daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Gerais > Arquitetura e Discussões Urbanas



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rate Thread
Old April 19th, 2010, 03:23 PM   #1
thesapox
Registered User
 
thesapox's Avatar
 
Join Date: Jan 2006
Location: Campo Bom, RS
Posts: 3,671
Likes (Received): 16

Construções de valor recentemente tombadas e/ou restauradas nas nossas cidades!

Para não nos perdermos num mar de pessimismo, lanço aqui o contraponto ao outro tópico, onde podemos mostrar as coisas boas que estão acontecendo nesta área de patrimônio cultural:

Tombamentos, restauros, inventário, iniciativas de educação patrimonial...

Mas não deixem de acompanhar o outro tópico das demolições
http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=764938
thesapox no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old April 19th, 2010, 03:54 PM   #2
thesapox
Registered User
 
thesapox's Avatar
 
Join Date: Jan 2006
Location: Campo Bom, RS
Posts: 3,671
Likes (Received): 16

A Prefeitura de Canoas (RS) está dando um exemplo nas tímidas prefeituras da RM de Porto Alegre, que muitas vezes falam e falam sobre proteção do patrimônio e NADA fazem de concreto (vide as PMs de Porto Alegre, Novo Hamburgo, São leopoldo...)

A gestão atual tem tombado uma casa atrás da outra, uma iniciativa pra lá de ousada considerando a terrível especulação imobiliária. Até dois anos atrás Canoas não "tinha" patrimõnio histórico, pois nenhum prédio era reconhecido como tal.
Felizmente a necessidade de preservar a meia dúzia de casas que restaram tem falado mais alto!

Villa Mimosa, a primeira a ser tombada



Quote:
O prédio histórico de estilo neoclássico foi construído em 1904 pelo contador Frederico Guilherme Ludwig, onde foi morar com a mulher, dona Mimosa. Ela instalou no local um armazém de secos e molhados e a primeira loja de fazendas e armarinhos da cidade. Em 1923, iniciaram-se ampliações, e a casa ficou com 23 peças. O local foi habitado por um dos filhos do casal, o médico Victor Hugo Ludwig, e sua família, até 1999. Quando a área foi comprada, em 2007, a casa estava desabitada.
O entorno verde desta casa está envolvida numa polêmica, pois será alvo de um investimento imobiliário da Goldsztein
http://www.preservevillamimosa.com.br/


Villa Nenê


http://www.panoramio.com/photo/20931376


Quote:
Conforme o documento do histórico da família Silveira, que residiu na casa hoje conhecida como Vila Nenê, essa residência foi construída em 1928 por Antonio Cândido da Silveira. “Constitui-se numa ponte com o passado, pois permite aos habitantes do município uma visualização da arquitetura utilizada no início do século XX em Canoas”, observa o processo. A moradia teria recebido este nome em homenagem à segunda esposa do Antonio Cândido da Silveira, que se chamava Gomercinda Ignácio da Silveira, mas era conhecida por “Nenê”. Com ela, o proprietário, tendo dois filhos: Antonio Carlos da Silveira e Luis Fernando da Silveira.
Antiga estação ferroviaria - atual Fundação Cultural



Casa dos Rosa

Quote:
A casa mais antiga da cidade, segundo a Secretaria de Cultura, fica na Av. Victor Barreto, 2.186, no Centro. Feita em 1874, pelo engenheiro John Genity, que trabalhou na construção da estrada de ferro, foi comprada em 1893 pela família de Antônio Lourenço Rosa. Em 1997, foi vendida à Ulbra.
Casa dos Wittrock

Quote:
O prédio da antiga Escola de Música de Canoas foi tombado na última quarta-feira, 6. A casa, que pertence à família Wittrock, estava em estudos para tombamento, aguardando o acompanhamento de técnicos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (IPHAE) que agora, vão apoiar o processo de restauração do local. O prédio deverá ser devolvido aos proprietários.

De acordo com o secretário de Cultura, Jéferson Assumção, os trâmites para ser realizado o tombamento demoraram aproximadamente dois meses, sendo finalizados no dia 30 dezembro. A oficialização do processo aconteceu na quarta-feira, quando foi assinado o livro tombo, no departamento de Patrimônio Histórico e Cultural da secretaria, e o decreto de tombamento.

O secretário salientou que os estudos vinham sendo feitos há mais tempo. Ele explicou que, desde quando foi entregue a casa para secretaria de Planejamento e Gestão, havia interesse no tombamento.
Fontes
http://www.defender.org.br/vila-nene...ico-de-canoas/
http://www.defender.org.br/prefeitur...ilia-wittrock/
http://www.defender.org.br/canoasrs-...-sera-tombada/
http://www.defender.org.br/patrimoni...lei-municipal/
http://www.preservevillamimosa.com.br
http://www.defender.org.br/canoasrs-...-sera-tombada/

Last edited by thesapox; April 19th, 2010 at 03:59 PM.
thesapox no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2010, 09:35 PM   #3
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,952
Likes (Received): 2697

Que bom que tu abriste esse thread, thesapox. Vai ser o alívio para as imagens de destruição daquele outro...

Bom, começo com um prédio super importante. O Sobrado do Imperador, prédio da primeira Casa de Câmara e Cadeia de Pernambuco. Fica na cidade de Igarassu, RM do Recife. Construção de 1564, restaurada há pouquíssimo tempo. No Século XIX recebeu alguns elementos neoclássicos.

Antes:

Foto by Beto Félix

Depois

Foto by Tito

Observem os portais em pedra de cantaria. Que maravilha haviam escondido sob uma camada de cimento.
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2010, 09:58 PM   #4
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,952
Likes (Received): 2697

Prédio da Associação Comercial de Pernambuco. Início do Século XX.

Antes (à direita)

http://www.memorialpernambuco.com.br...cifeantigo.jpg

Depois

http://3.bp.blogspot.com/_LL0srDQY8D...tigo%2B003.jpg
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old April 19th, 2010, 10:17 PM   #5
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,952
Likes (Received): 2697

Avenida Guararapes - Recife. Há uns dois anos foi declarada área de preservação pela Fundarpe (Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco), uma espécie de tombamento. Os prédios são da 1ª metade do Século XX.


http://img458.imageshack.us/img458/2...773988f0dg.jpg
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old April 20th, 2010, 03:34 PM   #6
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,952
Likes (Received): 2697

Paço do Frevo - Recife Antigo. No prédio em estilo eclético funcionava o antigo telégrafo inglês e está sendo restaurado pela Fundação Roberto Marinho.


http://guiapernambuco.files.wordpres...pg?w=285&h=380


http://guiapernambuco.files.wordpres...pg?w=328&h=380
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old April 20th, 2010, 03:45 PM   #7
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,952
Likes (Received): 2697

Igreja de Nossa Senhora do Pilar (1680) está em processo de restauração.

Fotos das obras de restauração

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/...4191-EX,00.jpg


http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/...4198-EX,00.jpg

Foto antiga

http://educacaopatrimonial.files.wor...-04-09-242.jpg
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old April 21st, 2010, 11:07 PM   #8
GRGM
Gabriel
 
GRGM's Avatar
 
Join Date: Apr 2004
Location: São Paulo
Posts: 7,436
Likes (Received): 114

Patrimônio cultural brasileiro tem novos bens protegidos pelo Iphan

16/04/2010
Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural aprovou, por unanimidade, tombamento de vila operária no Amapá e registro de celebração religiosa em Goiás

Na primeira reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, realizada no Palácio Gustavo Capanema, no Rio de Janeiro, foram aprovadas todas as propostas apresentadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan. A partir de agora, são bens protegidos com a chancela de patrimônio cultural do Brasil, a Vila Serra do Navio, no Amapá, e a Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis, em Goiás. Os conselheiros também aprovaram a construção de um novo anexo ao prédio do Museu de Arte Moderna - MAM, no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro.

O presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, comemorou o resultado da reunião. Ele comenta que a Vila Serra do Navio guarda parte importante da história do Brasil e que, agora, receberá mais atenção para preservação e recuperação dos imóveis que formam um verdadeiro monumento da arquitetura e do urbanismo em plena selva amazônica. Apesar das transformações sofridas pela falta de conservação, o Iphan acredita que a Vila Serra do Navio mantém as características originais que a distinguem na história da ocupação do norte do Brasil. Durante 10 anos o Iphan trabalhou na investigação histórica, com levantamentos fotográficos e arquitetônicos referentes à vila, sua implantação, suas instalações e edificações.

A Festa do Divino Espírito Santo em Pirenópolis é a primeira celebração religiosa do pais a ser inscrita no Livro das Celebrações como Patrimônio Cultural Brasileiro, depois do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, em Belém do Pará, registrada em 2005. A pesquisa realizada pelo Departamento de Patrimônio Imaterial do Iphan constatou que a Festa apresenta todos os pressupostos que permitem entendê-la como um fato social total visto que é um sistema de produção e circulação de bens e de dádivas baseados na reciprocidade, interferindo em todas as dimensões da vida local. A própria comunidade descreve a festa como patrimônio de valor inestimável e investe na manutenção da tradição. Com o registro no Livro das Celebrações, medidas de salvaguardas serão implantadas para evitar problemas pontuais, como a possibilidade do impacto negativo com a utilização da Festa apenas como atrativo turístico, e outros fatores que possam ameaçar a manifestação cultural.

Já com relação ao novo espaço que poderá ser construído junto ao MAM, Luiz Fernando de Almeida destaque que a aprovação do Conselho Consultivo representa um resgate do projeto original que já previa que a área seria destinada à ocupação pública de caráter cultural. Ele afirma que, depois do incêndio de 1978, com o novo anexo e a doação do acervo de Marcantonio Vilaça, o MAM retoma seu lugar no cenário das artes plásticas brasileiro.

A Vila Serra do Navio



Com pouco mais de 3,7 mil habitantes, a Vila Serra do Navio foi projetada pelo arquiteto brasileiro Oswaldo Bratke para abrigar os trabalhadores da Indústria e Comércio de Minério – Icomi. Concebida para ser uma cidade completa e auto-suficiente, foi a experiência precursora na região amazônica na implantação de uma Cidade de Companhia, voltada para a exploração mineral. Bratke escolheu pessoalmente o lugar de implantação. Estudou os tipos de habitação da região, os hábitos dos moradores, e todos os dados referentes ao meio ambiente. Visitou vilas de mineração construídas em outros países como Estados Unidos, Inglaterra, Venezuela, Chile, Colômbia e Caribe. A distribuição das moradias refletia o organograma da empresa, com dois setores bem demarcados. Em um deles ficavam as casas dos operários e o outro era destinado aos funcionários graduados. O Centro Cívico abrigava uma escola com parque infantil; um hospital com centro de saúde e unidade de enfermagem com 30 leitos; um clube social com cine-teatro; uma igreja ecumênica; e um clube esportivo com equipamentos e quadras que tinha como objetivo principal a confraternização. Tudo isso mantendo a estrutura social já existente na região, porém com melhores condições habitacionais.

Os festejos em Pirenópolis



A Festa do Divino de Pirenópolis é realizada anualmente desde 1819, data do primeiro registro na lista local de imperadores. Desde então, ano após ano, essa listagem é atualizada e publicada na programação da festa. É considerada uma das mais expressivas celebrações do Espírito Santo no país, especialmente pelo grande número de seus rituais, personagens e componentes, como as cavalhadas de mouros e cristãos e os mascarados montados a cavalo. Enraizada no cotidiano dos moradores de Pirenópolis, a Festa do Divino determina os padrões de sociabilidade local, consolidando-se como elemento fundamental da identidade cultural da cidade. Os rituais têm início no domingo de Páscoa e seguem até o domingo seguinte ao feriado de Corpus Christi. O clímax da festa é no Domingo de Pentecostes ou do Divino.

O novo anexo do MAM
Projetado por Affonso Eduardo Reidy, o novo anexo ao lado do Museu de Arte Moderna ficará a 200 metros do prédio atual. O estudo inicial do arquiteto Glauco Campelo, apresentado pelo Iphan na reunião do Conselho Consultivo, prevê um prédio de dois andares, com estacionamento subterrâneo, destinado a abrigar parte da coleção que pertenceu a Marcantonio Vilaça, reconhecido artista plástico, marchand e incentivador da vanguarda da arte brasileira. O plano também prevê biblioteca, cafeteria, reserva técnica e terraço.

Projeto - MAM

O Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural

O Conselho que avalia os processos de tombamento e registro, presidido por Luiz Fernando de Almeida, presidente do Iphan, é formado por especialistas de diversas áreas, como cultura, turismo, arquitetura e arqueologia. Ao todo, são 22 conselheiros de instituições como Ministério do Turismo, Instituto dos Arquitetos do Brasil, Sociedade de Arqueologia Brasileira – SAB, Ministério da Educação, Sociedade Brasileira de Antropologia e Instituto Brasileiro de Museus – Ibram e da sociedade civil.

Na reunião desta quinta-feira, dia 15 de abril, os conselheiros prestaram homenagem póstuma a José Mindlin, advogado, empresário e bibliófilo brasileiro que morreu em 28 de fevereiro de 2010, aos 95 anos. Considerado um dos maiores defensores e colaboradores da cultura brasileira, Mindlin foi conselheiro do Iphan, nomeado em 1992 e reconduzido em 1996 ao cargo que ocupou até 2000. Cumpriu mais um mandato no Conselho Consultivo de 2006 a 2009.

Mais informações
Assessoria de Comunicação Iphan
Adélia Soares – adelia.soares@iphan.gov.br
Daniel Hora – daniel.hora@iphan.gov.br
(61) 2024-6187 / 3326-6864
(61) 2024-6194 – 3226-8907
www.iphan.gov.br / educacaopatrimonial.wordpress.com / @IphanGovBr

http://portal.iphan.gov.br/portal/mo...detalheNoticia
GRGM no está en línea   Reply With Quote
Old April 22nd, 2010, 04:27 AM   #9
Vinicius
SSC Brasil
 
Vinicius's Avatar
 
Join Date: Nov 2005
Location: Rio de Janeiro
Posts: 16,689
Likes (Received): 2983

Construções tombadas pela prefeitura no ano passado na Tijuca, bairro da Zona Norte do Rio:









Todas as fotos são minhas.
Vinicius no está en línea   Reply With Quote
Old April 22nd, 2010, 05:44 AM   #10
thesapox
Registered User
 
thesapox's Avatar
 
Join Date: Jan 2006
Location: Campo Bom, RS
Posts: 3,671
Likes (Received): 16

Interessante que a Pref. tombou essa primeira casa, pois ela está na contramão do discurso de muita gente atrasada que ainda considera esse tipo de casa sem valor, por ser muito 'espetacular' e 'cenográfico'.
thesapox no está en línea   Reply With Quote
Old April 22nd, 2010, 08:11 AM   #11
almeidaneto
Registered User
 
almeidaneto's Avatar
 
Join Date: Jan 2010
Posts: 4,750
Likes (Received): 95

A administração atual da minha cidade está abandonada, então o trabalho de restauração do patrimônio histórico ficou com a iniciativa privada, algumas construtoras estão comprando os casarões antigos para restaura-los e usar em seus condomínios
almeidaneto no está en línea   Reply With Quote
Old April 22nd, 2010, 08:28 PM   #12
Farrapo
.
 
Join Date: Oct 2003
Location: Porto Alegre
Posts: 8,191
Likes (Received): 244

Pelotas, RS - Escola de Belas Artes (UFPEL)

Antes


Depois
Farrapo no está en línea   Reply With Quote
Old April 28th, 2010, 05:44 AM   #13
Cristian _
Registered User
 
Cristian _'s Avatar
 
Join Date: May 2008
Location: Joinville/Florianópolis
Posts: 3,307
Likes (Received): 18

Postado no SC notícias pelo JSantos. Apenas uma parte da matéria:

Primeira escola alemã de Joinville passa por restauração e deve se tornar centro cultural

Até agora, já foram gastos mais de R$ 1,3 milhão na conservação da construção que um dia foi reconhecida como o maior colégio luterano da América Latina. Mas ainda faltam R$ 98 mil para que o projeto seja totalmente finalizado em junho.

O consulado da Alemanha chegou a doar R$ 100 mil para a recuperação. Na semana passada, o embaixador alemão Wilfred Groling visitou a antiga escola para conferir de perto o andamento das obras.

Criado pela comunidade luterana em 1866, logo após a fundação da cidade, o lugar funcionou de 1876 a 1939 como escola, mas precisou ser fechado por causa da campanha de nacionalização do ensino brasileiro imposta pelo governo da época.

Para que a escola pudesse reabrir, foi necessário fundi-la com o Instituto Bom Jesus, criado em 1926 pela professora Anna Maria Harger. A proibição de manifestações culturais de outros países foi uma das causadoras de boa parte da perda da memória física e documental da Deutsche Schule.

A recuperação deste documento também faz parte do projeto, já que o prédio restaurado irá abrigar uma biblioteca composta por materiais doados pelas famílias da comunidade luterana. Já foram arrecadados boletins, diários de classe e livros em alemão gótico.

Além de uma biblioteca, o local irá abrigar um auditório para cem pessoas e salas que poderão ser usadas para exposições, ensaios de grupos teatrais, palestras e outros eventos culturais. As salas serão climatizadas e haverá sistema de som e iluminação.




por Vinicius Rafaeli de



http://www.skyscrapercity.com/showpo...postcount=4737
Cristian _ no está en línea   Reply With Quote
Old April 28th, 2010, 06:06 AM   #14
Cristian _
Registered User
 
Cristian _'s Avatar
 
Join Date: May 2008
Location: Joinville/Florianópolis
Posts: 3,307
Likes (Received): 18

No final do ano passado a prefeitura de Joinville tombou 20 construções na cidade. Elas foram construídas entre o final do século 19 e início do século 20.


http://www.clicrbs.com.br/pdf/7369318.pdf

Essas são duas das construções (fotos minhas):



O casarão foi erguido em 1924 pelo ex-deputado Hans Jordan. Representa o ciclo de riquezas proporcionado pela erva-mate. Jordan era sócio da Cia. Industrial, empresa que processava o produto-base do chimarrão.



O prédio abrigava a antiga casa do bispo. De 1938, tem estilo barroco. É onde está hoje o Hotel Anthurium.
Cristian _ no está en línea   Reply With Quote
Old April 28th, 2010, 02:22 PM   #15
thesapox
Registered User
 
thesapox's Avatar
 
Join Date: Jan 2006
Location: Campo Bom, RS
Posts: 3,671
Likes (Received): 16

Um exemplo essa iniciativa de Joinville.
É o que deveria ser feito com urgencia em todas as cidades de colonização alemã.
Demoram o que podem nos inventários e só tombam depois de muuuuita enrolação e discussão, acaba que se perde muitas preciosidades nesse meio tempo.
thesapox no está en línea   Reply With Quote
Old April 28th, 2010, 06:31 PM   #16
ambiente2008
Registered User
 
ambiente2008's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Lisboa
Posts: 4,909
Likes (Received): 1337

A Igreja de Nossa Senhora do Carmo no Rio de Janeiro foi totalmente restaurada para acolher as comemorações do bicentenário da chegada da corte portuguesa ao Brasil.

O trabalho foi excepcional e o resultado magnífico.

image hosted on flickr


image hosted on flickr


image hosted on flickr

Fotos: Flickr

Durante as comemorações, com a presença do presidente de Portugal.


ambiente2008 no está en línea   Reply With Quote
Old June 11th, 2010, 02:48 PM   #17
thesapox
Registered User
 
thesapox's Avatar
 
Join Date: Jan 2006
Location: Campo Bom, RS
Posts: 3,671
Likes (Received): 16

Palácio da Justiça de Porto Alegre, dos anos 50. Uma das obras mais emblemáticas do modernismo gaucho.



O restauro teve assessoramento de um dos arquitetos autores da obra, e procurou recompor e concluir o projeto original, que havia sido executado `nas coxas`para contenção de verbas.


Os brise soleil foram finalmente colocados na fachada oeste.
thesapox no está en línea   Reply With Quote
Old June 11th, 2010, 04:56 PM   #18
Soteropolis1
Registered User
 
Soteropolis1's Avatar
 
Join Date: Mar 2009
Posts: 5,875
Likes (Received): 670

Recentes restaurações em Salvador:

Rua da Misericórdia


Panoramio: catin


Flickr: Ruiz2009

2. Igreja da Barroquinha

Panoramio: threecee


Panoramio: aelontra

3. Igreja do Boqueirão

Panoramio: Draken


Fonte: agerba
Soteropolis1 no está en línea   Reply With Quote
Old June 11th, 2010, 05:22 PM   #19
thesapox
Registered User
 
thesapox's Avatar
 
Join Date: Jan 2006
Location: Campo Bom, RS
Posts: 3,671
Likes (Received): 16

Ótimas notícias, fiquei extremamente feliz em ver que finalmente Salvador está restaurando o acervo eclético, como eclético mesmo!
Muita coisa se perdeu no Pelourinho, quando se "re-colonizava" fachadas ecléticas, muitas vezes, em prédios que jamais foram coloniais.
thesapox no está en línea   Reply With Quote
Old June 11th, 2010, 05:44 PM   #20
Soteropolis1
Registered User
 
Soteropolis1's Avatar
 
Join Date: Mar 2009
Posts: 5,875
Likes (Received): 670


A rua da Misericórdia, em Salvador, foi alargada em 1910. Os prédios coloniais originais foram demolidos e novos prédios ecléticos foram construídos nos terrenos remanescentes. São estes agora restaurados

No caso do Pelourinho muitos dos prédios ecléticos, especialmente no Largo, cartão postal do bairro, sofreram apenas reformas de fachadas coloniais, dos quais tinha-se o registro do aspecto original. Neste caso, acho válida a reconstrução da fachada primitiva, no sentido do resgate. Vários outros prédios construídos, já em estilo eclético, foram mantidos no Pelourinho, mesmo depois da restauração.

Caso similar de devolução da fachada original deu-se com a câmara de vereadores de SSA, um dos prédios coloniais mais belos do país, que foi reformado externamente, adquirindo uma fachada eclética em 1912, e que teve sua fachada colonial restaurada na década de 70 (prédio branco à esquerda).


Flickr: BRASILS

A propósito, o prédio eclético do Palácio Rio Branco, à direita da foto acima, teve sua restauração inaugurada ontem, com a presença de Lula. A foto abaixo é dessa inauguração:


Fonte: govBa


Fonte: govBa




Fonte: govBa

Last edited by Soteropolis1; June 11th, 2010 at 06:22 PM.
Soteropolis1 no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 12:35 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu