daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Infrastructure and Mobility Forums > Subways and Urban Transport

Subways and Urban Transport Metros, subways, light rail, trams, buses and other local transport systems



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old June 4th, 2016, 07:54 AM   #141
xrtn2
Registered User
 
xrtn2's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: Valadares, Brazil
Posts: 19,676
Likes (Received): 17505



__________________

dimlys1994, CB31, Dan78, Master13, jonasry and 1 others liked this post
xrtn2 no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old June 5th, 2016, 01:35 PM   #142
Ashis Mitra
Registered User
 
Join Date: Jan 2009
Location: Kolkata
Posts: 2,434
Likes (Received): 1144

How funny!!! This new tram system is running on some streets, which have closed tram lines almost 60 years ago, and now they are running again. The road is same like before, not wide, , and the tram is on double track system which was also on the previous system. Why they have closed that gigantic network, if they are doing the same thing after 60 years????
Ashis Mitra no está en línea   Reply With Quote
Old June 5th, 2016, 07:41 PM   #143
JuaanAcosta
Juan Acosta
 
JuaanAcosta's Avatar
 
Join Date: Sep 2014
Posts: 190
Likes (Received): 475

Because South American urban planners
__________________

pellista, Ashis Mitra liked this post
JuaanAcosta no está en línea   Reply With Quote
Old June 6th, 2016, 08:06 AM   #144
dimlys1994
Moderator
 
dimlys1994's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Dniepropetrovsk
Posts: 16,347
Likes (Received): 26144

From Brazilian transport thread:

Quote:
Originally Posted by mopc View Post
Rio de Janeiro Light Rail - system is officially opened today, Sunday, June 5, 2016



Quote:
Originally Posted by lucascguardado View Post
Fotos de hoje da inauguração:

VLT Carioca- Noel Rosa by lcguardado, no Flickr


VLT Carioca- Tia Ciata by lcguardado, no Flickr

Colocaram o piso podo tátil nos trilhos da praça Mauá:

VLT Carioca- Piso praça Mauá by lcguardado, no Flickr


VLT Carioca- Parada Carioca by lcguardado, no Flickr

Estão instalando iluminação de LED ao lado da ciclovia:

Passeio Da Rio Branco- Nova Iluminação by lcguardado, no Flickr


VLT Carioca- Viagem Inaugural by lcguardado, no Flickr
Quote:
Originally Posted by Naipesky View Post
Improvisando uma lotação de Linha 2 no pico.

Forumer map:

Quote:
Originally Posted by lucascguardado View Post
Fiz esse mapa rápido aqui no Google Earth:


Linhas VLT by lcguardado, no Flickr
__________________
Для Вас:
Страница в ВК:

For you:
Facebook & Flickr pages

Tågälskaren liked this post
dimlys1994 no está en línea   Reply With Quote
Old June 7th, 2016, 08:06 AM   #146
dimlys1994
Moderator
 
dimlys1994's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Dniepropetrovsk
Posts: 16,347
Likes (Received): 26144

Taken from Brazilian transport thread:

Quote:
Originally Posted by mopc View Post
Rio de Janeiro Light Rail - more on first day of operations

Quote:
Originally Posted by openbve View Post
Fotos da inauguração do VLT Carioca

VLT 101 Joao do Rio chegando na estação Parada dos museus


VLT 101 João do Rio em manobra para retornar a estação Santoa Dumont


VLT 102 Noel Rosa próximo a estação Santos Dumont


VLT 102 Noel Rosa próximo a estação Santos Dumont
Quote:
Originally Posted by acpinto View Post
Com atraso e protestos, Paes inaugura linha do VLT
Manifestantes protestaram contra o projeto em frente à Praça Mauá, onde Eduardo Paes foi chamado de 'golpista'

ESTADÃO CONTEÚDO
Rio - Após atrasos e com trechos ainda em obras, a prefeitura do Rio inaugurou nesta manhã a primeira linha do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que circulará pelo Centro da cidade. Uma das obras previstas no projeto de revitalização urbana da região portuária do Rio, o primeiro trecho do VLT tem 17 estações. No entanto, na primeira semana apenas oito estações vão operar em fases de testes, de meio dia às 15h. A previsão é que as outras estações sejam inauguradas até 1º de julho. Já a outra parte deverá começar a funcionar no segundo semestre.

GALERIA: VLT é inaugurado no Rio













Paes participa de inauguração do VLT
Foto: Onofre Veras
Um grupo de 50 manifestantes protestou contra o projeto em frente à Praça Mauá, onde o prefeito Eduardo Paes (PMDB) foi chamado de 'golpista'. Ligados a movimentos sociais, os manifestantes também portavam bandeiras do PT e faixas contra o presidente em exercício, Michel Temer, e contra as remoções decorrentes de obras para os Jogos Olímpicos na cidade.

Ao lado do ex-secretário de governo e pré-candidato à prefeitura, Pedro Paulo, o prefeito destacou o "legado" para a cidade com os investimentos feito para a competição. "Isso é um sonho que durante muito tempo vimos na propaganda eleitoral. É o integrador da revolução que fizemos na mobilidade da cidade. Não tem relação direta com a Olimpíada, mas com a integração da cidade", afirmou Paes durante a inauguração. "O mais legal da Olimpíada não é a festa, mas a jornada até aqui e os benefícios entregues para a cidade", completou.

Durante o discurso, um manifestante gritou palavras de ordem contra o prefeito, criticando os gastos públicos com as obras. "O Rio está falido", gritou o manifestante, abafado por aplausos da claque de funcionários da prefeitura.

Apesar da pouca adesão, a manifestação marcada pela internet contra a inauguração fez a prefeitura reforçar a segurança no trajeto do VLT, com viaturas da Polícia Militar, Guarda Municipal e também do Batalhão de Operações Especiais (BOPE).

"Somos contra esse projeto de cidade e o volume de recursos gasto com inversão de prioridades. O VLT atende a uma parcela pequena da sociedade enquanto a maioria da população usa trens velhos na zona Norte", criticou Gisele Tanaka, do Comitê Popular das Olimpíadas.


Personalidades da cidade também compareceram a inauguração
Foto: Onofre Veras

Projeto

Na primeira etapa, o VLT terá apenas oito estações em funcionamento entre o aeroporto Santos Dumont e a rodoviária Novo Rio, no Centro da cidade. Na véspera da inauguração, operários ainda trabalhavam no acabamento das estações, instalando vidros e corrimão, além de placas de sinalização para pedestres e motoristas nos cruzamentos com grandes avenidas da cidade.

O risco de acidentes e falhas na sinalização de trânsito levaram o Ministério Público a pedir o adiamento da inauguração na última quinta-feira. O pedido não foi aceito pela Justiça. Para o prefeito, o MP quer que "nada aconteça".

"Está tudo atendido, todo o sistema de sinalização. A gente sempre dialoga com o MP. Mas tem uma hora que eles querem que nada aconteça. Todas as medidas de segurança foram tomadas, mas a população tem que prestar atenção", rebateu Eduardo Paes.

Até o dia 1º de julho, o VLT funcionará com apenas oito estações das 12h às 15h, diariamente. A partir daí, será iniciada a operação comercial, com cobrança de tarifa. A previsão da prefeitura é que até agosto todas as 17 paradas estejam operando 24h por dia.

http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro...ha-do-vlt.html

Já na imprensa oficial, quer dizer, o Globo...

Veículo leve sobre trilhos é inaugurado com roda de samba no Centro do Rio
Circulação será entre a Praça Mauá e o Santos Dumont, e nos primeiros dias não haverá cobrança de passagem

POR CARINA BACELAR 05/06/2016 10:56 / atualizado 05/06/2016 13:55

Inauguração do VLT no Centro do Rio - Pablo Jacob / Agência O Globo
PUBLICIDADE

RIO - O Veículo leve sobre trilhos (VLT) foi inaugurado na manhã deste domingo, no Centro do Rio. Apesar do tempo chuvoso, os cariocas compareceram ao evento, que teve a presença do prefeito Eduardo Paes e do deputado Pedro Paulo Carvalho, além do novo secretário de Governo, Rafael Picciani. Antes da inauguração, uma roda de samba animou o ‘esquenta’ da saída do primeiro carro, estacionado no Armazém da Utopia, na Zona Portuária.

Veja também


VLT sai da Praça Mauá, segue pela Avenida Rio Branco, beirando a Cinelândia, e termina no Aeroporto Santos Dumont
Trajeto de VLT passa por construções de diferentes épocas
Motorneiro da antiga, Manoel dos Santos faz viagem no novo VLTMotorneiro aposentado testa VLT e diz: ‘A diferença está no conforto’
VÍDEOPasseio de VLT: Uma viagem pela arquitetura do Centro
INFOGRÁFICOO bonde moderno

Durante a cerimônia, Picciani confirmou que batedores vão atuar na fase inicial de operação do modal para orientar a população e evitar acidentes. Ele admitiu que o cruzamento entre a Avenida Rio Branco e a Presidente Vargas é a que mais inspira preocupação:

- É uma preocupação, já que é um cruzamento muito amplo, mas nós estamos com uma operação reforçada e sinalização pronta. Os primeiros dias são de testes, já que a população vai estar aprendendo o convívio com o VLT.

Eduardo Paes ressaltou a beleza da paisagem do Centro, além da facilidade de transporte para os cariocas:

- Acho que o VLT é um esforço de mobilidade inspirado na Olimpíada. Poderíamos fazer sem o VLT, mas ele é um integrador de todos os modais. Ele chega no aerorporto, nas barcas, vai chegar ao BRT Transbrasil. É um esforço para resgatar o centro da cidade como um lugar que as pessoas frequentam, desfrutam. Isso aqui, na verdade, não é o centro da cidade do Rio, é quase que o centro do Brasil. A formação do Brasil se dá a partir do Centro do Rio de Janeiro - falou o prefeito, que ressaltou a questão da segurança dos pedestres:

- O que a gente pede é que a população fique atenta. Vai andar em velocidade baixa, mas a gente pede para as pessoas respeitarem.

Em tom de campanha, Paes inaugurou a placa referente ao início da operação do VLT ao lado de Pedro Paulo, Picciani e Tia Surica. Na primeira parada do bonde, ele foi aguardado por um público com balões amarelos, e por uma apresentação da bateria da Mangueira. O prefeito 'saudou' o ex-secretário de Governo, candidato a prefeito, e fez um agradecimento à presidente afastada Dilma Rousseff, de quem era aliado até o início do ano.

VLT É INAUGURADO NO CENTRO DO RIO


O Veículo leve sobre trilhos (VLT) foi inaugurado na manhã deste domingo, no Centro do Rio Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo


Apesar do tempo chuvoso, os cariocas compareceram ao evento, que teve a presença do prefeito Eduardo Paes e do deputado Pedro Paulo Carvalho, além do novo secretário de Governo, Rafael PiccianiFoto: Pablo Jacob / Agência O Globo

Antes da inauguração, uma roda de samba animou o ‘esquenta’ da saída do primeiro carro, estacionado no Armazém da Utopia, na Zona PortuáriaFoto: Pablo Jacob / Agência O Globo


Durante a cerimônia, Picciani confirmou que batedores vão atuar na fase inicial de operação do modal para orientar a população e evitar acidentesFoto: Pablo Jacob / Agência O Globo


O prefeito Eduardo Paes pediu que os cariocas respeitem o VLT por segurançaFoto: Pablo Jacob / Agência O Globo

Em tom de campanha, Paes inaugurou a placa referente ao início da operação do VLT ao lado de Pedro Paulo, Picciani e Tia SuricaFoto: Pablo Jacob / Agência O Globo

Na primeira parada do bonde, ele foi aguardado por um público com balões amarelos, e por uma apresentação da bateria da MangueiraFoto: Pablo Jacob / Agência O Globo

E a disputa para o primeiro passeio foi grandeFoto: Pablo Jacob / Agência O Globo


Os vagões ficaram tão cheios que funcionários da concessionária VLT Carioca, que administra o transporte, tiveram que 'empurrar' as pessoas para dentroFoto: Pablo Jacob / Agência O Globo


Os ritmistas da bateria da Mangueira também tiveram dificuldades para entrarFoto: Pablo Jacob / Agência O Globo



- Queria ser justo e agradecer a presidente Dilma por trazer esse beneficio para cidade do Rio - afirmou o prefeito, que encerrou a cerimônia após a segunda parada do bonde, na altura da Avenida Almirante Barroso.

Mesmo em velocidade reduzida, o trem frequentemente realizava freadas bruscas. Na viagem inaugural, Jorge Picciani, que estava no vagão com o filho, o secretário Rafael, brincou em uma delas:

PUBLICIDADE

- Só não pode enguiçar!

E a disputa para o primeiro passeio foi grande. Os vagões ficaram tão cheios que funcionários da concessionária VLT Carioca, que administra o transporte, tiveram que 'empurrar' as pessoas para dentro dos carros. Os ritmistas da bateria da Mangueira também tiveram dificuldades para entrar.

Marimarcio Vieira, turista de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, soube da inauguração do VLT e aproveitou o transporte para chegar de bonde ao aeroporto Santos Dumont, onde alguns passageiros, como ele, desembarcaram de malas. Ele pretende voltar à cidade com a família e usar mais o VLT:

- É uma novidade, não é? Hoje soube que estava estreando e vim.

HORÁRIO REDUZIDO


Eduardo Paes e tia surica durante inauguração do VLT - Pablo Jacob / Agência O Globo
Na primeira semana, a circulação vai acontecer do meio-dia às 15h, com meia hora de intervalo entre as viagens. Na segunda semana, o horário de circulação será estendido em uma hora, e funcionará das 11h às 15h. O trajeto completo da linha, que ligará a Rodoviária Novo Rio ao Aeroporto Santos Dumont, só será realizado na quinta semana, quando o VLT passará a operar também nos finais de semana, das 9h às 17h, com cinco trens, parando em 19 estações com intervalos de 15 minutos.

Até o dia 1º de julho, segundo a prefeitura, não haverá cobrança de passagem. Sem roleta nem cobradores, os passageiros terão que validar voluntariamente o próprio cartão dentro do trem, e a tarifa terá o mesmo valor dos ônibus municipais: R$ 3,80. O sistema aceitará o Bilhete Único, que permite fazer duas viagens ao custo de uma só. Se o VLT for a terceira viagem, o valor da tarifa cairá para R$ 2,10. Cada composição terá capacidade para até 420 pessoas.

A operação 24 horas por dia ficará para depois das Olimpíadas. Durante os Jogos, a linha funcionará das 6h até meia-noite. Haverá ainda um serviço especial com três VLTs entre a Parada dos Navios (em frente ao terminal de passageiros do Porto) e o Santos Dumont. No segundo semestre, estão programados para serem entregues outras dez estações e o trecho que ligará a Central do Brasil à Praça Quinze. A terceira linha, da Central à Cinelândia, só deve ser inaugurada em 2017, com a conclusão das obras na Avenida Marechal Floriano. Serão, no total, 28 quilômetros de trilhos, 32 estações e 32 trens, com capacidade para transportar 300 mil pessoas diariamente.

REORGANIZAÇÃO DO TRÁFEGO

A Avenida Rio Branco foi fechada integralmente a partir das 8h, e se transformou numa grande área de lazer. A via só volta a ter tráfego na segunda-feira. Para a inauguração do VLT o trânsito também foi reorganizado no Centro do Rio. Desde sábado, o Passeio Público voltou a ter sua configuração original. As ruas Mestre Valentim (pista junto ao Passeio Público), do Passeio (entre Avenida Teixeira de Freitas e Rua Senador Dantas) e a Avenida Luís de Vasconcelos tiveram sentido de tráfego invertido. Já a Rua Teixeira de Freitas, entre as avenidas Augusto Severo e Mem de Sá, voltou a ter dois sentidos.


O prefeito Eduardo Paes pediu que os cariocas respeitem o VLT por segurança - Pablo Jacob / Agência O Globo
O ponto de ônibus localizado na Rua do Passeio, na altura da Rua das Marrecas, foi transferido para o outro lado da via, sentido Castelo. Na Rua Teixeira de Freitas, na pista sentido Avenida Mem de Sá, será criado um ponto de ônibus para atender as linhas que seguem em direção à Lapa. As linhas Troncal 5, 107, Troncal 8, 309, 350, 472 e 2014 provenientes da Avenida Presidente Wilson, com destino à Avenida Augusto Severo, deixou de passar pela pista esquerda, e passarou a trafegar pela pista direita, no trecho da Rua Mestre Valentim. As linhas 247 e 517 ganhou novos pontos reguladores na Rua do Passeio.

As linhas 2303 e 2308 tiveram mudanças apenas nos pontos terminais, que foram transferidos da Avenida República do Chile para a Avenida Presidente Vargas.

PUBLICIDADE

INAUGURAÇÃO CONFIRMADA PELA JUSTIÇA

A inauguração só foi confirmada na quarta-feira, após uma decisão da juíza Cristiana Aparecida de Souza Santos, da 2 ª Vara da Fazenda Pública da Capital, que indeferiu um pedido do Ministério Público para que a prefeitura adiasse o evento. Para o MP, o transporte ainda não oferece segurança adequada aos passageiros e pedestres. A juíza considerou, no entanto, que ficou esclarecido que a CET-Rio monitora a sinalização instalada pela concessionária do VLT. E que ela foi “exaustivamente testada e aprovada”.

O início do funcionamento do transporte já havia sido adiado duas vezes pela própria prefeitura por questão de segurança.



Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/veiculo-...#ixzz4AkQP6Sqg
© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


Quote:
Originally Posted by Davidsr377 View Post



Quote:
Originally Posted by PedrrroAlves View Post
Inauguração VLT - Rio de Janeiro - 5 de junho














































Brasil2016
__________________
Для Вас:
Страница в ВК:

For you:
Facebook & Flickr pages

Jlagu, etooley1985, Tågälskaren, muckie liked this post
dimlys1994 no está en línea   Reply With Quote
Old July 19th, 2016, 07:59 AM   #147
Nexis
Dark Wolf
 
Nexis's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Along the Rails of North Jersey..
Posts: 15,688
Likes (Received): 17043

Rio’s Trams Await Olympic Tourists

__________________
My FLICKR Page < 54,100+ Photos of Urban Renewal , Infrastructure , Food and Nature in the Northeastern US
Visit the Reorganized New York City Section
My Photography Website
Visit the New Jersey Section

dimlys1994 liked this post
Nexis no está en línea   Reply With Quote
Old August 22nd, 2016, 06:38 PM   #148
dimlys1994
Moderator
 
dimlys1994's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Dniepropetrovsk
Posts: 16,347
Likes (Received): 26144

Taken from Brazilian transport thread:

Quote:
Originally Posted by mopc View Post
Rio de Janeiro - Olympics experience concluded - public transportation approved!



__________________
Для Вас:
Страница в ВК:

For you:
Facebook & Flickr pages

DecoF7, Tågälskaren liked this post
dimlys1994 no está en línea   Reply With Quote
Old August 28th, 2016, 07:46 AM   #149
dimlys1994
Moderator
 
dimlys1994's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Dniepropetrovsk
Posts: 16,347
Likes (Received): 26144

Taken from Brazilian transport thread:

Quote:
Originally Posted by mopc View Post
Rio de Janeiro Light Rail - picture

__________________
Для Вас:
Страница в ВК:

For you:
Facebook & Flickr pages
dimlys1994 no está en línea   Reply With Quote
Old September 6th, 2016, 08:26 AM   #150
dimlys1994
Moderator
 
dimlys1994's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Dniepropetrovsk
Posts: 16,347
Likes (Received): 26144

Taken from Brazilian transport thread:

Quote:
Originally Posted by mopc View Post
Rio de Janeiro Light Rail - 30 fare dodgers get fine on first day of enforcement

Quote:
Originally Posted by acpinto View Post
Guarda Municipal multa 33 pessoas no primeiro dia de cobrança de tarifa no VLT

Do total, dez eram turistas. Penalidade para quem foi flagrado é de R$ 170. Em caso de reincidência, é de R$ 225

05/09/2016 18:49:33
O DIA
Rio - No primeiro dia de cobrança de tarifa para utilizar o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), a Guarda Municipal multou 33 pessoas, nesta segunda-feira, que não pagaram o valor. A multa para quem foi flagrado pelos agentes foi de R$ 170. Caso seja multado novamente, o valor da reincidência vai para R$ 255 (multa mais 50%).


Passageiros que não pagarem tarifa do VLT serão multados
Sandro Vox / Agência O Dia
Dos 33 multados, dez são turistas, sendo um do Equador. A primeira autuação aconteceu às 7h33. A maior parte das multas foi emitida na parte da manhã: foram 19 infrações até o meio-dia.

Os usuários flagrados utilizando o serviço sem pagar receberam a notificação emitida na hora, com informações sobre a autuação, instruções para impressão da guia de pagamento, na internet, e orientações para recurso.

A fiscalização, realizada em conjunto com um agente da concessionária, que utiliza um equipamento para verificação do último débito efetuado no cartão de passagem, acontecerá diariamente, durante todo o horário de funcionamento do VLT, que atualmente é das 6h à meia noite.

http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro...fa-no-vlt.html
__________________
Для Вас:
Страница в ВК:

For you:
Facebook & Flickr pages
dimlys1994 no está en línea   Reply With Quote
Old September 19th, 2016, 11:09 PM   #151
xrtn2
Registered User
 
xrtn2's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: Valadares, Brazil
Posts: 19,676
Likes (Received): 17505

Rio tram


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr
xrtn2 no está en línea   Reply With Quote
Old September 21st, 2016, 07:48 PM   #152
xrtn2
Registered User
 
xrtn2's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: Valadares, Brazil
Posts: 19,676
Likes (Received): 17505


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr


VLT no Rio de Janeiro by WRI Brasil Cidades Sustentáveis, no Flickr
xrtn2 no está en línea   Reply With Quote
Old October 18th, 2016, 09:44 AM   #153
dimlys1994
Moderator
 
dimlys1994's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Dniepropetrovsk
Posts: 16,347
Likes (Received): 26144

Taken from Brazilian transport thread:

Quote:
Originally Posted by mopc View Post
Rio de Janeiro Light Rail - pedestrians are removed from tracks

Quote:
Originally Posted by acpinto View Post
Batedores do VLT começam a ser retirados do trajeto
Cariocas ainda desrespeitam sinalização dos bondes
Na Avenida Rio Branco, no Centro, pedestres e ciclistas circulam na linha do VLT Foto: Domingos Peixoto / O Globo

Na Avenida Rio Branco, no Centro, pedestres e ciclistas circulam na linha do VLT - Domingos Peixoto / O Globo

POR O GLOBO 11/10/2016 4:30 / atualizado 11/10/2016 9:03
PUBLICIDADE


RIO - O analista de contas médicas Glauco Rocha estava atrasado para um compromisso no Centro na tarde de ontem. Era tamanha a pressa que ele não teve tempo de observar, antes de atravessar a Avenida Rio Branco, com o sinal fechado para pedestres, que, bem atrás dele, vinha um VLT, acompanhado por um batedor. Quase foi atropelado.

— O VLT estava parado e, de repente, arrancou. Fui pego de surpresa. Eu deveria ter tido um pouco mais de cuidado — reconheceu o rapaz.

É, os cariocas ainda não aprenderam a se comportar diante do VLT, mesmo com o auxílio dos batedores, motociclistas que, desde o início da operação dos bondes, em junho deste ano, abrem caminho para as composições, sinalizando suas chegadas e partidas. E essa “mãozinha” tem previsão de acabar: os batedores serão retirados até o final do ano, segundo a secretaria municipal de Transportes. Os testes já começaram: fora dos horários de pico, há VLTs circulando sem eles. A população terá que aprender a se resguardar por conta própria, o que parece estar longe de acontecer...

— Prefiro andar pelos trilhos, porque, na calçada, as pessoas andam muito devagar — disse o programador Rafael Menezes, que caminhava pelos trilhos, alheio a um VLT que se aproximava.

O livreiro Eduardo Mezzonato, que mora na Cidade Nova e trabalha no Centro, assumiu que pedala pela via exclusiva do VLT diariamente.

— Não acho arriscado. Ando ligado; quando o VLT se aproxima, eu troco de pista. Aqui não tem ciclovia — tentou justificar o rapaz.

PARA ESPECIALISTA, PROBLEMA CULTURAL

Para José de Oliveira Guerra, professor de engenharia de transportes da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), a questão que está por trás de tais atitudes é a falta de educação do povo brasileiro:

— Infelizmente, é um problema cultural. Por que o sistema funciona bem fora do Brasil, em países da Europa? Porque é outro povo, outra cabeça, outra consciência.

PUBLICIDADE

A secretaria municipal de Transportes avalia que os batedores foram uma importante ferramenta para garantir a segurança nos primeiros meses de circulação do VLT. De acordo com o órgão, eles serão retirados gradativamente, quando houver a percepção de que o público em geral se acostumou com a circulação do bonde moderno.

A secretaria informa que a velocidade média do VLT, que no início das operações variava de 15 a 30km/h, chega hoje a 50km/h.

Segundo a prefeitura, o percurso Santos Dumont-Rodoviária teve o tempo médio de viagem reduzido em cerca de 40% e agora é realizado em aproximadamente 30 minutos. O órgão reafirmou que parte do segundo trecho do VLT, que liga a Praça Quinze à Praça da República, deve começar a operar em novembro. Os testes sem passageiros deverão ser iniciados ainda este mês.



Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/batedore...#ixzz4MpSRkqry
© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
New trackage looking gewd

Quote:
Originally Posted by Nilocastelo View Post
Está ficando bom !!!

__________________
Для Вас:
Страница в ВК:

For you:
Facebook & Flickr pages
dimlys1994 no está en línea   Reply With Quote
Old November 26th, 2016, 04:39 PM   #154
dimlys1994
Moderator
 
dimlys1994's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Dniepropetrovsk
Posts: 16,347
Likes (Received): 26144

Taken from Brazilian transport thread:

Quote:
Originally Posted by mopc View Post
Rio de Janeiro Light Rail - new downtown line enters test phase

Quote:
Originally Posted by acpinto View Post
VLT faz viagens experimentais em novo trecho no Centro
Sistema ganhará quatro estações: Saara, Praça Tiradentes, Colombo e Praça Quinze
VLT em teste passa em frente à Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé Foto: Domingos Peixoto / O Globo
VLT em teste passa em frente à Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé - Domingos Peixoto / O Globo

POR RENAN FRANÇA 24/11/2016 11:25 / atualizado 24/11/2016 12:00
PUBLICIDADE

ÚLTIMAS DE RIO

Mosquito Aedes aegypti, conhecido por ser hospedeiro do vírus da zika Foto: Felipe Dana / AP Número de mortes por chicungunha aumentou 23 vezes este ano 24/11/2016 12:29
Crise e burocracia dificultam identificação de corpos no IML Crise e burocracia dificultam identificação de corpos no IML 24/11/2016 11:52
VLT em teste passa em frente à Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé Foto: Domingos Peixoto / O Globo VLT faz viagens experimentais em novo trecho no Centro 24/11/2016 11:25
Filho da manicure Rosa Malena corre risco de ser sepultado como indigente Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo Crise e burocracia dificultam identificação de corpos no IML 24/11/2016 10:38



RIO — A fase de testes para a expansão de mais um trecho do VLT começou. As viagens experimentais estão sendo feitas sempre à noite, por volta das 21h, entre Praça Quinze e a Praça da República (Campo de Santana). A ideia da prefeitura é inaugurar o sistema assim que os testes forem concluídos, o que pode ocorrer ainda este ano. A prefeitura não permite que nessas primeira viagens haja passageiros. Somente técnicos e engenheiros estão autorizados a embarcar.

Veja também

Passageiros dentro do VLTDívida com fábrica ameaça deixar VLT sem manutenção
VLT no Centro do Rio de JaneiroLegado olímpico: novos serviços de transportes precisam se manter eficientes
VLT a caminho da Praça Quinze; operação deve começar ainda este mês


Com a expansão, haverá mais quatro estações no sistema: Saara, Praça Tiradentes, Colombo e Praça Quinze. Com elas, o número de paradas chegará a 18.

O projeto prevê, no entanto, 28 pontos de parada. O plano original da prefeitura era concluir todo o sistema este ano, mas, com o atraso da obra, o término ocorrerá apenas no ano que vem.

Toda a primeira etapa, que começa no Aeroporto Santos Dumont, já está concluída e em operação desde julho deste ano.

TERCEIRA ETAPA

Já a terceira etapa, com previsão de início no primeiro trimestre de 2017, irá da Central do Brasil até a Avenida Rio Branco, passando pela Avenida Marechal Floriano.

A expectativa é que, quando o sistema estiver operando com todas as estações, o modal transporte até 300 mil pessoas por dia. Cada veículo do VLT pode levar até 420 passageiros.



Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/vlt-faz-...#ixzz4QwFuqLPf
© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
__________________
Для Вас:
Страница в ВК:

For you:
Facebook & Flickr pages

muckie liked this post
dimlys1994 no está en línea   Reply With Quote
Old January 6th, 2017, 09:32 PM   #155
dimlys1994
Moderator
 
dimlys1994's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Dniepropetrovsk
Posts: 16,347
Likes (Received): 26144

Taken from Brazilian transport thread:

Quote:
Originally Posted by mopc View Post
Rio de Janeiro Light Rail - passengers approve spontaneous payment system and fare dodging is rare

Quote:
Originally Posted by acpinto View Post
Registros do VLT indicam que forma de pagamento é positiva

Usuários fazem boa avaliação do sistema espontâneo de cobrança e, ao contrário do esperado, é difícil presenciar passageiro multado por calote

24/12/2016 11:00:56
GUSTAVO RIBEIRO
Rio - Eram 11h20 de segunda-feira quando uma fiscal do VLT terminou de verificar se 327 passageiros tinham efetuado o pagamento da tarifa de R$ 3,80. Nenhum deles foi multado porque todos entraram no bonde e validaram espontaneamente o cartão de passagem. Outra fiscal conferiu os bilhetes de 93 pessoas em uma hora, no início da tarde: todas também foram aprovadas.

Pouco mais de seis meses após a inauguração, a impressão dos usuários é de que o VLT tem sido palco de um show de cidadania. A fiscalização começou há três meses. Os passageiros, que desconfiavam da honestidade do carioca antes da estreia do modelo inédito de transporte no Rio, sem estações e roletas, se surpreenderam. A multa por falta de pagamento é de R$ 170 ou R$ 255 para usuários reincidentes, mas é difícil ver alguém ser penalizado.

“As pessoas não levavam fé que o usuário iria pagar a passagem porque o carioca tem essa fama de dar jeitinho para tudo. Mas tem tido bastante fiscalização. Você entra e já tem algum fiscal por perto”, diz a gestora de RH Tatiana Rodrigues, de 25 anos, que nunca presenciou alguém sendo multado. Em tempos de crise, ela dá a dica: “A honestidade dos passageiros deveria servir de exemplo para os políticos no país”.


Passageiros devem validar o bilhete assim que entram no veículo
Estefan Radovicz / Agência O Dia
Média de 23 multas por dia

Uma fiscal contou que, na maioria das vezes, não aplica multa. O VLT tem 33 fiscais. Do dia 5 de setembro, quando a fiscalização começou, até 19 de dezembro, a Guarda Municipal aplicou 2.374 multas por falta de pagamento no VLT. Uma média de 23 penalidades por dia. No entanto, a Concessionária VLT Carioca não respondeu quantos usuários foram fiscalizados. A Guarda diz que não contabiliza as abordagens.

Sem dados para comparar quantos foram abordados pela fiscalização, não é possível estabelecer um parâmetro confiável, embora o número baixo chame atenção se comparado aos 4 milhões de passageiros que usaram o transporte desde que foi implantado, incluindo período em que não havia fiscalização.

O casal Mateus Willian, 18, e Isabela Marina Almeida, 23, entrou no VLT e foi direto ao validador, como outros usuários. Ela acha que alguma fiscalização deveria ser adotada também no BRT, onde a taxa de calotes chega a 12%: “No BRT, falta segurança. Sempre tem um funcionário na estação, mas não pode fazer nada”, compara. O engenheiro André Miranda, 56, concorda: “As pessoas começam a ver que têm obrigações. É preciso dar um exemplo de cidadania. O caminho é esse”.


Mateus e Isabela foram abordados, mas já tinham feito o pagamento. Multa é de R$ 170 para quem não paga
Estefan Radovicz / Agência O Dia

http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro...-positiva.html
__________________
Для Вас:
Страница в ВК:

For you:
Facebook & Flickr pages
dimlys1994 no está en línea   Reply With Quote
Old February 8th, 2017, 03:13 PM   #156
dimlys1994
Moderator
 
dimlys1994's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Dniepropetrovsk
Posts: 16,347
Likes (Received): 26144

Taken from Brazilian transport thread:

Quote:
Originally Posted by mopc View Post
Rio de Janeiro Light Rail - Line 2 inaugurated



Quote:
Originally Posted by Nighto View Post
Viagem no sentido oposto, Saara-Praça XV, hoje na hora do almoço. Filmei de um ângulo que dá para ver o velocímetro em grande parte do trecho.



Deu 8'20" a viagem, tá ótimo!

[]s

Quote:
Originally Posted by Nighto View Post
Estive agora na inauguração, junto de um outro forista de cujo nome não me recordo.

O prefeito chegou pouco depois das 10h e saiu em composição VIP somente para políticos, funcionários da concessionária e imprensa tradicional. Acompanhei o trajeto circulando de bicicleta.

Após retornar da parada terminal Saara, foi liberado o embarque para passageiros. A viagem inaugural "de verdade" levou exatos 10 minutos da estação Praça XV até a parada Saara, com direito a freio de emergência a poucos metros da parada terminal porque um comédia atravessou sem prestar atenção.

Seguem algumas fotos, e vídeos assim que o upload terminar.

Cruzamento com R. Primeiro de Março recém pintado


Composição 115, que fez a viagem inaugural com os políticos e imprensa e também depois com os passageiros. (O display dela está funcionando corretamente, por motivos de velocidade de atualização não é possível registrá-lo corretamente com câmeras normais)


Posição das máquinas de recarga da estação


Funcionários da concessionária aguardando políticos e imprensa


Um dos displays da estação Praça XV estava com um probleminha


Aguardando o prefeito


Mais detalhes, notem a faixa para ser cortada



Comitiva chegando na estação


Crivella e Índio da Costa na cabine




Enquanto a composição manobrava para voltar com a delegação exclusiva, registrei alguns detalhes da parada Saara. O diagrama de linhas mudou, e agora indica os sentidos das vias:


Em detalhes:



Viagem inaugural com lotação alta, hehe


(Nesse interim, segui a composição indo e voltando de bike. O vídeo vai mais tarde quando terminar de seguir. Na volta, havia uma fila para embarque



Prefeito dando coletiva de imprensa


Nesse momento teve uma única pessoa gritando "vice-prefeito, pague o IPTU!", fora isso nenhum tipo de protesto.

Visão da cabine sentido Saara:


Detalhe do diagrama de estações, que aparentemente será substituído porque não indica a integração entre Colombo e Sete de Setembro:





Detalhes a serem finalizados na parada Saara (via sentido Praça XV):


Voltando para a estação Praça XV:





[]s
__________________
Для Вас:
Страница в ВК:

For you:
Facebook & Flickr pages
dimlys1994 no está en línea   Reply With Quote
Old February 9th, 2017, 09:49 PM   #157
dimlys1994
Moderator
 
dimlys1994's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Dniepropetrovsk
Posts: 16,347
Likes (Received): 26144

Updated LRT map on urbanrail.net:
http://www.urbanrail.net/am/rioj/rio-tram.htm

__________________
Для Вас:
Страница в ВК:

For you:
Facebook & Flickr pages

Pedrop.rio, Loro. liked this post
dimlys1994 no está en línea   Reply With Quote
Old February 27th, 2017, 10:30 AM   #158
Ashis Mitra
Registered User
 
Join Date: Jan 2009
Location: Kolkata
Posts: 2,434
Likes (Received): 1144

The tramway system of Rio De Janeiro is really a matter of curiosity. The electric tram system opened in 1891 which was one of the early electric tram system in world. For a 42-year period from 1921 until 1963 Rio de Janeiro had five electric tramway operations: Light, Jar dim Botânico, Carioca, Corcovado and Ilha do Governador. The first three accounted for 98% of the tram business, which reached its peak after World War II. In 1950, streetcars in Rio de Janeiro carried 1.5 billion passengers. The Light company, which operated all the routes in the center of the city and the Zona Norte as far as Alto da Boa Vista, Jacarepaguá and Irajá, had 488 passenger motor cars, 501 passenger trailers, 94 work cars and 505 km of track. The Jar dim Botânico company, which served the Zona Sul and the beach neighborhoods, Sugar Loaf and Copacabana, had 153 motor cars, 140 trailers, 36 freight cars and 130 km of track. The Carioca company, which ran from Largo da Carioca across the aqueduct to Santa Teresa, had 26 motor cars, 21 trailers, 9 work cars and 15 km of single track. Total: 1,468 trams - 667 motors, 662 trailers, 139 work cars - and 650 km of track, which was by far the largest tramway network in Brazil.

The end began in the 1950s. Because of the city's topography traffic problems were worse than in perhaps any other city. Trams, buses and an increasing number of automobiles shared narrow arteries squeezed between mountains and sea. The only solution, startling as it seems, was to level the mountains and fill in the sea. As new, parallel arteries were created virtually every street in the city, even in distant suburban areas, was made one-way. Two-way tram traffic was no longer possible and in postwar years, with cheap gasoline and motorbuses, the tram companies were not inclined to rebuild tram routes. Trams were removed from several downtown streets, the waterfront and the Rio Comprido area in the 1950s. Many short lines in the Vila Isabel and Méier districts closed. In the late 1950s most of the tram routes of the former Sao Cristóvão system were eliminated - except the line to Caju, where trams were driven to be burned. Streetcars were removed from the tunnels in the Zona Sul and the depot at Largo dos Leões was shut. In 1958 the south side of Santo Antonio hill was removed, which threatened the Ferro-Carril Carioca: the Ordem Terceira terminal was closed on 30 January 1959 and the railway was cut back to a new station on Avenida Chile, its fifth since 1926. At midnight 31 December 1960 the Ferro-Carril do Jar dim Botânico, which had originated the tram industry in Brazil, passed out of existence. The tram routes that remained in Rio's south side became the property of the Junta de Administração Provisória dos Bondes da Zona Sul. The Light company announced that it also wanted to get out of the transportation business. The last tram in the Zona Sul ran on 21 May 1963. Abandonments continued in the Zona Norte and on 1 January 1964 the remaining tram routes of the Light and Carioca systems, as well as the Corcovado and Ilha do Governador lines, were acquired by the CTC: the Canadians were out of the tram business and for the first time in a century all trams in Rio de Janeiro were operated by the same organization. The new company cut the Zona Norte routes back to the railroad station and announced that trams would be eliminated completely from the city by the end of 1964. On 1 January 1965 five tram depots were still open and cars still ran to Santa Teresa, Alto da Boa Vista, Engenho Novo, Cascadura, Jacarepaguá and Bananal. And also to the Christ statue on Corcovado.

The year 1965 marked the 400th anniversary of the founding of Rio de Janeiro and, perhaps inspired by the interest shown in its trams by foreign tourists, the city decided to keep the Santa Teresa lines and turn the Alto da Boa Vista route into a tourist operation. Ten 13-bench cars were rebuilt into streamlined closed models, fitted with upholstered seats, painted silver and blue and renumbered 01 to 10. The "Rita Pavone" trams, as they were nicknamed in Brazil, inaugurated a new service from Praça da Bandeira, near the Vila Isabel barn, to Alto da Boa Vista on 24 January 1965. A smaller closed car, numbered 101, was built for the Santa Teresa system: since it was single-end it could run only on the Paula Mattos line which had loops at both ends. Other routes continued to close: Engenho Novo, Lins de Vasconcelos and Piedade on 13 March; the tramway on Ilha do Governador on 10 April; Cascadura, the longest line in the city, on 17 May. After May 1965 Rio de Janeiro had only four small disconnected tram operations hidden in its hills: the Santa Teresa tramway, the Corcovado railway, the Alto da Boa Vista line and the two tram routes from Cascadura to Jacarepaguá.

On 10 January 1966 Rio de Janeiro was struck by a hurricane which killed 894 people. Landslides, fallen trees and buildings knocked down all wires in the city and brought electric transport to a halt. The Corcovado line reopened in February in time for Carnaval, but tram service was not restored to Santa Teresa until April. Wire was never replaced on Rua Muratori and the Silvestre route remained permanently closed beyond Dois Irmãos. Trams never ran again in Jacarepaguá. Several trolleybus routes in the Zona Sul were eliminated and new trackless routes were constructed in the Zona Norte. The Alto da Boa Vista line was reopened in shortened form, beyond Tijuca, in May. A small tram depot was constructed at the end of the line in Alto da Boa Vista and the route was restored to its original - and final - form on Christmas Day 1966. Cars ran only from Usina up the mountain to Alto da Boa Vista - precisely the same route that the Estrada de Ferro da Tijuca had originated in 1891! Another storm struck the city on 22 January 1967 and closed the line again. It reopened in March, struggled with two cars for several months, closed, reopened, operated intermittently and was finally declared permanently abandoned on 21 December 1967. Within two weeks the tracks had been removed and the trams destroyed.
Ashis Mitra no está en línea   Reply With Quote
Old March 1st, 2017, 07:30 AM   #159
Ashis Mitra
Registered User
 
Join Date: Jan 2009
Location: Kolkata
Posts: 2,434
Likes (Received): 1144

Rio de Janeiro tram questions -

Rio de Janeiro, which once it was a very large tram network, and served almost every streets of the city, gradually closed, and became to two routes in later days, which served to the suburb Santa Teresa. These routes were using continuously open trams with trolley pole—really a heritage appearance. In 2011, those routes were temporarily closed after an accident, it was reopened again in 2015 with new trams. Those new trams were with same appearance with old trams, but the driving panel is modified. It is still a very good tourist attraction.

Tram returned on some city streets almost 50 years later, and this time a completely opposite appearance. It is also called VLT. This new trams are truly modern. So presently Rio de Janeiro has two separate tram systems. The old one uses single car, high floor, open tram, trolley pole, slow speed and completely unreserved track, where new one uses heptaple cars, low floor, air-conditioned tram, APS technology, fast speed and partly reserved track.

After reading many websites I’ve recently saw some matters, which arise some questions and curiosity. I’m asking these because I want to compare the Rio de Janeiro Tram with my city’s Kolkata Tram. Both cities are running tram continuously more than a century, facing many threats for closure. Both are using trolley-poles continuously. Although the main difference is that Rio de Janeiro tram has closed its 98% routes, but recently 10% routes have reopened , whereas Kolkata tram has closed its 40% routes, and never reopened any routes. Here I’m writing—

1) Is there any plan to reopen the Silvester route, and expanding VLT more (by opening some 50 years closed routes or new routes)? If yes, please write some details.

2) When the new tram routes towards Sao Diogo and Bacras will be oponed?

3) When will tram run from Gamboa to Parada Dos Navios via Joce Bonifacio?

4) When will tram run from Santo Cristo to Candelaria via Central do Brasil?

5) Is there any tram conductor inside tramcars for ticketing? Or tickets should be bought before boarding the tram from tram stations?

6) What kind of ticket they used in tram—simple paper ticket or electronic card?

7) Are other motor vehicles allowed on tram track? I saw the network is completely street running and unreserved, so I’m asking this.

8) Are all stops as tram stations? Or there are some single unreserved street surface stops?

9) Does the entire route is middle of the road? Or sometimes on left or right side?

10) Is there any special seats for children, ladies, senior citizens and handicapped persons inside the tram cars?

11) Is there any system for monthly tickets?

12) What is the fare for a single journey?

13) Is there any such ticket which offer all day unlimited traveling between all routes?
Ashis Mitra no está en línea   Reply With Quote
Old March 2nd, 2017, 04:29 PM   #160
Pedrop.rio
Moderator
 
Pedrop.rio's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Rio de Janeiro
Posts: 4,369
Likes (Received): 2988


As there are many questions, I will try to adress every single of them as briefly as possible:

1) Is there any plan to reopen the Silvester route, and expanding VLT more (by opening some 50 years closed routes or new routes)? If yes, please write some details.

Existing plans nowadays only involve the conclusion of proposed modern LRT network (VLT). As of the heritage system (Bonde de Santa Teresa), indeed there are plans on restoring the Silvestre branch line, but works are currently halted due to the financial crisis.


2) When the new tram routes towards Sao Diogo and Bacras will be oponed?

Trams are already operating between Saara and Praça XV (Barcas). The currently schedule points that the entire Rodoviária - Praça XV line should be opened by next semester. There is no prediction on when São Diogo terminal will be constructed, as it depends on adjacent real state investments.


3) When will tram run from Gamboa to Parada Dos Navios via Joce Bonifacio?

Works on the stretch that runs through Pedro Ernesto street are already delayed, and should be finished soon.


4) When will tram run from Santo Cristo to Candelaria via Central do Brasil?

Works haven't even beggined yet, but this branch is supposed to be operational by 2018.


5) Is there any tram conductor inside tramcars for ticketing? Or tickets should be bought before boarding the tram from tram stations?

Tickets should be bought prior to boarding, on ATM available in all stations. The entire system is based on a proof-of-payment model, with some level of onboard enforcement (R$170 fine).


6) What kind of ticket they used in tram—simple paper ticket or electronic card?

VLT Carioca uses eletronic NFC cards called RioCard, that are accepted all over the transport network.


7) Are other motor vehicles allowed on tram track? I saw the network is completely street running and unreserved, so I’m asking this.

No, even though there are lots of transversal crossings, the entire system is exclusive and non-shared on a longitudinal scale. Exception is made on some small stretches on Line 2, only for local access to existing buildings.


8) Are all stops as tram stations? Or there are some single unreserved street surface stops?

Pretty much all "stations" are more similar to stops than to stations, as they are placed in existing sidewalk, without much segreggation. However, none of them is shared with buses, for example.


9) Does the entire route is middle of the road? Or sometimes on left or right side?

It varies according to existing road layout (so yes, center, left and right).


10) Is there any special seats for children, ladies, senior citizens and handicapped persons inside the tram cars?

Yes, in agreement with existing laws.


11) Is there any system for monthly tickets?

Currently, no. Such kind of ticket was offered during Olympics, but was discontinued shortly after.


12) What is the fare for a single journey?

R$3,80, the same fare for local buses (allows up to 2 integrations).


13) Is there any such ticket which offer all day unlimited traveling between all routes?

Currently, no. Same as answer 11).
__________________

Ashis Mitra, Fecs liked this post
Pedrop.rio no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
rio de janeiro, tram, transport

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 12:56 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

tech management by Sysprosium