é a tal da retomada das obras é só pra inglês ver.
O trecho da duplicação de cerca de 10km em Nova Alvorada do Sul no sentido Campo Grande que estava bem adiantado,praticamente pronto,continua abandonado e ja começa a se deteriorar conforme informações de um conhecido que vai pra lá quase todo final de semana.
Terrível o descaso com que essa empresa vem tratando o usuário da rodovia.
Depois cobra de novo pra refazer,pois esse calculo entra na composição da tarifa.
__________________
Campo Grande por opção,
Londrinense de coração
Duas cidades,uma só paixão.
cesarlond no está en línea   Reply With Quote
Old October 18th, 2017, 12:34 AM   #1579
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 14,510
Likes (Received): 12678

Quote:
Originally Posted by cesarlond View Post
Pois é a tal da retomada das obras é só pra inglês ver.
O trecho da duplicação de cerca de 10km em Nova Alvorada do Sul no sentido Campo Grande que estava bem adiantado,praticamente pronto,continua abandonado e ja começa a se deteriorar conforme informações de um conhecido que vai pra lá quase todo final de semana.
Terrível o descaso com que essa empresa vem tratando o usuário da rodovia.
Depois cobra de novo pra refazer,pois esse calculo entra na composição da tarifa.
Negativo, os custos com retrabalho são às expensas da concessionária, bem como correções de serviços mal feitos, como em São Gabriel do Oeste. Pelo contrário, quanto mais problemas no pavimento, mais há desconto no reajuste da tarifa, pois pode significar que a concessionária não está investindo adequadamente na manutenção e na implantação. Foi o que aconteceu, por exemplo, com a tarifa da P1 em Mundo Novo no ano passado. A concessionária recebeu tantas notificações da fiscalização naquele trecho que houve decréscimo de tarifa. Em todas as outras praças o reajuste ficou bem abaixo da inflação pelo mesmo motivo.
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 03:17 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu