daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Fóruns Brasileiros > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte



Reply

 
Thread Tools
Old May 29th, 2011, 09:26 PM   #661
fsaulop
Registered User
 
fsaulop's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: Fortaleza
Posts: 1,607
Likes (Received): 164

Quote:
Originally Posted by ruifo View Post
blz
fsaulop no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old May 29th, 2011, 11:46 PM   #662
Kaique
Registered User
 
Kaique's Avatar
 
Join Date: Aug 2006
Location: Fortaleza/Balneário Camboriú
Posts: 7,091
Likes (Received): 103

Quote:
Originally Posted by ruifo View Post
http://www.opovo.com.br/app/opovo/fo...castelao.shtml

Prefeitura desiste de alargar parte das vias de acesso ao Castelão
Fonte: O POVO Online/OPOVO/Fortaleza

O número de desapropriações para dar início às obras da Copa do Mundo de 2014 caiu. Das cinco vias de Fortaleza previstas no projeto inicial, agora apenas a avenida Alberto Craveiro e a Via Expressa serão alargadas

28.05.2011| 01:30



- Av. Alberto Craveiro (foto) e Via Expressa: as únicas vias com grandes intervenções da Prefeitura (IANA SOARES)


O número de desapropriações em Fortaleza para as obras da Copa do Mundo de 2014 não será tão grande como se imaginava. Das cinco vias previstas para serem alargadas, apenas a avenida Alberto Craveiro e a Via Expressa serão de fato. O projeto inicial apontava alargamentos e desapropriações também nas avenidas Raul Barbosa, Dedé Brasil e Paulino Rocha. Agora, nessas três vias, as desapropriações serão “pontuais, sem grande impacto”.

A decisão, anunciada pela Prefeitura de Fortaleza, vai na contramão da promessa do poder público - e da expectativa da população - de que a Copa do Mundo representaria uma revolução urbana para a cidade. Segundo o gerente da Copa no Município, Delano Oliveira, houve mudança do projeto por viabilidade técnica. “O gasto com as desapropriações poderia ser maior do que com as obras em si”, justifica sobre a redução de vias alargadas.

O processo licitatório deve ser iniciado até julho e as obras, em setembro. As desapropriações começam a ser efetivadas nesse intervalo. Porém, os projetos executivos continuam em análise na Caixa Econômica Federal. “A alteração no projeto não deve interferir no cronograma de atividades”, acredita.

A futura avenida da Copa, Alberto Craveiro, passará para 45 metros, ficando com quatro faixas por sentido. Ocorrerá por lá o maior impacto nas desapropriações. Porém, a Prefeitura ainda não sabe precisar quantos imóveis serão atingidos. “A avenida já conta com um recuo, nem todos os imóveis serão desapropriados. Os mais atingidos serão os empreendimentos comerciais”, pontua.

A Via Expressa também deve passar por um grande número de desapropriações. A área vai dar espaço para a construção do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), retirada de semáforos, e construção de túneis nos cruzamentos com as avenidas Santos Dumont, Padre Antônio Thomaz e Alberto Sá.


Ações “pontuais”

Já as outras três vias, Raul Barbosa, Dedé Brasil e Paulino Rocha, contarão com desapropriações pontuais. “Estamos em negociação para a retirada da Auto-peças Cordeiro, na avenida Raul Barbosa”, exemplifica. As demais mudanças previstas nas vias continuam. Restauração da malha viária, drenagem, padronização de canteiros e calçadas são algumas.

Sobre o aumento no fluxo de veículos na cidade com os jogos da Copa do Mundo, Delano Oliveira afirma que poderão ser traçadas estratégias para minimizar o impacto nas vias que não passarão mais por alargamento. “Podem ter sentido único durante os jogos para dar mais fluidez”, sugere.

O POVO tentou repercutir o anúncio da Prefeitura com o secretário da Copa do Governo do Estado, Ferruccio Feitosa, mas nem ele, nem sua assessoria de imprensa, foram localizados ontem à noite.


O quê
ENTENDA A NOTÍCIA


As desapropriações terão maior impacto nas imediações da avenida Alberto Craveiro e da Via Expressa. Porém, a Prefeitura ainda não sabe precisar quantos imóveis serão retirados. Raul Barbosa, Dedé Brasil e Paulino Rocha não serão mais alargadas e terão desapropriações “pontuais”.

Viviane Gonçalves
vivi@opovo.com.br
Essa reportagem confirma que o VLT ficara expremido entre a favela e a avenida.
Tudo isso porque a prefeitura é muito mai administrda pela sra. Luizianne Lins, incapaz de coordenar um projeto de reassentamento dos moradores que há decadas invadiram as margens das linhas de trem, e outros bairros favelas da cidade, de estrutura precária.
Kaique no está en línea   Reply With Quote
Old May 30th, 2011, 02:10 PM   #663
Celso Jorge
Registered User
 
Join Date: Dec 2010
Location: São Paulo
Posts: 3,810
Likes (Received): 681

É disso que muitos políticos petistas gostam, cultura da miséria, do improviso, morosidade, burocracia, obras pela metade, falta de visão e complacência com invasões. Muitos podem até discordar, mas é isso que se vê pelo Brasil e o pior cego é aquele que não quer ver.
Celso Jorge no está en línea   Reply With Quote
Old May 31st, 2011, 12:02 PM   #664
fsaulop
Registered User
 
fsaulop's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: Fortaleza
Posts: 1,607
Likes (Received): 164

2 anos de promessas e pouca ação

Dois anos após escolha para a Copa, cidade praticamente não começou suas obras


Avenida Alberto Craveiro deverá ser alargada (IANA SOARES)

Já se passaram dois anos desde que o presidente da Fifa, Joseph Blatter, proferiu o nome “Fortaleza” no anúncio das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. E 14 meses desde que as matrizes de responsabilidade foram assinadas por governos Federal e Estadual e Prefeitura de Fortaleza. No entanto, as obras da Capital cearense para o Mundial mal saíram do papel. E, para piorar, já começam a ser reduzidas por falta de tempo hábil para a sua concretização.

Obra, de fato, sendo realizada, apenas a reforma, ampliação e modernização do estádio Castelão. Todas as outras ainda estão na fase de licitação ou sequer foram aprovadas pela Caixa, provedora dos recursos.

Muito embora, o coordenador dos Projetos Especiais Relações Institucionais e Internacionais (Cooperii), Geraldo Accioly, gestor das obras referentes à Prefeitura, quera questionar essa visão. “As obras já começaram. Essa fase do projeto já é o começo da concretização da obra. Quando você vai fazer uma operação, não precisa fazer exames antes? E isso faz parte já da cirurgia”, tentou comparar.

No entanto, os atrasos nos “exames” já fizeram com que os alargamentos previstos nas vidas de acesso ao Castelão só ocorram na avenida Alberto Craveiro e na Via Expressa. Nas outras vias, o que foi mantido foram os túneis e viadutos a serem construídos. “Por isso, é complicado falar em prazos. Eu não tenho gerência sobre pendências judiciais, por exemplo”, frisou Accioly.

E o alargamento da Via Expresso, por exemplo, é estratégico para a instalação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que ligará os bairros do Mucuripe e da Parangaba, passando pelo Aeroporto de Fortaleza, e que só deve ser iniciado em novembro. “Mas é bom lembrar que só assinamos as matrizes de responsabilidade em março de 2010”, lembra o secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa, justificando possíveis demoras para o início também desta obra.

Com isso, Fortaleza começa a perder o redesenho no seu espaço urbano que foi prometido e ameaça terminar suas principais obras às vésperas do Mundial. Atualmente, as principais vias só devem ser concluídas em junho de 2013, durante a Copa das Confederações. “Mas o mais importante mesmo é receber bem o turista”, encerrou Geraldo Accioly.

METRÔ DE FORTALEZA

As estações da linha sul devem começar a ser construídas em novembro de 2011 e terminar apenas em maio de 2013

GRUPOS DE IDIOMAS

O Imparh, Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos programa cursos avançados de línguas visando a Copa

NOVAS DATAS

As obras da Prefeitura nas vias de acesso ao Castelão só devem começar em outubro próximo, segundo até junho de 2013

Roberto Leite
robertoleite@opovo.com.br


http://www.opovo.com.br/app/opovo/es...uca-acao.shtml
fsaulop no está en línea   Reply With Quote
Old May 31st, 2011, 08:33 PM   #665
tom.lc
Registered User
 
tom.lc's Avatar
 
Join Date: Apr 2011
Location: fortaleza
Posts: 3,707
Likes (Received): 321

uma hora dizem que a via expresa vai ser alargada, em outras nao mais....agora so resta esperar rpa ver, ne....XD
tom.lc no está en línea   Reply With Quote
Old May 31st, 2011, 08:39 PM   #666
tomasegydio
Registered User
 
tomasegydio's Avatar
 
Join Date: Sep 2008
Posts: 751
Likes (Received): 5

Quote:
Originally Posted by tom.lc View Post
uma hora dizem que a via expresa vai ser alargada, em outras nao mais....agora so resta esperar rpa ver, ne....XD
Torço para ver isso:



__________________
tomasegydio no está en línea   Reply With Quote
Old June 1st, 2011, 07:24 PM   #667
LucasBrian
Registered User
 
LucasBrian's Avatar
 
Join Date: Feb 2010
Location: Fortaleza
Posts: 72
Likes (Received): 0


não dá pra ver as imagens..
__________________
Fortaleza
o nome já diz tudo.
LucasBrian no está en línea   Reply With Quote
Old June 2nd, 2011, 05:21 PM   #668
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,136
Likes (Received): 5238

Notícias sobre a reforma do Aeroporto Internacional Pinto Martins para 2014:
http://www.skyscrapercity.com/showth...0#post78892160
http://www.skyscrapercity.com/showth...8#post78892928
http://www.skyscrapercity.com/showth...0#post78893680
ruifo no está en línea   Reply With Quote
Old June 3rd, 2011, 01:29 PM   #669
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,136
Likes (Received): 5238

http://www.copa2014.org.br/noticias/...RA+A+COPA.html

Fortaleza recua em obras de mobilidade para a Copa

Prefeitura suspende o alargamento de quatro avenidas que dão acesso ao estádio Castelão


Almirante Henrique Barbosa, única que será alargada em Fortaleza (crédito: Arquivo)

Lúcio Pontes Filho - Fortaleza
postado em 02/06/2011 12:21 h
atualizado em 02/06/2011 12:37 h



Com problemas para tocar as obras de mobilidade urbana para a Copa de 2014, a prefeitura de Fortaleza já começa a reduzir o conjunto de intervenções viárias que visam preparar a cidade para o Mundial.

Das cinco avenidas da capital cearense que seriam alargadas para melhorar o fluxo de veículos, apenas uma passará pela intervenção –a Almirante Henrique Barbosa. A prefeitura não informou o motivo da suspensão das obras.

Segundo a Coordenadoria de Projetos Especiais da prefeitura (Cooperii), as demais avenidas –Alberto Craveiro, Dedé Brasil, Raul Barbosa e Paulino Rocha– terão melhorias em drenagem, malha viária, iluminação pública e receberão viadutos e mergulhões. Todas dão acesso ao Castelão, estádio que representará Fortaleza no Mundial.

O alargamento das cinco avenidas estava previsto no PAC da Mobilidade Urbana, que oferece financiamento mais barato e mais rapidez na liberação de recursos. Segundo acordo assinado entre a prefeitura e o governo federal no começo de 2010, o alargamento das avenidas deveria ter começado em janeiro deste ano.

Pressa
O governo federal anunciou ontem em reunião com prefeitos e governadores das cidades-sede que pretende excluir do PAC da Mobilidade Urbana os projetos que não saírem do papel até dezembro.

Presente à reunião, a prefeita Luizianne Lins afirmou que a Caixa Econômica Federal liberou R$ 206 milhões para as obras viárias em Fortaleza. O contrato deve ser assinado nesta semana e, de acordo com a previsão da prefeitura, as obras devem começar em outubro.

Atrasos
Em setembro de 2012, uma comissão da Fifa visitará as 12 cidades-sedes da Copa para confirmar se terão condições de sediar os jogos e se as exigências do caderno de encargos da entidade estão sendo atendidas.

De acordo com a Coordenadoria de Projetos Especiais da Prefeitura de Fortaleza (Cooperii), as intervenções nas cinco avenidas foram acordadas com a Fifa e estão cumprindo à risca as exigências.

Apesar do otimismo da versão oficial, a prefeitura terá o desafio de cumprir os novos prazos, o que não aconteceu em outras obras importantes. A reforma do estádio Presidente Vargas (PV), por exemplo, deveria ter sido entregue em dezembro de 2010, mas ainda não terminou. O PV substituirá o Castelão até o Mundial.
ruifo no está en línea   Reply With Quote
Old June 5th, 2011, 03:58 PM   #670
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,136
Likes (Received): 5238

http://diariodonordeste.globo.com/ma...?codigo=992305

debates e ideias

A nossa Copa do Mundo

Publicado em 5 de junho de 2011

A escolha de Fortaleza para sediar jogos da Copa do Mundo de 2014 se traduz em momento ímpar da recente história política, social, econômica e desportiva local. O ufanismo pela conquista - que se deve à liderança e determinação do governador Cid Gomes, se traduz num misto de orgulho que revigora a autoestima e alimenta o espírito. Colocamo-nos em terceiro lugar, dentre as cidades-sede, com programa de investimentos em torno de R$ 9,2 bilhões, cifra esta que poderá variar para mais ou para menos.

Os números do megaevento dão conta da criação de 18 milhões de postos de trabalho desde a preparação do País até a partida final da competição, que em valores movimentaria recursos da ordem de R$ 115 bilhões, segundo previsões da FGV. A entrada de turistas estrangeiros estimada em 600 mil nos 30 dias da Copa, contemplará a capital cearense não só em razão dos jogos que aqui serão realizados mas também pela sua vocação enquanto destino turístico que disputará a preferência em escala nacional e internacional. É inegável que o maior legado para o Brasil e, particularmente, para Fortaleza será o desenvolvimento humano.

Para otimizar a infraestrutura que se fixará por estas bandas é imperativo que esteja conectada a vigoroso programa de qualificação do nosso capital humano - no nível empreendedor, de gestão e operação de serviços, condição que se revela enorme desafio. Essas questões, certamente, estão sendo objeto das intervenções lideradas pela Secretaria Especial da Copa, contudo, para garantir êxito nessa grande empreitada é de bom alvitre que outros atores, além daqueles que já se incorporam, sejam estimulados a engajar sua expertise nesse campo, dando maior densidade ao atendimento da demanda por qualificação profissional. A prioridade deve ser dotar os recursos humanos de competências e habilidades para interagir encantando aqueles que nos visitarão. Essa relação para ser proveitosa precisa ser praticada com profissionalismo, estimulando o desejo de retorno espontâneo ao Ceará.

CLÁUDIO MONTENEGRO
Diretor do Instituto Centec
ruifo no está en línea   Reply With Quote
Old June 13th, 2011, 05:38 PM   #671
Sr. Jon Robs
Mr. Jon Robs
 
Sr. Jon Robs's Avatar
 
Join Date: Mar 2011
Location: Fortaleza
Posts: 158
Likes (Received): 30

Demolição parcial do nosso castelão:>>>
http://www.youtube.com/watch?v=RE3PA-3MWt8
http://www.youtube.com/watch?v=Yfqjl56dJ3o
__________________
Sou seu maior sonho dentro do seu pior pesadelo!!!
Moro em Fortaleza-ce!!!
Sr. Jon Robs no está en línea   Reply With Quote
Old June 13th, 2011, 08:37 PM   #672
lusorod
LUSOROD
 
lusorod's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: SAO PAULO/LONDON
Posts: 8,323
Likes (Received): 494

Nossa Fortaleza não pode recuar! Pressão nos politicos ja pessoal!!!
__________________
LUSOROD

((((((((((MUITO AMOR NA SUA ALMA))))))))))))))))
lusorod no está en línea   Reply With Quote
Old June 15th, 2011, 04:24 PM   #673
LP
Registered User
 
LP's Avatar
 
Join Date: Nov 2006
Location: Porto Alegre
Posts: 2,739
Likes (Received): 447

Quote:
Originally Posted by ruifo View Post
http://diariodonordeste.globo.com/ma...?codigo=992305

debates e ideias

A nossa Copa do Mundo

Publicado em 5 de junho de 2011

A escolha de Fortaleza para sediar jogos da Copa do Mundo de 2014 se traduz em momento ímpar da recente história política, social, econômica e desportiva local. O ufanismo pela conquista - que se deve à liderança e determinação do governador Cid Gomes, se traduz num misto de orgulho que revigora a autoestima e alimenta o espírito. Colocamo-nos em terceiro lugar, dentre as cidades-sede, com programa de investimentos em torno de R$ 9,2 bilhões, cifra esta que poderá variar para mais ou para menos.

Os números do megaevento dão conta da criação de 18 milhões de postos de trabalho desde a preparação do País até a partida final da competição, que em valores movimentaria recursos da ordem de R$ 115 bilhões, segundo previsões da FGV. A entrada de turistas estrangeiros estimada em 600 mil nos 30 dias da Copa, contemplará a capital cearense não só em razão dos jogos que aqui serão realizados mas também pela sua vocação enquanto destino turístico que disputará a preferência em escala nacional e internacional. É inegável que o maior legado para o Brasil e, particularmente, para Fortaleza será o desenvolvimento humano.

Para otimizar a infraestrutura que se fixará por estas bandas é imperativo que esteja conectada a vigoroso programa de qualificação do nosso capital humano - no nível empreendedor, de gestão e operação de serviços, condição que se revela enorme desafio. Essas questões, certamente, estão sendo objeto das intervenções lideradas pela Secretaria Especial da Copa, contudo, para garantir êxito nessa grande empreitada é de bom alvitre que outros atores, além daqueles que já se incorporam, sejam estimulados a engajar sua expertise nesse campo, dando maior densidade ao atendimento da demanda por qualificação profissional. A prioridade deve ser dotar os recursos humanos de competências e habilidades para interagir encantando aqueles que nos visitarão. Essa relação para ser proveitosa precisa ser praticada com profissionalismo, estimulando o desejo de retorno espontâneo ao Ceará.

CLÁUDIO MONTENEGRO
Diretor do Instituto Centec

Taí uma opinião sensata e com fundamento.
__________________
Pedi di lari
LP no está en línea   Reply With Quote
Old June 19th, 2011, 03:01 PM   #674
Matt Pordeus
Registered User
 
Matt Pordeus's Avatar
 
Join Date: Jul 2008
Location: Fortaleza - Ceará
Posts: 137
Likes (Received): 1

Se a gente for esperar pela atual prefeita de Fortaleza, a gente pode se preparar pra fazer tudo em cima da hora.

Ela não é um exemplo de gestão pra nada e nem ngm. Coitado do prefeito que vai assumir depois dela, que vai correr pra fazer as obras pra copa em um ano.
Matt Pordeus no está en línea   Reply With Quote
Old June 19th, 2011, 10:15 PM   #675
CEARENSE
É apenas recalque...
 
CEARENSE's Avatar
 
Join Date: Dec 2006
Location: Fortaleza
Posts: 5,160
Likes (Received): 808

olha quem voltou
__________________
"Nós fomos os únicos a vaiar o sol e amar um bode cachaceiro que derrubou uma oligarquia"

My threads:
CEARENSE no está en línea   Reply With Quote
Old June 28th, 2011, 03:11 PM   #676
BraVision
BANNED
 
Join Date: Dec 2007
Location: Melbourne
Posts: 2,476
Likes (Received): 59

Quote:
Originally Posted by lusorod View Post
Nossa Fortaleza não pode recuar! Pressão nos politicos ja pessoal!!!
Agreed.

Senao fizerem todas as obras agora, no futuro serao necessarias e ficarao muito mais caras e inviaveis.

Cobrar o que foi prometido, fora a mediocridade, viva a ousadia. Chega de obras inacabadas e puxadinhos.
BraVision no está en línea   Reply With Quote
Old June 29th, 2011, 02:56 AM   #677
lusorod
LUSOROD
 
lusorod's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: SAO PAULO/LONDON
Posts: 8,323
Likes (Received): 494

^
Pùxa fico P da vida com recuos quando se tem recursos pra fazerem obras que a cidade precisa! Eeeeeeeeeeeeh politicos!
__________________
LUSOROD

((((((((((MUITO AMOR NA SUA ALMA))))))))))))))))
lusorod no está en línea   Reply With Quote
Old June 29th, 2011, 12:49 PM   #678
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,136
Likes (Received): 5238

http://diariodonordeste.globo.com/ma...codigo=1003800

LEI ORÇAMENTÁRIA

Estado projeta investir R$ 10,4 bilhões até 2014

Publicado em 29 de junho de 2011

- Os recursos estão previstos no PLDO, que será votado na Assembleia até o dia 15 de julho próximo

- Eduardo Diogo: os investimentos devem ser pensados sob o enfoque de quatro anos



Passado este primeiro ano de contingenciamento de recursos, o governo do Estado projeta "abrir os cofres", mas aos poucos, nos próximos três anos, quando deve terminar o segundo mandato de Cid Gomes com investimentos de R$ 10,4 bilhões, em infraestrutura, numa média de cerca de R$ 2,5 bilhões por ano. Se confirmado o que prevê o Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2012, os investimentos no quadriênio serão 50% superiores aos R$ 6,9 bilhões anotados no período de 2007 a 2010.

Apresentado na tarde de ontem, em audiência pública na Assembleia Legislativa do Ceará, pelo secretário Estadual do Planejamento (Seplag), Eduardo Diogo, o PLDO 2012 mostra que, a exemplo de 2011, em 2012, o governo planeja investir R$ 2,39 bilhões, cerca de R$ 1 bilhão a menos do realizado em 2010. "Temos que pensar os investimentos sob o enfoque de quatro anos", justificou Diogo, diante da retração nos investimentos e nas despesas em 2011.

Parâmetros

Para ele, a diminuição nos gastos - já sentida desde de janeiro último - "é natural de um novo governo". Conforme defendeu, os ajustes são necessários para que "se mantenha a capacidade de investimentos ao longo desses próximos quatro anos".

Pelo PLDO, que ainda deverá ser votado pelo plenário da Assembleia Legislativa até o dia 15 de julho próximo, dois dias antes do recesso parlamentar, o governo pretende investir, ainda, R$ 2,76 bilhões, em 2013; e R$ 2,95 bilhões, em 2014.

Os investimentos, as receitas e demais despesas estaduais têm por base parâmetros macroeconômicos que preveem crescimento médio anual do PIB da ordem de 5,5%, ante uma inflação de 5%, ao ano. Nesse ritmo, o PIB estadual de 2012 deverá somar R$ 91,7 bilhões, ultrapassar os R$ 101 bilhões, em 2013; podendo chegar a R$ 112,8 bilhões, no ano seguinte, alimentados, certamente, pela renda gerada na economia cearense pela Copa do Mundo.

Vapt-vupt

Sem detalhar onde os recursos serão investidos, Diogo disse que apenas os projetos e programas serão definidos após uma série de 17 consultas públicas, que o governo vem realizando nas microrregiões do Estado, para elaboração das diretrizes do Plano Plurianual (PPA) 2012 - 2015. Ele garantiu, no entanto, que já há dinheiro para a construção do Acquario Ceará, orçado em R$ 250 milhões, e para reforma do Estádio Plácido Castelo (o Castelão), estimada em cerca de R$ 500 milhões.

Outros R$ 255,5 milhões, serão aplicados na reestruturação da linha férrea Parangaba - Mucuripe, sendo R$ 92,2 milhões em desapropriações e R$ 3,3 milhões em projetos, pagos com recursos próprios do tesouro Estadual. Os R$ 170 milhões para as obras serão financiados junto à Caixa Econômica Federal.

Nos investimentos propostos no PLDO estão previstos ainda, a construção de cinco Vapt-Vupt - centrais de serviços à população de retirada de documentos: RG, CPF, Carteira de Trabalho e de Habilitação, entre outras. Serão três unidades em Fortaleza, uma no Cariri e outra em Sobral.

Diogo anunciou ainda, a provisão na LDO de recursos para construção de uma policlínica no Crato e de um hospital de emergência e outro de atendimento de retaguarda na Região Metropolitana de Fortaleza. "Estamos estudando também, a possibilidade de realização de concursos público para provimento de cerca de 5.000 vagas", sinalizou o secretário. Dessas, mil são para soldados, 800 para agentes penitenciários e 2.000 para técnicos administrativos da Secretaria de Educação.

Metas fiscais

Para assegurar os investimentos, a Seplag projeta arrecadação total de R$ 61,5 bilhões nos próximos três anos, sendo R$ 18,7 bilhões, o equivalente a 30%,em 2012.

Conforme explicou o secretário, 62%, em média, dessas receitas tributárias advirão da arrecadação de ICMS, 89%, e do Fundo de Participação dos Estados (FPE), que responde por 71% das transferências correntes da União para o Ceará.

CARLOS EUGÊNIO
REPÓRTER
ruifo no está en línea   Reply With Quote
Old August 7th, 2011, 03:41 PM   #679
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,136
Likes (Received): 5238

http://www.opovo.com.br/app/opovo/ec...ate-2014.shtml

245 mil vagas de trabalho até 2014

Fonte: O POVO Online/OPOVO/Economia

Estudo anual do Senai-CE aponta elevação na oferta de vagas na indústria, por conta dos investimentos públicos e privados que ocorrerão nos próximos três anos

06.08.2011| 17:00



Construção civil é o setor que mais ofertará postos de trabalho, nos próximos três anos, com um crescimento de 90 mil novas vagas, até 2014, segundo estudo realizado pelo Senai-CE (RENATO ARAÚJO/ABR)

Duzentos e quarenta e cinco mil postos de trabalho deverão ser gerados, nos próximos três anos, no Ceará, até 2014. A estimativa é do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-CE), a partir de um estudo realizado pela Unidade de Tendência e Prospecção do Senai Nacional, em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo o diretor regional do Senai-CE, Francisco das Chagas Magalhães, o objetivo do estudo, que toma como base dados de 2010, é manter um observatório permanente do setor industrial e dispor, anualmente, de um roteiro para a demanda de cursos a serem ofertados pelo órgão, no Ceará.

De acordo com a pesquisa, o maior número de vagas ofertadas será na área de construção civil, com uma demanda média de 30 mil novos postos de trabalho por ano, totalizando 90 mil, nos próximos três anos. Em segundo lugar, está a área de metalmecânica, com 30 mil vagas, no total, seguida dos setores de couro e calçados, com 24 mil, alimentos (21 mil), confecção e vestuário (21 mil), logística e transporte (18 mil), têxtil (12 mil), energia e telecomunicações (10,5 mil), eletroeletrônica (10,5 mil), informática (6 mil), siderurgia (1,5 mil) e petróleo e gás (600).

Magalhães afirma que essa explosão de empregos na indústria, nesse período, é fruto dos novos empreendimentos e dos investimentos dos governos estadual e federal que já estão acontecendo e dos que ainda irão se instalar, no Ceará, até 2014. Dentre esses investimentos, ele cita as obras do Complexo Portuário do Pecém, como a refinaria e a siderúrgica, a Transnordestina, o Projeto de Aceleração do Crescimento (PAC), com o programa “Minha casa, minha vida” e as obras voltadas para a infraestrutura da Copa do Mundo, como a reforma do estádio Castelão e a ampliação do fluxo viário de Fortaleza.

O aumento da demanda por mão-de-obra na construção civil é confirmado pelo vice-presidente do Sindicato da Indústria de Construção Civil, no Ceará, (Sinduscon-CE), André Montenegro, que aponta o aquecimento e a falta de profissionais qualificados como as principais causas da elevação. Para ele, a melhoria no poder aquisitivo e o déficit habitacional, que em Fortaleza é calculado em 150 mil habitações, são os principais responsáveis pelo bom momento vivido pela construção civil.

Para o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Estado do Ceará (Simec), Ricard Pereira, os números do estudo para o setor metalmecânico, que prevê um incremento de 30 mil vagas, no período, podem estar superestimados. Ele afirma que as projeções da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) para o período de implantação são da ordem de 14 mil vagas e incluem outros setores, como a construção civil.

Ricard afirma que o setor mantém cerca de 20 mil a 25 mil trabalhadores, hoje, no Ceará e que há uma carência de mão-de-obra qualificada, até mesmo por conta da concorrência com outros estados, como Pernambuco, por exemplo. Sua estimativa é que a demanda por vagas na área de metalurgia, nos próximos três anos, cresça em torno de 10 mil postos de trabalho adicionais.

Por que
ENTENDA A NOTÍCIA


Os recentes empreendimentos dos governos estadual e federal, e de empresas privadas, em obras como a siderúrgica, refinaria , reforma do estádio Castelão e demais investimentos para a Copa do Mundo de 2014 deverão elevar a oferta de postos de trabalho na área industrial, nos próximos três anos.


Bruno Stéfano
bruno@opovo.com.br
ruifo no está en línea   Reply With Quote
Old August 11th, 2011, 12:25 PM   #680
ruifo
Brasil | Mexico
 
Join Date: Feb 2009
Location: Ciudad de México | São Paulo
Posts: 12,136
Likes (Received): 5238

Matéria completa já postada neste outro thread:
http://www.skyscrapercity.com/showth...4#post82771304

*******

499 obras estão em andamento nas vias da Capital

Ao todo, 499 obras da Prefeitura, Estado e empresas de telefonia são realizadas em vias públicas da Capital. Dessas, 21 são de grande porte. A previsão é que elas sejam concluídas até fevereiro do próximo ano

11.08.2011| 01:30




*******

Continua em:
http://www.skyscrapercity.com/showth...4#post82771304
ruifo no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 06:30 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu