daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Infrastructure and Mobility Forums > Subways and Urban Transport

Subways and Urban Transport Metros, subways, light rail, trams, buses and other local transport systems



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old November 26th, 2013, 12:19 AM   #2901
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 13 - CPTM's new line (International Airport/Guarulhos City line) shows signs of its existence. According to government sign, it should be completed by March 2015.

mopc está en línea ahora   Reply With Quote

Sponsored Links
Old November 26th, 2013, 12:27 AM   #2902
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 11 - CPTM's new CAF 9000 series enters test operations after almost a year of delay due to manufacturing problems.

Quote:
Originally Posted by Diego3336 View Post
Passou aqui pela Carrão quase agora, às 11:13 pra ser mais exato:





mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 26th, 2013, 03:32 AM   #2903
Rail_Serbia
Registered User
 
Rail_Serbia's Avatar
 
Join Date: May 2009
Location: Beograd
Posts: 964
Likes (Received): 670

I do not understand that strategy, with partial lines and transit centers like LUZ and BRAS. In a city with 1.000.000 to 2.000.000 people it is not a problem, but in metropolitan area of 17.000.000 people, it is a need for cross-city lines, to extend line 5 to far northeast, to make line 6 with any link to line 3, to couple lines 7 and 10 to one non-stop line (for wxapmle).

It looks like that lobby of real estate business makes the same thing like in Istanbul: lines to the edge of the city have higher priority then central part of the network. Lines push up the prices of the real estate in new suburbs, but central part of the system is crap. And, when you solve one bottle neck in the city, like with line 4, it is overloaded from the first daz of operation.

And of course, the city as Sao Paolo needs some new crosscity 4 tracks line, due to lack of commuter rail corrodores for such huge metropolitan area. (2 tracks for local, 2 tracks for express).
Rail_Serbia no está en línea   Reply With Quote
Old November 26th, 2013, 04:56 AM   #2904
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Wait, let's take a look at the map of the Sao Paulo network exactly as it stands today + what is under construction today:



Basically, 14 years ago the city had a plan to integrate many CPTM lines between Brás and Barra Funda, through Luz, creating a central corridor and extending at least Line 11 to Barra Funda.

That was never accomplished, for technical reasons. The project is on permanent hold and maybe it will be completed when the Railroad Ring around the city is at least partly completed, by 2020/2025....

But most commuters using the lines that end at Brás, Barra Funda and Luz typically only transfer to the Metro Lines 4, 3, 2, 1, so the "Trans-Center" corridor is not that necessary.

The thing is that Sao Paulo needs so many things, so many new lines, that any expansion actually put in practice will necessarily seem inadequate for such a large city. Unfortunately we will have to wait until at least the mid 2020's for Sao Paulo to have a world-class, decent heavy-rail network.

We already have five lines under construction right now:

Line 4 - Phase II expansion, 5 new stations
Line 5 - 11 new underground stations, 1 to open in a few months, the rest for late 2016
Line 15 and 17 Monorails - advanced stage of construction
Line 13 - CPTM Line to Guarulhos City/ International Airpor (complete by 2015)


Next year we will 100% sure have another two lines under construction:

Line 6 - fully new line with 15 underground stations - to open before 2020
Line 18 Monorail - serving the Southeastern Suburbs of Sao Bernardo and Diadema - 2017

And maybe before the end of 2015 we will also have the Eastern expansion of Line 2 from Vila Prudente to Penha and Dutra/Guarulhos, which is in advanced planning stage.


THAT MEANS EIGHT LINES UNDER CONSTRUCTION! Not the end of the world! Those expansion packs will basically double the system's overall coverage and increase capacity by at least 65%, better connecting the whole network and covering the city much better.

In the 2020's we may have Lines 20, 19, 16 and 14, plus a number of Light Rails and BRTs that will finally "close" the network and make it dense and large as the city deserves:

mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 26th, 2013, 05:13 AM   #2905
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Sao Mateus BRT - more news on the battery-electric supercapacitor bus to operate in the corridor


Quote:
Mitsubishi Heavy Industries, Mitsubishi Corporation to develop quick-charging electric bus for Brazil
http://www.mhi.co.jp/en/news/story/131120.html


Tokyo, November 20, 2013 - Mitsubishi Heavy Industries, Ltd. (MHI) and Mitsubishi Corporation (MC) have concluded an agreement with Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de Sao Paulo S.A. (EMTU/SP), a public company for the management of the low and medium capacity passenger bus public transportation operations in the Metropolitan Regions of Sao Paulo State, in Brazil, under the umbrella of the State's Metropolitan Transport Secretary (STM), and Metra Sistema Metropolitano de Transportes Ltda. (METRA), a local bus operation company on the Sao-Mateus - Jabaquara (ABD) corridor, in the Sao Paulo Metropolitan Region, for the development of tests program of a battery powered electric traction bus and a pantograph-based quick charging system.

Electric bus with pantograph-based quick charging system


Earlier, in May 2013 MHI and MC concluded an agreement with Eletra Industrial Ltda. (Eletra), a METRA group company that manufactures trolley buses, on joint development of an electric bus. The project calls for the development of a large articulated electric bus 18 meters in overall length, and also encompasses test operation, carrying passengers, and evaluation on an actual bus route in the Sao Paulo Metropolitan Area. The test is scheduled to be carried out by August 2014, with the aim of establishing the technology for an electric bus system matching the needs of the public transport market.

On November 19 a ceremony was held to commemorate the commencement of the test operation of the electric bus. The event was attended by the secretary of STM, mayors of related cities and representatives of affiliated companies.

In jointly developing the electric bus, MHI is to provide its lithium-ion rechargeable storage battery packs offering outstanding power retention, a newly developed pantograph-based quick charging system and standard rechargers. Eletra, with MHI's technical support, is in charge of mounting the battery packs on the bus roof and installing the charging stations. Eletra was selected as the local partner in the joint development project in view of its track record in converting diesel engine buses to electric trolley buses.

In the electric bus test operation phase, MHI will collect travel data and evaluate battery performance. EMTU/SP will assess the bus's practical feasibility, and METRA will cooperate in operating the bus. MC will be in charge of marketing and local coordination.

The project targets the verification of the technical and economic-financial feasibility for the application of this non-pollutant technology in the operation conditions of the Sao Paulo Metropolitan Region, aiming, also, a better lifetime cost than with diesel or trolley buses, to be achieved by suppressing initial investment costs by minimizing battery capacity, and through quick replenishment charging that will enable bus operation without recharges during peak morning and evening hours. In test operation, the focus will be on acquiring the optimal quick charging pattern causing minimal battery deterioration, a pantograph-based charging system suited to actual operation, and a simple system package.

Public transport systems in Latin America are heavily dependent on buses, and demand for switchovers to electric buses is increasing. This is especially the case in Sao Paulo State, where air pollution is a serious problem, with plans calling for all buses in the state – numbering near 70,000 units - to be replaced by vehicles run on renewable energies by around 2020. Another reason behind the rush to convert to electric buses is the fact that the 20th FIFA World Cup is to take place in Brazil next year, and Sao Paulo is expected to receive many visitors as a result.

Based on the partnerships formed in carrying out this project, MHI intends to proactively develop markets for electric buses not only elsewhere in Brazil but throughout Latin America.
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 27th, 2013, 12:10 AM   #2906
PRG_São Paulo
Registered User
 
Join Date: Mar 2008
Location: São Paulo
Posts: 245
Likes (Received): 134

Quote:
Originally Posted by Rail_Serbia View Post
I do not understand that strategy, with partial lines and transit centers like LUZ and BRAS. In a city with 1.000.000 to 2.000.000 people it is not a problem, but in metropolitan area of 17.000.000 people, it is a need for cross-city lines, to extend line 5 to far northeast, to make line 6 with any link to line 3, to couple lines 7 and 10 to one non-stop line (for wxapmle).

It looks like that lobby of real estate business makes the same thing like in Istanbul: lines to the edge of the city have higher priority then central part of the network. Lines push up the prices of the real estate in new suburbs, but central part of the system is crap. And, when you solve one bottle neck in the city, like with line 4, it is overloaded from the first daz of operation.

And of course, the city as Sao Paolo needs some new crosscity 4 tracks line, due to lack of commuter rail corrodores for such huge metropolitan area. (2 tracks for local, 2 tracks for express).
Big and spread city, too many lines to be done and over 19.2 M at 2010.
PRG_São Paulo no está en línea   Reply With Quote
Old November 27th, 2013, 07:14 PM   #2907
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 15 Monorail - official metro pics of vehicles, screen doors and systems

Site do Metrô, Civil e de Sistemas da obras da L15.














__________________
BRAZIL URBAN TRANSPORT COMPILATION - full updates of all projects on first page!
SAO PAULO PUBLIC TRANSPORT - BRAZIL GENERAL INFRASTRUCTURE - SANTOS TRAMWAY (VLT) - MONORAILS
LINGUÍSTICA - CETICISMO

TopWatch liked this post
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 28th, 2013, 02:28 AM   #2908
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 17 Monorail - a new extension is officially included in the Line, now to proceed east of Jabaquara, toward the suburb of Diadema, another 5.4km, six stations (Centro de Exposições Imigrantes, Vila do Encontro, Vila Fachini, Vila Clara, Vila Élida and Terminal)

Quote:
Estado apresenta alternativa de metrô para Diadema

O chefe do Executivo diademense, Lauro Michels (PV), esteve nesta quarta-feira (27) no gabinete do secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, para discutir a expansão da linha 17-ouro (Jabaquara-Morumbi) do Metrô, que chegará ao município pela estação Jabaquara, conforme anunciado pelo governador Geraldo Alckmin em outubro passado. Fernandes apresentou três opções de traçado, sendo que a mais cotada está orçada em R$ 1,4 bilhão, sem contrapartidas da Prefeitura.

A alternativa escolhida acrescentará mais 5,6 km ao projeto original, que já tem 17,9 km e 18 estações. O monotrilho atravessará a Rodovia dos Imigrantes, adicionando seis paradas: Centro de Exposições Imigrantes, Vila do Encontro, Vila Fachini, Vila Clara, Vila Élida e Terminal.

Presente na reunião, a deputada estadual Regina Gonçalves (PV) disse que essa opção foi escolhida dada a viabilidade econômica do projeto, além de apresentar impactos ambientais relativamento menores. "Ainda estamos no início do processo de discussão, mas já é um avanço definirmos politicamente que haverá Metrô em Diadema e um traçado com menor impacto relacionado às desapropriações e ao meio ambiente. Agora, uma equipe técnica cuidará do projeto básico", ressaltou.

A parlamentar elogiou o empenho do Estado em garantir uma linha do Metrô para Diadema, destacando que o município ficou de fora dos planos do Consórcio Intermunicipal Grande ABC sobre a construção da linha 18-bronze, que ligará o ABC à Capital a partir da estação Tamanduateí, passando por São Caetano, Santo André e São Bernardo. "Existiu um equívoco nos trabalhos do Consórcio. Simplesmente não consideraram que Diadema está a 5 km de distância da estação Jabaquara do Metrô. A cidade tem potencial claro para ser um braço da expansão metroviária", pontuou.

A linha 17-ouro compreende a ligação do aeroporto de Congonhas na estação Morumbi da Linha 9-Esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Com a extensão até Diadema, a linha totalizará 23,5 quilômetros. O governo estadual também projeta inserir mais 29 trens no trajeto, totalizando 47, e avalia a necessidade de construir um pátio adicional. Com demanda prevista de 16 mil passageiros por hora, o volume diário da linha 17 seria de 567 mil passageiros.

Fim da integração

O prefeito Lauro Michels utilizou sua página oficial no Facebook para informar que aproveitou a reunião com Jurandir Fernandes para pedir a continuidade da integração gratuita nos terminais Piraporinha e Diadema. "Protocolei o pedido de renovação de convênio [com a EMTU], renovando compromisso de garantir a gratuidade da integração nos terminais da cidade", disse.

Segundo Regina Gonçalves, Diadema já acordou com o Estado a manutenção da gratuidade. "Não haverá cobrança. Isso já está fechado", garantiu.

A reportagem tentou ouvir o secretário municipal de Transportes, José Carlos Gonçalves, sobre o assunto. Porém, não foi atendida.
__________________
BRAZIL URBAN TRANSPORT COMPILATION - full updates of all projects on first page!
SAO PAULO PUBLIC TRANSPORT - BRAZIL GENERAL INFRASTRUCTURE - SANTOS TRAMWAY (VLT) - MONORAILS
LINGUÍSTICA - CETICISMO

lkstrknb liked this post
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 30th, 2013, 11:16 PM   #2909
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

General - Sao Paulo introduces Monthly Card, which enables citizens to use public transportation as many times as they want for a month for little over US$100 (230 Brazilian Real). A rail-only option exists for US$62 (140 Brazilian Real).





Bilhete Único Mensal vai beneficiar mais usuários de ônibus aos domingos

Estudo obtido por meio da Lei de Acesso à Informação estima que os passageiros vão circular mais no dia de folga e 66,1% das viagens do novo modelo serão subsidiadas

24 de novembro de 2013 | 2h 00

O maior impacto do Bilhete Único Mensal será para os passageiros que também usam os ônibus aos domingos. Com a tarifa ilimitada, os usuários poderão aproveitar o sistema de transporte sem gasto adicional nos dias de folga. A Prefeitura de São Paulo estima que 66,1% das viagens aos domingos com o novo bilhete serão subsidiadas. Nos dias úteis, o índice é de apenas 4,4%. As viações, que têm frota ociosa nos fins de semana, devem lucrar.

Os números foram obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação e elaborados pela São Paulo Transporte (SPTrans). Segundo os dados relativos apenas ao sistema de ônibus, a estimativa de perda de receita mensal com o programa é de R$ 33,1 milhões. Desse valor, R$ 18,9 milhões serão com viagens realizadas aos sábados e domingos.

"À noite, na hora do almoço, nos fins de semana, o usuário que detém o Bilhete Único Mensal vai deixar de se preocupar com a questão econômica para tomar a decisão de aproveitar a cidade", afirmou o prefeito Fernando Haddad (PT), na quinta-feira, quando anunciou a integração do bilhete também para metrô e trens metropolitanos, a partir do dia 30.

O público-alvo do programa é gente como o jornalista Bruno Cândido, de 30 anos, morador de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Ele faz pós-graduação na Universidade Presbiteriana Mackenzie, na região central de São Paulo, para onde vai algumas vezes por semana. Nos domingos, costuma frequentar os Parques do Povo e Villa-Lobos, na zona oeste. Para ir de um ao outro, porém, segue a pé, pelo eixo da Avenida Brigadeiro Faria Lima, em caminhadas que podem levar até uma hora e meia.

"Além da economia, vou ter mais mobilidade, mesclando trajetos e conhecendo mais a cidade. Por exemplo, em um dia de chuva, eu deixaria de ir para um determinado lugar pois teria de ir a pé, para não gastar o dinheiro do cartão. Isso vai acabar", diz ele, que deve economizar cerca de R$ 30 por mês com ônibus e trens. Cândido será adepto do Bilhete Único Mensal integrado, que permitirá usar todos os modais existentes por R$ 230/mês.

Nos domingos, a média de ônibus circulando na capital é de 6 mil, menos da metade do que circula nos dias úteis (13 mil). A Prefeitura afirmou, porém, que não pretende aumentar a frota por causa da ociosidade do sistema fora dos dias úteis e horários de pico.

Ganho. Como recebem por passageiro transportado, sem ter de necessariamente colocar mais ônibus nas ruas por causa da frota ociosa, o novo modelo é de lucro garantido para as empresas. Para a mudança, porém, o investimento inclui gasto de R$ 950 mil em softwares do sistema central e validadores. Além disso, os chips dos cartões mensais são mais caros, passando de R$ 1 para R$ 1,76 por unidade. A Prefeitura, porém, não deixou claro se são os empresários ou o Município que vai pagar a conta.

A administração municipal aposta que os empregadores aceitarão pagar um pouco mais para trocar o vale-transporte dos funcionários pelo novo bilhete. As empresas, no entanto, têm apenas a obrigação de custear o transporte de seus empregados de casa para o trabalho e vice-versa. Categorias fortes da capital, porém, devem ter poder de barganha para obter o benefício. A expectativa é de que 861,7 mil pessoas possam aderir, em um primeiro momento, ao novo bilhete - 20% dos que já têm Bilhete Único.

/COLABORARAM DANIEL TRIELLI e RODRIGO BURGARELLI


____________



Em 10 horas, bilhete mensal tem 67 cargas


No primeiro dia de funcionamento do Bilhete Único Mensal, foram relativamente poucas as pessoas utilizando o novo benefício, que começou a valer neste sábado. Entre a meia-noite e as 10h, 67 passageiros carregaram seus cartões com o mecanismo de cobrança temporal. Esse número representa 1,1% dos 6 mil usuários que já buscaram seus bilhetes nos postos da São Paulo Transporte (SPTrans), empresa que administra a rede de ônibus na capital paulista.
No primeiro dia de funcionamento de novo benefício dos transportes, passageiros ainda tinham dúvidas; 6 mil cartões foram retirados

Para o secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, é natural que ainda seja proporcionalmente baixa a utilização. "Diferente de quando implantamos o Bilhete Único dez anos atrás, (agora) é progressiva a adesão, porque primeiro as pessoas precisam conhecer e começar a fazer a conta de que vale a pena", disse o dirigente, que foi testar o novo cartão no Terminal Bandeira, na região central.

Com o Bilhete Único Mensal, uma das principais promessas de campanha do prefeito Fernando Haddad (PT), os interessados podem fazer quantas viagens quiserem no sistema de transporte público ao longo de 31 dias, pagando uma tarifa fixa. Existem três modalidades: a integral (por R$ 230, usa-se ônibus, metrô e trens), a exclusiva para ônibus (por R$ 140) e a só para a rede sobre trilhos, que também é vendida por R$ 140.

Contudo, ainda neste sábado havia quem reclamasse da falta de divulgação do programa, lançado oficialmente em abril, quando começaram os cadastros dos interessados. Caso do supervisor de atendimento Renato Soares, de 35 anos, que pega ônibus diariamente para ir trabalhar na Lapa, na zona oeste. Ele mora na Santa Cecília, na região central. "Sinto falta de informações sobre o novo bilhete." Soares usa vale-transporte (VT) durante a semana e, aos sábados e domingos, carrega um Bilhete Único comum para se deslocar. O intuito é não gastar o saldo do VT.

Pessoas como ele são a aposta da Prefeitura para aderir ao programa, que, segundo os cálculos da Secretaria Municipal dos Transportes, pode beneficiar ao menos 861 mil pessoas, que pagam hoje mais do que os preços estipulados para o bilhete mensal. A maioria usa o VT.

"Isso permite que além de ele sair de casa e ir para o trabalho possa ir visitar um parque, ir ao cinema", afirmou Tatto. A projeção dele é de que as viagens subam nos finais de semana e nos horários entre os picos. Porém, a frota de ônibus aos domingos, dia que mais terá impacto do bilhete mensal, não deve crescer.

O professor Kazuhiro Uehara, de 60 anos, espera usar mais aos finais de semana, embora ainda não tenha se cadastrado. "Em outros países, já é assim." Até ontem de manhã, 158 mil pessoas haviam se cadastrado para o bilhete mensal. A cidade tem 4,5 milhões de passageiros de ônibus. A Prefeitura estima um subsídio anual de até R$ 400 milhões com o benefício.


_____________


É um adicional, não uma revolução no transporte
24 de novembro de 2013 | 2h 01


ANÁLISE: Flamínio Fichmann

A impressão que se tinha é que o Bilhete Único Mensal seria uma revolução para o sistema de transporte. No entanto, nada mais é do que um serviço adicional, que é bem-vindo, mas não muda tanto a realidade.

O benefício vai servir mais para o trabalhador que puder optar pelo bilhete para usar nos domingos. Isso porque uma parcela significativa já usa nos dias úteis e também meio período de sábado, se considerarmos a jornada de trabalho normal. É no domingo que fica o diferencial, já que hoje o trabalhador tem de pagar a passagem do próprio bolso.

A obrigação das empresas é garantir o transporte do trabalhador para o trabalho. Por isso, de início, não deve haver muita adesão. Se incentiva que os empresários concordem em oferecer também nos domingos. Nas classes onde há sindicatos mais organizados, como bancários e metalúrgicos, isso deve ser proposto na pauta de reivindicações.

Ganham mais os empresários de ônibus, que já têm uma frota subutilizada nos domingos. E também o Metrô e a CPTM, que vão aumentar a receita.
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 1st, 2013, 08:04 PM   #2910
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 15 - a second Innovia 300 monorail train is spotted by forumer Sergio Mazzi at Oratório depot. The line is expected to enter trial operations in the first months of 2014.




This tunnel will provide passenger transfer between the existing Line 2 station Vila Prudente to its monorail counterpart:

mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 1st, 2013, 11:07 PM   #2911
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 3/ Line 11 - Itaquera depot and World Cup stadium after crane accident

mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 2nd, 2013, 02:27 AM   #2912
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 5 - Santa Cruz station update. Santa Cruz will be where Line 5 will meet Line 1. Likely to open by mid/late 2016.







mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 2nd, 2013, 04:44 AM   #2913
lkstrknb
Chicago Luke
 
Join Date: Jan 2009
Posts: 445
Likes (Received): 804

Hi, I'm following the monorail construction in São Paulo. Can someone tell me where the beams are up on monorail line 17. Is there any construction by the Morumbi Station yet? Is there a bus that runs by the new monorail that is accessible from a current Metro Station?

Thanks for your help.

Luke
lkstrknb no está en línea   Reply With Quote
Old December 2nd, 2013, 05:37 AM   #2914
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 2 - three glass access covers to Trianon-Masp station




ground view

mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 2nd, 2013, 05:38 AM   #2915
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 9 - Morumbi station and adjacent high rises











mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 2nd, 2013, 09:17 PM   #2916
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 5 - Moema station update



by forumer lukguns

Last edited by mopc; December 17th, 2013 at 06:44 PM.
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 2nd, 2013, 10:17 PM   #2917
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Special Engineering Magazine "São Paulo Metro" edition

http://issuu.com/www.viapapel.com.br/docs/617_web
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 3rd, 2013, 03:03 AM   #2918
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Includes first known render of Anália Franco station (line 2)

mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 4th, 2013, 01:33 AM   #2919
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 4 - Government provides dates for Line 4 Phase II stations:



Oscar Freire and Fradique Coutinho = until June 2014
Higienópolis-Mackenzie = December 2014
São Paulo-Morumbi = not mentioned
Vila Sônia = December 2015


Quote:
Originally Posted by RMeier View Post
Secretário de Alckmin confirma mais um atraso na finalização da Linha 4-Amarela do metrô

O secretário de Planejamento do Governo de São Paulo, Júlio Semeghini, confirmou nesta terça-feira (03) mais um atraso na conclusão da Linha 4 – Amarela do Metrô.

Prometida primeiramente para ser totalmente finalizada até meados de 2014, a Estação Vila Sônia, última estação do plano iniciado há dez anos pelo governo Alckmin, deve ser concluída apenas em dezembro de 2015, segundo o secretário.

“O atraso da Vila Sônia se deve a uma reestruturação que tivemos que fazer em todo o desenho da estação, porque agora ela prevê uma nova expansão, em integração com a Linha 17 do Monotrilho (?!), que vai ligar essa linha com o aeroporto de Congonhas. Não fazia sentido entregá-la como estava se agora ela poderá abarcar um sistema maior e mais integrado”, afirmou o secretário de Planejamento.

Além da estação final, Semeghini disse que não será possível entregar a estação Higienópolis-Mackenzie, que estava prometida para o primeiro semestre de 2014, mas só será entregue em dezembro do ano que vem.

“Na estação Higienópolis nós tivemos um problema sério porque havia uma nascente de água muito grande. Ali é uma parte baixa e toda a água da Avenida Paulista vinha pelo lençol freático, atrasando a obra em mais de seis meses. Foi preciso construir um muro de arrimo para conter essa água”, explica o secretário.

Histórico de atrasos

Apesar de mais esse atraso, o secretário disse que até junho as estações Oscar Freire e Fradique Coutinho devem ser inauguradas.

Essa é quinto atraso registrado na Linha 4 – Amarela, desde quando as obras começaram, em 2003. A Linha estava prometida inicialmente para o final de 2006. Depois de problemas com o Tribunal de Contas, nas licitações, a promessa foi estendida para 2007.

Mas no final de 2007, um acidente na estação Pinheiros atrasou o cronograma novamente para 2008, onde o governo se comprometeu a entregar ao menos as estações Pinheiros, Butantã e Paulista, que só foram inauguradas em maio de 2011.

De lá para cá, o governo paulista vêm prometendo que entregaria toda a obra até junho de 2014, prazo para que a linha servisse aos visitantes que abarcarão na cidade para a Copa do Mundo.

Falta de empresas

Júlio Semeghini justifica a lentidão nos problemas técnicos chamados por ele de “imprevisíveis” e também pela quantidade de obras do governo em andamento na cidade. “Nunca se construiu tanto metrô em São Paulo como agora. Nesse momento são mais de 90 estações em andamento, que é mais do que todas as estações que já temos na cidade”, aponta.

O secretário de Planejamento também atribui os atrasos também a falta de empresas no mercado capazes de abarcar tantos projetos do governo paulista: “Estamos trazendo empresas de todos os lugares do mundo para atender a demanda. Mas não tem mais empresa suficiente no mundo para gente tocar projeto. Então certas obras ocorrem pela quantidade de obras que estão sendo realizadas ao mesmo tempo”, completa.

Semeghini participou nesta terça-feira de uma audiência pública na Assembleia Legislativa de São Paulo para falar sobre os projetos e execuções no orçamento da pasta.

http://terramagazine.terra.com.br/bo...rela-do-metro/
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old December 5th, 2013, 03:08 AM   #2920
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 17,244
Likes (Received): 12002

Line 17 picture showing detour of tracks to circumvent and go under the grand cable-stayed bridge





original post

Last edited by mopc; December 17th, 2013 at 06:47 PM.
mopc está en línea ahora   Reply With Quote


Reply

Tags
metro, são paulo, subway, trains

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 06:16 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

tech management by Sysprosium