daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Rodoviário



Reply

 
Thread Tools Rate Thread
Old February 18th, 2009, 04:12 AM   #1
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

RJ | Autopista Fluminense | RJ-Norte | BR-101

Resolvi abrir esse thread para acompanharmos as obras (após a privatização praticamente nenhuma), as polêmicas, a novela em que é o caso da BR 101 Norte, rodovia de importância não somente para o estado do RJ, mas para o país.

Começando com as notícias a partir desse mês.
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old February 18th, 2009, 04:16 AM   #2
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

09/02/2009

Pedágio na BR-101 Norte começará a ser cobrado a partir de segunda-feira

O Globo

RIO - Os motoristas que trafegam pelo trecho fluminense da BR-101, que vai da Ponte Rio-Niterói até a divisa com o Espírito Santo, terão mais gastos ao viajar pela via. A concessionária Autopista Fluminense inicia no primeiro minuto desta terça-feira a cobrança de pedágio (R$ 2,50) no quilômetro 299, em São Gonçalo, somente no sentido Rio. Em Conceição de Macabu, a cobrança começou nesta segunda, na altura do Km 123, nos dois sentidos. O primeiro posto de pedágio da concessionária foi inaugurado na segunda-feira passada, em Campos. Ainda há dois postos de cobrança em obras: Casimiro de Abreu e Rio Bonito.

A tarifa básica será de R$ 2,50, calculada de acordo com o contrato assinado com o Governo Federal em 14 de fevereiro de 2008, que estipula que o valor oferecido no leilão seja corrigido pela variação do IPCA de junho de 2007 ao mês anterior do início da cobrança.

A BR-101 Norte terá um total de cinco praças de pedágio. Uma delas já está ativada, em Campos, na altura do quilômetro 40, em Conselheiro Josino. Duas praças estão em obras: uma em Casimiro de Abreu e outra entre os municípios de Rio Bonito e Silva Jardim, mas ainda sem previsão de funcionamento.

Quando todos os postos de pedágio - cinco em direção ao Rio e quatro em direção a Campos - estiverem em funcionamento, o motorista de um carro de passeio pagará R$ 12,50 no sentido Campos-Niterói, e R$ 10 no sentido contrário.
Confira a tabela de tarifas:

Motocicletas, motonetas, bicicletas a motor e triciclos: R$ 1,25

Automóvel, caminhonete e furgão de rodagem simples: R$ 2,50

Caminhão leve, ônibus, caminhão-trator e furgão de rodagem dupla: R$ 5

Automóvel com semi-reboque e caminhonete com semi-reboque de três eixos: R$ 3,75

Caminhão, caminhão-trator, caminhão-trator com semi-reboque e ônibus de três eixos: R$ 7,50

Automóvel com reboque e caminhonete com reboque de quatro eixos: R$ 5

Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque de quatro eixos: R$10

Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque de cinco eixos: R$ 12,50

Caminhão com reboque e caminhão-trator com semi-reboque de seis eixos: R$ 15

http://oglobo.globo.com/rio/transito...-754273570.asp
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old February 18th, 2009, 04:25 AM   #3
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

12/02/2009

Comissão da Alerj pode pedir cancelamento de pedágio na BR-101, em Campos

O Globo

RIO - O presidente da Comissão Especial da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) que acompanha as obras de privatização da BR-101, deputado Glauco Lopes (PSDB), disse que irá se reunir com a procuradoria da Casa para saber que medidas podem ser tomadas pelo Legislativo para evitar a cobrança do pedágio pela concessionária Autopista Fluminense no município de Campos, na no Norte do estado.

- Vamos discutir até mesmo o cancelamento do pedágio que a Autopista começou a cobrar na localidade de Guandu, em Campos dos Goytacazes. Esperamos, pelo menos, um entendimento para que a população que depende da BR-101 não saia prejudicada - revelou o parlamentar, que foi à Câmara Municipal de Campos nesta quinta-feira para participar de uma audiência com prefeitos, vereadores, sindicalistas e moradores das cidades afetadas pelo serviço da concessionária.

Convidados a participar do encontro, os representantes da concessionária e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) não compareceram.

- Lamento que os responsáveis pela Autopista e pela ANTT, que viriam para esclarecer e buscar soluções em conjunto, não estiveram aqui reunidos conosco - avaliou Lopes.

O deputado disse que vai encaminhar aos faltosos uma cópia da audiência com tudo o que foi debatido. Desde o dia 2 deste mês, o pedágio em Guandu vem sendo cobrado, mesmo com os protestos de moradores (carros de passeio pagam R$ 2,50). Esta semana, outras duas praças de pedágio começaram a funcionar na BR-101: Serrinha e São Gonçalo; e, em março, está previsto o início da cobrança em Casimiro de Abreu. Em julho, será a vez de Rio Bonito. A intenção da comissão é que, após esta audiência, o debate continue em Macaé, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu e Silva Jardim.

Participaram da audiência os deputados Wilson Cabral (PSB), Sabino (PSC) e João Peixoto (PSDC), todos membros da comissão. Criada em 27 de novembro de 2008, a Comissão Especial que acompanha as obras de privatização da BR-101 também tem como membro efetivo o deputado Tucalo (PSC). De acordo com o Regimento Interno da Alerj, o colegiado tem prazo de 120 dias para a conclusão de seus trabalhos.

http://oglobo.globo.com/rio/transito...-754387948.asp
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old February 18th, 2009, 04:28 AM   #4
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

13/02/2009

Tráfego é liberado na BR-101, em Silva Jardim

Extra

RIO - A Autopista Fluminense, concessionária que administra a BR-101, no trecho que vai da Ponte Rio-Niterói até a divisa com o Espírito Santo, informa que a BR-101 já está liberada para o tráfego no km 214, região de Silva Jardim e Casimiro de Abreu. O local havia sido interditado pela concessionária nesta madrugada por causa das fortes chuvas que atingiram a região. O temporal causou o transbordamento do Rio Aldeia Velha e fez com o que pavimento da pista que dá acesso à ponte cedesse, impedindo a passagem de veículos.

A equipe de engenharia da concessionária iniciou os trabalhos de reparo logo após o pavimento ceder, trabalhou durante todo o dia no local e o tráfego acaba de ser liberado nos dois sentidos.

A Autopista Fluminense lembra que já estão à disposição dos usuários os serviços de atendimento com ambulâncias e guinchos. Para solicitar atendimento, tirar dúvidas sobre a concessão da rodovia ou fazer reclamações e sugestões para a concessionária, o usuário pode ligar para o 0800 2820 101.

http://oglobo.globo.com/rio/mat/2009...-754407968.asp
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old February 18th, 2009, 04:31 AM   #5
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

13/02/2009

Prefeita cobra agilidade na duplicação da BR-101

Por Jualmir Delfino

Dirigentes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e da concessionária OHL Autopista Fluminense, empresa que administra a BR-101, estiveram em Campos para apresentar aos prefeitos e deputados da região o contrato de operação da BR-101 e seu plano de recuperação, que inclui a duplicação da rodovia, cujo prazo para as obras vai até 2022. Logo nos primeiros 30 minutos do encontro a prefeita Rosinha Garotinho fez duas intervenções. Ela deixou claro que não aceita o prazo anunciado para duplicar o trecho entre o distrito de Rio Dourado (Rio das Ostras) e Campos.

A prefeita apresentou argumentos para, em seguida, pedir que a duplicação seja priorizada pelo Norte do Estado e que as obras sejam antecipadas.

- O trecho da BR-101 no perímetro de Campos é o único que tem duas praças de pedágio, é um dos trechos de rodovia federal de maior índice de óbitos com acidentes; é o que mais tem curvas perigosas e Campos é o maior produtor de petróleo do país, que é um dos componentes do asfalto - enumerou Rosinha Garotinho.

Diante da alegação do superintendente da empresa, Flávio Almada, de que busca recursos para realizar apenas o primeiro trecho, de Rio Bonito até Rio Dourado, e que não tem recursos para fazer o segundo trecho, Rosinha indagou se a Auto Pista Fluminense teria interesse de buscar recursos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), caso o governo federal não aceite a proposta de duplicar a pista através de uma parceria público privada (PPA), um investimento de R$ 1,5 bilhão, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Flávio Almada explicou que a busca de recursos para a antecipação da obra é complexa porque a segurança do financiamento está no pedágio, que é dinheiro público e a captação de recurso passa pela autorização da ANTT. Almada acrescentou que o valor do pedágio tem por base o indicativo de uma equação definida entre o fiel da balança, equilibrado pelo fluxo de veículos, e o custo das obras de manutenção da rodovia.

Rosinha fez indagações sobre a viabilidade de reduzir o preço do pedágio nas praças instaladas em Campos, quando aumentar o fluxo de veículos na BR-101, com a chegada dos grandes empreendimentos, como o porto do Açu, o Complexo Portuário de Barra do Furado e novas empresas.

Almada destacou que em seis meses a empresa realizou obras emergenciais de tapa-buracos e nivelamento entre a pista e o acostamento. Nos próximos cinco anos a Autopista pretende fazer obras emergenciais, eliminando curvas e alargamento de pontes. O primeiro trecho da duplicação será feito entre Rio Bonito e Rio Dourado, e compreende um percurso de 80 quilômetros, com prazo previsto para até 2011. De Rio Bonito até Campos, numa extensão de 125 quilômetros, o prazo é de até 2022.

- Não aceito isso - disse a prefeita, que propôs aos prefeitos, deputados e ao secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, o encaminhamento de documento ao governo federal, propondo uma Parceria Público-Privada (PPP), no sentido de antecipar a duplicação da pista, no trecho entre o distrito de Rio Dourado (Rios das Ostras) e Campos.

Durante o debate, o deputado federal Geraldo Pudim propôs uma audiência dos prefeitos da região e da representação da bancada federal do Rio de Janeiro com a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, no sentido de conseguir obter recursos do PAC para as obras de duplicação o do trecho.

O prefeito de São Francisco de Itabapoana, Beto Azevedo, propôs que em vez da empresa construir primeiro o contorno de Campos, que terá custo elevado, com pista duplicada e viadutos, deverá investir primeiro na duplicação de 40 quilômetros no trecho mais crítico da rodovia.

Estiveram na mesa de debates, presidida pela prefeita Rosinha, o secretário estadual de Transporte, Júlio Lopes, que se comprometeu com a reivindicação dos prefeitos; o deputado federal Geraldo Pudim, que se comprometeu em mobilizar a bancada de 46 deputados federais do Rio de Janeiro; os deputados estaduais João Peixoto e Wilson Cabral, que defenderam a isenção do pedágio para os moradores dos distritos do Norte de Campos; o superintendente da OHL Autopista Fluminense, Flávio Almada; O diretor da ANTT, Mário Rodrigues Júnior; o superintendente de Transportes da ANTT, Mário Mondolfo; o diretor de Transportes da Autopista, Alberto Galo, e os prefeitos de Macaé, Riverton Mussi; de São João da Barra, Carla Machado; e de São Francisco de Itabapoana, Beto Azevedo.

Na audiência, estiveram dirigentes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e da Associação Comercial e Industrial de Campos (Acic), que fizeram intervenções, a exemplo do presidente da CDL, Joilson Barcelos, que reivindicou a redução do IPVA para empresas com frotas, tendo em vista que o imposto prevê recolhimento de recursos para conservação das rodovias, e no caso a BR-101 agora tem cobrança de pedágio para este fim.

Nova reunião dia 2 de março
- Ao fim do encontro com a prefeita Rosinha Garotinho, ficou definida nova reunião no dia 2 de março. Rosinha orientou que cada prefeito dos 10 municípios da área de influência da BR-101 traga suas reivindicações e propostas para formar um documento único que será encaminhado ao governo federal, através do secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes. Na mesma reunião, a Autopista apresentará o projeto de duplicação do trecho, que será anexado ao documento dos prefeitos.

http://www.campos.rj.gov.br/noticia.php?id=17550
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old February 18th, 2009, 04:32 AM   #6
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

16/02/2009

Caminhão carregado de combustível tomba e interdita BR-101, em Tanguá

Extra

RIO - A Autopista Fluminense, concessionária que administra a BR-101, no trecho que vai da Ponte Rio-Niterói até a divisa com o Espírito Santo, informou que a rodovia ficou interditada no km 274, altura de Tanguá, nesta segunda-feira. Por segurança, o fluxo de veículos, em ambos sentidos, foi desviado para o município de Tanguá. A pista foi interditada devido ao tombamento de um caminhão que transportava álcool combustível na pista de sentido Norte da rodovia.

Equipes da concessionária Autopista Fluminense, da Feema, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Rodoviária Federal e da Defesa Civil estiveram no local e já contiveram o vazamento do combustível.

A Autopista Fluminense lembra que já estão à disposição dos usuários os serviços de atendimento com ambulâncias e guinchos. Para solicitar atendimento, tirar dúvidas sobre a concessão da rodovia ou fazer reclamações e sugestões para a concessionária, o usuário pode ligar para o 0800 2820 101.

http://oglobo.globo.com/rio/transito...-754431846.asp
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old February 18th, 2009, 04:35 AM   #7
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

16/01/2009

Instalação de passarela interditará BR-101 em Itaboraí, na madrugada de quarta-feira

Extra

RIO - A Autopista Fluminense, concessionária que administra a BR-101 no trecho que vai da Ponte Rio-Niterói até a divisa com o Espírito Santo, informa que está instalando uma passarela no km 294,6, região de Itaboraí, e será necessário realizar interdições no local para instalar as vigas de ligação entre as rampas de acesso. Haverá interdições parciais de pista entre 23h de terça-feira e 5h de quarta.

A pista será fechada totalmente no sentido Campos dos Goytacazes da meia-noite às 0h45m de quarta. No sentido contrário, a rodovia será totalmente interditada das 2h às 2h45m de quarta-feira.

http://oglobo.globo.com/rio/mat/2009...-754436809.asp
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old February 18th, 2009, 09:24 PM   #8
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

Duplicação da BR pode entrar no PAC

Prefeitos vão à ministra Dilma Rousseff fazer pressão

DA REDAÇÃO

Com o objetivo de alocar recursos para antecipar a duplicação da BR-101, rodovia federal que está sendo administrada pela iniciativa privada, autoridades da região estão se mobilizando para até o próximo mês ir a Brasília e pedir a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, que inclua o projeto no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). A previsão é que, no próximo dia dois, um novo encontro regional aconteça em Campos para apresentação do projeto técnico que será levado à capital do país.

De acordo com o deputado Geraldo Pudim, que vem articulando todos os trabalhos com prefeitos, a OHL Auto Pista e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), desde que era governadora do Estado, a prefeita Rosinha Garotinho sempre foi contra a privatização, mas diante da atual situação, ela pediu uma resposta imediata. “Com o porto do Açu, os estaleiros da região de Barra do Furado e as empresas que estão interessadas em se instalar aqui com os incentivos da Lei Rosinha, houve a necessidade de antecipar o processo”.

- Fui ao Ministério dos Transportes, que me encaminhou a ANTT, que se comprometeu a vir a Campos, assim como o diretor da OHL, o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, e prefeitos de toda a região – informou o deputado, acrescentando que estava previsto no Plano Plurianual (PPA) recursos na ordem de R$ 1,5 bilhão, que acabou sendo suspenso pelo fato da rodovia ter sido concedida.

Pudim acrescentou que o Governo do Estado já encaminhou ofício à União falando da importância de antecipar o cronograma de duplicação. “Se os prefeitos querem, os deputados federais querem, vamos unir forças e pressionar”, ressaltou o parlamentar da bancada fluminense.

Da primeira reunião regional, realizada na última sexta-feira, foi tirado o indicativo de que quem passaria a coordenar os trabalhos seria o governador Sérgio Cabral. “Com o secretário Júlio Lopes e o vice-governador Pezão, vamos tirar um documento com todos os detalhes técnicos e levar, em comitiva, para o presidente Lula”, diz Pudim, acrescentando que o prazo para inclusão da verba federal do PAC termina em março.

http://www.monitorcampista.com.br/pa...a=5&edicao=837
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old February 18th, 2009, 09:53 PM   #9
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

BR-101 terá esquema especial para o Carnaval

Autor: Redaçao de Jornalismo

A Autopista Fluminense divulgou na manhã desta quarta-feira, o esquema especial para operação no Carnaval 2009. Segundo a empresa, os usuários contarão com carros guincho extras, reforço na sinalização e atendimento 24 horas.

Para atender os usuários durante esse período com maior tráfego, a concessionária paralisou as obras da rodovia que exigem interdições adicionais, mas equipes estarão de prontidão para obras emergenciais. Alem disso, cinco painéis de mensagens variáveis informarão aos usuários as condições da rodovia.

Desde 15 de agosto, a concessionária opera a rodovia e oferece os serviços de atendimento aos usuários. Cerca de 200 profissionais se revezam para garantir os serviços abaixo, 24 horas por dia.

Além das sete viaturas de inspeção que normalmente operam na rodovia, a concessionária colocará neste feriado mais cinco viaturas extras que rodam pela rodovia 24 horas por dia para agilizar a identificação e o atendimento de ocorrências. Também estão à disposição dos usuários um caminhão de combate a incêndios, uma motocicleta que fica alocada no trecho de maior fluxo da rodovia para facilitar a chegada a atendimentos e uma viatura para resgate de animais.

A operação entrou em vigor nesta quarta-feira (18) e prossegue até a próxima quarta-feira (25), nos 320 quilômetros administrados pela empresa.

Em qualquer situação de emergência, o contribuinte pode ligar para o número 0800 2820 101. O telefone também serve para tirar dúvidas sobre a concessão da rodovia ou fazer reclamações e sugestões para a concessionária. A ligação é gratuita.

http://www.odebateon.com.br/2008/not...ia.php?id=7516
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old February 19th, 2009, 03:13 AM   #10
Ricardo Sandre
BANNED
 
Join Date: Feb 2007
Location: Rio de Janeiro
Posts: 1,872
Likes (Received): 2

Essa rodovia precisa ser duplicada urgentemente. A duplicação desta rodovia já deveria ter sido realizada há décadas.
Eu já passei diversas vezes por essa estrada e é triste ver quantas vidas foram ceifadas tragicamente por causa de acidentes a maioria das vezes em ultrapassagens.
Hoje em dia quando vou para o Rio, prefiro usar a Via-Lagos.
Ricardo Sandre no está en línea   Reply With Quote
Old February 20th, 2009, 05:16 AM   #11
daniel.zs.rj
Registered User
 
daniel.zs.rj's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Rio de Janeiro
Posts: 6,065
Likes (Received): 988

Ahhh gente..

hj passei por lá e vi que eles colocaram uma cerca separando as pistas...

olha q avanço

e paguei pedágio....esse via fácil é um horror, depois no final de mês vem a bomba
daniel.zs.rj no está en línea   Reply With Quote
Old February 21st, 2009, 03:57 AM   #12
Vinicius
SSC Brasil
 
Vinicius's Avatar
 
Join Date: Nov 2005
Location: Rio de Janeiro
Posts: 16,669
Likes (Received): 2830

Como curiosidade, ontem eu tirei algumas fotos do pedágio da Niterói-Manilha:

1.



2.



3.



4.



5.



6.

Vinicius no está en línea   Reply With Quote
Old March 2nd, 2009, 04:18 AM   #13
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378


Suas fotos não abriram aqui.


27/02/2009

Comissão vai discutir suspensão de pedágio

Já houve uma primeira audiência sobre o assunto


DA REDAÇÃO COM ASSESSORIA

O presidente da Comissão Especial da Assembleia Legislativa do Rio, que acompanha as obras de privatização da BR-101, deputado Glauco Lopes (PSDB), pretende se reunir com a Procuradoria da Alerj para saber que medidas podem ser tomadas pelo Legislativo para evitar os abusos na cobrança do pedágio pela concessionária que administra a rodovia. “Vamos discutir até mesmo o cancelamento do pedágio que a empresa começou a cobrar na localidade de Guandu, em Campos.

Esperamos, pelo menos, um entendimento para que a população que depende da BR-101 não saia prejudicada”, revelou o deputado, que, no último dia 12, foi à Câmara Municipal de Campos participar de uma audiência com prefeitos, vereadores, sindicalistas e moradores das cidades afetadas pelo serviço da concessionária.

Convidados a participar do encontro, os representantes da concessionária e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) não compareceram. “Lamento que os responsáveis pela concessionária e pela ANTT, que viriam para esclarecer e buscar soluções em conjunto, não estiveram aqui reunidos conosco”, avaliou Lopes. O parlamentar disse que vai encaminhar aos faltosos uma cópia da audiência com tudo o que foi debatido. Desde o dia 2 deste mês, o pedágio em Guandu vem sendo cobrado, mesmo com os protestos de moradores (carros de passeio pagam R$ 2,50). Esta semana, outras duas praças de pedágio começaram a funcionar na BR-101: Serrinha e São Gonçalo; e, em março, está previsto o início da cobrança em Casimiro de Abreu. Em julho, será a vez de Rio Bonito. A intenção da comissão é que, após esta audiência, o debate continue em Macaé, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu e Silva Jardim.

Participaram da audiência os deputados Wilson Cabral (PSB), Sabino (PSC) e João Peixoto (PSDC), todos membros da comissão. Criada em 27 de novembro de 2008, a Comissão Especial que acompanha as obras de privatização da BR-101 também tem como membro efetivo o deputado Tucalo (PSC). De acordo com o Regimento Interno da Alerj, o colegiado tem prazo de 120 dias para a conclusão de seus trabalhos.

http://www.monitorcampista.com.br/pa...o=843&iframe=1
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old March 2nd, 2009, 05:02 AM   #14
lusorod
LUSOROD
 
lusorod's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: SAO PAULO/LONDON
Posts: 8,359
Likes (Received): 507

Pois é.....é quando o barato sai caro! A melhor maneira de se privatizar é como foi feito no estado de SP. Esse negocio de privatizar como fez o PT dá nisso ae!
__________________
LUSOROD

((((((((((MUITO AMOR NA SUA ALMA))))))))))))))))
lusorod no está en línea   Reply With Quote
Old March 3rd, 2009, 03:38 AM   #15
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

Prefeitos discutem alternativa para antecipar duplicação da BR 101

Por Jualmir Delfino

A duplicação da BR 101, no trecho entre Campos e Macaé, foi objeto de nova rodada de negociação e debate nesta segunda-feira (2), com a direção da OHL Autopista Fluminense aceitando antecipar as obras, através de estudo técnico que vai definir caminhos para serem apresentados ao governo federal. A prefeita Rosinha Garotinho defendeu a participação do BNDES no processo, para evitar que usuários sejam penalizados.

- Nossa reivindicação para começar a duplicação neste segundo trecho vem do fato de que Campos tem o trecho com traçado mais sinuoso e condenado pela Sociedade Brasileira de Clínica Médica e a Faculdade de Medicina de Campos como provocador de seqüelas e mortes. Reiteramos, em nome da população e dos gritos de desespero das vítimas. De nada adianta a operação Tapa Buracos, que anuncia a intenção de deixar a pista um tapete. Mas este trecho precisa urgentemente das obras porque continua um tapete vermelho, mas não aquele que recebe autoridades, mas um tapete de sangue, que interrompe vidas e arruína a vida de milhares de famílias - ponderou Rosinha.

A prefeita se referiu à necessidade tanto da duplicação, como da construção de retorno. Este, em vez de ser feito pelo setor Oeste, com início no Km 55 (Travessão) e terminar no KM 85 (Ibitioca), seria construído no setor Leste, com nova ponte sobre o Rio Paraíba do Sul, próximo ao Solar dos Ayrises (Martins Lage), seguindo por trecho de domínio da Rodovia dos Ceramistas, com interseção no Km 75 (Ururaí).

A concessionária Autopista apresentou como alternativa para a antecipação da duplicação, prevista para acontecer em 2022, o reajuste do valor pedágio em torno de R$ 0,80. A prefeita Rosinha destacou que o usuário não pode ser penalizado e onerado. Ela afirmou que só é favorável ao reajuste, caso o BNDES não participe, após o início imediato das obras de duplicação e do contorno, e se o total de R$ 0,80 de reajuste for aplicado em R$ 0,20 por ano.

- Estamos solidários à prefeita Rosinha nesta mobilização que visa priorizar as obras neste trecho crítico da BR-101. Estou aqui representando o governador Sérgio Cabral e posso afirmar que tudo que for possível o governo do estado, como interlocutor, fará junto ao governo federal para viabilizar as obras. Queremos lançar a pedra fundamental da duplicação da rodovia ainda neste ano e iniciar o mais rapidamente as obras - declarou o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes.

A prefeita argumentou ainda que o contorno de Campos se faz urgente porque o Complexo Farol Barra do Furado e o Porto do Açu mais o aeroporto do Farol de São Tomé vão demandar grandes empreendimentos com movimentação intensa de caminhões para transportar containeres, com previsão de 30 mil TUS, além do incremento da camada de pré-sal.

Participaram do encontro ainda o vice-prefeito Doutor Chicão, os prefeitos Riverton Mussi (Macaé), Carla Machado (São João da Barra), Armando Carneiro (Quissamã), Beto Azevedo (São Francisco de Itabapoana), José Antônio Mandiocão (Rio Bonito); os deputados estaduais, João Peixoto e Wilson Cabral; o diretor de Projetos da OHL, Antônio Coudy Narita; o diretor superintendente da OHL, Alberto Gallo; o coordenador geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Honorato Cordeiro Pereira; secretários e comandantes de empresas de trânsito de Tanguá, Silva Jardim, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Quissamã e Carapebus.

http://www.campos.rj.gov.br/noticia.php?id=17753
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old March 3rd, 2009, 05:09 AM   #16
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

BR-101: para duplicação já, concessionária quer mais R$ 0,80 por pedágio

Concessionária quer aumentar em R$ 0,80 o pedágio para antecipar duplicação da BR-101 entre Rio Dourado e Campos. Portanto, este blog acertou quando disse no dia 14 de fevereiro, que os representantes da Auto Pista Fluminense haviam faturado a reunião com as autoridades da região. Confira aqui o que o blog comentou nesta nota.

Para facilitar ao leitor o blog transcreve a nota:
“BR-101: Autopista Fluminense faturou com reunião de Campos”
“Pelo que está informado no sítio da PMCG e nos diversos jornais de hoje, a empresa concessionária Autopista Fluminense S.A. acabou faturando na reunião com autoridades da nossa região.

O interesse de antecipar a duplicação do trecho é da sociedade, mas a empresa está muito interessada, que esta seja feita com os recursos do tesouro e não daqueles obtidos nas caixas registradoras das praças de pedágio.

O blog volta a insistir: se não discutirem com a ANTT e com a concessionária, a constituição do Conselho de Usuários para fiscalizar diretamente as receitas, as metas e os investimentos prioritários a serem feitos neste trecho de 320,1 Km da BR-101, ninguém precisa ter dúvida sobre quem vai faturar a conta”.

http://robertomoraes.blogspot.com/
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old March 3rd, 2009, 05:19 AM   #17
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

Quote:
Originally Posted by lusorod View Post
Pois é.....é quando o barato sai caro! A melhor maneira de se privatizar é como foi feito no estado de SP. Esse negocio de privatizar como fez o PT dá nisso ae!
Concordo que a melhor maneira é que foi feita no estado de SP, sem dúvidas, mas não culpo exclusivamente o PT por ter privatizado dessa forma. Se for pra culpar, eu culpo todas as últimas administrações, pois o contrato de concessão já vem neste modelo desde FHC, e nunca se importarão com o interior fluminense e além do mais uma rodovia de importância pra todo o país. Por várias vezes a sociedade civil organizada do interior fluminense junto aos governantes da região protestaram contra o modelo previsto na concessão. Acredito que depois que o Sergio Cabral entrou, o Lula teve um forte aliado o que facilitou a concessão neste modelo.
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote
Old March 4th, 2009, 04:52 AM   #18
Concurser
Registered User
 
Join Date: Nov 2008
Posts: 742
Likes (Received): 19

Colegas, pergunto construtivamente o que tem de bom no modelo paulista. Tarifa eu sei que não é, pois todas situam-se na faixa dos 7-11 reais. O que tem de bom lá?

O modelo federal tem os parâmetros de VMD e tempo de carência para as obras mais custosas (ex.: duplicação de trecho) para que só sejam executadas após obtido algum retorno para a concessionária.

Acredito que esta carência seja motivo fundamental para a impaciência da população das regiões afetadas (concordo que é complicado ir pagando pedágio numa rodovia que já esgotou sua capacidade). Mas aí também vejo como saída a possibilidade de renegociação do contrato de concessão mesmo (por uma tarifa adicional a obra seria realizada antes da carência).

Mas enfim, qual a 'mágica' paulista? Tarifa com certeza não é...
Concurser no está en línea   Reply With Quote
Old March 4th, 2009, 06:15 PM   #19
joao_silva_silva
Registered User
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 257
Likes (Received): 42

As tarifas em São Paulo são quilométricas e justas.
As tarifas cobradas na praça de arrecadação são proporcionais aos raios de abrangência.
Temos em São Paulo praças que cobram 1,20. É apenas uma questão de quilometragem.
Se não conhece o modelo paulista, não faça tal afirmações.
joao_silva_silva no está en línea   Reply With Quote
Old March 4th, 2009, 07:08 PM   #20
DouG Wq
Registered User
 
DouG Wq's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Location: Campos dos Goytacazes - RJ
Posts: 5,924
Likes (Received): 378

03/03/2009 17h23

Duplicação da BR-101 Norte pode começar ainda este ano


Por Ascom da Secretaria de Transportes

O secretário Estadual de Transportes, Julio Lopes, se reuniu, nesta segunda-feira (2/3), com os prefeitos de Campos, Rosinha Garotinho, de Macaé, Riverton Mussi, de Quissamã, Armando Carneiro, e de outros municípios por onde passa a BR 101 Norte para discutir a antecipação do cronograma de duplicação da estrada entre Niterói e a divisa com o estado do Espírito Santo, num total de 320 quilômetros. No encontro, que aconteceu em Campos, a concessionária OHL Autopista Fluminense apresentou o projeto de obras, com foco para o trecho entre Campos e Rio Dourado, o mais crítico deles, previsto para ficar pronto apenas em 2022.

A prefeita de Campos afirmou que esse trecho é considerado pela Sociedade Brasileira de Clínica Médica e pela Faculdade de Medicina de Campos como caso de saúde pública. Nessa parte da estrada, as curvas são muito sinuosas, aumentando o risco de acidentes, que, na maioria das vezes, deixam seqüelas, quando não provocam a morte dos condutores e passageiros.

O secretário de Julio Lopes disse que a duplicação imediata da BR.101 Norte é de total interesse do Governo do Estado. Ele lembrou que, além dos riscos à segurança dos motoristas, a ampliação da via é estratégica para o desenvolvimento econômico da região Norte do estado.

- Nós vamos acompanhar todas as negociações de perto. A duplicação da estrada é fundamental para viabilizar o acesso rodoviário dos grandes pólos industriais e off shore que estão surgindo na região, como o Complexo Farol da Barra do Furado, o Porto do Açu e o aeroporto do Farol de São Tomé, que trarão grandes investimentos para a região e movimentação intensa na estrada. Vamos negociar com a ANTT e com o Governo Federal para chegarmos a uma solução rápida para que a obra comece logo – afirmou Julio Lopes.

O coordenador geral da ANTT, Honorato Cordeiro Pereira, que também participou da reunião, afirmou que a agência está disposta a ajudar no que for possível para que as obras se realizem.

- A Agência está, com certeza, de braços abertos para que esse projeto aconteça. De nossa parte, não haverá problemas – garantiu o coordenador.

No entanto, a diretoria da OHL Autopista Fluminense lembrou que pode haver dificuldades na liberação dos processos ambientais, já que, ao longo da via, encontram-se reservas ecológicas. O secretário de Transportes, Julio Lopes, disse que irá marcar uma reunião com a secretária do Ambiente, Marilene Ramos, e o Ministro de Meio Ambiente, Carlos Minc, para encontrar as melhores soluções.

- Essa é uma obra prioritária. Vamos conversar e encontrar saídas juntos, para que os usuários da estrada possam ser beneficiados, sem que o meio ambiente sofra com isso – comprometeu-se o secretário.

A nova BR 101 Norte

A concessionária OHL Autopista Fluminense apresentou o novo projeto para a BR 101 Norte, com obras além das previstas no Programa de Exploração da Rodovia (PER), que especifica as condições para a execução do contrato de concessão da rodovia.

Entre as obras previstas no PER, estavam o contorno de Campos, em pista simples no lado oeste (do km 55 ao 85), para 2012 e a duplicação da pista entre Campos e Rio Dourado (km 85 ao 190), previsto para 2022, com vistas ao início das atividades do Complexo Farol da Barra do Furado, do Porto do Açu e do aeroporto do Farol de São Tomé, que demandarão grande investimento na região e movimentação intensa na estrada. Além disso, o projeto apresentado prevê também a duplicação do trecho inicial da rodovia, da divisa com Espírito Santo até Campos (do km 0 ao 55).

O diretor superintendente da concessionária, Alberto Gallo, explicou que esta é apenas uma proposta apresentada. Ainda haverá conversas com representantes dos municípios para possíveis mudanças no projeto, de acordo com a necessidade de cada região. A previsão é que, depois de aprovação da ANTT e do BNDES, além da finalização dos processos ambientais necessários, todas as obras estejam finalizadas em quatro anos.

Julio Lopes, afirmou que, como representante do governo do Estado, ficará à frente das negociações com o governo federal.

- Estou aqui representando o governador Sérgio Cabral e posso afirmar que tudo que for possível o governo do Estado, como interlocutor, fará junto ao governo federal, para viabilizar as obras. Queremos iniciar essas melhorias rapidamente – declarou o secretário.

Também participaram do encontro o subsecretário Estadual de Transportes, Delmo Pinho; a prefeita de São João da Barra, Carla Machado; o prefeito de São Fransisco de Itabapoana, Beto Azevedo; o prefeito de Rio Bonito, José Antonio Mandiocão; os deptados estaduais, João Peixoto e Wilson Cabral; o diretor de projetos da OHL, Antônio Coudy Narita; secretários e comandantes de empresas de trânsito de Tanguá, Silva Jardim, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Quissamã e Carapebus.

http://www.governo.rj.gov.br/noticia...ior.asp?N=6017
DouG Wq no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 05:55 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu