search the site
 daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Projetos e Obras > Brasil em Obras



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 63 votes, 4.59 average.
Old October 7th, 2017, 08:46 PM   #3281
Fellype
Registered User
 
Fellype's Avatar
 
Join Date: Oct 2013
Location: Araxá-MG
Posts: 64
Likes (Received): 94

Obra nova agencia Sicoob

__________________

novaes_jequieense, udbs liked this post
Fellype no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old October 8th, 2017, 06:01 PM   #3282
thiagocyb
Thiago L.
 
thiagocyb's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Belo Horizonte / Araxá / Minas Gerais
Posts: 1,664
Likes (Received): 293

Quote:
Originally Posted by thiagocyb View Post
Construtora Conel também está construindo a nova Agência Sicoob Crediara na Rua Mariano de Ávila, aquela mesmo que teve até concurso, vencido pela Insite Arquitetos, do Rio de Janeiro.

A construção foi iniciada este mês e a previsão de término da obra é Janeiro de 2018.

Sem dúvida uma belíssima agência bancária que vai dar um up naquela região.
























Achei a obra bem diferente so projeto vencedor do concurso.
thiagocyb no está en línea   Reply With Quote
Old October 11th, 2017, 06:35 AM   #3283
Diogo F. Alves
Diogo Alves
 
Diogo F. Alves's Avatar
 
Join Date: Sep 2016
Location: Araxá
Posts: 74
Likes (Received): 93

Araxá entre as quatro melhores cidades para se investir em MG

"Um estudo da consultoria Urban Systems, feito com exclusividade para a revista Exame, identificou as cidades com mais de 100 mil habitantes com melhores condições para realização de negócios. O levantamento, publicado na última semana, coloca Araxá entre os quatro melhores municípios para se investir em Minas Gerais e na 71ª colocação no país entre as 100 cidades mais promissoras para investimentos.

A cidade com melhor pontuação no ranking foi São Paulo (SP) com 15,29 pontos, seguido por Vitória (ES) com 14,25 e Porto Alegre (RS) com 13.55. Em Minas Gerais, nove cidades apareceram no estudo. Belo Horizonte com 12,47 pontos (9ª), Uberlândia com 10,55 pontos (28ª), Juiz de Fora com 10.04 pontos (43ª), Araxá com 9,55 pontos (71ª), Uberaba com 9,54 pontos (73ª), Varginha com 9,40 (80ª), Pouso Alegre com 9,33 pontos (83ª), Lavras com 9,32 pontos (86ª) e Poços de Caldas com 9,24 pontos (92ª)."

Fonte: CLARIM
Diogo F. Alves no está en línea   Reply With Quote
Old October 11th, 2017, 06:48 AM   #3284
Diogo F. Alves
Diogo Alves
 
Diogo F. Alves's Avatar
 
Join Date: Sep 2016
Location: Araxá
Posts: 74
Likes (Received): 93

Legal ver Araxá nessa lista, a cidade ta evoluindo muito nesses anos.




Quem quiser ver o ranking completo:
https://exame.abril.com.br/revista-e...-esta-tracado/
__________________

Valter liked this post
Diogo F. Alves no está en línea   Reply With Quote
Old October 11th, 2017, 02:23 PM   #3285
Valter
Registered User
 
Valter's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 9,526
Likes (Received): 2045

Araxá entre as quatro melhores cidades para se investir em MG e na 71ª colocação no país

Um estudo da consultoria Urban Systems, feito com exclusividade para a revista Exame, identificou as cidades com mais de 100 mil habitantes com melhores condições para realização de negócios. O levantamento, publicado na última semana, coloca Araxá entre os quatro melhores municípios para se investir em Minas Gerais e na 71ª colocação no país entre as 100 cidades mais promissoras para investimentos.

Para elaborar o ranking das melhores cidades do Brasil para se fazer negócio, foram analisados 28 indicadores. Cada indicador, considerado aspecto essencial para a evolução dos negócios em uma cidade, tem um peso conforme sua importância na atualidade, totalizando 27 pontos. As melhores cidades do Brasil para os negócios apresentam indicadores econômicos, sociais, capital humano e infraestrutura.

A cidade com melhor pontuação no ranking foi São Paulo (SP) com 15,29 pontos, seguido por Vitória (ES) com 14,25 e Porto Alegre (RS) com 13.55. Em Minas Gerais, nove cidades apareceram no estudo. Belo Horizonte com 12,47 pontos (9ª), Uberlândia com 10,55 pontos (28ª), Juiz de Fora com 10.04 pontos (43ª), Araxá com 9,55 pontos (71ª), Uberaba com 9,54 pontos (73ª), Varginha com 9,40 (80ª), Pouso Alegre com 9,33 pontos (83ª), Lavras com 9,32 pontos (86ª) e Poços de Caldas com 9,24 pontos (92ª).

Indicadores

Dentre os indicadores considerados pelo estudo de 2017, estão os aspectos de Sociodemografia (crescimento populacional, população economicamente ativa, percentual de chefes de família da classe A); Econômico (depósitos, crescimento interno bruto, crescimento de empregos formais, renda, resultados consolidados de finanças públicas, dentre outros); Saúde (total de leitos por habitantes, despesas com saúde, beneficiários de convênios médicos); Educação (percentual de trabalhadores com curso superior, matriculas no curso superior em relação à população economicamente ativa, percentual de docentes no ensino fundamental com curso superior); Financeiro (gestão fiscal, agências bancárias por número de habitantes); Transporte (crescimento da frota de automóveis, destinos do principal aeroporto, linhas rodoviárias) e Infraestrutura (conexões de banda larga, índices de perdas de distribuição de água, economias atingidas por paralisações).

http://www.diariodearaxa.com.br/arax...cacao-no-pais/
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old October 12th, 2017, 06:41 AM   #3286
thiagocyb
Thiago L.
 
thiagocyb's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Belo Horizonte / Araxá / Minas Gerais
Posts: 1,664
Likes (Received): 293

__________________

Pedro28 liked this post
thiagocyb no está en línea   Reply With Quote
Old October 13th, 2017, 08:30 PM   #3287
Pedro28
Pedro H.
 
Pedro28's Avatar
 
Join Date: Aug 2011
Location: Araxá/MG
Posts: 338
Likes (Received): 140

Araxá (MG)

A prefeitura está trocando as luzes aqui do bairro pra LED.

__________________
"My goal is simple. It is a complete understanding of the universe, why it is as it is and why it exists at all." - Stephen Hawking
Pedro28 no está en línea   Reply With Quote
Old October 20th, 2017, 12:22 AM   #3288
Diogo F. Alves
Diogo Alves
 
Diogo F. Alves's Avatar
 
Join Date: Sep 2016
Location: Araxá
Posts: 74
Likes (Received): 93


FOTO: Luis Guilherme Leite
__________________

Vargas, guileite, Pedro28, Valter liked this post
Diogo F. Alves no está en línea   Reply With Quote
Old October 20th, 2017, 12:33 AM   #3289
Vargas
Registered User
 
Vargas's Avatar
 
Join Date: Jun 2006
Location: MG
Posts: 5,444

O skyline de Araxá melhorou mto em pouco tempo!
__________________
Hamilton Nova Zelândia
Vargas no está en línea   Reply With Quote
Old October 20th, 2017, 03:40 AM   #3290
thiagocyb
Thiago L.
 
thiagocyb's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Belo Horizonte / Araxá / Minas Gerais
Posts: 1,664
Likes (Received): 293

Essa vegetação típica do cerrado torna o skyline inconfundível.
thiagocyb no está en línea   Reply With Quote
Old October 20th, 2017, 05:04 PM   #3291
Diogo F. Alves
Diogo Alves
 
Diogo F. Alves's Avatar
 
Join Date: Sep 2016
Location: Araxá
Posts: 74
Likes (Received): 93

Codemig garante que fábrica de ímãs de terras-raras será em Araxá

O Governo do Estado de Minas Gerais e a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) protagonizam a implantação do primeiro laboratório-fábrica de ímãs de terras-raras no Brasil. A Codemig esclarece que o empreendimento a ser instalado em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, é o laboratório-fábrica propriamente dito, que possui caráter experimental. Por definição, um laboratório-fábrica consiste em uma “unidade de desenvolvimento tecnológico e produção industrial em pequenas séries para atender a demanda de mercado e fomentar novos investimentos industriais”. Conforme já divulgado pela Empresa, inclusive em seu site institucional (www.codemig.com.br), também serão realizados “os estudos de viabilidade técnica, econômica, comercial e ambiental de uma unidade industrial de grande porte de ligas e ímãs permanentes de terras-raras a ser erguida em Minas Gerais, buscando resoluções para as questões de rentabilidade, de modo a alinhar as escolhas técnicas às demandas e aplicações de maior impacto para o mercado de ímãs de terras-raras no Brasil”. Evidenciando-se a viabilidade, o objetivo é que essa unidade industrial de grande porte (fábrica definitiva) seja instalada na região de Araxá, beneficiando diretamente a localidade.

Para a definição do local de instalação do laboratório-fábrica, foi realizado estudo locacional entre áreas disponíveis para a Codemig, considerando-se critérios variados, como condições do terreno, infraestrutura da cidade, facilidade de transporte, proximidade a aeroportos e a institutos de pesquisas e universidades, que terão apoio importante na implantação do empreendimento. Tendo em vista o caráter inovador do projeto, a ação pioneira representa um passo importante para a fabricação do ímã permanente de terras-raras no País, elemento imprescindível à vida moderna.

O projeto inclui ações para apoiar a estruturação de um ambiente empresarial capaz de fomentar em Minas Gerais a competência tecnológica e produtiva das ligas e dos ímãs permanentes de terras-raras de diferentes características para as mais diversas aplicações. Isso inclui a atração e o desenvolvimento de fornecedores de equipamentos e insumos nos setores de mineração e metalurgia, bem como o suporte aos desenvolvedores de produtos e, principalmente, o estímulo a pesquisas realizadas em universidades e institutos de tecnologia, além da formação de mão-de-obra especializada.

Quanto à perspectiva de geração de empregos a partir do laboratório-fábrica, a Codemig esclarece que a projeção de 5.634 vagas diretas e indiretas de trabalho foi baseada em metodologia de cálculo fornecida pelos estudos contratados pela Codemig. Tal metodologia de mensuração do potencial de impacto socioeconômico levou em conta o valor e o período do investimento, bem como o setor econômico no qual o projeto se insere. Foram considerados, portanto, os multiplicadores do setor de Extração de Minérios de Metais Preciosos e Terras-Raras e o investimento de R$ 175,5 milhões em cinco anos. Dos 5.634 empregos estimados, o laboratório-fábrica deve empregar, diretamente, cerca de 50 pessoas no período de cinco anos. A quantidade restante refere-se à projeção de empregos indiretos nesse mesmo período, abarcando, por exemplo, fornecedores de insumos/matérias-primas, rede hoteleira, restaurantes e o segmento da construção civil, entre outros. Ressalta-se que esse volume de mão de obra indireta não está necessariamente circunscrito à região onde o laboratório-fábrica funcionará, podendo impactar positivamente distintos territórios mineiros e até mesmo outros estados brasileiros. Inclusive, parte da mão de obra indireta refere-se à cidade de Araxá, haja vista que uma parcela dos insumos virá da CBMM e que o investimento considerará também o desenvolvimento da redução dos óxidos de terras-raras de Araxá.

A Codemig salienta que seus investimentos em Araxá se estendem para além da vertente econômica, ao considerar, também, os fatores social e cultural, tendo em vista que a Empresa investe parte dos seus resultados no próprio município, valorizado pela Codemig por meio de diversas ações de desenvolvimento. Investiu, por exemplo, na recuperação e reforma do histórico e grandioso Grande Hotel, nas termas, na revitalização do Lago Norte e na Igreja Nossa Senhora das Graças do Barreiro, além dos investimentos atuais na revitalização e modernização do Distrito Industrial de Araxá, na implantação da Vila do Artesanato, local que irá reunir artesãos de diversas especialidades regionais e potencializar o escoamento da produção local, e na conservação das ruínas do Hotel Radium. O Governo de Minas Gerais e a Codemig também investem em melhorias viárias na cidade de Araxá, por meio do convênio que está sendo desenvolvido junto à Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e prevê a duplicação da Avenida Ítalo Ros, com construção de ciclovia, e o prolongamento da Rua Tenente Coronel Hermenegildo Magalhães, que ligará a região do Batalhão da Polícia Militar com a rodovia BR 262, além das melhorias viárias nas rodovias AMG-0705 e AMG-0715 (Barreiro). Araxá também integra o Voe Minas Gerais, Projeto de Integração Regional de Minas Gerais – Modal Aéreo e o Cineminas – Programa Codemig de Apoio ao Cinema.


O Laboratório-fábrica

A ideia de um laboratório-fábrica de Ímãs de Terras-Raras no Brasil nasce com o foco final de desenvolver e diversificar a produção de “equipamentos fins” que utilizam ímãs permanentes de terras-raras como parte integrante de sua estrutura e funcionamento, como, por exemplo, turbinas eólicas, motores elétricos industriais, motores elétricos automotivos, entre outros. Para tanto, fazia-se necessário estudar a viabilidade, considerando a necessidade de desenvolver e consolidar no Brasil as tecnologias necessárias para se partir dos óxidos de terras-raras e se chegar até os ímãs. Nesse intuito, a Codemig contratou o serviço para desenvolvimento de um projeto estruturante de viabilização de um laboratório-fábrica de ímãs de terras raras no brasil, focado em ações relacionadas ao desenvolvimento tecnológico da cadeia produtiva, principalmente nas etapas de fabricação de ligas e ímãs.

Foram investidos até o momento R$ 3 milhões, referentes ao serviço de elaboração do Plano de Negócio e do Projeto Executivo do laboratório-fábrica. Do custo estimado de R$ 80 milhões para a construção do laboratório-fábrica de ímãs de terras raras, a Codemig tem hoje o processo de licitação para a obra civil aberta, com uma estimativa de investimento no valor R$ 33,6 milhões. O valor que completa os R$ 80 milhões refere-se à compra de equipamentos da fábrica e do laboratório, que será realizada em seguida. Junto com o estudo de viabilidade técnica, econômica, comercial e ambiental para o laboratório-fábrica, foi realizado um estudo preliminar para uma unidade industrial. Um estudo mais robusto deverá ser realizado depois dos primeiros anos de operação do laboratório-fábrica, já que uma das metas deste empreendimento é viabilizar o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva, desde a produção dos óxidos até a produção de motores elétricos e turbinas eólicas, por exemplo.

O tamanho da área construída finalizada no projeto executivo do laboratório-fábrica é de 5.160 m², com previsão de inauguração para outubro de 2018. O processo de licitação para a obra de construção do laboratório-fábrica de ímãs de terras-raras está em andamento na Codemig (Concorrência 10/2017), com edital e demais documentos disponíveis no site (www.codemig.com.br/licitacoes/CODEMIG/317-17/). A planta terá capacidade de produção de aproximadamente 100 toneladas de ímãs.

O foco do laboratório-fábrica de Ligas e Ímãs de Terras-Raras será a produção de tecnologia. Com a produção de ímãs permanentes de NdFeB sintetizados a partir do desenvolvimento e da consolidação dos processos de toda a cadeia produtiva, o laboratório-fábrica constituirá um ambiente propício ao desenvolvimento de novas tecnologias de processos inerentes à fabricação dos ímãs. Iniciando com a redução do óxido a metal e passando pelas ligas, pela fabricação dos ímãs e, por último, pelo desenvolvimento de novas tecnologias de recobrimento, o laboratório-fábrica trabalhará junto a empresas para produção de magnetos customizados às necessidades do mercado. Dessa forma, uma empresa de motores poderá projetar seu novo produto, considerando a possibilidade de ter um ímã produzido para atender nas questões de miniaturização e/ou desempenho.


Além disso, o laboratório-fábrica trabalhará com uma rede de Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTIs) visando ao desenvolvimento de novos produtos e processos, bem como à capacitação técnica para essa área. A Codemig já recebeu de diversas empresas, nacionais e estrangeiras, Cartas de Interesse de Teste e Desenvolvimento de Produtos utilizando ímãs nacionais provenientes do laboratório-fábrica de ligas e ímãs de terras. Com os estudos realizados até o momento, foi possível a identificação de novos potenciais parceiros, bem como a consolidação de parcerias já existentes, para fortalecer os desenvolvimentos em P&D e iniciar o processo de consolidação dessa tecnologia com produtos no mercado nacional.

O projeto conta com a participação da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), do Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear (CDTN) e da Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi), consolidando a parceria com essas instituições, além das empresas Imag e Brats.

FONTE: ARAXÁAGORA
__________________

Valter liked this post
Diogo F. Alves no está en línea   Reply With Quote
Old October 20th, 2017, 10:49 PM   #3292
Pedro28
Pedro H.
 
Pedro28's Avatar
 
Join Date: Aug 2011
Location: Araxá/MG
Posts: 338
Likes (Received): 140

É aqui que será constituído o 3º prédio né?



__________________
"My goal is simple. It is a complete understanding of the universe, why it is as it is and why it exists at all." - Stephen Hawking

Valter, Vargas liked this post
Pedro28 no está en línea   Reply With Quote
Old October 21st, 2017, 12:21 AM   #3293
thiagocyb
Thiago L.
 
thiagocyb's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Belo Horizonte / Araxá / Minas Gerais
Posts: 1,664
Likes (Received): 293

Esse terreno foi limpo recentemente...

Esse será apenas 10 pavimentos, correto?
thiagocyb no está en línea   Reply With Quote
Old Yesterday, 10:37 PM   #3294
udbs
Registered User
 
Join Date: Aug 2012
Posts: 211
Likes (Received): 211

Quote:
Originally Posted by Diogo F. Alves View Post
Codemig garante que fábrica de ímãs de terras-raras será em Araxá

O Governo do Estado de Minas Gerais e a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) protagonizam a implantação do primeiro laboratório-fábrica de ímãs de terras-raras no Brasil. A Codemig esclarece que o empreendimento a ser instalado em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, é o laboratório-fábrica propriamente dito, que possui caráter experimental. Por definição, um laboratório-fábrica consiste em uma “unidade de desenvolvimento tecnológico e produção industrial em pequenas séries para atender a demanda de mercado e fomentar novos investimentos industriais”. Conforme já divulgado pela Empresa, inclusive em seu site institucional (www.codemig.com.br), também serão realizados “os estudos de viabilidade técnica, econômica, comercial e ambiental de uma unidade industrial de grande porte de ligas e ímãs permanentes de terras-raras a ser erguida em Minas Gerais, buscando resoluções para as questões de rentabilidade, de modo a alinhar as escolhas técnicas às demandas e aplicações de maior impacto para o mercado de ímãs de terras-raras no Brasil”. Evidenciando-se a viabilidade, o objetivo é que essa unidade industrial de grande porte (fábrica definitiva) seja instalada na região de Araxá, beneficiando diretamente a localidade.

Para a definição do local de instalação do laboratório-fábrica, foi realizado estudo locacional entre áreas disponíveis para a Codemig, considerando-se critérios variados, como condições do terreno, infraestrutura da cidade, facilidade de transporte, proximidade a aeroportos e a institutos de pesquisas e universidades, que terão apoio importante na implantação do empreendimento. Tendo em vista o caráter inovador do projeto, a ação pioneira representa um passo importante para a fabricação do ímã permanente de terras-raras no País, elemento imprescindível à vida moderna.

O projeto inclui ações para apoiar a estruturação de um ambiente empresarial capaz de fomentar em Minas Gerais a competência tecnológica e produtiva das ligas e dos ímãs permanentes de terras-raras de diferentes características para as mais diversas aplicações. Isso inclui a atração e o desenvolvimento de fornecedores de equipamentos e insumos nos setores de mineração e metalurgia, bem como o suporte aos desenvolvedores de produtos e, principalmente, o estímulo a pesquisas realizadas em universidades e institutos de tecnologia, além da formação de mão-de-obra especializada.

Quanto à perspectiva de geração de empregos a partir do laboratório-fábrica, a Codemig esclarece que a projeção de 5.634 vagas diretas e indiretas de trabalho foi baseada em metodologia de cálculo fornecida pelos estudos contratados pela Codemig. Tal metodologia de mensuração do potencial de impacto socioeconômico levou em conta o valor e o período do investimento, bem como o setor econômico no qual o projeto se insere. Foram considerados, portanto, os multiplicadores do setor de Extração de Minérios de Metais Preciosos e Terras-Raras e o investimento de R$ 175,5 milhões em cinco anos. Dos 5.634 empregos estimados, o laboratório-fábrica deve empregar, diretamente, cerca de 50 pessoas no período de cinco anos. A quantidade restante refere-se à projeção de empregos indiretos nesse mesmo período, abarcando, por exemplo, fornecedores de insumos/matérias-primas, rede hoteleira, restaurantes e o segmento da construção civil, entre outros. Ressalta-se que esse volume de mão de obra indireta não está necessariamente circunscrito à região onde o laboratório-fábrica funcionará, podendo impactar positivamente distintos territórios mineiros e até mesmo outros estados brasileiros. Inclusive, parte da mão de obra indireta refere-se à cidade de Araxá, haja vista que uma parcela dos insumos virá da CBMM e que o investimento considerará também o desenvolvimento da redução dos óxidos de terras-raras de Araxá.

A Codemig salienta que seus investimentos em Araxá se estendem para além da vertente econômica, ao considerar, também, os fatores social e cultural, tendo em vista que a Empresa investe parte dos seus resultados no próprio município, valorizado pela Codemig por meio de diversas ações de desenvolvimento. Investiu, por exemplo, na recuperação e reforma do histórico e grandioso Grande Hotel, nas termas, na revitalização do Lago Norte e na Igreja Nossa Senhora das Graças do Barreiro, além dos investimentos atuais na revitalização e modernização do Distrito Industrial de Araxá, na implantação da Vila do Artesanato, local que irá reunir artesãos de diversas especialidades regionais e potencializar o escoamento da produção local, e na conservação das ruínas do Hotel Radium. O Governo de Minas Gerais e a Codemig também investem em melhorias viárias na cidade de Araxá, por meio do convênio que está sendo desenvolvido junto à Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e prevê a duplicação da Avenida Ítalo Ros, com construção de ciclovia, e o prolongamento da Rua Tenente Coronel Hermenegildo Magalhães, que ligará a região do Batalhão da Polícia Militar com a rodovia BR 262, além das melhorias viárias nas rodovias AMG-0705 e AMG-0715 (Barreiro). Araxá também integra o Voe Minas Gerais, Projeto de Integração Regional de Minas Gerais – Modal Aéreo e o Cineminas – Programa Codemig de Apoio ao Cinema.


O Laboratório-fábrica

A ideia de um laboratório-fábrica de Ímãs de Terras-Raras no Brasil nasce com o foco final de desenvolver e diversificar a produção de “equipamentos fins” que utilizam ímãs permanentes de terras-raras como parte integrante de sua estrutura e funcionamento, como, por exemplo, turbinas eólicas, motores elétricos industriais, motores elétricos automotivos, entre outros. Para tanto, fazia-se necessário estudar a viabilidade, considerando a necessidade de desenvolver e consolidar no Brasil as tecnologias necessárias para se partir dos óxidos de terras-raras e se chegar até os ímãs. Nesse intuito, a Codemig contratou o serviço para desenvolvimento de um projeto estruturante de viabilização de um laboratório-fábrica de ímãs de terras raras no brasil, focado em ações relacionadas ao desenvolvimento tecnológico da cadeia produtiva, principalmente nas etapas de fabricação de ligas e ímãs.

Foram investidos até o momento R$ 3 milhões, referentes ao serviço de elaboração do Plano de Negócio e do Projeto Executivo do laboratório-fábrica. Do custo estimado de R$ 80 milhões para a construção do laboratório-fábrica de ímãs de terras raras, a Codemig tem hoje o processo de licitação para a obra civil aberta, com uma estimativa de investimento no valor R$ 33,6 milhões. O valor que completa os R$ 80 milhões refere-se à compra de equipamentos da fábrica e do laboratório, que será realizada em seguida. Junto com o estudo de viabilidade técnica, econômica, comercial e ambiental para o laboratório-fábrica, foi realizado um estudo preliminar para uma unidade industrial. Um estudo mais robusto deverá ser realizado depois dos primeiros anos de operação do laboratório-fábrica, já que uma das metas deste empreendimento é viabilizar o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva, desde a produção dos óxidos até a produção de motores elétricos e turbinas eólicas, por exemplo.

O tamanho da área construída finalizada no projeto executivo do laboratório-fábrica é de 5.160 m², com previsão de inauguração para outubro de 2018. O processo de licitação para a obra de construção do laboratório-fábrica de ímãs de terras-raras está em andamento na Codemig (Concorrência 10/2017), com edital e demais documentos disponíveis no site (www.codemig.com.br/licitacoes/CODEMIG/317-17/). A planta terá capacidade de produção de aproximadamente 100 toneladas de ímãs.

O foco do laboratório-fábrica de Ligas e Ímãs de Terras-Raras será a produção de tecnologia. Com a produção de ímãs permanentes de NdFeB sintetizados a partir do desenvolvimento e da consolidação dos processos de toda a cadeia produtiva, o laboratório-fábrica constituirá um ambiente propício ao desenvolvimento de novas tecnologias de processos inerentes à fabricação dos ímãs. Iniciando com a redução do óxido a metal e passando pelas ligas, pela fabricação dos ímãs e, por último, pelo desenvolvimento de novas tecnologias de recobrimento, o laboratório-fábrica trabalhará junto a empresas para produção de magnetos customizados às necessidades do mercado. Dessa forma, uma empresa de motores poderá projetar seu novo produto, considerando a possibilidade de ter um ímã produzido para atender nas questões de miniaturização e/ou desempenho.


Além disso, o laboratório-fábrica trabalhará com uma rede de Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTIs) visando ao desenvolvimento de novos produtos e processos, bem como à capacitação técnica para essa área. A Codemig já recebeu de diversas empresas, nacionais e estrangeiras, Cartas de Interesse de Teste e Desenvolvimento de Produtos utilizando ímãs nacionais provenientes do laboratório-fábrica de ligas e ímãs de terras. Com os estudos realizados até o momento, foi possível a identificação de novos potenciais parceiros, bem como a consolidação de parcerias já existentes, para fortalecer os desenvolvimentos em P&D e iniciar o processo de consolidação dessa tecnologia com produtos no mercado nacional.

O projeto conta com a participação da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), do Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear (CDTN) e da Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi), consolidando a parceria com essas instituições, além das empresas Imag e Brats.

FONTE: ARAXÁAGORA
Não sei não, se vai construir o Laboratório/Fábrica em Lagoa Santa, porque que ja não constrói aqui.
Porque que não começa a gastar esse dinheiro todo aqui.
Não da pra entender, se alguém souber, por favor me explica.
Depois muda governo, muda um tanto de coisas e nunca mais veremos esta Fábrica.
Eu acho que a CBMM tinha que exigir que este Laboratório/Fábrica seja em Araxá.
Alguém sabe mais detalhes?
udbs no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
araxá minas gerais, obras

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 08:55 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu