daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine
Old August 11th, 2011, 03:10 PM   #1
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,863

Bahia Notícias - RM de Salvador IV

Bahia Notícias - RM de Salvador IV
tonyssa no está en línea  

Sponsored Links
 
Old August 11th, 2011, 03:10 PM   #2
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,863


http://www.flickr.com/photos/stefanlambauer/

Last edited by tonyssa; August 11th, 2011 at 03:51 PM.
tonyssa no está en línea  
Old August 11th, 2011, 03:54 PM   #3
Leonardo López
Bora BahêêaA
 
Leonardo López's Avatar
 
Join Date: Apr 2007
Location: Salvador
Posts: 5,738
Likes (Received): 364

interessante essa foto, se cortar a parte de baixo fica parecendo que Salvador está cravada entre serras/montanhas e sem mar...
__________________
Coração da África, berço cultural do Brasil, o maior sorriso do Mundo...BAHIA.
Leonardo López está en línea ahora  
Old August 11th, 2011, 03:57 PM   #4
Douglas
Registered User
 
Join Date: Jul 2005
Location: Maceió - Salvador
Posts: 3,640
Likes (Received): 23

Cadê o thread, Leo?
Douglas no está en línea  
Old August 11th, 2011, 03:57 PM   #5
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,863

Últimas notícias postadas no antigo News:

Cidade será a primeira a ter plano para deficientes




O município de Lauro de Freitas é o primeiro a acenar para a construção do Plano Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. A Superintendência dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SUDEF), órgão da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), instrumentalizou os técnicos da cidade para a formulação do plano que na terça-feira começou a ser discutido com a população em Audiência Pública realizada no Centro Social Urbano da Cidade, na localidade de Portão.

Representantes de diversas secretarias do município apresentaram os eixos de elaboração do plano e ouviram sugestões de pessoas com deficiência da cidade. Os temas contemplam áreas como, Acessibilidade, Saúde e Atenção Social, Intersetoriedade, Qualificação profissional, Educação, além de Esporte, Cultural e Lazer. Entre as ações previstas estão a garantia de oferta adequada de órtese e prótese, capacitação dos profissionais de saúde para atender às pessoas com deficiência, promoção de campanhas educativas sobre acessibilidade e realização de oficinas de atividades culturais.

Outro ponto destacado foi a criação do Conselho Municipal das Pessoas com Deficiência que irá levar para o legislativo e executivo as propostas do Plano e as demais reivindicações para assegurar os direitos da pessoa com deficiência. Caberá ao conselho também fiscalizar a implementação das ações que irão compor o Plano Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência do município.

A Diretora de Acessibilidade e Políticas Públicas da SJCDH, Marília Cavalcante, esteve no evento para apresentar o trabalho desenvolvido pela SUDEF. Marilia explicou que 26 ações estão prevista no Plano Plurianual para a implantação de planos de acessibilidade nos municípios da Bahia. A diretora ainda destacou a importância de incluir a sociedade no debate para garantir o amplo acesso aos espaços públicos adequados aos princípios do Desenho Universal (concepção de espaços e produtos que atendem a todas as pessoas, independentemente da deficiência, e pessoas sem deficiência).

Serão realizadas novas audiências em bairros e povoados da cidade, para que o maior número de moradores possam contribuir para a elaboração do plano. O próximo bairro a sediar o encontro será o de Areia Branca. O plano deverá estar pronto e ser entregue à Câmara Municipal até dezembro.


http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=90216


Investidores desistem do Centro Histórico de Salvador


O Centro Histórico de Salvador, que deveria ser um atrativo para os turistas que chegam à capital baiana, está afugentando não apenas visitantes como investidores. Estima-se que cerca de 70 estabelecimentos comerciais tenham fechado as portas, na região, nos últimos seis anos. Adquirido em 2003 pelo grupo português Alexandre de Almeida, o Hotel Palace, localizado na Rua Chile, está novamente à venda. Cansados de esperar pela tão anunciada revitalização, os portugueses desistiram de instalar em Salvador sua primeira unidade fora da Europa. Informações de mercado garantem que Txai, Fasano e Hilton seguem o mesmo caminho. Quem não desistiu reduziu a velocidade dos investimentos à espera de boas notícias. O Grupo LGR Empreendimentos - acionista em oito shoppings no país, incluindo o Iguatemi e o Barra - decidiu colocar o projeto que tem para o Santo Antônio Além do Carmo na gaveta. A ideia da LGR é investir cerca de R$ 40 milhões para transformar aquela área numa espécie de Quartier Latin ou Montmartre, famosos bairros parisienses, onde residências, lojas, escritórios, teatros e galerias de arte convivem em harmonia.

Na espera


A LGR já investiu R$ 10 milhões para adquirir 33 casas no Santo Antônio. Dois casarões já foram reformados e outros sete devem entrar em restauro em breve. O grupo pretende recuperar todos os imóveis, no prazo de dois anos, mas não tem planos de ocupá-los até que o Centro Histórico receba uma atenção maior do poder público. A violência é a principal queixa dos empresários. Recentemente, o embaixador da Lituânia no Brasil foi assaltado na porta do Pestana do Carmo. Com isso, cancelou a vinda de 70 congressistas à cidade.

Só prejuízos


O secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, reconhece a situação crítica do Centro Histórico: “Não podemos fingir que somos uma cidade do 1º mundo com 3 milhões de habitantes e mais de 300 mil desempregados. Precisamos de ações imediatas e conjuntas de todas as instância”, diz. Mas o discurso nem sempre tem respaldo na prática. Basta lembrar da decisão do governo de instalar um centro de recuperação de viciados em drogas no bairro de Santo Antônio. Se não bastasse a violência e o abandono, os empresários que bravamente resistem em manter seus empreendimentos na área se queixam da falta de sensibilidade dos governantes, ao reclamar do fechamento do Plano Inclinado Gonçalves. Há seis meses parado, o plano só tem aumentado os prejuízos das empresas instaladas na área.

Cruzeiros em alta


O porto de Salvador foi o quarto do País no segmento de cruzeiros marítimos na temporada 2010/2011. A pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) coloca a capital baiana com a melhor colocação fora do eixo Rio-São Paulo, tanto em número de passageiros como em receita. Os cruzeiros marítimos geraram em Salvador uma movimentação de R$ 43,9 milhões na alta estação, cerca de 10% do volume nacional, de R$ 150 milhões. Segundo a pesquisa, esses recursos foram direcionados principalmente para o comércio varejista, o segmento de alimentação e bebidas, transporte, passeios turísticos e, em última posição, para o de hospedagem, que recebeu apenas 3% do bolo.

A Grécia é aqui


A Rua das Hortênsias, na Praça Ana Lúcia Magalhães, na Pituba, vem se consagrando como um point de bons restaurantes e docerias. A nova investida na área é o Santorini Café, empreendimento que não apenas homenageia a Grécia, como tem como forte a culinária mediterrânea, além de cafés e doces. Resultado de um investimento de R$ 300 mil, o novo espaço tem à frente a empresária Dulce Soares, que há 20 anos comanda o Buffet Fadas e Duendes. A Rua das Hortênsias em breve também ganhará mais uma filial do Pereira.

Mais estrangeiros


Na alta temporada, iniciada em outubro de 2010 até maio, foram realizados 414 cruzeiros, que passaram por 21 cidades do litoral do país. O preço competitivo dos pacotes justifica o volume de passageiros transportados: 792 mil pessoas, sendo 99 mil estrangeiros, número que representa 12,5% do total de cruzeiristas. De acordo com o Anuário Estatístico do Ministério do Turismo, o número de chegadas de turistas internacionais por via marítima teve um incremento acumulado de 182% no período de 2003 a 2010. No mesmo tempo, o crescimento do número de chegadas de turistas estrangeiros pelas diferentes vias de acesso, no Brasil, totalizou 23%.

Jantar português


A Câmara Portuguesa da Bahia já está no aquecimento para os negócios envolvendo a Copa do Mundo. Nesta sexta-feira, a partir das 19 horas, o presidente da entidade, Antônio Coradinho, juntamente com seu vice e diretor executivo da Totvs Bahia, Ricardo Galvão, recebem o ministro das Cidades, Mario Negromonte, em jantar no restaurante La Catarineta, no Hotel Pestana. O encontro vai reunir um grupo de empresários em torno do tema “Salvador: Cidade-sede da Copa 2014”.

JAC Motors na Bahia



O secretário da Indústria e Comércio, James Correia (foto) desconversa quando é pressionado a dar mais detalhes sobre as negociações para a vinda da montadora chinesa JAC Motors. Como bom negociador que é, se limita a dizer que o Estado continua forte na disputa. “O grande diferencial aqui é o fator mão de obra, com custo reduzido em torno de 40%, o que resulta em uma grande vantagem”, explica. Sabe-se, entretanto, que o governo já negocia até a desapropriação de um terreno, em Camaçari, para a instalação da montadora chinesa. A ideia é que a primeira fábrica da JAC Motors no Brasil produza uma nova linha de veículos com custo abaixo de R$ 40 mil.

No interior


A Leader inaugura sua primeira filial no interior da Bahia, em Feira de Santana, no dia 18 de agosto. O presidente da rede, Robson Gouvêa, estará presente na abertura da loja, que possui 2 mil m² e ficará localizada no Shopping Boulevard. Em 2010, a rede de varejo abriu sete lojas e tem planos de dobrar de tamanho em apenas quatro anos. No país, a Leader conta com 53 unidades espalhadas em oito estados brasileiros.


http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=90221


Aeroclube, uma agonia sem fim à vista



Não há prazo para o julgamento do caso envolvendo o embargo das obras do Aeroclube no Tribunal Regional Federal, da 1ª região, em Brasília. A assessoria do Tribunal informou através de e-mail que “conforme andamento processual, os agravos em questão não constam de pauta de julgamento até o presente momento”.

Ainda segundo o e-mail, de acordo com o gabinete do juiz encarregado de julgar o caso, o desembargador Carlos Moreira Alves, “não há como prever se entrarão em pauta ainda neste ano, visto o número exacerbado de processos a serem julgados pelo gabinete e por não existir pautas com tamanha antecedência”.

A situação se arrasta a quatro anos, representando sofrimento financeiro e psicológico para os lojistas e uma imagem clara do abandono em Salvador, se transformando num monstrengo que enfeia um dos pontos mais bonitos da capital baiana, sua orla, na região da Boca do Rio.

A paralisação das obras do Aeroclube, que se iniciou em 2007, gerou e ainda gera prejuízos incalculáveis. Somente com a obra e a manutenção a assessoria do shopping calculou, na época, custos superiores a R$ 100 milhões, sem contar com os danos financeiros individuais de cada um dos lojistas.

No auge das operações, em 1999, ano em que foi inaugurado, o Aeroclube chegou a computar 115 empreendimentos em operação, num mega investimento de R$ 50 milhões e geração de 10 mil empregos diretos e indiretos. Atualmente apenas 20 lojistas mantêm suas lojas em funcionamento amargando prejuízos incalculáveis.

http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=90224



Estado amplia rede de esgoto e água





Cerca de 218 mil baianos passaram a receber água tratada e de qualidade, neste primeiro semestre, com a execução de 59 mil ligações de água pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento. A Embasa também realizou, no período de janeiro a junho de 2011, 24 mil ligações de esgoto, levando o serviço para mais de 100 mil pessoas.

“A Embasa, como principal executora do Água para Todos, é responsável por 400 ações de saneamento em 278 municípios baianos, levando os serviços de água e esgotamento sanitário para as comunidades, prioritariamente as de baixa renda das grandes cidades e as do semiárido. Somente neste ano, vamos investir cerca de R$ 1 bilhão em obras, o que possibilitará um avanço da cobertura de atendimento dos serviços”, diz o presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira Filho.

“O primeiro semestre mostrou isso e, nos próximos meses, vamos inaugurar importantes obras, em municípios como Feira de Santana, Vitória da Conquista, Muritiba, Itaparica, entre outras cidades”, revela. “Também estão em andamento obras que beneficiarão uma parcela significativa da população do semiárido como as adutoras do Algodão e do São Francisco”.

Com as ações executadas no primeiro semestre deste ano, a Bahia já conta com mais de 2,8 milhões de ligações de água, beneficiando um total de 11,6 milhões de baianos em 361 municípios onde a Embasa atua. Com relação a esgotamento sanitário, já são mais de 706 mil ligações existentes, beneficiando 3,7 milhões de pessoas.

Avanço – Em Salvador, foi inaugurado, em maio deste ano, o Sistema de Disposição Oceânica – SDO Jaguaribe, marcando uma nova fase para o saneamento básico da capital baiana. Com investimento da ordem de R$ 259 milhões, o novo emissário submarino da Boca do Rio possibilitará a ampliação do índice de cobertura do serviço de esgotamento sanitário na cidade para 90%.

Cerca de quatro mil moradores do município de Itaparica foram beneficiados com a ampliação do serviço de esgotamento sanitário da cidade, um investimento de R$ 9,8 milhões da Embasa. A obra elevará a cobertura do serviço de 51% para 67% no município. Outro destaque no semestre é a obra de ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Muritiba, cidade do Recôncavo baiano. Com investimento de R$ 14,6 milhões, a cobertura do serviço passará de 5% para 60% do município, beneficiando mais de 16 mil pessoas.

Em Feira de Santana, a Embasa está investindo cerca de R$ 170 milhões em obras de saneamento básico, com ações de ampliação no sistema de abastecimento e no sistema de esgotamento sanitário.

Investimento de R$ 76 milhões, fruto de parceria entre o Governo do Estado e o Governo Federal, a implantação da Adutora do Algodão vai resolver o problema de escassez de água para abastecimento humano na região de Guanambi.

A obra beneficiará mais de 250 mil pessoas que habitam as sedes municipais de Malhada, Iuiú, Palmas de Monte Alto, Candiba, Pindaí, Matina, Guanambi e Caetité, além de outras localidades situadas ao longo da área de influência da adutora, inclusive a população rural. O sistema, que captará água no rio São Francisco terá mais de 265 quilômetros de extensão.


http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=90217

A Ilha não pode ser dormitório de Salvador




Tribuna divulgou esta semana uma série de reportagens sobre a Ilha de Itaparica, e mostrou diversos problemas da região. Os moradores consideram precário o atendimento nos postos de saúde e hospitais dos municípios de Itaparica e Vera Cruz, e cobram melhorias em infraestrutura e segurança.

Outra questão abordada foi a dificuldade de se fazer a travessia marítima pelo ferryboat. Nas entrevistas com os habitantes, muitos foram os que se mostraram contrários à construção de uma ponte ligando Salvador a Itaparica, o que poderia provocar uma “favelização” dos municípios. Outros disseram acreditar na possibilidade de a ponte impulsionar economicamente a região. Em uma breve entrevista com o secretário estadual de Planejamento, Zezéu Ribeiro, no gabinete da Secretaria de Planejamento (Seplan), ontem pela manhã, o repórter Rodrigo Vilas Bôas o questionou se, de fato, a ponte vai sair do papel e quando as obras devem ser, enfim, executadas.

Tribuna - Os moradores de Itaparica e Vera Cruz estão divididos. Há quem diga que a ponte é a solução para os problemas de ambos os municípios. Outros dizem que a ponte é uma obra faraônica e que não sairá do papel. O que o senhor tem a dizer sobre isso?

Zézeu Ribeiro - A ponte vai ser construída. Quando se tem uma ideia, a população quer logo que seja posta em prática. Mas não pode ser para ontem. A ponte vai impulsionar uma valorização importante para Itaparica. Haverá uma valorização do solo lá. Vai ser preciso ter um controle municipal. Trabalhar com as prefeituras de Vera Cruz, Itaparica e Jaguaribe. Não podemos fazer com que a Ilha seja dormitório de Salvador.

TB - Como assim, secretário?


ZR - É preciso que pensemos no crescimento da Ilha como um todo. Vai ser necessário que lá tenha hospitais, escolas, shoppings, universidades, serviços de um modo geral para a população. Não se pode pensar como uma extensão de Salvador. Teremos que criar condições de urbanidade, preservando a população nativa. Estamos construindo uma modelagem que possa trazer benefícios.

TB - O vice-governador Otto Alencar entrou no circuito da construção da ponte e afirmou que ela poderá ser concluída em dois anos. Isso realmente vai ser possível?

ZR - Eu não posso afirmar isso. Não tenho condições de lhe precisar nada. O que posso dizer é que o resultado do PMI (o Procedimento de Manifestação de Interesse, do qual participaram o consórcio Odebrecht/OAS/Camargo Corrêa e a empresa Planos Engenharia) deve ser encaminhado ao governador Jaques Wagner. Em seguida, será elaborado um termo de referência, aí sim poderemos prever o tempo de execução da obra. Posteriormente, vamos lançar o edital de licitação.

TB - A ponte possivelmente acabaria com a dificuldade da travessia marítima. Além disso, reduziria para 400 quilômetros a distância entre Salvador e Ilhéus. Que outros tipos de retorno são esperados com a construção da ponte?


ZR - Temos que fazer com que a ponte seja um benefício para a Ilha. A construção vai implicar na intervenção paisagística da Baía de Todos os Santos. Por isso, estamos buscando a melhor solução para que a ponte possa se integrar de forma harmônica à paisagem. E temos que pensar em minimizar os impactos ambientais. E pensar também a construção como parte das obras da Via Expressa. Ela vai atender ao Porto Sul. Isso será de fundamental importância para o desenvolvimento do Estado. As obras vão interferir diretamente também no tráfego de Salvador. É preciso estudar criteriosamente também esses impactos. A ponte vai ajudar, sem dúvida, a diminuir o tempo de travessia, acabar com esse grave e demorado problema do ferryboat, que não precisará, necessariamente, deixar de funcionar.

TB - Quanto realmente a obra deverá custar aos cofres públicos? Já ouvi diversos números. Ainda existem muitas questões indefinidas...

ZR - Ainda não se pode precisar. A estimativa é de R$ 5 bilhões.

TB - Mas a China inaugurou recentemente a maior ponte do mundo, com 42 km de extensão, por 1,5 bilhão de dólares. A ponte Salvador-Itaparica, mais de três vezes e meia menor, terá praticamente o mesmo preço da ponte chinesa. A ponte Salvador-Itaparica não sairia cara demais?


ZR - Desconfio muito desses números. Essa camisa que você está usando custa na China ¼ do preço cobrado aqui (risos). A realidade lá é outra completamente diferente. Os operários de lá não possuem previdência. Portanto, os custos com mão de obra se tornam menores. Outro detalhe é que os chineses levaram 17 anos estudando a construção dessa ponte. Por isso, não precisamos ter pressa. Estaríamos sendo inconsequentes.


http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=90215

Obras do metrô na capital baiana completam 12 anos



Estudantes da capital resolveram 'comemorar' hoje o aniversário do metrô, cuja obra ainda não foi concluída



O metrô é curto, mas a história é longa. Este mês o sistema de pouco mais de 12 quilômetros, pensado para ligar a Lapa à Estação Pirajá, completa 12 anos, a contar da data de licitação. A Secretaria Municipal dos Transportes (Setin) não sabe informar a data exata do início do processo, mas estudantes da capital resolveram comemorar hoje o aniversário do metrô, cuja obra ainda não foi concluída.

“Como é o Dia do Estudante, resolvemos aproveitar a data”, explicou o secundarista Cícero Cotrim, um dos idealizadores da manifestação organizada pela internet e marcada para as 16h30, no canteiro da Bonocô.

Segundo Cícero, a ideia surgiu após uma conversa com um professor sobre a longa e nebulosa história do sistema, alvo de investigações e CPI. No ano passado, quando investigava um outro caso envolvendo as construtoras que compõem o consórcio de construção do metrô (Metrosal), a Polícia Federal encontrou indícios de superfaturamento, desperdício e falhas de licitação e execução nas obras.

A partir daí, o Ministério Público Federal começou a investigar o caso e foi aberta uma CPI na Assembleia Legislativa da Bahia. Mas, nem um nem outro avançou, graças a uma decisão do Supremo Tribunal de Justiça, que considerou ilegais as provas conseguidas por escuta telefônica. A defesa também alegou que o metrô não era o objeto inicial da investigação e, desde então, o processo corre em segredo de Justiça.

Ontem à noite, o governo do estado anunciou que será publicado hoje no Diário Oficial a “adoção da tecnologia metroviária para a Avenida Paralela”, como havia antecipado o governador Wagner após acordo com a prefeitura.


http://www.correio24horas.com.br/not...letam-12-anos/

Bahia paga a energia mais cara do país, segundo estudo


A diferença chega a 160% quando se compara a Bahia com países dos Brics (Rússia, Índia e China), que pagam em média R$ 140,70


A tarifa média de energia elétrica para a indústria da Bahia é de R$ 365,20 por megawatt/hora (MWh), o que representa 11% a mais do que a média brasileira , de R$ 329 MWh. É também superior em 69% à média de R$ 215,50 em um conjunto de 27 países do mundo que possuem dados disponíveis na Agência Internacional de Energia.

A diferença chega a 160% quando se compara a Bahia com países dos Brics (Rússia, Índia e China), que pagam em média R$ 140,70. Se a comparação for com a média dos países vizinhos (R$ 197,50), novamente a Bahia é bem mais cara - em 85%. As conclusões são do estudo Quanto Custa a Energia Elétrica para a Indústria no Brasil?, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Em termos de Brasil, o levantamento atesta que a indústria brasileira paga a quarta conta de energia mais cara do mundo, o que afeta a sua competitividade. A tarifa de consumo industrial, de R$ 329 por MWh na média nacional, fica atrás apenas de Itália, Turquia e República Tcheca. O preço brasileiro é 53% superior à média mundial.

Considerando a média dos Brics [R$ 140,70 o MWh], a tarifa brasileira é 134% maior. A indústria nacional também paga 131% a mais do que a média de seus principais parceiros comerciais [EUA, Argentina, China e Alemanha], de R$ 142,20 o MWh. “Sob qualquer ótica, estamos muito acima do razoável”, afirma Cristiano Prado, gerente de competitividade e investimentos da Firjan.

O trabalho reforça o alto peso de encargos e impostos sobre o custo total das indústrias, que representam 48,6% da tarifa. Mas os custos de geração, transmissão e distribuição, o chamado GTD, também têm forte influência no total. Segundo o estudo, só o custo de GTD no Brasil, de R$ 165,50 por MWh, supera a tarifa de competidores como a China e Argentina, apesar da vantagem hídrica brasileira.

http://www.correio24horas.com.br/not...egundo-estudo/

DEPUTADO COBRA SOLUçãO PARA PORTO DE ILHéUS






De acordo o dirigente da Codeba, só falta uma autorização do Ibama para que recursos sejam usados

O deputado Augusto Castro (PSDB) fez uma visita ao diretor-presidente da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), José Muniz Rebouças, preocupado com a queda do investimento no setor portuário de Ilhéus. O dirigente da Codeba afirmou ao tucano que irá viabilizar alternativas para atrair novas cargas para o porto, a fim de cobrir a perda de recurso que sofreu ao longo dos anos. A companhia deixou, de acordo com o diretor-presidente, R$ 3,8 milhões disponíveis para serem investidos na melhoria do embarcadouro; mas, para que o recurso seja utilizado nas obras, só falta uma autorização do Ibama. “Esperamos que a Codeba tenha mais sensibilidade com o porto. A nossa esperança é que alguma coisa melhore. Só para se ter uma ideia, o porto da cidade recebe rotineiramente milhares de toneladas de soja, níquel e óxido de magnésio, por isso precisa de uma atenção especial”, ponderou Augusto.


http://www.bahianoticias.com.br/noti...de-ilheus.html

Wagner e João apresentam PMI hoje

11/08/2011


Como já estava programado, o Diário Oficial do Estado (DOE) irá publicar em sua edição de hoje, o resultado do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) realizado pelo governo para escolher os projetos de execução do plano de mobilidade urbana, da Arena Fonte Nova e da ponte que vai ligar Salvador à Ilha de Itaparica. Assim, O Governador do Estado e o Prefeito da Capital irão dá uma entrevista coletiva hoje para apresentar a imprensa o que irá acontecer com a mobilidade urbana da capital.

A reunião vai marcar o fim das discussões entre o poder Executivo estadual e municipal por conta do impasse entre Bus Rapid Transit (BRT) e um modal sobre trilhos para ligar Salvador a Lauro de Freitas, ao longo da Avenida Paralela, já foi concluído na última segunda-feira (8) quando o Governo e a Prefeitura entraram em um consenso entre que definiu a locomoção será feita por metrô.

A Prefeitura defendia a implantação do BRT como mais barato e mais viável para ser construído e entregue à população até a Copa do Mundo 2014, da qual Salvador será uma das 12 cidades-sede.

O Estado, por outro lado, entendeu que há tempo e condições para construção de um sistema de transporte integrado que vai desde o subúrbio ferroviário (com o trem comum que já funciona) ao aeroporto.

O PMI vai revelar pela primeira vez ao público detalhes sobre a ideia da ponte Salvador-Itaparica, tais como seus estudos de viabilidade e os projetos de execução que foram apresentados.

O procedimento põe fim também ao impasse que se instalou entre o governo e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre a Arena Fonte Nova. Os projetos executivos para construção do estádio também serão apresentados hoje.


Fonte: Bahia Econômica
http://www.bahiaeconomica.com.br/not...-pmi-hoje.html

Exportações baianas superam bilhão de dólares pelo terceiro mês consecutivo


Os principais responsáveis pelo resultado obtido no mês passado foram o grande volume embarcado de soja, algodão, cobre e petróleo



Mesmo diante do impacto cambial, com o dólar atingindo em julho a menor cotação desde 1999, as exportações baianas alcançaram, no mês passado, US$ 1,032 bilhão, superando em 37,2% a receita de igual período em 2010. Pelo terceiro mês consecutivo, as vendas do estado no mercado externo superam US$ 1 bilhão, registrando recorde em junho, quando chegaram a US$ 1,050 bilhão.

Os principais responsáveis pelo resultado obtido no mês passado foram o grande volume embarcado de soja, algodão, cobre e petróleo - sustentado pelos altos preços das commodities -, o aumento na produção e exportação de petroquímicos, além do crescimento excepcional das vendas para a Argentina.

“Esse cenário de preços aquecidos deve continuar compensando, para setores exportadores de commodities agrícolas e minerais, a valorização do real, assegurando a continuidade do dinamismo ao setor externo nos próximos meses”, avalia o coordenador de Comércio Exterior da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), Arthur Souza Cruz.

Ele explica que as turbulências nas economias centrais acompanham a conjuntura externa há algum tempo. “Salvo uma queda abrupta no crescimento da Ásia e nos demais países emergentes, o cenário de curto prazo não desautoriza previsões otimistas porque as exportações desses produtos no ano já foram, em boa parte, contratadas”, diz.

As importações cresceram em menor intensidade em julho (13%), atingindo US$ 654,9 milhões. Nafta, trigo, automóveis e fertilizantes lideraram a pauta no mês.

Acumulado do ano
Nos sete meses de 2011, as exportações baianas resultaram em US$ 5,94 bilhões, 21,3% acima de igual período do ano passado. Já as importações, no acumulado do ano (janeiro/julho), alcançaram US$ 4,34 bilhões, o equivalente ao crescimento de 13,7%. A corrente de comércio (soma das exportações e importações) exterior da Bahia, este ano, totaliza US$ 10,3 bilhões, com o superávit de US$ 1,6 bilhão, volume 48% acima do mesmo período de 2010. As informações são da Secretaria de Comunicação do Estado.


http://www.ibahia.com/detalhe/notici...s-consecutivo/

Beneficiários do Bolsa Família trocam auxílio por emprego na obra da Fonte Nova



Na construção da Arena Fonte Nova, 21 trabalhadores já trocaram o Bolsa Família pela carteira assinada


Uma das principais críticas ao Bolsa Família, programa de transferência de renda do governo federal, sempre foi a dependência, e em alguns casos, acomodação que a receita certa poderia provocar entre os beneficiários. Pensando nisso, o governo federal criou o programa Próximo Passo, para capacitar trabalhadores nas áreas de construção civil e turismo. A porta de saída para uma vida autônoma.

Na construção da Arena Fonte Nova, 21 trabalhadores já trocaram o Bolsa Família pela carteira assinada. Outros oito devem ser contratados até o fim do ano e 138, igualmente capacitados, aguardam no cadastro de reserva.

Todos passaram por três meses de curso e aprenderam as funções de pedreiro reparador e carpinteiro armador. Durante as aulas, receberam farda e alimentação. A maior parte deles é de moradores de áreas próximas ao estádio, o que facilita a locomoção.

Crispim Souza, 48 anos, completa dois meses de trabalho na obra no próximo sábado. Mesmo tempo de vida de Cauã, caçula de seus três filhos, que faz aniversário hoje. “Chorei muito quando soube que ia ser contratado, dois dias depois que meu filho nasceu”, lembra Crispim, que credita ao filho a mudança de vida. “Quando minha esposa me disse que estava grávida, pensei: essa criança vai ser a bênção na nossa vida”.

Progredir
A inscrição do Bolsa Família está no nome da mãe de seus filhos, mas Crispim, com 2º grau completo, pensa em progredir. “Quero ganhar mais e lá (no Bolsa Família) não tem como aumentar”, diz o ajudante de produção, que planeja seguir na empresa após a entrega da Fonte Nova, em março de 2013.

Segundo a gerente de marketing da Arena Fonte Nova, Paula Mascarenhas, os operários capacitados podem ser aproveitados em outros empreendimentos dos acionistas, OAS/Odebrecht.

Capacitação amplia expectativas
Maury Pereira, 44 anos, pode ser considerado um penetra entre os colegas de curso. Integrante do programa Próximo Passo, ele não tinha Bolsa Família, mas quando soube da capacitação por um vizinho, não hesitou em se candidatar. A renda obtida fazendo manutenção “na casa de um espanhol” cessou quando o proprietário entregou o imóvel a uma corretora. Morador da Saúde, Maury vai a pé para o trabalho e não vê a hora de trabalhar na função em que foi capacitado. Por enquanto, todos são apenas ajudantes. “Hoje tenho segurança, carteira assinada, pretendo crescer e estudar mais”, planeja.


http://www.correio24horas.com.br/not...da-fonte-nova/

Bahia ganhará duas universidades federais


A presidente Dilma Rousseff vai anunciar nesta sexta-feira, 12, no Palácio do Planalto, a criação de duas novas universidades para a Bahia, e mais a extensão de outras duas, informou nesta quarta, 10, numa audiência com a bancada baiana da Câmara de Deputados o secretário nacional de Ensino Superior, Luis Carlos Brito.

De acordo com o coordenador da bancada, Nelson Pellegrino, a universidade do Sul terá campus em Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas; a universidade do Oeste contará com campus em Barra, Bom Jesus da Lapa, Barreiras e Luís Eduardo Magalhães.

Camaçari ganhará uma extensão da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e em Feira de Santana será instalada uma extensão da Universidade Federal do Recôncavo (UFRB).

O pacote de anúncios incluirá também a criação de nove novos Institutos Federais Tecnológicos (IFETs): em Xique-Xique, Serrinha, Itaberaba, Alagoinhas, Santo Antonio de Jesus, Brumado, Lauro de Freitas, Juazeiro e Euclides da Cunha.

Após o anúncio, de acordo com Pellegrino, serão iniciados os estudos orçamentários e de cursos a serem implementados – com diálogo permanente que incluirá a bancada baiana no Congresso e o governo do Estado, além da comunidade acadêmica, frisou Pellegrino.



http://www.atarde.com.br/politica/no...jsf?id=5754077
tonyssa no está en línea  
Old August 11th, 2011, 03:59 PM   #6
Deco
Soteropolitano
 
Deco's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: São Salvador - Bahia
Posts: 7,768
Likes (Received): 1279

Quote:
Originally Posted by Leonardo López View Post
Rapaz, alguem tem coragem de fazer um levantamento de quantos barzinhos / boates / restaurantes tem no Rio Vermelho??? a quantidade é absurda...sem contar na praça de dinha que fica lotada
Fiz essa lista e tentei agrupá-los

[Bar]

Sabor de Casa
Boteco Rio Vermelho
À Proa
Dubliners Irish Pub
Boteco do Zé
Boteco do França
Cienfuegos (Mexicano)
Me Gusta (Mexicano)
Água Doce Cachaçaria
Barbitúrico
Fayola
Lambreta Grill
MME. Champanharia
Ponto de Partida Snooker
Porto Caymmi
Póstudo
Santa Maria Pinta e Nina
Mercosul do Gama
Bar Vermelho
+ um bar legal na praça do Portela Café
+ um bar de caranguejo perto do Hangar
+ um bar novo que abriu onde era o Yoko (entre Cheiro de Pizza e São Jorge Botequim)

["Bar de Música"]

Tom do Sabor
Padaria
Ali do Lado
Jequitiba'r
Ciranda
São Jorge Botequim
Moema Batataria
Espaço Cultural Casa da Mãe
Tarrafa
Bond Canto
Hangar Live Music
Farol Bar
Pedra da Sereia

[Restaurante]

Fogo de Chão (Carne)
Dogma
Manjericão (Natural)
Salvador Dalí
Taboada Bistrô (Francesa)
D. Mariquita (Baiana)
Ocho Ceviche Bar (Cevicheria)
Dadá (Baiana)
Takê (Japonês)
Sukiyaki (Japonês)
Sushi Deli (JaponêS)
Forneria Quintano
Pampas (Carne)
Aogobom (ChinêS)
Bacalhau do Martelo (Portuguesa)
Cais da Ribeira (Hotel Pestana - Portuguesa)
Pier 505 (Hotel Golden Tulip)
Casa da Dinha (Baiana)
Confraria das Ostras

[Pizzaria]

Companhia da Pizza
Cheiro de Pizza
Piola
Colombo
Empório Maranello

[Casa Noturna]

Twist Pub
San Sebastian
Borracharia
30 segundos
Portela Café
Zen
Ego
Idearium

[Outros]

Mercado do Peixe - 36 boxes de restaurantes/bares
Teatro Sesi
Acarajé de Dinha
Acarajé de Cira
Acarajé de Lucas e Rozilene
Suco 24h
Beiju da Míria
Beiju da Praça
Beiju dos Artistas
Beiju do Paço

[Café]

Café & Cognac
Café Machiavelli

[Temakeria]

Barthô Temakeria
Carpas
T'maks
Temaki Box

Last edited by Deco; August 11th, 2011 at 04:21 PM.
Deco no está en línea  
Old August 11th, 2011, 04:00 PM   #7
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,863


O RV é tudo de bom, um dos locais mais agradáveis da cidade.
tonyssa no está en línea  
Old August 11th, 2011, 04:04 PM   #8
Douglas
Registered User
 
Join Date: Jul 2005
Location: Maceió - Salvador
Posts: 3,640
Likes (Received): 23

^ Só estacionar que é complicado..
Douglas no está en línea  
Old August 11th, 2011, 04:06 PM   #9
PAPITOBA
PAPITO
 
PAPITOBA's Avatar
 
Join Date: Jun 2009
Location: SSA/BSB
Posts: 4,684
Likes (Received): 1614

Caraca! Já estamos no BN-SSA IV? Como passou rápido o III!
__________________

Se colocarem o Governo para administrar o Deserto do Saara vai faltar areia em cinco anos. ~ Frase do economista Milton Friedman
PAPITOBA no está en línea  
Old August 11th, 2011, 04:10 PM   #10
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,863

Senadores e deputados pressionam Dilma para colocar mais uma Universidade no interior da Bahia



Sem acreditar muito no ministro da Fernando Haddad, o deputado federal Waldenor Pereira (PT-BA) se juntou aos 3 senadores baianos e mais 38 colegas, elaborando longo ofício para entregar no Palácio do Planalto. Espera que a presidente Dilma Rousseff se sensibilize e autorize a criação da Universidade Federal do Sudoeste, com sede no município de Vitória da Conquista. Lembrou também de pedir apoio do governador da Bahia.


http://www.bahianegocios.com.br/
tonyssa no está en línea  
Old August 11th, 2011, 04:11 PM   #11
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,863

Quote:
Originally Posted by Douglas View Post
^ Só estacionar que é complicado..

Realmente, o pior é que nem opções pagas são disponíveis. Normalmente estaciono próximo ao largo de Cira ou na Rua do Meio.
tonyssa no está en línea  
Old August 11th, 2011, 04:23 PM   #12
DigoSSA
Registered User
 
DigoSSA's Avatar
 
Join Date: Aug 2010
Location: Cidade da Bahia
Posts: 530
Likes (Received): 82

Recebi por email um book do Tropicália, novo empreendimento da Odebrecht em Patamares. Segue um link p/ que quiser dar uma olhada: http://www.mediafire.com/?86q3j1fo71mn85v

Terreno: 34mil m²
33 metros acima do mar
8 torres:
6 torres - 3 suítes com lavabo - 113,77m²
2 torres - 4 suítes - 155,95m² - 8 coberturas
Unidades Solarium
Todas as unidades com depência completa
Área de lazer completa - Segurança

3 suítes estão à partir de 547.561,00 , 1º andar com 2 vagas de garagem e o 4 suítes com valores à partir de 785.015,00 com 3 vagas de garagem, 1º andar.

Valores de pré-lançamento previstos até abertura do stand em meado de agosto. Desconto de 25% no pagamento à vista.
DigoSSA no está en línea  
Old August 11th, 2011, 04:27 PM   #13
Felipelopes
Lopes_ssa
 
Felipelopes's Avatar
 
Join Date: Jun 2009
Posts: 1,953
Likes (Received): 205


Uii dar mais de Meio Milhao de reais a vista e por sinal na planta, a pessoa tem que ter muito dinheiro e corageem heein.

Valeu pelo link vou dar uma olhada
Felipelopes no está en línea  
Old August 11th, 2011, 04:30 PM   #14
Deco
Soteropolitano
 
Deco's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: São Salvador - Bahia
Posts: 7,768
Likes (Received): 1279

Quote:
Originally Posted by tonyssa View Post

Realmente, o pior é que nem opções pagas são disponíveis. Normalmente estaciono próximo ao largo de Cira ou na Rua do Meio.
SEMPRE coloco aí! Na Rua do Meio, sempre há uma vaguinha esperta me esperando!
O "problema" é ir andando até Dinha. Aquele trecho entre Cira e a pizzaria Colombo é um pouco perigoso, vazio, escuro.
Deco no está en línea  
Old August 11th, 2011, 04:46 PM   #15
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,863


Alí é barril, prefiro ficar em Cira.
tonyssa no está en línea  
Old August 11th, 2011, 04:50 PM   #16
Rekarte
Libertarian
 
Rekarte's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Posts: 21,311
Likes (Received): 3955

So fui eu qeu eprcebi,mas nos ultimos 2 anos,a conta de luz teve um grande aumento e a qualidade do serviço oferecido caiu bastante?
o que será que deu na Coelba?era uma das melhores empresas que tinhamos aqui em Salvador em relação ao custo/beneficio dos seus serviços
Rekarte no está en línea  
Old August 11th, 2011, 05:09 PM   #17
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,863

WAGNER ABRE ENCONTRO DE ENTIDADES COMERCIAIS DO BRASIL





Mais de mil empreendedores do país participam do 21º Congresso da Confederação das Associações Comerciais do Brasil, aberto na noite desta quarta-feira (10), no Hotel Pestana, em Salvador, com a presença do governador Jaques Wagner. O evento, que tem como tema ‘Salto para o Futuro - Facilitando Caminhos’, prossegue até esta quinta (11).

Durante a solenidade, o governador Jaques Wagner reiterou o compromisso do governo, por meio das secretarias afins, de criar condições para que o setor comercial se desenvolva no estado. “Não apenas o governo, mas o Brasil conta com a tenacidade dos nossos empresários no fortalecimento da nossa economia e promovendo a inclusão social”.

Já o o presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), José Paulo Dornelles Cairoli, disse que o setor está otimista porque o governo federal acaba de anunciar a ampliação do teto do regime tributário destinado às empresas enquadradas no Simples Nacional.

O destaques do evento foi a discussão das novas regras tributárias e o pacote de incentivos que vale para as empresas optantes do Simples Nacional. A elevação do teto do faturamento para as empresas participantes do sistema para R$ 3,6 milhões, amplia o leque de participantes e proporciona mais competitividade para as empresas. Antes, o valor era de até R$ 2,4 milhões, um teto defasado”.

Os benefícios fiscais também se estendem aos empreendedores individuais, que antes tinham o teto de R$ 30 mil e foi dobrado.

http://www.bahiaeconomica.com.br/not...do-brasil.html
tonyssa no está en línea  
Old August 11th, 2011, 05:29 PM   #18
Douglas
Registered User
 
Join Date: Jul 2005
Location: Maceió - Salvador
Posts: 3,640
Likes (Received): 23

Gente, eu não estava lembrado disso! http://www.atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=1352971

A notícia é velha, agora entendo pq Mário Kértesz simpatiza com o BRT, é outro sacana..
Douglas no está en línea  
Old August 11th, 2011, 05:35 PM   #19
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,863


Esse cara foi prefeito 02 vezes e deve ter muita podridão escondida.
tonyssa no está en línea  
Old August 11th, 2011, 05:40 PM   #20
Douglas
Registered User
 
Join Date: Jul 2005
Location: Maceió - Salvador
Posts: 3,640
Likes (Received): 23

Triste de nossa cidade viu, não tem um nome digno pra ocupar sua prefeitura. É preocupante..
Douglas no está en línea  
Closed Thread

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 05:09 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu