daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Regionais > Sudeste

Sudeste Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old September 14th, 2008, 12:40 AM   #1
Valter
Registered User
 
Valter's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,805
Likes (Received): 773

Carmo do Paranaíba, MG e um pouco da história do antigo Sertão da Farinha Podre

Carmo do Paranaíba, vista pelos olhos de um viajante ou alguém que não conhece os detalhes de sua história não é muito diferente de qualquer pequena cidade do sudeste com 30.000 habitantes que tem sua maior riqueza o campo, e dele sobrevive. Desde pequeno sempre gostei de “esmiuçar” a história dos lugares onde morei. Sei que não é interessante pra maioria das pessoas um thread cheio de coisa pra ler (e nem é a intenção que todos o façam), mas essa foi a forma de falar um pouco mais sobre a região, o antigo Sertão da Farinha Podre, que abrangia da atual região do Alto Paranaíba e parte do Triângulo Mineiro, tendo como únicos municípios lá pelos idos do século 18 as cidades de Uberaba e Araxá, e tenho certeza que pelo menos para os habitantes da região, trará algumas informações interessantes. Com certeza a história relatada aqui corresponde a de tantas outras regiões do país, onde os bandeirantes abriram caminho para o povoamento das terras antes habitadas pelos índios e escravos fugidos.

01




Boa parte do que está escrito foi retirado do livro “Cem Anos de Carmo do Arraial Novo: História de Carmo do Paranaíba” de Hélio Resende. Tomei liberdade de parafrasear a história contada em mais de 100 páginas. As fotos, na maioria, são de minha autoria, as que não forem estão citadas as fontes.
Vamos ao que interessa. Viajando pela BR-354, conhecida como rodovia do milho, na altura do quilômetro 500, está o trevo de onde parte a rodovia de acesso a cidade, uma estrada de 4Km ladeada por eucaliptos, que com o passar dos anos formaram um verdadeiro túnel.

02



03



04



05




Seja bem-vindo!

A região onde hoje se localiza o município de Carmo do Paranaíba já servia de rota aos trilhos que ligavam Vila Rica a Paracatu e a outras povoações da Capitania de Goiás.

Por decisão da coroa, aqueles caminhos, após algum tempo de uso, eram abandonados, visando impedir, com a medida, sua utilização pelo contrabando de ouro e pedras preciosas, altamente lesivo aos cofres da Fazenda Real.

Outrora, nessas cercanias, além dos índios Arachás, existiam vários quilombos, sendo os mais famosos o do Ambrósio, o do Campo Grande, situado no chamado Sertão da Farinha Podre (abrangendo a região compreendida pelos municípios de São Gotardo, Ibiá, Rio Paranaíba até Uberaba), o de Poções, nas proximidades das nascentes dos rios Abaeté e Paranaíba. Ainda hoje existe um povoado entre as cidades de São Gotardo e Ibiá denominado Quilombo.

Em 1° de Junho de 1746, o Governador da Capitania, General Gomes Freire de Andrada, expedia ordem ao Capitão Comandante das Tropas enviadas ao Campo Grande, Antônio João de Oliveira, para destruir os quilombos da região.

O quilombo chefiado pelo negro Ambrósio resistiu por vários anos. Somente em 1757, já sob o comando do bandeirante Bartolomeu Bueno de Prado, foi mesmo dizimando, juntamente com os demais quilombos existentes na região.

06 - Rio Paranaíba - Capela do Rosário, construída em 1763


[site da prefeitura de Rio Paranaíba]


“Em 1766, a região do Araxá foi limpa dos índios que aí habitavam, graças ao sertanista Lourenço Castanho Tacques. Uma picada foi aberta, (...), partindo da antiga Vila de Pitangui, atingia o Rio São Francisco que, transposto, avançava para o oeste, seguia rumo à Serra da Saudade, atingido o Rio Indaiá.
Prosseguindo, a picada alcançava o local onde se instalou o posto de fiscalização “Guarda dos Ferreiros”.
Daí, margeando a Mata da Corda e norteando à esquerda, tocava Campo Grande (proximidades da atual localização de Rio Paranaíba), estendia-se para oeste rumo a Paracatu para alcançar Goiás.
Então, não havendo mais obstáculos aos expedicionários na penetração, uma vez que haviam sido batidos índios e negros da região, o Governador Conde de Valadares chamou à Vila Rica o mestre de Campo, Inácio Correa Pamplona, e incumbiu-lhe de fazer doação de sesmarias à “boa gente”, a fim de que se povoassem melhor o interior da capitania.
Fez parte da comitiva o Padre Antônio Pereira Henriques, com provisão para sagrar capelas que se erigissem, oficiando os atos da religião. Numa faixa de cerca de algumas léguas de largura iam-se formando núcleos de população, constantes de fazendas e primitivos arraiais.”




07



A grande afluência de fazendeiros foi motivada pelas terras férteis ali existentes, já que nas redondezas não havia incidência de ouro e outros minerais. Outra razão preponderante foi a proximidade da famosa picada de “Goyás e Pyracatu do Príncipe”, com suas famosas minerações de ouro.

No final de 1799, o Capitão Francysco Antônio de Moraes, juntamente com seu irmão, obtinham duas sesmarias na região do Indaiá. Posteriormente veio fixar-se definitivamente na Fazenda Santa Cecília, termo de São Francisco das Chagas do Campo Grande (Rio Paranaíba).

08 – Fazenda Santa Cecília – O Início


[livro História de Carmo]

O tempo passou. O capitão Francysco Antônio de Moraes adquiriu outras propriedades nas vizinhanças de Santa Cecília. Essas fazendas logo apresentaram surpreendente progresso, com muitos colonos e lavouras; várias casas já haviam sido construídas no local. As construções eram dispersas, sem qualquer critério de localização.
O lugarejo já era chamado de “Arraial Novo” pelos moradores e de “Ponte de Terra” pelo Capitão Francysco Antônio de Moraes.
O capitão ia sempre até o arraial de São Francisco das Chagas do Campo Grande (Rio Paranaíba) para assistir as festividades do padroeiro, porém o progresso do Arraial Novo já estava a exigir a construção de uma capela no próprio povoado para fazer face às necessidades da população crescente. Desentendimentos com a população de São Francisco das Chagas do Campo Grande foram a gota d’água para a construção da capela.

Sobre a construção da primitiva capela, em cujo local ergue-se hoje a matriz de Nossa Senhora do Carmo, o livro “História de Carmo do Paranaíba”, de autoria do escritor Silveira neto, diz o seguinte: “Francisco Antônio de Morais tinha inimigos em São Francisco, certamente por motivo de posse de terras, como era e ainda é comum no interior do país. Uma noite, estando recolhido com a família, Francisco foi vítima de tremenda assuada por parte dos seresteiros. Vaias. Apupos. Palavrões. Francisco achou prudente evitar a briga. Mas deixou imediatamente Campo Grande. Regressou ao Arraial Novo, com uma idéia fixa na cabeça. Era preciso construir uma capela. Por que continuar dependendo de Campo Grande, se já tinham recursos para viver por conta própria? A Capela tornou-se assunto obrigatório de todas as rodas, nas fazendas, nas casas dos colonos.

A solicitação foi endereçada ao Vigário da Vila do Araxá, que não tardou em despachar favoravelmente. No dia 25 de dezembro de 1835 era fincado o Cruzeiro no local onde se deveria construir a Capela e celebrar a primeira missa no Arraial. Oficialmente era fundada a cidade de Carmo do Paranaíba pelo capitão Francysco Antônio de Moraes.


09 - Após a demolição da primeira capela erguida pelos idos de 1835 foi construído o atual templo, inaugurado em 1900.



10



11



12




13 - Essa rua faz a ligação com o cemitério da cidade, no alto, igreja de Santa Cruz do Monte




14 - Detalhe para o nome da rua




15 - Na parte de trás da matriz, que está de costas pro centro da cidade, tem-se a simpática praça Arthur Bernardes, onde estão localizados:



16




17 - Centro Odontológico, antiga Casa da Cultura (Praça Arthur Bernardes)



18





19 - O Colégio Alto Paranaíba, fundado em 1955, primeiro colégio particular da cidade.


[Site Prefeitura de Carmo]


Adquirida a autonomia religiosa, o Capitão Francysco Antônio de Moraes procurou em seguida a civil. Estava certo que não ficaria livre de freqüentar o arraial de São Francisco das Chagas do Campo Grande, fato que não lhe agradava. Em 1845 envia uma petição à Assembléia provincial, via Câmara Municipal de Araxá. Cerca de um ano depois, foi o pedido atendido, que elevou o Arraial a Distrito, então pertencente ao Termo de São Domingos do Araxá. Em 20 de setembro de 1848, é criado o município, transferindo a sede para São Francisco das Chagas do Campo Grande (Rio Paranaíba). Em 17 de março de 1879 é instalada a vila de Carmo do Paranahyba. Em 4 de outubro de 1887 é conferia a prerrogativa de cidade à vila.


Igreja Santa Cruz do Monte

Da pequena colina, a singela capela reina solitária sobre a cidade. Sua construção se deu possivelmente no ano de 1879. Destruída e saqueada foi totalmente reconstruída no ano de 1982, por iniciativa da administração municipal. O trabalho de reconstrução só foi possível devido aos desenhos detalhados, feitos em 1950, anteriores á sua quase total ruína.

20



21




Igreja Nossa Senhora do Rosário

Sua construção foi iniciada em 07 de Julho de 1882. Sua benção se deu no dia 13 de Julho de 1886.

22




23 – Praça do Rosário




24 - Sim aquilo ali é uma fazenda




25 - Melhor sanduíche da região




Igreja de São Francisco

Foi sagrada em 7 de setembro de 1950. Passou por uma reforma no último ano.

26 - Vê se na foto, da direita pra esquerda, casa paroquial, igreja e salão paroquial. A frente carroceiro típico e sua carroça que acabou de receber uma tinta



27



28



29




A praça São Francisco está atualmente em reforma, e ao fundo sendo o construído o prédio mais alto da cidade com incríveis 9 andares.

30




31-Foto anterior a reforma


[flickr]

32 - Câmara de Vereadores + Posto da Previdência (Praça São Francisco)




33 - Fórum (Praça São Francisco)




Escola Estadual Leôncio Ferreira de Melo (Praça São Francisco)

Em 1932 foi adquirido um terreno na atual Praça São Francisco, destinado à construção do “Grupo Escolar Winston Churchil”. O Engenheiro encarregado de sua construção apaixonou-se por uma carmelitana, para homenagear sua amada, simplesmente trocou as plantas do Grupo Escolar, executando no Carmo o projeto destinado a Patrocínio. Era um prédio imponente, com amplas salas de aula, galpões e pátios.

34


[livro História de Carmo]


35 - Coloquei essa foto só por que rachei de rir das meninas lá atrás fazendo “chifrinho” em 1938 . Pirralho é pirralho independente do século.


[livro História de Carmo]


36 - Em 1954 foi totalmente destruído por um incêndio. Muitos acham que foi criminoso e que teve haver com a política na época. Reconstruído em 1959, com linhas modernistas passou a denominar-se Leôncio Ferreira de Melo, em homenagem ao seu idealizador. Essa foto é do tipo "melhor do que nada" .


[site da prefeitura]


37 - No final da década passada o prédio começou a apresentar problemas estruturais e em 2005 foi interditado. Foi demolido e construído um novo edifício no local.




38 - Hotel Queiroz (Praça Misael Luiz de Carvalho) - mais de 100 anos!




Alguns anúncios curiosos publicados no jornal “O Paranahyba”, do dia 24 de julho de 1901.

“Hotel Queiroz de Francisco José Queiroz – este estabelecimento recentemente montado dispõe de boas acomodações para os senhores Viajantes. Garante aceio, promptidão modicidade em preços. Tem bom pasto para animaes”.

“Médico – o Dr. Josias Leopoldo Victor Rodrigues, atende a chamados a qualquer hora. Tratamento gratuito para os pobres”.

39


[livro História de Carmo]


40 - Prefeitura (Praça Misael Luiz de Carvalho)




41 - Casa da família Andrade, donos de muitos pés de café (Praça Misael Luiz de Carvalho)




Saúde


42 - Foto da atual Santa Casa de Misericórdia construída inicialmente em 1946.




43 - Hospital Santa Cruz inaugurado em 1992




44 - Policlínica


[site da prefeitura]


Empresa GONTIJO de Transportes Ltda

Fato digno de registro é a vocação nata dos carmenses para o serviço de transporte de passageiros sendo donos de mais de 25 empresas por todo o país sendo a de maior destaque a Empresa Gontijo de Transportes Ltda de propriedade do Sr. Abílio Gontijo.

Retirado do site da Gontijo:

“No ano de 1943, durante a Segunda Guerra Mundial, tinha início uma das maiores e mais bem-sucedidas viagens da história das empresas de transporte rodoviário de passageiros no Brasil.

Naquela época, o jovem Abílio Gontijo, pilotando sua jardineira Chevrolet Comercial 1940, engatava a primeira marcha e acelerava rumo à construção da Empresa Gontijo de Transportes.

Nos primeiros anos a Gontijo era isso mesmo: uma jardineira, pilotada por um jovem de 19 anos, sacolejando, comendo e fazendo poeira no percurso Patos de Minas - Carmo do Paranaíba. Pegando todos e tudo que viesse pela frente.”


45


[site gontijo]

46


[site gontijo]


Para continuar a ler a história da Gontijo: http://www.gontijo.com.br/historico.html#1943


Terra dos Diamantes

O oeste mineiro constitui uma importante província diamantífera (Província Diamantífera do Alto Paranaíba), tendo fornecido historicamente as maiores e mais valiosas gemas encontradas no País. Ainda não se encontra esclarecida a origem do diamante do oeste mineiro. Em 1986, um exemplar de alta qualidade com 164 quilates foi encontrado no município de Carmo do Paranaíba, no Triângulo Mineiro, e recebeu o nome de “Princesa do Carmo”. Consta a descoberta de um em 1937 de 245 quilates que recebeu o nome de “Carmo do Paranaíba”.
Uma multinacional canadense, proprietária do direito de pesquisa da área do kimberlito (rochas associadas a provável presença de diamantes) São Bartolomeu em Carmo do Paranaíba, procedeu a uma campanha de furos de sonda nesse corpo, os quais alcançaram os 480m de profundidade, além de dezenas de furos de trado mecânico, sendo que tais dados são considerados sigilosos pela empresa.
Esse alvo tem sido estudado por uma equipe da UFMG desde 2004, tendo sido considerado do tipo diamond in, pelos dados químicos apresentados por microssonda.


Presença de Nisseis em Carmo do Paranaíba

Em 1972 chegava ao Carmo o primeiro nissei, Jorge Asanome, como representante da empresa paulista Agrominas. Sua missão: implantar no município um viveiro de mudas de café. Tal empreendimento na época era alvo de total incredibilidade sob o ponto de vista dos carmenses. Imaginaram o que é plantar café no cerrado? Loucura Total! Era o que mais se ouvia. Mas a milenar paciência oriental, aliada a uma apurada técnica, logo provaram aos carmenses a viabilidade do empreendimento.
Segundo estimativas oficiais, existem plantadas no município cerca de 31 milhões de covas de café, distribuídas em aproximadamente 11 mil hectares. O produto final é de excelente qualidade sendo exportado para vários países.
Nossa agricultura e pecuária podem, com toda a justiça, serem dividias em antes e depois dos japoneses. Os cerrados abundantes no município até então nada ou quase nada produziam.



A cidade hoje





Área 1.307,119 km²
População 31.843 hab. est. IBGE/2008 [1]
Densidade 23,7 hab./km²
Altitude 1.061 metros
Pib (2005): 255.629.000 milhões

EDUCAÇÃO:
Escolas Municipais Rurais: 13
Escolas Municipais Urbanas: 05
Escolas Estaduais: 02
Escolas Particulares: 02
Creches Municipais: 04
Programa Curumim: 01
Biblioteca: 01
Faculdade: UNIPAC

SAÚDE:
Hospitais: 02
Pronto-Socorro: 01

Continuando de onde tinha parado, a rodovia de acesso termina no início da Avenida João Batista, onde na primeira esquina temos a Veloso Trading.

47




Veloso Trading

A VELOSO TRADING é hoje a 16ª maior exportadora de café verde do país, com um volume de 350 mil sacas por safra e é prata da casa. O grupo inaugurou há dois meses a indústria FINO GRÃO (http://www.finograo.com.br/v2/index.html), em Belo Horizonte. E é com esta marca que eles pretendem se lançar no mercado internacional de torrados e moídos.


48



49




50 - Continuando a descida na Avenida João Batista




51 – Agência dos Correios




52 – Cruzamento com a Avenida Dr. Aristides de Melo




53 - Avenida Dr. Aristides de Melo, principal da cidade



54



55




56 – Praça Nossa Senhora d’Abida




57 – Antigo Banco Bemge, atual secretaria de educação e Biblioteca



58



59




60 – Predinhos comerciais




61 – Credicarpa – Banco da Cooperativa dos produtores rurais




62 – Praça Misael de Carvalho




63 – Prefeitura (não, não era uma procissão ou algo gênero)




64 - Praça Amador Carneiro


[Panoramico]

65 - Escola Estadual Professor José Hugo Guimarães (Praça Amador Carneiro)




66 - Parque de Exposições (Avenida Tancredo Neves)




67 - Avenida Tancredo Neves – Essa avenida contorna toda a cidade,e deve ter por volta de 4Km.




68 - Logo abaixo na Tancredo Neves temos o PTTC – Ponte de Terra Tênis Clube, um dos melhores da região.


[Site PTTC]

69


[Site PTTC]

70


[Site PTTC]

71


[Site PTTC]

72


[Site PTTC]

73


[Site PTTC]

74


[Site PTTC]

75


[Site PTTC]

76


[Site PTTC]

77


[Site PTTC]

78


[Site PTTC]

79


[Site PTTC]

80


[Site PTTC]

81


[Site PTTC]


82 - Parque da Banheira - Como as terras são de propriedade do ex-prefeito o atual paralisou as obras de urbanização. Existem várias nascentes, como um considerável volume de água.



83



84



85




86 - Rodoviária – construída em 1983 atualmente em reforma. No piso de cima, guichês e sala de espera. Há uma rampa de acesso as baias do ônibus no piso inferior. Apesar de já ter 25 anos seu projeto continua moderno e atende muito bem a cidade.




Outras Fotos

87 - No largo da matriz o moderno e antigo convivem lado a lado



88



89



90


92




93 – Não sei se tirei a foto por causa da casa ou do Uno amarelo




94 – Não sei o que, mas algo me chamou a atenção



95



96




97 – Torre da Rádio Planeta AM e seus 120m




98 – Avenida Aristides de Melo, parte alta


[Panoramio]

Fiquei com preguiça de fazer uma panorâmica de verdade, então vão essas fotos tiradas da Igreja Santa Cruz do Monte.

99



100




101 – Vê-se abaixo a Cadeia Municipal e o Presídio Estadual



102



103




Fotos Aéreas

104


[CP Online]

105


[CP Online]

106


[CP Online]


107 - Rio Paranaíba na divisa com o município de Serra do Salitre




É isso.
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso

wander-udi liked this post

Last edited by Valter; September 25th, 2008 at 07:16 AM.
Valter no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old September 14th, 2008, 02:31 AM   #2
itabirinha-MG
Itabirinha-MG
 
itabirinha-MG's Avatar
 
Join Date: Dec 2006
Location: Itabirinha
Posts: 957
Likes (Received): 193

gostei da cidade , adorei as construcoes antigas simples mas bonitas e gostei muito a nivel de rua...parabens pelo thread
itabirinha-MG no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 02:47 AM   #3
Gabriel Brasil
Brasil
 
Gabriel Brasil's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Location: Uberlândia MG/ Rio Grande RS
Posts: 1,288
Likes (Received): 26

Linda cidaade..
Uma das que tenho vontade de conhecer...
__________________
___________________
_____________________ \o
______________________ ]\
______________________ /\

Para o alto e avante!!!
Gabriel Brasil no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 02:48 AM   #4
Valter
Registered User
 
Valter's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,805
Likes (Received): 773

Valeu!
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 03:23 AM   #5
Cerrado
Baiano sim senhor!
 
Cerrado's Avatar
 
Join Date: Aug 2006
Location: Palmas-TO/Itabuna e Salvador-BA
Posts: 35,982
Likes (Received): 2520

Gostei de tudo, das informações, da cidade, das belas construções históricas e da linda região que ela está inserida.
Cerrado no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 05:38 AM   #6
Vargas
Registered User
 
Join Date: Jun 2006
Location: MG
Posts: 5,134

Mto bem feito seu thread.....me lembro de qdo eu ainda tinha paciencia e animo pra fazer threads assim, mas o seu ficou mto bom mesmo...promessa cumprida!

Amanha to indo la no Carmo do Paranaiba, se der tempo, prometo tirar umas fotos legais....e caso vc queira alguma foto especifica (ou de algum lugar q vc ache interessante), me manda uma PM ainda na parte da manha q da tempo.

Depois volto pra comentar mais!
__________________
EUA:>> Manhattan >> Chicago >> Saint Louis >> Aereas EUA >> Clayton

Brasil: >> Serra da Canastra >> Alto Paranaiba >> São Gotardo, Minas >> Goiânia >> Ouro Preto e Mariana
Vargas no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 05:50 AM   #7
Valter
Registered User
 
Valter's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,805
Likes (Received): 773


Valeu pelos elogios!

A questão é que eu gosto demais de escrever e ainda por cima ser meio apegado a detalhes. Se eu fosse fazer uma versão "sem cortes" dos threads não ia ter uma alma viva com saco pra ver tudo.
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 05:54 AM   #8
danieldefranca
Registered User
 
Join Date: Sep 2007
Posts: 2,367
Likes (Received): 40

adorei, alem de informativo é interessante para a historia da mineração e da entrada dos bandeirates nos sertões
danieldefranca no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 06:12 AM   #9
defensorpedrosa
BANNED
 
Join Date: Sep 2008
Location: Paraná, Minas Gerais
Posts: 170
Likes (Received): 1

Valter, parabéns pelas fotos, ficaram lindas
principalmente as Igrejas, algo que sempre me deixa de boca aberta, as cidades menores são muito religiosas que as maiores!
Belo theread!
defensorpedrosa no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 02:38 PM   #10
banzo
Banzo
 
banzo's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Patos de Minas/São Paulo
Posts: 2,077
Likes (Received): 555

Olha o casarão da família Andrade.
Tenho um amigo aqui que é dessa família de plantadores de café do Carmo do Paranaíba.
Minha família tem origens aí,na divisa com Serra do Salitre.
Alguém aí sabe onde fica a região do Colégio?
Parabéns pelo thread.
banzo no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 02:46 PM   #11
DouglasSouzaAlves
Registered User
 
DouglasSouzaAlves's Avatar
 
Join Date: May 2008
Location: Nonono
Posts: 168
Likes (Received): 0


Last edited by DouglasSouzaAlves; January 19th, 2011 at 11:48 AM.
DouglasSouzaAlves no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 06:04 PM   #12
Vargas
Registered User
 
Join Date: Jun 2006
Location: MG
Posts: 5,134

Acabei de chegar do Carmo do Paranaiba e tirei algumas fotos...foram todas mto rapidas e de dentro do carro; mas a intencao foi boa...ajudar a mostrar um pouco mais dessa prospera cidade do Alto Paranaiba.

Carmo sempre foi uma cidade mto bem cuidada e continua assim, belas avenidas, asfalto impecavel, comercio bastante completo, patrimonios mto bem cuidados, cheia de belas pracas...enfim...eh uma das mais exemplares cidades de toda a regiao!

1-Igrejinha


2-


3-Regiao central...


4-Principal avenida no centro da cidade (Aristides de Melo)


5-Mesma avenida


6-Predio subindo..


7-Ipe rosa na avenida de chegada/saida da cidade (Avenida Joao Batista)


8-Mesma avenida...


9-Uma foto 'rapida' da avenida Tancredo Neves, corta a cidade de ponta a ponta no sentido norte sul....tem mais de 4 km.


10-Entrando no bairro Jardim JB....cheio de excelentes casas...


11-Idem


12-Jardim JB


13-JB


14-JB


15-JB


16-JB


17-JB


18-JB (mesma casa acima)


19-JB


20-JB


21-Saida da cidade.....mto bonita.
__________________
EUA:>> Manhattan >> Chicago >> Saint Louis >> Aereas EUA >> Clayton

Brasil: >> Serra da Canastra >> Alto Paranaiba >> São Gotardo, Minas >> Goiânia >> Ouro Preto e Mariana

Eduura liked this post

Last edited by Vargas; September 14th, 2008 at 06:17 PM.
Vargas no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 06:27 PM   #13
Valter
Registered User
 
Valter's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,805
Likes (Received): 773


Valeu Bruno pela disponibilidade! Ficaram ótimas as fotos! Aquela área verde que você passou voltando da Igreja, indo pro centro é chamado de Parque do Taboão.

__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso

Last edited by Valter; September 14th, 2008 at 06:32 PM.
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 06:30 PM   #14
Valter
Registered User
 
Valter's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,805
Likes (Received): 773

Quote:
Originally Posted by banzo View Post
Olha o casarão da família Andrade.
Tenho um amigo aqui que é dessa família de plantadores de café do Carmo do Paranaíba.
Minha família tem origens aí,na divisa com Serra do Salitre.
Alguém aí sabe onde fica a região do Colégio?
Parabéns pelo thread.
Obrigado! Quanto a região de Colégio tem muito tempo que não vou por aqueles lados. Quanto a sua família meu pai trabalhou muitos anos na Nestlê e atualmente está em um Laticínio em Arapuá. Não exagero em dizer que ele deve conhecer quase todo mundo da zona rural dessa região.
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 06:46 PM   #15
Vargas
Registered User
 
Join Date: Jun 2006
Location: MG
Posts: 5,134

Quote:
Originally Posted by valterjcjr View Post

Valeu Bruno pela disponibilidade! Ficaram ótimas as fotos! Aquela área verde que você passou voltando da Igreja, indo pro centro é chamado de Parque do Taboão.

Eh impressionante a 'superioridade' de Carmo sobre Sao Gotardo...hehe...sao duas cidades com mesma populacao e desenvolvimento equiparado...mas quase tudo q tem nas 2 cidades...no Carmo eh melhor!

Nao existe 1 soh parque dentro de Sao Gotardo (tem um bem pequeno dentro de um clube)...falando em clube, o Ponte de Terra eh infinitamente melhor q o Campestre de Sao Gotardo. Os bares do Carmo tb sao beeeem melhores, a vida noturna nem se compara.

A churrascaria do posto Recreio eh maior, mto mais bonita, mais limpa e bem melhor q a churrascaria do posto Alpa de SG.

As avenidas carmenses dao banho em tamanho, asfalto e arborizacao sobre as de SG!!

Sempre fiz essas comparacoes entre as duas cidades pq tem mesma populacao e sao proximas...Carmo sempre se sobressai...e isso nao eh coisa soh minha nao...eh unanimidade!

Carmo do Paranaiba ta de parabens!
__________________
EUA:>> Manhattan >> Chicago >> Saint Louis >> Aereas EUA >> Clayton

Brasil: >> Serra da Canastra >> Alto Paranaiba >> São Gotardo, Minas >> Goiânia >> Ouro Preto e Mariana
Vargas no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 07:52 PM   #16
Valter
Registered User
 
Valter's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Location: Uberlândia - Araxá - Carmo do Paranaíba - Bambuí
Posts: 8,805
Likes (Received): 773

Quote:
Originally Posted by Vargas View Post
Eh impressionante a 'superioridade' de Carmo sobre Sao Gotardo...hehe...sao duas cidades com mesma populacao e desenvolvimento equiparado...mas quase tudo q tem nas 2 cidades...no Carmo eh melhor!

Nao existe 1 soh parque dentro de Sao Gotardo (tem um bem pequeno dentro de um clube)...falando em clube, o Ponte de Terra eh infinitamente melhor q o Campestre de Sao Gotardo. Os bares do Carmo tb sao beeeem melhores, a vida noturna nem se compara.

A churrascaria do posto Recreio eh maior, mto mais bonita, mais limpa e bem melhor q a churrascaria do posto Alpa de SG.

As avenidas carmenses dao banho em tamanho, asfalto e arborizacao sobre as de SG!!

Sempre fiz essas comparacoes entre as duas cidades pq tem mesma populacao e sao proximas...Carmo sempre se sobressai...e isso nao eh coisa soh minha nao...eh unanimidade!

Carmo do Paranaiba ta de parabens!

Realmente Carmo merece elogio em alguns aspectos. Imagino que em um futuro próximo São Gotardo irá se firmar cada vez mais como um pólo regional, visto que a cidade está equidistante dos pólos como Araxá e Patos. Carmo está perto demais de Patos.

Uma coisa que eu não suporto na cidade é a mesma não ter tratamento de esgoto. Nem os córregos que nascem nos parques tem o esgoto canalisado e isso me irrita profundamente. A quantidade de pernilongos a noite em bairros como o do Rosário, é insuportável.
__________________
Como D. Beja Araxá nasceu camponesa.E, como D. Beja, também conheceu a adversidade, sendo o objeto de desejo de poderes superiores. O Estado apropriou-se de suas fontes, maculando sua beleza, ainda que a recompensasse com um rico patrimônio. Por ele, Araxá conheceu o mundo, e o mundo a conheceu. Hoje, D. Beja é Araxá, espelho de suas convicções e metáfora de suas contradições. Nela se refletem simultaneamente, as imagens do seu presente, as representações históricas e as verdades míticas do seu passado; as projeções para o futuro. Rosa Maria Spinoso
Valter no está en línea   Reply With Quote
Old September 14th, 2008, 10:34 PM   #17
Vargas
Registered User
 
Join Date: Jun 2006
Location: MG
Posts: 5,134

Sao Gotardo tb nao tem tratamento de esgoto.

Mas qto ao assunto de localizacao vc tem razao; por causa da maior proximidade de Carmo com Patos, ela praticamente perde a maioria dos investimentos na regiao feitos pelas empresas de Patos, pra Sao Gotardo. A diferenca eh bem gde na qtde de empresas de Patos em SG e Carmo!
__________________
EUA:>> Manhattan >> Chicago >> Saint Louis >> Aereas EUA >> Clayton

Brasil: >> Serra da Canastra >> Alto Paranaiba >> São Gotardo, Minas >> Goiânia >> Ouro Preto e Mariana
Vargas no está en línea   Reply With Quote
Old September 15th, 2008, 12:33 AM   #18
Vovin
BANNED
 
Join Date: Jan 2006
Location: Rio de Janeiro
Posts: 485
Likes (Received): 1

O interior desse Brasilzão sempre surpreendendo, gostei muito da cidade, parece ser um lugar pacato, um excelente local pra se viver uma vida tranquila, é assim mesmo ou é só impressão?

Ah, e não vou negar que o título do tópico me deu a idéia de que seria uma dessas cidades pobres do Vale do Jequitinhonha :P
Vovin no está en línea   Reply With Quote
Old September 15th, 2008, 01:37 AM   #19
Driano MG
Mineiro da Mata
 
Driano MG's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: Juiz de Fora
Posts: 9,407
Likes (Received): 1001

Mto bom, gosto mto de threads assim com fotos inéditas e boas informações tb, ficou mto bem feito Valter, uma parte histórica incrível, parabéns!

Acho que nunca tinha ouvido falar dessa cidade, São Gotardo sim, mas Carmo acho que não, gostei bastante, apesar de pequena achei bem desenvolvida, reflexo da região que é bem rica tb.

Aliás continuo achando essas pequenas cidades dessa parte do estado mto parecidas com algumas do mesmo porte na região de Furnas no Sul de Minas.

Belo thread!
Driano MG no está en línea   Reply With Quote
Old September 15th, 2008, 05:25 AM   #20
GIM
JK - O Presidente
 
GIM's Avatar
 
Join Date: Oct 2007
Location: Belo Horizonte
Posts: 13,313
Likes (Received): 4239

Uma típica cidade do Triângulo Mineiro, pelo traçado, pelo modo das construções, pelo ar, pelas casas...falo porque já morei no Triângulo mineiro. Gostei.
__________________
Infelizmente não deu desta vez...fica para a próxima!
****Beleza sem virtude é rosa sem perfume .****
GIM está en línea ahora   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 01:32 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu