daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine
Old Yesterday, 07:01 PM   #15901
e22sky
Registered User
 
e22sky's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: porto alegre - BRAZIL
Posts: 9,291
Likes (Received): 2722

Temporal e ventos destelham casas e causam destruição em cidades gaúchas



Árvores inteiras arrancadas, marquises despedaçadas, telhados danificados e residências destelhadas. A cidade de Santa Maria, no Centro do Rio Grande do Sul, foi uma das mais atingidas pelo temporal e ventos de 130 quilômetros por hora (km/h), além de granizo, registrados entre o fim da noite dessa quarta-feira (18) e a madrugada desta quinta-feira (19). A Defesa Civil divulgou imagens dos estragos. Além de Santa Maria, Júlio de Castilhos, Itaara e Cruz Alta estão entre os mais atingidos. A lista de problemas divulgada pelo órgão estadual registra 22 municípios com destelhamentos entre o Centro e a Fronteira Oeste gaúcha. Em Júlio de Castilhos, teriam sido mais de 400 residências, segundo a prefeitura. O Corpo de Bombeiros de Santa Maria recebeu pedidos de lona para cobrir moradias em cidades da região.

Em Porto Alegre, os ventos não foram tão fortes, mas houve estragos. Queda de árvores foi registrada em algumas vias, houve complicações de trânsito, com bloqueio de meia pista em diversas avenidas e ruas, além de semáforos sem funcionar. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou aviso especial no fim da manhã alertando que nesta sexta-feira (20) devem ocorrer chuva, moderada a forte com possibilidade de queda de granizo e rajadas de vento entre 60km/h e 90km/h em áreas isoladas do Noroeste do Estado.

- Jornal do Comércio (http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/201...s-gauchas.html)
e22sky no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 08:07 PM   #15902
Jdolci
JDolci
 
Jdolci's Avatar
 
Join Date: Nov 2008
Location: Curitiba - Brasil
Posts: 19,560
Likes (Received): 56867

Nao entendi bem essa foto..
Pelo que dá pra ver ali, essa construção não vê um telhado há muito tempo... No máximo o que a chuva fez foi derrubar o tapume ( que devia estar podre já)
Jdolci no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 08:14 PM   #15903
Sorvete na Testa
I'm Bill O'Reilly
 
Sorvete na Testa's Avatar
 
Join Date: Feb 2012
Location: Fox News
Posts: 5,485
Likes (Received): 6570

Eu nunca vi tanto mau caratismo num artigo quanto este abaixo, que, obviamente, foi publicado em Sul171.
Quote:
Sartori: a infeliz opção pelo obscurantismo e pela ‘desgauchização’ do Rio Grande

Durante quase três anos com inúmeras oportunidades para construir saídas para crise das finanças públicas do Rio Grande do Sul – e depois de quase um ano da chegada na Casa Legislativa de um pacote de desmonte das Funções Públicas de Estado – o que o governador José Ivo Sartori fez foi somente implementar ações que oneraram, cada vez mais, a população, os setores econômicos e produtivos, o cidadão contribuinte e os servidores públicos de nosso Estado.

Somaram-se “economias” com o tarifaço do ICMS, o aumento do uso dos depósitos judiciais, a venda da folha para o Banrisul, o arrocho e parcelamento de salários dos servidores, os desinvestimentos em saúde, educação, segurança e infraestrutura, a renúncia da inteligência do Rio Grande, a tentativa recorrente de entrega do que restou do nosso Patrimônio Público e um ataque brutal às organizações classistas dos servidores, que nem governos arbitrários tiveram coragem de fazer.
(...)
Mesmo com a obtenção da redução dos serviços da dívida, que governos anteriores não tiveram, ainda encaminha à Assembleia o orçamento do seu último ano de governo (2018) com uma receita insuficiente para a execução das demandas da sociedade gaúcha.
(...)
E quanto à possibilidade real de busca de recursos para o Rio Grande do Sul através dos ressarcimentos da Lei Kandir, por exemplo, prefere omitir-se. Ou, até de forma desrespeitosa, caracterizar seus próprios aliados, como o senador Pedro Simon, de que “ajustes de contas com a União da Lei Kandir são balela”, como exclamou na audiência nesta semana, na Assembleia, o histriônico secretário da Fazenda de Sartori.
(...)
Assim, a população não pode reivindicar porque “o Estado está quebrado” e servidores, tidos “como vilões”, têm até que mendigar o pagamento constitucional de seus salários em dia, sem sequer levantar temas legítimos como a qualificação da segurança, a recomposição de perdas pela inflação de seus aviltados proventos ou mesmo o piso do magistério.
O Villaverde é tão cara de pau que chega a falar do uso de depósitos judiciais, quando foi no desgoverno Atraso Genro que houve uma apropriação indevida e sem precedentes desses depósitos. Isso para não falar nos irresponsáveis e absurdos aumentos de salários que o desgoverno petralha, com o beneplácito do Villaverde, deu para o funcionalismo público, mesmo sabendo da incapacidade do estado em suportar tais aumentos.

Quanto aos desinvestimentos, é simples. Se o estado arrecada basicamente para pagar uma folha inchada que desrespeita a Lei de Responsabilidade Fiscal, é óbvio que não terá dinheiro para investimentos. E soma-se a isso a aversão a concessões que o Sartori herdou de Atraso Genro. E isso respinga no orçamento já que até hoje os governantes do RS, especialmente a petralhada de Villaverde, não aceitam em reduzir as despesas ao nível das receitas, sempre esperando uma solução mágica e fútil como essa lengalenga da Lei Kandir.

E não é a questão do servidor ser vilão, como foi maldosamente colocado pelo Villaverde. É que a despesa com pessoal é sim o principal problema do estado do RS. É uma situação tão absurda que nem é necessário fazer um Pareto, pois 80% do que o estado do RS arrecada vai para pagar uma folha inchada e obsoleta.

Felizmente, para Villaverde, o atual desgoverno Sartori é covarde demais para fazer qualquer tipo de enfrentamento, seja contra um funcionalismo anacrônico e improdutivo, seja um artigo escrito com uma má fé sem precedentes.
__________________
I'm bitchin' & here's why
I'm a genius
I'm humble
I'm the best in the world

Litte Church, e22sky, GersonLDN liked this post
Sorvete na Testa está en línea ahora   Reply With Quote
Old Yesterday, 08:38 PM   #15904
Blog Porto Imagem
Registered User
 
Blog Porto Imagem's Avatar
 
Join Date: Feb 2012
Location: Porto Alegre
Posts: 1,057
Likes (Received): 648

Quote:
Originally Posted by Jdolci View Post
Nao entendi bem essa foto..
Pelo que dá pra ver ali, essa construção não vê um telhado há muito tempo... No máximo o que a chuva fez foi derrubar o tapume ( que devia estar podre já)
Exatamente isso !

É uma ruína de uma antiga construção e parte da parede frontal caiu. Apenas isso.

Escolheram mal a foto.
__________________
.


Blog Porto Imagem
_____________________________
portoimagem.com

www.facebook.com/blogportoimagem
Blog Porto Imagem no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 08:38 PM   #15905
Litte Church
Registered User
 
Litte Church's Avatar
 
Join Date: Nov 2011
Location: aus Kirchleinburg, RS
Posts: 5,817
Likes (Received): 7813

Quote:
Originally Posted by Jdolci View Post
Nao entendi bem essa foto..
Pelo que dá pra ver ali, essa construção não vê um telhado há muito tempo... No máximo o que a chuva fez foi derrubar o tapume ( que devia estar podre já)
mas este é o nível do jornalismo atualmente...

tudo por um clique...
__________________

e22sky liked this post
Litte Church no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 09:04 PM   #15906
e22sky
Registered User
 
e22sky's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: porto alegre - BRAZIL
Posts: 9,291
Likes (Received): 2722

Quote:
Originally Posted by Sorvete na Testa View Post
Eu nunca vi tanto mau caratismo num artigo quanto este abaixo, que, obviamente, foi publicado em Sul171.

O Villaverde é tão cara de pau que chega a falar do uso de depósitos judiciais, quando foi no desgoverno Atraso Genro que houve uma apropriação indevida e sem precedentes desses depósitos. Isso para não falar nos irresponsáveis e absurdos aumentos de salários que o desgoverno petralha, com o beneplácito do Villaverde, deu para o funcionalismo público, mesmo sabendo da incapacidade do estado em suportar tais aumentos.

Quanto aos desinvestimentos, é simples. Se o estado arrecada basicamente para pagar uma folha inchada que desrespeita a Lei de Responsabilidade Fiscal, é óbvio que não terá dinheiro para investimentos. E soma-se a isso a aversão a concessões que o Sartori herdou de Atraso Genro. E isso respinga no orçamento já que até hoje os governantes do RS, especialmente a petralhada de Villaverde, não aceitam em reduzir as despesas ao nível das receitas, sempre esperando uma solução mágica e fútil como essa lengalenga da Lei Kandir.

E não é a questão do servidor ser vilão, como foi maldosamente colocado pelo Villaverde. É que a despesa com pessoal é sim o principal problema do estado do RS. É uma situação tão absurda que nem é necessário fazer um Pareto, pois 80% do que o estado do RS arrecada vai para pagar uma folha inchada e obsoleta.

Felizmente, para Villaverde, o atual desgoverno Sartori é covarde demais para fazer qualquer tipo de enfrentamento, seja contra um funcionalismo anacrônico e improdutivo, seja um artigo escrito com uma má fé sem precedentes
.
infelizmente, a mais pura verdade!
__________________

Sorvete na Testa liked this post
e22sky no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 09:10 PM   #15907
e22sky
Registered User
 
e22sky's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: porto alegre - BRAZIL
Posts: 9,291
Likes (Received): 2722

Quote:
Originally Posted by Jdolci View Post
Nao entendi bem essa foto..
Pelo que dá pra ver ali, essa construção não vê um telhado há muito tempo... No máximo o que a chuva fez foi derrubar o tapume ( que devia estar podre já)
derrubou junto com os tapumes, toda a parede que está caida.
e22sky no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 09:58 PM   #15908
e22sky
Registered User
 
e22sky's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: porto alegre - BRAZIL
Posts: 9,291
Likes (Received): 2722

e22sky no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 10:27 PM   #15909
GersonLDN
-*-*-*-
 
GersonLDN's Avatar
 
Join Date: Mar 2005
Location: London-UK/Porto Alegre-BR
Posts: 18,975
Likes (Received): 16127

Sao Marcos



=====


Área 256 km²
População 20 105 hab.
Densidade 78,46 hab./km²
Altitude 746 m

Fundação 10 de setembro de 1963 (54 anos)

Antes do início da colonização europeia da região, o atual território do município era tradicionalmente habitado por povos indígenas como
os caingangues e os guaranis.
O município foi povoado por italianos, que chegaram em 1885 e, a seguir, em 1891, por poloneses. Também se estabeleceram, na região,
muitos portugueses, aventureiros e mesmo agricultores açorianos vindos de São Paulo.
Os italianos se estabeleceram às margens dos rios São Marcos e das Antas, na Linha Riachuelo, (onde se fala o dialeto mais antigo do mundo),
na Linha Humaitá, Marechal Deodoro e Zambicari.




__________________
.



“The World is a book and those who do not travel read only a page” (Augustine of Hippo)
_______________________
GersonLDN no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 11:13 PM   #15910
GersonLDN
-*-*-*-
 
GersonLDN's Avatar
 
Join Date: Mar 2005
Location: London-UK/Porto Alegre-BR
Posts: 18,975
Likes (Received): 16127

O Rio Grande do Sul registrou fechamento de 278 vagas de emprego com carteira assinada
em setembro deste ano, conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)


Segundo as informações, a Indústria de Transformação foi o setor que mais fechou vagas no período, com 3.167 a menos.
Já a o Comércio registrou alta de 1.733 vagas. Os dados gaúchos vão na contramão do resto da Região Sul, segunda região
brasileira que mais abriu posições no mês passado, atrás apenas da Região Nordeste, que fechou o mês com abertura de 29.644 postos.
Os vizinhos Paraná e Santa Catarina carregaram nas costas o bom resultado da Região Sul, com abertura de
2.801 e 8.011 vagas em setembro, totalizando 10.534 novos postos. Também foi destaque o resultado da Região Norte (+5.349 postos).
Já nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste houve redução de, respectivamente, 8.987 postos e 2.148 empregos.

JC

Maiores ganhos:
Pernambuco (+ 13.992 empregos), Santa Catarina (+8.011 empregos), Alagoas (+7.411), Pará (+3.283), Paraná (+2.801), Bahia (+2.297), e Ceará (+2.161).

Maiores perdas:
Rio de Janeiro (-4.769 empregos), Minas Gerais (-4.291) e Goiás (-3.493)
__________________
.



“The World is a book and those who do not travel read only a page” (Augustine of Hippo)
_______________________
GersonLDN no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 11:24 PM   #15911
Jdolci
JDolci
 
Jdolci's Avatar
 
Join Date: Nov 2008
Location: Curitiba - Brasil
Posts: 19,560
Likes (Received): 56867

Quote:
Originally Posted by e22sky View Post
derrubou junto com os tapumes, toda a parede que está caida.

Problema é que pelo título e daí olhando a imagem de relance dá a impressão que aconteceu uma tragédia, voou o telhado e tal..

Mas aí olhando com calma se vê que é uma ruína sem telhado faz tempo.. e a parede caiu com o vento, mas pelo estado da construção iria cair do mesmo jeito mais cedo ou mais tarde.

Podiam ter escolhido uma foto melhor.
__________________

e22sky liked this post
Jdolci no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 11:55 PM   #15912
Bonja
Registered User
 
Join Date: Oct 2010
Posts: 2,198
Likes (Received): 566

Quote:
Originally Posted by GersonLDN View Post
O Rio Grande do Sul registrou fechamento de 278 vagas de emprego com carteira assinada
em setembro deste ano, conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)


Segundo as informações, a Indústria de Transformação foi o setor que mais fechou vagas no período, com 3.167 a menos.
Já a o Comércio registrou alta de 1.733 vagas. Os dados gaúchos vão na contramão do resto da Região Sul, segunda região
brasileira que mais abriu posições no mês passado, atrás apenas da Região Nordeste, que fechou o mês com abertura de 29.644 postos.
Os vizinhos Paraná e Santa Catarina carregaram nas costas o bom resultado da Região Sul, com abertura de
2.801 e 8.011 vagas em setembro, totalizando 10.534 novos postos. Também foi destaque o resultado da Região Norte (+5.349 postos).
Já nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste houve redução de, respectivamente, 8.987 postos e 2.148 empregos.

JC

Maiores ganhos:
Pernambuco (+ 13.992 empregos), Santa Catarina (+8.011 empregos), Alagoas (+7.411), Pará (+3.283), Paraná (+2.801), Bahia (+2.297), e Ceará (+2.161).

Maiores perdas:
Rio de Janeiro (-4.769 empregos), Minas Gerais (-4.291) e Goiás (-3.493)


Gravíssimo momento econômico do RS, em parte reflexo, do deslocamento industrial para outros eixos. Triste!
Bonja no está en línea   Reply With Quote
Old Today, 12:56 AM   #15913
GersonLDN
-*-*-*-
 
GersonLDN's Avatar
 
Join Date: Mar 2005
Location: London-UK/Porto Alegre-BR
Posts: 18,975
Likes (Received): 16127

Bairro Cidade
Prado terá também shopping e um colégio Sinodal


Em até 15 anos, o empreendimento deve atingir o estágio pleno, quando terá 25 mil habitantes em 350 hectares.






O Instituto Ling recebeu, na segunda-feira (16), o lançamento do bairro privado Prado, empreendimento assinado pelo urbanista
argentino Max Rumis. Localizado na freeway, a novidade apresenta o conceito bairro-cidade e teve projeto paisagístico feito pelo
gaúcho André Krebs. O Prado tem como diretor-executivo Richard Schwambach e como sócio-diretor Carlos Johannpeter.

Um dos diferenciais do Prado será a rede de cabeamento subterrânea e a valorização do meio ambiente. Além das residências,
o local contará com uma área de acesso público, restaurantes, supermercados, hotel, farmácia, escola, shopping,
prédios para consultórios, escritórios e apartamentos. Em até 15 anos, o empreendimento deve atingir o estágio pleno,
com 25 mil habitantes.





Obras já começaram no Prado



O Prado terá quatro fases. Inicialmente, estão sendo vendidos lotes residenciais. O preço parte de R$ 400 mil. Cada terreno tem, em média, 700 metros quadrados.


A proposta é oferecer aos moradores a possibilidade de morar e trabalhar no mesmo local. Sócio-diretor, Carlos Gerdau Johannpeter
fala bastante na qualidade de vida que o empreendimento deve proporcionar, com a dipensa, por exemplo, do uso diário do carro.

- É o conceito de cidade pensada para o pedestre e não para o automóvel - pontua o empresário.

Já está fechado o contrato para a instalação de um Colégio Sinodal, que possui unidades em São Leopoldo e Portão.
O investimento será de R$ 8 milhões. Diretor-geral do Sinodal, Ivan Renner explica que a estrutura da escola será ampliada
conforme a quantidade de alunos e as matrículas serão abertas para toda a comunidade e não apenas para moradores do Prado.
A capacidade, no entanto, poderá superar 1,8 mil alunos.


http://www.prado.imb.br/






.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.


===========

Novo thread:

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=2039069






....
__________________
.



“The World is a book and those who do not travel read only a page” (Augustine of Hippo)
_______________________
GersonLDN no está en línea   Reply With Quote
Old Today, 04:46 AM   #15914
e22sky
Registered User
 
e22sky's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: porto alegre - BRAZIL
Posts: 9,291
Likes (Received): 2722

Porto Alegre ganha empreendimento com assinatura internacional



O renomado estúdio inglês YOO vai assinar pela primeira vez um projeto imobiliário residencial de alto padrão em Porto Alegre. Em parceria exclusiva com a Cyrela Goldsztein no Brasil, a grife responde pela decoração das áreas de uso comum de 25 apartamentos (com valor médio de R$ 4,6 milhões cada) do YOO Moinhos. Essa é um das grandes apostas da Cyrela Goldsztein para se sobressair no mercado imobiliário da Capital em um ainda incipiente período de recuperação econômica nacional. Com obras na esquina da ruas Tobias da Silva e Doutor Timóteo, no bairro Moinhos de Vento, o empreendimento marca a segunda parceria da construtora com o dupla formada pelo bilionário britânico John Hitchcox - que esteve na cidade para conhecer o bairro onde o empreendimento seria instalado - e o arquiteto francês Philippe Starck.

O empreendimento se integrará a uma "rede" de mais de 80 projetos com essa assinatura de design imobiliário, em países como Tailândia, Reino Unido e Emirados Árabes. O primeiro empreendimento residencial com a assinatura da dupla no Brasil e em parceria com a construtora foi lançando em São Paulo, no ano passado, e ainda está em obras. O empreendimento é lançado em período de mudanças na gestão da construtora rumo a novas etapas da governança. Nesse caminho, o empresário Fernando Goldsztein amplia a participação no negócio na região Sul, e passa a contar com Rodrigo Putinato na direção da Regional Sul, no lugar de Ricardo Jornada, executivo que há mais de uma década atuava na empresa.

- Jornal do Comércio (http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/201...rnacional.html)
e22sky no está en línea   Reply With Quote
Old Today, 04:52 AM   #15915
e22sky
Registered User
 
e22sky's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: porto alegre - BRAZIL
Posts: 9,291
Likes (Received): 2722

e22sky no está en línea   Reply With Quote
Old Today, 04:55 AM   #15916
e22sky
Registered User
 
e22sky's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: porto alegre - BRAZIL
Posts: 9,291
Likes (Received): 2722

e22sky no está en línea   Reply With Quote
Old Today, 05:33 AM   #15917
e22sky
Registered User
 
e22sky's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: porto alegre - BRAZIL
Posts: 9,291
Likes (Received): 2722

vale lembrar desse projeto:



e22sky no está en línea   Reply With Quote
Old Today, 03:01 PM   #15918
Rafael De Freitas
Registered User
 
Join Date: Aug 2015
Posts: 363
Likes (Received): 370

Pelotas:
Com aumento dos índices de violência em todos os níveis e na incapacidade do estado em resolver os problemas inclusive agindo de maneira questionável deslocando efetivo para capital, a executivo local implantou ações para reverter à situação.

os resultados foram divulgados aqui
http://www.skyscrapercity.com/showpo...ostcount=15801

Agora oque acontece.

CÂMARA CRIA COMISSÃO PARA FISCALIZAR PROJETO “PACTO PELA PAZ”



SINDICANCIA POLICIAL-MILITAR APURA RESPONSABILIDADES POR EXCESSOS E ABUSOS EM ABORDAGEM DA BRIGADA


Início da madrugada de 24 de setembro, viaturas da Brigada chegam à região boêmia nas imediações do Porto. Sob alegação de que estavam investigando o furto de uma motocicleta, policiais militares adentram o espaço “Bar do Zé” – Rua Conde de Porto Alegre esquina Álvaro Chaves -, que há bom tempo concentra jovens, estudantes, artistas e professores universitários. No local, a abordagem separa homens e mulheres. Alguns dos frequentadores questionam a ação, e ouvem manifestações preconceituosas – racistas e machistas. Com truculência, dois jovens e um advogado são detidos. Antes da chegada à delegacia, no entanto, a primeira parada é no Pronto Socorro, pois o casal de jovens resulta ferido das agressões. Durante o percurso, no hospital e também na delegacia, grupo de policiais militares mantém postura inadequada, com ironias, piadas e ameaças. Um dos detidos é forçado a “posar” para selfie, sob a alegação de que seria mais fácil identificá-lo posteriormente.
Secretário de segurança Bruno Ferreira, vereadores “Marcola” e Fernanda Miranda, e subcomandante FacinSecretário de segurança Bruno Ferreira, vereadores “Marcola” e Fernanda Miranda, e subcomandante Facin

O episódio, conforme o major Márcio André Facin – subcomandante do 4º BPM -, está sendo investigado através de sindicância policial-militar. E as vítimas, conforme enfatizou segunda à noite na Câmara Municipal, podem comparecer, sem receio, no batalhão para relatar o ocorrido. Cordato e aberto ao diálogo, o subcomandante ouviu atentamente os inúmeros relatos daquela abordagem desastrada e abusiva, tema da audiência pública realizada no plenário do legislativo municipal. A iniciativa foi dos vereadores Fernanda Miranda (PSOL), e Marcos “Marcola” Ferreira (PT), e também contou com o secretário municipal de segurança Aldo Bruno Ferreira, vereadores Marcus Cunha (PSB), e Ivan Duarte (PT). Na audiência, ex-parlamentes Milton Martins e Luiz Carlos Mattozo, bem como dezenas de lideranças estudantis e comunitárias.

COMISSÃO – Conforme o secretário Bruno Ferreira, a ação no “Bar do Zé” foi do projeto “Pelotas pela paz”. Ele disse que os registros da câmera situada no local, já foram repassados à Brigada Militar. O objetivo é esclarecer o episódio, contribuindo com a investigação, já que a operação foi integrada e também contava com guardas municipais. E ressaltou que “jamais aceitarei qualquer ação truculenta da Guarda Municipal”. Para o secretário, que é policial militar, a abordagem deve ser com técnica, respeitando a dignidade humana e preservando a vida. A vereadora Fernanda Miranda, manifestou que o “Pacto pela paz” deve ser questionado, pois não foi pensado em relação à população que mais sofre, já que nos bairros persistem as necessidades de lazer, cultura e educação infantil. O vereador Marcola comunicou que estará sendo criada frente parlamentar mista no legislativo. A ideia é reunir parlamentares do PSOL, PT e PDT, bem como lideranças da comunidade, para acompanhar os desdobramentos do projeto. Conforme o vereador, o “Pacto pela paz” envolve R$6 milhões e deve ser fiscalizado.

QUESTIONAMENTOS –
O registro da audiência pública também integrará a sindicância policial militar. No evento, questionamentos sobre a bonificação, prevista no Pacto pela Paz, aos policiais conforme o número de abordagens. Outra questão reiterada, é que boa parte dos policiais que participaram da ação em setembro, repetiam que eram de Santa Maria, e não sabiam informar o endereço da delegacia para a qual seriam enviados os detidos. Além disso, o projeto, como afirmou o verador Ivan Duarte, criado por autores como o ex-deputado Marcos Rolim, adapta realidades de metrópoles urbanas, desconsiderando a realidade local. O conceito de segurança pública, também foi questionado pelo público, que ressaltou a necessidade de ações na educação, cultura e cidadania. A professora dra. Flávia Chagas (UFPel), avisou que terça à noite o tema será debatido em mais uma edição do “Boteco da Filosofia”, que é realizado no Bar do Zé.

O QUE DIZ O SECRETÁRIO BRUNO
Não tenho compromisso com o erro. A frase de Juscelino Kubitschek de Oliveira, foi repetida pelo “Tenente BrunoNão tenho compromisso com o erro. A frase de Juscelino Kubitschek de Oliveira, foi repetida pelo “Tenente Bruno
Não tenho compromisso com o erro. A frase de Juscelino Kubitschek de Oliveira, foi repetida pelo “Tenente Bruno”, ex-vereador que está à frente da Secretaria Municipal de Segurança. Na audiência pública sobre o “Pacto pela paz”, manifestou-se no encerramento, procurando responder aos questionamentos do público. Ele disse: “O Pacto é projeto de sociedade, e houve mais de setenta reuniões em vários bairros. Realizamos debates com professores, alunos, lideranças, e também as universidades foram convidadas. As operações são integradas, incentivando que o espaço público seja retomado pela população. Porém, sem o som alto nos veículos. Então não se trata de repressão, mas estímulo sem o som estridente”.

PESQUISA – Conforme o secretário Bruno, a prefeita Paula não aceita equívocos, e o “Pacto pela paz” foi pesquisado durante cinco meses. Ele rebateu críticas de que o projeto seria elitizado, beneficiando moradores de áreas centrais como o entorno da avenida Dom Joaquim. E exemplificou com ação recente no Sítio Floresta, quando foi realizada operação para atender moradores que reclamavam de “som alto”. Ainda acrescentaram iniciativas com presidiários, os “reeducandos” que, atenuam apena, trabalhando na limpeza urbana e reforma de unidades de saúde. Além disso, várias ruas nos bairros receberam pó asfáltico. No balneário dos Prazeres, a praça Aratiba está iluminada. Então, conjunto de ações que contribuem à segurança. E na equipe da Secretaria há mestres em áreas como geografia e sociologia.

BRIGADA MILITAR
Em Pelotas desde 1995, o major Facin afirmou que a Brigada Militar, instituição com grande contigente, está sujeita a erros e acertos. O subcomandante do 4º BPM, no entanto, frisou que o trabalho tem proporcionado “mais acertos”. Conforme abordou na Câmara Municipal, após ouvir os relatos de truculência durante abordagem de policiais militares, a maioria “abomina os excessos, e isso não é bom para ninguém”.

SANTA MARIA –
Sobre o grupo de policiais de Santa Maria, que estava na operação no “Bar do Zé”, o subcomandante disse que, durante trinta dias, eles estiveram em Pelotas, afastando-se dos familiares e realizando bom trabalho. Como resultado, a diminuição em 30% na incidência de roubos. E salientou que a sindicância está investigando os fatos. “É bom que só tenha ouvido sobre uma ação. E se acontecerem outras, quero ser comunicado. A relação entre Brigada e sociedade mudou muito. Estamos à disposição para o debate, sem receios nem preconceitos. Tanto a maioria dos policiais militares, que recebem orientação sobre direitos humanos, não têm preconceitos, quanto a comunidade também não tem medo da Brigada”.

http://diariodamanhapelotas.com.br/s...acto-pela-paz/

Last edited by Rafael De Freitas; Today at 03:13 PM.
Rafael De Freitas no está en línea   Reply With Quote
Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 08:12 PM. • styleid: 14


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu