daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine

Go Back   SkyscraperCity > Continental Forums > Africa > Southern Africa > Angola > Projectos e Construção > Projectos de Luanda



Reply

 
Thread Tools
Old February 15th, 2010, 03:16 PM   #21
Matthias Offodile
Registered User
 
Matthias Offodile's Avatar
 
Join Date: Apr 2005
Posts: 28,256
Likes (Received): 1153

Evany,

please be reasonable my friend. Luanda is not Dubai

The Arabian Gulf Emirates are unique in so many ways

even if Brazil exploits its oil people and places won´t transform into a second Dubai, Abu Dhabi

UAE, Kuwait and Qatar are excessively wealthy countries with an ultra-tiny population.

Angola has other problems to solve ...but things are pointing in the right direction nevertheless comparisons between Dubai and Luanda belong to the realm of fantasy and will not materialize.

Dubai is Dubai and Luanda is Luanda.
Matthias Offodile no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old February 15th, 2010, 03:49 PM   #22
BlackDay
"Bala Negra"
 
BlackDay's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Posts: 493
Likes (Received): 0

Para mim o Projecto do Sambila é 100x melhor que esse do dubai.. No sambila ve-de uma harmonia entre a modernidade e a Natureza.. Para mim isso é que é uma cidade do futuro. Não essas arvores de betão armado.
Tenho um tropa que esta a trabalhar na ponte da kabala. A ponte de 1km e 14m ,penso que a maior de Angola.. E ele falou que o mambo ta mal, parece que só não se da o BOOM de construçoes pq o governo não esta a pagar as empresas. ele falou que investidores é que não falta.. Mas o problema esta mesmo no kumbú.. Uma nboa me falou que Benguela ta tipo miami .
__________________
[B]ANGOLA Pediu BlackDay Nasceu".

Last edited by BlackDay; February 15th, 2010 at 04:02 PM.
BlackDay no está en línea   Reply With Quote
Old February 15th, 2010, 04:15 PM   #23
evany
skxawng by tsu'tey
 
evany's Avatar
 
Join Date: Jun 2009
Location: Pandora
Posts: 6,534
Likes (Received): 7

Quote:
Originally Posted by Matthias Offodile View Post
Evany,

please be reasonable my friend. Luanda is not Dubai

The Arabian Gulf Emirates are unique in so many ways

even if Brazil exploits its oil people and places won´t transform into a second Dubai, Abu Dhabi

UAE, Kuwait and Qatar are excessively wealthy countries with an ultra-tiny population.

Angola has other problems to solve ...but things are pointing in the right direction nevertheless comparisons between Dubai and Luanda belong to the realm of fantasy and will not materialize.

Dubai is Dubai and Luanda is Luanda.

I know that matt...I love dubai more that you can imagine my friend...the comparation that I make is that Dubai became even more famous because of the Downtown that they built from scratch...and the new sambizanga city could just be like that...I mean defenetly Luanda will be known for the best reasons and not always the bad...not even Jo'burg will match to this new city...that's why I refere downtown dubai as a role model to Luanda to follow to built is new city...and makes me so piss is that they are so f***** quite 'bout it the project man...this what makes me angry...really and angolan goverment should be faster and talk 'bout it with the populations in some nationals matters or Luanda matters like this one... and not be so quite 'bout it...this important I mean very important if they really want to put Luanda as a role model or to be a key for the african continent...and I know that The Arabian Gulf Emirates are too rich and they a small population, I also didn't forget that angola has 75 or 85% of his population livin under the poverty line, no matt I haven't forgot ...but since the program to built 1 million new houses began...if I'm not mistaken in 2007, I guess is time to people start to move to the new houses matt...At least 30 thousand people should be on they way or even less...but no they are not even doing that, don't talk 'bout they don't say S****....that is the big problem for me...the project was introduced in 2004...well at my count...2005,2006,2007,2008,2009...and know 2010...5 years as passed since the introduction of the project...I mean not even the first rock was dropped...ok I know that are other priorities, mean one actually...but at least if they talk...I would understand but no...I mean we are young...2010 nothin no word or a rock 'bout it...to all angolans most of us are in the house of 20's or 25's something or maybe 30's, this project will take 5 years(so they say, but all angolan know how slow construction in Luanda are specially when they are raping up...we have a recent expierence of Luanda stadium 11 novembro that wasn't finished in time...and the grass wasn't good)When we will have the opportunity to enjoy this project???when???40's or 50's???for God sake man..thing 'bout it mwangoles

Last edited by evany; February 15th, 2010 at 04:22 PM.
evany no está en línea   Reply With Quote
Old February 15th, 2010, 04:32 PM   #24
evany
skxawng by tsu'tey
 
evany's Avatar
 
Join Date: Jun 2009
Location: Pandora
Posts: 6,534
Likes (Received): 7

Quote:
Originally Posted by BlackDay View Post
Para mim o Projecto do Sambila é 100x melhor que esse do dubai.. No sambila ve-de uma harmonia entre a modernidade e a Natureza.. Para mim isso é que é uma cidade do futuro. Não essas arvores de betão armado.
Tenho um tropa que esta a trabalhar na ponte da kabala. A ponte de 1km e 14m ,penso que a maior de Angola.. E ele falou que o mambo ta mal, parece que só não se da o BOOM de construçoes pq o governo não esta a pagar as empresas. ele falou que investidores é que não falta.. Mas o problema esta mesmo no kumbú.. Uma nboa me falou que Benguela ta tipo miami .
Mano nunca fala mas isso apesar de ser a tua opinião e temos de respeitar...o Downtown Dubai é melhor que pode existir foi a maior construção do mundo quando estava em curso...mano nunca mais fala isso, tanto o Downtown Dubai e sambila ambos tem os seus encantos...essa ponte da kabala não vai ser a há maior do país...a maior será a cabinda link...o governo pediu empréstimo no FMI...um bilião e tal...agora eu quero ver o que eles vão fazer...ca pra mim o zedu ta empacotar tudo na peida dele...isso é que é irritante mas enfim...Benguela está tipo Miami???bom quanto a isso não sei..quem pode nos dizer isso é o sky pk ele está na banda e ja esteve em Benguela na minha city...
evany no está en línea   Reply With Quote
Old February 15th, 2010, 04:44 PM   #25
BlackDay
"Bala Negra"
 
BlackDay's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Posts: 493
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by evany View Post
Mano nunca fala mas isso apesar de ser a tua opinião e temos de respeitar...o Downtown Dubai é melhor que pode existir foi a maior construção do mundo quando estava em curso...mano nunca mais fala isso, tanto o Downtown Dubai e sambila ambos tem os seus encantos...essa ponte da kabala não vai ser a há maior do país...a maior será a cabinda link...o governo pediu empréstimo no FMI...um bilião e tal...agora eu quero ver o que eles vão fazer...ca pra mim o zedu ta empacotar tudo na peida dele...isso é que é irritante mas enfim...Benguela está tipo Miami???bom quanto a isso não sei..quem pode nos dizer isso é o sky pk ele está na banda e ja esteve em Benguela na minha city...
Nas calmas mano, como falei é a minha visão pessoal para as cidades futuras. Pessoalmente não me gusta esse projecto do dubai.. Parece uma floresta de betão sem style... Dubay é lindo e incrivel, dubai é dubai mas enfim... cada um cada qual..
Essa ponte que estou a falar de kabala é a maior de Angola no momento. E sera eunagurada penso que no final desse Ano..
Quanto essa de Cabinda, é mas blabla do q outra coisa!
Benguela sempre foi organizada, jardins, edificios conservados ruas limpas e etc...Como miami não, claro mas acredito que mudou mesmo muito.!
__________________
[B]ANGOLA Pediu BlackDay Nasceu".
BlackDay no está en línea   Reply With Quote
Old February 15th, 2010, 04:57 PM   #26
evany
skxawng by tsu'tey
 
evany's Avatar
 
Join Date: Jun 2009
Location: Pandora
Posts: 6,534
Likes (Received): 7

Quote:
Originally Posted by BlackDay View Post
Nas calmas mano, como falei é a minha visão pessoal para as cidades futuras. Pessoalmente não me gusta esse projecto do dubai.. Parece uma floresta de betão sem style... Dubay é lindo e incrivel, dubai é dubai mas enfim... cada um cada qual..
Essa ponte que estou a falar de kabala é a maior de Angola no momento. E sera eunagurada penso que no final desse Ano..
Quanto essa de Cabinda, é mas blabla do q outra coisa!
Benguela sempre foi organizada, jardins, edificios conservados ruas limpas e etc...Como miami não, claro mas acredito que mudou mesmo muito.!
Deus te oiça boy...o que eu mas quero é por la os meus pés de novo...baia azul e tudo mais...ai minha restinga...as vezes eu penso e imagino que nos vamos assumir a economia africana...mas meu amigo cada dia..esse sonho está mas longe...penso que Luanda está melhor organizada em termos de limpeza, esquece la isso...cada dia que passa vejo projectos lindos exuberante para angola, imagino-me num auto-carro especial de turistas a mostrar uma das cidades de angola, mas cada dia que passa temos sempre que voltar a realidade e cada dia que passa fica mas dificil concretizar esse sonho...é tal e qual como o Jake no Avatar disse :" Sooner or later though you always have to wake up"
evany no está en línea   Reply With Quote
Old February 15th, 2010, 05:24 PM   #27
BlackDay
"Bala Negra"
 
BlackDay's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Posts: 493
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by evany View Post
Deus te oiça boy...o que eu mas quero é por la os meus pés de novo...baia azul e tudo mais...ai minha restinga...as vezes eu penso e imagino que nos vamos assumir a economia africana...mas meu amigo cada dia..esse sonho está mas longe...penso que Luanda está melhor organizada em termos de limpeza, esquece la isso...cada dia que passa vejo projectos lindos exuberante para angola, imagino-me num auto-carro especial de turistas a mostrar uma das cidades de angola, mas cada dia que passa temos sempre que voltar a realidade e cada dia que passa fica mas dificil concretizar esse sonho...é tal e qual como o Jake no Avatar disse :" Sooner or later though you always have to wake up"
Nada mano, em comparação de limpeza e organização Benguela da carga em Luanda, so sambila,kilamba-kiaxi,cazenga,Golfo,palanca etc.. ta fddo. Pior a nova geração so quer ser kudurista e bailarino de kuduro. com tantos cantores daki a nada n vai ter plateia..Assim como vamo ter futuro mano ? Se isso continuar assim não tarda seremos uma SA em termos de criminalidade.
Sinceramente a unica saída é criar estados...Para que cada provincia/estado controla-se a sua economia e produtividade. Porque da maneira que tá, Luanda absorve tudo e nada avança...nem mesmo a propia Luanda.. etsamos payados
__________________
[B]ANGOLA Pediu BlackDay Nasceu".
BlackDay no está en línea   Reply With Quote
Old February 15th, 2010, 05:33 PM   #28
evany
skxawng by tsu'tey
 
evany's Avatar
 
Join Date: Jun 2009
Location: Pandora
Posts: 6,534
Likes (Received): 7

mesmo assim eu acho que vai ser difícil tirar o estatuto de Luanda...o que eu aconselho é criar uma nova capital nem que for pequena suficiente para 1.5 milhão máximo 2...a muitas províncias demasiado grandes...pode-se muito bem tirar um pedaço daquela região...e fazer uma nova capital...as pessoas precisam de voltar para as suas províncias mas ninguém aceita pk la não há nada..esses wi's andam a dormir sono...deixa só DEUS é grande...
evany no está en línea   Reply With Quote
Old November 12th, 2012, 09:45 PM   #29
Matthias Offodile
Registered User
 
Matthias Offodile's Avatar
 
Join Date: Apr 2005
Posts: 28,256
Likes (Received): 1153

Some updates on it

Quote:
VHM Angola constrói 20 hotéis de 5 estrelas em Angola



08/11/2012


A VHM Angola está a fazer uma restruturação de serviços de coordenação de obra e fiscalização para a empresa AAA-Activos LDA. Esta empresa é uma das maiores corretoras de seguros angolana, e está a promover a construção de 5 hotéis 5 estrelas nas capitais de província de Angola.

A empresa iniciou o acompanhamento de obra em julho deste ano, e está encarregue da fiscalização e coordenação das empreitadas de fundações especiais, consturçção civil e acabamentos, electricidade e telecomunicações, AVAC, transportes verticais e arranjos exteriores.

A equipa de fiscalização da VHM fará cerca de 24.900km mensais nas visitas às várias obras, cobrindo uma área equivalente à Europa. As empresas de construção e especialidades são originárias de várias partes do mundo, nomeadamente China, Portugal e África do Sul.

Os hotéis são projetados pela Perkin & Wills, e serão demominados IKA
. Cada unidade terá 144 quartos duplos e 6 suites, em 7 andares, piscina exterior, bar, restaurante, salas de reuniões e conferências, e um ginásios.
http://www.ao.vidaimobiliaria.com/co...elas-em-angola

Perkin & Wills from North America are the same company that was behind the design of the university Campus in Luanda will have their say in it. Sounds good, knowing that they are a famous & professional architecture firm.

Last edited by Matthias Offodile; November 12th, 2012 at 09:50 PM.
Matthias Offodile no está en línea   Reply With Quote
Old November 12th, 2012, 09:50 PM   #30
Matthias Offodile
Registered User
 
Matthias Offodile's Avatar
 
Join Date: Apr 2005
Posts: 28,256
Likes (Received): 1153

This concerns only the IKA brand and not the LU brand.
Matthias Offodile no está en línea   Reply With Quote
Old November 12th, 2012, 10:24 PM   #31
bieber
the traveller
 
bieber's Avatar
 
Join Date: Mar 2012
Location: paris
Posts: 756
Likes (Received): 32

Quote:
Originally Posted by Matthias Offodile View Post
Some updates on it



http://www.ao.vidaimobiliaria.com/co...elas-em-angola

Perkin & Wills from North America are the same company that was behind the design of the university Campus in Luanda will have their say in it. Sounds good, knowing that they are a famous & professional architecture firm.
How many good 4/5 stars hotels there are in Luanda?
Hilton,Radisson already there?
bieber no está en línea   Reply With Quote
Old November 12th, 2012, 10:52 PM   #32
Matthias Offodile
Registered User
 
Matthias Offodile's Avatar
 
Join Date: Apr 2005
Posts: 28,256
Likes (Received): 1153

Hi Bieber,

Bear in mind that there was a hideous war which has prevented the country from rising far too long. Hence, you cannot expect the number of top-end hotels to be on par with what you will find in the West, the Arabian Gulf, South Africa or Asia, just to name a few. Impossible.

To answer your question: Currently there are around 10 international five star hotels under construction and approved in Luanda. Among them are Radisson, Hilton, Interconti, VIP hotel, Pestana Group. Moreover, there are several five star resorts under construction across the country, a beautiful one has opened recently in Lubango....three new five star hotels - measured by international standard - have opened so far.

IKA hotel is an Angolan brand but it is not measured by general African standards but international standard. Perkin Wills is a globally renowed company with offices in several Northern American cities, in booming Sao Paulo, success-driven Shanghai, in London and in fancy Dubai.

Last edited by Matthias Offodile; November 12th, 2012 at 11:01 PM.
Matthias Offodile no está en línea   Reply With Quote
Old November 13th, 2012, 10:15 PM   #33
bieber
the traveller
 
bieber's Avatar
 
Join Date: Mar 2012
Location: paris
Posts: 756
Likes (Received): 32

Quote:
Originally Posted by Matthias Offodile View Post
Hi Bieber,

Bear in mind that there was a hideous war which has prevented the country from rising far too long. Hence, you cannot expect the number of top-end hotels to be on par with what you will find in the West, the Arabian Gulf, South Africa or Asia, just to name a few. Impossible.

To answer your question: Currently there are around 10 international five star hotels under construction and approved in Luanda. Among them are Radisson, Hilton, Interconti, VIP hotel, Pestana Group. Moreover, there are several five star resorts under construction across the country, a beautiful one has opened recently in Lubango....three new five star hotels - measured by international standard - have opened so far.

IKA hotel is an Angolan brand but it is not measured by general African standards but international standard. Perkin Wills is a globally renowed company with offices in several Northern American cities, in booming Sao Paulo, success-driven Shanghai, in London and in fancy Dubai.
Hello and thanks for your reply!
I am surprised that Hilton and Radisson are already under construction as they intend both to build a new hotel (design phase is starting...).
The ones under construction are big one?lot of guestrooms? I could imagine that they are too small and that they want a bigger one....
bieber no está en línea   Reply With Quote
Old November 16th, 2012, 04:21 PM   #34
Matthias Offodile
Registered User
 
Matthias Offodile's Avatar
 
Join Date: Apr 2005
Posts: 28,256
Likes (Received): 1153

Quote:
Originally Posted by bieber View Post
Hello and thanks for your reply!
I am surprised that Hilton and Radisson are already under construction as they intend both to build a new hotel (design phase is starting...).
The ones under construction are big one?lot of guestrooms? I could imagine that they are too small and that they want a bigger one....
300-400 rooms...I think it is OK.
Matthias Offodile no está en línea   Reply With Quote
Old November 16th, 2012, 07:24 PM   #35
Matthias Offodile
Registered User
 
Matthias Offodile's Avatar
 
Join Date: Apr 2005
Posts: 28,256
Likes (Received): 1153


And the remaining 61 hotels are finally approved and about to be kicked off for the LU brand (3 star hotels)



Quote:
VHM Angola trabalha na construção de 61 hotéis de 3 estrelas




14/11/2012

A VHM Angola está a trabalhar na prestação de serviços de coordenação e fiscalização para a empresa AAA na área hoteleira em Angola, empresa que lidera o negócio de gestão de riscos, seguros e fundos de pensões em Angola.

A VHM está a promover a construção de 61 hotéis de 3 estrelas nas capitais de província de Angola. Foram adjudicadas à empresa a fiscalização e coordenação das empreitadas de fundações especiais, construção civil e acabamentos, electricidade e telecomunicações, AVAC, transportes verticais e arranjos exteriores, cujo acompanhamento começou em Maio.

Estes empreendimentos vão totalizar 3.360 quartos, aumentando significativamente a oferta hoteleira e promovendo o aumento do emprego e valor acrescentado à economia angolana, sobretudo nas capitais provinciais interiores.

Os edifícios vão assumis uma forma rectangular, que corresponde a uma implantação de 405m2 desenvolvendo-se 7 pisos acima do solo, e um abaixo.

Os serviços desenvolvem-se em três pisos: na cave, onde ficarão instalados os reservatórios para água potável e incêndios, serviço de lavandaria, armazéns e espaços destinados ao staff. O piso 0 destina-se aos serviços administrativos e zonas tácticas, e o piso 1 ao bar/zona de pequenos almoços.

Os pisos 2, 3, 4, 5 e 6 serão exclusivos para quartos, totalizando 60 unidades por edifício.
http://www.ao.vidaimobiliaria.com/co...-de-3-estrelas
Matthias Offodile no está en línea   Reply With Quote
Old October 22nd, 2013, 05:36 PM   #36
Matthias Offodile
Registered User
 
Matthias Offodile's Avatar
 
Join Date: Apr 2005
Posts: 28,256
Likes (Received): 1153

Quote:

Casas com estilo

17 de Junho, 2013


por Patrícia Cintra




A arquitecta de interiores Gracinha Viterbo acaba de concluir um projecto para 80 hotéis em Luanda. O primeiro vai ser inaugurado em 2014. Pelo meio divide-se por clientes em Portugal, Tailândia, Singapura e Angola, onde inaugurou recentemente um showroom de 500 metros quadrados. Para o futuro, gostaria de redecorar as linhas da companhia aérea TAAG.
Chegou de Singapura e já estava de malas aviadas para Luanda. A vida de Gracinha Viterbo não é de ficar parada. Nem podia. Com um ateliê de decoração em Lisboa, outro em Singapura e o mais recente em Luanda – e vários projectos na Tailândia, Extremo Oriente e Europa – a arquitecta de interiores portuguesa tem que se desdobrar para atender todas as solicitações. Mas nem ela nem o marido – Miguel Vieira da Rocha – vêem as constantes viagens como um problema: “Obviamente que a nossa vida tem imensos desafios para um casal jovem com quatros filhos pequenos, mas nós escolhemo-la. Sempre gostámos muito de viajar, somos muito trabalhadores, somos pessoas curiosas que gostamos sempre de fazer o melhor. E temos esta atitude do ‘porque não?’”.

A verdade é que boa parte desta atitude, a decoradora herdou-a da mãe, Graça Viterbo, que em 1979 fundou em Portugal a Viterbo Interior Design, hoje uma marca de referência internacional. A filha, Gracinha, acabou por seguir os passos da mãe e hoje colecciona prémios internacionais e projectos renomados pelos quatro cantos do mundo. Alguns dos elogios mais calorosos vieram das revistas Condé Nast Traveler e do The New York Times, além dos galardões ‘Best Private House’, atribuído pela Bloomberg, relativo ao ‘Europe & África Properties Awards’, por dois anos consecutivos (2010 e 2011). A nomeação de Gracinha para o ‘Andrew Martin Award’, considerado o Óscar do design de interiores, está entre outras das distinções que testemunham o sucesso da decoradora, que assumiu a direcção criativa do ateliê em 2007.

Foi mais ou menos por essa altura que ela e o marido apostaram na internacionalização da marca para Angola, onde hoje têm um showroom de 500 metros quadrados em Talaton
a, uma equipa de 10 pessoas, além de um ateliê de alta costura de estofos e cortinas. “Quisemos levar o conhecimento Viterbo e a nossa exigência para formar as pessoas locais – que já estejam dentro do métier ou que queiram aprender mais sobre ele. Já temos arquitectos e designers angolanos a trabalhar connosco e a ideia é também haver uma simbiose cultural dentro da nossa ética profissional. Além disso, gostei muito de conhecer novas soluções cromáticas e evoluir como artista porque realmente as cores em África são fabulosas e influenciaram, sem dúvida, o resto dos meus trabalhos no mundo inteiro”, reconhece a arquitecta.

Além de fornecer o showroom mensalmente com peças escolhidas a dedo por si, em edições limitadas; de dar palestras anuais sobre decoração de interiores; e de acompanhar os projectos dos clientes angolanos, Gracinha foi ainda convidada para apresentar soluções de decorações para 80 hotéis – 40 da cadeia IU (4 estrelas) e 40 da cadeia IKA (5 estrelas) _– espalhados pelas províncias de Angola. “O que nos foi encomendado foi um conceito para cada uma dessas cadeias, que depois é replicado pelo cliente ao longo de todas as províncias. 70% desses hotéis já estão em construção e em 2014 já vai abrir um de 5 estrelas. Fiquei muito contente e muito orgulhosa ao ver o meu trabalho ser escolhido para ser implementado em tantos hotéis”, afirma. Para o futuro não nega a vontade de remodelar os aviões da TAAG, já que um dos seus primeiros projectos como decoradora, quando ainda trabalhava em Londres, foi participar na equipa que actualizou o visual da British Airways.

Pelo meio, o ateliê continua a prestar um serviço personalizado a obras que já estão em curso. Uma tarefa nem sempre fácil quando se localizam em coordenadas tão díspares como Tailândia, Japão, Singapura ou Europa. “Em Singapura temos tido projectos residenciais de clientes americanos e indianos. Na Tailândia temos um grande projecto: uma casa de 10 mil metros quadrados! É um desafio porque é uma casa na Tailândia para uma cultura indiana!”, comenta. Só para este projecto já foram feitos mais de 900 desenhos técnicos que abarcaram pormenores tão específicos como maçanetas ou dobradiças, já para não falar em toda a parte de design e decoração. “Muitas vezes acordo às 4h da manhã – por causa do fuso horário (são mais oito horas) – para ter reuniões por videoconferência com Singapura. Mas no outro dia fui ter com essa cliente a Roma para tratarmos de alguns pormenores contratuais”.

Encontrar-se com os clientes ou acompanhá-los em compras é outra das tarefas da arquitecta, que não deixa nenhum detalhe em mãos alheias: “Para mim é muito importante que quando um cliente entre em casa saiba que fez parte daquela escolha. O artista tem sempre o seu lado de assinatura, mas para mim é muito importante que os clientes participem”. E mesmo depois de um projecto entregue, se está numa viagem de pesquisa e vê alguma peça especial, contacta logo os clientes. “Ainda agora estive em Paris e encontrei lá duas ou três coisas que achei óptimas para a casa de uma cliente de Singapura. Às vezes as pessoas não sabem ou não têm tempo para ir à procura. E estou sempre ligada ao projecto porque quero que ele esteja no seu melhor”, remata. E apesar de não revelar as suas lojas preferidas, dá umas dicas dos melhores locais para ir às compras. Para tecidos devem ser consideradas cidades como Istambul, Paris ou Roma; para design contemporâneo, há que ir até ao Japão, Itália, Alemanha e aos países nórdicos; para um estilo mais clássico é procurar nas lojas da especialidade em Itália, EUA, América do Sul e Europa.

O projecto passo a passo

“Faço projectos no mundo inteiro com a particularidade de nunca fazer um projecto igual ao próximo”, afirma. Uma parte importante da sua ética de trabalho, mas também da maneira como vê cada cliente: “Falamos e tentamos perceber o que é que ele precisa de nós enquanto serviço e depois enquanto arte”, explica. A primeira parte, além de conhecer o cliente – crianças incluídas – implica quantificar tudo a nível de tempo e de pessoas necessárias para integrar a equipa desse projecto. “Trabalho com profissionais de diversas culturas, de diversos países – tenho pessoas desde a África do Sul até ao Japão a trabalhar connosco – exactamente para poder dar aos clientes a diferença”. Depois entram as viagens não só para acompanhar a evolução das obras, mas também para fazer pesquisas e arranjar soluções de design para cada projecto: “Nós já estamos com o cliente desde o anteprojecto, fazemos uma lista de tudo o que seria essencial mudar e o que isso implica em desenhos de pormenorização de arquitectura, até à escolha das cores, dos materiais e tudo isso depois também envolve desenhos, que no fim dá uma listagem, que dá uma encomenda, que dá uma gestão de projecto, que dá recepção de móveis e materiais que chegam...”. E se os clientes mudarem de ideias? “Pode acontecer, mas eu faço um estudo prévio da vida das pessoas, quase de interpretação psicológica da vida da família – toda a gente tem direito à opinião – e tento ser um bocadinho um pivô neutro que às vezes ouve e outras não”, explica.

Mas o momento mais emocionante é sem dúvida quando Gracinha entrega as chaves da casa ao cliente e lhe apresenta o projecto finalizado. “Para mim é um momento muito forte porque fico ligada a todas as casas em que me envolvo”. E mesmo este processo nunca é igual ao anterior. Por exemplo, para clientes que são coleccionadores de arte, a decoradora apresenta a casa como se eles estivessem a percorrer uma exposição num museu. E há tantas alternativas como clientes, garante.

Gracinha, a mãe

“Na nossa casa, a Gracinha está sempre a mudar as coisas!”, atira Miguel que garante ser constantemente surpreendido por novidades no seu próprio lar. No entanto, a arquitecta diz que não é bem assim: “Não mudo um ambiente inteiro porque acho que os meus filhos têm que ter referências”. Uma das coisas a que a família dá mais valor é às memórias – têm uma grande colecção de máquinas antigas – e por isso a arquitecta não gosta de mexer a fundo na sua paleta. “Pensar que os meus filhos não vão ter uma memória da casa porque a mãe está sempre a mudar, faz-me impressão”. Além de uma base composta por materiais de excelência – como pavimentos, pedras, madeiras e sofás –, Gracinha apostou também em tecidos de qualidade. “A minha dificuldade era escolher o estilo, porque sou muito camaleónica no meu dia-a-dia. Posso estar tanto para o rock como para o chic. Aliás, a cliente mais difícil que conheço sou eu própria [risos]!”. E para a decoradora tudo conta, incluindo a opinião dos seus quatro filhos. “A minha filha, que tem três anos, não tem dormido no quarto dela e no outro dia disse-me: ‘Vês, mãe? As minhas paredes nem sequer são cor-de-rosa!’ (o quarto é cinzento clarinho)”. A sorte dela é ter uma mãe decoradora que no dia seguinte a levou até ao ateliê para juntas escolherem um papel de parede para o quarto.

Com clientes com filhos, a arquitecta gosta sempre de falar com eles, já que a base do seu processo criativo é que cada espaço conte a história de um momento. Um momento onde uma criança anda pela primeira vez ou onde diz a primeira palavra. “O meu filho mais velho gosta muito de dar opiniões. E sei que se ele pudesse, teria um campo de futebol no quarto. Mas não dá! Têm um tema de futebol no quarto! E agora, que tem oito anos, pediu-me um livrinho para desenhar plantas da sua casa ideal...”.

patricia.cintra@sol.pt
http://sol.sapo.pt/Angola/Interior.a...ntent_id=78079

Knowing that this seemingly fine-mannered & above all professional lady will furnish those new Angolan hotel chain - 70% of the 80 new hotel are already under construction - I am quite sure that the interior design will be flawless ......especially given that she is such a globally acclaimed interior designer! A new showroom has also opened in Luanda.

Moreover, it is good to know that the number of that hotel chain has been revised up from 60 to 81.

The first one will open next year. So everything is on plan!
Matthias Offodile no está en línea   Reply With Quote
Old October 22nd, 2013, 10:52 PM   #37
Matthias Offodile
Registered User
 
Matthias Offodile's Avatar
 
Join Date: Apr 2005
Posts: 28,256
Likes (Received): 1153

Quote:
Contracto com hotéis de cinco estrelas IKA em Angola

A Global Telesat terminou de finalizar e assinar um contrato com IKA Hotéis 5 estrelas em Angola para satisfazer as suas necessidades de segurança eletrônica em toda a sua cadeia de hotéis. Este será composto de concepção e instalação de CFTV, controle de acesso, TV IP e sistemas de som (evacuação, entretenimento, alarmes, etc) em toda a cadeia de 20 hotéis IKAs em Angola.

Este vai ser um grande projecto para os próximos dois anos, tanto para IKA como para a Global Telesat, enquanto os hotéis estão em construção. Estamos ansiosos para fortalecer ainda mais nossas relações com IKA e juntos coordenar eficientemente a execução para que o projeto seja concluído com sucesso. A eficiente estratégia de toda a fase de planejamento e construção garantirá um processo de instalação sem problemas.
http://www.globaltelesat.com/pt/most...?idnoticia=59&
__________________

manugz liked this post
Matthias Offodile no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 11:11 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu