daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Rodoviário



Reply

 
Thread Tools Rate Thread
Old September 3rd, 2008, 02:32 AM   #1
Inconfidente
Upon Thames
 
Inconfidente's Avatar
 
Join Date: Feb 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 11,593
Likes (Received): 2480

PAC destinará cerca de R$ 1,64 bilhões para ampliação da BR 381

Está aberto o edital do Dnit para o projeto executivo da obra que deverá revitalizar o trecho entre BH e Governador Valadares


A BR 381, uma das rodovias mais movimentadas e violentas de Minas Gerais, passará por obras para adequação de capacidade do trecho que vai de Belo Horizonte até Governador Valadares, na região leste do estado. O Departamento Nacional de Infra-Estruturas de Transportes (Dnit), publicou o edital para o projeto executivo, que está previsto em R$ 39 milhões.

As propostas deverão ser entregues no dia 14 de outubro, na sede do órgão, na capital. O projeto é divido em dez lotes, que, somados, chegam a quase 350 quilômetros. De acordo com a assessoria de imprensa do Dnit, alguns trechos serão duplicados, outros terão o traçado mudado, e o restante passará somente por correção de geometria.

A previsão para a realização do projeto é de 10 meses a partir da finalização do processo licitatório. A execução das obras deverá durar cerca de três anos e custar R$ 1,6 bilhões. Tanto o recurso para o projeto quanto para a execução foram garantidos pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Fonte: Globo Minas
__________________
Santo Antônio, BH
Inconfidente está en línea ahora   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old September 3rd, 2008, 03:05 AM   #2
lorrampaiva
Alcatéia e gramofone
 
lorrampaiva's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: Nova Jerusalém (mais conhecida como "Geruza")
Posts: 3,512
Likes (Received): 1518

Essa rodovia por acaso não é a que é considerada a mais perigosa do país?
lorrampaiva no está en línea   Reply With Quote
Old September 3rd, 2008, 03:08 AM   #3
Inconfidente
Upon Thames
 
Inconfidente's Avatar
 
Join Date: Feb 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 11,593
Likes (Received): 2480

Não tenho certeza, mas com certeza é a mais perigosa de Minas. Se tem uma obra que vai poupar centenas de vidas ao ano, a obra é essa.
__________________
Santo Antônio, BH
Inconfidente está en línea ahora   Reply With Quote
Old September 4th, 2008, 02:38 AM   #4
itabirinha-MG
Itabirinha-MG
 
itabirinha-MG's Avatar
 
Join Date: Dec 2006
Location: Itabirinha
Posts: 891
Likes (Received): 60

excelente noticia
itabirinha-MG no está en línea   Reply With Quote
Old September 4th, 2008, 03:08 PM   #5
Danzin
Danielz - xdanielz
 
Join Date: Jan 2006
Posts: 1,683
Likes (Received): 10

Quote:
Originally Posted by lorrampaiva View Post
Essa rodovia por acaso não é a que é considerada a mais perigosa do país?
Exato.
Danzin no está en línea   Reply With Quote
Old September 4th, 2008, 08:17 PM   #6
lorrampaiva
Alcatéia e gramofone
 
lorrampaiva's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: Nova Jerusalém (mais conhecida como "Geruza")
Posts: 3,512
Likes (Received): 1518

Olhem o que eu achei, um vídeo sobre a duplicação da 381:

Parte 1

Parte 2

Abraços!
lorrampaiva no está en línea   Reply With Quote
Old September 5th, 2008, 03:34 AM   #7
wicca13
WiccanMan
 
wicca13's Avatar
 
Join Date: Jun 2006
Location: BH
Posts: 2,935
Likes (Received): 915

otimo! adorei a demonstracao do projeto, vai fikar magnifico!
wicca13 no está en línea   Reply With Quote
Old September 5th, 2008, 04:03 AM   #8
Allan Fonseca
Registered User
 
Allan Fonseca's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 2,463
Likes (Received): 481

Os videos estão ótimos!
__________________
BH, Minas, Cruzeiro
Allan Fonseca no está en línea   Reply With Quote
Old March 14th, 2009, 01:46 AM   #9
zebrasil
BANNED
 
Join Date: May 2008
Location: Belo Horizonte, MG
Posts: 687
Likes (Received): 1

ressuscitando

BR-381: Trecho BH/Monlevade tem uma curva a cada 500 metros

Melhorias entre Jõao Monlevade e São Gonçalo do Rio Abaixo :

Paulo Henrique Lobato, Pedro Rocha Franco, Bianca Melo, Thiago Herdy e Landercy Hemerson - Estado de Minas

O bate-cabeça entre a ANTT e o Dnit acrescido da morosidade do governo federal em investir na duplicação da BR-381 ajuda a explicar o motivo de a Rodovia da Morte ser campeã de vidas perdidas em Minas Gerais ao fim de cada ano.

Balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostra que 277 motoristas, passageiros e pedestres morreram na via em 2008. Boa parte foi causada por colisões frontais. Em todo o estado, 321 pessoas perderam a vida dessa forma em todos os 7,5 mil quilômetros da malha federal.

Em se tratando da BR-381, a chance de colisões frontais é grande, pois a maior parte do trecho entre Belo Horizonte e Governador Valadares não é duplicada. Pior: o traçado sinuoso, que acompanha vales e contorna montanhas, mostra que há quase 200 curvas – muitas com ângulo fechado – apenas nos 108 quilômetros que separam a capital de João Monlevade. É quase uma curva a cada 500 metros.

O perigo assombra quem precisa viajar pelo trecho entre BH e Valadares. Informação da própria ANTT revela que apenas 19 dos 301 quilômetros são duplicados. O acidente que matou o motorista de uma van e quatro universitários, na noite de quarta-feira, é um exemplo de como a morte ronda a 381. Mais do que isso: o poder público deveria pôr a mão na cabeça e resolver logo o perigo de quem viaja pela rodovia.
zebrasil no está en línea   Reply With Quote
Old March 14th, 2009, 02:02 AM   #10
zebrasil
BANNED
 
Join Date: May 2008
Location: Belo Horizonte, MG
Posts: 687
Likes (Received): 1

BR-381. Edital de concessão da rodovia à iniciativa privada deve ser contestado por deputados no TCU
Privatização pode ser barrada
Políticos mineiros alegam que Dnit já gastou R$ 10 mi de recurso público

Flávia Martins y Miguel
O edital de concessão à iniciativa privada do trecho da BR-381, entre Belo Horizonte e Governador Valadares, que está sendo preparado pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), vai ser alvo de uma representação por parte de deputados federais mineiros no Tribunal de Contas da União (TCU). O motivo é que já foram investidos R$ 10 milhões em recursos públicos pelo Departamento da Infra Estrutura de Transportes (Dnit), em projetos que preveem a duplicação e melhorias de traçado da rodovia. Os políticos argumentam que esse valor poderá ser desperdiçado caso a rodovia vá para as mãos de uma concessionária. "Assim que a ANTT publicar o edital, nós vamos contestá-lo com base nos investimentos gastos. Defendemos que as obras e os projetos sejam feitos pelo Dnit. Vamos impedir isso porque, se o trecho for para a concessão, os pedágios serão cobrados antes da realização de qualquer melhoria", afirmou deputado federal Alexandre Silveira (PPS), ex-superintendente do Dnit.

Enquanto o órgão segue com a segunda fase de contratação do projeto executivo da duplicação, orçada em R$ 28 milhões (a obra toda está avaliada em R$ 1,58 bilhão), do outro lado a ANTT se prepara para o lançamento do edital de concessão, que, de acordo com a assessoria do órgão, está com data marcada para o mês de abril. Conforme a nota divulgada pela agência federal, o vencedor será obrigado a realizar a duplicação de todo o trecho da BR-381 a partir do segundo ano de exploração da rodovia através de pedágios. A ANTT informou ainda que o projeto do Dnit poderá ser aproveitado, caso for concretizado. O superintendente regional do Dnit, Sebastião Donizete de Souza, afirmou que não recebeu qualquer orientação para suspender a contratação do projeto executivo, que está em fase final.

De acordo com ele, a melhor solução é que a obra seja executada da forma que já está sendo planejada. "O órgão já fez um estudo sobre a rodovia e concluiu pela melhor solução. Acho que o caminho é esse e tem que ser feito pelo Dnit. Eu sei que existe o estudo de privatização, mas eu não conheço o modelo da concessão. De qualquer forma, mesmo que decidam pela concessão, o projeto a ser seguido deveria ser o nosso", afirmou o superintendente. No cronograma do Dnit, a obra de duplicação, que compreende uma variante de 50 km responsável por eliminar a circulação pela BR-262, passagens de nível, trincheiras e viadutos, ficará pronta em meados de 2013.





Frase

"Vamos nos mobilizar contra este projeto da ANTT. Essa concessão pode ser boa para outro tipo de interesse, menos o dos usuários. Estão insistindo em um modelo que não vai acabar com as mortes"

Alexandre Silveira
Deputado Federal (PPS)




Análise

Concessão só é válida com melhorias, diz especialista

A violência da Rodovia da Morte torna a BR–381 uma das cinco estradas federais mais perigosas do país. E a sucessão de acidentes parece estar longe de um fim. Somente no ano passado, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), 270 pessoas perderam suas vidas na estrada. O desrespeito e a ineficiência das autoridades pode, em última instância, criar também mais uma manobra de viés exclusivamente arrecadatório, com pontos de pedágio cobrando por um serviço que ainda não foi entregue: é o que prevê a concessão à iniciativa privada da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Na opinião do especialistas em transporte e trânsito da Fundação Dom Cabral, Paulo Resende, a concessão da BR–381, desenhada pela agência, foge completamente do princípio básico do objetivo de redução dos acidentes. “Sou absolutamente contra à ação da ANTT. Quando o pedágio é cobrado sem as melhorias necessárias é, além de uma fuga do princípio da concessão propriamente dita, um certo desrespeito com o usuário que vai pagar por um serviço que não está usufruindo. Se a empresa fizer apenas melhorias paliativas naquele trecho, não resolve nada”, afirmou Resende.

Dnit. O valor bilionário do projeto, segundo o especialista, justifica pela necessidade urgente de melhorias na estrada. Para Resende, o Departamento de Infra Estrutura de Transportes (Dnit) é o órgão que deveria coordenar as obras. “A rodovia tem que ser duplicada com um traçado diferente para que tenha melhoria de forma significativa na redução dos acidentes. É lamentável termos dois órgãos do governo federal com dois projetos sem sintonia”, afirma Paulo Resende. (FMM)


Publicado em: 14/03/2009 OTEMPO
zebrasil no está en línea   Reply With Quote
Old March 29th, 2009, 04:42 PM   #11
zebrasil
BANNED
 
Join Date: May 2008
Location: Belo Horizonte, MG
Posts: 687
Likes (Received): 1


BR-381. Valor seria necessário se concessão à iniciativa privada fosse feita antes das obras de duplicação

Estudo mostra que privatização pode trazer pedágio de R$ 18

Em novembro, ANTT informou que tarifa será de R$ 4,38, em quatro postos

Alexandre Nascimento

Um pedágio de R$ 18 a cada 100 km entre Belo Horizonte e Governador Valadares. Esse é o valor que pode ser pago pelos motoristas que transitarem pela BR-381 se o trecho de 290 km que liga as duas cidades for concedido à iniciativa privada antes de passar por obras de duplicação. O condutor que fizer o hoje sinuoso trajeto, responsável por tornar a via conhecida como Rodovia da Morte, gastaria cerca de R$ 50 apenas em pedágios. Os valores foram revelados por um estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgado recentemente. De acordo com o documento, o pedágio de R$ 18 seria necessário para reembolsar os gastos que a iniciativa privada teria para fazer as obras e manutenção na rodovia, durante um período de 25 anos. Caso as interferências na BR-381 sejam feitas pelo governo federal, via Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), antes da privatização, o custo do pedágio, segundo a CNT, cairia para R$ 6 por veículo a cada 100 km.

Em novembro do ano passado, a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) informou que a tarifa cobrada em cada um dos quatro pedágios previstos na concessão à iniciativa privada será de, no máximo, R$ 4,38. Os equipamentos seriam instalados nas cidades de Periquito, Jaguaraçu, João Monlevade e Caeté, com distanciamento de 77 km entre eles. O projeto de privatização do segmento entre Belo Horizonte e Governador Valadares consta no Programa Nacional de Concessões Rodoviárias Federais. O mesmo trecho está contemplado no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que inclui, além da duplicação da rodovia, a construção de uma variante de 45 km - entre São Gonçalo do Rio Abaixo e Nova Era - e de um Rodoanel, de Betim até o trevo de Ravena.

Mais caro. Os valores previstos pela CNT e pela ANTT nos postos de pedágios que serão criados na BR-381 são bem superiores ao que já é cobrado no segmento privatizado da própria rodovia, entre Belo Horizonte e São Paulo. Quando a concessionária Autopista Fernão Dias assumiu efetivamente o trecho, em agosto do ano passado, passou a cobrar R$ 1,10 em cada um dos cinco pedágios instalados em Minas. A tarifa vale para carros e caminhonetes. O valor do pedágio na rodovia chegou a ser cogitado entre R$ 6 e R$ 7,20 para cada km, mas foi reduzido após determinação do Tribunal de Contas da União (TCU). O órgão suspendeu o edital de licitação lançado pelo governo federal, exigindo que os cálculos sobre os custos fossem refeitos.

Caminho do Dnit

1° passo - abertura de licitação e conclusão do projeto inicial (já executados)

2° passo - licitação do projeto executivo e aquisição de licença ambiental da Feam (estágio atual)

3° passo - conclusão do projeto executivo (meados de 2010)

4° passo - licitação das obras

5° passo - execução das obras (início em 2011 até 2013)

6° passo - conclusão das obras

Números

2013
é o ano previsto pelo Dnit para concluir as obras na BR-381

R$ 1,57 bi é o total que deve ser gasto nas intervenções que serão feitas

R$ 700 mi é o custo da criação do Rodoanel, que ligará Betim a Ravena

==========================================================
RODRIGO CLEMENTE

Gastos. Após a nova privatização da BR–381, condutores terão que pagar quatro pedágios: em Periquito, Jaraguaçu, Monlevade e Caeté
Entrave
Recursos judiciais atrasam início das obras
As inúmeras possibilidades de recursos judiciais contra resultados de licitações realizadas pelo Dnit, além dos possíveis pedidos de representação contra o edital de concessão proposto pela ANTT, podem atrasar ainda mais o início das obras do trecho norte da BR–381. O Dnit abriu na semana passada os envelopes de preços dos projetos, que detalham as intervenções a serem feitas na rodovia. Segundo o superintendente regional do Dnit, Sebastião Donizete de Souza, a análise técnica dos projetos executivos já foi feita.

Por outro lado, o processo de abertura do edital de concessão, feito paralelamente pela ANTT, pode demorar a ser lançado devido à ação de deputados mineiros, que pretendem contestar a possível perda dos R$ 10 milhões gastos pelo Dnit com o projeto inicial. O projeto executivo do Dnit prevendo todas as interferências que serão realizadas na BR–381 está orçado em R$ 28 milhões. (AN)




Publicado em: 29/03/2009
zebrasil no está en línea   Reply With Quote
Old March 29th, 2009, 05:46 PM   #12
Allan Fonseca
Registered User
 
Allan Fonseca's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 2,463
Likes (Received): 481

Zebrasil, parabéns! Vc é o único "banido" que está postando livremente no fôrum.
__________________
BH, Minas, Cruzeiro
Allan Fonseca no está en línea   Reply With Quote
Old March 30th, 2009, 03:58 AM   #13
Concurser
Registered User
 
Join Date: Nov 2008
Posts: 742
Likes (Received): 19

O problema dessa BR é que Dnit e ANTT parece que não se conversam. O Dnit está fazendo o projeo de duplicação com novo traçado, enquanto a ANTT quer incluir este trecho já no próximo leilão de concessão de BRs para repassá-lo o mais rápido possível.
Concurser no está en línea   Reply With Quote
Old March 31st, 2009, 01:17 AM   #14
Inconfidente
Upon Thames
 
Inconfidente's Avatar
 
Join Date: Feb 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 11,593
Likes (Received): 2480

Quote:
Originally Posted by zebrasil View Post

BR-381
O Anel vai ficar sobre responsabilidade da empresa mesmo como mostra no mapa? Se for que ótimo, sobra verba pra prefeitura investir em outros lugares.
Inconfidente está en línea ahora   Reply With Quote
Old March 31st, 2009, 02:11 AM   #15
zebrasil
BANNED
 
Join Date: May 2008
Location: Belo Horizonte, MG
Posts: 687
Likes (Received): 1


RodoAnel Norte a ser contruido, sai de betim, dá a volta por trás de BH e chega à Caeté...
zebrasil no está en línea   Reply With Quote
Old March 31st, 2009, 02:42 AM   #16
Inconfidente
Upon Thames
 
Inconfidente's Avatar
 
Join Date: Feb 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 11,593
Likes (Received): 2480

Ah, é verdade, não é o anel que existe atualmente.
Inconfidente está en línea ahora   Reply With Quote
Old April 1st, 2009, 10:58 PM   #17
Inconfidente
Upon Thames
 
Inconfidente's Avatar
 
Join Date: Feb 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 11,593
Likes (Received): 2480

Deputados mineiros querem explicações sobre duplicação da BR-381

DNIT e ANTT têm propostas paralelas para a duplicação do trecho BH- Governador Valadares


A Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas, da Assembléia Legislativa de MG, em audiência pública , apreciará duas propostas de duplicação da BR-381 entre Belo Horizonte e Governador Valadares. O objetivo é analisar qual delas é a mais vantajosa para quem utiliza a rodovia, recordista em acidentes e mortes no Estado. O requerimento para realização da audiência é da deputada Rosângela Reis (PV), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da BR-381.

Uma das propostas que a comissão vai debater é do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit). O órgão lançou edital de projeto executivo que prevê uso de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) na obra. Ao mesmo tempo, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) iniciou estudos para a concessão do trecho à iniciativa privada.

Rosângela Reis afirma ser necessário esclarecer porque os dois projetos correm em paralelo e se eles são excludentes ou não. Além disso, segundo ela, outras dúvidas precisam ser desfeitas. A deputada diz que a proposta de concessão parece ser menos abrangente que a do Dnit, no que diz respeito à recuperação dos trechos mais perigosos, e pode resultar em cobrança de pedágio antes mesmo da duplicação.

De acordo com levantamento do gabinete da deputada com base em dados da Polícia Rodoviária Federal, foram registrados, em 2008, 8.254 acidentes nos 900 quilômetros de extensão da BR-381 no Estado, com 277 mortos, 1.275 feridos graves e 3.707 feridos leves. Os números são os mais altos em comparação com qualquer outra rodovia do Estado, no mesmo ano. O trecho entre Belo Horizonte e Governador Valadares é de 301 quilômetros, dos quais 200 quilômetros não têm acostamento e só 19 quilômetros contam com pista dupla.

Foram convidados para a audiência pública o superintendente regional do Dnit em Minas, Sebastião Donizete de Souza; o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Fuad Jorge Noman Filho; o diretor-geral da ANTT, Bernardo José Figueiredo Gonçalves de Oliveira, o coordenador-geral da agência em Minas, Augusto César Guerra; e o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/MG), José Élcio Monteze.

A Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas aguarda resposta do Ministério dos Transportes sobre uma visita solicitada pelos deputados ao ministro Alfredo Nascimento. O requerimento é do vice-presidente da comissão, deputado Juninho Araújo (PRTB). O objetivo também é esclarecer dúvidas sobre a duplicação da BR-381.

Fonte: BHTrans
Inconfidente está en línea ahora   Reply With Quote
Old April 2nd, 2009, 01:03 AM   #18
Inconfidente
Upon Thames
 
Inconfidente's Avatar
 
Join Date: Feb 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 11,593
Likes (Received): 2480

Criticada a duplicação da BR381 via privatização

Sem a presença do representante da ANTT, deputados querem dar continuidade ao trabalho do DNIT



Imagem: DER/MG

A busca de informações concretas sobre o projeto de duplicação da BR-381, de Belo Horizonte a Governador Valadares, e a denúncia das péssimas condições de tráfego naquela rodovia motivaram o deslocamento de dezenas de prefeitos, vereadores e lideranças dos municípios ao longo da rodovia para uma audiência pública da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, realizada na tarde desta terça-feira (31/3/09).

Várias propostas foram discutidas durante a reunião. A que agradou à maioria foi a de duplicação da rodovia com novo traçado até Belo Oriente, com o contorno de todo o Vale do Aço. É a proposta que vem trabalhando o Dnit, inclusive com estudos preliminares prontos. O projeto executivo, que deveria ter sido feito em 2008 para início das obras neste ano, não foi licitado. Estão previstos, inclusive, R$ 349 milhões no Orçamento de 2009 para executar as obras dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), segundo o deputado federal Alexandre Silveira (PPS-MG), que foi diretor-geral do Dnit até dezembro de 2005. O inconveniente desse projeto seria o seu preço, estimado em R$ 2,2 bilhões.

Outras duas propostas teriam surgido dentro da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), que não mandou representante à audiência. Uma delas seria a duplicação sem mudar o traçado, o que reduziria os custos. A outra é de conceder previamente a rodovia a empresas que implantariam pedágio e acumulariam recursos em "gatilhos" para realizar trechos da duplicação.

Essa última proposta foi criticada por vários deputados, como Ronaldo Magalhães (PSDB), representante de Itabira, que discorda dessa proposta de "pagar para morrer". Para ele, a melhor solução seria delegar o trecho ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-MG), já que o Governo de Minas teria mais competência e interesse em resolver rapidamente o problema e poupar vidas. Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, em 2008 ocorreram 8.254 acidentes com 277 mortes na 381, quatro vezes mais acidentes do que na BR-116.

A proposta do deputado Wander Borges (PSB) é a colocação emergencial de redutores de velocidade físicos ou eletrônicos nos quatro pontos onde sempre acontecem acidentes, melhorar a sinalização e fazer acostamentos. Borges lembrou que no início de 2005 morreram três secretários municipais de Sabará num acidente na BR-381. O deputado Mauri Torres (PSDB), que representa João Monlevade, relatou que trafega duas ou três vezes por semana no trecho até Belo Horizonte e que já sofreu acidentes graves, assim como sua família. Ele criticou a atitude da Polícia Rodoviária de fechar uma pista para estrangular o tráfego, induzindo motoristas a ultrapassar pela faixa dupla e serem multados. A sugestão de Torres é buscar entendimentos com o Dnit e com a iniciativa privada para que a duplicação se torne uma realidade. Não acredita, porém, que estará vivo para aproveitá-la.

Sebastião Donizete de Souza, superintendente regional do Dnit, estima que a obra levaria pelo menos quatro anos para ser executada. O engenheiro Maurício de Lanna, da Consol, que realizou os estudos preliminares, demonstrou que o traçado atual da BR-381 é inviável, pois os trechos de maior movimento são os de relevo mais acidentado. Seus dados dão conta de que, em 2006, ocorria uma morte a cada três dias. Hoje são três mortes a cada quatro dias.

O deputado federal Alexandre Silveira relatou todos os esforços que realizou durante sua gestão no Dnit para a conservação da rodovia. Ao assumir, não havia sequer contrato de conservação. Um bueiro mal dimensionado em Bom Jesus do Amparo (Região Central do Estado), que seria reparado por R$ 5 mil, provocou uma paralisação de vários dias na rodovia e um conserto emergencial que custou R$ 2,1 milhões.

Silveira relatou também uma reunião que teve com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, com a presença dos dirigentes da Cenibra e da Usiminas, na qual foram expostos os planos de expansão dessas empresas, que dependeriam da duplicação da rodovia. A ministra teria se comprometido publicamente a realizar a obra com recursos do PAC. "O novo diretor-geral do Dnit, Bernardo Figueiredo, assumiu dizendo que fará a concessão da rodovia. Para nós não interessa a forma, desde que seja feita a obra adequada, e que o interesse público prevaleça sobre os interesses privados", afirmou Silveira.

O deputado Juninho Araújo (PRTB) participou dessa reunião com Alexandre Silveira e afirma que foram bem recebidos pelo ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, do qual extraíram a promessa da realização do projeto executivo em 2008 e início da obra em 2009. Ele estranha que agora surjam outras propostas que adiam a implantação do projeto original, e também defende que o Governo Federal duplique a rodovia ou repasse para o Governo do Estado duplicar.

Dois outros deputados relataram seus esforços para obter a duplicação. Jayro Lessa (DEM), representante de Governador Valadares, disse que teve reunião com o vice-presidente José Alencar, o qual teria afirmado que os recursos necessários estavam previstos no Orçamento, e que a ministra Dilma Rousseff estava tentando tirá-lo do PAC e colocar nas parcerias público-privadas. No orçamento estariam previstos R$ 20 milhões para pagar os projetos executivos e R$ 380 milhões para começar a obra em 2009. Adalclever Lopes (PMDB) acrescentou que o vice-presidente José Alencar é do Leste do Estado. Lembrou que é filho de patrulheiro rodoviário (o deputado federal Mauro Lopes), mas que já perdeu vários amigos na BR-381. "Quando saio de casa, não sei se volto", resumiu Lopes.

O deputado Antônio Júlio (PMDB) disse que a BR-262 está sendo recuperada, mas que foi necessário fechá-la em protestos que foram ouvidos. Aconselhou as lideranças do Leste a manter a pressão constante sobre as autoridades. Adelmo Carneiro Leão (PT) disse que a fiscalização precisa melhorar, porque 10% dos motoristas que trafegam pelas rodovias federais são profissionais, mas estão envolvidos em 50% dos acidentes.

A audiência, convocada a requerimento da deputada Rosângela Reis (PV), representante do Vale do Aço e presidente da Frente Parlamentar pela Duplicação da BR-381, serviu também para protestos de parlamentares e familiares dos mortos em acidentes naquela rodovia. A deputada estará nesta quarta-feira (1o/4), em Brasília, integrando uma comitiva de prefeitos e vereadores, para duas audiências no Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit). Há prefeitos dispostos a bloquear a rodovia até o governo dar uma resposta satisfatória.

Presentes à audiência pública na ALEMG, os deputados Gustavo Valadares (DEM), presidente; Adalclever Lopes (PMDB), Rêmolo Aloise (PSDB), Elmiro Nascimento (DEM), Célio Moreira (PSDB), Ronaldo Magalhães (PSDB), Adelmo Carneiro Leão (PT), Wander Borges (PSB), Juninho Araújo (PRTB), Jayro Lessa (DEM), Délio Malheiros (PV), Mauri Torres (PSDB), Padre João (PT), Antônio Júlio (PMDB), Vanderlei Jangrossi (PP) e deputada Rosângela Reis (PV).

Fonte: BHTrans
Inconfidente está en línea ahora   Reply With Quote
Old April 2nd, 2009, 01:46 PM   #19
rodrigorc
BBMP!
 
rodrigorc's Avatar
 
Join Date: Mar 2009
Location: Salvador da Bahia
Posts: 4,166
Likes (Received): 941

Meu sonho é fazer o Brasil todo de carro.. Espero que todas as estradas sejam duplicadas logo, só assim para eu realizá-lo.
rodrigorc no está en línea   Reply With Quote
Old April 3rd, 2009, 04:50 AM   #20
Inconfidente
Upon Thames
 
Inconfidente's Avatar
 
Join Date: Feb 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 11,593
Likes (Received): 2480

Tem estrada que simplesmente não tem demanda para isso.
Inconfidente está en línea ahora   Reply With Quote


Reply

Tags
espírito santo, minas gerais, pac, são paulo

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 08:20 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu