daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Centro > Imagens



Reply

 
Thread Tools
Old March 8th, 2008, 05:23 AM   #1
daniel322
Registered User
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 20,862
Likes (Received): 322

Aeminium e Conímbriga

Conímbriga não é Coimbra..

Coimbra no tempo dos romanos chamava-se Aeminium, na zona onde hoje se situa a Universidade. O que aconteceu foi que no século quarto, quando os suevos invadiram aquela zona, os habitantes de Conímbriga foram forçados a abandonar a cidade, o próprio bispo abandonou a cidade e foi localizar-se junto ao rio Mondego.
E com ele veio o nome, era bispo de Conímbriga e transformou-se em bispo de Coimbra e, daí, que muitas vezes haja esta confusão entre Conímbriga e Coimbra.

Neste momento, a cidade de Aeminium, tem aquilo que se chama uma arqueologia de salvamento, ou seja, não se fazem obras no centro histórico sem que o arqueólogo intervenha em primeiro lugar, de modo a não pôr em risco património histórico.

O imponente Forum Romano de Aeminium

O fórum romano está em ruínas, situa-se sobre uma espécie de subterrâneo em grandes arcadas. Trata-se do criptopórtico que, em meados do séc. I, a administração romana ali erigiu para suporte do edifício que então passou a constituir a sede, por excelência, da vida política, administrativa e religiosa de Aeminium.

A escolha do lugar para sua implantação não terá sido aleatória, pois esse imenso pódio constituiria, no seio da malha urbana de Aeminium, um elemento de particular destaque arquitectónico e significado ideológico, uma vez que sobre ele se situava o principal centro cívico.

O criptopórtico é formado por dois níveis sobrepostos de galerias abobadadas:


o piso superior desenvolve-se em função de duas galerias acopladas em forma de pi e unidas também transversalmente por um conjunto corrido de sete celas rectangulares que se abrem para o exterior ao longo da fachada principal, através de frestas de iluminação e ventilação;


o piso inferior circunscreve-se a uma galeria disposta transversalmente em relação a uma outra série de sete celas intactas – mas mais altas e espaçosas que as do piso superior – que comunicam entre si por passagens estreitas e abobadadas. As paredes interiores das galerias, pontuadas no piso superior por alguns lucernários e delineando a espaços pequenas exedras, são construídas por grandes silhares talhados em calcário local e assentes quase sempre a seco;
a argamassa, bastante consistente, encontra-se profusamente aplicada no enchimento das abóbadas que cobrem amplos espaços; os arcos dos vãos entre galerias são formados por aduelas ou por tijolos colocados em cunha; os pisos – empedrados após a escavação – estendiam-se térreos por todos os espaços interiores.



Os dois níveis de galerias comunicavam entre si através de dois lanços de escada situados em locais opostos, no lado ocidental do edifício, enquanto que o acesso do piso superior à área do forum ou ao exterior:



onde as duas ruas principais da cidade se cruzavam – se fazia por lanços de escada situados no quadrante sueste do edifício.

No seu conjunto, a estrutura do criptopórtico destaca-se, essencialmente, pela robustez da construção e pela sóbria elegância da articulação dos espaços com os níveis de circulação.

Os restantes lados da praça central do forum seriam rodeados por uma cintura porticada, comunicando com o exterior do edifício a nascente, através da porta de acesso principal ao forum, e abrindo-se totalmente para poente de modo a explorar, do ponto de vista cenográfico, as potencialidades da vasta paisagem marcada pelo curso do Mondego.
Aliás, a posição topográfica e a considerável altura que esta fachada atingiria, ultrapassando mesmo os 20 metros (cerca de 7 pisos!! ) – o que a tornou, seguramente, numa das fachadas romanas mais altas da Hispânia – constituíram desde logo dois factores que, conjugados, projectariam a imagem deste edifício à distância, assumindo-se na nova paisagem cultural que então se formava como um ponto de referência da nova ordem instituída.
A ideia de poder e solidez é, inequivocamente, a característica que mais impressionaria os viajantes quando, ao longe, o contemplavam ou quando o admiravam ao entrarem na cidade pelo lado ocidental.

Se seguissem este trajecto, que desde poente subia o morro em direcção ao forum, percorreriam uma das principais artérias da cidade – o decamanus maximus – que hoje ainda se reproduz de alguma forma no actual arruamento que se inicia na porta da Almedina, passa por Quebra-Costas e termina com a Rua Borges Carneiro, cruzando-se então com um outro importante eixo viário romano – o cardo maximus – que atravessava de norte a sul a cidade, num traçado aproximadamente rectilíneo que a Couraça dos Apóstolos perpetua.



Sob o decumanus e parte do criptopórtico, corria a principal conduta de esgoto da cidade em direcção ao rio (fig. 5), recolhendo as águas das chuvas, dos grandes edifícios públicos e das habitações.
Escavações recentes puseram a descoberto esgotos secundários ligados àquela cloaca maxima.
A dimensão do esgoto a oeste do Beco das Condeixeiras é suficiente para responder às descargas de um balneário ou de um quarteirão habitacional populoso.
É tentador imaginar que aí se situavam as termas públicas que, em regra, as cidades possuíam nas imediações do forum. A descoberta de um alinhamento de pilares, nesse local, sugere a existência de uma fachada porticada, solução que parece mais convincente do que um pórtico corrido ao longo do decumanus.

Junto ao forum haveria uma pequena praça com um fontenário, cujos vestígios ainda são visíveis:


Aeminium e a sua importância

A primeira referência desta cidade romana aparece no itinerário de Antonino situando- a a 10 milhas a Norte de Conímbriga. A inscrição (MNMC 150) encontrada em 1888, quando se procedia a obras numa casa da Couraça dos Apóstolos, uma rua da zona alta de Coimbra, confirma a localização:



Os atributos do imperador permitem datar esta lápide de 305-306 o que sugere que a benfeitoria concedida aos eminienses, por Constâncio Cloro, possa ter sido a construção da muralha que os acontecimentos políticos então ocorridos no Império romano, justificavam plenamente.

Urbanismo

A partir da localização do forum , construído sobre criptopórtico, do cardo maximus e do decumanus maximus , que se cruzavam no canto sudeste daquele edifício, propõe J. Alarcão uma parte substancial do que pode ter sido o urbanismo de Aeminium , seguindo o traçado subjacente às ruas mais antigas ainda em uso.
Adaptando-se ao relevo da colina, a malha urbana é ortogonal – como era norma nas cidades de origem romana – na zona oriental, e mais irregular e curvilínea, a noroeste, onde o declive é mais forte e acidentado.



A partir da localização do forum, construído sobre criptopórtico, do cardo maximus e do decumanus maximus , que se cruzavam no canto sudeste daquele edifício, propõe J. Alarcão uma parte substancial do que pode ter sido o urbanismo de Aeminium , seguindo o traçado subjacente às ruas mais antigas ainda em uso.

Provavelmente, o traçado da muralha medieval seguiu de muito perto a pré-existência romana. Não existe porém, investigação arqueológica suficiente para se poder dizer se há total coincidência das áreas muralhadas nas duas épocas; nada se conhece sobre a existência de uma muralha no Alto Império e, por comparação com outras cidades muralhadas no Baixo Império, seria razoável supor que a área de Aeminium protegida neste período fosse inferior à delimitada na Idade Média.Todavia, a conjugação de todos os dados conhecidos parece mostrar que tal não sucedeu, permitindo a proposta apresentada por J. Alarcão.O percurso da via Olisipo-Bracara proposto por V. Mantas é o mais verosímil quer pela orientação, face à ponte, quer pelo nível a que se encontravam esses terrenos, muito mais próximo do nível do porto fluvial.”



Abastecimento de água

A cidade possuía abundantes nascentes a Leste, nas proximidades da actual zona de Celas. Quando da fundação da cidade, estas águas eram conduzidas para o centro urbano através de um aqueduto. O que dele resta, conserva-se parcialmente na reconstrução do séc. XVI, devida ao rei D. Sebastião:



Teatro e anfiteatro

Além do aqueduto e do forum, sabe-se que o povoado viu emergir no seu perímetro urbano outros edifícios: arcos honoríficos e, para gáudio dos espectadores das corridas de cavalos, um circo.

Com base na interpretação de um fotograma aéreo de Coimbra, V. Mantas sugere a localização de um teatro romano junto da rua das Flores:




A vermelho o forum e a azul a localização do teatro

Posteriormente, J. Alarcão apresentou nova hipótese para este edifício sugerindo também o local onde poderá ter existido igualmente o anfiteatro

Também já ouvi que no local da actual Praça do Comércio teria sito o antigo Circo Romano, mas não encontrei quaisquer dados que o confirmassem

Residências

A malha urbana desenhava quarteirões (insulae) que podiam ser ocupados por um ou mais edifícios.
Em Aeminium apenas foram até hoje descobertos vestígios de duas residências (domus).
Sob o pátio da Universidade, conserva-se parcialmente uma domus , dotada de banho aquecido, cisterna e lagar:



Foi escavada em 2000-2001 e datada de meados do séc. I.
Outra residência foi localizada no Colégio da Trindade, próximo da primeira.

Uma grande perda: Arco de Belcouce

Belcouce significa “junto ao arco”.
Com efeito, sabe-se que no lugar da porta medieval, conhecida por este nome, existia um arco tetrapilo romano que a construção da porta transformou, reutilizando-o parcialmente.
Sobre ele existem referências literárias, dos sécs. XVI e XVII, que o descrevem como um arco triunfal, e apontamentos desenhados na gravura de Hoefnagel, publicada em 1572 por Georg Braun:



Cerca de 1636, D. Jerónimo Mascarenhas, bispo de Segóvia deixa uma descrição pormenorizada do conjunto que porta e arco fariam naquela data.
Um documento camarário de 1778 autoriza a destruição do arco, e provavelmente da porta, embora não a refira.


Conímbriga

Situada a pouco mais de 10 kms de Coimbra fica Conímbriga, a mais bem preservada cidade romana em território nacional.



Neste momento, a cidade estará menos de 1/3 descoberta:



mas também do que falta descobrir seriam principalmente casas e mais casas e manter a descoberto a cidade torna difícil de a proteger das intempéries e da erosão.

Como já foi referido, Conimbriga sofreu as consequências das invasões bárbaras. Em 465 e em 468 os Suevos capturaram e saquearam parcialmente a cidade, sendo esta parcialmente abandonada.
Mas quando os Romanos chegaram, na segunda metade do séc. I a.C., Conimbriga era um povoado florescente.
Graças à paz estabelecida na Lusitania operou-se uma rápida romanização da população indígena e Conimbriga tinha-se tornado numa próspera cidade.




Particularmente notável pela planta e pela riqueza dos mosaicos que a pavimentam, é a grande villa urbana com peristilo central, a Norte da via








Conímbriga é uma das raras cidades romanas que conserva a cintura de Muralhas, de planta aproximadamente triangular. O tramo Norte-Sul das muralhas divide a cidade em duas zonas.


Casa dos Repuxos

Mais fotos aqui


Informação retirada de:

http://www.revistatemalivre.com/encarnacao07.html
http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=308592
http://www.skyscrapercity.com/showth...8#post11000328
http://pt.wikipedia.org/wiki/Con%C3%ADmbriga
http://mnmachadodecastro.imc-ip.pt/p...entDetail.aspx
http://www1.ci.uc.pt/gfc/historia_coimbra.htm
http://www.ippar.pt/pls/dippar/pat_p...ode_pass=70173
http://www.ippar.pt/pls/dippar/pat_p...ode_pass=70317
http://www.skyscrapercity.com/showth...8#post18896728
http://mnmachadodecastro.imc-ip.pt/p...il.aspx?id=632
http://www.conimbriga.pt/portugues/ruinas.html
daniel322 no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old March 8th, 2008, 05:58 AM   #2
Lino
'tou na lua...
 
Lino's Avatar
 
Join Date: Oct 2007
Location: Coimbra
Posts: 28,987
Likes (Received): 1773

Fantástico, está uma reportagem digna de revista ou jornal!! Adoro as descrições, as imagens, tudo. Tenho que ver desse fontanário, onde é isso?
__________________
Coimbra tem mais encanto na hora da... chegada!
Briosa!
Lino no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 06:03 AM   #3
daniel322
Registered User
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 20,862
Likes (Received): 322


é na fachada oeste do criptopórtico.. na que vira para o rio. actualmente está tapado por causa das obras
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 06:15 AM   #4
Lino
'tou na lua...
 
Lino's Avatar
 
Join Date: Oct 2007
Location: Coimbra
Posts: 28,987
Likes (Received): 1773

Não fazia mesmo ideia... conheço o Criptopórtico, é sombrio mas vale muito a pena... é o que mais gosto no museu, porque depois tem faianças e peças religiosas...
__________________
Coimbra tem mais encanto na hora da... chegada!
Briosa!
Lino no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 08:23 AM   #5
Daniel_Portugal
I Love You... Soraia
 
Daniel_Portugal's Avatar
 
Join Date: Sep 2005
Location: PORTO Metro Area
Posts: 28,503
Likes (Received): 32

Boa reportagem e bom thread
__________________
pila
Daniel_Portugal no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 02:01 PM   #6
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,812
Likes (Received): 1293



Excelente daniel !

O Arpels vai-se passar!
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 02:23 PM   #7
pedrodepinto
Feliz 2014 ;)!
 
pedrodepinto's Avatar
 
Join Date: Nov 2006
Location: Lisbon
Posts: 29,324
Likes (Received): 298

Excelente trabalho, estás de parabéns !
pedrodepinto no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 02:46 PM   #8
Sesnando
Registered User
 
Join Date: Feb 2008
Posts: 1,392
Likes (Received): 3

Parabéns Daniel. Por acaso não sabes onde ficava exactamente o Arco de Belcouce na actual cidade?
Sesnando no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 03:34 PM   #9
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,812
Likes (Received): 1293

Como seria o nome Aeminium hoje em dia?

Se não fosse o Bispo, Coimbra hoje chamava-se Âmnio?
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 03:45 PM   #10
fernao
Registered User
 
fernao's Avatar
 
Join Date: May 2006
Location: Coimbra
Posts: 2,673
Likes (Received): 14

Grande thread Daniel!

Quote:
Originally Posted by Barragon View Post
Como seria o nome Aeminium hoje em dia?

Se não fosse o Bispo, Coimbra hoje chamava-se Âmnio?
"ae" lê-se "é"... provavelmente se Conímbriga tivesse resistido à destruição dos Suevos, Coimbra chamar-se-ia Émino e seria uma pequena vila do norte da Àrea Metropolitana de Condeixa
fernao no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 03:52 PM   #11
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,812
Likes (Received): 1293

Amino ficava melhor
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 04:29 PM   #12
daniel322
Registered User
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 20,862
Likes (Received): 322

Quote:
Originally Posted by Barragon View Post
O Arpels vai-se passar!
acredito que sim, por acaso até utilizei um tópico dele na elaboração deste
Quote:
Originally Posted by Sesnando View Post
Parabéns Daniel. Por acaso não sabes onde ficava exactamente o Arco de Belcouce na actual cidade?
na actual cidade não sei ao certo.. nestas imagens dá para perceber a localização da altura: (logo acima da ponte)


fonte


fonte
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 04:55 PM   #13
Lino
'tou na lua...
 
Lino's Avatar
 
Join Date: Oct 2007
Location: Coimbra
Posts: 28,987
Likes (Received): 1773

Parece ser ali algures para os lados da Torre de Almedina, ou analisando melhor talvez mais para os lados do Governo Civil...
__________________
Coimbra tem mais encanto na hora da... chegada!
Briosa!
Lino no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 05:37 PM   #14
daniel322
Registered User
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 20,862
Likes (Received): 322

Seria na zona onde está o Governo Civil:
Quote:
O edifício [do Gov. Civil] foi construído sobre a base da antiga torre de Belcouce, que fizera parte da muralha Coimbrã, e dos muros desta, ainda hoje perfeitamente identificáveis. Dois outros elementos, seriam também aproveitados e recuperados, o portal barroco que havia pertencido ao antigo colégio, foi colocado na entrada da pequena capela particular (paredes meias com a igreja do colégio - única construção que dele resta), também seriam recuperados os claustros , ou o que deles escapou ao incêndio.
fonte
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 07:36 PM   #15
djou23
Registered User
 
djou23's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Location: Coimbra
Posts: 4,229
Likes (Received): 63

excelente trabalho daniel, como sempre! dá vontade de demolir tudo e escavar, escavar...
djou23 no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 09:30 PM   #16
daniel322
Registered User
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 20,862
Likes (Received): 322

Quote:
Originally Posted by djou23 View Post
dá vontade de demolir tudo e escavar, escavar...
não podemos voltar a cometer os mesmos erros:
Quote:
Originally Posted by JohnnyMass View Post
A Alta nos finais dos anos 40, o edifício em construção é a Faculdade de Letras
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 09:56 PM   #17
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,812
Likes (Received): 1293

Onde anda esse thread daniel
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 10:02 PM   #18
daniel322
Registered User
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 20,862
Likes (Received): 322

É só seguires o quote do post do JohnnyMass

http://www.skyscrapercity.com/showth...66#post4962666
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old March 8th, 2008, 11:03 PM   #19
Viriatox
Geógrafo
 
Viriatox's Avatar
 
Join Date: Feb 2005
Posts: 2,048
Likes (Received): 38

Que horror de imagem quando comparado com o que existe actualmente. Destruir meia cidade antiga para fazer aquela aberração, sera que não havia espaço em qualquer outro lugar!?

Viriatox no está en línea   Reply With Quote
Old March 9th, 2008, 07:05 AM   #20
daniel322
Registered User
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 20,862
Likes (Received): 322

Quote:
Originally Posted by Viriatox View Post
sera que não havia espaço em qualquer outro lugar!?
o que não faltava na cidade naquela altura era espaço.. o que fizeram foi um crime
daniel322 no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
coimbra

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 06:46 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu