daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Rodoviário



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 3 votes, 5.00 average.
Old January 14th, 2013, 06:14 AM   #201
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740




Vídeo inédito sobre o método construtivo.

Fonte
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old January 14th, 2013, 06:24 AM   #202
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740

Frente de obras para Ponte Anita Garibaldi toma forma em Laguna
Postada em 10/01/2013

A frente de obras para construção da ponte do Canal de Laranjeiras vem tomando forma nas últimas semanas. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), através do consórcio Ponte de Laguna (Camargo Corrêa-Aterpa/M.Martins-Construbase) aloca trabalhos entre o km 313 ao km 314 da BR-101 Sul catarinense, no bairro de Cabeçuda, em Laguna, iniciaram no mês de outubro de 2012 e vem expandindo a área ocupada para construção da cabeceira Norte da futura ponte. Com a construção e liberação do desvio lateral da obra e a instalação de tapumes para delimitar o espaço de atividades, a frente de trabalho se define visualmente entre a margem da Lagoa de Santo Antônio dos Anjos e a rodovia federal.

Distribuídos por aproximadamente um quilômetros de obras, a movimentação de trabalhadores e equipamentos ditam o ritmo da construção, divididos na escavação de novas estacas e a finalização de outras. Ao todo, dos 20 pilares projetados, quatro estão concretados e outros oito estão em construção. Para a construção do acesso Norte serão executadas vinte estacas (camisas), em dez conjuntos pares. Três pilares foram construídos aproveitando a condição de superficialidade da camada rochosas próximos da lagoa, e as cavidades deixadas pela equipe que realizou o salvamento arqueológico do sambaqui existente no entorno do pilar.

A frente de trabalho alocada em Cabeçuda é a primeira ação direta de construção da ponte sobre o canal. Outros trabalhos foram iniciados anteriormente, mas para dar suporte a construção, como a preparação do desvio lateral, a dragagem da Lagoa Santo Antônio dos Anjos e a construção do Canteiro Central no bairro Mato Alto, em Laguna.

A construção dos pilares – Com as camisas metálicas em posição vertical, é instalada no topo das estruturas perfuratriz para escavar a rocha e abrir caminho para a colocação das ferragens e concretagem dos pilares. Todo o sedimento é retirado por pressão, sendo tratado antes do descarte. A instalação das camisas metálicas e da perfuratriz é feita por guindastes de grande porte, necessários devido às dimensões da obra.

As camisas metálicas vão servir de molde para a construção dos pilares de sustentação da ponte, tanto em terra firme, quanto no leito da lagoa. Pela proximidade da camada rochosa, os dois primeiros conjuntos de camisas metálicas não precisaram de bate-estaca para serem cravados ao solo. Porém, os demais passarão primeiro pelo estaqueamento, sendo necessária a união dos cilindros para atingir a base de rochas. Cada processo de instalação dos cilindros metálicos tem procedimentos distintos, onde a construção vai se adequar ao terreno para seguir com a obra.

A ponte para travessia do Canal de Laranjeiras terá 51 vãos, onde serão instaladas 134 estacas para construção dos pilares de sustentação, formados pela junção de camisas metálicas para a escavação e preenchimento com concreto. As obras na ponte ocorrem em paralelo a trabalhos executados no Canteiro Central, onde trabalhadores realizam a armação da ferragem que será utilizada na construção dos pilares em terra firme, no km 314 da BR-101 Sul/SC, em Cabeçuda.

Como será a ponte – Para a construção da ponte para travessia do Canal de Laranjeiras, a primeira etapa de construção será a fundação. Serão realizadas escavações com 2,5 metros de diâmetro, que serão protegidas com camisas metálicas do mesmo diâmetro, que aguardam próximo a pista da BR-101 Sul. As escavações serão dentro dágua sob uma lâmina de até 3,5 metros, sendo que a estaca mais profunda chegará a 75 metros, o que equivalente a um edifício de 21 andares. As camisas metálicas serão armadas com vergalhões de concreto e depois preenchidas com concreto. O consórcio pretende disponibilizar quatro equipes trabalhando ao mesmo tempo em pontos diferentes da ponte.

A segunda etapa de construção segue assim que fundação estiver pronta, começa a construção dos pilares de concreto que irão sustentar as aduelas. A primeira aduela de cada pilar é chamada de aduela de disparo. Construída no próprio local, serve de apoio para receber as demais, que serão colocadas simultaneamente em sentidos opostos em relação ao pilar. Concluída a armação das aduelas em um vão, a estrutura é completada com as abas laterais, também pré-moldadas. As aduelas e as abas começarão a ser feitas no canteiro de obras logo ao início da obra e, assim que dois pilares contíguos ficarem prontos, elas serão transportadas e colocadas na estrutura.

Serão 780 unidades de aduelas, construídas no canteiro central e depois transportadas até a obra por meio das balsas. Cada aduela pesa acima de 90 toneladas e tem, aproximadamente, quatro metros de comprimento, sendo encaixadas umas nas outras e fixadas com cabos de tensão. Terão acrescidas abas laterais, que darão complementação à largura total da obra.

Os vãos serão subdivididos em aduelas com comprimento aproximado de 4 metros pré-moldadas e colocadas no seu local definitivo com a utilização de treliças de balanços sucessivos. Essas treliças avançarão para a posição de içamento da aduela seguinte somente após a aduela que estiver sustentada e devidamente solidarizada à estrutura.

O terceiro passo será a construção dos mastros no vão estaiado. A parte estaiada da ponte, com 400 metros de extensão, tem um vão central com 200 metros e dois laterais com 100 metros cada um. Será apoiada em dois mastros com 50 metros de altura em relação ao pavimento da ponte. Em cada lada dos mastros serão instalados 14 cabos chamados estais, totalizando 50 estais, que terão a função de sustentar e dar equilíbrio à estrutura.

O quarto e último estágio de obras serão os acabamentos. Faz parte da última etapa da obra, a colocação de proteções nas laterais e no centro da ponte, a pavimentação do tabuleiro e a pintura de faixa de sinalização.

Motoristas e pedestres devem redobrar cautela – Tanto motoristas quanto pedestres que circulam pelo trecho de obras entre o km 313 ao km 314 devem atentar a movimentação de equipamentos e trabalhadores nas obras de construção da ponte sobre o Canal de Laranjeiras. A frente de obras será toda cercada por tapumes, para evitar que pessoas não autorizadas possam acessar os trabalhos, se expondo a riscos desnecessários.

O DNIT e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) solicitam aos motoristas que não parem para visualizar a obra nem para produção fotográfica entre o km 312 ao km 315, segmento de pista simples que fica no entorno da obra. A parada no acostamento de pista ou sobre o desvio lateral expõe todos os usuários ao risco de acidentes. No trecho há sinalização vertical indicando a manutenção da velocidade de 60 km/h. Segundo a PRF, há registro de veículos que reduzem a velocidade e mesmo param nos bordos da rodovia para avistar a lagoa, reduzindo a movimentação de veículos.

Para a população lindeira é preciso atentar aos cuidados necessários para cruzar as faixas de rolagem construídas no desvio. Há dois pontos para travessia de pedestres identificados que devem ser respeitados. É proibida a entrada de pessoas não autorizadas dentro da frente de obras. Atenção redobrada também a movimentação de trabalhadores e equipamentos na rua Dr. Paulo Carneiro, no bairro Cabeçuda, lindeira aos trabalhos. Toda a movimentação de obras é acompanhada por técnicos do consórcio Ponte de Laguna.

Fonte
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 06:28 AM   #203
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740

Obras da ponte Anita Garibaldi













Fonte
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 06:49 AM   #204
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740

DNIT-SC tem 5 bilhões para 2013
28 de dezembro de 2012

O DNIT prevê um orçamento bilionário para Santa Catarina no próximo ano, segundo o superintendente João José dos Santos, que retornou ao Estado depois de receber homenagem em Brasilia, como unidade destaque do país.

Ele deu outras boas noticias. Prevê, por exemplo, o inicio das obras de duplicação da BR-470, no Vale do Itajaí, no primeiro semestre de 2013. Dos cinco lotes, dois lotes já foram lançados pelo Regime Diferenciado de Contratação, mais ágil. O terceiro e o quarto lotes terão licitações em março e o quinto já em janeiro. A expectativa é de assinatura do primeiro contrato, na região de Blumenau, em fevereiro de 2013.

A situação da BR-280, no planalto norte, não é muito diferente. Dos três lotes, foram lançados dois, faltando apenas o que compreende o Morro da Palha, numa região com reserva indígena. No inicio de janeiro haverá reunião com a Funai para eliminar as últimas barreiras. O primeiro contrato, na área de Guaramirim, será assinado em fevereiro, de acordo com João José.

A meta anunciada pelo Diretor Geral do DNIT, general Jorge Fraxe, é de que no primeiro semestre todos os lotes das duas rodovias estejam em obras, contratados, licitados ou com ordens de serviço emitidas.

A duplicação da BR-101 sul também avança. A licitação do túnel do Formigão tem a empresa vencedora. Obras podem começar em janeiro. O contorno de Araranguá fica pronto em abril. A ponte e o viaduto de Capivari foram entregues dias atrás. A ponte de Cabeçudas segue em ritmo acelerado.

O ambicioso programa de recuperação e melhoria das estradas federais prevê mais 600 milhões de reais.

Somados todos os projetos, obras, serviços e contratos serão 5 bilhões de reais, o segundo maior orçamento do DNIT no Brasil.
Santa Catarina

Postado por Moacir Pereira, às 6:57

Fonte
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 06:57 AM   #205
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740

Quote:
Originally Posted by luancarpe View Post
Bastante provável que a matéria esteja equivocada. Sempre li/ouvi falar em um túnel com 1 pista e duas faixas.
Geral
Túnel no Morro do Formigão

Resultado da licitação é homologado

O consórcio segundo colocado havia solicitado a desclassificação do vencedor, porém, o pedido não foi aceito.


04 de Janeiro de 2013 às 00:35min



Priscila Loch
Tubarão


Agora é só assinar a ordem de serviço. Na verdade, ainda faltam alguns detalhes burocráticos, como a assinatura do contrato, por exemplo, mas o importante é que o resultado da licitação que prevê a construção do túnel do Morro do Formigão, na BR-101, em Tubarão, foi homologado. O despacho decisório já foi publicado no site do Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes (Dnit).

Segundo colocado no processo, o consórcio Toniolo Busnello - Construcap apresentou recurso pedindo a inabilitação e desclassificação técnica do primeiro colocado, J Dantas - Novatecna. Agora, não é mais possível recorrer. “Houve uma economia de R$ 3.975.327,30 para os cofres públicos, o que correspon de a um desconto de 6,55% em relação ao orçamento de referência do Dnit”, destaca o documento, assinado pelo diretor executivo do Dnit, Tarcísio Gomes de Freitas.

O J Dantas - Novatecna propôs, no dia 8 de novembro de 2012, executar a obra por R$ 56.740 milhões. “O valor do orçamento previamente estimado pela administração para a contratação foi de R$ 60.715.327,30”, divulgou Tarcísio. Até então, o preço estimado ainda não havia sido divulgado.

“É para ser rápido o processo para emitir a ordem de serviço. Com boa vontade, é possível fazer isso em uns 30 dias vai. Tenho uma visão otimista. Temos nos empenhado muito para dar celeridade”, declara o superintendente do departamento no sul do estado, Avani Aguiar de Sá.

Não fosse pelo recurso, obras já poderiam ter iniciado
O túnel do Morro do Formigão é previsto no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e a obra foi incluída no Regime Diferenciado de Contratação (RDC), que permite a flexibilização de licitações e contratos. Um dos benefícios do RDC é a redução no tempo médio dos processos licitatórios de 240 para 80 dias.
A empresa vencedora da licitação terá 720 dias consecutivos para execução dos trabalhos, a partir da ordem de serviço. Antes do anúncio de que o segundo colocado apresentaria recurso, a previsão era que as obras iniciassem já neste começo de ano.

Edital das pistas complementares é readequado

Uma outra questão ainda a ser resolvida com relação à duplicação da BR-101 tem tudo para ter um desdobramento positivo ainda este mês, acredita o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes (Dnit) no sul do estado, Avani Aguiar de Sá. A equipe do órgão em Brasília já trabalha na readequeção do edital para contratar a empresa ou consórcio que irá duplicar e restaurar os acessos à Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, na BR-101.
A licitação foi suspensa no dia 18 do mês passado, após o Tribunal de Contas da União solicitar algumas modificações. A decisão foi da Comissão Especial de Licitação do Dnit.
“Esta decisão foi para evitar problemas, uma precaução a mais. Acredito que possa ser retomado o processo nas próximas semanas. Falei hoje (ontem) com o João (José dos Santos (superintendente do Dnit em Santa Catarina) e ele me confirmou que está em contato direto com o pessoal de Brasília. Eles estão empenhados em dar um novo prazo”, conta Avani.


Por enquanto, ainda não há previsão de quando será duplicado e restaurado o trecho de cinco quilômetros nas proximidades do acesso principal a Laguna

Fonte

Confirmando o que disse, nesta notícia se referem à obra no singular.
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 07:19 AM   #206
FlicK
Arquiteto e Urbanista
 
FlicK's Avatar
 
Join Date: Aug 2006
Posts: 20,835
Likes (Received): 1667

Não li o thread, mas o que farão com a antiga ponte metálica de Laguna?

A atual ponte rodoferroviária (parte ponte, mas grande parte aterro) deveria ser removida, pois é uma agressão ao meio-ambiente!




Last edited by FlicK; January 14th, 2013 at 07:26 AM.
FlicK no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 08:25 AM   #207
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740


Com a ponte ferroviária não vão fazer nada, vai continuar abandonada.

Já sobre o aterro, li que iriam arrumar depois que a ponte fosse concluída. Mas não ouvi mais nada a respeito. Pelo contrário, a ponte atual será mantida para tráfego local.
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 07:26 PM   #208
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740

Achei uma notícia antiga:

Laguna | Patrimônio histórico
Ponte férrea de Cabeçuda vai ser doada à Laguna

Estrutura de 1.480 metros de extensão sobre a Lagoa de Santo Antônio hoje pertence ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), mas é patrimônio tombado pelo município.

19/08/2012 18:40:55 - Atualizado em 19/08/2012 18:34:46
Redação¹ /Prof. orientador Cláudio Toldo (SC0640JP)


Em 1882, a ponte férrea de Cabeçuda, às margens da BR-101, era inaugurada para servir ao transporte de carvão. Mas, 52 anos depois, em 1934, já estava desativada. A estrutura metálica está ali até hoje e pertence, depois que a ferrovia foi privatizada em 1997, ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que deve ceder o patrimônio para Laguna. A estrutura já é um bem tombado pelo município.

Na década de 80, houve tentativas para vender a estrutura metálica através de leilão, mas sem êxito.

"A intenção é preservar o espaço mantendo viva a história. o Iphan tem um projeto básico de restauração e vai ajudar o município neste trabalho”, disse o prefeito de Laguna Célio Antônio. Faltam ainda alguns trâmites legais para oficializar a doação da ponte.

Poucos metros do monumento será construída a Ponte Anita Garibaldi, obra de 2,6 quilômetros, tornando o local mais atrativo para a região.

¹Com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Laguna.

Fonte
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 07:41 PM   #209
Jdolci
JDolci
 
Jdolci's Avatar
 
Join Date: Nov 2008
Location: Curitiba - Brasil
Posts: 10,308
Likes (Received): 9365

Aí vem a pergunta.. pra que então fazer um vão tao grande no meio da ponte nova se tanto o aterro quanto a ponte ferroviária antiga vao continuar ali?

Na ilustração mostram um barco grande passando por baixo da ponte.. tá indo pra onde? passa por baixo e volta? Porque pra dentro da lagoa é que nao vai...

Passei por Laguna ontem, e sinceramente a cidade tá precisando de revitalização urgente.. tudo meio decadente na parte histórica, sujo..
Se tem dinheiro sobrando pra restaurar e manter uma ponte ferroviária que nem é tao bonita assim, deveriam aplicá-lo antes na manutenção da rica história da cidade.
Jdolci no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 10:04 PM   #210
FlicK
Arquiteto e Urbanista
 
FlicK's Avatar
 
Join Date: Aug 2006
Posts: 20,835
Likes (Received): 1667

A ponte férrea é interessante, mas sou suspeito para falar porque ela faz parte das memórias da minha infância. Agora, sobre a nova ponte, concordo contigo, toda aquela mega estrutura ficou fútil, para parecer moderna, sendo que eu particularmente acho feias pontes desse tipo, com apenas uma pequena parte estaiada...
FlicK no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 10:25 PM   #211
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740

Quote:
Originally Posted by Jdolci View Post
Aí vem a pergunta.. pra que então fazer um vão tao grande no meio da ponte nova se tanto o aterro quanto a ponte ferroviária antiga vao continuar ali?

Na ilustração mostram um barco grande passando por baixo da ponte.. tá indo pra onde? passa por baixo e volta? Porque pra dentro da lagoa é que nao vai...

Passei por Laguna ontem, e sinceramente a cidade tá precisando de revitalização urgente.. tudo meio decadente na parte histórica, sujo..
Se tem dinheiro sobrando pra restaurar e manter uma ponte ferroviária que nem é tao bonita assim, deveriam aplicá-lo antes na manutenção da rica história da cidade.
Good point, Jdolci.

Vou tentar achar alguma notícia sobre isso. Já tentei e não consegui.
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 11:43 PM   #212
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740

(...)

Estudos de circulação d'água e de dispersão de poluentes no complexo lagunar sul de SC
Avaliar o grau de penetração das águas do Rio Tubarão no interior da Lagoa do Imaruí e a influência do aterro da Ponta de Cabeçudas sobre a troca de água na Lagoa do Imaruí. Incluído neste primeiro objetivo está também investigar a viabilidade de remover parcial ou totalmente o aterro existente. O projeto também quer determinar o destino e as concentrações de uma mancha de poluentes nas lagoas, caso ocorra um derrame acidental de substâncias perigosas, causado por um acidente rodoviário na nova ponte, a ser construída sobre a Lagoa do Imaruí.

Fonte

ESTUDO DO COMPLEXO LAGUNAR DE SANTA CATARINA

O Estudo teve como objetivo principal realizar um levantamento, através de simulações e comparações, sobre a qualidade ambiental do Complexo Lagunar Sul de Santa Catarina. O complexo lagunar é composto por oito lagoas, sendo as mais importantes a Lagoa do Mirim, de Imaruí e de Santo Antônio, que possui como principal contribuinte fluvial o rio Tubarão.
Dentre os tópicos de discussão do Estudo Ambiental que foram realizados estão: avaliação do grau de penetração das águas do rio Tubarão no interior da lagoa de Imaruí, avaliação da influência do aterro da ponta de Cabeçudas sobre a circulação das águas naquela lagoa, investigação da viabilidade de remover parcialmente ou totalmente o aterro existente para melhorar a circulação d’água entre as lagoas e avaliação do destino e das concentrações de uma mancha de poluentes nas lagoas, caso ocorra um derrame acidental de substâncias perigosas, causado por um acidente rodoviário na nova ponte a ser construída.

O escopo foi dividido em duas componentes, sendo a primeira compreendendo uma modelagem matemática, planejamento estratégico, elaboração de cenários, definição de estratégias e prognóstico e validação de resultados. A segunda componente envolveu a elaboração do Programa de Gestão de Resíduos Sólidos Industriais.

As conclusões do Estudo permitem fundamentar a decisão do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA quanto à retirada ou não, do aterro atualmente construído para permitir a Travessia entre Cabeçudas a Imaruí, no município de Laguna/SC. O estudo se encontra concluído.

Fonte
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 14th, 2013, 11:48 PM   #213
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740

Compensação ambiental da BR-101: Recursos não ficarão na região

O impacto ambiental causado pelo aterro da ponte de Cabeçudas será compensado em Lages e não em Laguna


18 de Maio de 2009 às 00:00min

Amanda Menger
Laguna



As obras de duplicação da BR-101 sul geram uma nova polêmica: além de estarem em ritmo de ‘lesma’, os recursos destinados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para a compensação ambiental pelos danos causados serão destinados a Lages. A informação causou indignação aos vereadores de Laguna.

“Há três semanas, tivemos uma reunião com o superintendente do Dnit no estado, João José dos Santos, para sabermos como o município poderia reivindicar os recursos provenientes da compensação ambiental pelos impactos causados pela obra. Para nossa surpresa, ele disse que os recursos não seriam destinados a Laguna, e sim para Lages”, relata o presidente da câmara, Deyvinson de Souza (PMDB).

A intenção do presidente da câmara era que os recursos enviados para Laguna fossem destinados para a recuperação da Lagoa Santo Antônio. Na construção da ponte de Cabeçudas, foi feito um aterro e isto prejudicou a oxigenação da lagoa. A nossa solicitação era que o recurso fosse utilizado para resolver este problema, em ações que devolvam a vida à lagoa, que é a fonte de renda para muitas famílias de pescadores não só em Laguna, mas em Imaruí também”, explica Deyvinson.

Ibama escolheu as áreas

A compensação pelos danos ambientais causados pela duplicação da BR-101 sul foi determinada durante a fase de licenciamento ambiental da obra. Após a apresentação do estudo de impacto ambiental (EIA/Rima), o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) estabeleceu que os recursos seriam repassados do Dnit para o Ibama e seria investido nas Áreas de Conservação Permanentes (ACP).

“O que sabemos de fato é que Maracajá solicitou recursos para a Reserva Ambiental que existe lá e que Lages, que também tem uma ACP, pediu para ser contemplada. É importante deixar claro que o Dnit só repassa o dinheiro. Quem escolheu as áreas foi o Ibama”, explica a assessoria de imprensa do Dnit, em Florianópolis.

Ainda segundo a assessoria do Dnit, durante a realização do EIA/Rima, ficou constatado, por estudos realizados pelo Instituto de Hidrologia da Dinamarca, que o segundo aterro feito para a construção da travessia de Cabeçudas (o primeiro feito por ingleses no fim do século 19, para a construção da ferrovia) afetou ‘apenas em 5%’ a troca das águas no complexo lagunar. O mesmo estudo teria apontado ainda que os problemas da lagoa devem-se a outros fatores, como a retificação do Rio Tubarão e o uso de defensivos agrícolas para a produção de arroz.

“Para minimizar os problemas que teriam sido causados pelo aterro, ficou acordado que, durante a execução das obras da nova ponte, serão construídas oito galerias, com quatro metros de diâmetro cada, que permitirão a troca de águas dentro da lagoa”, esclarece a assessoria. Em contato com o Ibama em Florianópolis, o responsável não foi localizado para comentar o assunto. Um novo contato será feito hoje.

Audiência
Na última terça-feira, os vereadores aprovaram um requerimento que convoca o superintendente do Ibama de Santa Catarina e o procurador do Tribunal de Contas da União (TCU) para explicarem, em audiência pública, os critérios utilizados pelo Ibama para realizar a compensação ambiental.

Fonte

Essa é nova para mim... Deram a desculpa que o aterro não é o problema e agora querem fazer galerias na ponte antiga.
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 16th, 2013, 02:32 PM   #214
lucasniero
nothing to do here
 
lucasniero's Avatar
 
Join Date: Jun 2010
Location: Criciúma ~6h~ Curitiba
Posts: 1,019
Likes (Received): 436

Quote:
Originally Posted by Jdolci View Post
(...)

Passei por Laguna ontem, e sinceramente a cidade tá precisando de revitalização urgente.. tudo meio decadente na parte histórica, sujo..
Se tem dinheiro sobrando pra restaurar e manter uma ponte ferroviária que nem é tao bonita assim, deveriam aplicá-lo antes na manutenção da rica história da cidade.
Imagine o partido que governou Laguna nos últimos oito anos... Exato, esse mesmo.
lucasniero no está en línea   Reply With Quote
Old January 16th, 2013, 04:05 PM   #215
gugadg
team mercadante
 
gugadg's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Curitiba
Posts: 6,441
Likes (Received): 2715

E o túnel do Morro dos Cavalos vai sair?
gugadg no está en línea   Reply With Quote
Old January 16th, 2013, 08:10 PM   #216
woody82
Registered User
 
woody82's Avatar
 
Join Date: Nov 2011
Location: Florianópolis / SC
Posts: 7,203
Likes (Received): 7607

Só falta a licitação dele para termos a certeza da duplicação integral.
woody82 no está en línea   Reply With Quote
Old January 17th, 2013, 12:19 AM   #217
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740

Quote:
Originally Posted by gugadg View Post
E o túnel do Morro dos Cavalos vai sair?
Tá se arrastando, mas vai...
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 17th, 2013, 02:20 PM   #218
gugadg
team mercadante
 
gugadg's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Curitiba
Posts: 6,441
Likes (Received): 2715

Que bom. Tem que sair mesmo.
gugadg no está en línea   Reply With Quote
Old January 30th, 2013, 02:11 AM   #219
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740


Saiu o túnel do Formigão, em Tubarão:


Definido
23 de Janeiro de 2013 - 09:08:04

Túnel do Morro do Formigão aguarda apenas pela entrega da ordem de serviço

A previsão é que o consórcio vencedor da licitação inicie os trabalhos em 30 dias


Túnel do Morro do Formigão aguarda apenas pela entrega da ordem de serviço

A perfuração do túnel do Morro do Formigão, na BR-101, em Tubarão, pode iniciar em março. Pelo menos essa é a previsão do consórcio J.Dantas/Novatecna, vencedor da licitação. O contrato com o Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes (Dnit) já está assinado.

Conforme a superintendência catarinense do órgão federal, uma cerimônia para entregar a ordem de serviço está programada para esta sexta-feira à tarde, na Cidade Azul.

O equipamento foi licitado por R$ 56.740 milhões. Houve uma economia de R$ 3.975.327,30 para os cofres públicos, o correspondente a um desconto de 6,55% em relação ao orçamento referência do Dnit, de R$ 60.715.327,3. O grupo terá 720 dias consecutivos para execução dos trabalhos.

O consórcio é especializado em abertura de túneis. Um dos trabalhos mais recentes nesta área da engenharia, assinado pelas mesmas empresas, é o gasoduto e o túnel de ligação ao Porto Sudeste, ambos no Rio de Janeiro.

A intenção do grupo é iniciar os trabalhos em até um mês, a partir da data da entrega da ordem de serviço. O consórcio trará operários para a construção e também contratará mão de obra especializada.

Com isso, a conclusão de 100% do projeto de duplicação da BR-101 sul depende apenas da licitação às pistas complementares à Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, e o túnel duplo no Morro dos Cavalos, em Palhoça.

Conforme o Notisul, estas duas obras e a passagem subterrânea em Tubarão integram a segunda etapa do projeto de duplicação da rodovia. A primeira está na reta final de conclusão.

O projeto do túnel

• O túnel no Morro do Formigão, em Tubarão, é o menor em toda a duplicação da BR-101 sul de Santa Catarina. O equipamento terá 900 metros de extensão, duas faixas de rolamento, acostamento e passarelas para pedestres. O investimento do governo federal será feito por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Pistas complementares

Outra questão ainda a ser resolvida com relação a duplicação da BR-101 sul tem tudo para ter um desdobramento positivo em breve. A equipe do Departamento Nacional de Infraestrutura em Transportes (Dnit) em Brasília já trabalha na readequeção do edital para contratar a empresa ou consórcio que irá duplicar e restaurar os acessos à Ponte Anita Garibaldi, em Laguna.

A licitação foi suspensa no dia 18 de dezembro, após o Tribunal de Contas da União (TCU) solicitar algumas modificações no edital. A decisão foi da Comissão Especial de Licitação do Dnit. Os pedidos do TCU são a mudança da Distância Média de Transporte (DMT) do material de jazida, a forma de execução da barreira de segurança dupla e o quantitativo dos serviços de pavimentação, base e sub-base.


Fonte

Desconheço esta "segunda etapa" citada acima. Se na primeira já se arrastam quase 8 anos, quando que vão fazer essa passagem subterrânea em Tubarão?
__________________
Bazzinga!

Last edited by luancarpe; January 30th, 2013 at 02:23 AM.
luancarpe no está en línea   Reply With Quote
Old January 30th, 2013, 02:16 AM   #220
luancarpe
.
 
luancarpe's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Balneário Camboriú, SC/Pelotas, RS
Posts: 3,383
Likes (Received): 740


Últimas


Túnel no Morro do Formigão


Obras iniciarão em breve

Com a ordem de serviço assinada, o consórcio J.Dantas/Novatecna tem 720 dias finalizar os trabalhos.
26 de Janeiro de 2013 às 02:10min



A ordem de serviço foi assinada nesta sexta-feira. O consórcio J. Dantas/Novatecna terá 720 dias para concluir os trabalhos.

Lily Farias
Tubarão

A próxima semana será de muita movimentação para as empresas J.Dantas/Novatecna, que formam o consórcio responsável pelas obras de perfuração do túnel do Morro do Formigão, em Tubarão. É que as empresas começarão a edificar o canteiro de obras para dar início a execução do contrato. O local escolhido fica próximo do morro, às margens da BR-101, no sentido norte.
No momento há uma equipe de topógrafos no local para realizar as medições. Em seguida começa a construção das estruturas. O canteiro deve ficar pronto em até 60 dias e terá uma área de dez mil metros quadrados e capacidade para até 200 trabalhadores.

Conforme um dos diretores da J.Dantas, de Belo Horizonte (MG), José Luiz Perido, todas as licenças ambientais estão liberadas pelos órgãos responsáveis. “A contratação de pessoal será feita de forma gradativa, conforme o andamento dos trabalhos”, antecipa José Luiz.
O prazo para a conclusão do túnel é abril de 2015. Mas o consórcio trabalha com a meta de entregar o equipamento em abril do próximo ano. “Iremos trabalhar para cumprir os requisitos de segurança e qualidade que nos é exigido”, valoriza Rafael Salazar, também diretor da J.Dantas.

80% da mão de obra será local

O consórcio J.Dantas/Novatecna, de Belo Horizonte (MG), trará operários para a construção do túnel do Morro do Formigão, em Tubarão, e também contratará mão de obra especializada. Conforme o responsável pelas contratações de trabalhadores, Alexandre Cardoso, 80% dos funcionários serão da região. “Teremos que trazer profissionais especializados para dar início aos trabalhos imediatos. O restante da equipe será de pessoas que residem em Tubarão e região”, confirma Alexandre. Nesta semana, a empresa montará um escritório na cidade para começar o recrutamento de alguns profissionais. As vagas são para as áreas administrativas e operárias. Os interessados já podem se antecipar e enviar o currículo para o endereço eletrônico alexandre.cardoso@aterpa.com.br.

O projeto do túnel

• O túnel no Morro do Formigão, em Tubarão, é o menor em toda a duplicação da BR-101 sul de Santa Catarina. O equipamento terá 900 metros de extensão, duas faixas de rolamento, acostamento e passarelas para pedestres. O investimento do governo federal será feito por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
• O equipamento foi licitado por R$ 56.740 milhões. Houve uma economia de R$ 3.975.327,30 para os cofres públicos, o correspondente a um desconto de 6,55% em relação ao orçamento referência do Dnit, de R$ 60.715.327,3. O grupo terá 720 dias consecutivos para execução dos trabalhos.

Ministra Ideli Salvatti assina ordem de serviço

Lideranças políticas e empresariais da região prestigiaram, nesta sexta-feira, em Laguna, a assinatura da ordem de serviço para o início dos trabalhos de perfuração do túnel do Morro do Formigão, na BR-101, em Tubarão.
“O governo federal tem o compromisso em concluir a duplicação da BR-101 sul, que é de suma importância para o desenvolvimento do estado e do país”, valorizou a ministra-chefe da secretaria de relações institucionais, Ideli Salvatti (PT).
O vice-governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira (PMDB), acredita que o sul do estado vive um momento de profundas mudanças que trarão, em breve, resultados mais do que positivos. “A região vive o seu melhor momento”, reforça.

O deputado estadual Joares Ponticelli (PP), cuja posse à presidência da assembleia legislativa ocorre na próxima sexta-feira, às 14 horas, comemora mais esta conquista. “Aos poucos a nossa região cresce e mostra o seu potencial econômico para o restante do estado”, observa.
Já o prefeito de Tubarão, Olavio Falchetti (PT), a execução do trabalho trará benefícios a longo prazo e, somada a ponte Anita Garibaldi, a nova transposição do Canal de Laranjeiras, na BR-101, em Laguna, a região terá maior oportunidade de crescimento.


Fonte
__________________
Bazzinga!
luancarpe no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
curitiba, florianópolis

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 07:42 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu