daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Ferroviário



Reply

 
Thread Tools Rating: Thread Rating: 1 votes, 5.00 average.
Old June 15th, 2010, 06:42 AM   #301
AcesHigh
Taking On The World
 
AcesHigh's Avatar
 
Join Date: Feb 2003
Location: Novo Hamburgo
Posts: 24,284
Likes (Received): 2798

tenho várias criticas ao projeto acima... por exemplo, na linha marrom...

estação Beira Rio... ok
estação Padre Cacique??? Estação Iberê Camargo???? Vão ser oq? 300 metros entre cada estação??? Além disso não tem nada entre o Beira Rio e o Cristal. Qual seria o objetivo de descer naquela área? Subir pelo mato do lado do morro??? Acho q essas duas estações teriam q ser cortadas. Teria estação Beira Rio e estação Cristal, com 1.7 km entre as duas. No máximo, uma estação extra ENTRE o Beira Rio e o Iberê Camargo... aprox 1km ao sul do Beira Rio

já que estamos sonhando, cadê a linha submarina que vai até Guaíba??
__________________
http://gremioemfoco.info/ forum do grêmio, para quem não consegue se conter e falar somente do estádio, uma boa opção
AcesHigh no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old June 15th, 2010, 10:14 AM   #302
sekelsenmat
Registered User
 
Join Date: May 2008
Posts: 1,134
Likes (Received): 31

Já que estamos sonhando, eu também fiz um mapa do Metrô de Porto Alegre. Eu tentei minimizar o número de linhas, sendo o mais realista possível, mas ainda dando uma cobertura adequada para a cidade.

Basicamente o meu projeto seria construir nessa sequência:

1 - Expandir a linha 1 do Mercado, passando por uma estação próxima a Escola Técnica e indo até o Estádio Beira Rio. Atenderia a demanda da copa com um projeto rápido e barato. 2 Estações A linha 1 ainda poderia ser expandida mais ao sul num futuro distante.

2 - Linha 2 - Fase 1 - Construção de Metrô Pesado partindo da Escola Técnica, com estações no Parque Farroupilha, no Moinhos, no Viaduto Nilo Peçanha (área comercial de alta densidade), no Shopping Iguatemi, no Shopping Centerlar, até o Triângulo. Outras estações indefinidas no caminho.

3 - Linha 3 - Fase 1 - Construir uma linha de VLT em Y, sendo subterrânea pelo menos entre o Viaduto Nilo Peçanha e a PUCSP, nas outras partes em elevado ou mesmo superfície se possível. Alcançaria o Campus da UFRGS num ramo e a Alvorada no outro.

4 - Linha 2 - Fase 2 - Expandir em superfície para Cachoeirinha e Gravataí, ao lado da rodovia.

5 - Linha 3 - Fase 2 - VLT subterrâneo até a estação Farroupilha, passando por uma zona comercial de alta densidade.

Eu busquei evitar o bairro do Parthenon, seguindo sugestões de alguns posts e atingir a zona norte.

sekelsenmat no está en línea   Reply With Quote
Old June 15th, 2010, 02:22 PM   #303
Sniper
-A-
 
Sniper's Avatar
 
Join Date: Jan 2003
Location: Porto Alegre / Bordeaux
Posts: 3,632
Likes (Received): 1194

Quote:
Originally Posted by AcesHigh View Post
tenho várias criticas ao projeto acima... por exemplo, na linha marrom...

estação Beira Rio... ok
estação Padre Cacique??? Estação Iberê Camargo???? Vão ser oq? 300 metros entre cada estação??? Além disso não tem nada entre o Beira Rio e o Cristal. Qual seria o objetivo de descer naquela área? Subir pelo mato do lado do morro??? Acho q essas duas estações teriam q ser cortadas. Teria estação Beira Rio e estação Cristal, com 1.7 km entre as duas. No máximo, uma estação extra ENTRE o Beira Rio e o Iberê Camargo... aprox 1km ao sul do Beira Rio

já que estamos sonhando, cadê a linha submarina que vai até Guaíba??
Tem 700m de distância. Essa linha, a meu ver, deveria ser de superfície nessa parte, e as estações não necessariamente deveriam ficar longe umas das outras.

Sobre a linha subterrânea, acho que se algo parecido fosse acontecer, poderiam aproveitar a ponte do Guaíba atual e colocar uma linha férrea ali, mas claro, só depois da nova Ponte ficar pronta. Não sei se seria viável (digo, tão viável quanto todo esse projeto, que já não é nem um pouco viável) fazer uma linha subterrânea até Guaíba.

Todas as linhas têm, em soma, 150km, o que colocaria Porto Alegre entre os 30 maiores metrôs do mundo hoje. Calculando algo em torno de 150 milhões de reais por km construído, custaria 22.5 bilhões de reais o sistema todo. Mesmo se todos ônibus desaparecessem, acho que não se pagaria por uns bom 30 anos hehehe

Last edited by Sniper; June 15th, 2010 at 02:28 PM.
Sniper no está en línea   Reply With Quote
Old June 17th, 2010, 10:00 PM   #304
lusorod
LUSOROD
 
lusorod's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: SAO PAULO/LONDON
Posts: 8,360
Likes (Received): 508

meu sonho e ver outras gdes cidades do Brasil como BH, POA, CWB, DF, SSA e Recife e Fortaleza com malhas metroviarias que teham entre 100 e 150 km. E Sao Paulo com pelo menos 500 km de linhas metro/monotrilho/trens, seria bom demais. Fora isso o Rio tem qtos km de trens de suburbio? O Rio tinha de ter algo entre SP e as cidades medias de km em seu sistema. Talvez uns 250 km 300km. Wow seria o maximo
__________________
LUSOROD

((((((((((MUITO AMOR NA SUA ALMA))))))))))))))))
lusorod no está en línea   Reply With Quote
Old June 28th, 2010, 01:46 AM   #305
LP
Registered User
 
LP's Avatar
 
Join Date: Nov 2006
Location: Porto Alegre
Posts: 2,739
Likes (Received): 447

edit
__________________
Pedi di lari

Last edited by LP; June 28th, 2010 at 02:31 AM.
LP no está en línea   Reply With Quote
Old June 28th, 2010, 02:23 AM   #306
LP
Registered User
 
LP's Avatar
 
Join Date: Nov 2006
Location: Porto Alegre
Posts: 2,739
Likes (Received): 447

edit
__________________
Pedi di lari

Last edited by LP; June 28th, 2010 at 02:29 AM.
LP no está en línea   Reply With Quote
Old June 28th, 2010, 02:29 AM   #307
LP
Registered User
 
LP's Avatar
 
Join Date: Nov 2006
Location: Porto Alegre
Posts: 2,739
Likes (Received): 447

Porque nao estendem a linha até o Campus da UFRGS do Vale...são mais de 30 mil pessoas que trabalham/estudam lá...fora a comunidade do bairro.



Fonte ZH
__________________
Pedi di lari
LP no está en línea   Reply With Quote
Old June 28th, 2010, 02:43 PM   #308
Sniper
-A-
 
Sniper's Avatar
 
Join Date: Jan 2003
Location: Porto Alegre / Bordeaux
Posts: 3,632
Likes (Received): 1194

Porque se for até a Sertório vai beneficiar mais ou menos um milhão de pessoas.
Sniper no está en línea   Reply With Quote
Old July 31st, 2010, 08:50 PM   #309
ronin(POA)
Gremio: Força e Raça!!
 
ronin(POA)'s Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 2,288
Likes (Received): 2

Quote:
Originally Posted by Príncipe View Post
Dilma se compromete a implantar metrô em Porto Alegre caso seja eleita presidente

Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, da Rádio Gaúcha, a candidata à presidência Dilma Rousseff falou sobre seus planos de governo caso seja eleita. Dilma se comprometeu a implantar o metrô em Porto Alegre antes do término do seu mandato se for escolhida como presidente. Segundo ela, as obras de mobilidade urbana, contemplando também a construção e ampliação de metrôs, já devem ser priorizadas pelo PAC 2 para regiões metropolitanas com mais de 3 milhões de habitantes, sendo Porto Alegre uma delas.

Sobre a questão dos pedágios, a candidata promete construir duplicações de estradas. Questões não previstas pelas concessões de rodovias, que tem como função manter as estradas e não ampliá-las ou criá-las.

— Para o concessionário poder usufruir da construção de uma obra pública, ele vai precisar reduzir pedágio. Não faz sentido o concessionário cobrar por algo que não fez. É uma questão de justiça para o consumidor e para o próprio empresário — afirma Dilma.

A candidata também falou sobre investimentos no pólo de Rio Grande, cargos em comissão e sobre o seu concorrente José Serra.


http://www.clicrbs.com.br/especial/r...residente.html
...
__________________
Porto Alegre from North to South

Porto Alegre infrastructure for 2014 World Cup

█████████
█████████
█████████
ronin(POA) no está en línea   Reply With Quote
Old March 14th, 2011, 03:43 PM   #310
Calvin Porto
Half Aussie half Gaúcho
 
Calvin Porto's Avatar
 
Join Date: May 2008
Posts: 6,862
Likes (Received): 591

vim parar nesse thread através de um link, mas parece que ninguém está atualizando informações sobre o Metrô de Porto Alegre, a linha 2, aqui.

O post anterior refere a promessa da Dilma, mas agora ela já foi eleita e já deve ter esquecido tudo que disse.

Pobre brasileiro, tão enganadinho, tão inegnuozinho, tão bobinho e tão passivozinho. Finge que acredita em tudo que dizem só para ter uma desculpa para não se envolver com nada e assim vai levando a vida entre bigbrothers, domingão do faustão, domingo legal entre outros defecações televisivas.

O bobo alegre pulou o carnaval, se endividou mais um pouquinho e agora dorme feliz por estar no mais lindo e alegre país do mundo.

Voltando ao assunto linha 2.......Daqui a uns 250 anos lançarão mais um novo projeto para Porto Alegre.
__________________
Povo que não tem virtudes acaba por ser escravo!!!
Calvin Porto no está en línea   Reply With Quote
Old March 14th, 2011, 08:22 PM   #311
Sniper
-A-
 
Sniper's Avatar
 
Join Date: Jan 2003
Location: Porto Alegre / Bordeaux
Posts: 3,632
Likes (Received): 1194

Não é em julho que serão escolhidas as propostas que virarão obras do PAC? E a Linha 2 está entre eles... eu acho!
Sniper no está en línea   Reply With Quote
Old March 15th, 2011, 02:30 PM   #312
Calvin Porto
Half Aussie half Gaúcho
 
Calvin Porto's Avatar
 
Join Date: May 2008
Posts: 6,862
Likes (Received): 591

Quote:
Originally Posted by Sniper View Post
Não é em julho que serão escolhidas as propostas que virarão obras do PAC? E a Linha 2 está entre eles... eu acho!
Sim, está no emPACado de novo, assim como a pouco não esteve e um pouco antes esteve.....entra e sai do emPACado da noite para o dia.

Isso é resultado da capacidade de planejamento tupiniquim. Daqui a pouco a FIFA diz que a Copa vai para a Inglaterra, ia ser um baita castigo prá essa turma de exploradores e os parasitas que querem tirar o "seu" troquinho nas licitações.

O que esperar de um país onde o filho do presidente se torna milionário em fração de segundos durante o governo do papai?

Só acredito nessa micro linha 2 do Metrô de Porto Alegre quando ele estiver funcionando.

Vivo no mais organizado e justo país do mundo por isso todo esse meu otimismo. Ah! ia esquecendo, o povo é o mais alegre
__________________
Povo que não tem virtudes acaba por ser escravo!!!
Calvin Porto no está en línea   Reply With Quote
Old March 28th, 2011, 03:56 PM   #313
Adrecal
Registered User
 
Join Date: Aug 2010
Location: Rio
Posts: 5,259
Likes (Received): 1039

Quote:

Notícia da edição impressa de 24/03/2011

Metrô de Porto Alegre pode estar mais próximo
Prefeitura apresenta o projeto da linha até o dia 3 de abril e terá uma resposta se conquistou uma fatia dos recursos do PAC da Mobilidade Urbana até 12 de junho

Jefferson Klein

FREDY VIEIRA/JC

Ministro das Cidades, Mário Negromonte (centro da foto, sem capacete) visitou a Capital este mêsO ano de 2011 pode ser determinante para confirmar a realização de um empreendimento que está constantemente presente no imaginário da população da Capital gaúcha: o metrô. Até o dia 3 de abril, a prefeitura de Porto Alegre apresentará o projeto da linha para conquistar os recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Mobilidade. A divulgação das propostas que conseguirão os benefícios ocorrerá até 12 de junho.

O PAC Mobilidade Grandes Cidades tem como objetivo requalificar e implantar sistemas estruturantes de transporte público coletivo, visando a ampliar a capacidade e promover a integração intermodal, física e tarifária do sistema de mobilidade nos grandes centros urbanos. Os recursos disponíveis são de R$ 18 bilhões, sendo R$ 12 bilhões para financiamento e R$ 6 bilhões com recursos do Orçamento Geral da União.

Um dos temores dos defensores do metrô porto-alegrense era de que a disputa com outras cidades por esses aportes fizesse com que o projeto ficasse de fora dos escolhidos. No entanto, uma declaração do ministro das Cidades, Mário Negromonte, dada neste mês durante uma visita ao Estado, encheu de otimismo os incentivadores do complexo. “Está garantido”, afirmou Negromonte, ao ser questionado sobre a concorrência.

Agora, a prefeitura da Capital gaúcha precisa definir o projeto executivo que será apresentado ao Ministério das Cidades. De acordo com o prefeito José Fortunati, a proposta está na etapa final da modelagem financeira e do trajeto que será sugerido. O coordenador técnico do projeto do metrô de Porto Alegre pelo governo municipal, Severino Feitoza Filho, reitera que o plano ainda não está finalizado e alguns ajustes poderão ser feitos. Porém, muito provavelmente, o trajeto que será apresentado é o da avenida Assis Brasil (Estação Fiergs), seguindo pelas avenidas Brasiliano Índio de Moraes, Benjamin Constant, Cairú, Voluntários da Pátria e Borges de Medeiros (Estação Rua da Praia). Essa será a primeira fase do metrô gaúcho que tentará obter os recursos do PAC da Mobilidade e terá uma extensão de aproximadamente 15 quilômetros.

Existe também a possibilidade, mais remota, de que a ligação entre a Fiergs e o terminal Triângulo na avenida Assis Brasil seja substituída pelo trecho entre a Estação Central, próxima ao Mercado Público, até a Azenha. Fortunati explica que será adotada uma ou outra opção, nesta primeira etapa de instalação do metrô, pois ambas ultrapassariam os valores previstos no programa do governo federal. O segmento que não for contemplado agora possivelmente o será em um segundo momento.

Feitoza Filho relata que a intenção da prefeitura é realizar um transporte subterrâneo, sob os atuais corredores de ônibus, para evitar desapropriações e baratear os custos de implantação. Ele acrescenta que a expectativa é lançar ainda neste ano a licitação para construção e operação do metrô, se ele for enquadrado no PAC da Mobilidade. A concessão para a empresa vencedora deverá ser de 34 anos e a estimativa é de que o empreendimento esteja em operação em 2015. O valor da iniciativa é calculado entre R$ 2,1 bilhões e R$ 2,4 bilhões. O prefeito Fortunati comenta que está sendo debatida a hipótese de conceder isenções de ICMS e ISS para facilitar a materialização do complexo.

Nessa primeira etapa, serão atendidos 18 bairros e implementadas 13 estações, sendo que três delas de integração multimodal, com a possibilidade de combinar o transporte de metrô com o de ônibus ou automóveis. Entre a Fiergs e o Centro, a demanda estimada para o novo meio de locomoção é de 300 mil passageiros/dia e a sua capacidade, informa Feitoza Filho, será de até 40 mil passageiros/hora/sentido. Cada trem terá condições para deslocar 1.080 passageiros e serão utilizados 25 TUEs (Trem Unidade Elétrico) e cem carros.

Os veículos poderão alcançar uma velocidade máxima de 80 km/h, mas a velocidade operacional, considerando os embarques e desembarques, será de aproximadamente 35 km/h. Os intervalos de horários entre os trens poderão variar de 90 a 180 segundos. A operação do sistema deverá ser de 16 horas ao dia. As simulações financeiras do projeto são baseadas em um modelo de tarifas integradas (ônibus mais metrô). Mas, se o usuário quiser optar pela tarifa unitária, para utilizar apenas o metrô, o valor cobrado deverá ser, no máximo, igual ao da passagem de ônibus.

Feitoza Filho destaca que a proposta do metrô está sendo concebida para operar de maneira integrada com a rede de BRTs (Ônibus de Trânsito Rápido) desenvolvida na prefeitura. “O projeto foi concebido e estruturado seguindo as diretrizes do Ministério das Cidades”, enfatiza. Outro ponto relevante é que a nova linha passará próxima ao trecho percorrido pela Trensurb. Essa característica abrirá novas oportunidades de deslocamento do público que se movimenta entre a Capital gaúcha e a Região Metropolitana.

Infografia. Clique para ampliar




Prioridade é a linha entre a Fiergs e o Centro. ARTE GABRIELA LORENZON/JC

Segunda fase prevê a construção de mais 11 quilômetros de linhas
O passo inicial para a instalação do metrô será a seleção no PAC da Mobilidade e a concretização de uma linha de aproximadamente 15 quilômetros. Entretanto, posteriormente, a intenção é ampliar em mais cerca de 11 quilômetros a rede. Na futura expansão, se não houver surpresas, deverão ser abrangidas as avenidas Borges de Medeiros (Estação Rua da Praia), Ganzo, rua Barão do Triunfo, avenidas Azenha e Bento Gonçalves (Estação Antônio de Carvalho). Nessa etapa, serão implementadas mais dez estações. O valor estimado dessa iniciativa é de aproximadamente R$ 1,65 bilhão e serão adquiridos mais 20 TUEs (Trem Unidade Elétrico) e 80 carros.


Um fato que deve contribuir para a realização das duas fases do metrô é a afinidade entre os governos federal, estadual e municipal, destacada pelo ministro das Cidades, Mário Negromonte. “Esse é um sonho de Porto Alegre e do estado do Rio Grande do Sul”, salienta o dirigente. O prefeito José Fortunati também está se articulando politicamente para que a ideia não fique apenas no papel. Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte selaram neste mês parceria pela inclusão dos projetos de metrô das três cidades no PAC de Mobilidade. Na ocasião, os prefeitos, acompanhados de equipes técnicas, debateram detalhes dos planos como os tipos de veículos a serem empregados, a modelagem de gestão da operação e as equações financeiras necessárias para viabilizar as obras.

“Abrimos um canal muito importante, tanto no campo técnico, que vai ajudar nas adaptações das propostas ao PAC, quanto no político, que auxiliará no convencimento da união sobre a necessidade da implementação desse tipo de transporte nas cidades”, diz Fortunati. O prefeito mostra-se também confiante quanto ao apoio dos dirigentes do governo federal. “Tenho a plena convicção de que o ministro Negromonte e a presidente da República, Dilma Rousseff, têm todo o interesse que o metrô aconteça em Porto Alegre”, garante.

Câmara Municipal terá comissão para acompanhar empreendimento

CLAUDIO FACHEL/ARQUIVO/JC

Tessaro acredita que opção pelo sistema de superfície possibilitaria a inauguração antes da realização da Copa do Mundo de Futebol
A Câmara de Vereadores também está envolvida no processo de implantação do metrô de Porto Alegre. O vereador Nelcir Tessaro (PTB) lembra que foi aprovada recentemente a constituição de uma comissão especial para análise e proposta de viabilidade de construção do metrô na Capital. Para Tessaro, o metrô deve ter ligações com os terminais de ônibus para permitir a acessibilidade entre os bairros mais populosos e o Centro da cidade. Ele também salienta o menor impacto ambiental, com a substituição do deslocamento em automóveis.
Tessaro diz que a meta da comissão será ouvir agentes envolvidos com a implantação do sistema, como o Ministério das Cidades, prefeitura, governo estadual e técnicos. Para ele, o modelo mais adequado para viabilizar um metrô em Porto Alegre seria através da Parceria Público-Privada (PPP). No entanto, ele admite as dificuldades para atrair investidores para o empreendimento. “E é claro que se não houver verbas federais, não será bem-sucedida a medida”, sustenta o vereador. Ele adverte que nenhum metrô é sustentável sem subsídio do governo e é necessário esse apoio para ele enfrentar seus custos.

Segundo Tessaro, se fosse adotada a opção de um complexo de superfície, seria possível operacionalizar o sistema antes mesmo da Copa 2014. Nesse caso, ele diz que o aconselhável seria a realização de uma linha nas proximidades da avenida Borges de Medeiros, seguindo até o Beira-Rio. O vereador também aponta a importãncia de o metrô, em algum momento, atender as regiões da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e do Campus da Universidade Federal do Rio Grande do Sul no bairro Agronomia.

Região Metropolitana será beneficiada

MAURO SCHAEFER/ARQUIVO/JC

Girardi defende que o projeto leve em conta a demanda futura e recomenda a adoção de uma proposta arrojada e de maior capacidade de movimentação diária de passageiros
Não é somente a Capital que terá vantagens com o metrô. As cidades no entorno também aproveitarão a estrutura. O diretor-superintendente da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), Elir Domingo Girardi, salienta a facilidade de locomoção que uma solução como essa permite e a redução da entrada na cidade de ônibus e veículos leves. Para ele, a rede de metrô em Porto Alegre já deveria estar instalada. Girardi argumenta que o complexo agiliza o deslocamento das pessoas e desafoga o trânsito na Região Metropolitana. Ele acrescenta que o metrô é complementar ao do transporte por ônibus.

Girardi adianta que se o projeto contemplar uma previsão de demanda futura, o recomendável é a realização de uma proposta arrojada e de maior capacidade de movimentação de passageiros. “Tudo dependerá da disponibilidade financeira, mas não podemos cometer o erro de praticar uma iniciativa que não atenda às necessidades da população”, argumenta. Para ele, o ideal seria concretizar o metrô até a Copa 2014, mesmo que para isso fosse necessário organizar um acordo entre União, Estado, município e iniciativa privada. Conforme o dirigente da Metroplan, mesmo que o metrô mostre-se uma alternativa que não seja lucrativa, é necessária a sua implantação, com apoio de recursos governamentais. “Se não forem feitos investimentos em um meio de transporte que resolva o problema da mobilidade, será preciso fazer outros aportes como na duplicação de vias ou elevadas”, justifica. Além disso, ele destaca que a ampliação de ruas e avenidas é dificultada pela falta de espaços.

Apesar de inúmeros defensores, o metrô não é uma unanimidade. Durante reunião de representantes da ONG Cidade, o professor da Faculdade de Arquitetura da Ufrgs, João Rovatti, afirmou que a construção da estrutura seria um erro para o planejamento urbano da cidade. “Porto Alegre não tem densidade habitacional suficiente para justificar a existência de um metrô”, argumenta o professor. Rovatti também critica os volumosos investimentos necessários para uma ação como a implantação do metrô.

Ônibus estão no limite
Novas alternativas de transporte coletivo nas grandes cidades começam a ser irreversíveis. No caso de Porto Alegre, o professor do curso de Engenharia da área de Transportes da Unisinos, João Hermes Nogueira, cita entre os locais que poderiam ter o trânsito aliviado com o metrô o corredor da avenida Assis Brasil e a avenida Farrapos, além do Centro da cidade. “Já está provado que os ônibus atingiram seus limites nessas regiões”, diz Junqueira. Ele explica que o sistema de ônibus, em faixa exclusiva, consegue atender 25 mil passageiros/hora. O metrô pode chegar a 50 mil pessoas/hora.

Nogueira salienta que em um projeto de metrô as estações principais devem ter estacionamentos onde os proprietários deixem seus carros para apanhar o transporte coletivo. Ele prevê que os usuários de ônibus também preferirão o metrô por ser uma escolha mais confortável. “É evidente que o complexo, para ser implantado, precisa ser a espinha dorsal do transporte de Porto Alegre, integrado com os outros sistemas.”

Para o professor, é possível atrair a iniciativa privada para o empreendimento desde que haja demanda. “Mas, se existe a necessidade de implantar um sistema de massa, para gerar uma oferta de transporte mais adequada para o público em geral, aí é um perfil mais governamental”, explica.

Para Nogueira, não há outro sistema, com exceção do metrô, para permitir o deslocamento da população com qualidade. Esse fator é essencial para sediar grandes eventos. Porém, o professor descarta a possibilidade de o metrô ser concluído antes da Copa 2014. Em São Paulo, lembra ele, a média anual de avanço das linhas é de dois quilômetros. Apesar da complexidade da obra, Nogueira avalia o retorno dessas estruturas. “Em capitais do Conesul, como Santiago, no Chile, e Buenos Aires, na Argentina, as pessoas não conseguem mais visualizar suas cidades sem o metrô”, diz.

http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=57810
Pelo que conheço de Porto, pouco por sinal, o trecho 2 é mais importante para aliviar o centro do que o 1 que já tem corredor de ônibus. Sem contar o quesito densidade e não concorrência com o Trensurb e os corredores que poderiam ser melhorados.
Adrecal no está en línea   Reply With Quote
Old March 28th, 2011, 04:00 PM   #314
Adrecal
Registered User
 
Join Date: Aug 2010
Location: Rio
Posts: 5,259
Likes (Received): 1039

Quote:
Originally Posted by lusorod View Post
meu sonho e ver outras gdes cidades do Brasil como BH, POA, CWB, DF, SSA e Recife e Fortaleza com malhas metroviarias que teham entre 100 e 150 km. E Sao Paulo com pelo menos 500 km de linhas metro/monotrilho/trens, seria bom demais. Fora isso o Rio tem qtos km de trens de suburbio? O Rio tinha de ter algo entre SP e as cidades medias de km em seu sistema. Talvez uns 250 km 300km. Wow seria o maximo
Rio:

Supervia 225km e Metrô 48 km.
Adrecal no está en línea   Reply With Quote
Old March 28th, 2011, 04:08 PM   #315
AcesHigh
Taking On The World
 
AcesHigh's Avatar
 
Join Date: Feb 2003
Location: Novo Hamburgo
Posts: 24,284
Likes (Received): 2798

Ministro das Cidades afirma que obras do metrô começam até o final do ano na Capital

Mário Negromonte concedeu entrevista ao programa Gaúcha Atualidade


O ministro das Cidades, Mário Negromonte, afirmou em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, da Rádio Gaúcha, que as obras do Metrô de Porto Alegre devem começar até o final do ano.
— Fazendo a licitação, acredito que até o final do ano as obras começam — afirmou, quando questionado sobre o prazo final para o início das obras na Capital.
Além disso, ele voltou a garantir que o corte de gastos do governo federal não irá atingir os recursos destinados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade Urbana.
— Os recursos estão garantidos — destacou.
Segundo Negromonte, o início das obras, no entanto, dependem de como o projeto chegar ao ministério.
— Tudo vai depender dos projetos que a prefeitura apresentar. Nós faremos a avaliação e proporemos alterações, se necessário — disse, ressaltando que após essa fase o projeto entra em processo de licitação, o que deve acontecer até o final do primeiro semestre deste ano.
Dois meses depois de passar por uma reviravolta, a prefeitura de Porto Alegre encaminha hoje ao ministério o tão aguardado projeto do metrô. O traçado definitivo abandona o trecho previsto entre o Mercado Público e a Azenha e espicha a linha até a região da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs).
Uma novidade do trajeto do metrô é a inclusão da Esquina Democrática, conforme antecipa a colunista Rosane de Oliveira na edição de hoje. Pelo novo projeto, o trem seguiria do Centro — esquina da Borges de Medeiros com a Rua dos Andradas — até a Avenida Assis Brasil, na região norte da Capital.

http://zerohora.clicrbs.com.br/zeroh...D=a3255096.xml
__________________
http://gremioemfoco.info/ forum do grêmio, para quem não consegue se conter e falar somente do estádio, uma boa opção
AcesHigh no está en línea   Reply With Quote
Old March 28th, 2011, 04:34 PM   #316
Calvin Porto
Half Aussie half Gaúcho
 
Calvin Porto's Avatar
 
Join Date: May 2008
Posts: 6,862
Likes (Received): 591

Não gostei de saber que o trecho entre o Triângulo e a FIERGS será na superfície. Bagunçou geral, uma pena.
__________________
Povo que não tem virtudes acaba por ser escravo!!!
Calvin Porto no está en línea   Reply With Quote
Old March 28th, 2011, 06:39 PM   #317
Lulamann
Registered User
 
Lulamann's Avatar
 
Join Date: Sep 2009
Location: Salvador
Posts: 823
Likes (Received): 8

Há um mapa do traçado reformulado?
Lulamann no está en línea   Reply With Quote
Old March 28th, 2011, 08:37 PM   #318
seumensageiro
Registered User
 
seumensageiro's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Porto Alegre
Posts: 882
Likes (Received): 0

Parece que agora vai,
pelo menos a linha norte até a FIERGS.
seumensageiro no está en línea   Reply With Quote
Old March 28th, 2011, 11:01 PM   #319
Paulo Magalhães
Registered User
 
Paulo Magalhães's Avatar
 
Join Date: May 2010
Posts: 3,958
Likes (Received): 372

Em que ponto do novo traçado proposto, a linha 2 intercepta a linha 1?
__________________
Engenheiro Ferroviário
Paulo Magalhães no está en línea   Reply With Quote
Old March 28th, 2011, 11:47 PM   #320
Adrecal
Registered User
 
Join Date: Aug 2010
Location: Rio
Posts: 5,259
Likes (Received): 1039

Quote:
Originally Posted by Paulo Magalhães View Post
Em que ponto do novo traçado proposto, a linha 2 intercepta a linha 1?
Acho que não intercepta.


Last edited by Adrecal; March 28th, 2011 at 11:52 PM.
Adrecal no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 06:21 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu