daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Regionais > Centro - Oeste > Notícias da Região

Reply
 
Thread Tools
Old July 24th, 2008, 02:14 AM   #1
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 11,515
Likes (Received): 1298

[Três Lagoas/MS] Siderúrgica investirá US$450 milhões, gerando 3.000 empregos. Obras empregarão 7.000

Siderúrgica começa a operar em 2011; investimento é de US$ 450 mi

A Sico (Siderúrgica Centro-Oeste Ltda) deve entrar em operação em Três Lagoas em julho de 2011.O anúncio foi feito na manhã de hoje ao governador André Puccinelli (PMDB) por diretores da empresa quando foi apresentado o projeto de implantação do empreendimento. No total, serão investidos US$ 450 milhões no projeto.

Com a chegada da usina de Três Lagoas, Mato Grosso do Sul terá três indústrias na área da siderurgia, a MMX, em Corumbá, e a Vetorial, em Campo Grande. De acordo com Sérgio, a unidade industrial de Três Lagoas irá produzir ferro-gusa, vergalhões de aço e fio-máquina.

Uma área de 3,6 quilômetros quadrados da Fazenda Paraíso, situada a 18 quilômetros da cidade de Três Lagoas, já foi adquirida pela Sico.

As obras de construção começam no próximo ano, quando a Sico já terá o licenciamento prévio, emitido pela Semac (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia).

Está prevista a produção de um milhão de toneladas/ano de aço líquido, mas, na primeira fase, que começa em 2011, a produção será de 550 mil toneladas/ano destinada essencialmente ao setor de construção civil.

Atualmente, a Sico está na fase de contratação de empresa de engenharia básica e iniciando o contato com fornecedores para a compra de equipamentos necessários até o final deste ano.

Entre os benefícios apresentados com a instalação da usina, em Três Lagoas, está a geração de mil empregos diretos e dois mil indiretos.

No pico das obras, estarão trabalhando cerca de sete mil operários. “Para permitir a contratação de mão-de-obra local, pretendemos realizar alguns cursos de treinamento do pessoal da comunidade local na usina”, ressalta o vice-presidente da Sico.

Também participaram da reunião o secretário da Semac, Carlos Alberto Menezes; o secretário-adjunto da Sefaz (Secretaria estadual de Fazenda ), Gilberto Cavalcante, e o secretário-adjunto da Secretaria estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo, Paulo Engel; o presidente da Sico, Alexandre Grendene Bartelle; além de outros diretores da empresa.

“Aqui é uma região estratégica, no Centro do País e próxima ao mercado de São Paulo. Estamos confiantes que com o apoio do governador André Puccinelli e da prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet, vamos conseguir atingir nosso objetivo em três anos”, afirma o vice-presidente da Sico, Sérgio de Moraes.

http://www.midiamax.com/view.php?mat_id=335857


--------------


A reportagem só esquece de dizer que além da MMX (de Eike Batista, em Corumbá) e Vetorial (antiga Sideruna, em Campo Grande), outra siderurgica está em construção: a Fergosul (com mais que 10x a capacidade da Vetorial), em Campo Grande.

Last edited by CampoGrandense; July 24th, 2008 at 02:23 AM.
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old July 24th, 2008, 02:24 AM   #2
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 11,515
Likes (Received): 1298

Quote:
Comparativo Sideruna x Fergosul:

- Investimento:
Sideruna: R$200 milhões p/ instalação (mais R$25 milhões para expansão em 7 anos)
Fergosul: R$240 milhões em 5 anos

- Produção:
Sideruna: 10.000 t de ferro gusa por mês (chegando a 40.000 t após a construção de mais 3 fornos)
Fergosul: 200.000 t de ferro gusa por mês (passando a 400.000 t de ferro gusa por mês na 2ª etapa, prevendo numa 3ª etapa a produção de 400.000 t de aço laminado por mês)

- Empregos gerados:
Sideruna: 120 empregos diretos (chegando a 300 após a expansão)
Fergosul: 2.000 empregos diretos (contanto as 3 etapas: 500 na 1ª, 500 na 2ª e 1.000 na 3ª)


Até a data da inauguração, toda a produção da Sideruna até maio de 2011 já estava vendida.
A tecnologia utilizada na planta da Fergosul reaproveitará os gases emitidos para a produção de energia, sem produção de resíduos sólidos ou líquidos.
Agora tô louco pra ver os dados dessa de 3L. Com certeza vai deixar a Fergosul no chinelo. Quase o triplo do investimento dela...
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote
Old July 24th, 2008, 03:11 AM   #3
danieldefranca
Registered User
 
Join Date: Sep 2007
Posts: 2,367
Likes (Received): 40

ainda bem que a reportagem explica a quantidade de empregos, quando li o titulo ja pensei " esta siderurgica vai quebrar antes de um ano"
danieldefranca no está en línea   Reply With Quote
Old July 24th, 2008, 03:39 AM   #4
Araçatubeiner
BANNED
 
Join Date: Feb 2008
Posts: 256
Likes (Received): 0

Junte-se a isso a fábrica de celulose na mesma Três Lagoas... esperemos que o governo do estado do Mato Grosso do Sul aproveite a receita gerada por essas empresas para combater o analfabetismo no estado.

Me lembro de ter lido uma reportagem na Folha de São Paulo que mostrava o estado do Mato Grosso do Sul como o estado com um número de eleitores analfabetos maior do que o de universitários, uma vergonha.

Mato Grosso do Sul tem mais eleitores analfabetos do que com curso superior

Araçatubeiner no está en línea   Reply With Quote
Old July 24th, 2008, 02:20 PM   #5
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 11,515
Likes (Received): 1298

Quote:
Originally Posted by Araçatubeiner View Post
Junte-se a isso a fábrica de celulose na mesma Três Lagoas... esperemos que o governo do estado do Mato Grosso do Sul aproveite a receita gerada por essas empresas para combater o analfabetismo no estado.

Me lembro de ter lido uma reportagem na Folha de São Paulo que mostrava o estado do Mato Grosso do Sul como o estado com um número de eleitores analfabetos maior do que o de universitários, uma vergonha.

Mato Grosso do Sul tem mais eleitores analfabetos do que com curso superior

Alguém desinformado que lê a notícia pode achar que a taxa de analfabetismo no Estado é altíssima, quando na verdade está abaixo de Estados maiores e mais ricos (p.ex: Minas, Goiás).

Quote:
Taxa de analfabetismo (15a e+) segundo Unidade da Federação
Período: 2005
Unidade da Federação Taxa de analfabetismo (15a e+)

Rondônia 9,98
Acre 21,14
Amazonas 6,70
Roraima 12,20
Pará 12,71
Amapá 7,23
Tocantins 16,30
Maranhão 23,00
Piauí 27,37
Ceará 22,59
Rio Grande do Norte 21,47
Paraíba 25,21
Pernambuco 20,47
Alagoas 29,26
Sergipe 19,67
Bahia 18,78
Minas Gerais 10,06
Espírito Santo 8,69
Rio de Janeiro 4,84
São Paulo 5,41
Paraná 7,08
Santa Catarina 5,17
Rio Grande do Sul 5,21
Mato Grosso do Sul 9,06
Mato Grosso 9,74
Goiás 10,22
Distrito Federal 4,68

TOTAL 11,05

Fonte: IBGE/Censo Demográfico 2000 e Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD 1992 a 1993, 1995 a 1999 e 2001 a 2004
Sem contar que eleitores são aqueles com mais de 16 anos. Ou seja, deixaram de receber educação há 1 década e os investimentos pesados em educação no estado (sobretudo em Campo Gande) são mais recentes. Já no ensino superior, recentemente foram abertas várias universidades no Estado, isso explica a queda da diferença de analfabetos para diplomados em apenas meia década (eram quase 30.000 analfabetos a mais em 2002 e hoje, como diz a notícia, são 14.000).

Pode ter certeza que o Governo do Estado e da maioria dos municípios estão investindo pesado em educação:
- O Vale Renda do Governo estadual dá R$120,00 para as famílias cujos filhos e pais analfabetos frequentarem a escola.
- A primeira cidade do estado que erradicar o analfabetismo terá 100% das ruas asfaltadas com verbas do Estado.
- A Prefeitura de Campo Grande paga pós-graduação para todos os seus professores (por isso a maior parte do quadro já possui pós), além de disponibilizar salas de informática para todas as escolas do município (foi a 1ª do Brasil a fazer isso).

Last edited by CampoGrandense; July 24th, 2008 at 02:27 PM.
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote
Old July 24th, 2008, 06:52 PM   #6
Araçatubeiner
BANNED
 
Join Date: Feb 2008
Posts: 256
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by CampoGrandense View Post
- A primeira cidade do estado que erradicar o analfabetismo terá 100% das ruas asfaltadas com verbas do Estado.
Essa eu cheguei a ler a manchete, mas não li a reportagem...

Araçatubeiner no está en línea   Reply With Quote
Old July 25th, 2008, 01:49 PM   #7
CampoGrandense
CGr / MS / C-O / BR
 
CampoGrandense's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: Campo Grande/MS
Posts: 11,515
Likes (Received): 1298

mas a notícia não acrescenta muita coisa, só tem as palavras do governador dizendo que quer fazer do MS o primeiro Estado sem analfabetisto, etc.
Queria ver se Campo Grande zerasse o analfabetismo primeiro, ia falir o Estado
CampoGrandense no está en línea   Reply With Quote
Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 01:46 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu