daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Infrastructure and Mobility Forums > Subways and Urban Transport

Subways and Urban Transport Metros, subways, light rail, trams, buses and other local transport systems



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old July 26th, 2012, 03:46 AM   #2261
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

New train series for CPTM, the 9000 Series. Built locally by CAF.


mopc no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old July 26th, 2012, 02:31 PM   #2262
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

New render of future Line 2 monorail train (Bombardier Innovia 300), by Bombardier



original
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old July 26th, 2012, 03:35 PM   #2263
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

New 2017 Future Network released now (June 25, 2012)



original pdf
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old July 26th, 2012, 11:36 PM   #2264
dimitrizacarii
BRIC - The Future
 
dimitrizacarii's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: São Paulo
Posts: 63
Likes (Received): 2

Great!
__________________
Fabulous São Paulo
dimitrizacarii no está en línea   Reply With Quote
Old July 27th, 2012, 02:08 PM   #2265
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Line 2 Monorail track and switch scheme



original post
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old July 27th, 2012, 02:38 PM   #2266
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Line 17 Monorail











the region it will serve:





by Marcio Staffa
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old July 27th, 2012, 03:28 PM   #2267
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Larger version of the 2014 Network Map

mopc no está en línea   Reply With Quote
Old July 27th, 2012, 05:09 PM   #2268
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

New T-type pillar on Line 2 Monorail

mopc no está en línea   Reply With Quote
Old July 27th, 2012, 07:54 PM   #2269
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

New official interactive map with current network, u/c and planned fully explained

ACCESS INTERACTIVE VERSION HERE

Printscreen:

mopc no está en línea   Reply With Quote
Old July 29th, 2012, 01:19 AM   #2270
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Marcopolo Viale BRT bus being tested in São Paulo

mopc no está en línea   Reply With Quote
Old July 30th, 2012, 05:52 PM   #2271
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Line 2 monorail

Oratório station





by Paulo Arós

depot:


by Fernando Giolo
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old July 31st, 2012, 05:34 PM   #2272
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Pics by forumer Ponta Negra (original post)

Luz station (lines 11, 7, 4 and 1). The old building (from 1910) harbors CPTM lines 7 and 11. The underground section shown below is the new driverless line 4 (2011). There is also line 1 (1975), not shown here.

image hosted on flickr


image hosted on flickr


image hosted on flickr


image hosted on flickr


image hosted on flickr


image hosted on flickr


image hosted on flickr


Line 4 Butantã station

image hosted on flickr


image hosted on flickr


Line 8 Júlio Prestes station (1936) tower

image hosted on flickr




Trolleybus downtown

image hosted on flickr


image hosted on flickr

Last edited by mopc; July 31st, 2012 at 08:49 PM.
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old August 1st, 2012, 04:04 AM   #2273
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Term of reference for new plans for a Westward extension of Line 2 Monorail from Vila Prudente station to current Line 10 Ipiranga station


Quote:
Originally Posted by gerd.jak View Post
TERMO DE REFERÊNCIA
CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REVISÃO DO PROJETO FUNCIONAL DA LINHA VILA PRUDENTE – HOSPITAL CIDADE TIRADENTES (MONOTRILHO), PARA A INCLUSÃO DO SUBTRECHO VILA PRUDENTE – IPIRANGA.
1. INTRODUÇÃO
A primeira fase de operação da Linha Vila Prudente – Hospital Cidade Tiradentes (monotrilho) está prevista para 2013, com extensão de 2,3 km, duas estações (Vila Prudente e Oratório) e o primeiro pátio de manutenção e estacionamento de trens (Pátio Oratório).
Estudos recentes da rede metroviária constataram a necessidade de extensão da Linha Vila Prudente – Hospital Cidade Tiradentes (monotrilho) até à Estação Ipiranga da Linha 10 – Turquesa da CPTM (Figura 1). [gerd: não encontrei a figura no edital]
Essa necessidade se deve ao fato de que novas previsões de demanda identificaram para o ano-horizonte de 2018 um volume de mais de 500 mil passageiros/dia nessa linha e uma transferência diária de 42 mil passageiros, no horário de pico da manhã para a Linha 2 – Verde/15 (Cerro Corá – Anália Franco) entre as duas estações de Vila Prudente.
Com movimento de transferência de passageiros tão grande e concentrado, a qualidade dos serviços poderá ficar comprometida, tornando difícil o cumprimento do headway necessário para o atendimento da demanda dessa linha.
A solução aventada para reduzir o número de transferências em Vila Prudente consiste em estender essa linha de monotrilho até à estação Ipiranga da CPTM, local onde poderá se integrar com a Linha 10 – Turquesa, transferindo seus passageiros que têm como destino direto o Centro Histórico da cidade.
De fato, novos estudos de simulação de demanda foram elaborados, demonstrando que nessa nova situação as transferências em Vila Prudente serão de 29 mil passageiros e em Ipiranga, de 15 mil passageiros, respectivamente, na hora pico da manhã.
A extensão Vila Prudente – Ipiranga, com extensão aproximada de 1,5 km, uma estação após Vila Prudente e trechos adicionais para manobra e estacionamento de trens após a Estação Ipiranga deverá prever condições para extensões que futuramente sejam propostas visando novas articulações com a rede metroferroviária.
Eventuais adequações no subtrecho atualmente em implantação (Vila Prudente – Oratório), inclusive a construção de plataformas laterais na Estação Vila Prudente para melhorar o fluxo de passageiros, também deverão ser avaliadas. Deverão ser projetadas as adequações necessárias na Estação Ipiranga da CPTM para tornar viável a integração física e tarifária entre trem metropolitano e monotrilho, considerando a integração com a futura Linha 16 (Cachoeirinha – Ipiranga) do Metrô.
A diretriz sugerida para o subtrecho a partir de Vila Prudente segue para oeste até aproximar-se do leito da Linha 10 Turquesa da CPTM, tomando a direção da Estação Ipiranga. Deverá ser analisado em qual das margens (leste ou oeste) da Linha 10 deverá ser implantada a estação e a área de manobra e estacionamento de trens da linha de monotrilho. O estudo deverá prever os impactos de implantação de AMVs para monotrilho na região da Estação Ipiranga.
Na extensão Vila Prudente – Ipiranga deverão ser levantadas (e consideradas no projeto) todas as interferências de grande porte tais como favelas, os viadutos da região, o Expresso Tiradentes, melhorias ou ampliações previstas para o sistema viário, linhas de transmissão de energia elétrica e outras (adutoras, emissários de esgoto, etc.), bem como soluções para sua transposição ou remanejamento e compatibilização de projetos, quando couber.

A diretriz de traçado, bem como as localizações, quantidades e nomes de estações, mencionados neste termo, são relativos ao estudo preliminar e podem ser alterados no decorrer dos trabalhos.

2. JUSTIFICATIVA
A ligação originalmente proposta (Hospital Cidade Tiradentes – Vila Prudente) permite que os usuários do futuro monotrilho conectem-se diretamente com a Linha 2 – Verde e com o Expresso Tiradentes. A extensão do monotrilho até a Estação Ipiranga da Linha 10 – Turquesa da CPTM (e da futura Linha 16 do Metrô) possibilitará uma nova ligação com o Centro da metrópole, sem necessidade de integração em Vila Prudente, reduzindo as transferências do monotrilho para a Linha 2 – Verde do Metrô.
Essa ligação também proporcionará melhor distribuição da demanda na rede, principalmente na Linha 2 – Verde do Metrô, aliviando seus carregamentos, conforme verificado em dados de simulação.
Em resumo, a extensão Vila Prudente – Ipiranga terá por função articular melhor a rede de transporte público aprimorando a distribuição do carregamento de outras linhas de metrô.

3. OBJETIVO
O objetivo deste termo de referência é estabelecer as condições, atividades e cronograma para a contratação de empresa para revisão do projeto funcional da Linha Vila Prudente – Hospital Cidade Tiradentes (monotrilho), para a inclusão do subtrecho Vila Prudente – Ipiranga.
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old August 1st, 2012, 04:14 AM   #2274
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Term of Reference for future Line 20 Lapa-Moema and further


Quote:
Originally Posted by SavianoMarcio View Post
TERMO DE REFERÊNCIA
CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA O DESENVOLVIMENTO DO PROJETO FUNCIONAL DA LIGAÇÃO MOEMA – RUDGE RAMOS DA LINHA 20 DO METRÔ DE SÃO PAULO.


1. INTRODUÇÃO
A Linha 20 foi concebida como parte integrante da rede futura do Metrô, com uma configuração perimetral, importante para a articulação das linhas radiais, estruturando a rede metroferroviária e interligando os municípios de São Paulo e São Bernardo do Campo.

Será implantada em duas etapas, Lapa – Moema e Moema – Rudge Ramos, tendo a função de interligar os subcentros Lapa, Pinheiros, Itaim Bibi e Moema, conectando-os a importantes eixos viários como as avenidas Jabaquara e do Cursino, a região industrial do ABC e o bairro de Rudge Ramos em São Bernardo do Campo. Fará integração com a futura Linha 18 na Estação Afonsina, na divisa dos municípios de São Bernardo do Campo e Santo André, contribuindo para equilibrar os carregamentos da rede, especialmente os da Linha 2 – Verde / 15. Propiciará melhor distribuição dos passageiros oriundos das linhas da rede metroferroviária em locais de grande interesse da população.

O trecho entre a Estação Moema (exclusive) e a Estação Afonsina (L18), objeto deste termo de referência, possui extensão aproximada de 12,7 km e trechos adicionais para manobra e estacionamento de trens. Futuramente poderá ser prolongada até a Linha 10 – Turquesa da CPTM. Deverá ser estudada solução para pátio incluindo os respectivos acessos, cuja pesquisa de alternativas de localização também faz parte do objeto. Este estudo deverá conter soluções alternativas que minimizem a necessidade de grandes áreas para pátio.

O projeto deverá oferecer flexibilidade suficiente para permitir sua implantação em trechos operacionais, porém considerando a possibilidade dessa linha utilizar trens e pátios de linhas existentes. Todas as soluções apresentadas deverão estar de acordo com o projeto funcional do trecho Lapa – Moema.

Estão inicialmente previstas 11 estações, destacando-se São Judas e Afonsina, futuros locais de integração com a Linha 1 – Azul e com a futura Linha 18, respectivamente.

As futuras estações Rubem Berta, Indianópolis, Água Funda, Cursino, Vila Moraes, Arlindo Vieira, Vila Livieiro, Taboão – Anchieta e Rudge Ramos possuem potencial para atendimento à demanda lindeira e, principalmente, para integração com o serviço de ônibus, por interceptarem diversos corredores viários da região de atendimento.

O trecho Moema – Afonsina da Linha 20 terá como função atender áreas ao sudoeste, sul e sudeste do Município de São Paulo, que são servidas pelos corredores das avenidas Rubem Berta / Washington Luís, Indianópolis, Jabaquara, Rodovia dos Imigrantes, do Cursino, Padre Arlindo Vieira, Taboão, Rodovia Anchieta e Dr. Rudge Ramos e que tem como destino o polo terciário da Avenida Brigadeiro Faria Lima, além das áreas industriais de São Bernardo do Campo. Essas vias poderão ter significativa redução de seus volumes de tráfego de ônibus, com a reorganização do transporte coletivo propiciada pela implantação do segundo trecho da Linha 20, conforme estudo a ser desenvolvido no projeto funcional. Em função das particularidades dessa linha, ou seja, cortar transversalmente os grandes corredores de transporte das regiões que serve, também faz parte do estudo:

- A análise da acessibilidade (em seus diversos níveis) e proposição de adequações locais, visando melhorias, quando necessário, de circulação e acesso de pedestres e veículos na área lindeira às estações;
- A quantificação do benefício que redundará em menor emissão de poluentes e melhoria no trânsito da região, em função da reorganização do transporte propiciada pela linha.

A diretriz sugerida nos estudos da rede de metrô para a Linha 20, a partir da Estação Moema, segue sob o eixo das avenidas Divino Salvador, Indianópolis e Fagundes Filho. Cruza a Av. Professor Abraão de Morais (início da Rodovia dos Imigrantes), seguindo parelela ao complexo Viário Maria Maluf e depois pela Rua dos Operários, paralela à Avenida do Cursino. Toma a direção da Avenida Padre Arlindo Vieira, cortando as quadras em diagonal até atingir a Avenida do Taboão, por onde prossegue. Cruza a Rodovia Anchieta e segue pela Avenida Dr. Rudge Ramos até a Rua Afonsina, sob a qual segue até chegar à estação homônima, da futura Linha 18 do Metrô.

No projeto funcional da Linha 20 (trecho Moema - Afonsina) deverão ser levantadas e consideradas todas as interferências de grande porte tais como favelas, obras de arte (de engenharia), melhorias ou ampliações previstas para o sistema viário, linhas de transmissão de energia elétrica, adutoras, emissários de esgoto, equipamentos de uso público e etc., bem como soluções para sua transposição ou remanejamento e compatibilização de projetos, quando couber. Bens tombados pelos institutos de defesa do patrimônio histórico, cultural, arquitetônico e natural (IPHAN, CONDEPHAAT e CONPRESP) também deverão ser levantados e considerados em projeto.

A diretriz de traçado, bem como as localizações, quantidades e nomes de estações, mencionados neste termo, são relativos ao estudo preliminar e podem ser alterados no decorrer da elaboração do projeto funcional.

2. JUSTIFICATIVA
O estudo de rede futura do Metrô propõe alternativas para atender as mais diversas áreas da metrópole. A Linha 20 facilitará o acesso da população a áreas de grande concentração de empregos, comércio e serviços existentes no Centro Expandido da Metrópole, consolidada nos anos 90 e 2000, com destaque para a Avenida Brigadeiro Faria Lima, local a ser servido diretamente por ela. Seu prolongamento até a futura Linha 18, em Afonsina, possibilitará melhor distribuição de passageiros na rede, além de oferecer nova alternativa ao fluxo de pessoas existente entre os municípios do ABC Paulista e as regiões sul e sudoeste do Município de São Paulo, equilibrando os carregamentos da Linha 2 - Verde. A população residente no Centro Expandido, especialmente a que vive nos distritos Lapa, Alto de Pinheiros, Pinheiros, Itaim Bibi, Moema, Saúde e Cursino, também será beneficiada.

Devido a sua diretriz de traçado em formato perimetral e sua articulação, a sudoeste e sul, com as linhas radiais da rede metroferroviária, a Linha 20 proporcionará flexibilidade de deslocamentos, tornando-a muito mais atrativa, ensejando estudos e proposições para integração com bicicletas e automóveis, principalmente os oriundos do sistema viário de sua área de influência.

Em resumo, a Linha 20 terá por funções articular a rede de transporte público, ligar polos regionais e reestruturar o sistema de ônibus de sua área de influência.

3. OBJETIVO
O objetivo deste termo de referência é estabelecer as condições, atividades e cronograma para a contratação de empresa para o desenvolvimento do projeto funcional da ligação Moema – Rudge Ramos da Linha 20 do Metrô de São Paulo.

Das Licitações do Metrô: http://www.metro.sp.gov.br/metro/lic...acao-list.aspx
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old August 1st, 2012, 04:15 AM   #2275
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Term of Reference for future Line 23 Lapa-Dutra


Quote:
Originally Posted by SavianoMarcio View Post
TERMO DE REFERÊNCIA
CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO FUNCIONAL DA LINHA 23 (LAPA – DUTRA) DO METRÔ DE SÃO PAULO.


1. INTRODUÇÃO
A Linha 23 (Lapa – Dutra) terá a função de promover uma ligação perimetral, conectando as linhas metroferroviárias situadas nas regiões Norte e Noroeste da Capital, quais sejam: futura Linha 15 (Vila Prudente – Dutra); futura Linha 19 (Campo Belo – Guarulhos); Linha 1 – Azul; futura Linha 6 – Laranja; futura Linha 20 (Lapa – Moema) e as linhas 7 – Rubi, 8 – Diamante, 9 – Esmeralda da CPTM. Também realizará a integração com os corredores viários transversais ao traçado da linha que cortam a região em geral na direção das pontes sobre o Rio Tietê, captando demanda do transporte coletivo e de usuários do automóvel.

Ligar diretamente toda a Zona Norte de São Paulo, vencendo as barreiras físicas formadas pela sucessão de vales e morros que conformam o terreno da região, facilitando a conexão dos principais subcentros locais (Vila Maria, Santana, Casa Verde, Limão, Freguesia do Ó e Lapa) e definindo, em conjunto com as linhas 2, 15 e 20, um anel metroviário.

A linha, objeto deste termo de referência, possui extensão aproximada de 16,6 km e trechos adicionais para manobra e estacionamento de trens após as estações Dutra e Lapa. Deverão ser estudadas soluções alternativas para pátio de manutenção e estacionamento de trens incluindo os respectivos acessos, cujas pesquisas de alternativas de localização e soluções também fazem parte do objeto.

O projeto deverá oferecer flexibilidade suficiente para permitir sua implantação através de trechos operacionais e considerar a possibilidade dessa linha utilizar trens e pátios de outras ligações, especialmente os das linhas 2, 15, 6 ou 20. Outros modos de transporte (como metrô leve, por exemplo) farão parte dos estudos, devendo ser escolhida a alternativa que melhor atenda à demanda da região e às diretrizes definidas pelo Metrô.

Estão inicialmente previstas 20 estações, destacando-se Dutra, Santana, Casa Verde, Freguesia do Ó e Lapa, futuros locais de integração com as seguintes linhas da rede metroferroviária:

- 15 e 19, na estação Dutra;
- 1, na estação Santana;
- 16, na estação Casa Verde;
- 6, na estação Freguesia do Ó;
- 7, 8, 9 e 20 na estação Lapa.

As estações Cerejeiras-Cianorte, Alberto Byington, Vila Leonor, Parque do Trote, Vila Guilherme, Ataliba Leonel, Alfredo Pujol, Imirim, Vila Baruel, Caetano Álvares, Limão, Inajar de Souza, Vila Arcádia, Edgar Facó e Ermano Marchetti possuem potencial para atendimento à demanda lindeira e, principalmente, para integração com o serviço de ônibus, por interceptarem os principais corredores viários da região.

A linha conectará importantes eixos de transporte coletivo por ônibus, tais como as avenidas Marechal Argolo Ferrão, Manoel Antônio Gonçalves, Conceição, das Cerejeiras, Angelina, Nadir Dias de Figueiredo, Guilherme, Joaquina Ramalho, Luís Dumont Villares, Zaki Narchi, General Ataliba Leonel, Cruzeiro do Sul, Rua Voluntários da Pátria, avenidas Brás Leme, Imirim, Casa Verde, Engenheiro Caetano Álvares, Inajar de Souza, Miguel Conejo e Edgar Facó.

Nessas vias deverá ser proposta a reorganização do transporte coletivo decorrente da implantação da Linha 23 (Lapa - Dutra). Os vários pontos de conexão referidos serão responsáveis pela captação de grande parte da demanda de toda a linha e, portanto, deve-se ter especial atenção nos seguintes aspectos:

- Análise da acessibilidade (em seus diversos níveis) e proposição de adequações locais, visando melhorias de circulação e acesso de pedestres e veículos na área lindeira às estações;
- Quantificação do benefício que redundará em menor emissão de poluentes e melhoria no trânsito da região, em função da reorganização do transporte propiciada pela linha.

A diretriz sugerida nos estudos da rede do Metrô para a Linha 23, a partir da Estação Dutra, segue para noroeste, paralela à Linha 2 – Verde / 15, acompanhando o eixo da Avenida Conceição por alguns metros. Em seguida toma a direção oeste, passando pelas ruas José Monteiro Mesquita e Alexandre Rontini, tangenciando a Praça Cianorte (Jânio Quadros), para depois seguir a direção da Avenida Alberto Byington e da Rua Ernani Pinto. Segue pelo eixo das ruas Maria Cândida, Duarte Azevedo e Alfredo Pujol, buscando o eixo da Avenida Casa Verde (cortando quadras em diagonal). Na altura da Rua Ouro Grosso toma a direção sudoeste, passando pela Rua Alambari, até atingir a linha de transmissão de energia elétrica, local por onde prosseguirá até as proximidades da Avenida General Edgar Facó, tomando a direção sul. Segue pela Rua Coronel Bento Bicudo, atravessa o Rio Tietê, segue alguns metros pela Avenida Ermano Marchetti até a Rua Engenheiro Albertim, a partir de onde cruza as quadras em diagonal, até atingir a Estação Lapa.

No projeto funcional da Linha 23 (Lapa - Dutra) deverão ser levantadas e consideradas todas as interferências de grande porte tais como favelas, obras de arte (de engenharia), melhorias ou ampliações previstas para o sistema viário, linhas de transmissão de energia elétrica, adutoras, emissários de esgoto e etc., bem como soluções para sua transposição ou remanejamento e compatibilização de projetos, quando couber.

A diretriz de traçado, bem como as localizações, quantidades e nomes de estações, mencionados neste termo, são relativos ao estudo preliminar e podem ser alterados no decorrer da elaboração do projeto funcional.

2. JUSTIFICATIVA
O estudo de rede futura do Metrô propõe alternativas para atender as mais diversas áreas da metrópole. A linha em questão atenderá a população das áreas já mencionadas, principalmente as Zonas Norte e Noroeste do município de São Paulo, cuja conformação geográfica constitui grande barreira física para a circulação de pessoas na direção Leste-Oeste, dificultada pela configuração do sistema viário, predominantemente implantado no sentido norte-sul, acompanhando os vales e topos de morros da região. A comunicação entre bairros da Zona Norte muitas vezes implica utilização do escasso e sinuoso sistema viário que corta a região e das Marginais do Rio Tietê, contribuindo para o aumento do volume de tráfego que passa por elas diariamente. A nova ligação oferecerá alternativa ao transporte por ônibus desses bairros, que possuem linhas perimetrais e linhas destinadas ao centro da Capital, possibilitando melhor conexão entre os subcentros locais, e com possibilidade de alcance a áreas com alta densidade de empregos.

Devido a sua diretriz de traçado em formato de arco e sua articulação com as linhas metroferroviárias de caráter radial ou diametral, a Linha 23 (Lapa - Dutra) proporcionará flexibilidade de acesso a toda a rede metroferroviária, tornando-a muito atrativa, ensejando também estudos e proposições para integração com automóveis e bicicletas.

Em resumo, a Linha 23 (Lapa – Dutra) terá por funções articular a rede de transporte público, ligar polos regionais e reestruturar o sistema de ônibus de sua área de influência.

Das Licitações do Metrô: http://www.metro.sp.gov.br/metro/lic...acao-list.aspx
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old August 1st, 2012, 04:25 AM   #2276
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Line 2 Consolação station access on Paulista avenue, by lunacity


Line 9 near Berrini station


Line 2 Trianon-Masp station can be seen in front of the pyramidal building


Line 9 Berrini station by the river

Last edited by mopc; August 3rd, 2012 at 08:14 PM.
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old August 1st, 2012, 08:43 PM   #2277
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Line 2 Monorail - new renders of vehicle


mopc no está en línea   Reply With Quote
Old August 1st, 2012, 09:08 PM   #2278
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Interesting document by former Metro employee about future plans for the São Paulo network

PPT download

"Target network" (for around 2050)

mopc no está en línea   Reply With Quote
Old August 1st, 2012, 09:19 PM   #2279
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

News - Light Rail/monorail or train system discussed for Barueri/Alphaville


Quote:
Originally Posted by mvm View Post
SP: Região de Alphaville ganhará ligação para a CPTM

26/07/2012 - O Estado de S.Paulo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou na manhã desta quinta-feira, 26, que a área de Alphaville, na Região Metropolitana, ganhará um sistema sobre trilhos. A Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos ainda avalia qual tipo de tecnologia será usada: trem convencional, monotrilho ou VLT (veículo leve sobre trilhos). O projeto funcional será contratado em breve pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

O ramal sairá da Linha 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi) da CPTM. "Vai ser uma espécie de um 'U'. Sai da Estação Barueri, vai até Alphaville e Tamboré, e volta para a Estação Coração de Jesus", disse Alckmin.

Segundo Silvestre Rocha Ribeiro, diretor de Planejamento da CPTM, essa linha poderá, inclusive, entrar em Carapicuíba, na Grande São Paulo, e terminar em um terminal de ônibus da cidade. "Estamos contratando um estudo para definir isso."

Ainda não há prazo para o projeto sair do papel. Entretanto, o secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, afirmou que a obra não começará antes de 2014. "O funcional deve ficar pronto no primeiro semestre do ano que vem. A obra de ser (rápida). Se, por acaso, for o monotrilho, é mais rápido que o VLT. Se tiver que ser com capacidade maior, o trem, é mais demorado."

De acordo com ele, há interesse dos moradores da região para uma ligação com a rede ferroviária. "A Linha 8 há muitos e muitos anos passa ao lado de Alphaville, Tamboré e Barueri. Mas nunca houve essa pressão. E de cinco anos para cá, a região começou a discutir, entre eles, os moradores, ter uma ligação com o trem. Nós, agora, decidimos assumir de vez essa questão."

Bom Retiro. Também foi anunciado que a CPTM já contratou o projeto funcional para a futura Estação Bom Retiro, na região central. Em março, o Jornal da Tarde antecipou a intenção do governo do Estado de usar a área para uma estação de trem.

A parada ficará no lugar do prédio abandonado do Moinho Central, implodido pela Prefeitura no início do ano, após ter sido atingido por um incêndio, em dezembro, que matou duas pessoas. O governo não informou como fará com as famílias que ainda moram na favela vizinha a esse local. As pessoas esperam receber moradias na mesma região.

"Então, onde teve aquela tragédia do incêndio, aquilo tudo está muito colado na ferrovia. A área deve ser desapropriada", afirmou Alckmin.

Fernandes disse que a estação dará um "certo alívio" à Estação Luz. As linhas 7-Rubi (Luz-Francisco Morato) e 8-Diamante atenderiam a parada. "Assim que houve a oportunidade, nós discutimos muito com a Prefeitura já dedicar aquele espaço da Favela do Moinho, durante o incêndio todo, para que nós fizéssemos ali a futura Estação Bom Retiro."

A nova estação, cujas obras devem começar entre 2013 e 2014, será construída de forma a prever o seu enterramento, contemplado na Operação Urbana Lapa-Brás, da Prefeitura. Esse projeto pretende enterrar as linhas de trem da região.




http://www.revistaferroviaria.com.br...InCdEditoria=2
mopc no está en línea   Reply With Quote
Old August 1st, 2012, 09:24 PM   #2280
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,248
Likes (Received): 12020

Line 9 extension to Varginha (2 stations: Dos Mendes and Varginha)


Quote:
Originally Posted by Ramos View Post
E vem ai as estações dos Mendes e Varginha . . .


http://www.brasilengenharia.com/port...tem/edicao-610
Revista Engenharia, edição 610 página 170


http://www.brasilengenharia.com/port...tem/edicao-610
Revista Engenharia, edição 610 página 171
mopc no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
metro, são paulo, subway, trains

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 12:22 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

tech management by Sysprosium