daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Regionais > São Paulo > Notícias Paulistas

Reply
 
Thread Tools
Old May 19th, 2011, 01:34 AM   #81
Hello_World
Go Brazil!
 
Hello_World's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: Interior Paulista
Posts: 5,981
Likes (Received): 3180

Quote:
Originally Posted by EricoWilliams View Post
No das estâncias, se não me engano, Atibaia é climática, não hidromineral.


Edit: Affffe! Consultei e vi que Atibaia é estância hidromineral mesmo(ainda que não existam mais fontes de água mineral na cidade).
Como pode um site cometer um erro grotesco como esse No mapa Atibaia é Hidromineral e na relação de cidades é Climática - http://estanciaspaulistas.com/

Aqui está uma fonte mais confiável - Atibaia é Estância Climática mesmo

http://www.cidadespaulistas.com.br/

http://www.cidadespaulistas.com.br/p...climaticas.htm
Hello_World no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old May 19th, 2011, 01:45 AM   #82
j.eduardo
São Carlos - SP
 
j.eduardo's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Posts: 795
Likes (Received): 6

Quote:
Originally Posted by Farol da Barra View Post
Qual o PIB de cada uma dessas regiões administrativas?
O PIB da Região Central do estado é de R$ 11.873.551.400,00 IBGE/2003
Fonte: Wikipédia.
Flw!
j.eduardo no está en línea   Reply With Quote
Old May 20th, 2011, 04:18 AM   #83
Hello_World
Go Brazil!
 
Hello_World's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: Interior Paulista
Posts: 5,981
Likes (Received): 3180

Mapa das Regiões de Governo do Estado de São Paulo

Essa divisão é mais democrática que a divisão de Regiões Administrativas
A imagem é grande, mas dá pra analisar em detalhes...



fonte: http://veja.abril.com.br/blog/reinal...heca-sao-paulo
Hello_World no está en línea   Reply With Quote
Old May 20th, 2011, 04:24 AM   #84
Hello_World
Go Brazil!
 
Hello_World's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: Interior Paulista
Posts: 5,981
Likes (Received): 3180

Achei curioso esse da Província de São Paulo



fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Paulo
Hello_World no está en línea   Reply With Quote
Old May 20th, 2011, 09:09 AM   #85
Rajude
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,444

Gerei esse gráfico que mostra a participação das Regiões Administrativas no PIB do Estado em diversos anos da história.
Vale fazer algumas breves observações históricas: A queda de participação de diversas regiões do Interior do Estado entre 1920 e 1939 deve-se principalmente à crise do Café (decorrente da crise de 29) e ao processo de industrialização que a Capital começou a observar de modo mais intenso já a partir do final da década de 20 e principalmente a partir da década de 30. Até a década de 60 a industrialização continua forte na capital e ganha força na RMSP. Após isso, entre 1959 e 1985, perde força na Capital e se intensifica fortemente na RMSP, sendo esta a época em que SP recebe a maior quantidade de migrantes. Mais recentemente, desde a década de 90, ocorre um processo de industrialização mais forte do Interior, especialmente no Complexo Metropolitano Expandido, mas que encontra disputa com outros Estados. Entretanto, o setor que mais tem ganhado participação no Estado, de modo geral, é o de serviços, e, ao contrário de outras épocas, o Estado tem apresentado um desenvolvimento proporcional mais equânime entre as Regiões, embora, naturalmente, com algumas variações, mas muito menores do que no passado. Vale ponderar que, obviamente, se uma região perde participação, não significa necessariamente que ela está empobrecendo.

Rajude no está en línea   Reply With Quote
Old May 20th, 2011, 11:19 PM   #86
Hello_World
Go Brazil!
 
Hello_World's Avatar
 
Join Date: Dec 2009
Location: Interior Paulista
Posts: 5,981
Likes (Received): 3180

Excelente trabalho Rajude!

Deu pra perceber a importância do Porto de Santos, principal gerador de dinheiro na região, o que acaba movimentando os outros setores - A RA de Santos é a menor de todas e tem a mesma participação que a RA de Sorocaba, a maior

Quote:
Vale ponderar que, obviamente, se uma região perde participação, não significa necessariamente que ela está empobrecendo.
Exatamente, a região de Registro, apesar dos pesares está melhorando aos poucos, quando estive na cidade eu não vi luxo, mas também não vi nada de pobreza e miséria, a impressão foi que 80% dos habitantes pertencem à classe C. A cidade deveria estar muito mais desenvolvida aproveitando a logística de se situar entre duas das principais capitais brasileiras, mas está no caminho.
Hello_World no está en línea   Reply With Quote
Old May 21st, 2011, 06:47 AM   #87
EricoWilliams
Annoying Moderator
 
EricoWilliams's Avatar
 
Join Date: Sep 2005
Location: Brasil
Posts: 17,319

Isso são dolares, euros?
__________________
SSC Brasil
EricoWilliams no está en línea   Reply With Quote
Old May 21st, 2011, 02:29 PM   #88
Rajude
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,444

Quote:
Originally Posted by EricoWilliams View Post
Isso são dolares, euros?
São valores em moeda nacional a preços constantes, cuja referência são os preços do ano 2000.
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Old May 24th, 2011, 04:42 AM   #89
Lucas Souza RF
Registered User
 
Lucas Souza RF's Avatar
 
Join Date: Oct 2007
Location: Regente Feijó-SP
Posts: 7,444
Likes (Received): 1491

Tenho duas dúvidas sobre as divisões das regiões, se alguém souber me responda.

1ª) Qual a diferença entre microrregião, mesorregião, Região Administrativa e Região de Governo? Na verdade, sei mais ou menos até, mas ás vezes me confundo legal nessas divisões, principalmente na dúvida se uma é a mesma coisa da outra.

2ª) Os municípios de Parapuã, Rinópolis e João Ramalho aparecem nestes mapas como sendo da Região Administrativa de Marília, em outros na de Prudente, onde eles estão mais integrados. Afinal, eles são de qual região?
Lucas Souza RF no está en línea   Reply With Quote
Old May 24th, 2011, 05:22 AM   #90
Rajude
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,444

Quote:
Originally Posted by Lucas Souza RF View Post
Tenho duas dúvidas sobre as divisões das regiões, se alguém souber me responda.

1ª) Qual a diferença entre microrregião, mesorregião, Região Administrativa e Região de Governo? Na verdade, sei mais ou menos até, mas ás vezes me confundo legal nessas divisões, principalmente na dúvida se uma é a mesma coisa da outra.
A divisão entre Região Administrativa e Região de Governo é baseada na metodologia da Fundação SEADE, e adotada oficialmente pelo Governo do Estado de São Paulo, além de órgãos de pesquisa. Já a divisão entre Mesorregião e Microrregião é feita segundo a metodologia do IBGE.

No caso da Fundação SEADE, as RAs englobam uma parte maior do Estado, e as RGs uma parte menor, mas as RGs podem pertencer a somente uma RA.

No caso do IBGE, o raciocínio é o mesmo, mas a divisão é razoavelmente diferente, sendo entre Mesorregiões e Microrregiões.

De modo geral, as divisões realizadas entre o IBGE e a fundação SEADE possuem diferenças bastantes significativas, e utilizar uma ou outra é uma questão de conveniência ou de adequação a determinada análise.

Quote:
2ª) Os municípios de Parapuã, Rinópolis e João Ramalho aparecem nestes mapas como sendo da Região Administrativa de Marília, em outros na de Prudente, onde eles estão mais integrados. Afinal, eles são de qual região?
Só existe um mapa e uma metodologia das Regiões Administrativas baseando-se na Fundação SEADE, da mesma forma que só existe um mapa das Mesorregiões baseando-se na metodologia do IBGE. No caso dos municípios mencionados, segundo a metodologia da fundação SEADE, eles pertencem a Região Administrativa de Marília; no caso da metodologia do IBGE, eles pertencem a mesorregião de Presidente Prudente.
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Old May 25th, 2011, 04:40 AM   #91
Lucas Souza RF
Registered User
 
Lucas Souza RF's Avatar
 
Join Date: Oct 2007
Location: Regente Feijó-SP
Posts: 7,444
Likes (Received): 1491

Obrigado pela explicação, Rajude.
Lucas Souza RF no está en línea   Reply With Quote
Old May 25th, 2011, 05:14 PM   #92
Rajude
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,444


De nada, Lucas Souza RF.

-

Gráfico que gerei há algum tempo e já foi postado em um outro tópico, mas vale a pena registrar aqui:



E esse aqui, embora não seja um gráfico exclusivo de São Paulo, é interessante postar para comparar:



E esse aqui comparando com outros Estados especificamente:



Esse mostra o crescimento real do PIB Paulista, mas vale observar que os dados para os anos de 2008 e 2009 são preliminares. O crescimento do ano de 2008 já foi divulgado, mas quando criei esse gráfico ainda não havia sido.


Last edited by Rajude; May 25th, 2011 at 05:23 PM.
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Old May 26th, 2011, 05:57 PM   #93
CleitonSPecial
Mr. C
 
CleitonSPecial's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Location: Piedade/SP - Godinhos
Posts: 2,229
Likes (Received): 187

Sudeste se destaca na geração de empregos em 2010

Segundo os dados da Rais 2010, Sudeste criou 1,3 milhão no ano

Brasília, 11/05/2011 - Os dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) 2010 demonstram que a Região Sudeste foi a maior geradora de empregos no ano, com 1,3 milhão novos postos de trabalho. A segunda maior foi a Região Nordeste, com 588 mil, seguida pela Região Sul, com 479 mil, Centro-Oeste, com 213 mil e Norte, com 216 mil.

Em comparação com o ano de 2009, a região que mais cresceu em número de empregos formais gerados foi a região Norte, com aumento de 9,9%. O Nordeste teve um crescimento de 7,9%; Sul 6,7%; Sudeste 6,4% e Centro-Oeste 6,2%.

O estado de São Paulo aparece em destaque na geração de postos de trabalho em 2010, com 794 mil novos postos de trabalho. Minas Gerais ficou em segundo lugar (228 mil), Rio de Janeiro em terceiro (228 mil), Rio Grande do Sul em quarto (201 mil), Paraná em quinto (145 mil), Bahia em sexto (139 mil) e Pernambuco em sétimo (136 mil).

http://portal.mte.gov.br/imprensa/su...os-em-2010.htm
CleitonSPecial no está en línea   Reply With Quote
Old June 5th, 2011, 12:58 AM   #94
xatoux
Registered User
 
Join Date: Nov 2009
Location: Santos/SP
Posts: 226
Likes (Received): 14

Nas ultimas decadas a importancia do PIB paulista vem decaindo constantemente!!!

Boa notícia, a economia brasileira deve se desconcentrar realmente!!
xatoux no está en línea   Reply With Quote
Old June 5th, 2011, 07:41 AM   #95
Rajude
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,444

Quote:
Originally Posted by xatoux View Post
Nas ultimas decadas a importancia do PIB paulista vem decaindo constantemente!!!

Boa notícia, a economia brasileira deve se desconcentrar realmente!!
Essa queda, especialmente a observada desde a década de 90, deve-se principalmente a uma variação nominal do PIB e não a uma variação real, ou seja, deve-se principalmente a uma inflação mais elevada em outras regiões, alterando o custo de vida e os preços de mercado, além da elevação do preço das commodities, do que a uma variação real da produção, tanto é que a variação real do PIB de S. Paulo tem crescido mais do que a média nacional desde 1993, ou muito próximo, conforme pode ser observado no último gráfico, e tem a tendência de intensificar esse crescimento nos próximos anos, que inclusive pode ganhar um “boost” com o pré-sal, já que realizamos o nosso ajuste fiscal especialmente no final da década de 90, mas mesmo assim conseguimos não comprometer tanto o crescimento, e hoje o Estado tem realizado os maiores investimentos de sua história, sendo que em 1994 atingiu um déficit em suas contas de cerca de 25%. Por outro lado, o Governo Federal elevou demais os seus gastos, sempre concentrados nos Estados mais pobres; o problema é que foi uma elevação de gastos sem muitos escrúpulos, de caráter muito mais assistencialista do que de investimentos reais em infraestrutura, educação e saúde (não estou criticando o bolsa família), e hoje o Governo precisou apertar os cintos, contudo esse corte está impactando principalmente os Estados mais pobres, por serem excessivamente dependentes do Governo Federal, e por terem uma autonomia muito reduzida para traçar suas políticas de desenvolvimento de longo prazo, por estarem excessivamente sujeitos às medidas adotadas pelo GF em função de troca de Governos ou mesmo de necessidades econômicas esporádicas, seja para o "bem" ou para o "mal"; os Estados mais “ricos” são muito menos vulneráveis a esses aumentos ou corte de gastos, já que proporcionalmente dependem menos do GF, e dessa forma conseguem ver suas economias crescerem sem os “voos de galinha”, que são extremamente comuns em alguns dos Estados mais pobres, e seus Governadores podem traçar as políticas estaduais de desenvolvimento dependendo menos da boa vontade ou competência do GF, ou do partido que está no poder. Portanto a tendência daqui em diante é que o PIB real de SP cresça acima ou próximo da média nacional. Entretanto, como o mundo tem observado uma elevação interessante do preço das commodities, além de outros fatores particulares à economia Brasileira, em termos nominais o comportamento pode ser um pouco diferente, e caso alguma região ganhe maior participação, provavelmente serão as regiões centro-oeste e norte, inclusive por questões relacionadas a balança comercial dos respectivos Estados, que naturalmente está relacionada com as commodities, especialmente a soja e o minério de ferro, mas essa é uma outra questão.

Ademais, essa teoria de que esse tem que crescer menos para o outro crescer é falso, e só prejudica o desenvolvimento nacional, causando rachas entre os Estados e incentivando rixas. Embora SP em particular seja o Estado mais rico, ainda apresenta níveis de desenvolvimento bastante inferiores aos praticados em países como Alemanha, Reino Unido, França, e Itália, tanto é que temos milhões de pobres, e favelas. Ou seja, todos os Estados tem a necessidade de se desenvolver, e podem se desenvolver, até porque em circunstâncias normais a tendência é sempre de que a variação do PIB real de São Paulo fique muito próxima ao Brasileiro e vice-versa, em função de fatores econômicos. Nos últimos anos o Estado tem crescido significativamente acima da média nacional em termos reais, mas a tendência em análises de longo prazo é de que permaneça próximo, seja um pouquinho acima ou um pouquinho abaixo. O problema, entretanto, não é se o Estado de São Paulo ou outros Estados "ricos" crescem acima da economia nacional; o problema é quando os Estados mais pobres não crescem ou crescem muito pouco, algo que felizmente não tem se verificado nos últimos anos. Um dos princípios do Federalismo é de que todos os Estados tenham a oportunidade de crescer. Todos. E o Brasil, como pretende-se um país Federalista, deve sempre prezar pelo desenvolvimento de todos os entes, respeitando a competência de seus Governantes, sem permitir que os mais pobres cresçam pouco, mas também sem penalizar os "mais ricos" por serem "menos pobres".

Last edited by Rajude; June 5th, 2011 at 08:50 AM.
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Old June 5th, 2011, 08:30 AM   #96
Rajude
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,444

Gráficos relacionados as Contas do Estado e ao Plano de Ajuste Fiscal. Gostaria que alguns deles trouxessem informações mais antigas; futuramente vou ver se encontro.

Resultado Orçamentário (% da Receita Total): 1986-2009


Resultado Primário (R$ milhões): 2000-2009


Dívida Consolidada Líquida/ Receita Consolidada Líquida: 1997-2009


Receita Corrente deflacionado pelo IPCA (R$ bilhões): 1996-2009


Despesas Totais deflacionadas pelo IPCA (R$ bilhões): 1996-2009


Índice da Receita Real (Deflator: IPCA) do ICMS (1997 = 100)


Despesa de Pessoal/ RCL: 1999-2009


Restos a Pagar e Saldo de Caixa (R$ milhões): 2000-2009


Investimentos (R$ bilhões): 1996-2010
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Old June 5th, 2011, 10:17 PM   #97
HRLR
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Location: São Paulo
Posts: 3,820

Quote:
Originally Posted by Rajude View Post
Investimentos (R$ bilhões): 1996-2010
[/B]
Os valores estão atualizados ou são valores nominais não atualizados?
HRLR no está en línea   Reply With Quote
Old June 7th, 2011, 05:04 AM   #98
Rajude
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,444

Quote:
Originally Posted by HRLR View Post
Os valores estão atualizados ou são valores nominais não atualizados?
São em valores nominais, mas vale ponderar que os investimentos feitos no final da década de 90, em comparação com o dinheiro arrecadado por meio das privatizações e/ou concessões rodoviarias, significa uma parte proporcionalmente pequena, de modo que a grande maior parte foi utilizada para pagar a dívida, e assim o Estado passou a pagar menos juros, aliado a um regime de austeridade fiscal. Somente a privatização do Banespa e o repasse de uma parte do controle acionário da CESP para o GF significou uma receita para o Estado de cerca de R$15 bilhões em valores da época, mas ocorreram diversas outras privatizações, além de concessões rodoviarias, que contribuiram para pagar uma parte significativa da dívida e colocar as contas do Estado no azul, conforme pode ser observado no primeiro gráfico.
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Old June 8th, 2011, 12:59 AM   #99
muckie
Registered User
 
muckie's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Location: Rio de Janeiro
Posts: 6,625
Likes (Received): 602

Quote:
Originally Posted by Rajude View Post
Se Marilia for onde estou pensando... se insere de maneira clara e bela no mapa topográfico!
Uma mancha urbana na confluencia de varias bacias... facilmente identificavel acima... adorei
muckie no está en línea   Reply With Quote
Old June 26th, 2011, 08:17 AM   #100
Rajude
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,444

Biblioteca Digital – um século de séries estatísticas e história do Estado de São Paulo

A Biblioteca Digital Seade é um aplicativo que permite consulta e download das obras mais antigas e raras pertencentes à Biblioteca M. A. Teixeira de Freitas. Grande parte da história do Estado de São Paulo está registrada nessas publicações, principalmente em forma de dados estatísticos referentes aos anos seguintes à proclamação da República até a década de 1990. Outras obras ainda serão incorporadas à Biblioteca Digital, ampliando gradativamente seu acervo, até alcançar o total de 1.040 livros e 137 títulos de periódicos.

Para digitalizar essas publicações, a Fundação Seade estabeleceu parceria com a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, que coordenou e executou todo o processo de transformação das obras em arquivos eletrônicos. À Fundação Seade coube fornecer e preparar as publicações selecionadas segundo critérios de antiguidade, presença de séries estatísticas e obras já esgotadas, editadas pela instituição e pelos órgãos que a precederam, desde o final do século XIX.

O resultado desse trabalho conjunto da Fundação Seade e da Imprensa Oficial foi tornar acessível a todos os interessados essa importante coleção de publicações antigas e raras, assim como seu riquíssimo acervo de informações estatísticas. Com sua exploração, será facilitado o conhecimento detalhado de vários aspectos do desenvolvimento socioeconômico e demográfico do Estado de São Paulo.

Além de permitir o acesso remoto a essas obras, a Biblioteca Digital também contribui para sua preservação, evitando o manuseio e a exposição às luzes de equipamentos de reprodução.

Decerto, as publicações originais continuarão à disposição do público nas dependências da Biblioteca, sobretudo para esclarecimento de eventuais dúvidas decorrentes de dificuldades de visualização das imagens.

Acesse aqui a Biblioteca Digital Seade.

http://www.seade.gov.br/index.php?op...1063&Itemid=48
Rajude no está en línea   Reply With Quote
Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 05:44 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu