search the site
 daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Ferroviário > Transporte Ferroviário - Estado de São Paulo



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old August 15th, 2017, 04:22 AM   #8721
flaviogambz
Flavio
 
Join Date: Aug 2009
Location: Catanduva/SP
Posts: 82
Likes (Received): 23

o problema de transformar a Cons. Nébias em mão única é que não há vias paralelas que comportem todo o trânsito que seria deslocado a elas... a Cons. Nébias é a via mais extensa de Santos, e além disso o trânsito dela é afunilado em uma única pista a partir da rua Bittencourt, onde ela vira mão única sentido praia/porto... se fosse transformar a avenida toda em mão única nesse sentido não há rua paralela que acompanhe toda a extensão da avenida que serviria como alternativa com sentido porto/praia, formando um sistema binário... fora que precisaria fazer uma nova intervenção no VLT pra transpor a Glicério... se for o contrário e inverter o sentido que já é mão única em pista simples, e transformar a avenida em um único sentido do porto à praia, talvez essa alternativa fosse mais viável, já que nesse caso já há as ruas Osvaldo Cruz e Campos Melo paralelas à Conselheiro e essas já têm sentido único, da praia ao porto, e o impacto de receber o trânsito não seria tão grande se, por exemplo, retirasse o estacionamento dessas ruas e transformasse em corredores de trânsito... o problema é quando termina a Campos Melo e começa a Dr. Cochrane, no cruzamento com a avenida Campos Sales, já que a Dr. Cochrane é muito estreita e não comportaria um volume de trânsito tão grande quanto o da Conselheiro...
flaviogambz no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old August 15th, 2017, 01:40 PM   #8722
Donniel Galdino
Registered User
 
Donniel Galdino's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Santos - SP
Posts: 513
Likes (Received): 1528

A Cons. Nébias em mão única daria certo se for no sentido praia, pois ela tem a Oswaldo Cruz/Campos Melo/Dr Cochrane no sentido centro em toda a extensão para servir de binário.

Esse poderia ser um argumento para que o VLT vindo do Valongo voltasse pela Conselheiro em uma das pistas até a Francisco Glicério. Da forma como está hoje (voltando pela Constituição/Luiz de Camões/pedaço da Conselheiro até a UNIMES) acho que não vai ficar legal, até por conta da distância entre essa volta pela Constituição e a ida pela Campos Melo, distante uns 300 metros uma da outra.
Donniel Galdino no está en línea   Reply With Quote
Old August 20th, 2017, 03:53 AM   #8723
mark 69
zero treze
 
mark 69's Avatar
 
Join Date: Sep 2013
Location: Santos
Posts: 1,106
Likes (Received): 1711

Linha férrea pode ligar VLT ao Litoral Sul
Trecho do ramal ferroviário entre o Samaritá, em SV, e Cajati pode auxiliar no transporte até Peruíbe


Subutilizado há décadas, o ramal ferroviário que liga o Porto de Santos ao Vale do Ribeira pode acelerar a expansão do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) para o Litoral Sul. A concessionária da centenária linha férrea pode devolver o lote de 213 quilômetros à União. Com isso, reabrem-se os debates de utilização dos trilhos para a mobilidade urbana e fins turísticos.

A devolução do ramal Cajati-Samaritá será debatida no processo de renovação de concessão da Malha Paulista, hoje sob responsabilidade da empresa Rumo. E está amparada em uma recente lei (13.448, de 5 de junho de 2017), sancionada pelo presidente Michel Temer (PMDB). A regra possibilita a concessionárias de rodovias, ferrovias e aeroportos a renegociar a possível entrega de lotes que não tenham mais interesses de operar.

“Estamos diante de uma oportunidade única de discutir que fins essa ferrovia possa ter. Defendo alguns tipos de utilização. Uma delas é a expansão do VLT até Peruíbe”, afirma o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar de Preservação da Memória e do Patrimônio Ferroviário, João Paulo Papa (PSDB). Ele esteve na manhã desta sexta-feira (19) na sede do Sindicato dos Ferroviários da Zona Sorocabana, em São Vicente.
O uso dos trilhos para ampliar a cobertura do VLT até Peruíbe sempre esteve nos planos do Governo do Estado. Mas havia o risco de entraves operacionais, caso a concessionária tivesse o desejo de reativar a linha. A alternativa, então, seria a integração do ramal ferroviário por ônibus,

“O Litoral Sul registra o maior crescimento populacional da Baixada Santista. Chega-se o momento de resolver a questão do transporte de forma amigável. O uso de veículos se mostra sobrecarregado”, continua Papa.



Inativo

A reativação do transporte de carga esbarra em seis prefeituras de cidades onde passava a linha, contrárias à proposta. Essa é uma das razões pela qual a empresa Rumo não reativou o trajeto – aliás, responsável pela expansão populacional do extremo sul do Estado, no século passado.

Desde 2008, a concessionária é pressionada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para reativar o trecho, mas sem sucesso. Por essa razão, o Ministério Público Federal entrou em 2015 com ação civil para exigir o cumprimento do contrato de concessão entre a empresa e o Governo Federal.

Em nota, a empresa afirma negociar junto à ANTT o processo de renovação do contrato de concessão. Sustenta finalizar um estudo de análise da viabilidade econômica para o transporte ferroviário no referido trecho.

“Sendo constatada a inviabilidade econômica, será solicitada a devolução deste ramal ferroviário”, posiciona-se. A concessionária garante apresentar um relatório de alternativas viáveis para utilização do trecho, como plano de ampliação do VLT ou trens turísticos. “Até o momento, não há nada estabelecido sobre a questão”, finaliza.

http://www.atribuna.com.br/noticias/...8223910523e8f9
__________________
O mundo é fabuloso, o ser humano é que não é legal.

TEBC liked this post
mark 69 no está en línea   Reply With Quote
Old August 20th, 2017, 07:44 PM   #8724
Luiz Vilela
Registered User
 
Join Date: Feb 2012
Location: RMSP
Posts: 5,428
Likes (Received): 1354

Dureza estas propostas...
Cajati<>Peruíbe é incipiente para média capacidade de passageiros; já a Leste de Peruíbe faz TODA a diferença. Poderia revolucionar ocupação da região, distribuição de empregos, etc.
Querem resolver a mobilidade de pax ou o problema da Rumo?!
Descer a serra por TR pela rota de Paranapiacaba já cansamos de citar por aqui: distância excessiva e/ou Vméd desinteressante.
Por que seguem batendo nesta tecla?
Luiz Vilela no está en línea   Reply With Quote
Old August 20th, 2017, 08:40 PM   #8725
Celso Jorge
Registered User
 
Join Date: Dec 2010
Location: São Paulo-SP
Posts: 8,980
Likes (Received): 5736

Como estão as obras de recuperação de uma das vias do VLT em São Vicente no momento?
Celso Jorge no está en línea   Reply With Quote
Old August 20th, 2017, 10:51 PM   #8726
PauloCps75
Registered User
 
Join Date: Oct 2015
Location: São Paulo
Posts: 333
Likes (Received): 355

Quote:
Originally Posted by mark 69 View Post
Linha férrea pode ligar VLT ao Litoral Sul
Trecho do ramal ferroviário entre o Samaritá, em SV, e Cajati pode auxiliar no transporte até Peruíbe


Subutilizado há décadas, o ramal ferroviário que liga o Porto de Santos ao Vale do Ribeira pode acelerar a expansão do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) para o Litoral Sul. A concessionária da centenária linha férrea pode devolver o lote de 213 quilômetros à União. Com isso, reabrem-se os debates de utilização dos trilhos para a mobilidade urbana e fins turísticos.

A devolução do ramal Cajati-Samaritá será debatida no processo de renovação de concessão da Malha Paulista, hoje sob responsabilidade da empresa Rumo. E está amparada em uma recente lei (13.448, de 5 de junho de 2017), sancionada pelo presidente Michel Temer (PMDB). A regra possibilita a concessionárias de rodovias, ferrovias e aeroportos a renegociar a possível entrega de lotes que não tenham mais interesses de operar...


http://www.atribuna.com.br/noticias/...8223910523e8f9

A CPTM não poderia entrar na situação? De início, os CAF/RENFE que em breve serão substituídos pelas novas séries, poderiam ser uma alternativa. As composições poderiam ser desacopladas em composições menores.
PauloCps75 está en línea ahora   Reply With Quote
Old August 20th, 2017, 11:35 PM   #8727
Ramos
Brasil-Belindia é aqui
 
Ramos's Avatar
 
Join Date: Dec 2006
Posts: 12,369
Likes (Received): 7688

Quote:
Originally Posted by Luiz Vilela View Post
Dureza estas propostas...
Cajati<>Peruíbe é incipiente para média capacidade de passageiros; já a Leste de Peruíbe faz TODA a diferença. Poderia revolucionar ocupação da região, distribuição de empregos, etc.
Querem resolver a mobilidade de pax ou o problema da Rumo?!
Descer a serra por TR pela rota de Paranapiacaba já cansamos de citar por aqui: distância excessiva e/ou Vméd desinteressante.
Por que seguem batendo nesta tecla?
Não é um problema da Rumo. O Ramal Cajati tem potencial para ser reativado, sendo fundamental para a economia do Vale do Ribeira (região mais pobre de São Paulo).

Trens cargueiros de cimento, fertilizantes, banana, palmito, gesso, etc, podem chegar ao porto de Santos ou seguir rumo ao interior do Brasil, por isso que o uso misto do ramal é o mais indicado.
__________________

Rodalvesdepaula liked this post
Ramos no está en línea   Reply With Quote
Old August 21st, 2017, 01:24 AM   #8728
Rodalvesdepaula
Inativo, só que não
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 46,539
Likes (Received): 36478

Vi isso ontem no FB:

Na cidade de Dresden, Alemanha, havia um grande problema: todo dia, uma grande quantidade de caminhões levava peças entre o centro de distribuição da cidade e a fábrica da Volkswagen, causando um aumento no trânsito - e, claro, mais poluição. Eis então que houve a ideia de utilizar as linhas de VLT da cidade, semelhantes as de Santos e São Vicente, para implantar um VLT de carga.

O chamado "CarGo Tram" tem uma capacidade total de 60 mil quilos e circula de hora em hora, mas pode rodar, se necessário, a cada 40 minutos. Como a rede de VLTs da cidade é bastante extensa, ele pode usar várias rotas para fazer seu trajeto, e opta sempre pela menos movimentada no momento para não prejudicar os VLTs de passageiros. No total, os dois trens tem capacidade para 60 mil quilos de carga cada, e podem tirar diariamente mais de 102 caminhões das ruas de Dresden!


Autor: Thales Veiga (https://www.facebook.com/ThalesVeiga...type=3&theater)


Não sei... Um "shuttle" de containers entre Samaritá e o porto, com material rodante de segunda mão adquirido da Europa (e reformado de modo a acomodar os containers ou mesmo utilizando vagões-prancha originais) seria até interessante, mas impactaria muito na conservação da via permanente.
Rodalvesdepaula no está en línea   Reply With Quote
Old August 21st, 2017, 03:07 AM   #8729
AndrePerez
Registered User
 
Join Date: Feb 2012
Location: Santos/SP
Posts: 236
Likes (Received): 159

Quote:
Originally Posted by Rodalvesdepaula View Post
Vi isso ontem no FB:

Na cidade de Dresden, Alemanha, havia um grande problema: todo dia, uma grande quantidade de caminhões levava peças entre o centro de distribuição da cidade e a fábrica da Volkswagen, causando um aumento no trânsito - e, claro, mais poluição. Eis então que houve a ideia de utilizar as linhas de VLT da cidade, semelhantes as de Santos e São Vicente, para implantar um VLT de carga.

O chamado "CarGo Tram" tem uma capacidade total de 60 mil quilos e circula de hora em hora, mas pode rodar, se necessário, a cada 40 minutos. Como a rede de VLTs da cidade é bastante extensa, ele pode usar várias rotas para fazer seu trajeto, e opta sempre pela menos movimentada no momento para não prejudicar os VLTs de passageiros. No total, os dois trens tem capacidade para 60 mil quilos de carga cada, e podem tirar diariamente mais de 102 caminhões das ruas de Dresden!


Autor: Thales Veiga (https://www.facebook.com/ThalesVeiga...type=3&theater)


Não sei... Um "shuttle" de containers entre Samaritá e o porto, com material rodante de segunda mão adquirido da Europa (e reformado de modo a acomodar os containers ou mesmo utilizando vagões-prancha originais) seria até interessante, mas impactaria muito na conservação da via permanente.
Já foi dito sobre isso aqui.
O maior tráfego de conteineres é entre os terminais dentro do próprio por. A carga então é desembaraçada e conduzida para fora da Baixada Santista em caminhões e fora de conteineres. Quanto à exportação, também é o mesmo caso: a carga chega na maior parte fora dos conteineres aos terminais e então é preparada para o envio.
__________________

Rodalvesdepaula, Donniel Galdino liked this post
AndrePerez no está en línea   Reply With Quote
Old August 21st, 2017, 03:15 AM   #8730
Ramos
Brasil-Belindia é aqui
 
Ramos's Avatar
 
Join Date: Dec 2006
Posts: 12,369
Likes (Received): 7688

Quote:
Originally Posted by Rodalvesdepaula View Post
Vi isso ontem no FB:

Na cidade de Dresden, Alemanha, havia um grande problema: todo dia, uma grande quantidade de caminhões levava peças entre o centro de distribuição da cidade e a fábrica da Volkswagen, causando um aumento no trânsito - e, claro, mais poluição. Eis então que houve a ideia de utilizar as linhas de VLT da cidade, semelhantes as de Santos e São Vicente, para implantar um VLT de carga.

O chamado "CarGo Tram" tem uma capacidade total de 60 mil quilos e circula de hora em hora, mas pode rodar, se necessário, a cada 40 minutos. Como a rede de VLTs da cidade é bastante extensa, ele pode usar várias rotas para fazer seu trajeto, e opta sempre pela menos movimentada no momento para não prejudicar os VLTs de passageiros. No total, os dois trens tem capacidade para 60 mil quilos de carga cada, e podem tirar diariamente mais de 102 caminhões das ruas de Dresden!


Autor: Thales Veiga (https://www.facebook.com/ThalesVeiga...type=3&theater)


Não sei... Um "shuttle" de containers entre Samaritá e o porto, com material rodante de segunda mão adquirido da Europa (e reformado de modo a acomodar os containers ou mesmo utilizando vagões-prancha originais) seria até interessante, mas impactaria muito na conservação da via permanente.
Rodalves, não precisa passar carga na linha do VLT, o ramal Cajati é integrado à malha ferroviária nacional, logo pode utilizar o trecho final da Mairinque Santos e a integração em Perequê.


http://www.scielo.br/scielo.php?scri...X2016000100219
Ramos no está en línea   Reply With Quote
Old August 21st, 2017, 06:25 PM   #8731
marcus_lisboa
Marcus Lisboa
 
Join Date: May 2010
Location: são vicente
Posts: 1,066
Likes (Received): 305

Quote:
Originally Posted by Luiz Vilela View Post
Dureza estas propostas...
Cajati<>Peruíbe é incipiente para média capacidade de passageiros; já a Leste de Peruíbe faz TODA a diferença. Poderia revolucionar ocupação da região, distribuição de empregos, etc.
Querem resolver a mobilidade de pax ou o problema da Rumo?!
Descer a serra por TR pela rota de Paranapiacaba já cansamos de citar por aqui: distância excessiva e/ou Vméd desinteressante.
Por que seguem batendo nesta tecla?
A empresa concessionaria desse ramal devia ser é punida por não operá-lo e deixa-los as traças, agora vem com essa historinha de devolver ao governo. E mais dificilmente vamos ter VLT nesse ramal quiça trens devido a diferença de bitola ou seja somente o espaço poderá ser reutilizado e tudo terá de ser reconstruído do zero o que como sabemos num trecho de 11 km envolveu bilhões, imagina nessa região que tem menos moradores e menor PIB, era melhor que o local fosse usado com trens de carga e turístico (no ramal inteiro) além de uma bela ciclovia contornando o trecho. Se isso não for possível coloquem um BRT que esta mais que bom, não se tem força politica nessa região para projeto tão caro.
marcus_lisboa no está en línea   Reply With Quote
Old August 21st, 2017, 06:31 PM   #8732
marcus_lisboa
Marcus Lisboa
 
Join Date: May 2010
Location: são vicente
Posts: 1,066
Likes (Received): 305

Quote:
Originally Posted by Rodalvesdepaula View Post
Vi isso ontem no FB:

Na cidade de Dresden, Alemanha, havia um grande problema: todo dia, uma grande quantidade de caminhões levava peças entre o centro de distribuição da cidade e a fábrica da Volkswagen, causando um aumento no trânsito - e, claro, mais poluição. Eis então que houve a ideia de utilizar as linhas de VLT da cidade, semelhantes as de Santos e São Vicente, para implantar um VLT de carga.

O chamado "CarGo Tram" tem uma capacidade total de 60 mil quilos e circula de hora em hora, mas pode rodar, se necessário, a cada 40 minutos. Como a rede de VLTs da cidade é bastante extensa, ele pode usar várias rotas para fazer seu trajeto, e opta sempre pela menos movimentada no momento para não prejudicar os VLTs de passageiros. No total, os dois trens tem capacidade para 60 mil quilos de carga cada, e podem tirar diariamente mais de 102 caminhões das ruas de Dresden!


Autor: Thales Veiga (https://www.facebook.com/ThalesVeiga...type=3&theater)


Não sei... Um "shuttle" de containers entre Samaritá e o porto, com material rodante de segunda mão adquirido da Europa (e reformado de modo a acomodar os containers ou mesmo utilizando vagões-prancha originais) seria até interessante, mas impactaria muito na conservação da via permanente.
Quem sabe isso poderia até fomentar o aumento do sistema, com a utilização de composições de carga no período noturno e aos domingos e dias de semana em horário de vale. Poderia ter um terminal de chegada na area continental de são vicente e as cargas seguiriam para o porto de lá.
marcus_lisboa no está en línea   Reply With Quote
Old August 21st, 2017, 06:37 PM   #8733
Celso Jorge
Registered User
 
Join Date: Dec 2010
Location: São Paulo-SP
Posts: 8,980
Likes (Received): 5736

As obras de uma das vias da Estação Emmerick estão num bom ritmo? E os trólebus da Linha 20, já voltaram a circular no cruzamento entre a Francisco Glicério e Ana Costa?
Nos informem também sobre a implantação das portas de plataforma nas estações, mas novos vídeos do VLT estão fazendo falta aqui.
Celso Jorge no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 04:38 PM   #8734
almo
Registered User
 
Join Date: Dec 2005
Posts: 1,259
Likes (Received): 499

Quote:
Originally Posted by Celso Jorge View Post
As obras de uma das vias da Estação Emmerick estão num bom ritmo? E os trólebus da Linha 20, já voltaram a circular no cruzamento entre a Francisco Glicério e Ana Costa?
Nos informem também sobre a implantação das portas de plataforma nas estações, mas novos vídeos do VLT estão fazendo falta aqui.
Os trólebus voltaram a circular (comercialmente) hoje 22/8.
almo no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 10:01 PM   #8735
Ramos
Brasil-Belindia é aqui
 
Ramos's Avatar
 
Join Date: Dec 2006
Posts: 12,369
Likes (Received): 7688

Jovem é assaltada em estação do VLT, em São Vicente
A vítima é funcionária da BR Mobilidade e foi abordada pelo ladrão, que fingiu ser passageiro, enquanto estava trabalhando

A Tribuna - 21/08/2017 - 07:30
Bruno Lima


Uma funcionária da BR Mobilidade, de 19 anos, que vendia bilhetes para passageiros do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), foi assaltada na noite de sábado (19), enquanto trabalhava dentro da estação Barreiros, em São Vicente. O crime ocorreu por volta das 18h30.

O assalto ocorre menos de um mês após a repórter da TV Tribuna Marcela Pierotti ser assaltada no mesmo local, durante evento com o vice-governador Márcio França...
http://www.atribuna.com.br/noticias/...436c77a823312e

=========

Isso será recorrente enquanto o VLT continuar operando com estações inacabadas e sem agentes de segurança.
Ramos no está en línea   Reply With Quote
Old Today, 07:17 AM   #8736
Naipesky
Registered User
 
Naipesky's Avatar
 
Join Date: Apr 2007
Posts: 14,403
Likes (Received): 16032

Agentes de segurança comuns são importantes em transporte de massa na Alemanha, na Inglaterra, na Coréia, na Índia, na Argentina etc. São necessários em todos esses lugares e não deixariam de ser na Baixada também.


Agora se for para conter ASSALTOS com arma de fogo e violência ou grave ameaça por "suspeitos" com mentalidade tão sem vergonha que não apenas na Baixada mas em todo o país não se intimidam nem com câmeras de reportagem gravando:




Agentes de segurança desarmados vão sim continuar sendo ineficientes. O resto é sensacionalismo e má-avaliação do problema.
__________________
Visit WIKIMAPIA - describe your world.

Mexicano21 liked this post
Naipesky no está en línea   Reply With Quote
Old Today, 04:47 PM   #8737
Valderi
RFFSA, só para corajosos.
 
Valderi's Avatar
 
Join Date: Mar 2010
Location: Itaquera, São Paulo, SP
Posts: 1,986
Likes (Received): 423

Os maluquinhos das cotas, invasões, e complexos habitacionais da Baixada Santistas são mais brutais que os assaltantes aqui de São Paulo. Se é para meter uma bala na cabeça de qualquer cidadão para tomar o celular, eles dão mesmo.
.
Já morei em Cubatão e tinha familiares nas Cotas (100, 200, 400). É terrível.
__________________
Valderi no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
emtu

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 11:34 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu