search the site
 daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Transportes e Infra-Estruturas > Rodovias



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


View Poll Results: Concordas com o novo tarifário de estacionamento da EMEL?
Sim 11 73.33%
Não 3 20.00%
Outra opinião (a definir) 1 6.67%
Voters: 15. You may not vote on this poll

Reply

 
Thread Tools
Old January 15th, 2005, 10:16 PM   #1
TeKnO_Lx
Registered User
 
TeKnO_Lx's Avatar
 
Join Date: Oct 2004
Location: Lisboa
Posts: 6,727
Likes (Received): 268

EMEL – Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa

A EMEL, Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa vai centrar a sua atenção, em 2005, na diversificação dos meios de pagamento por forma a combater a acentuada quebra de receitas causada pelo ataque aos parquímetros.

O sistema de pagamento Via Verde, cuja introdução nas cargas e descargas da cidade de Lisboa está ser ultimado para entrar em funcionamento ainda no primeiro trimestre deste ano deverá ser estendido ao estacionamento na capital. A ideia é diversificar os meios de pagamento de modo a combater eficazmente a constante vandalização dos parquímetros e a consequente quebra de receitas. O rombo na cobrança das máquinas provocado pelo «ataque» cerrado que os arrumadores lhes fa- zem preocupa os responsáveis da EMEL. Diariamente e em vários pontos da cidade os parquímetros são literalmente dizimados pelos «moedinhas».

São maioritariamente cidadãos de Leste os que engrossam a lista dos arrumadores da cidade e uma verdadeira dor de cabeça para a EMEL. «O modus operandi tem duas variantes. Uns limitam-se a pedir a moeda ao condutor, outros bloqueiam as máquinas com todo o tipo de objectos. Desde palhinhas a caricas. Tudo serve», conta ao DN o administrador da EMEL , Tomás Leiria Pinto. Isto aliado «a uma certa passividade por parte da PSP», segundo o mesmo responsável, levou a cobrança das receitas através dos parquímetros a um estado crítico.

O eixo central da cidade é o mais cobiçado. «É também onde há mais dinheiro. Mas ele atacam um pouco por toda a cidade. Só no mês de Outubro de 2004 foram registadas 700 ocorrências a exigir a intervenção do pessoal. Metade das quais para desobstruir as máquinas e o resto para as reparar, sendo que a grande parte fica irrecuperável», acrescenta.

A diversificação dos meios de pagamento é pois questão vital a actualização dos parquímetros com a introdução de novas tecnologias que permitem informação em tempo real do estado de operacionalidade do aparelho; o título de estacionamento pré-comprado (vulgo raspadinha) e a Via Verde a funcionar numa coroa alargada da cidade constituem formas de pagamento que não passam obrigatoriamente pela moedinha. «Haver alternativas ao parquímetro é importante», sublinha Leiria Pinto, que põe a tónica na importância da diversidade. «Porém, não podemos enveredar para um sistema único deixando os parquímetros de lado», salientou.

via verde, como funciona. A solução baseia-se num identificador, que funciona como parquímetro individual. O aparelho regista todas as transacções associadas ao estacionamento para cargas e descargas (incluindo as transacções gratuitas), é capaz de identificar o respectivo estado de funcionamento e tarifa aplicada, podendo ser recarregável através da rede multibanco ou por débito em conta. O novo identificador é multisserviço, pois, para além de ser utilizado no estacionamento e nas cargas e descargas, pode também ser utilizado em parques de estacionamento, no acesso controlado a zonas históricas da cidade, em portagens, entre outros, e, com dimensões idênticas ao actualmente utilizado. Tem ainda um display de quatro dígitos onde é possível ver o saldo disponível, o operador utilizado, a zona e a subzona em que a viatura se encontra, a tarifa e o tempo de estacionamento. A informação fica armazenada e quando o carro passar por uma das antenas que fazem parte da coroa de pagamento é efectuada a leitura .
TeKnO_Lx no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old January 15th, 2005, 10:33 PM   #2
Reflex
Uma dúzia de anos disto..
 
Reflex's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisboa
Posts: 30,901
Likes (Received): 802

Nunca pensei poder algum dia dizer isto, mas... tendo em conta a noticia, os arrumadores até são gajos porreiros, eheh!!!
__________________
"Politicians, ugly buildings and whores all get respectable if they last long enough."
Reflex no está en línea   Reply With Quote
Old January 15th, 2005, 10:36 PM   #3
Fern
...
 
Fern's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisbon
Posts: 16,765
Likes (Received): 1737

Ja ca faltava esta. Se nao sao os nossos sao os de Leste!!! Agora e que eu estou a perceber porque que quando eu ai estive e fui ao Corte Ingles, buscar uma compra e para nao perder tempo a ir para o subterraneo deixei o carro ca fora, nao havia nenhum parquimetro a funcionar. Tive que descer a avenida toda a pe para ir pagar para depois voltar para por o ticket no carro. Ou seja acabou por demorar o mesmo tempo!!!
Fern no está en línea   Reply With Quote
Old January 15th, 2005, 10:39 PM   #4
Fern
...
 
Fern's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisbon
Posts: 16,765
Likes (Received): 1737

Quote:
Originally Posted by Reflex
Nunca pensei poder algum dia dizer isto, mas... tendo em conta a noticia, os arrumadores até são gajos porreiros, eheh!!!
Sao sao!!! Tens que andar km para ir pagar, se nao pagares e fores apanhado arrotas mais de 30 euros e se nao pagares e nao fores apanhado o mais provavel e que a moeda acabe a ir para o arrumador!!!
Fern no está en línea   Reply With Quote
Old January 15th, 2005, 10:44 PM   #5
Puto
trás pa diente
 
Puto's Avatar
 
Join Date: Jan 2004
Location: Coimbra
Posts: 4,518
Likes (Received): 33

olha que alguns.. :p plo menos da 50cent e ta bom..
__________________
téka téka béka béka trás pa diente|Coimbra
Puto no está en línea   Reply With Quote
Old January 15th, 2005, 10:52 PM   #6
Reflex
Uma dúzia de anos disto..
 
Reflex's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisboa
Posts: 30,901
Likes (Received): 802

...e depois há aquele clássico do papelinho no tablier a dizer "As máquinas estão avariadas"...
__________________
"Politicians, ugly buildings and whores all get respectable if they last long enough."
Reflex no está en línea   Reply With Quote
Old January 15th, 2005, 10:54 PM   #7
Puto
trás pa diente
 
Puto's Avatar
 
Join Date: Jan 2004
Location: Coimbra
Posts: 4,518
Likes (Received): 33

__________________
téka téka béka béka trás pa diente|Coimbra
Puto no está en línea   Reply With Quote
Old January 16th, 2005, 02:06 PM   #8
MCarr
Future after Past
 
Join Date: Oct 2003
Location: Albufeira - Algarve
Posts: 1,536
Likes (Received): 4

Quote:
Originally Posted by Reflex
...e depois há aquele clássico do papelinho no tablier a dizer "As máquinas estão avariadas"...
Eu até já fiz um desses papelinhos no computador e imprimi, ficou muito giro e até desenhei uns enfeites e tudo
__________________
www.marcocarrico.com - architecture in Algarve - MC-Domicilium

The challenge is to find the right mix of reliability and flexibility and the right mix of tried-and-true techniques with novel but promising ideas.
MCarr no está en línea   Reply With Quote
Old January 16th, 2005, 02:29 PM   #9
Lss911
Salesman
 
Lss911's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisbon
Posts: 4,653
Likes (Received): 20

Um meio de não-pagamento que está em grande é a destruição de máquinas!
Lss911 no está en línea   Reply With Quote
Old January 16th, 2005, 03:49 PM   #10
Reflex
Uma dúzia de anos disto..
 
Reflex's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisboa
Posts: 30,901
Likes (Received): 802

Quote:
Originally Posted by MCarr
Eu até já fiz um desses papelinhos no computador e imprimi, ficou muito giro e até desenhei uns enfeites e tudo
Isso é que é profissionalismo!!
__________________
"Politicians, ugly buildings and whores all get respectable if they last long enough."
Reflex no está en línea   Reply With Quote
Old February 19th, 2007, 01:12 PM   #11
TeKnO_Lx
Registered User
 
TeKnO_Lx's Avatar
 
Join Date: Oct 2004
Location: Lisboa
Posts: 6,727
Likes (Received): 268

[Lisboa]EMEL começa hoje a cobrar multas fora de zona de parquímetros

Os fiscais da Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa (EMEL) começam hoje a multar e rebocar os carros mal estacionados junto às zonas de parqueamento com parquímetros, anunciou hoje a Câmara de Lisboa.

"Os novos agentes são credenciados pela Direcção-Geral de Viação e vão começar a autuar as viaturas estacionadas em segunda fila ou em cima dos passeios nas áreas circundantes às zonas de estacionamento" de duração limitada, onde funcionam os parquímetros a EMEL, disse à agência Lusa uma fonte do gabinete da vereadora da Mobilidade, Marina Ferreira.

A medida faz parte das alterações dos estatutos da Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa (EMEL), aprovadas a 24 de Outubro pela Assembleia Municipal de Lisboa, que reforçam os poderes dos fiscais da empresa.

A empresa de estacionamento tem um corpo de fiscais equiparado a agentes da autoridade, mas que apenas tinham autoridade para autuar nas zonas tarifadas da EMEL.

As novas atribuições dos fiscais da EMEL derivam da revisão do Código da Estrada, operada através do decreto-lei nº 44/2005, de 23 de Fevereiro, que atribuiu às câmaras municipais mais poderes de fiscalização do trânsito.

Os estatutos da EMEL foram aprovados em Assembleia Municipal com os votos favoráveis dos deputados do PSD, CDS-PP e PS, e os votos contra do PCP, PEV e BE.

http://publico.clix.pt/shownews.asp?...101&idCanal=76

----------------------------------------------------------------------

http://jn.sapo.pt/2007/02/19/sul/em_..._depressa.html

No dia em que os fiscais da EMEL (Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa) passam a poder autuar e rebocar carros estacionados em cima dos passeios ou parados em segunda fila, o JN ouviu a vereadora da Mobilidade da Câmara Municipal de Lisboa sobre as políticas que tem levado a cabo no âmbito do ordenamento do trânsito na capital.


Aumentar a fluidez da circulação rodoviária e reduzir o número de veículos em excesso de velocidade são dois dos principais objectivos de Marina Ferreira, vereadora da Câmara Municipal de Lisboa responsável pelo pelouro da Mobilidade. Para isso, mandou instalar 21 radares de controlo de velocidade e rebocar os veículos em segunda fila.



Jornal de Notícias|Hoje, os fiscais da EMEL começam a rebocar os veículos estacionados em segunda fila. Que impacto terá esta medida na cidade?



Marina Ferreira|Temos tido uma política de mobilidade que visa diminuir o número de automóveis e, ao mesmo tempo, aumentar a fluidez do trânsito. Se articularmos os radares de controlo de velocidade com o aumento do estacionamento e o combate à segunda fila, o trânsito fluirá melhor e a velocidades mais lentas, ou seja, mais seguras. O estacionamento em segunda fila é um dos grandes condicionamentos à circulação, juntamente com as obras.De que forma será feito esse controlo?

Constatada a contra-ordenação, os fiscais da EMEL remetem o processo para a Direcção-Geral de Viação. O automobilista é autuado e o veículo automaticamente rebocado. Para isso, contratámos 50 novos agentes e quatro novos carros de reboque com auxiliar.Com o aumento do preço dos parquímetros, em Janeiro, cresceram os casos de estacionamento irregular?

Não. Essas situações agravaram-se com o aumento de carros na cidade. O estacionamento em segunda fila e nos passeios aumentou significativamente com a percepção das pessoas de que podiam fazer tudo na cidade. Cada vez que um abusa, há muitos que são penalizados. Nomeadamente, os transportes públicos e as pessoas que circulam nos passeios com os carrinhos de compras ou de bebés.



O problema da circulação dos transportes públicos não se prende mais com os corredores bus?


Não há problemas de fluidez de autocarros por falta de corredores bus. Estes problemas prendem-se com o facto de os autocarros estarem todos em fila, atrás uns dos outros, nas paragens. Ter muitas carreiras na mesma paragem, por exemplo, dificulta muito a fluidez. Significa isso que a Câmara não prevê a criação de novos corredores bus?

Estamos a tentar criar pequenos corredores, por exemplo, na Rua Alexandre Herculano e na Estrada de Benfica.E os corredores bus intermitentes?

Tiveram excelentes resultados e permitiram ganhos de velocidade de circulação dos autocarros na casa dos 40%. Estamos a ver se conseguimos financiamento, juntamente com a Carris, para alargar o conceito a outros corredores.



No final do ano passado, foram instalados 21 radares de controlo de velocidade em Lisboa. Que balanço faz?

O balanço que fazemos é ainda limitado, mas verifica-se que há muito menos veículos em excesso de velocidade alarmante, embora continue a haver pessoas que, pura e simplesmente, não deveriam ser autorizadas a conduzir. Em Lisboa, conduz-se muito depressa. Uma vez detectada a infracção, os dados são automaticamente enviados para as instalações da Polícia Municipal (PM). Não significa isto mais trabalho para o pessoal da PM, tendo em conta que o quadro orgânico é bastante deficitário?

Mas é um melhor serviço para os lisboetas e a PM está ao serviço dos lisboetas. Acho que estão bastante entusiasmados com estas novas funções. Todas as pessoas gostam de trabalhar e de ter trabalho para fazer.



Um dos projectos que também foi anunciado para combater o excesso de velocidade foi o da criação de zonas de velocidade limitada. Em que fase se encontra?

Ainda está em estudo. Estamos a seleccionar zonas-piloto, mas ainda não temos nada de muito concreto. Gostaria que este ano o projecto avançasse em uma ou duas zonas-piloto.



Como está o projecto "Lisboa porta a porta"??

As juntas de freguesia que têm o "Lisboa porta a porta" estão satisfeitas. Outras gostariam de o ter. Neste momento, não tenho qualquer projecto para o "Lisboa porta a porta".O projecto parou?

O que existe está a funcionar dentro do que é possível, mas também não temos novos projectos, porque são muito dispendiosos. E toda a gente sabe que temos grandes constrangimentos financeiros na Câmara.

Situação absurda

A Autoridade Metropolitana de Transportes (AMT) está parada. Um organismo destes tem razão de ser?

Em Portugal, vivemos uma coisa um bocadinho absurda há competências que são das autarquias e há competências que são da administração central. Esse é um dos grandes problemas da AMT, que depende da administração central porque os transportes dependem da administração central. Por que é que tem que ser assim? Defendo que, em primeiro lugar, se assuma que a responsabilidade dos transportes deve ser das autarquias. Depois, têm que ser definidos o modelo de financiamento dos transportes e o modelo do serviço público e só depois que seja criada a AMT. Recuso terminantemente um modelo de AMT em que se entenda que os municípios sejam chefes de departamento do Estado. Se assim é, mantenham as direcções-gerais. Nós não somos eleitos para isso.
__________________
Europe
TeKnO_Lx no está en línea   Reply With Quote
Old February 19th, 2007, 01:33 PM   #12
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,390
Likes (Received): 375

são objectivos bons da senhora vereadora a ver se ordena isto, aqui onde trabalho e desde fila dupla a tripla...
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old February 19th, 2007, 04:51 PM   #13
doria
Alpinista Dória
 
doria's Avatar
 
Join Date: Feb 2006
Location: Lisbon
Posts: 1,891
Likes (Received): 3

fica assim, pq qs que não há um único sitio na capital, onde não se tenha que pagar paquimetro
doria no está en línea   Reply With Quote
Old February 19th, 2007, 05:08 PM   #14
Reflex
Uma dúzia de anos disto..
 
Reflex's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisboa
Posts: 30,901
Likes (Received): 802

Finalmente uma boa noticia!! Das coisas que eu mais batalho em Lisboa (e que se estende pelas restantes cidades portuguesas...) é ter carrinhos estacionados no local correcto (mas sem ticket) a serem bloqueados e rebocados e a 5 metros ter carros estacionados em cima de passeios ou nas passadeiras e que ninguém lhes faz nada!!! Quem incomoda mais, pergunto eu? Um carro que nao paga parquimetro ou um carro em 2ª fila ou em cima de um passeio??

Aplaudo a medida!!
__________________
"Politicians, ugly buildings and whores all get respectable if they last long enough."
Reflex no está en línea   Reply With Quote
Old February 19th, 2007, 10:43 PM   #15
TeKnO_Lx
Registered User
 
TeKnO_Lx's Avatar
 
Join Date: Oct 2004
Location: Lisboa
Posts: 6,727
Likes (Received): 268

sim é uma boa noticia apesar de achar que muito do estacionamento em cima do passseio poderia ser evitado ( e consequentemente fiscalizado) se pussemsem pilaretes ou subissem a altura do passeio, de resto um pouco como se faz por essa Europa fora

mas o estacionamento em 2 fila é uma praga.. espero bem que com esta medida as pessoas respeitem mais a fluidez do transito
__________________
Europe
TeKnO_Lx no está en línea   Reply With Quote
Old February 19th, 2007, 11:37 PM   #16
JohnnyMass
Whatever
 
JohnnyMass's Avatar
 
Join Date: Feb 2005
Location: Porto
Posts: 46,147
Likes (Received): 1486

podiam fazer o mesmo no porto, a porcaria dos carros estacionados em segunda fila ou onde dá jeito parar é uma praga.
__________________
Edit my Signature
JohnnyMass no está en línea   Reply With Quote
Old February 20th, 2007, 04:51 AM   #17
Fern
...
 
Fern's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisbon
Posts: 16,765
Likes (Received): 1737

Finalmente vao comecar a fazer aquilo em que se deveriam ter focado desde o inicio! Vamos ver se e' desta que acaba o estacionamento caotico em Lisboa.
Fern no está en línea   Reply With Quote
Old February 20th, 2007, 01:51 PM   #18
Reflex
Uma dúzia de anos disto..
 
Reflex's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisboa
Posts: 30,901
Likes (Received): 802

Vai buscar, eheh!!:D

Fiscais da EMEL bloqueiam 122 carros e rebocam 15 numa só avenida

Os fiscais da Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa (EMEL) rebocaram ontem 15 viaturas estacionados em segunda fila na Avenida 5 de Outubro e artérias transversais, fruto das novas competências que lhes dão poderes equivalentes aos da PSP. Estes novos poderes entraram ontem em vigor e a empresa definiu aquela área como prioritária no primeiro dia de acção.

Este é um exemplo do cenário que se viverá daqui para a frente nas avenidas da capital, já que se espera que amanhã a cidade regresse ao nomal (regresso de miniférias).

O primeiro dia em que os fiscais da EMEL puderam rebocar e multar veículos foi atípico em Lisboa, já que se tratou de uma segunda-feira véspera de um feriado. Isso mesmo foi confirmado pelos responsáveis municipais no balanço da primeira iniciativa: "Tendo em conta o dia, foram resultados fantásticos", disse ao DN uma fonte do gabinete da vereadora da Mobilidade, Marina Ferreira.

Os fiscais da EMEL bloquearam um total de 122 viaturas naquela área, sendo que 57 estavam estacionados em cima dos passeios, três encontravam-se em lugares destinados a deficientes, 11 em zonas de cargas e descargas e outros dois em áreas para largada de passageiros. Além destes, a EMEL bloqueou ainda 49 veículos em zonas tarifadas por falta de pagamento.

O "ataque" ao estacionamento abusivo nas faixas de rodagem começou logo pela manhã. Segundo um fiscal da empresa que colabora com a EMEL na vigilância ao estacionamento, "só de manhã já tinham rebocado uns seis ou sete" veículos.

À tarde foi possível ao DN observar na 5 de Outubro um carro da Polícia Municipal destinado ao bloqueio de veículos e dois reboques da EMEL. Fernando Barros, que trabalha na zona, disse ao DN que se viram fiscais a circular entre "as ruas Elias Garcia e do Arco do Cego" e a avenida 5 de Outubro ". "Não se costumam ver assim tantos", explicou. Mais acima, um residente comentava a entrada em vigor das novas medidas, mas considerava que "não rebocaram muitos carros. A partir de quarta-feira deve ser pior". Ainda assim, o azar já tinha batido à porta de Francisco Borges, também morador naquela avenida: "Isto é apenas uma caça à multa, não vai resolver nada. Tinha o carro em cima do passeio, sem atrapalhar, porque não havia mais lugares. Como ainda não tenho o dístico, rebocaram-me o carro", revelou.
Fonte: DN
__________________
"Politicians, ugly buildings and whores all get respectable if they last long enough."
Reflex no está en línea   Reply With Quote
Old February 20th, 2007, 03:51 PM   #19
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,390
Likes (Received): 375

bem bem
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old February 20th, 2007, 06:11 PM   #20
Reflex
Uma dúzia de anos disto..
 
Reflex's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Lisboa
Posts: 30,901
Likes (Received): 802

É assim mesmo, o numero de efectivos deveria ser grande suficiente para cobrir toda a cidade... e a fazer com que as multas sejam realmente pagas!!
__________________
"Politicians, ugly buildings and whores all get respectable if they last long enough."
Reflex no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 05:46 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu