search the site
 daily menu » rate the banner | guess the city | one on oneforums map | privacy policy | DMCA | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Latin American & Caribbean Forums > Brasil > Fóruns Gerais > Infraestrutura e Transporte > Infraestrutura e Transporte > Transporte Ferroviário



Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools Rate Thread
Old July 27th, 2010, 06:12 PM   #61
RICO.23
Registered User
 
RICO.23's Avatar
 
Join Date: Mar 2010
Location: Rio de Janeiro City
Posts: 753
Likes (Received): 234

Estação Macaé

Quote:
Originally Posted by Uhr Ban View Post


Não entendi essa da via singular?!?...tem 4 trilhos aqui...

Uhr Ban perto da estação Central tem uma grande área de manobra e estacionamento dos trens, nesta visualização do GE vc consegue ver vários trilhos, e do outro lado da estação também tem trilhos:



Mas a via quando se afasta desta área central, é singela, tanto sentido Rio de Janeiro, quanto sentido Campos dos Goytacazes.

Sonho com o dia em que saia da Estação Leopoldina um trem rápido de passageiros com destino a Macaé e Campos.

RICO.23 no está en línea   Reply With Quote

Sponsored Links
Old July 28th, 2010, 02:29 AM   #62
Garciaex
Infraestrutura
 
Garciaex's Avatar
 
Join Date: Nov 2008
Location: São Paulo/SP
Posts: 6,791

Pessoal, tenho um contato no MacTran e questionei se a linha seria em via singela. Infelizmente já que o intervalo será alto e como a maior parte da via existente é singela o Metrô Macaé ira ser em via singela mesmo, parecido com a operação do Metrô de Teresina.
__________________
Gabriel Garcia
Status da frota do Metrô de São Paulo Atualizado em 22/09/2016
Álbum Picasa
Garciaex no está en línea   Reply With Quote
Old August 1st, 2010, 09:39 PM   #63
astyanax
Registered User
 
astyanax's Avatar
 
Join Date: Jan 2009
Location: Rio
Posts: 965
Likes (Received): 178

Macaé larga na frente e ganhará VLT em 2011

Cidade será a primeira do estado a contar com um sistema de metrô de superfície, com 25km de extensão

O GLOBO
1º de agosto de 2010
Rio – Página 35


Aloysio Balbi e Paulo Roberto Araújo


De Princesinha do Atlântico à capital nacional do petróleo, Macaé será a primeira cidade do estado a contar com um sistema de metrô de superfície, um VLT (veículo leve sobre trilhos), previsto para entrar em operação no fim de 2011. A iniciativa em Macaé ocorre anos à frente do Rio, que deverá ganhar um VLT para circular pelo Centro, na segunda fase do projeto Porto Maravilha, a tempo dos Jogos Olímpicos de 2016. A escolha do operador do serviço carioca será alvo de uma licitação da prefeitura ainda sem data.

O VLT macaense ligará os bairros Lagomar a Imboassica, num total de 25km de extensão. Inicialmente serão construídas seis estações e cada composição terá capacidade para transportar até 660 passageiros por viagem. Inicialmente, o sistema será operado pela Central (antiga Flumitrens), do governo do estado.

Pelos cálculos da prefeitura, o VLT vai beneficiar mais de seis mil pessoas por dia, interligando todo o perímetro urbano da cidade, que sofreu uma explosão demográfica devido à indústria do petróleo. O percurso, de ponta a ponta, hoje é coberto em 70 minutos em ônibus convencionais. Com o VLT, o tempo de viagem cai para meia hora. As composições do VLT vão substituir por hora o equivalente a 8,25 ônibus.

— A ideia é ampliar o projeto, num segundo momento, para um transporte regional integrado por meio da linha férrea, ligando Macaé a Rio das Ostras pelo sul e a Campos, passando por Carapebus e Quissamã, pelo norte — disse o prefeito de Macaé, Riverton Mussi.



Eixo ferroviário será aproveitado, reduzindo custos

Especialista aponta tendência mundial de opção pelo modelo


Especialista em transporte ferroviário, o engenheiro Albuíno Azeredo afirma que o VLT é o sistema de transportes ideal para cidades de médio porte, como Macaé.

— A cidade fez investimentos na construção de terminais de coletivos, mas o volume de tráfego é muito grande. Macaé tem uma grande vantagem porque já possui um eixo ferroviário natural que será aproveitado pelo VLT, diminuindo custos. A Europa já aderiu ao VLT nas cidades médias e os EUA seguiram o mesmo caminho. O americano gosta muito de pneu, mas se curvou ao VLT — disse ele, um dos técnicos que sugeriram o VLT.

Os trens terão velocidade média de 50km/h e todas as composições contarão com ar condicionado. O prefeito Riverton Mussi assinou contrato com o governo do estado para operacionalizar o meio transporte. Segundo ele, o município já tem a aprovação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para executar o projeto, que estará concluído no segundo semestre do ano que vem. A Ferrovia Centro Atlântica (FCA), detentora da concessão da linha férrea, já deu o sinal verde para que o VLT use o seu ramal, que corta Macaé.

O governo do estado, através dos dados fornecidos pela administração municipal, elabora estudo que já indica oito estações no fim do processo, começando com a implantação de cinco, sendo quatro periféricas e uma central, com dois desvios ativos para permitir o cruzamento de trens.

A futura ligação com Campos será facilitada porque já existe um ramal ferroviário de 110 quilômetros, usado apenas para transporte de carga. O prefeito de Quissamã, Armando Carneiro, acha o projeto viável e lembra que nesta semana a cidade discutiu a revitalização dos antigos ramais de trens para o turismo.


Consultoria urbanística de Jaime Lerner

Apontada como a cidade brasileira com maior crescimento econômico e populacional das duas últimas décadas, Macaé contratou o arquiteto Jaime Lerner para desenvolver o projeto Planejando Macaé. O prefeito Mussi assinou com Lerner, ex-prefeito de Curitiba e ex-governador do Paraná, um contrato de consultoria urbanística.

Lerner diz ver as cidades como um organismo vivo: o remédio, segundo ele, é uma “acupuntura urbanística”, buscando num primeiro momento a mobilidade, que na sequência influenciará a autossustentabilidade e a qualidade de vida de seus habitantes. Hoje, no mundo, há 81 cidades que, de um modo ou de outro, têm intervenções propostas por Lerner, boa parte delas partindo da premissa da mobilidade. Ele considera Macaé, além de um município fotogênico, “algo desafiador”.
astyanax no está en línea   Reply With Quote
Old August 6th, 2010, 07:01 PM   #64
seolin2010
Registered User
 
seolin2010's Avatar
 
Join Date: Jul 2010
Posts: 24
Likes (Received): 1

Já estão começando a fazer testes com um vagão na ferrovia, mas provavelmente ainda vai demorar muito até alguma coisa ficar pronta.
seolin2010 no está en línea   Reply With Quote
Old August 9th, 2010, 12:06 AM   #65
lrangel
#VoltaBarrinha
 
lrangel's Avatar
 
Join Date: May 2010
Location: Rio de Janeiro
Posts: 676
Likes (Received): 737

Só pode ser piada...

A Central que irá operar inicialmente o sistema?

Nada a declarar...
lrangel no está en línea   Reply With Quote
Old August 9th, 2010, 12:40 AM   #66
lorrampaiva
Tenório, o cabra macho
 
lorrampaiva's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: Centro da Rosca (que buraco!)
Posts: 4,207
Likes (Received): 2995

Vai dar ruim...
__________________
"VISITE UMA IGREJA EVANGÉLICA DOMINGO ÀS 19:00"
"SÓ JESUS EXPULSA IEMANJÁ DAS PESSOAS"
"BÚZIOS E CARTAS 3342-8101"
lorrampaiva no está en línea   Reply With Quote
Old October 10th, 2010, 07:44 PM   #67
phverano
phverano
 
phverano's Avatar
 
Join Date: Feb 2008
Location: Rio de Janeiro / Brasília
Posts: 1,399
Likes (Received): 81

Preocupação

Estava vendo hoje de manhã um jogo da série C entre Macaé e Criciuma, disputado no Estadio Municipal Claudio Moacyr, em Macaé

O Estadio foi todo reformado e MUITO ampliado. Antigamente comportava 4 mil pessoas e, hoje em dia, comporta 15 mil, sendo que o projeto final é para 22 mil.

O time tem boas chances de disputar a série B no ano que vem e o time, desde que o estadio foi reinaugurado, vem atraindo um bom publico para o estadio, seja pelo espetaculo em si, seja pelo inicio de um sentimento de orgulho dos moradores pelo time de futebol de sua cidade.

Dessa forma, por curiosidade, fui dar uma olhada no Google Earth pra ver onde ficava o estadio e etc...


Notei que fica muito proximo ao Aeroporto, o que o credencia a ser um possivel substituto do Maracanã, enquanto em reformas, que o torna bem mais rapido de ser acessado que, por exemplo, o de Volta Redonda.


No entanto, quando fui dar uma olhada no projeto do VLT, me deparei com uma situação:

-Na parte do Centro, o VLT passa justamente pelos eixos mais adensados.

- O VLT vai passar do outro lado do estádio e do Aeroporto, em uma região com pouca densidade populacional, em comparação com a de entrada do TPS do Aeroporto de Macaé e do Estádio

- A grande movimentação do aeroporto, que gera, por conseguinte, um bom numero de empregos

- Caso o Macaé passe pra série B do Brasileirão, vai atrair um numero muito maior de grandes jogos e, por conseguinte, de maior publico

- Se o VLT passasse na rua do Estádio e do Aeroporto, que é a mesma, iria ter uma demanda muito maior e geraria maior sustentabilidade ao futuro sistema




*fonte: http://www.macae.rj.gov.br/prefeito/...dNoticia=21177
phverano no está en línea   Reply With Quote
Old October 11th, 2010, 06:33 PM   #68
André Vasconcellos
19 - Deodoro / OCZ
 
André Vasconcellos's Avatar
 
Join Date: Jul 2010
Posts: 3,515
Likes (Received): 4158

Eu também vi o jogo e achei um estádio com uma boa infra-estrutura comparável ao Raulino de Oliveira em Volta Redonda...

O que mata mesmo foi o q vc disse, a distância da linha para o estádio, de uma rua local dá 1,4 km de distância do estádio até a ferrovia pela rua Medeiros.

No mais se ela fosse por essa rua(que bem mas beem mais afrente do Aeroporto beira a linha) dava para criar um rabicho até o estádio.
__________________
Brasil : Ame ou Deixe .

Hard times
Gonna make you wonder why you even try
Hard times
Gonna take you down and laugh when you cry
André Vasconcellos no está en línea   Reply With Quote
Old September 6th, 2011, 06:08 PM   #69
Guilherme2004
Registered User
 
Guilherme2004's Avatar
 
Join Date: Mar 2011
Posts: 742
Likes (Received): 704

Alguém sabe sobre a continuidade da obra ?
Guilherme2004 no está en línea   Reply With Quote
Old September 6th, 2011, 11:33 PM   #70
Garciaex
Infraestrutura
 
Garciaex's Avatar
 
Join Date: Nov 2008
Location: São Paulo/SP
Posts: 6,791

Ainda não começou. Não há muita divulgação nem mesmo na cidade sobre o VLT. Pelas últimas informações que consegui estavam executando o projeto básico. Mas a forma como esse VLT está sendo feito (via singela) e com estimativa de intervalo de 35 minutos sinceramente duvido que saia. Se sair, vai ficar bem subutilizado.
__________________
Gabriel Garcia
Status da frota do Metrô de São Paulo Atualizado em 22/09/2016
Álbum Picasa
Garciaex no está en línea   Reply With Quote
Old September 6th, 2011, 11:46 PM   #71
Paulo Magalhães
Registered User
 
Paulo Magalhães's Avatar
 
Join Date: May 2010
Posts: 4,165
Likes (Received): 580

Quote:
Originally Posted by Garciaex View Post
Ainda não começou. Não há muita divulgação nem mesmo na cidade sobre o VLT. Pelas últimas informações que consegui estavam executando o projeto básico. Mas a forma como esse VLT está sendo feito (via singela) e com estimativa de intervalo de 35 minutos sinceramente duvido que saia. Se sair, vai ficar bem subutilizado.
De toda meneira...

Dois TUDH's tiveram a sua confecção contratada à Bom Sinal
__________________
Engenheiro Ferroviário
Paulo Magalhães no está en línea   Reply With Quote
Old February 20th, 2012, 10:11 PM   #72
Diogocosmo
Registered User
 
Diogocosmo's Avatar
 
Join Date: Oct 2011
Posts: 775
Likes (Received): 47

Acho que deveriam pensar com certa urgencia em contruir trens regionais ligando o Rio à região dos lagos e norte. Principalmente devido ao carnaval, ficar 15horas dentro de um ônibus pra ir do Rio à Cabo Frio, ninguém merece.
Diogocosmo no está en línea   Reply With Quote
Old February 21st, 2012, 04:31 AM   #73
Garciaex
Infraestrutura
 
Garciaex's Avatar
 
Join Date: Nov 2008
Location: São Paulo/SP
Posts: 6,791

Aproveitando o up para dar algumas características do projeto:

- Intervalo mínimo no pico de 10 minutos;
- Velocidade média de 30 km/h;
- Via singela, com perspectiva de duplicação após consolidação do sistema;
- Integração com o sistema de ônibus, que será um dos alimentadores do VLT.

Informações da Prefeitura Municipal de Macaé
__________________
Gabriel Garcia
Status da frota do Metrô de São Paulo Atualizado em 22/09/2016
Álbum Picasa
Garciaex no está en línea   Reply With Quote
Old February 21st, 2012, 05:54 PM   #74
Otis LA
Registered User
 
Join Date: Dec 2004
Posts: 572
Likes (Received): 38

No entanto, quando fui dar uma olhada no projeto do VLT, me deparei com uma situação:

-Na parte do Centro, o VLT passa justamente pelos eixos mais adensados.

- O VLT vai passar do outro lado do estádio e do Aeroporto, em uma região com pouca densidade populacional, em comparação com a de entrada do TPS do Aeroporto de Macaé e do Estádio

- A grande movimentação do aeroporto, que gera, por conseguinte, um bom numero de empregos

- Caso o Macaé passe pra série B do Brasileirão, vai atrair um numero muito maior de grandes jogos e, por conseguinte, de maior publico

- Se o VLT passasse na rua do Estádio e do Aeroporto, que é a mesma, iria ter uma demanda muito maior e geraria maior sustentabilidade ao futuro sistema


Bem lembrado...

muitos de nós foristas já estamos com a boca seca de tanto falar... projeto de transporte de massa deve ser integrado a plano diretor municipal, que rege usos, tipos e níveis de ocupação do solo urbano - é lei! Por conta de se aproveitar faixa de domínio existente, a via a ser implantada pode passar por áreas degradadas, com baixa densidade populacional, daí o sistema fica com a manutenção cara, não recebe investimento e entra em decadência e abandono. As áreas ao longo da via férrea serão adensadas? Receberão equipamentos que atraem demanda, como escolas, conjuntos habitacionais, hospitais? Não? Não seria melhor repensar o trajeto do VLT para que, em alguns pontos, o mesmo abandone a faixa de domínio existente e passe por áreas de ocupação e densidade urbana consolidados? Por economizar trocados o sistema pode ir pro brejo, inútil...
Otis LA no está en línea   Reply With Quote
Old February 21st, 2012, 06:05 PM   #75
Paulo Magalhães
Registered User
 
Paulo Magalhães's Avatar
 
Join Date: May 2010
Posts: 4,165
Likes (Received): 580

Em um primeiro momento, fica aparente que não serão empreendidas nenhuma retificação de traçado relevante... logo o sistema esta sendo concebido como um troncalizador de deslocamentos, por meio de terminais de integração multimodal nas principais estações.
__________________
Engenheiro Ferroviário
Paulo Magalhães no está en línea   Reply With Quote
Old February 21st, 2012, 08:00 PM   #76
Ramos
Brasil-Belindia é aqui
 
Ramos's Avatar
 
Join Date: Dec 2006
Posts: 12,825
Likes (Received): 8692

Quote:
Originally Posted by Otis LA View Post
Não seria melhor repensar o trajeto do VLT para que, em alguns pontos, o mesmo abandone a faixa de domínio existente e passe por áreas de ocupação e densidade urbana consolidados? Por economizar trocados o sistema pode ir pro brejo, inútil...
Não é uma questão de economizar, mas sim de gastar apenas o que se tem.

Se Macaé tivesse dinheiro para bancar um projeto desse porte, não utilizaria uma linha antiga de trem. . .
Ramos no está en línea   Reply With Quote
Old February 21st, 2012, 08:23 PM   #77
Garciaex
Infraestrutura
 
Garciaex's Avatar
 
Join Date: Nov 2008
Location: São Paulo/SP
Posts: 6,791

Dinheiro a cidade tem, mas não priorizaram o montante ideal para isso.
__________________
Gabriel Garcia
Status da frota do Metrô de São Paulo Atualizado em 22/09/2016
Álbum Picasa
Garciaex no está en línea   Reply With Quote
Old February 21st, 2012, 11:09 PM   #78
Ramos
Brasil-Belindia é aqui
 
Ramos's Avatar
 
Join Date: Dec 2006
Posts: 12,825
Likes (Received): 8692

Quote:
Originally Posted by Garciaex View Post
Dinheiro a cidade tem, mas não priorizaram o montante ideal para isso.
A cidade não possui dinheiro suficiente para tocar um projeto desse porte sozinha. Aliás, nenhuma cidade brasileira possui dinheiro para custear sozinha um projeto desse porte (só com aporte de dinheiro estadual, federal e de bancos de fomento).
Ramos no está en línea   Reply With Quote
Old February 21st, 2012, 11:50 PM   #79
Paulo Magalhães
Registered User
 
Paulo Magalhães's Avatar
 
Join Date: May 2010
Posts: 4,165
Likes (Received): 580

Isto retoma uma questão que já foi amplamente discutida...

Capacidade momentânea de investimento, tocante à capacidade de endividamento do erário estadual ou municipal em questão, difere de capacidade tecnofinanceira... que compreende a manutenção, gestão e operação dos sistemas, tanto como o seu custeio operacional corrente, este por uma vez é intrinsecamente relacionado à previsão orçamentária do custeio da pasta (secretária) da esfera do funcionalismo em questão.

Se capacidade momentânea de investimento fosse algo cabal, veriamos projetos de viabilidade de concessão de financiamento aprovados aos montes pelas bancas de habilitação dos diversos bancos e agências estatais: tais como BNB, BNDES... e vários colossos se degradando país a fora devido a sua insustentabilidade tecnofinanceira.


Pode parecer simplório o projeto, se visto sob a perspectiva do panorama de mobilidade urbana das grandes metropoles brasileiras, mas para uma cidade das dimensões e contingente populacional de Macaé, trata-se de uma grande oportunidade de se reestruturar (ou até de implantar caso seja inexistente) o padrão de deslocamentos do sistema municipal de transporte, sendo possível deliberar uma politica de zoneamento e expansão da ocupação urbana em áreas pouco densas ao longo deste novo eixo de transporte, racionalizando assim o possível crescimento exarcebado sobre áreas superespeculadas da cidade.
Por meio da elaboração e institucionalização/legalização de um plano diretor municipal e de um ente público (podendo ser formatado sob o caráter de empresa pública) empreender infraestrutura básica em áreas possivelmente desprovidas ou degradadas ao longo da porção lindeira do traçado e anexas.
__________________
Engenheiro Ferroviário
Paulo Magalhães no está en línea   Reply With Quote
Old February 22nd, 2012, 01:17 AM   #80
Otis LA
Registered User
 
Join Date: Dec 2004
Posts: 572
Likes (Received): 38

Quote:
Originally Posted by Paulo Magalhães View Post
Isto retoma uma questão que já foi amplamente discutida...

Capacidade momentânea de investimento, tocante à capacidade de endividamento do erário estadual ou municipal em questão, difere de capacidade tecnofinanceira... que compreende a manutenção, gestão e operação dos sistemas, tanto como o seu custeio operacional corrente, este por uma vez é intrinsecamente relacionado à previsão orçamentária do custeio da pasta (secretária) da esfera do funcionalismo em questão.

Se capacidade momentânea de investimento fosse algo cabal, veriamos projetos de viabilidade de concessão de financiamento aprovados aos montes pelas bancas de habilitação dos diversos bancos e agências estatais: tais como BNB, BNDES... e vários colossos se degradando país a fora devido a sua insustentabilidade tecnofinanceira.


Pode parecer simplório o projeto, se visto sob a perspectiva do panorama de mobilidade urbana das grandes metropoles brasileiras, mas para uma cidade das dimensões e contingente populacional de Macaé, trata-se de uma grande oportunidade de se reestruturar (ou até de implantar caso seja inexistente) o padrão de deslocamentos do sistema municipal de transporte, sendo possível deliberar uma politica de zoneamento e expansão da ocupação urbana em áreas pouco densas ao longo deste novo eixo de transporte, racionalizando assim o possível crescimento exarcebado sobre áreas superespeculadas da cidade.
Por meio da elaboração e institucionalização/legalização de um plano diretor municipal e de um ente público (podendo ser formatado sob o caráter de empresa pública) empreender infraestrutura básica em áreas possivelmente desprovidas ou degradadas ao longo da porção lindeira do traçado e anexas.
É isso aí. A cidade pode oferecer a si mesma vastas áreas de ocupação e recuperação com um bom serviço público de transporte. Alguém de Macaé pode dizer se isto está sendo previsto, pensado junto com a implantação do VLT? Se não, o projeto está fadado ao fracasso, além de ilegal.
Otis LA no está en línea   Reply With Quote


Reply

Thread Tools
Rate This Thread
Rate This Thread:

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off

Related topics on SkyscraperCity


All times are GMT +2. The time now is 09:52 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2017, vBulletin Solutions Inc.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

vBulletin Optimisation provided by vB Optimise (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2017 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us | privacy policy | DMCA policy

Hosted by Blacksun, dedicated to this site too!
Forum server management by DaiTengu