search the site
 daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Arquitetura e Discussões Urbanas



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rate Thread
Old April 16th, 2017, 09:30 PM   #1
Yuri S Andrade
Registered User
 
Yuri S Andrade's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: São Paulo
Posts: 14,809
Likes (Received): 17627

Arranjos Populacionais do IBGE - 2016

O IBGE lançou há pouco tempo atrás a atualização do seu trabalho sobre regiões metropolitanas. O PDF da publicação completa, tabelas, mapas e o mais interessante, a base de dados, pode ser encontrada aqui: http://www.ibge.gov.br/home/geocienc...fault.shtm?c=9

Simplificando, para um município ser considerado parte de RM de outro, ele deve atender um dos três critérios: índice de integração relativa de 17%, deslocamento absoluto superior a 10 mil pessoas ou ser conurbado (menos de 3km entre as manchas urbanas).

Como o material é riquíssimo, e trata-se de um tema que tenho certeza que interessa muito aos colegas do SSC, decidi abrir o thread para debatermos o assunto.

Yuri S Andrade no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old April 16th, 2017, 10:25 PM   #2
ABC Paulista
Registered User
 
ABC Paulista's Avatar
 
Join Date: Aug 2012
Location: Boituva
Posts: 3,057
Likes (Received): 1564

Eu tenho o estudo anterior salvo em meu pc, assim depois posso comparar com o estudo anterior.
Mas já deixando claro: Arranjo Populacional =/= Região Metropolitana. Este estudo abrange apenas um dos aspectos do todo que compõe uma RM. Por isso, este estudo é muito mais abrangente do que seria um de RMs.
ABC Paulista no está en línea   Reply With Quote
Old April 16th, 2017, 10:58 PM   #3
Yuri S Andrade
Registered User
 
Yuri S Andrade's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: São Paulo
Posts: 14,809
Likes (Received): 17627

ABC, geralmente regiões metropolitanas são definidas mundo afora por níveis de commute (deslocamento para estudo ou trabalho para fora do município de residência), ou seja, exatamente o que conta no estudo dos arranjos do IBGE.

Enquanto o IBGE estabeleceu o limite de 17% da força de trabalho/estudo se deslocando em ambas as direções, o US Census Bureau utiliza 25% para as MSAs e 15% para as CSAs.
Yuri S Andrade no está en línea   Reply With Quote
Old April 16th, 2017, 11:38 PM   #4
ABC Paulista
Registered User
 
ABC Paulista's Avatar
 
Join Date: Aug 2012
Location: Boituva
Posts: 3,057
Likes (Received): 1564

Quote:
Originally Posted by Yuri S Andrade View Post
ABC, geralmente regiões metropolitanas são definidas mundo afora por níveis de commute (deslocamento para estudo ou trabalho para fora do município de residência), ou seja, exatamente o que conta no estudo dos arranjos do IBGE.

Enquanto o IBGE estabeleceu o limite de 17% da força de trabalho/estudo se deslocando em ambas as direções, o US Census Bureau utiliza 25% para as MSAs e 15% para as CSAs.
Como eu disse anteriormente, este é apenas um dos aspectos, sendo que há outros aspectos que ajudam a definir se uma região é metropolitana ou abaixo disto mesmo havendo uma integração, aspectos como população total da região, o nível de urbanização que a região possui, quantidade e níveis de serviços, PIB do comércio e indústria, etc.

No Canadá, por exemplo, as CMAs (Census Metropolitan Areas) tem que possuir pelo menos 100.000 habitantes e metade destes tem que morar na área urbana central. Na Austrália e na Índia, a região tem que possuir pelo menos 1 milhão de habitantes. Em Israel, para uma região ser metropolitana esta tem que possuir uma boa fatia do PIB nacional. Na Turquia, o critério era semelhante ao de Israel, mas depois modificou-se para a população mínima de 750.000 habitantes. E assim vai...
ABC Paulista no está en línea   Reply With Quote
Old April 17th, 2017, 12:14 AM   #5
Yuri S Andrade
Registered User
 
Yuri S Andrade's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: São Paulo
Posts: 14,809
Likes (Received): 17627


No caso é uma questão de nomenclatura mesmo. Podemos convencionar a chamar os arranjos populacionais acima de 100 mil ou 200 mil hab. de "região metropolitana".

--------------------------------------------------------------------------

Voltando ao estudo, uma das coisas que mais chamam atenção é que obedecendo-se os critérios determinados, toda a região macrometropolitana já forma um único arranjo populacional, obedecendo-se o segundo critério, de números absolutos (trocas superiores a 10.000 pessoas):



O IBGE decidiu contudo em manter todos esses arranjos populacionais, provavelmente para efeitos de comparação. Seja como for, já podemos dizer que o Brasil já tem uma região metropolitana com 30 milhões de habitantes.
Yuri S Andrade no está en línea   Reply With Quote
Old April 17th, 2017, 12:52 AM   #6
Hello_World
Non dvcor, dvco!
 
Hello_World's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: Interior Paulista
Posts: 13,174
Likes (Received): 28509

Sou super a favor de uma nova redivisão do país seguindo o mapa abaixo:

Hello_World no está en línea   Reply With Quote
Old April 17th, 2017, 01:32 AM   #7
ABC Paulista
Registered User
 
ABC Paulista's Avatar
 
Join Date: Aug 2012
Location: Boituva
Posts: 3,057
Likes (Received): 1564

Quote:
Originally Posted by Yuri S Andrade View Post

No caso é uma questão de nomenclatura mesmo. Podemos convencionar a chamar os arranjos populacionais acima de 100 mil ou 200 mil hab. de "região metropolitana".
Neste próprio estudo de Arranjos Populacionais, o IBGE diz que "O Mapa 5 mostra a distribuição das grandes concentrações urbanas do Brasil e a hierarquia das maiores cidades classificadas no estudo Regiões de influência das cidades 2007 (REGIÕES…, 2008), realizado pelo IBGE. Verifica-se, dessa forma, que, de um total de 26 grandes concentrações urbanas, 12 são de caráter metropolitano: "São Paulo/SP", "Rio de Janeiro/RJ", "Belo Horizonte/MG", "Recife/PE", 2ª Integração de "Porto Alegre/RS", "Salvador/BA", "Brasília/DF", "Fortaleza/CE","Curitiba/PR", "Goiânia/GO", "Belém/PA" e Manaus (AM)."

No mais. lembro-me que no estudo do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) sobre RMs, eles definiram um limite mínimo de 400.000 habitante que a principal cidade do arranjo teria que ter para ser considerada uma RM. Acredito que um limite de 400, 500 mil para todo o arranjo seria melhor para delimitar se é RM ou não.

Quote:
Originally Posted by Yuri S Andrade View Post
Voltando ao estudo, uma das coisas que mais chamam atenção é que obedecendo-se os critérios determinados, toda a região macrometropolitana já forma um único arranjo populacional, obedecendo-se o segundo critério, de números absolutos (trocas superiores a 10.000 pessoas):

O IBGE decidiu contudo em manter todos esses arranjos populacionais, provavelmente para efeitos de comparação. Seja como for, já podemos dizer que o Brasil já tem uma região metropolitana com 30 milhões de habitantes.
Isto não é nada mais é do que a Macrometrópole Paulista, algo que já intensamente discutido por aqui (inclusive com thread próprio de quase 40 páginas) e que já havia sido identificada na edição anterior. Segue imagem de 2015 para comparação:

De 2015 para 2016, houve a adição de Paraibuna, Juquitiba e Jaguariúna.

E isto é o que o EMPLASA define como sendo a macrometrópole:
__________________

Yuri S Andrade liked this post
ABC Paulista no está en línea   Reply With Quote
Old April 17th, 2017, 04:23 AM   #8
Yuri S Andrade
Registered User
 
Yuri S Andrade's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: São Paulo
Posts: 14,809
Likes (Received): 17627

Trazendo os arranjos populacionais acima de 1 milhão de habitantes (Estimativa 2016 - IBGE):

Code:
São Paulo ------------------ 29.905.868
- São Paulo ---------------- 21.242.939
- Campinas ------------------ 2.850.957
- Santos -------------------- 1.689.184
- S. José Campos-Taubaté ---- 1.585.796
- Sorocaba -------------------- 865.438
- Jundiaí --------------------- 780.927
- Piracicaba ------------------ 452.410
- Itu-Salto ------------------- 283.836
- São Roque-Mairinque --------- 154.381
Rio de Janeiro --------------12.709.106
Belo Horizonte -------------- 5.126.718
Recife ---------------------- 3.995.949
Porto Alegre ---------------- 3.922.126
Brasília -------------------- 3.886.702
Salvador -------------------- 3.880.684
Fortaleza ------------------- 3.567.037
Curitiba -------------------- 3.354.869
Goiânia --------------------- 2.354.512
Belém ----------------------- 2.142.147
Manaus ---------------------- 2.094.391
Natal ----------------------- 1.333.153
Maceió ---------------------- 1.222.962
João Pessoa ----------------- 1.138.419
Aracaju --------------------- 1.038.808
Florianópolis --------------- 1.004.302
Esses são os arranjos usando o critério cheio, "intensidade muito alta" (integração relativa a 17%, absoluta acima de 10 mil pessoas).

Postarei uma tabela acrescentando municípios de "intensidade alta" (acima de 13,6% e 8 mil pessoas) e intensidade média-alta (acima de 10,2% e 6 mil pessoas), o que poderá indicar as novas definições pós-Censo 2020.
Yuri S Andrade no está en línea   Reply With Quote
Old April 17th, 2017, 04:35 AM   #9
Yuri S Andrade
Registered User
 
Yuri S Andrade's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: São Paulo
Posts: 14,809
Likes (Received): 17627

EDITANDO. Faltaram algumas:

Code:
São Paulo ------------------ 29.905.868
- São Paulo ---------------- 21.242.939
- Campinas ------------------ 2.850.957
- Santos -------------------- 1.689.184
- S. José Campos-Taubaté ---- 1.585.796
- Sorocaba -------------------- 865.438
- Jundiaí --------------------- 780.927
- Piracicaba ------------------ 452.410
- Itu-Salto ------------------- 283.836
- São Roque-Mairinque --------- 154.381
Rio de Janeiro --------------12.709.106
Belo Horizonte -------------- 5.126.718
Recife ---------------------- 3.995.949
Porto Alegre ---------------- 3.922.126
Brasília -------------------- 3.886.702
Salvador -------------------- 3.880.684
Fortaleza ------------------- 3.567.037
Curitiba -------------------- 3.354.869
Goiânia --------------------- 2.354.512
Belém ----------------------- 2.142.147
Manaus ---------------------- 2.094.391
Vitória --------------------- 1.813.977
São Luís -------------------- 1.409.162
Natal ----------------------- 1.333.153
Maceió ---------------------- 1.222.962
João Pessoa ----------------- 1.138.419
Aracaju --------------------- 1.038.808
Teresina -------------------- 1.013.725
Florianópolis --------------- 1.004.302
Yuri S Andrade no está en línea   Reply With Quote
Old April 18th, 2017, 01:24 AM   #10
Nat_Mac
Let's Boogie Down!
 
Nat_Mac's Avatar
 
Join Date: Nov 2008
Location: Goiânia, Goiás, Brazil
Posts: 824
Likes (Received): 1197

Agora Anápolis já aparece com pelo menos média-alta integração com o arranjo populacional de Goiânia.
__________________
GOIÁS ESPORTE CLUBE

Conheça Goiás, surpreenda-se.

Let the 70's last forever. Keep on dancing to the funky music.
Nat_Mac no está en línea   Reply With Quote
Old April 18th, 2017, 01:28 PM   #11
Yuri S Andrade
Registered User
 
Yuri S Andrade's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: São Paulo
Posts: 14,809
Likes (Received): 17627


Nat, eu terminei ontem uma lista com todos os arranjos populacionais+municípios com intensidade alta. Não tivemos muitas alterações.

Não analisei ainda, contudo, se arranjos se fundiriam por terem essa relação de intensidade alta entre eles. Por exemplo, o arranjo de Belo Horizonte poderá engolir o pequeno arranjo de Matozinhos. São Paulo (que eu estou tratando em conjunto) poderá incorporar arranjos de Limeira, Atibaia, Itatiba, Capivari, etc. O mesmo poderá acontecer com Porto Alegre, Rio de Janeiro e Presidente Prudente, que assim como São Paulo, são formadas por agrupamento de arranjos.

Terminado essa parte, passarei agora a adicionar na lista os municípios de intensidade média-alta, e aí a inclusão de Anápolis no arranjo de Goiânia poderá ser a maior modificação. Ela se dará apenas por número absolutos (deslocamento de pouco mais de 6 mil pessoas). Anápolis e Brasília têm 2 mil pessoas entre elas, e Goiânia e Brasília, 9 mil.
Yuri S Andrade no está en línea   Reply With Quote
Old April 18th, 2017, 01:47 PM   #12
Junior BH
Registered User
 
Join Date: Feb 2011
Location: Belo Horizonte
Posts: 1,231
Likes (Received): 252

Quote:
Originally Posted by Yuri S Andrade View Post

Nat, eu terminei ontem uma lista com todos os arranjos populacionais+municípios com intensidade alta. Não tivemos muitas alterações.

Não analisei ainda, contudo, se arranjos se fundiriam por terem essa relação de intensidade alta entre eles. Por exemplo, o arranjo de Belo Horizonte poderá engolir o pequeno arranjo de Matozinhos. São Paulo (que eu estou tratando em conjunto) poderá incorporar arranjos de Limeira, Atibaia, Itatiba, Capivari, etc. O mesmo poderá acontecer com Porto Alegre, Rio de Janeiro e Presidente Prudente, que assim como São Paulo, são formadas por agrupamento de arranjos.

Terminado essa parte, passarei agora a adicionar na lista os municípios de intensidade média-alta, e aí a inclusão de Anápolis no arranjo de Goiânia poderá ser a maior modificação. Ela se dará apenas por número absolutos (deslocamento de pouco mais de 6 mil pessoas). Anápolis e Brasília têm 2 mil pessoas entre elas, e Goiânia e Brasília, 9 mil.
São 9 mil pessoas que todo dia vão de Goiânia a Brasília (as mesmas 9 mil, além daquelas pessoas em trânsito eventual) ou são 9 mil pessoas que se deslocam diariamente de Goiânia a Brasília contando as que de fato vão todo dia somadas àquelas de trânsito eventual?
Junior BH no está en línea   Reply With Quote
Old April 18th, 2017, 02:47 PM   #13
ABC Paulista
Registered User
 
ABC Paulista's Avatar
 
Join Date: Aug 2012
Location: Boituva
Posts: 3,057
Likes (Received): 1564

Quote:
Originally Posted by Junior BH View Post
São 9 mil pessoas que todo dia vão de Goiânia a Brasília (as mesmas 9 mil, além daquelas pessoas em trânsito eventual) ou são 9 mil pessoas que se deslocam diariamente de Goiânia a Brasília contando as que de fato vão todo dia somadas àquelas de trânsito eventual?
Até aonde li, o estudo compreende majoritáriamente os fluxos pendulares para estudo e trabalho.
ABC Paulista no está en línea   Reply With Quote
Old April 18th, 2017, 03:08 PM   #14
Yuri S Andrade
Registered User
 
Yuri S Andrade's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: São Paulo
Posts: 14,809
Likes (Received): 17627

Sim, é a somatória das pessoas que trabalham e/ou estudam em Brasília e moram em Goiânia e vice-versa.

O maior fluxo de longa distância é de 13 mil, entre os arranjos simples de Rio de Janeiro e São Paulo. Se considerarmos o arranjo cheio (Macrometrópole São Paulo e Rio de Janeiro+Petrópolis, que são os arranjos de fato), esse número deve subir para uns 16-17 mil. Depois eu somo tudo e posto aqui.
Yuri S Andrade no está en línea   Reply With Quote
Old April 18th, 2017, 06:09 PM   #15
ABC Paulista
Registered User
 
ABC Paulista's Avatar
 
Join Date: Aug 2012
Location: Boituva
Posts: 3,057
Likes (Received): 1564

Quote:
Originally Posted by Yuri S Andrade View Post
Sim, é a somatória das pessoas que trabalham e/ou estudam em Brasília e moram em Goiânia e vice-versa.

O maior fluxo de longa distância é de 13 mil, entre os arranjos simples de Rio de Janeiro e São Paulo. Se considerarmos o arranjo cheio (Macrometrópole São Paulo e Rio de Janeiro+Petrópolis, que são os arranjos de fato), esse número deve subir para uns 16-17 mil. Depois eu somo tudo e posto aqui.
Mas, se o fluxo entre os arranjos é realmente este, então os arranjos da Macrometrópole e do Rio de Janeiro não deveriam formar uma espécie de 3ª Integração de Arranjo pelos critérios de deslocamento absoluto?
ABC Paulista no está en línea   Reply With Quote
Old April 18th, 2017, 06:29 PM   #16
Yuri S Andrade
Registered User
 
Yuri S Andrade's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: São Paulo
Posts: 14,809
Likes (Received): 17627

Acho que não pois os arranjos não são contíguos. A troca é alta em números absolutos, mas bem baixa no relativo.

Sobre a integração, o estudo optou por parar no segundo nível.
Yuri S Andrade no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2017, 06:07 PM   #17
ABC Paulista
Registered User
 
ABC Paulista's Avatar
 
Join Date: Aug 2012
Location: Boituva
Posts: 3,057
Likes (Received): 1564

Interessante notar que neste estudo do IBGE apenas São Paulo e Porto Alegre formam 2ªs Integrações de Arranjos. Ao comparar com o estudo do IPEA que citei anteriormente, vê-se que nele apenas São Paulo e Porto Alegre formam um Complexo Metropolitano com outras RMs ao redor. A única diferença é que no Estudo do IPEA a Macrometrópole Paulista seria menos abrangente do que a do IBGE, enquanto que a de Porto Alegre seria mais abrangente do que o seu arranjo.

Isto mostra que há uma certa consistência na forma como as capitais paulista e gaúcha se relacionam com o interior de seus estados.
ABC Paulista no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2017, 08:10 PM   #18
Yuri S Andrade
Registered User
 
Yuri S Andrade's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: São Paulo
Posts: 14,809
Likes (Received): 17627

Novo Hamburgo/São Leopoldo é para o núcleo da RM Porto Alegre o que Campinas/Jundiaí é para a RMSP.

No caso gaúcho houve um preciosismo do IBGE, já que o Vale do Sinos poderia entrar na primeira integração obedecendo o 3o critério de mancha urbana contígua.

---------------

Estou quase terminando a lista de alta intensidade. Tem muita coisa interessante, novos arranjos de formando. Vou tentar postar alguma coisa ainda hoje para discutirmos.
__________________

Nat_Mac liked this post
Yuri S Andrade no está en línea   Reply With Quote
Old April 20th, 2017, 12:06 AM   #19
ABC Paulista
Registered User
 
ABC Paulista's Avatar
 
Join Date: Aug 2012
Location: Boituva
Posts: 3,057
Likes (Received): 1564

Quote:
Originally Posted by Yuri S Andrade View Post
Novo Hamburgo/São Leopoldo é para o núcleo da RM Porto Alegre o que Campinas/Jundiaí é para a RMSP.
Sim, mas lembro-me de de acordo com o IPEA, a região de Porto Alegre compartilhava a integração com as cidades na subida da serra com a região de Caxias do Sul, de forma semelhante como as regiões de São Paulo e Sorocaba "compartilham" a região de São Roque.
Para o IPEA estas eram as configurações:



Quote:
Originally Posted by Yuri S Andrade View Post
No caso gaúcho houve um preciosismo do IBGE, já que o Vale do Sinos poderia entrar na primeira integração obedecendo o 3o critério de mancha urbana contígua.
Bem eu vi eles citarem o critério de conurbação, mas foram poucas instâncias em que aplicaram este critério efetivamente. Realmente houve bem pouca consistência neste lado.
ABC Paulista no está en línea   Reply With Quote
Old April 20th, 2017, 03:02 AM   #20
Yuri S Andrade
Registered User
 
Yuri S Andrade's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Location: São Paulo
Posts: 14,809
Likes (Received): 17627

Deu trabalho! Fiz a lista com todos as aglomerações acima de 50 mil hab. Aqui está as maiores de 800 mil:

Arranjos Populacionais
Code:
São Paulo ------------------ 29.905.868
- São Paulo ---------------- 21.242.939
- Campinas ------------------ 2.850.957
- Santos -------------------- 1.689.184
- S. José Campos-Taubaté ---- 1.585.796
- Sorocaba -------------------- 865.438
- Jundiaí --------------------- 780.927
- Piracicaba ------------------ 452.410
- Itu-Salto ------------------- 283.836
- São Roque-Mairinque --------- 154.381
Rio de Janeiro --------------12.709.106
Belo Horizonte -------------- 5.126.718
Recife ---------------------- 3.995.949
Porto Alegre ---------------- 3.922.126
Brasília -------------------- 3.886.702
Salvador -------------------- 3.880.684
Fortaleza ------------------- 3.567.037
Curitiba -------------------- 3.354.869
Goiânia --------------------- 2.354.512
Belém ----------------------- 2.142.147
Manaus ---------------------- 2.094.391
Vitória --------------------- 1.813.977
São Luís -------------------- 1.409.162
Natal ----------------------- 1.333.153
Maceió ---------------------- 1.222.962
João Pessoa ----------------- 1.138.419
Aracaju --------------------- 1.038.808
Teresina -------------------- 1.013.725
Florianópolis --------------- 1.004.302
Campo Grande ------------------ 863.982
Cuiabá ------------------------ 856.706
Ribeirão Preto ---------------- 833.833
Arranjos Populacionais + ligações de alta intensidade
Code:
São Paulo ------------------ 30.504.374
- São Paulo ---------------- 21.242.939
- Campinas ------------------ 2.850.957
- Santos -------------------- 1.689.184
- S. José Campos-Taubaté ---- 1.585.796
- Sorocaba -------------------- 865.438
- Jundiaí --------------------- 780.927
- Piracicaba ------------------ 452.410
- Limeira --------------------- 321.615
- Itu-Salto ------------------- 283.836
- Atibaia --------------------- 161.979
- São Roque-Mairinque --------- 154.381
- Itatiba --------------------- 114.912
Rio de Janeiro --------------12.709.106
Belo Horizonte -------------- 5.213.635
Recife ---------------------- 4.041.766
Porto Alegre ---------------- 3.935.442
Brasília -------------------- 3.908.762
Salvador -------------------- 3.902.249
Fortaleza ------------------- 3.606.150
Curitiba -------------------- 3.354.869
Goiânia --------------------- 2.359.522
Belém ----------------------- 2.162.224
Manaus ---------------------- 2.094.391
Vitória --------------------- 1.813.977
Natal ----------------------- 1.506.953
São Luís -------------------- 1.409.162
Maceió ---------------------- 1.266.726
João Pessoa ----------------- 1.155.808
Aracaju --------------------- 1.069.223
Teresina -------------------- 1.013.725
Florianópolis --------------- 1.004.302
Ribeirão Preto ---------------- 877.030
Cuiabá ------------------------ 874.892
Campo Grande ------------------ 870.922
Agora vou começar a adicionar aos arranjos os municípios com intensidade média-alta.
Yuri S Andrade no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 08:20 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu