search the site
 daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Lisboa > Imagens



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old January 30th, 2015, 07:47 PM   #1
JR2
Registered User
 
JR2's Avatar
 
Join Date: Apr 2014
Posts: 1,261
Likes (Received): 609

Lisboa - Terraços de Bragança

Terraços de Bragança

Google Maps
https://www.google.pt/maps/@38.70891...JYkc1VImuw!2e0


Autor: Arquitecto Siza Vieira

Promotor: Imopólis-Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliário, SA



.
by LeonL, on Flickr


«O Complexo Terraços de Bragança preenche um lote com área de aproximadamente de 5 000 m2, confinante a Poente com Rua do Alecrim e a Nascente com a Rua António M. Cardoso, numa zona histórica perfeitamente consolidada. Esta obra resulta da preocupação do seu autor em criar uma relação de continuidade com a envolvente da sua interpretação atenta do território do que já lá está inscrito, das suas características básicas estruturantes, que remontam pelo menos até aos princípios do sec.XIV, data em que terá sido concluída a Muralha Fernandina.

Segundo Walter Rossa “Estamos perante uma obra emblemática por se tratar do último lote do terramoto que estava por reedificar, com valor patrimonial elevado por conter um pedaço da Muralha Fernandina. Conseguiu introduzir-se no local uma obra contemporânea que encontrou uma forma de composição harmónica com as métricas da arquitetura pombalina do Cais do Sodré ao Chiado. É também muito curiosa a introdução do revestimento a azulejo, temática que surge em Lisboa a partir do sec. XVIII e XIX e que é aqui recriada”.

As demolições levadas a cabo no terreno revelaram um trecho da muralha, hoje visível, assim como o torreão e porta de acesso à cidade, no seu extremo sudoeste, e também um conjunto de fundações em alvenaria, que se presume pertencerem à fábrica de Cerveja Jansen; este conjunto divide o terreno aproximadamente a meio no sentido longitudinal.

Estes elementos constituíram um dos pontos de partida para a implantação dos edifícios, assegurando em forte medida os termos de adequação e contextualização face ao lugar.

Neste contexto e numa certa lógica formal, na frente da rua do Alecrim o autor cria um conjunto de três edifícios, separados entre si de modo a permitir a lançar as vistas de dentro para a rua ou para o interior do lote – onde uma zona ajardinada entre estes conjuntos envolve o legado histórico -, estando alinhado na continuidade do edificado existente pela face da rua. O programa de ocupação é semelhante: os pisos térreos (1 ou 2 conforme os casos) destinam-se a comércio e os pisos superiores a escritórios e habitação. Na zona alta confinante com a Rua António Maria Cardoso, é criado um conjunto de dois edifícios destinados a habitação, cujo contacto com o solo é feito por meio de pilares com grandes vãos entre si, projetados de modo a salvaguardar as ruínas existentes da Muralha Fernandina.

O Júri “salientou a importância da obra Terraços de Bragança em termos de enquadramento e reabilitação urbana, a dificuldade de construir no local pela preservação das ruínas existentes da Muralha Fernandina, pela clivagem topológica geográfica que divide o terreno assumida em termos morfológicos pelo projeto. Foi ainda salientada a solução de contemporaneidade e a espacialidade interior resolvida em termos escultóricos e cenográficos”.»

http://www.cm-lisboa.pt/viver/urbani...raosdebragana0






http://www.norigem.pt/files/maquetas_0100_26_1.htm


Rua do Alecrim

Na parte de terreno confinante com a Rua do Alecrim encontra-se um conjunto de 3 edifícios, que alinham pela face da rua, e possuem a mesma profundidade (15.5m).

Os pisos térreos (um ou dois)destinam-se ao comércio e os pisos superiores a escritórios e habitação.

Os acabamentos exteriores dos edifícios confinantes com a Rua do Alecrim são em pedra lioz até ao nível do último piso de escritórios ou comércio e nos restantes pisos, correspondentes a habitação, são em azulejo.

https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/dow...oMatos2008.pdf



http://1.bp.blogspot.com/_iHPZAuU2vu.../s1600/P11.jpg



http://2.bp.blogspot.com/_iHPZAuU2vu.../s1600/P12.jpg



DSC_1617

by vortez, on Flickr



http://travellingsahil.blogspot.pt/2...in-lisbon.html



Siza - Terraços de Bragança
by vortez, on Flickr



Siza - Terraços de Bragança
by vortez, on Flickr



Siza - Terraços de Bragança
by vortez, on Flickr



DSC_1629

by vortez, on Flickr



Siza - Terraços de Bragança

by vortez, on Flickr



DSC_1636

by vortez, on Flickr



Siza - Terraços de Bragança
by vortez, on Flickr




DSC_1643
by vortez, on Flickr


.
by LeonL, on Flickr


.
by LeonL, on Flickr



https://www.flickr.com/photos/julione/8759935286/


.
by LeonL, on Flickr



DSC_1655
by vortez, on Flickr



DSC_1654
by vortez, on Flickr



post image online


.
by LeonL, on Flickr



DSC_1661
by vortez, on Flickr



DSC_1707
by vortez, on Flickr


.
by LeonL, on Flickr

.
by LeonL, on Flickr

.
by LeonL, on Flickr
__________________

jpfg liked this post
JR2 no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old January 30th, 2015, 07:48 PM   #2
JR2
Registered User
 
JR2's Avatar
 
Join Date: Apr 2014
Posts: 1,261
Likes (Received): 609

Frente para a Rua António Maria Cardoso.



Edifícios destinados à habitação.


Na zona alta do terreno,confinando com a Rua António Maria Cardoso, estão dois edifícios destinados à habitação.

O contacto destes edifícios com o solo é feito por meio de pilares com grandes vãos entre si e acessos verticais definidos de modo a preservar as ruínas existentes da Muralha Fernandina.

Os respectivos edifícios( que dão para a Rua António Maria Cardoso) possuem um embasamento em pedra lioz até ao nível do primeiro piso de habitação e varandas dos edifícios. Os restantes panos de parede são em azulejo.



Os cinco edifícios partilham o mesmo espaço de estacionamento em cave (9 000m2).

A estrutura dos edifícios é em betão armado, composta por pilares e lajes fungiformes.

A construção acima do solo possui paredes de alvenaria de tijolo com caixa de ar e isolamento térmico.

As paredes interiores são em alvenaria de tijolo para rebocar e pintar.

As coberturas são planas, impermeabilizadas e isoladas termicamente segundo o sistema de cobertura invertida, com revestimento vegetal.

__________________

jpfg liked this post
JR2 no está en línea   Reply With Quote
Old January 30th, 2015, 09:48 PM   #3
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 107,471
Likes (Received): 7378

__________________
::: Portuguese Forum :::

Palma de Maiorca :: Ilha de Maiorca

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old February 1st, 2015, 11:54 PM   #5
JR2
Registered User
 
JR2's Avatar
 
Join Date: Apr 2014
Posts: 1,261
Likes (Received): 609

Nunca gostei das fachadas da António Maria Cardoso! Em tempos cheguei a passar por lá todos os dias, durante vários meses, e nunca me habituei àquilo.
A dissimetria, o desalinhamento das aberturas e dos vãos; as "palas" sobre as janelas; as aberturas na diagonal..
A integração com o edificado que o envole é péssima! Parece um jogo de tetris
JR2 no está en línea   Reply With Quote
Old February 2nd, 2015, 12:16 AM   #6
ERVATUGA
- Take it easy -
 
ERVATUGA's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Location: Shéol
Posts: 36,543
Likes (Received): 14121

Quote:
Originally Posted by jmsr View Post
Encontrei a tal imagem do LRA:





A relação com o edificado pombalino é a de uma ruptura completa!
Quote:
Originally Posted by Marco Bruno View Post
Mas eu nunca gostei desse. Já o disse várias vezes no fórum, noutros threads.
Quote:
Originally Posted by Luís Raposo Alves View Post
se repararem, é o único edifício nessa zona com empena cega virada para o rio! uma oportunidade dessas para ter umas varandas enormes viradas a Sul e o gajo faz uma empena cega!
Quote:
Originally Posted by sjay View Post
Não estava a perceber a celeuma com a imagem. Só agora com o comentário do LRA é que me apercebi daquele edificio. Realmente "parece" ser uma aberração. Coloco apenas aspas, porque não posso avaliar só por uma imagem, ainda por cima com pouco enquadramento. Mas sim, parece um mamarracho
Quote:
Originally Posted by Lino View Post
odeio fachadas cegas.... e com tanto sol, é um desperdício....
__________________
- Please, be Happy -

JR2 liked this post
ERVATUGA no está en línea   Reply With Quote
Old February 2nd, 2015, 02:32 AM   #7
JR2
Registered User
 
JR2's Avatar
 
Join Date: Apr 2014
Posts: 1,261
Likes (Received): 609

Encontraste-a! Boa. Estive à procura dela mas não a encontrei..

Acho que não é preciso dizer mais nada!
JR2 no está en línea   Reply With Quote
Old February 8th, 2015, 03:30 PM   #8
Tchokan
...
 
Tchokan's Avatar
 
Join Date: Apr 2011
Location: Coimbra | Ponta Delgada | Porto
Posts: 3,174
Likes (Received): 787

Nada por aí além...
__________________
...
Tchokan no está en línea   Reply With Quote
Old February 9th, 2015, 05:45 PM   #9
Marco Bruno
Les cites obscures
 
Marco Bruno's Avatar
 
Join Date: Aug 2003
Location: Lisbon
Posts: 10,072
Likes (Received): 2854

A parte virada para a rua do alecrim está bem integrada, e os materiais foram bem escolhidos. Na rua de cima já não gosto tanto, sobretudo o tal edifício amarelo que faz o remate.
__________________
Lx Projectos

jpfg liked this post
Marco Bruno no está en línea   Reply With Quote
Old February 9th, 2015, 06:07 PM   #10
J.Silva
Registered User
 
J.Silva's Avatar
 
Join Date: Mar 2009
Location: Barcelos/Lisboa
Posts: 2,280
Likes (Received): 963

Quote:
Originally Posted by Marco Bruno View Post
A parte virada para a rua do alecrim está bem integrada, e os materiais foram bem escolhidos. Na rua de cima já não gosto tanto, sobretudo o tal edifício amarelo que faz o remate.
Concordo plenamente, é um bloco totalmente desenquadrado e fora do contexto. Parece digno de Sto.Ant.dos Cavaleiros e não de uma zona antiquíssima como o Cais de Sodré.

https://maps.google.pt/maps?ll=38.70...8.93,,0,-10.28
__________________
1143.Portugal

André Vieira liked this post
J.Silva no está en línea   Reply With Quote
Old February 11th, 2015, 02:07 PM   #11
JR2
Registered User
 
JR2's Avatar
 
Join Date: Apr 2014
Posts: 1,261
Likes (Received): 609

Também acho que as fachadas das unidades da Rua do Alecrim ficaram bem.

Gosto da dimensão e da progressiva duplicação das unidades. Aprecio bastante a simetria e a dimensão dos vãos da fachadas.
E também aprecio a conjugação de certos materiais - a pedra lioz do piso térreo e dos alçados laterais com os azulejos e as caixilharias.

Só não entendo porque é que não repetiram a fórmula na Rua António Maria Cardoso.

No entanto, e ainda na Rua do Alecrim, dispenso os portões de ferro (brancos) que dão acesso aos logradouros e que ficam entre os volumes.. Têm um ar vulgar. Aquela frente merecia algo mais distinto.
JR2 no está en línea   Reply With Quote
Old April 29th, 2015, 06:32 PM   #12
André Vieira
Registered User
 
Join Date: Apr 2015
Posts: 146
Likes (Received): 82

..
André Vieira no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 07:08 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu