daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy (aug.2, 2013) | DMCA policy | flipboard magazine
Old May 26th, 2009, 03:43 AM   #261
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,831


Deve ser alguma derivação de origem indígena.
tonyssa no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
 
Old May 26th, 2009, 04:23 PM   #262
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,951
Likes (Received): 2688

Recife com tempinho normal de inverno, nada de temporais calamitosos.
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old May 26th, 2009, 05:40 PM   #263
Ap_Recife
Internacia lingvo
 
Ap_Recife's Avatar
 
Join Date: Apr 2004
Location: RECIFE
Posts: 27,034
Likes (Received): 2043

Ainda bem...
__________________
Esperanto - internacia lingvo
Ap_Recife no está en línea   Reply With Quote
Old May 26th, 2009, 09:22 PM   #264
hilton jr
Registered User
 
hilton jr's Avatar
 
Join Date: Apr 2008
Location: São Luís
Posts: 266
Likes (Received): 1

Ontem teve um temporal aqui em São Luis e alagou tudo! E hoje parece que vai chuver mais...
hilton jr no está en línea   Reply With Quote
Old May 27th, 2009, 03:30 PM   #265
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,951
Likes (Received): 2688

Em Pernambuco

CHUVA
Avó e neto soterrados por barreira em Quipapá
Publicado em 27.05.2009

Acidente ocorreu, ontem, em Vila Nova, zona rural da cidade, Mata Sul. Bombeiros buscaram corpos de mulher e criança até a madrugada

Pedro Romero

promero@jc.com.br

A chuva forte que caiu ontem no Estado provocou uma tragédia em Quipapá, na Zona da Mata Sul. Por volta das 17h, uma barreira deslizou e destruiu uma casa na Rua da Igreja, distrito de Vila Nova, zona rural do município, distante 15 quilômetros do Centro. No acidente, duas pessoas ficaram soterradas. Barro e restos de moradia cobriram Quitéria Maria da Silva, 48 anos, e o neto dela, identificado como Alan, 5. Até o fechamento desta edição, às 23h30, os corpos não haviam sido localizados. “As chances de localizar sobreviventes são mínimas, porque a lama não permite formação de bolsões de ar”, afirmou o coordenador da operação de resgate, capitão Ramodrigo Peruniz, do grupamento de Vitória de Santo Antão.

Outras duas pessoas ficaram feridas. Adelaide Maria, idade não informada, irmã de Quitéria, foi arrastada pela enxurrada e seguiu para o hospital de Quipapá. José Miguel da Silva Filho, 55, sofreu ferimentos leves. Medicado, acabou sendo liberado em seguida.

A chuva forte começou por volta das 16h30 e durou apenas meia hora. No entanto, o estrago foi grande. “Ouvi um estrondo e quando saí de casa vi a barreira no chão e corri para ajudar a retirar o pessoal da lama. Nunca vi coisa igual por aqui”, afirmou Antônio Vital de Lima, 57, vizinho das vítimas.

Logo depois do deslizamento, que destruiu parcialmente outra casa, vizinhos acionaram os bombeiros. Equipes de Palmares e Vitória de Santo Antão, na mesma região, e de Caruaru e Garanhuns, no Agreste, estiveram no local. O trabalho prejudicado pela falta de iluminação e pelas precárias condições do local durou a noite e a madrugada de hoje. Os bombeiros avisaram que só interromperiam as buscas quando encontrassem as vítimas. Eles tiveram que usar lanternas e contaram com a ajuda de moradores. Quando a operação começou, não chovia mais na cidade.

AGRESTE

O temporal que caiu no interior também causou estragos em Lajedo, no Agreste, a 192 quilômetros do Recife. A Barragem de São Jacques, que abastece a cidade de 35 mil habitantes, começou a sangrar depois de uma hora de chuva forte.

Diante do problema, os bombeiros ficaram de prontidão e a cidade, em estado de alerta. Muitos moradores tiveram as casas invadidas pela água e passaram a temer uma inundação.

Outras cidades da região também registraram fortes chuvas ontem. Em Belo Jardim e Pesqueira, foram verificadas precipitações intensas. Entretanto, o nível da barragem Pedro de Moura não causa preocupação, porque se encontra em 16 centímetros de vazão no sangradouro, conforme acompanhamento do Corpo de Bombeiros.

Em Caruaru, de acordo com informações da Defesa Civil, o Riacho do Mocó apresentou alguns pontos de transbordamento, sem maiores consequências. O Rio Ipojuca cobriu algumas passagens molhadas na cidade. O volume de água, no entanto, não representa perigo para os moradores da área ribeirinha.

http://jc3.uol.com.br/jornal/2009/05/27/not_332312.php


Pai e filhos escapam por pouco de tragédia
Publicado em 27.05.2009

Foi por pouco. No lugar de cinco pontos na cabeça de um menino de 9 anos, três crianças e o pai delas poderiam estar mortos depois que uma barreira de três metros deslizou sobre a casa da família, na noite de segunda-feira, em Águas Compridas, em Olinda, Grande Recife. Eram 19h30 quando pedras e muita terra atingiram o garoto Lucas Vitor Amorim, que varria o quintal, na tentativa de retirar a água das chuvas. Franzino, foi lançado de uma altura de aproximadamente dois metros, caindo na casa vizinha, apenas com a cabeça descoberta. O vizinho conseguiu salvá-lo da morte, antes que o restante da barreira viesse abaixo.

Na residência dormiam as duas irmãs mais novas do menino, de 2 e 4 anos, retiradas às pressas pelo pai, o ajudante de pedreiro Melquíades Mamede da Silva, 43, segundos antes de mais da metade da casa ser destruída pela terra. O quarto onde as duas dormiam virou um amontoado de tijolos e pó. A mãe das crianças, a dona de casa Patrícia Bezerra de Amorim, 30, estava na igreja e só teve tempo de socorrer o filho mais velho, levando-o para o Hospital da Restauração, no Recife, onde foi medicado.

Ontem, Lucas exibia a cabeça enfaixada e, ainda aturdido, contou o que viveu. “Foi muito rápido. Eu tentava afastar a água com a vassoura porque a casa estava ficando alagada. Resolvi ir no quintal para tirar a água de lá. De repente, ouvi um estrondo e uma pedra acertou minha cabeça. Depois, sai embolando, até que meu vizinho me salvou”, relatou.

Os pais das crianças, embora aliviados por verem os filhos vivos, não escondiam a tristeza de perder todos os móveis. “A vida é o principal, sem dúvida, mas estamos com um grande vazio porque ficamos sem abrigo. Só conseguimos tirar as roupas. Os objetos eram novos. Acabamos de comprar uma geladeira, pagamos apenas a primeira prestação”, disse a dona de casa.

Além da casa destruída, outras duas residências localizadas abaixo da atingida, foram isoladas pela Defesa Civil de Olinda, que passou o dia de ontem no local. O coordenador da unidade, Paulo Brito, cuidou da retirada dos entulhos pessoalmente, ainda lívido com o fato de o deslizamento não ter deixado mortos, principalmente crianças.

“Foi um acidente muito grave. A barreira deslizou por causa do peso do muro de pedras construído há muito tempo. Com a chuva, a barreira ficou molhada e não suportou o peso. Infelizmente não temos como responsabilizar ninguém”, disse Paulo Brito. A família desabrigada vai receber auxílio moradia da prefeitura e, depois da retirada dos entulhos, os técnicos vão avaliar a possibilidade de reconstruir o imóvel. Os outros moradores foram para casa de parentes. O local onde houve o deslizamento é mais um dos 122 pontos de risco existentes em Olinda.

http://jc3.uol.com.br/jornal/2009/05/27/not_332313.php


Interior tem cerca de 300 desabrigados
Publicado em 27.05.2009

As chuvas não têm provocado prejuízos apenas na Região Metropolitana do Recife. No interior, a situação é mais crítica. Até ontem, 17 municípios tinham decretado estado de emergência no Agreste e Sertão pernambucanos. O número de pessoas desalojadas, morando com parentes, já ultrapassa 900 e quase 300 estão desabrigadas, vivendo em abrigos improvisados pelas prefeituras em escolas e em outras unidades públicas dos municípios.

O total de pessoas afetadas pelas chuvas, segundo a Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), chega a 75 mil. São famílias que estão impossibilitadas de se locomover em suas cidades porque as estradas e os acessos, principalmente os vicinais, foram destruídos pela água. “As pessoas estão muito assustadas, mas no ano passado, nessa mesma época, nós já estávamos com 47 municípios em estado de emergência nas mesmas regiões”, explicou o capitão Sérgio Maciel, chefe da Unidade de Atendimento a Emergências da Codecipe.

De acordo com relatórios preliminares enviados do interior, as cidades de Moreilândia, Jatobá (no Sertão) e Buíque (no Agreste), devem decretar estado de emergência hoje, já que vistorias estavam sendo realizadas para verificar os danos provocados pela chuva. Os municípios têm sofrido com os altos índices pluviométricos, que em alguns lugares chegou a duplicar. Em Pão de Açúcar, distrito do município de Poção, no Agreste, os mil habitantes estão ilhados há 15 dias. Os acessos foram invadidos pela água do Rio Ipojuca e a população precisa utilizar canoas para se deslocar.

MAIS CHUVAS

De acordo com boletim do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de mais chuvas hoje. As condições meteorológicas estão favoráveis à ocorrência de pancadas de chuva, de moderada a forte, com rajadas de ventos no Leste de Pernambuco, desde a noite de ontem.

http://jc3.uol.com.br/jornal/2009/05/27/not_332314.php
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old May 27th, 2009, 03:40 PM   #266
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,831


A chuva começou a cair com força na parte mais oriental do litoral da região.
tonyssa no está en línea   Reply With Quote
Old May 27th, 2009, 03:41 PM   #267
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,831

Depois da trégua de alguns dias, volta a chover em Salvador


Previsão é de pancadas esparsas nesta quarta-feira. Codesal já registrou deslizamentos de terra

Depois de alguns dias de trégua, a chuva voltou a cair na capital baiana nesta quarta-feira, 27, dando continuidade à instabilidade climática que atinge a cidade nos últimos dias. No entanto, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão não é de chuva forte e devem acontecer algumas pancadas de chuva esparsas durante o dia. O mesmo deve acontecer nesta quinta, 28, e sexta, 29. A temperatura em Salvador deve variar entre 21º e 27º C.


Codesal - A Defesa Civil de Salvador registrou 3 solicitações desde a meia noite desta quarta, 27. Do total de registros contabilizados até 7h
da manhã houve solicitações para 2 deslizamentos de terra e uma
ameaça de deslizamento. Na terça-feira, 26, houve 151 solicitações
em Salvador.

http://www.atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=1154601
tonyssa no está en línea   Reply With Quote
Old May 27th, 2009, 03:43 PM   #268
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,951
Likes (Received): 2688

Quote:
Originally Posted by tonyssa View Post

A chuva começou a cair com força na parte mais oriental do litoral da região.
Verdade, mas em comparação com o que já choveu no Maranhão, Piauí, Ceará e Bahia, aqui a chuva é pinto.
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old May 27th, 2009, 03:45 PM   #269
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,831

Saiu até uma reportagem na revista IstoÉ sobre a diferença de tratamento dado pela imprensa acerca das chuvas do NE em comparação com Santa Catarina. Até as doações feitas na cidade de São Paulo foram menos de 10% do volume arrecadado para o estado sulista.
tonyssa no está en línea   Reply With Quote
Old May 27th, 2009, 04:50 PM   #270
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,951
Likes (Received): 2688

Vai ver que ficaram com medo que roubassem as doações como aconteceu em SC...
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old May 27th, 2009, 04:55 PM   #271
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,831


Acho que o buraco é mais embaixo.
tonyssa no está en línea   Reply With Quote
Old May 28th, 2009, 03:58 AM   #272
Tito
:)
 
Tito's Avatar
 
Join Date: Nov 2007
Location: Aracaju (Brasil) / Córdoba (Argentina)
Posts: 18,384
Likes (Received): 530

Bem embaixo.
__________________


Veja fotografias e informações sobre destinos e atrativos turísticos brasileiros no blog "O Brasil de Tito"

Acesse também e curta a Fanpage no Facebook



> > > Minhas fotos de cidades e lugares no Brasil | My photos from places and cities in Brazil < < <
Tito no está en línea   Reply With Quote
Old May 28th, 2009, 03:41 PM   #273
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,951
Likes (Received): 2688

DESLIZAMENTO EM QUIPAPÁ
Rastro de mortes e desespero
Publicado em 28.05.2009

Acidente em Vila Nova, zona rural da cidade, Mata Sul, matou criança e avó e causou a remoção de 50 famílias vizinhas, que estão sem ter onde morar

QUIPAPÁ – Dois mortos, dois feridos, três casas em ruínas e 50 famílias desabrigadas. O rastro de destruição deixado pelo temporal que atingiu Quipapá, Mata Sul do Estado, na última terça-feira, provocou uma tragédia familiar e fez a cidade amanhecer de luto ontem. Deslizamento de barreira na Rua da Igreja terminou na morte de avó e neto, após um resgate que durou dez horas, danificou a estrutura de dois corredores de imóveis e quase tirou do mapa o distrito de Vila Nova, zona rural do município, a 15 quilômetros do Centro. Na manhã de ontem, o governador Eduardo Campos (PSB) sobrevoou de helicóptero a área afetada com a enxurrada e determinou, em caráter de urgência, a remoção dos moradores do povoado, que receberão auxílio-moradia (no valor de R$ 150). Ele também solicitou à prefeitura que encontre, em até 48 horas, terreno para construção de novas casas.

“Famílias estão sendo removidas para casas de parentes ou abrigos. Estamos fazendo um cadastro delas. A situação mais grave relacionada à chuva ocorreu aqui, mas o problema este ano foi inferior ao de 2008. Temos 17 municípios atingidos, contra 46 no ano passado”, disse Eduardo Campos. Ontem à noite, a Coordenadoria de Defesa Civil (Codecipe) informou que chega a 23 o número de cidades afetadas pela precipitação em Pernambuco, das quais dez decretaram situação de emergência.

De acordo com o secretário de Infraestrutura de Quipapá, Daniel Antônio da Silva, uma das possíveis causas do soterramento foi a falta de uma vala para desviar o volume de água. “Esse não era uma área de risco. Mas houve uma grande infiltração na barreira por causa da tromba d’água”, contou. Em meio à lama, moradores passaram o dia de ontem tentando salvar móveis e objetos pessoais. Alguns se mudaram para a igreja católica, escola e mercado público. A Rua da Igreja, onde ocorreu a tragédia, foi isolada e a Codecipe enviou duas bobinas de lonas plásticas para cobrir a barreira que deslizou. “Doze casas estão sob risco iminente de desabamento. Se precisar, também usaremos o prédio do Peti para abrigar desalojados.”

SOBREVIVENTES

Após receber alta médica e ainda deitada numa maca no chão da emergência do Hospital Regional do Agreste (Caruaru), uma das sobreviventes do soterramento, a dona de casa Adelaide Maria da Silva, 56, lembrou como tudo aconteceu. “Começou a chover na tarde de ontem (terça-feira), mas por volta das 17h, caiu um toró. Chovia torrencialmente e a água começou a descer por trás da casa. Nessa hora, só ouvi um barulho e apaguei.” Com a força da enxurrada, ela foi arrastada por cerca de 500 metros e só parou ao bater num muro. A dona de casa, que quebrou a perna direita, é tia-avó do garoto Alan Kaiton Silva Araújo, 5, e irmã da também dona de casa Quitéria Maria da Silva, 49. Eles estavam no imóvel e morreram no deslizamento. Um cunhado de Quitéria, José Miguel da Silva, 55, ficou levemente ferido.

Uma das filhas da dona de casa, Elizângela Maria da Silva, 17, relatou que, por pouco, não foi atingida pelos destroços. “Eu peguei meu sobrinho na escola e o deixei na casa da minha mãe. Poucos minutos depois, saí e entrei na casa da vizinha. Nessa hora, só deu para correr, pois tudo veio abaixo.” Ela acrescentou que Alan Kaiton foi achado por volta das 4h30 de ontem. “Uma geladeira virou e acabou protegendo parte do corpo dele. Ele saiu falando com os bombeiros, mas depois que entrou na ambulância, dormiu e acabou falecendo no hospital.”

Quitéria Maria e Alan Kaiton serão enterrados hoje às 8h, no Cemitério Nossa Senhora do Rosário, em Quipapá.

http://jc3.uol.com.br/jornal/2009/05/28/not_332344.php


Prefeito diz ser difícil encontrar área plana para construir casas

Publicado em 28.05.2009

O prefeito de Quipapá, Reginaldo Machado Dias (PSB), terá que correr contra o tempo para encontrar um terreno adequado à construção de novas casas para as famílias desabrigadas do distrito de Vila Nova. Ele informou ontem que a topografia do município é formada, basicamente, por áreas de morros. “É característica desta região. Parte da cidade com superfície plana já está habitada. Solicitei à Secretaria de Infraestrutura que faça visitas a terrenos no entorno de Quipapá para achar um lugar”, garantiu.

Durante visita ao distrito, o governador Eduardo Campos, disse ter pedido à Compesa para realizar vistoria na Barragem de Pau-Ferro, situada nas proximidades do povoado, que está sangrando em virtude das últimas chuvas. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, o secretário de Recurso Hídricos, João Bosco, esteve no local ontem à tarde. Uma nova inspeção técnica está marcada para a próxima quarta-feira. A assessoria ainda comunicou que avaliação feita ano passado mostrou que a barragem não apresenta risco à comunidade.

CHUVA FORTE

A Coordenadoria de Defesa Civil do Recife (Codecir) alertou, ontem à tarde, para a possibilidade de chuvas intensas hoje. O órgão destaca que áreas de instabilidade tropicais sobre o Nordeste mantêm condições favoráveis a pancadas de chuva acompanhadas de descargas elétricas no Estado. Caso precisem, moradores de áreas de risco podem solicitar ajuda telefonando para 0800-081-3400.

http://jc3.uol.com.br/jornal/2009/05/28/not_332346.php
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old May 28th, 2009, 07:18 PM   #274
calmon.neto
Per ardua surgo
 
calmon.neto's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: BAHIA
Posts: 11,453
Likes (Received): 995

Lá vem mais chuva!
__________________
Um movimento para quem ama Salvador e quer uma cidade melhor para viver. Abrace essa causa!

http://www.facebook.com/SalvadorVivaAmeCuide
calmon.neto no está en línea   Reply With Quote
Old May 29th, 2009, 05:43 AM   #275
Keyser_Soze
Registered User
 
Keyser_Soze's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,001
Likes (Received): 106

28/05/2009 - 18h30
Inundação no Piauí obriga quase 3.000 pessoas a abandonarem suas casas e deixa ao menos 4 mortos
Do UOL Notícias
Em São Paulo
Atualizada às 21h28

A inundação da zona rural do município de Cocal, no Piauí, causada pelo rompimento da barragem Algodões 1, deixou quatro pessoas mortas e 11 desaparecidas, de acordo com informações da Defesa Civil Nacional. Outras 80 pessoas ficaram feridas.

As buscas por mais vítimas já foram encerradas e devem ser retomadas a partir das 6h30 desta sexta-feira (29). Três helicópteros devem participar do resgate, principalmente nos locais de difícil acesso.

No total, são 2.000 pessoas desabrigadas (transferidas para abrigos públicos), 953 desalojadas (acolhidas em casas de amigos e parentes), além de 120 casas destruídas.

Segundo os bombeiros, a infraestrutura de abastecimento de energia, de transporte e de telecomunicações dos locais atingidos está destruída. Os moradores também estão sem água.

O Ministério Público Federal determinou a abertura de um procedimento investigatório para apurar responsabilidades no caso.

Vinte comunidades da zona rural de Cocal foram afetadas: Alvidões, Franco, Cruzinha, Figueira, Boiba, Angico Branco, Tabuleiro, Dom Bosco, Segundo Campo, Cansação, Gado Bravo, Capiberibe, Jenipabinho, Frecheiras de São Pedro, Sítio Frecheira, Olho D'Água, Gangorra, Boa Vista dos Ibóreus, Pinguim e Câmara.

Mortes
A Polícia Militar confirmou a morte de quatro pessoas na área atingida pelo rompimento da barragem em Cocal. O governador do Piauí, Wellington Dias, recebeu nesta quinta (28) ligação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que prestou solidariedade a todo o Estado do Piauí, especialmente aos moradores do município de Cocal de Estação, onde uma criança morreu após o rompimento de uma barragem.

De acordo com o governo do Estado, ao saber do ocorrido, o presidente Lula determinou o apoio imediato da Defesa Civil Nacional no atendimento à população de toda a região atingida.

De acordo com a Secretaria de Comunicação do governo, o rompimento da barragem aconteceu às 16h desta quarta, provocada pelas fortes chuvas que atingiram o Ceará, onde fica a cabeceira do rio Pirangi. A barragem foi construída no leito do rio, com capacidade para armazenar 52 milhões de metros cúbicos de água.

Famílias haviam sido orientadas a voltar ao local inundado
Famílias de Cocal e Buriti dos Lopes foram orientadas por órgãos estaduais e municipais na última sexta-feira (22) a deixarem os abrigos públicos e voltarem para suas casas, após o engenheiro responsável pela construção da obra e técnicos da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi) garantirem que não havia mais risco de rompimento da barragem.

Acompanhado do secretário estadual de Defesa Civil e deputado estadual, Fernando Monteiro (DEM), do coronel da Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, e de técnicos do Estado, o governador afirmou que "nada faltará para as famílias (atingidas), e o que elas precisarem, terão".

Mais de 100 militares, entre bombeiros e policiais de Teresina e de Parnaíba, estão no local com lanchas e cinco helicópteros para resgatar as vítimas. Aproximadamente 40 toneladas de alimentos e 50 mil medicamentos foram enviados pelo governo do Estado aos atingidos pela inundação em Cocal.

Durante toda a noite, pessoas em áreas de risco foram resgatadas, segundo a administração estadual. A BR-343, com destino ao litoral do Estado, não sofreu danos. As cidades de Parnaíba, Luís Correia, Cajueiro da Praia e Ilha Grande não foram afetadas pelo rompimento.

Por determinação do governador Wellington Dias, os helicópteros que estão em Cocal continuarão nos próximos dias nas buscas a pessoas que ainda possam necessitar de socorro. Ambulâncias do Sistema Único de Saúde (SUS) estão a postos ao longo do rio e os prontos socorros de Parnaíba, Piripiri e de Teresina estão preparados para atender às vítimas das águas, caso necessário.

















Keyser_Soze no está en línea   Reply With Quote
Old May 29th, 2009, 04:02 PM   #276
tonyssa
.
 
tonyssa's Avatar
 
Join Date: Aug 2007
Posts: 76,831


Que catástrofe!!
tonyssa no está en línea   Reply With Quote
Old May 29th, 2009, 04:38 PM   #277
Mascate
Mameluco sangue azul
 
Mascate's Avatar
 
Join Date: Mar 2007
Location: Recife
Posts: 19,951
Likes (Received): 2688

Meu Deus! Só imagino o pânico... Um horror mesmo!
__________________
Pernambuco - O Leão do Norte
Recife: 477 anos de cultura, tradição e modernidade.
06 de Março de 2014 - 197 anos da Revolução Pernambucana
רסיפה, ערש היהדות באמריקה
Mascate no está en línea   Reply With Quote
Old May 29th, 2009, 07:07 PM   #278
Tito
:)
 
Tito's Avatar
 
Join Date: Nov 2007
Location: Aracaju (Brasil) / Córdoba (Argentina)
Posts: 18,384
Likes (Received): 530

E eu que pensava que a situação estivesse melhor lá no Piauí. =/
__________________


Veja fotografias e informações sobre destinos e atrativos turísticos brasileiros no blog "O Brasil de Tito"

Acesse também e curta a Fanpage no Facebook



> > > Minhas fotos de cidades e lugares no Brasil | My photos from places and cities in Brazil < < <
Tito no está en línea   Reply With Quote
Old May 29th, 2009, 07:24 PM   #279
calmon.neto
Per ardua surgo
 
calmon.neto's Avatar
 
Join Date: Sep 2007
Location: BAHIA
Posts: 11,453
Likes (Received): 995

Meu Deus!!
__________________
Um movimento para quem ama Salvador e quer uma cidade melhor para viver. Abrace essa causa!

http://www.facebook.com/SalvadorVivaAmeCuide
calmon.neto no está en línea   Reply With Quote
Old May 30th, 2009, 02:40 AM   #280
Keyser_Soze
Registered User
 
Keyser_Soze's Avatar
 
Join Date: Aug 2008
Posts: 2,001
Likes (Received): 106

Diante da tragédia, Lula virá para prometer novamente?

DEBATE GIRA em torno da responsabilidade pela catástrofe; alguém deve ir parar na cadeia?

Inicio essa reflexão com um questionamento ao nobre leitor(a): você conhece algum dinheiro que tenha chegado ao Piauí após a vinda do presidente Lula ao estado no dia 5 de maio deste ano? Este repórter não sabe de absolutamente nenhuma autoridade que tenha recebido qualquer tipo de auxílio após a rumorosa visita presidencial.

Divulgou-se ontem que Lula telefonou para o governador Wellington Dias depois da tragédia que se abateu sobre o município de Cocal com o rompimento da barragem de Algodões I.

Foram muitos os que tiveram receio de que Lula viesse de novo sem trazer nada além de palavras e muito barulho. Os gastos de um deslocamento presidencial seguramente dariam para atender inúmeras famílias que foram prejudicadas.

Lamentável sob todos os aspectos. Primeiro, a falta de providências e recursos em torno de situações anteriores. Segundo, o momento atual, que é de extrema gravidade e que gera, sem sombra de dúvida, uma séria crise de confiança para o governador.

No dia 14 de maio, o chefe do Executivo falava que as pessoas deveriam confiar no governo e voltar para suas casas. Como alguém pode confiar num governador que disse que aquelas pobres famílias poderiam retornar para suas moradias?

E os cocalenses que confiaram? Seus mortos voltarão?

Muitos que leem o presente texto podem até considerar que há exagero nestas palavras, mas certamente não acharia se algum familiar tivesse sido arrastado pelas águas e se afogado na tragédia. Há quem defenda, inclusive, condescendência para com o governo. Nada disso.

O tratamento deve ser rigoroso, como qualquer um de nós seria tratado caso viesse a cometer tamanho erro.

O governador pertence ao PT. Quem não lembra do PT na oposição? Era implacável com todos os erros, por minímos que fosse. Estivessemos na oposição agora e seus membros, incluindo o atual governador ocuparia o espaço na mídia, para atacar os responsáveis pela tragédia anunciada.

Questionado pela imprensa sobre a responsabilidade pela tragédia, o governador afirmou que não é Deus. De fato não. Ainda bem que não. Porque não consegue se sair bem nem como um simples governador de estado.

Aliás, ele foi eleito para evitar tragédias evitáveis; para garantir que as famílias tivessem tranquilidade em situações de risco, coisa que não teve competência para fazer.

O Ministério Público Federal, através do procurador Kelston Lages, quer esclarecer de quem é a responsabilidade. O Ministério Público Estadual, através do promotor de Justiça Maurício Gomes, também quer saber a quem responsabilizar. O jornalista Boris Casoy, em comentário na TV Bandeirantes, lamentou a orientação para que as famílias retornassem às suas casas, que chamou de “atitude criminosa.”

O repórter Allisson Paixão, editor-chefe do portal 180graus, está há 48 horas no município de Cocal e se deparou com pelo menos 11 mortos até o momento em que produzimos este material. Uma tragédia com 11 mortos pode ser amenizada pela força do marketing?

Famílias perderam tudo o que tinham. Pessoas perderam a vida.

O máximo que fez Sua Excelência foi prometer novamente. Ele prometeu reparar todas as perdas sofridas pelas famílias que foram atingidas.

Alguém acredita que o governo do estado vai repor cabras, bodes, galinhas, bois, enfim, os animais daqueles criadores, ou a produção agrícola daqueles pequenos agricultores?

Quem conhece a situação em que vivem as famílias do campo, sabem a dificuldade para se adquirir qualquer coisa, um móvel, por menor que seja, muitas vezes leva o sacrifício de uma vida inteira – mesas, cadeiras, geladeiras; quanto se perdeu. Quanto tempo uma família rural leva para pagar uma geladeira comprada a prazo? Uma simples bilheira?

Quantos pequenos estabelecimentos comerciais se perderam na trajetória das águas?

São pessoas humildes, alvo preferencial do governador e do presidente. Ninguém fala por elas. Ninguém chora por sua dor. Será que Lula vem de novo? E para que virá?

Olhe com atenção para as imagens. A destruição que se vê aconteceu numa distância de 80km da barragem. Agora imagine o impacto destruidor sobre o que estava posicionado a apenas 10km de distância ou mesmo nas cercanias de Algodões... Que impacto tremendo a força devastadora das ondas teve sobre aquelas casas humildes ali situadas!

Frente ao que acabamos de vivenciar, como testemunhas de uma tragédia sem precedentes na história do Piauí, pergunta-se: alguém deve ir para a cadeia? Quem? Veja as alternativas abaixo:

a) O governador Wellington Dias, porque afinal de contas foi ele quem buscou a mídia e autorizou que as famílias poderiam voltar em segurança;

b) A presidente da Emgerpi, Lucile Moura, porque teria contratado e avalizou a atuação do engenheiro Luiz Hernane de Carvalho – ele mesmo, que disse estar tudo bem, obrigado;

c) O próprio engenheiro Luiz Hernane de Carvalho, que emitiu parecer segundo o qual as famílias poderiam retornar para suas casas porque a barragem não oferecia mais nenhum risco;

d) A responsável é a construtora que fez a obra;

e) Ninguém deve ser responsabilizado, porque a catástrofe foi causada pela intensidade das chuvas. É um exagero pedir cadeia para as autoridades e profissionais, porque afinal a intempérie climática pode ser responsabilizada por tudo.

Detalhe: a meteorologia tem hoje uma média de acerto de aproximadamente 98%. As chuvas não poderiam ter sido previstas? Na prática, minimizou-se a importância de uma perspectiva real de desastre.

Este é o valor da internet. As pessoas podem interagir.

O governador Wellington Dias foi orientado por sua assessoria para se recolher em casa e assim reduzir o desgaste na sua imagem e consequentemente na sua candidatura a senador por conta da recente tragédia em Cocal. Através da mídia foi repassada a informação de que teria feito cirurgia num dente e por isso estaria em repouso – cirurgia essa que poderia perfeitamente ter sido adiada em função da gravidade do momento. Em seguida, a primeira-dama Rejane Dias é estrategicamente enviada para a área da catástrofe, uma figura frágil, que não fala coisa com coisa. O governo tenta passar através da imprensa que a catástrofe era para ter sido. E se chega a divulgar a impressão de alívio pelo fato de que teriam sido “apenas” 11 mortos. Paciência!

O poder está nas mãos de poucos. Que poderiam falar menos e realizar mais. Que lições ficam de mais essa tragédia? Será que ganharemos apenas a presença amiga do presidente novamente? Será que lá vem o Lula de novo?

Repórter – Toni Rodrigues

www.180graus.com
Keyser_Soze no está en línea   Reply With Quote
Reply

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 01:34 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.8 Beta 1
Copyright ©2000 - 2014, vBulletin Solutions, Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like v3.2.5 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2014 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu