daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Lisboa > Projectos



Reply

 
Thread Tools
Old December 9th, 2007, 12:24 AM   #1
fidalgo
the mitty
 
fidalgo's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Setuþalmela
Posts: 5,639
Likes (Received): 4448

Projectos e Notícias de SETÚBAL

Forum Luísa Todi
Capacidade -
Conclusão prevista - 2010?






Futuro restaurante bar de apoio á praia de Galapos
Conclusão - 2010?








Centro Comercial Allegro Setúbal









Nova Setúbal
























Forum Setúbal
Inicio de construção - 2011?




























Expansão Bairro Santos Nicolau





centro logístico Decathlon




Nova escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal








Estação intermodal de Setúbal




Estádio Municipal - Vitória Futebol Clube
capacidade - 15 000 espectadores
inicio de construção - 2011?







_________________________________________________________


Praia da Saúde:

CM Setúbal

Casa da Cultura:


Jornal Municipal de Setúbal

Last edited by fidalgo; January 7th, 2012 at 05:11 PM.
fidalgo está en línea ahora   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old August 7th, 2008, 01:52 AM   #2
NewTomorrow
BANNED
 
Join Date: Dec 2007
Posts: 9,285
Likes (Received): 4

Projectos e Notícias de SETÚBAL

Alguem sabe alguma coisa sobre este Mega Empreendimento em Setubal, que deu hoje em todos os Telejornais

Parece que vai ter um Centro Comercial, Zona de Habitação e ainda o Complexo Desportivo da Camara de Setubal que engloba o novo estadio do Vitoria de Setubal


fica aqui um Video

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php...308556&tema=30
NewTomorrow no está en línea   Reply With Quote
Old August 7th, 2008, 01:53 AM   #3
NewTomorrow
BANNED
 
Join Date: Dec 2007
Posts: 9,285
Likes (Received): 4

Apresentação do projecto do novo estádio do Vitória de Setúbal
Publicado: 2008-02-20 20:34:05 | Actualizado: 2008-02-20 20:34:05
Por: Carlos Silva



Realiza-se, esta quinta-feira, a apresentação informal do projecto do novo estádio do Vitória de Setúbal, nos Paços do Concelho

O novo estádio do Vitória de Setúbal, que terá capacidade para 15.000 espectadores, vai ser totalmente coberto e deverá custar cerca de 12 milhões de euros, disse à Agência Lusa o presidente do clube, Carlos Costa, que adiantou que a apresentação do projecto, na autarquia, terá lugar quinta-feira, 21, às 11h.

"É um estádio austero, construído com peças pré-fabricadas e que privilegia a funcionalidade e os equipamentos em detrimento do luxo", disse Carlos Costa, assegurando que a nova infra-estrutura desportiva terá todos os requisitos necessários para acolher jogos da UEFA e da FIFA.

A construção do novo estádio municipal - que a autarquia se comprometeu a ceder ao clube do Bonfim - foi uma das contrapartidas oferecidas pelo grupo Pluripar pela viabilização do Plano de Pormenor do Vale da Rosa, que abre caminho a uma urbanização com mais de sete mil fogos, na zona oriental de Setúbal.
NewTomorrow no está en línea   Reply With Quote
Old August 7th, 2008, 11:32 PM   #4
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,827
Likes (Received): 1295

é o chamado Projecto do Vale da Rosa... mas ainda há muita polémica....

Acho que existe já um thread para o bicho.
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old August 8th, 2008, 02:37 AM   #5
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,827
Likes (Received): 1295

No www.rostos.pt

1200 sobreiros em risco de destruição pela mega-urbanização - Nova Setúbal
Quercus interpõe Providência Cautelar


A Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza interpôs no passado dia 25 de Julho junto do Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa uma providência cautelar para evitar o abate de mil e duzentos sobreiros localizados na área da projectada mega-urbanização denominada Nova Setúbal, a Sul da Estrada Nacional 10 entre a saída de Setúbal e Vale da Rosa no sentido Setúbal-Algarve.

Esta urbanização foi objecto de um Plano de Pormenor aprovado em Assembleia Municipal em 21 de Abril de 2004 e publicado recentemente no Diário da República através do Edital n.º 199/2008, a 3 de Março de 2008. Entretanto foi requerido o abate dos sobreiros na área abrangidas pelo referido plano em que grande parte corresponde à construção de um grande centro comercial. A Quercus pretende desta forma manter o cumprimento da legalidade com a salvaguarda do povoamento protegido de sobreiros e continuar a denunciar o conjunto de circunstâncias que têm permitido o sucessivo ultrapassar do quadro legislativo por parte de diversas entidades.


Enquadramento

A Câmara Municipal de Setúbal (CMS) em associação com a PLURIPAR e outros empreendedores promoveu nos últimos anos o desenvolvimento de um Plano de Pormenor que envolve a viabilização de uma mega-urbanização, de cerca de 7.500 apartamentos, para cerca de trinta mil habitantes, a nascente da cidade de Setúbal, vulgarmente conhecida por “Nova Setúbal”.

A 20.02.2000 a Câmara Municipal de Setúbal (CMS) deliberou mandar elaborar o Plano de Pormenor do Vale da Rosa e Zona Oriental de Setúbal I (PPVRZOSI), numa área com mais de 125 ha, junto da EN 10 entre Alto do Guerra e o Vale da Rosa a Leste da cidade de Setúbal.

Para viabilização deste projecto previsto no PPVRZOSI, os então Ministros da Agricultura, Capoulas Santos, e do Ambiente, José Sócrates, emitiram o Despacho Conjunto n.º 1051/2001 de 3 de Dezembro em 2001, a declarar a imprescindível utilidade pública do Plano de Pormenor, o qual só veio a ser aprovado este ano, para permitir o abate de cerca de 700 sobreiros em povoamento protegidos legalmente. Este Despacho é nulo, dado que não foi efectuada a Avaliação de Impacte Ambiental do projecto, nem avaliadas as alternativas de localização existentes.

A Quercus considera flagrante o atropelo à legislação de protecção do sobreiro, nomeadamente a atribuição de utilidade pública a um Plano de Pormenor à data inexistente (publicada por coincidência quinze dias antes das eleições autárquicas), isto após solicitação do então presidente da Câmara Municipal de Setúbal, sendo a principal justificação da iniciativa o facto de no Plano de Pormenor estar integrada a construção de um estádio municipal a financiar indirectamente pelas urbanizações a desenvolver e cuja gestão seria adjudicada ao Vitória Futebol Clube.

Após alterações à proposta do referido Plano de Pormenor, o mesmo foi aprovado em sessão extraordinária da Assembleia Municipal em 21.04.2004, tendo a ex-Direcção Regional de Ambiente e Ordenamento do Território de Lisboa e Vale do Tejo efectuado proposta de ratificação parcial do PPVRZOSI, em 18.05.2004.

Inicialmente estava previsto o abate de 1700 sobreiros no total, dos quais apenas 700 foram considerados como povoamento; recentemente o promotor, veio requerer o abate de 1192 sobreiros, considerando apenas 577 em povoamento e 615 dispersos.

Nos termos da alínea a) do n.º 2 do artigo 2º do Decreto Lei n.º 169/2001, de 25 de Maio, o qual restringe as autorizações para corte ou arranque em povoamentos de sobreiros e azinheiras, só é permitida a conversão de área de povoamento de sobreiros quando seja visada a realização de empreendimentos de imprescindível utilidade pública.

Deve-se limitar exclusivamente aos “bens colectivos” (estradas, hospitais, escolas, entre outros) e não a áreas para instalação de equipamentos de natureza privada (urbanização e centro comercial, nomeadamente), que visem apenas indirectamente viabilizar equipamentos colectivos (como o caso do estádio de futebol, objectivo político que desde o início tem sido a motivação para a aprovação do Plano de Pormenor).


As iniciativas da Quercus

Preocupados com a forma pouco clara como este projecto foi sendo concebido e ainda com os seus óbvios impactes negativos para o concelho, quer na vertente urbana, social e ambiental, quer na vertente financeira, a Quercus e um Grupo de Cidadãos de Setúbal formularam, em 2003, um pedido de inspecção/fiscalização dirigido ao Ministro do Ambiente e à IGAT (Inspecção Geral do Território). A Quercus recorreu também ao Tribunal Administrativo e Fiscal de Almada devido à necessidade de revogar o Despacho Conjunto referido. Em 2004 uma resolução do Tribunal de Contas mencionando o processo em causa dava razão e até ampliava as preocupações da Quercus. Exceptuando o relatório do Tribunal de Contas, infelizmente as outras iniciativas não tiveram até agora qualquer resposta.

A Quercus continua a considerar fundamental a revogação de uma decisão governamental, em nosso entender ilegal - o Despacho Conjunto nº 1051/2001 de 3 de Dezembro dos então Ministros da Agricultura, Capoulas Santos, e do Ambiente José Sócrates - que declarou a imprescindível utilidade pública do Plano de Pormenor referido, invocando a necessidade de urbanizar toda a área, abatendo 700 sobreiros para viabilizar a construção de um estádio de futebol, que apenas abrange uma pequeníssima fracção da área do Plano, e onde não existe nenhum povoamento de sobreiros, configurando uma decisão sobre a qual não há memória no nosso País.

Porém, a urgência da preservação dos cerca de 1200 sobreiros e a defesa de um modelo de ordenamento do território que não contempla uma expansão urbana desta dimensão e com a natureza prevista no Plano de Pormenor, obrigou a Quercus a interpor a providência cautelar para evitar o corte das árvores agora previsto.


De uma forma geral e em síntese, as objecções da Quercus ao Plano de Pormenor são motivadas pelo seguinte:

Razões políticas e de ordenamento do território

- Não tem sentido em termos de ordenamento do território e numa lógica de desenvolvimento sustentável um crescimento periférico tão elevado (de cerca de 30%) da cidade de Setúbal, cujo centro histórico se encontra cada vez mais abandonado e inseguro; é certo que uma eventual expansão da cidade se deverá fazer para Este, mas não com esta dimensão;

- A área em causa tem características paisagísticas únicas, nomeadamente a presença de importantes manchas de sobreiros, que não merecem ser destruídas com investimento mobiliário e comercial que ampliará ainda mais as dificuldades de mobilidade e a lógica de consumo que se deveria reduzir do ponto de vista ambiental, social e económico na sociedade portuguesa;

- A autarquia encontra-se com enormes dificuldades financeiras e o Plano de Pormenor implica gastos muito consideráveis para o seu orçamento no médio/longo prazo;

- O Plano de Pormenor, como explicado, tem implicações muito mais penalizantes para o Estado por comparação com o financiamento privado;

- Existe todo um conjunto de relações, decisões e negócios associados a este Plano de Pormenor que não deve ser esquecido e que nos parece pouco transparente.


Razões legais

- A atribuição de utilidade pública a todo o Plano de Pormenor e não apenas a determinados empreendimentos em causa não é considerada legal, nomeadamente porque um Despacho Conjunto ultrapassa a fundamentação do Decreto-Lei relativo à protecção dos sobreiros;

- O Tribunal de Contas tem de se pronunciar previamente sobre os contratos subjacentes ao Plano de Pormenor e, que tenhamos conhecimento, até agora não o fez.
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old August 8th, 2008, 02:39 AM   #6
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,827
Likes (Received): 1295

No Público

Associação ambientalista Quercus contesta urbanização em Setúbal que levará ao abate de mais de mil sobreiros

07.08.2008

Projecto imobiliário para 30 mil habitantes alvo de providência cautelar para tentar preservar área de montado de sobro ameaçado

A Quercus considerou ontem que o abate de 1200 sobreiros para se construir a urbanização Nova Setúbal, em Vale da Rosa, é um "atropelo flagrante" à lei. Para Susana Fonseca, vice--presidente da associação ambientalista, o cumprimento das normas deve ser "para todos e não pode ser manobrado por alguns".

A acção de protesto decorreu onde o promotor imobiliário Pluripar pretende construir uma mega-urbanização composta por 7500 apartamentos, para 30 mil habitantes. Susana Fonseca defendeu que o projecto, acompanhado pela Quercus desde 2001, "deveria ter sido sujeito a um estudo de impacte ambiental", uma vez que a legislação em vigor obriga "à avaliação de alternativas, bem como a desafectação de uso de solo agrícola numa área superior a 50 hectares".

A associação interpôs, em Julho, uma providência cautelar no Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa, para "prevenir um mal maior e tentar impedir o abate dos 1200 sobreiros, que constituem uma perda ambiental significativa". Em causa está uma espécie protegida, "imprescindível para a utilidade pública".

A ambientalista sublinha que o projecto que visa a construção do futuro estádio do Vitória de Setúbal, assim como uma área habitacional e outra comercial, não faz sentido em termos de ordenamento do território, uma vez que prevê a concentração de "cerca de 30 por cento da população actual do concelho de Setúbal". Inicialmente estava previsto o abate de 1700 sobreiros, dos quais apenas 700 foram considerados como povoamento. Em Maio deste ano, a Pluripar requereu o abate de 1192 sobreiros, por considerar que apenas 577 eram considerados povoamento e 615 dispersos.

Para a presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, tratou-
-se de "uma intervenção extemporânea" da Quercus, pois "fala-se apenas da questão do Plano de Pormenor do Vale da Rosa". A autarca lembrou que o plano foi aprovado em 2001, tendo sido alterado em 2004 e em Março deste ano "viu a sua aprovação definitiva".

"O Plano de Pormenor foi amplamente divulgado e em relação aos sobreiros desde sempre afirmámos que seriam deslocalizados para o concelho de Palmela, mais concretamente para Rio Frio", sublinhou Dores Meira. A autarca estranha "só agora a Quercus ter decidido interpor uma providência cautelar, quando tem conhecimento da decisão desde Março", e adiantou que ainda não entrou na câmara qualquer projecto do futuro estádio do Vitória, mas já lhe foi "apresentado um esboço".

O clube espera pela viabilização do projecto para resolver a situação financeira, pois os terrenos do Bonfim serão valorizados com a construção de um complexo habitacional, área comercial, escritório e um hotel. Dores Meira revelou que os acessos ao estádio do Vitória, em Vale da Rosa, devem ficar concluídos em Outubro, prevendo-se a inauguração do novo recinto pelos 100 anos do clube, em 2010.
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old August 8th, 2008, 07:00 PM   #7
Arpels
Αλέξανδρος
 
Arpels's Avatar
 
Join Date: Aug 2004
Location: Guarda/Barreiro
Posts: 53,003
Likes (Received): 118

ainda um dia destes estavam a dar nas noticias uma acção intreposta pela Quercus por causa dos sobreiros, já existe algures um thread sim
Arpels no está en línea   Reply With Quote
Old September 18th, 2008, 05:57 PM   #8
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,910
Likes (Received): 6

praia da saúde setúbal

image hosted on flickr

praia vai despor de hotel e novo areal e os estaleiros vam mudar de zona

Last edited by Wolf2009; September 18th, 2008 at 06:03 PM.
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old September 18th, 2008, 07:51 PM   #9
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,827
Likes (Received): 1295

Já existia aí um thread sobre o parque Urbano de Albarquel...
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old September 18th, 2008, 08:19 PM   #10
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,910
Likes (Received): 6

Quote:
Originally Posted by Barragon View Post
Já existia aí um thread sobre o parque Urbano de Albarquel...
mas isto é na naquela zona mas não tem haver com o parque urbano tem haver com uma praia ke se vai tronar oficial e renovada.
sou mais uma coisa tu tens algumas fotos sobre aquele barco tipo cacilheiro ke aparece na foto é ke so falta um post naquela zonas ke eu fiz sobre antigos ferries de setúbal e é sobre essas duas embarcações tipo cailheiro.
se tiveres haviza
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old September 18th, 2008, 08:30 PM   #11
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,827
Likes (Received): 1295

Apanhei neste thread:

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=657954

É o bicho no cais
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old September 18th, 2008, 08:42 PM   #12
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,910
Likes (Received): 6

Quote:
Originally Posted by Barragon View Post
Apanhei neste thread:

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=657954

É o bicho no cais
tesns outra imagem por acaso sabias o nome dos barcos
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old September 18th, 2008, 08:44 PM   #13
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,827
Likes (Received): 1295

não não
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old September 18th, 2008, 08:59 PM   #14
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,910
Likes (Received): 6

Quote:
Originally Posted by Barragon View Post
não não
obriagado na mesma ainda lembro os tempos em que andava naqueles barcos parecia que tava em cacilhas pena patrimonio da cidade a ser devalorizado num areal de uma praia
Já sabes o ke vai acontecer aos velhos ferries acho ke eram uma boa aquisição pra transtejo em vez de gastar mais dinheiro novos visto ke eles transportam o dobro das viaturas ke novos ferries, ke a empresa vai comprar, era remotorizar e pintar.
aliás eles nem precisam comprar ferries com potencia de uma catamarã pois os ferries vam voltar ao cais de sodré e não se justifica essa compra um antigo ferry de setúbal leva 15 minutos de cacilhas ao cais do sodre a distancia de troia a setúbal é dobro ele fazia em meia hora
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old September 18th, 2008, 11:42 PM   #15
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 82,827
Likes (Received): 1295

Só se os enviarem para um país que necessite... tipo Cabo Verde... Angola.. ou então para a Argentina

De qualquer forma o serviço de passageiros também irá ser realizado entre setúbal e Troia por um novo katamarã só para passageiros (pelo menos foi o que vi numa notícia noutro thread )
__________________
::: Portuguese Forum :::

The Latest Photo Reports: Região de Lisboa :: Alentejo

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Old September 19th, 2008, 12:11 PM   #16
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,910
Likes (Received): 6

Quote:
Originally Posted by Barragon View Post
Só se os enviarem para um país que necessite... tipo Cabo Verde... Angola.. ou então para a Argentina

De qualquer forma o serviço de passageiros também irá ser realizado entre setúbal e Troia por um novo katamarã só para passageiros (pelo menos foi o que vi numa notícia noutro thread )
dois catmarãs e não um
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old September 19th, 2008, 03:25 PM   #17
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,910
Likes (Received): 6

novo hospital da santa casa em azeitão

o terreno é simplesmente enorme fica na zona do bairro social da brejoeira em brejos de azeitão.
vai ter as condições ke o antigo tinha a uns anos.

Last edited by Wolf2009; September 19th, 2008 at 04:07 PM.
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old September 19th, 2008, 03:31 PM   #18
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,910
Likes (Received): 6

Azeitão - Um conceito moderno e arejado de saúde
.
A Santa Casa da Misericórdia de Azeitão está a construir uma nova unidade hospitalar. Com um orçamento que rondará os quinze milhões de euros, a nova valência vai integrar cuidados continuados e paliativos, assim como residências assistidas.

A nova valência, que vai receber o nome de Hospital Nossa Senhora da Arrábida, deverá estar concluída dentro dois anos. Quanto à sua capacidade, deverá contar uma centena de camas destinadas à Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, mas com capacidade para chegar às 140, explicou o provedor Jorge de Carvalho, em declarações ao VM.

Com mais de 30 mil metros quadrados de área, o terreno irá ainda acolher 94 suites em regime de residência assistida. Para Jorge de Carvalho, trata-se de criar condições para que pessoas com mais de 65 anos possam manter a sua autonomia e actividade, mas com a segurança e o conforto que uma residência daquele género pode proporcionar.

“As pessoas estão cada vez mais desejosas de se manterem socialmente activas. Querem manter a sua independência, mas com a segurança do apoio de saúde imediato”.

O projecto inclui ainda um conjunto de serviços destinados ao público em geral: consultas externas de várias especialidades, fisioterapia, serviços de enfermagem, assim como ginásio, sauna, banho turco e áreas comercias. “Enfim, um conceito moderno e arejado de saúde”, referiu o provedor.

A construção do novo hospital está sob a responsabilidade do Grupo Visabeira.


Cuidados paliativos

“São os mais excluídos da sociedade, têm doenças sem cura que a medicina não pode cuidar. Perderam a dignidade, mas alguém precisa cuidar deles”. Para o provedor da Misericórdia de Azeitão, é para essas pessoas que existe o serviço de apoio domiciliário em cuidados paliativos da instituição.

“Funcionamos 365 dias por anos, 24 horas dia”, afirmou Jorge de Carvalho, lembrando que a doentes terminais “não se pode dizer hoje é sábado e não se vai lá”.

A equipa do apoio domiciliário é composta por três médicos, quatro enfermeiros, um assistente social, um fisioterapeuta e um psicólogo, além dos serviços administrativos.

“A formação específica para esta área é dada pela própria Santa Casa”, concluiu.

A Misericórdia de Azeitão tem ainda um serviço de call center a funcionar. “A solidão é um problema e os utentes deste serviço podem contactar-nos a qualquer momento, sempre que precisam”.

“Aqueles que não têm posses não pagam nada, mas as pessoas com mais meios financeiros pagam um valor simbólico pelo serviço”, referiu o provedor.

A Santa Casa de Azeitão tem ainda apoio domiciliário integrado e centro de dia, além de consultas externas de diversas especialidades, como psicologia clínica, cirurgia geral, ginecologia, otorrinolaringologia, cardiologia, dermatologia, ortopedia, análises clínicas, enfermagem e electrocardiogramas.

Apoio a doentes terminais

A Santa Casa da Misericórdia de Azeitão tem sido galardoada pelo serviço prestado a doentes terminais. O mais recente foi entregue pelo Presidente da República, durante as comemorações do Dia de Portugal em Setúbal, em 2007.

“A Misericórdia de Azeitão foi galardoada, mas o mérito é de todas as Santas Casas que desenvolvem projectos em benefício da população portuguesa”, afirmou o provedor Jorge de Carvalho.

Além da homenagem prestada por Cavaco Silva, a Santa Casa de Azeitão já recebeu o Prémio Verdades Faria, da Misericórdia de Lisboa, e o Prémio Fundação Calouste Gulbenkian.

fonte: http://www.agencia.ecclesia.pt/pub/1...oticiaid=60250
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old September 19th, 2008, 03:49 PM   #19
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,910
Likes (Received): 6

bombeiros sapadores mais perto da arrábida

edit

Last edited by Wolf2009; August 13th, 2010 at 07:29 PM.
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote
Old September 19th, 2008, 04:00 PM   #20
Wolf2009
Lobito for friends
 
Wolf2009's Avatar
 
Join Date: Jun 2008
Location: Vila Nogueira de Azeitão
Posts: 10,910
Likes (Received): 6

lidl

lidl pretende instalar supermercado em azeitão e ampliar complexo das piscinas de azeitão

Lidl” disponibiliza-se para oferecer obras de ampliação do complexo das piscinas
A “Lidl & Companhia” disponibilizou-se junto do município a entregar um equipamento, em benefício da população de Azeitão. A Câmara indicou a beneficiação/ampliação das piscinas da freguesia de S. Lourenço.

As piscinas de Azeitão, equipamento desportivo construído há uma década, vão agora ser alvo de obras de beneficiação e ampliação, nomeadamente com a inclusão de um pequeno solário, aumento do número de piscinas, alargamento do actual ginásio, criação de nova área de ginásio e criação de novos balneários.

Estas serão obras a suportar pela “Lidl & Companhia”, no montante total estipulado em 580 mil euros, na sequência da proposta “aceitação de imóvel a edificar” aprovada por maioria na sessão pública camarária de anteontem.

A proposta camarária salienta que a “Lidl” tem sido um “agente económico no município pela promoção de processos administrativos de licenciamento com vista à instalação de estabelecimentos de venda de produtos alimentares”, e que a Lidl tem sido também “no âmbito de políticas internas, parte activa no apoio ao reforço e infra-estruturas colectivas.”

Segundo consta no protocolo a celebrar entre estes e o terceiro parceiro - a Comprojecto - a Lidl tem em curso o licenciamento de um novo estabelecimento em Azeitão, tendo sido o Município abordado para a possibilidade de aceitação de um equipamento colectivo para satisfazer necessidades da comunidade local. A Lidl definiu o limite financeiro total de 580 mil euros, suportando igualmente o IVA.

A Comprojecto, salienta o documento, “assumirá a elaboração dos projectos, a empreitada das obras e executará os respectivos projectos, após aceites pelo Município,” sendo esta empresa “assessorada e fiscalizada por equipas designadas pela autarquia.”

Quando a presidente Maria das Dores Meira apresentou, anteontem, esta proposta na sessão camarária justificou que, sendo Azeitão o local do imóvel a edificar, “indicámos as piscinas, que precisam de ampliação particularmente para também servir os mais pequenos,” sugestão que, disse, “foi aceite pela Lidl”. A edil reforçou ser uma prática da “Lidl & Companhia” a construção de equipamentos públicos em locais onde esta cadeia do ramo alimentar se encontra implementada.

A oposição camarária (PSD e PS) lançou bastantes perguntas sobre aspectos de legalidade desta aceitação, face ao Tribunal de Contas. A jurista da Câmara que acompanhou todo este processo forneceu explicações nesta sessão, dando conta da “total legalidade” do mesmo.


DÚVIDAS Ainda assim, e alegando dúvidas, a bancada socialista absteve-se na hora da aprovação da proposta, mas já a bancada social-democrata, por intermédio de Paulo Calado, leu uma declaração de voto, justificando o voto contra do seu partido. “Não votamos contra pela finalidade desta obra, mas sim pela duvidosa interpretação da proposta, não vá estarmos perante uma obra com especificações de obra pública,” defendeu o vereador do PSD.

fonte: http://www.osetubalense.pt/noticia.a...Action=noticia
Wolf2009 no está en línea   Reply With Quote


Reply

Tags
projectos, santo antónio, setubal, urbanização

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 08:59 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu