daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Infrastructure and Mobility Forums > Subways and Urban Transport

Subways and Urban Transport Metros, subways, light rail, trams, buses and other local transport systems



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old March 31st, 2017, 02:35 AM   #1
Rodalvesdepaula
Scooter/motorbike lover
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 49,565
Likes (Received): 40911

SOROCABA | Public Transport

Sorocaba is a Brazilian city located 87 Km west from São Paulo City. The current population is 644,919. In Sorocaba, it is located the largest Toyota factory in Southern Hemisphere and the busiest general aviation airport of South America.

Nowadays, Sorocaba City Hall is working in a light rail project to be built in a "crosstown" freight railroad. Curiously, the mayor of Sorocaba, Mr. José Caldini Crespo, is a former railroad engineer.

These are the preliminary characteristics of Sorocaba Light Rail:

Extension: 23 Km (14,2 miles)
Stations: 11
Electrification: yes
Gauge: 1000 mm
Shared tracks wilth freight trains: yes



Station names are unofficial. There are only tentative names:


Blue line is the future BRT corridor at Itavuvu Avenue


This is a report of Sorocaba City Hall about light rail project, in Portuguese. It saids that Rumo (the freight train operator in Sorocaba region) and DNIT (Government agency that owns the railroad) are supporting the light rail project and Mayor Crespo will travel to Brasilia for sign an agreement for the use of this railroad.

Quote:
Originally Posted by Rodalvesdepaula View Post

Implantação do VLT tem boa aceitação do Dnit e da Rumo

Por: Leandro Nogueira - [email protected]



A implantação do metrô de superfície em Sorocaba, o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), ganhou boa aceitação verbal, tanto da empresa que tem a concessão da linha férrea que passa em Sorocaba, a Rumo, como do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT). O aceno positivo à instalação desse meio de transporte foi conquistado em reunião na manhã da quarta-feira (29) entre o prefeito José Crespo, diretores da Rumo, do DNIT e secretários municipais. “A reunião foi muito melhor do que a expectativa, com essa sinalização positiva vamos caminhar todos juntos”, comemorou o prefeito.

O secretário de Planejamento e Projetos da Prefeitura, Luiz Alberto Fioravante, explicou que agora acompanhará o prefeito em visita ao Dnit em Brasília, para tratar da assinatura de um documento entre a Prefeitura, o Dnit e a concessionária Rumo, que depende da aprovação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para oficializar no papel o acordo que possibilitará ao município implantar e operar o VLT utilizando a malha ferroviária já existente na cidade de Sorocaba.

O secretário Fioravante explicou que, partir da assinatura entre as partes, a própria Secretaria de Planejamento e Projetos vai fazer o projeto de viabilidade econômica e o projeto técnico. O passo seguinte será o projeto executivo a ser realizado entre a Secretaria de Planejamento e Projetos e a Secretaria de Mobilidade e Acessibilidade, a qual pertence a Urbes – Trânsito e Transportes. A gestão do VLT será da Urbes, segundo explicou Luiz Fioravante. “É um sonho de todos nós e principalmente do povo. Vamos trabalhar para isso”, ressaltou o prefeito José Crespo.

O prefeito explicou que o VLT vai ser mais uma opção de transporte para o percurso Leste-Oeste da cidade, enquanto o BRT ligará as regiões Norte-Sul. Os dois tipos de transporte (modais) estarão interligados, dando a possibilidade dos passageiros usarem ambos. De acordo com os estudos da Secretaria de Planejamento e Projetos, o VLT municipal poderá compartilhar os trilhos do transporte de cargas sem prejuízo para ambos.

O coordenador geral de patrimônio ferroviário do Dnit, José Luiz de Oliveira, disse que “o melhor e único encaminhamento para esse trecho (da ferrovia em Sorocaba) é o transporte em VLT. Explicou que agora é preciso da formalização do entendimento entre as partes, e a aprovação da ANTT, para dar sequência à implantação. “O VLT no Brasil já existe. O compartilhamento de trens de passageiros com carga também. Esse será o primeiro compartilhamento de VLT com carga”, declarou.

O gerente de relações governamentais da Rumo, Emanoel Tavares, afirmou que a tendência é levar a malha viária de carga para fora da cidade e que vê com bons olhos a proposta da Prefeitura. Observou que Sorocaba tem uma linha dupla de trilhos, bem estruturada. “O caminho é esse. O projeto de vocês traz facilidades, não traz dificuldades (como o de carga)”, avaliou. Ele levará a proposta do VLT para o conhecimento da direção da Rumo.

O secretário de Mobilidade e Acessibilidade, Wilson Unterkircher Filho, ressaltou a importância da conquista da boa aderência, tanto da concessionária (Rumo) como do órgão que gere o assunto (DNIT). Acrescentou que agora será trabalhar os estudos de viabilidade. Também presente na reunião, o presidente da Câmara, o vereador Rodrigo Manga elogiou o projeto do VLT de Sorocaba e disse que vai propor aos demais vereadores a criação de comissão para acompanhar esses trabalhos. E colocou a Câmara Municipal à disposição.

Além dos já citados, também participaram da reunião o secretário de Comunicação e Eventos, Eloy de Oliveira, o secretário de Cultura e Turismo, Werinton Kermes, e profissionais das diversas secretarias municipais envolvidas. Da concessionária Rumo também estiveram presentes o coordenador de relações governamentais, Marcelo Arthur Fiedler e o especialista em relações governamentais, Marcelo Rodrigues. E do DNIT, o engenheiro de projetos ferroviários, Elias Fadel.

Entenda como vai funcionar o VLT

Durante a apresentação, o secretário Fioravante demonstrou que o VLT, ou o “bonde moderno” como ele também definiu, circulará dentro de Sorocaba, desde a região próxima de George Oeterer em Iperó, até o bairro Brigadeiro Tobias. Nesse percurso haverá vários modernos pontos de embarque e desembarque de passageiros, inclusive utilizando Estação Ferroviária no centro e um ponto de embarque e desembarque no Alto da Boa Vista, que concentra os serviços administrativos da cidade, com o ponto final na estação desativada de Brigadeiro Tobias.

Ainda explanou que o VLT chegará à velocidade de 70 km/h e poderá ter capacidade de transportar de 250 a 350 passageiros, conforme o modelo a ser escolhido. Ele funcionará a energia elétrica do sistema de distribuição da CPFL Piratininga, ou seja, não vai gerar poluição ambiental e nem sonora, já que é um veículo silencioso. Poderá ter até sete vagões, todos interligados, equipado com ar condicionado, sinal de internet sem fio, tomadas para carregar de celular e sistema de segurança com vigilância interna por câmera de vídeo e completa comunicação com as estações e centros de controles. As plataformas de embarque ou desembarque terão 45 metros ou 35 metros.

O estudo preliminar foi elaborado pelos profissionais da Secretaria de Planejamento e Projetos da Prefeitura sob a liderança do secretário Luiz Alberto Fioravante. A apresentação multimídia foi preparada pela Secretaria de Comunicação e Eventos. O engenheiro de projetos ferroviários, Elias Fadel, de forma muito elogiosa, disse que nunca imaginou que profissionais de uma Prefeitura pudessem desenvolver um estudo tão completo e com detalhamentos técnicos ferroviários. Fadel fez muitos elogios aos resultados do estudo.


Fonte: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/im...nit-e-da-rumo/
__________________


dimlys1994 liked this post

Last edited by dimlys1994; March 31st, 2017 at 09:00 AM.
Rodalvesdepaula está en línea ahora   Reply With Quote

Sponsored Links
Old March 31st, 2017, 11:04 PM   #2
Rodalvesdepaula
Scooter/motorbike lover
 
Rodalvesdepaula's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: Sorocaba (SP), Brazil
Posts: 49,565
Likes (Received): 40911

Some facts about public transport in Sorocaba, Brazil:


- Daily Ridership: 155,000 passagers

- Bus routes: 107

- Bus fleet: 313 (14 bendy buses, 22 15-metre three-axle buses, 3 minibuses and 274 front-engine basic buses); no hybrid buses

- Transit center: 8

- Bus operators: 2

- Bus lanes: 15 Km





__________________

Rodalvesdepaula está en línea ahora   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 12:53 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2018, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2018 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

tech management by Sysprosium