daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Regionais > São Paulo > Notícias Paulistas

Reply
 
Thread Tools
Old February 22nd, 2010, 02:12 PM   #1
Sr. Mauá
Estamos por aí....
 
Join Date: Jun 2008
Location: Mauá - SP
Posts: 2,654
Likes (Received): 33

Força Pública do Estado de São Paulo: Oficiais da Polícia Militar aprovam o nome antigo

22.02.2010
Oficiais da Polícia Militar aprovam o nome antigo
Guilherme Russo - Diário do Grande ABC

A proposta de emenda à Constituição do Estado de São Paulo de mudar o nome da Polícia Militar, retomando a denominação usada no maior tempo de sua existência - Força Pública - é bem aceita por oficiais e pelo próprio comando da Polícia Militar. A proposição do governo estadual está em análise na Assembleia Legislativa.

"Esse é o nosso nome mais querido. Nunca deveria ter sido mudado", declarou o coronel Luiz Eduardo Pesce Arruda, comandante do Centro de Altos Estudos da Polícia Militar. Considerado o historiador da corporação, o oficial contou que a opinião geral nos batalhões é a mesma.

O coronel explicou que, dois anos após a proclamação da República, o Corpo de Guardas Municipais Permanentes - primeira denominação da corporação - foi rebatizado de Força Pública. O nome saiu da Declaração do Direito dos Homens e do Cidadão, obra que fundamentou a ideologia da Revolução Francesa, em 1789.

"O artigo 12º diz que a garantia de direitos necessita de uma Força Pública", lembrou Arruda, explicando que, apesar da organização e da estética militares, a função primeira das Polícias Militares de todos os Estados sempre foi civil, garantindo os direitos e liberdades dos cidadãos. Por este motivo, ele considera a nova denominação mais adequada.

Entre 1891 e 1901 foi o primeiro período em que a corporação foi chamada Força Pública. Depois, em novembro de 1905, o nome voltou a ser usado. Este período durou até dezembro de 1939. Depois, em 1947, a instituição ganhou novamente a denominação, que permaneceu até abril de 1970, quando a Ditadura Militar juntou esta polícia às guardas municipais e batizou as forças de segurança estaduais de Polícias Militares.

O coronel Arruda observou que, durante regimes autoritários, o nome Força Pública foi evitado pelas autoridades. Em 1939, estava em vigência o Estado Novo de Getúlio Vargas e, em 1970, o Brasil enfrentava o endurecimento promovido pelo marechal Artur Costa e Silva.

O comando da Polícia Militar considera que, com a denominação de Força Pública, a corporação se aproximará mais da população, que irá deixar de temer seus agentes. A ideia é que os conceitos de policiamento cidadão e preventivo predominem sobre a violência e os desmandos atribuídos aos integrantes da corporação.

Estrutura e estética militares da instituição não serão alteradas

Há quase 44 anos integrando os quadros da Polícia Militar de São Paulo, o tenente-coronel Jairo Bonifácio entrou para a corporação enquanto seu nome ainda era Força Pública e, muito provavelmente, deixará a instituição quando a denominação voltar a vigorar no Estado.

"A Força Pública tinha as mesmas características da Polícia Militar", disse o oficial que, depois de atuar no Grande ABC, assumiu a chefia do departamento de operações do comando de policiamento de Santos, no Litoral. Bonifácio considera que a retomada no nome traz uma imagem mais "simpática" à instituição. "A imagem da corporação fica mais suavizada", disse.

Comandante dos batalhões que atuam nas sete cidades, o coronel José Luís Martins Navarro considera o projeto de retomada do nome "fantástico". "É o resgate de tudo de bom que a Polícia Militar herda de seu passado. Aproxima ainda mais a comunidade paulista à corporação. Vem em um momento que tem como meta a valorização dos policiais", afirmou.

TRAMITAÇÃO - A PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 1/2010 está em fase de análise pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Assembleia Legislativa de São Paulo desde o dia 9. Depois de estudada pelos deputados estaduais que compõem a comissão, a proposição será encaminhada para votação e, posteriormente, sanção do Executivo.

A estrutura e a estética da Polícia Militar não serão alteradas com a mudança de nome da corporação.

Link/Fonte: http://www.dgabc.com.br/2010/News/57...me-antigo.aspx
__________________
Mauá - SP
Sr. Mauá no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old February 22nd, 2010, 03:04 PM   #2
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 5,855
Likes (Received): 1153

Também torço muito para que mude o nome da nossa valorosa corporação. Polícia Militar remete a um dos períodos mais negros e tristes da história deste país, a ditadura militar que durou de 1964 a 1985, que foi ainda pior que a de Getúlio Vargas, porque ao menos esta era mais nacionalista ao contrário da dos generais que colocou o país de quatro ante o imperialismo norte-americano.
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 03:28 PM   #3
Fabius_
Ad astra
 
Fabius_'s Avatar
 
Join Date: Feb 2007
Location: Campinas
Posts: 15,410
Likes (Received): 697

Lá vamos nós para uma mudança anódina que enterrará muito dinheiro público sabe-se lá onde.
__________________
CAMPINAS: ontem, hoje e sempre.
Fabius_ está en línea ahora   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 03:36 PM   #4
dliossi
BANNED
 
Join Date: Nov 2006
Location: São Paulo
Posts: 824
Likes (Received): 5

Eu gosto desse nome. Agora, trocar o nome somente para nos esquecermos da ditadura que livrou o país do domínio comunista, não acho legal.

Aliás, meu sogro outro dia estava dizendo que nem sentiu na pele o que foi essa tão dura "ditadura militar", porque ele em vez de querer implantar o comunismo no país estava trabalhando durante esse tempo.
dliossi no está en línea   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 04:19 PM   #5
HRLR
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Location: São Paulo
Posts: 3,719

Quote:
Originally Posted by Antonio_F View Post
Também torço muito para que mude o nome da nossa valorosa corporação. Polícia Militar remete a um dos períodos mais negros e tristes da história deste país, a ditadura militar que durou de 1964 a 1985, que foi ainda pior que a de Getúlio Vargas, porque ao menos esta era mais nacionalista ao contrário da dos generais que colocou o país de quatro ante o imperialismo norte-americano.
HRLR está en línea ahora   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 04:24 PM   #6
HRLR
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Location: São Paulo
Posts: 3,719

Quote:
Originally Posted by dliossi View Post
Eu gosto desse nome. Agora, trocar o nome somente para nos esquecermos da ditadura que livrou o país do domínio comunista, não acho legal.

Aliás, meu sogro outro dia estava dizendo que nem sentiu na pele o que foi essa tão dura "ditadura militar", porque ele em vez de querer implantar o comunismo no país estava trabalhando durante esse tempo.
Concordo. A Revolução de 1964 salvou o país da ameaça comunista. E quem se preocupou apenas em viver sua vida, trabalhar... não sofreu nada.

Os governos revolucionários só foram maus para os comunas.
HRLR está en línea ahora   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 04:56 PM   #7
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 5,855
Likes (Received): 1153

Quote:
Originally Posted by HRLR View Post
Concordo. A Revolução de 1964 salvou o país da ameaça comunista. E quem se preocupou apenas em viver sua vida, trabalhar... não sofreu nada.

Os governos revolucionários só foram maus para os comunas.
É isso aí. Hitler, o "grande herói germânico" de olhos azuis e sangue ariano também queria livrar o mundo da praga judaica.

Que dureza aguentar duas das figurinhas mais reaças do SSC, cujo conhecimento de história se limita ao que seus avós lhes diziam.
Nem tomando aquele famoso conhaque.
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 06:28 PM   #8
dliossi
BANNED
 
Join Date: Nov 2006
Location: São Paulo
Posts: 824
Likes (Received): 5

Bem, o nome Força Pública vai pegar muito bem. Vai lembrar os tempos áureos de São Paulo.
dliossi no está en línea   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 07:10 PM   #9
Registered User
 
Fê's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 5
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by Antonio_F View Post
É isso aí. Hitler, o "grande herói germânico" de olhos azuis e sangue ariano também queria livrar o mundo da praga judaica.

Que dureza aguentar duas das figurinhas mais reaças do SSC, cujo conhecimento de história se limita ao que seus avós lhes diziam.
Nem tomando aquele famoso conhaque.
ahauhhuahuahuauh

Pra quem vive uma vida padronizada, que é muita falta de essência, dificilmente se nota a diferença..
Da mesma forma que nem sentiram a ditadura, é obvio que o Homer Simpson tbm não sente a liberdade, pra quem vive fechado em seu mundinho não tem diferença nenhuma mesmo é sempre tudo igual, essa conversa pra boi dormir é clássica o cara eh um mediocre manipulavel inutil sem conteúdo, pelo menos vc trabalha né, poderia ser pior....


...e se acha o máximo sendo tapado com muita grana no bolso... leitura pra que? se vc lê Veja... arte e cultura pra vc é ver novela, pra que musica cara seus filhos escutam ivete sangalo.. a da um tempo tiozito reaça... é muita mediocridade...
__________________
"A sabedoria é um paradoxo. O homem que mais sabe é aquele que mais reconhece a vastidão da sua ignorância." Friedrich Nietzsche

Last edited by Fê; February 22nd, 2010 at 07:22 PM.
Fê no está en línea   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 07:50 PM   #10
dliossi
BANNED
 
Join Date: Nov 2006
Location: São Paulo
Posts: 824
Likes (Received): 5

Tá bom, vai...eu não gosto de ser o chato da turma mas tem duas perguntas que estão entaladas, e, já que não podemos fazer isso na aula de comunismo (quer dizer, história) na escola, ai vai:

1 - Como podemos considerar "um mártir da luta pela democracia", por exemplo, Vlado Herzog, um estrangeiro que queria implantar aqui o mesmo regime que Hugo Chavez está implantando na Venezuela (vide China, Cuba, URSS...) que matou durante o século XX mais gente do que o nazismo mencionado acima?

2 - O que foi realmente ruim para 95% da população ter um regime que proibia, na prática, somente algumas manifestações verbais específicas, mas não de a pessoa trabalhar, estudar, fazer negócios, etc, etc, etc... e onde houve um grande salto de desenvolvimento em infra-estrutura?
dliossi no está en línea   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 08:10 PM   #11
Sr. Mauá
Estamos por aí....
 
Join Date: Jun 2008
Location: Mauá - SP
Posts: 2,654
Likes (Received): 33

Quote:
Originally Posted by dliossi View Post
Tá bom, vai...eu não gosto de ser o chato da turma mas tem duas perguntas que estão entaladas, e, já que não podemos fazer isso na aula de comunismo (quer dizer, história) na escola, ai vai:

1 - Como podemos considerar "um mártir da luta pela democracia", por exemplo, Vlado Herzog, um estrangeiro que queria implantar aqui o mesmo regime que Hugo Chavez está implantando na Venezuela (vide China, Cuba, URSS...) que matou durante o século XX mais gente do que o nazismo mencionado acima?
Era jornalista. A mídia o transformou em mártir.....

Quote:
Originally Posted by dliossi View Post
2 - O que foi realmente ruim para 95% da população ter um regime que proibia, na prática, somente algumas manifestações verbais específicas, mas não de a pessoa trabalhar, estudar, fazer negócios, etc, etc, etc... e onde houve um grande salto de desenvolvimento em infra-estrutura?
Não eram jornalistas. Eram Militares. A mídia o transformaram em monstros.....
__________________
Mauá - SP
Sr. Mauá no está en línea   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 08:40 PM   #12
superkyo
Registered User
 
superkyo's Avatar
 
Join Date: Jul 2007
Location: SOROCABA-SP
Posts: 3,332
Likes (Received): 184

"ROTA NA RUA SECRETARIO !! ROTA NA RUA SECRETARIO !!"
Datena
__________________
Projetos:
BRT - SOROCABA
superkyo no está en línea   Reply With Quote
Old February 22nd, 2010, 10:39 PM   #13
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 5,855
Likes (Received): 1153

Quote:
Originally Posted by dliossi View Post
Tá bom, vai...eu não gosto de ser o chato da turma mas tem duas perguntas que estão entaladas, e, já que não podemos fazer isso na aula de comunismo (quer dizer, história) na escola, ai vai:

1 - Como podemos considerar "um mártir da luta pela democracia", por exemplo, Vlado Herzog, um estrangeiro que queria implantar aqui o mesmo regime que Hugo Chavez está implantando na Venezuela (vide China, Cuba, URSS...) que matou durante o século XX mais gente do que o nazismo mencionado acima?

2 - O que foi realmente ruim para 95% da população ter um regime que proibia, na prática, somente algumas manifestações verbais específicas, mas não de a pessoa trabalhar, estudar, fazer negócios, etc, etc, etc... e onde houve um grande salto de desenvolvimento em infra-estrutura?
Não sou a favor Dliossi, de nenhuma ditadura, seja ela de esquerda ou de direita e como vc disse corretamente as ditaduras comunistas se superaram, massacraram mais de uma centena de milhão de vidas. Crápulas como Hitler, Mussolini, Stalin, Mao Tsé-Tung, Pol Pot, Truman, Videla, Pinochet, Fidel e Chê ocupam o mesmo pódio da infâmia universal, suas biografias foram escritas com o sangue de milhões de inocentes.

Estranho é vc condenar os assassinos do comunismo e exaltar uma ditadura que igualmente lançou mão da morte e do terror para silenciar toda e qualquer liberdade democrática. Dois pesos e duas medidas, é isso?

Outra coisa, Vladimir Herzog era um jornalista judeu e não ativista político como você deu a entender e foi assassinado nos porôes da ditadura.
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote
Old February 23rd, 2010, 04:39 AM   #14
RRC
SP 460 anos
 
RRC's Avatar
 
Join Date: Dec 2003
Location: São Paulo
Posts: 20,859

Como eu havia dito, a própria cúpula da polícia pedia essa alteração.
__________________
Conheça SP
RRC no está en línea   Reply With Quote
Old February 23rd, 2010, 12:49 PM   #15
dliossi
BANNED
 
Join Date: Nov 2006
Location: São Paulo
Posts: 824
Likes (Received): 5

"exaltar uma ditadura que igualmente lançou mão da morte e do terror para silenciar toda e qualquer liberdade democrática. "

Como eu disse, toda e qualquer não liberdade democrática não, somente a de gente que aprovava um regime semelhante ao do Hugo Chavez, o que exclui meu sogro, minha mãe, meus avôs, etc, etc, etc...
dliossi no está en línea   Reply With Quote
Old February 23rd, 2010, 01:44 PM   #16
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 5,855
Likes (Received): 1153

Quote:
Originally Posted by dliossi View Post
"exaltar uma ditadura que igualmente lançou mão da morte e do terror para silenciar toda e qualquer liberdade democrática. "

Como eu disse, toda e qualquer não liberdade democrática não, somente a de gente que aprovava um regime semelhante ao do Hugo Chavez, o que exclui meu sogro, minha mãe, meus avôs, etc, etc, etc...
Nada mais sem noção do que criticar uma ditadura como a do detestável Hugo Chavez e apoiar outra tão ou mais detestável, simplesmente porque supostamente combateu os comunistas.

...o que exclui meu sogro, minha mãe, meus avôs, etc, etc, etc...

"Um desvão de telhado é o infinito para uma andorinha" (Machado de Assis)
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote
Old February 23rd, 2010, 01:53 PM   #17
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 5,855
Likes (Received): 1153

Mas deixando esses reacionários inocentes-úteis de lado, talvez muitos não saibam (exceto o Superkyo) mas a PM, ou Força Pública como queiram, foi fundada por um ilustre sorocabano, o brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar (sigla da ROTA), grande paulista do Império. Tobias de Aguiar teve intensa participação na política da época e foi casado com a bela Marquesa de Santos, mas bem depois que o D. Pedro I foi embora p/ morrer em Lisboa, que fique bem claro, senão alguém pode achar que o coitado do brigadeiro era um belo de um côrno..rsrsrs.
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote
Old February 23rd, 2010, 02:12 PM   #18
Sr. Mauá
Estamos por aí....
 
Join Date: Jun 2008
Location: Mauá - SP
Posts: 2,654
Likes (Received): 33

O então chamado Primeiro Batalhão Policial Militar “Tobias De Aguiar” adquiriu o formato atual, pautado na mobilidade e eficácia, a partir de 1970 quando, no contexto da ditadura, participou da operação de desmantelamento de um centro de treinamento de guerrilha da VPR atuante no Vale do Ribeira. Apesar de bem-sucedida, os remanescentes do grupo conseguiram escapar, entre eles Carlos Lamarca e Carlos Marighella continuam a militância na capital de São Paulo e na Grande São Paulo; promoveram ataques a quartéis, assassinatos e sequestros de políticos e militares financiados por roubos a banco (chamadas desapropriações). O grupo era acusado de terrorismo pelo regime militar. O Batalhão é reformulado visando o combate à guerrilha urbana. É instalada na sede do “Batalhão Tobias de Aguiar” a central de comunicações com a finalidade de apoiar as viaturas em serviço. As viaturas são equipadas com rádio transceptor para maior agilidade nas Operações da Polícia Militar com a Base Aguiar ou com as viaturas no policiamento; os policiais recebem a boina negra como marca característica. Sob o comando do Ten.-Cel. Salvador D’Aquino o grupo passa a ter o papel de ronda bancária, patrulhamento urbano e tropa de choque para agir onde a polícia comum não tinha condições de fazê-lo. Em 15 de outubro de 1970, passa a denominar-se Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar – ROTA.

Fontes: Livro Rota 66 (Caco Barcelos) e Polícia Militar (www.polmil.sp.gov.br)
__________________
Mauá - SP
Sr. Mauá no está en línea   Reply With Quote
Old February 23rd, 2010, 04:57 PM   #19
Antonio_F
Registered User
 
Join Date: Jul 2009
Location: Sorocaba, SP
Posts: 5,855
Likes (Received): 1153

Minha história com a ROTA

Quote:
Originally Posted by Sr. Mauá View Post
O então chamado Primeiro Batalhão Policial Militar “Tobias De Aguiar” adquiriu o formato atual, pautado na mobilidade e eficácia, a partir de 1970 quando, no contexto da ditadura, participou da operação de desmantelamento de um centro de treinamento de guerrilha da VPR atuante no Vale do Ribeira. Apesar de bem-sucedida, os remanescentes do grupo conseguiram escapar, entre eles Carlos Lamarca e Carlos Marighella continuam a militância na capital de São Paulo e na Grande São Paulo; promoveram ataques a quartéis, assassinatos e sequestros de políticos e militares financiados por roubos a banco (chamadas desapropriações). O grupo era acusado de terrorismo pelo regime militar. O Batalhão é reformulado visando o combate à guerrilha urbana. É instalada na sede do “Batalhão Tobias de Aguiar” a central de comunicações com a finalidade de apoiar as viaturas em serviço. As viaturas são equipadas com rádio transceptor para maior agilidade nas Operações da Polícia Militar com a Base Aguiar ou com as viaturas no policiamento; os policiais recebem a boina negra como marca característica. Sob o comando do Ten.-Cel. Salvador D’Aquino o grupo passa a ter o papel de ronda bancária, patrulhamento urbano e tropa de choque para agir onde a polícia comum não tinha condições de fazê-lo. Em 15 de outubro de 1970, passa a denominar-se Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar – ROTA.

Fontes: Livro Rota 66 (Caco Barcelos) e Polícia Militar (www.polmil.sp.gov.br)
Essa botava pavor, só quem já passou por uma geral da ROTA sabe o que é sentir o frio do medo na espinha. Lembro que meados dos 80 estávamos eu e meu irmão num Fuscão à noite dando um "rolê" como se dizia na época, pelas ruas do centro de Osasco, quando de repente fomos fechados por duas Veraneios cinza (das antigas envenenadas) da temível Rota. Desceu uns 8 policiais com aquele sobretudo cinza que cobria até as botas e o barulho das 12 engatilhando, eles mandando a gente encostar na parede. Só não me mijei pq sou macho e estava muito frio..rsrs e depois que viram nossos documentos e o hollerith (sempre ande com um na carteira) é que nos informaram que um Fusca com as mesmas características tinha sido roubado, coisa muito comum naqueles tempos doidos. Foi uma cena tão impressionante que até hoje é como se estivesse diante dos meus olhos, ficou gravada para sempre na memória.

Por incrível que pareça, foram enérgicos quando necessário mas também bastante gentis e ainda nos deram algumas recomendações de segurança.

Infelizmente, hoje temos visto uma polícia acuada pelas facções criminosas.

Last edited by Antonio_F; February 23rd, 2010 at 05:07 PM.
Antonio_F no está en línea   Reply With Quote
Old February 23rd, 2010, 05:22 PM   #20
Rajude
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,436

(...)
Quote:
Originally Posted by dliossi View Post
"exaltar uma ditadura que igualmente lançou mão da morte e do terror para silenciar toda e qualquer liberdade democrática. "

Como eu disse, toda e qualquer não liberdade democrática não, somente a de gente que aprovava um regime semelhante ao do Hugo Chavez, o que exclui meu sogro, minha mãe, meus avôs, etc, etc, etc...
Quote:
Originally Posted by Antonio_F View Post
Nada mais sem noção do que criticar uma ditadura como a do detestável Hugo Chavez e apoiar outra tão ou mais detestável, simplesmente porque supostamente combateu os comunistas.

...o que exclui meu sogro, minha mãe, meus avôs, etc, etc, etc...

"Um desvão de telhado é o infinito para uma andorinha" (Machado de Assis)
Outro dia eu estava assistindo a uma entrevista do ilustre ministro do STF Marco Aurélio Mello, e ele mencionou que em sua concepção a ditadura no Brasil teria sido um mal necessário tendo em vista o que se avizinhava, isto é, o Estado comunista.

Nos dias de hoje, muitos costumam se exaltar precocemente ao ver quaisquer tipos de manifestações deste tipo, o que não é de se desmerecer, contudo, neste ponto, faz-se necessário observar o contexto histórico. Naquele momento estávamos em plena guerra fria, e um país com as dimensões do Brasil sob um comando comunista, na América latina, e em função da própria influência que exercia e das distinções da época, poderia não trazer bons frutos para o Brasil naquela época, tanto do ponto de vista nacional quanto internacional. Às vezes o ótimo é inimigo do bom, bem como o péssimo pode ser inimigo do ruim.

A ditadura no Brasil foi sem dúvida alguma muito ruim do ponto de vista da liberdade de expressão e similares, aliás, qualquer tipo de ditadura é sempre ruim deste ponto de vista, contudo quando vejo o Dliossi mencionando que a Ditadura que ocorreu no Brasil foi "menos ruim", procuro entender em um caráter mais abrangente, pois afinal naquela ocasião o Brasil se desenvolveu economicamente, isto sem mencionar o que poderia ocasionar um Estado Comunista.

Muitos em diversas ocasiões em suas colocações procuram fazer uma conotação, indireta ou não, ao Estado ideal, que é algo próximo ao que vivemos na atualidade (do ponto de vista administrativo), contudo, na história, nem sempre existe esta opção. Ou você fica de um lado, ou você fica de outro, independente dos lucros ou prejuízos que estes poderiam lhe trazer, e neste caso, você precisa fazer uma análise mais criteriosa, e não relacionada ao contexto em que vivemos hoje que é extremamente diferente do que em outras épocas, portanto, do meu ponto de vista, apenas dizer que a ditadura no Brasil em comparação com o Hugo Chavez ou quem quer que seja, foi algo singularmente ruim ou bom, é uma visão extremamente limitada, que desmerece incondicionalmente todos os fatores históricos que prevaleciam naquele momento.
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 10:58 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu