Porto | Demolição do Bairro do Aleixo - Page 20 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Porto > Projectos


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old April 23rd, 2019, 09:54 PM   #381
Andre_Filipe
On The Horizon
 
Andre_Filipe's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Posts: 15,053
Likes (Received): 8850

Bairro do Aleixo vai finalmente ser demolido

Quote:
A Câmara do Porto revelou hoje que já assinou contratos para realojar “todos” os moradores do bairro do Aleixo, pelo que “até 7 ou 8 de Maio” as torres vão ser entregues ao Fundo criado para o demolir.

“Assinámos contratos com todas as pessoas com vista ao realojamento. Até 7 ou 8 de Maio estaremos em condições de entregar as torres ao Fundo [Imobiliário, criado em 2009 com vista à demolição do bairro]. Todos os processos de 89 famílias foram tratados com o maior cuidado desde Setembro do ano passado”, afirmou o vereador da Habitação, Fernando Paulo, na reunião pública camarária.

O Bairro do Aleixo, situado na União das Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos, foi construído em 1976. Inicialmente era constituído por 320 fogos, distribuídos por 5 torres. Actualmente restam apenas três, depois de a torre 5 ter sido demolida em 2011 e a torre 4 em 2013, no último mandato do social-democrata Rui Rio e no âmbito do Fundo Imobiliário que ficará com os terrenos para construção.

No início de Abril, o presidente da autarquia, Rui Moreira, revelou que residiam no Aleixo 11 famílias e apontou para a primeira semana de Maio a conclusão dos realojamentos, com vista a avançar com a demolição do conjunto habitacional, “por desmontagem e não por implosão”

O vereador do PS, Manuel Pizarro, quanto ao futuro dos terrenos do bairro, defendeu estar em causa “um debate para fazer no futuro”.

“O PS reconhece não haver condições para manter aquelas famílias mas continuaremos a defender que Fundo Imobiliário do Aleixo está ultrapassado pelo passar dos anos. Devia ser encontrada alternativa, como a encontrada para o [bairro] Rainha D. Leonor, que provou servir”, sustentou.

Em Março, o fundo imobiliário criado em 2010 para gerir a operação de demolição do Bairro do Aleixo tinha entregado à Câmara do Porto apenas dois dos cinco projectos de habitação social definidos como condição prévia para a reurbanização daqueles terrenos.

A reurbanização dos terrenos do Bairro do Aleixo prevê a construção, nos terrenos do bairro, de sete blocos de habitação de luxo com quatro a cinco pisos, bem como de um edifício comercial de proximidade.
__________________

Spedfrom liked this post
Andre_Filipe no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old April 23rd, 2019, 10:01 PM   #382
ERVATUGA
- Take it easy -
 
ERVATUGA's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Location: Shéol
Posts: 61,872
Likes (Received): 19796

__________________
- Please, be Happy -
ERVATUGA no está en línea   Reply With Quote
Old June 9th, 2019, 11:42 PM   #383
Andre_Filipe
On The Horizon
 
Andre_Filipe's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Posts: 15,053
Likes (Received): 8850

Empreendimento nos terrenos do Aleixo só deverá avançar em 2021

Quote:
O projecto imobiliário que prevê a construção, nos terrenos do Bairro do Aleixo, de sete blocos de habitação com quatro a cinco pisos não deverá avançar antes de 2021, avançou hoje a entidade gestora do Fundo Imobiliário do Aleixo.

Recorde-se que penas existem três das cinco torres que constituíam o Bairro do Aleixo, no Porto, tendo sido noticiado hoje o arranque do processo da sua demolição "por desmontagem". Em 2011, foi efectuada a demolição da Torre 5 e o mesmo aconteceu à Torre 4, em 2013, ambos pelo processo de implosão

Uma vez concluídas as demolidas e instaladas todas as famílias que moravam no Aleixo, o Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado, Invesurb, vai construir sete edifícios de habitação que terão até 100 apartamentos, destinados a famílias das classes média e alta.

O projecto do Arquitecto José António Barbosa, do atelier Barbosa & Guimarães Arquitectos, foi escolhido num concurso de ideias, lançado em 2012 pelo Invesurb.

A reurbanização dos terrenos do Bairro do Aleixo tinha como condição prévia a conclusão da construção de todas as habitações sociais a entregar à autarquia, nomeadamente os projectos da Rua das Musas e da Rua Mouzinho da Silveira, já concluídos, as habitações da Travessa de Salgueiros (29 fogos) e da Rua das Eirinhas (36 fogos) e ainda as habitações do Bairro do Leal para onde estão estimados 66 fogos.

Em declarações à Lusa, Manuel Monteiro de Andrade, administrador-delegado da Fundbox, a entidade gestora do Inversurb, o Fundo Especial de Investimento Imobiliário criado em 2010 para gerir o projecto do Bairro do Aleixo, disse acreditar que as empreitadas na Travessa de Salgueiros - que já está em obra - e da Rua das Eirinhas - cujo concurso vai ser agora lançado, - possam estar concluídas até ao final de 2020, contudo, o mesmo não se passa com o Bairro do Leal.

“Temos aqui uns anos de trabalho" até instalar todos os antigos moradores do Aleixo

O Bairro do Leal "É o maior deles todos e é uma obra que precisará sempre de um ano, um ano e meio para ser feita, portanto, eu diria que tínhamos que agora já ter o projecto dela. Não temos, nem sabemos bem qual vai ser a orientação final", explicou, sublinhando que só depois de conhecerem com detalhe o projecto será possível avaliar com rigor o tempo que levará a estar pronto. "Ainda temos aqui uns anos de trabalho", concluiu.

O administrador salienta que o contrato com o município do Porto vai ser "escrupulosamente cumprido", pelo que, "a obra nos antigos terrenos do Bairro do Aleixo, só avançam, a partir do momento, que for entregue a última habitação social que conste do contrato".

"Não quer dizer que antecipadamente não se façam estudos, isso é normal", disse.
__________________

Andre_idol liked this post
Andre_Filipe no está en línea   Reply With Quote
Old July 5th, 2019, 01:18 PM   #384
Andre_Filipe
On The Horizon
 
Andre_Filipe's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Posts: 15,053
Likes (Received): 8850

Demolidos dois terços da Torre 1 do Aleixo no Porto um mês após início da "desmontagem"

Quote:
Um mês após o início dos trabalhos de "desmontagem" das últimas torres do Bairro do Aleixo, no Porto, já foram demolidos dois terços da Torre 1, devendo a "entrada" na Torre 2 acontecer ainda durante este mês.

Com a demolição da Torre 5 em 2011 e da Torre 4 em 2013, no último mandato de Rui Rio, restavam apenas três das cinco torres que constituíam o Bairro do Aleixo, cujo processo de demolição "por desmontagem" começou no dia 6 de junho.

"[Os trabalhos] estão a correr exatamente de acordo com o calendário que estava definido. Neste momento, nós temos dois terços da Torre 1 já demolidos e, portanto, decorrem como planeado, sem nenhum constrangimento até à data", revelou, em declarações à Lusa, Manuel Monteiro de Andrade, administrador-delegado da Fundbox, a entidade gestora do Inversurb, o Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado criado em 2010 para gerir o projeto do Bairro do Aleixo.

Segundo aquele responsável, os trabalhos na Torre 1 avançam agora com a ajuda de uma máquina de menor dimensão, depois do avanço dos trabalhos realizados com uma máquina específica encarregue da "desmontagem" até uma certa altura.

Contudo, sublinhou, "é preciso adiantar mais um pouco na Torre 1 para poder avançar para a Torre 2".

Apesar de não estar definida nenhuma "data precisa", os trabalhos na Torre 2, aponta o administrador, devem avançar ainda este mês.

Em declarações à Lusa, no dia 07 de junho, Manuel Monteiro de Andrade, explicou que foi preciso finalizar o processo de retirada do amianto presente nos edifícios, nomeadamente na cobertura das torres.

À data, aquele responsável, adiantava ainda que a desmontagem nas torres 2 e 3 vai ser feita progressivamente, à medida que vão avançando os trabalhos na Torre 1, mantendo-se, se não surgir nenhum constrangimento adicional, o prazo de seis meses para a conclusão dos trabalhos.

O projeto imobiliário que prevê a construção, nos terrenos do Bairro do Aleixo, de sete blocos de habitação com quatro a cinco pisos, não deverá, contudo, avançar antes de 2021, uma vez que a reurbanização dos terrenos do Bairro do Aleixo tinha como condição prévia a conclusão da construção de todas as habitações sociais a entregar à autarquia.

Entre elas estão os projetos da Rua das Musas e da Rua Mouzinho da Silveira, já concluído; as habitações da Travessa de Salgueiros, já em obra; da Rua das Eirinhas, cujo concurso vai ser agora lançado e ainda as habitações do Bairro do Leal para onde estão estimados 66 fogos cujo projeto está ainda a ser preparado pela autarquia.

O projeto inicial prevê a construção, nos terrenos do bairro, de sete blocos de habitação de luxo com quatro a cinco pisos, bem como de um edifício comercial de proximidade. Projeto este que, segundo a FundBox, não sofreu, até à data, quaisquer alterações.

A 25 junho de 2015, aquando do anúncio de entrada da Mota Engil como acionista no Fundo do Aleixo, a Câmara do Porto admitia, contudo, numa nota à imprensa, que o empreendimento seria adequado ao Plano Diretor Municipal (PDM), "perdendo dimensão".
Andre_Filipe no está en línea   Reply With Quote
Old July 5th, 2019, 01:20 PM   #385
Andre_Filipe
On The Horizon
 
Andre_Filipe's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Posts: 15,053
Likes (Received): 8850

Junta denuncia falta de polícia para travar deslocalização do tráfico de droga do Aleixo

Quote:
A PSP tem falta de meios para combater a deslocalização do tráfico de droga nos bairros municipais do Porto, desde que há um mês arrancou a demolição das últimas torres do Aleixo, denunciou a autarca da freguesia local.

"Isto é uma situação alarmante e que está à vista de todos. Efetivamente, ali na zona do bairro de Lordelo, bairro de Pinheiro Torres, Condominhas e Fluvial, estamos com alguns problemas", disse, sublinhando que até "os próprios moradores, nem durante a noite conseguem ter o merecido descanso", declarou Sílvia Maia, a presidente da União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos, onde se situa o Aleixo.

Um mês após o início do processo de demolição "por desmontagem" das três últimas torres do bairro do Aleixo, que começou a 6 de junho, Sílvia Maia explicou que já se reuniu com o Comandante do Comando Metropolitano do Porto da PSP, a quem relatou todas as preocupações, quer das associações de moradores dos vários bairros ali existentes quer do hotel e do clube desportivo nas proximidades.

A autarca, que lembrou que lá perto existe também a escola primária das Condominhas e o próprio Clube Fluvial Portuense, assegurou que junta, Câmara do Porto e forças de segurança estão atentas e a trabalhar diariamente para minimizar o problema, contudo faltam meios.

"O que também me foi dito pelo próprio superintendente é que eles têm poucos recursos, poucos operacionais a nível da PSP", afirmou.

Nesse sentido, e segundo Sofia Maia, a câmara estará também a fazer diligências no sentido de, não só contribuir para o reforço do número de veículos da PSP na patrulha, mas também para "reforçar o número de operacionais da PSP, através de gratificados".

Para além disso, aquela União de Freguesias vai informar a tutela e a Assembleia da República da situação em concreto, sublinhando a autarca que há "falta de operacionais" na cidade.

"É efetivamente preocupante, quando não temos a polícia para garantir a segurança", defendeu.

Em maio o Bloco de Esquerda denunciou que o desmantelamento do bairro do Aleixo estava a conduzir a uma "pulverização" do consumo e do tráfico de droga na cidade, nomeadamente na zona da Sé.

Contactado pela Lusa, o presidente da União de Freguesia do Centro Histórico do Porto, António Fonseca, sublinhou que o problema do consumo e tráfico de droga na Sé não é novo.

O autarca considera, contudo, que o início do processo de demolição das últimas torres do Aleixo não fez crescer o fenómeno naquele local, mas admite que outras zonas da cidade possam passar a ser procuradas pelos traficantes.

A Lusa questionou ainda o Comando Metropolitano do Porto da PSP que, em resposta escrita, garante estar a acompanhar a situação, em articulação com a autarquia e a Polícia Municipal, tendo implementado diversas medidas, "tanto de natureza preventiva como repressiva, procurando conciliar os problemas decorrentes de uma deslocalização de algum tráfico de droga, com as demais prioridades e áreas de intervenção na cidade".

A PSP, acrescenta que, nos últimos meses, e sem prejuízo de ações no domínio da investigação e repressão criminais, "este Comando tem efetuado um policiamento dirigido aos espaços mais afetados pelo tráfico de droga, envolvendo várias valências policiais, nomeadamente Equipas de Intervenção Rápida, Equipas de Prevenção e Reação Imediata, Corpo de Intervenção e Grupo Operacional Cinotécnico".

Com a demolição da Torre 5 em 2011 e da Torre 4 em 2013, no último mandato de Rui Rio, restavam apenas três das cinco torres que constituíam o Bairro do Aleixo, cujo processo final de demolição "por desmontagem" começou no dia 06 de junho

O fim dos trabalhos está previsto para o final do ano.
Andre_Filipe no está en línea   Reply With Quote
Old July 5th, 2019, 04:12 PM   #386
Spedfrom
Registered User
 
Spedfrom's Avatar
 
Join Date: Aug 2015
Location: Santo Tirso, Porto, Leicester
Posts: 1,173
Likes (Received): 527

É preciso é pulverizar o tráfico de droga. Reunir uma alargada equipa de profissionais e estar presente de forma consistente nas zonas de maior risco durante o tempo que for necessário até que as coisas mudem.
__________________

Resende13 liked this post
Spedfrom no está en línea   Reply With Quote
Old July 6th, 2019, 06:29 PM   #387
ERVATUGA
- Take it easy -
 
ERVATUGA's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Location: Shéol
Posts: 61,872
Likes (Received): 19796



Com isto vai mais depressa...

__________________
- Please, be Happy -

MannyVieira liked this post
ERVATUGA no está en línea   Reply With Quote
Old July 8th, 2019, 12:09 AM   #388
51-51-HT...
Registered User
 
Join Date: Aug 2016
Posts: 723
Likes (Received): 136

este forum parece ser um forum facista, para facistas...
__________________
Mais vale perder um campeonato de pé, do que ganhar um campeonato de joelhos...

O_Galaico, PedroMTG liked this post
51-51-HT... está en línea ahora   Reply With Quote
Old July 8th, 2019, 05:43 PM   #389
DiogoBaptista
Registered User
 
DiogoBaptista's Avatar
 
Join Date: May 2011
Location: Évora
Posts: 6,351
Likes (Received): 8684

O que é preciso é tratar e reabilitar as pessoas que estão agarradas a este vicio.

E claro, prender quem faz disto um negócio e se aproveita da fragilidade e do consumo dos viciados.
DiogoBaptista no está en línea   Reply With Quote
Old July 8th, 2019, 07:52 PM   #390
ERVATUGA
- Take it easy -
 
ERVATUGA's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Location: Shéol
Posts: 61,872
Likes (Received): 19796

__________________
- Please, be Happy -
ERVATUGA no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
porto

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 12:21 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us