BRAZIL | Urban Transport Compilation - Page 111 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > Infrastructure and Mobility Forums > Subways and Urban Transport

Subways and Urban Transport Metros, subways, light rail, trams, buses and other local transport systems


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old October 9th, 2019, 04:43 AM   #2201
A-B
Registered User
 
A-B's Avatar
 
Join Date: Apr 2019
Posts: 2,024
Likes (Received): 2069

The licitation isn't finished and no one was awarded yet. Only the offers were opened. That consortium just has made the lowest offering.

There's also two other consortiums on this licitation.
__________________

mopc liked this post
A-B no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old October 9th, 2019, 02:34 PM   #2202
Arthur Baz
.
 
Arthur Baz's Avatar
 
Join Date: Nov 2012
Location: Cidade de Minas
Posts: 2,754
Likes (Received): 3175

frightening... Bom sinal is not a good signal.
__________________
Make Minas trem bão again
Arthur Baz no está en línea   Reply With Quote
Old October 12th, 2019, 06:34 AM   #2203
DiogoBaptista
Registered User
 
DiogoBaptista's Avatar
 
Join Date: May 2011
Posts: 8,191
Likes (Received): 12539

Another one, Brasil is a comedy:

Quote:
Originally Posted by A-B View Post
On West urban rail line, a truck collided with a train, near to Cuacaia station. Fortunately there were no injuries.
DiogoBaptista no está en línea   Reply With Quote
Old October 15th, 2019, 07:10 PM   #2204
A-B
Registered User
 
A-B's Avatar
 
Join Date: Apr 2019
Posts: 2,024
Likes (Received): 2069

Quote:
Originally Posted by Arthur Baz View Post
frightening... Bom sinal is not a good signal.
Yeah, maybe. OTOH, their rolling stock are used on CBTU suburban rail systems (Natal, João Pessoa, Recife and Maceió) too. But anyway, for now any news on this are just rumours / FUD. That's why I prefer things here only when they start and only when they finish, otherwise it's easy to get false expectatives.

Last edited by A-B; October 15th, 2019 at 07:16 PM.
A-B no está en línea   Reply With Quote
Old October 16th, 2019, 07:59 AM   #2205
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 18,976
Likes (Received): 18462

Sao Paulo Metro (CMSP) - Line 17 monorail - Morumbi station update

Quote:
Originally Posted by pereira951 View Post
Acho que essas imagens são iniciativa da Camargo Correa e apenas divulgadas pela STM, como o serviço do streaming do canteiro de obras que a CC dispõe








__________________
THREAD TO ACCESS ALL MY THREADS
BRAZIL URBAN TRANSPORT COMPILATION - full updates of all projects on first page!
BRAZIL GENERAL INFRASTRUCTURE -
LINGUÍSTICA - CETICISMO

Infraholic liked this post
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old October 19th, 2019, 01:32 AM   #2206
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 18,976
Likes (Received): 18462

Sao Paulo Metro (CMSP & CPTM) - New project to modernize Barra Funda station (lines 3, 7, 8)

Quote:
Originally Posted by Edson Fukumoto View Post
O projeto que pode transformar a estação Palmeiras-Barra Funda

17 de outubro de 2019
Ricardo Meier


Estudo realizado por agência francesa de desenvolvimento revela detalhes do plano de revitalização do polo multimodal em nova centralidade na região




Projeção de como poderia ficar a estação Palmeiras-Barra Funda (CMSP)



Um lugar onde será possível chegar a parques, edifícios comerciais, shoppings, hoteis e espaços de convivência com uma simples caminhada. Restaurantes, lojas e entretenimento além de um paisagismo leve e agradável. Tudo isso de forma sustentável, com iluminação com luzes de LEDs cuja energia será gerada por paineis fotovoltaicos, a água e lixo serão reciclados e até a fumaça de veículos será captada para reduzir a poluição.


Soa como um lugar dos sonhos mas é a descrição do projeto planejado para o polo multimodal Palmeiras-Barra Funda, por onde passam atualmente 600 mil pessoas diariamente. O governo do estado abriu um chamamento público em agosto para que empresas interessadas em tocar o projeto se manifestem com sugestões que aprimorem a concessão do local.

A ideia é transformar o imenso espaço, que reúne duas linhas da CPTM, uma de metrô, um terminal de ônibus municipal, uma rodoviária e um terminal turístico em uma centralidade para o bairro.

O estudo que serve de base para o projeto foi realizado pela Agência Francesa de Desenvolvimento por meio de um acordo assinado pelo gestão Alckmin em 2014 e que resultou em um documento bastante interessante que descreve as possibilidades da revitalização do local.

Esse material está disponível no site do Metrô para as empresas interessadas e foi abordado em primeira mão pelo site COMMU no dia 14. O que se vê ali é talvez o maior sintoma de como a administração pública desperdiça potencial de explorar seu patrimônio e gerar retorno para a sociedade. Pior do que isso é manter uma infraestrutura ineficiente, mal cuidada e caótica que serve apenas de ponto de passagem para os usuários que, segundo o estudo, permanecem menos de cinco minutos no local.




Corredor que ligaria o eixo Norte-Sul da região: comércio e convivência
Fim do caos




O estudo da AFD contou com a participação da ONG francesa CODATU, voltada para a mobilidade sustentável, a consultoria AREP, ligada à estatal SCNF do setor ferroviário, e pela subidiária brasileira da consultoria Egis. Dividido em três “missões”, o estudo buscou identificar os problemas e necessidades, desenolver cenários possíveis e por fim apresentar os planos de ação para viabilizar o projeto.

O primeiro diagnóstico foi que o polo movimenta um número impressionante de 600 mil pessoas por dia, mas que sofrem com espaços apertados, escadas rolantes saturadas, falta de visibilidade do trajeto e poluição visual, sonora e olfativa. Para entender como os passageiros circulam pelo local foram instaladas antenas em 10 pontos da estação para captar identificadores de wi-fi de usuários, criando um mapa online dos fluxos de deslocamentos.

A solução sugerida pelo estudo é uma mudança profunda desses fluxos, abrindo espaços para acesso às plataformas e criando o que será um enorme corredor que ligará a área norte da estação à sul por meio de passarelas e escadarias. Nesse caminho serão criadas lojas, serviços e restaurantes que prometem atrair o público passante.












Para tornar o polo sustentável, a cobertura será reformada e ganhará paineis fotovoltaicos e sistema de captação pluvial. Até mesmo a emissão de poluentes dos ônibus será absorvida para manter o ar em melhores condições dentro dos edifícios.



Centralidade

Na apresentação do grupo, estimou-se que o polo passará por mudanças significativas de fluxos de passageiros. No cenário imaginado, a Linha 6-Laranja estará operando e com isso retirando diversas linhas de ônibus que hoje seguem até Palmeiras-Barra Funda. Com isso e a possibilidade de baldeação na futura estação Água Branca, parte dos usuários atuais da Linha 3-Vermelha na estação deixará de seguir até lá. Em compensação, prevê-se que a CPTM vá estender a Linha 11-Coral da estação da Luz até Barra Funda, aumentando o número de passageiros no final.

Já o Trem Intercidades, que deveria parar em Água Branca, mas foi transferido para Barra Funda, acabou não sendo incluído nessas projeções. A plataforma que o TIC usará, no entanto, consta nos estudos. Mesmo com todo esse movimento de conexão, nada menos que 40% dos embarques são locais e essa participação tende a se ampliar.

A razão é simples: o projeto como um todo pretende transformar o polo multimodal em uma centralidade da região. Para isso ele prevê outras fases que erguerão estabelecimentos no entorno como hoteis, plataforma criativa, centros de comércio e área residencial. É um efeito “dominó” que tem potencial de desenvolver quarteirões próximos atraídos pela oferta de serviços e de transporte de qualidade.

Atualmente, a região já possui várias universidades e equipamentos públicos como o Memorial da América Latina e o Parque da Água Branca, além de uma arena multiuso (Allianz Parque), entre outros pólos geradores de tráfego.




Área de embarque com serviços e comércio




Autossuficiência financeira

Talvez o aspecto mais interessante do projeto seja o fato de ser autossuficiente sob a ótica financeira. O potencial de geração de receita é tamanho que o estudo considera que a fase 1, que prevê a reforma da estação, consiga trazer retorno financeiro de forma rápida. Na visão do grupo de estudo, no entanto, seria válido tocar boa parte do projeto ao mesmo tempo, deixando para um fase posterior um hotel e áreas comerciais adjacentes.

Uma das razões para isso está no fato de as intervenções gerarem poucas desapropriações. Apenas um trecho de terreno ao sul da estação e que dará lugar a um corredor de ligação com a avenida Francisco Matarazzo não pertence ao governo do estado ou à prefeitura. Além dele, há uma área maior ao norte e que representaria o maior custo nesse sentido, mas é considerada o trecho menos vital.

Entenda as fases propostas e seu custo estimado no texto do estudo:




Fases 1 e 1’ – custo estimado: R$ 242 milhões

Contempla o polo de transportes e requalificação do entorno urbano sul. Nesta etapa o grande impacto é a melhoria para o usuário, principalmente pelo reordenamento dos fluxos e rua comercial, capazes de proporcionar a arrecadação de receitas acessórias. Nesta fase destacam-se a reforma da cobertura existente, elevação de nova cobertura e placas fotovoltaicas; construção de novas áreas de comércio no polo de transportes, serviços públicos, bilheterias, zonas de circulação no primeiro nível na área controlada e passagem norte-sul, espaços públicos no acesso sul; demolição de zonas de circulação não controladas; remoção de áreas verdes que serão reincorporadas ao projeto nas fases seguintes; grandes rampas de acesso sul e nordeste; remoção e colocação de novas circulações verticais ; e desapropriação e calçamento do desenvolvimento sul.



Área de bloqueios: espaços maiores para melhorar o fluxo de passageiros




Fase 2 – Custo estimado: R$ 89 milhões

Inclui a construção da plataforma criativa e urbanização nordeste, incluindo os comércios no acesso, nos mezaninos, na área pública não controlada do primeiro e segundo andar e a construção da torre prevista com hotel; estacionamento de dois pavimentos subterrâneos; e espaços públicos do acesso nordeste.



Fase 3 – Custo estimado: R$ 12,5 milhões

Destaca-se pelo desenvolvimento ao norte da Estação, criação da escadaria, área verde e abertura de nova área de circulação com acesso para a zona controlada. É importante destacar que parte do terreno utilizado na fase 3 é de domínio público (Metrô, Prefeitura do Município de São Paulo e UNESP). Após esta etapa, sugere-se a implantação do hotel e estacionamento (fase 2) por ter uma complexidade diferente dos comércios e empreendimentos da fase 4, diminuindo os riscos e atraindo proponentes com conhecimento do mercado.

Nessa fase, prevê-se comércios no setor norte e na estação de ônibus norte; bilheterias; espaço operacional no primeiro andar; grande escadaria no acesso norte; amplo espaço verde ao norte; e circulações na passagem Norte-Sul.



Fase 4 e 4’ – Custo estimado: R$ 293 milhões e R$ 418 milhões

O desenvolvimento norte foi dividido em duas partes: a fase 4, utilizando do espaço de domínio público (Metrô e Prefeitura do Município de São Paulo); e a fase 4’, de domínio privado. Em ambas propõe-se a expansão norte, com empreendimentos comerciais que possam vir a auxiliar na arrecadação de receita acessória. Entende-se que a desapropriação da fase 4’ possa ser onerosa e de difícil aprovação pública, inviabilizando esta etapa.

É importante destacar que a parcela de desenvolvimento norte tem como objetivo criar ao redor da estação um lugar de encontro e estar, assim como estimular um potencial desenvolvimento do bairro ao norte. Ao promover o uso de ocupações mistas, o estimulo ao uso residencial e um desenho urbano mais generoso ao pedestre, temos ali um incentivo a mudanças do bairro, superando o caráter historicamente industrial desta parcela, e assim promover ali uma nova centralidade à cidade.
Por se tratar de uma fase de viabilidade mais complexa, nos estudos econômico-financeiros não será levada em consideração a implantação da fase 4’.




A estação hoje: barreira para circulação na região



Potencial de receita

O estudo também aponta como o retorno da exploração comercial do projeto poderia ser obtido. Apenas a área comercial do polo poderia gerar receita anual de R$ 30 milhões ou quase R$ 39 milhões incluindo as fases 2 e 3. Mas são os empreendimentos comerciais que elevam esse faturamento: com o hotel, estima-se um ganho anual de R$ 24 milhões enquanto a fase 4 poderia trazer mais R$ 56 milhões. Ou seja, implantado, o projeto seria capaz de gerar ao menos R$ 120 milhões de receita bruta por ano, mas é de se imaginar que esse número seja maior nas mãos da iniciativa privada.

Talvez a melhor definição da situação da estação Palmeiras-Barra Funda seja definido por um curto trecho do documento: “A quantidade de pessoas que acessam o polo multimodal agrega à estação um potencial de longo alcance, que hoje não é explorado”. Como se vê, a mina de ouro está lá à espera de gente visionária.




Projeto sustentável: paineis solares, captação de água de chuva e iluminação por LEDs além de paisagismo (CMSP)




https://www.metrocptm.com.br/o-proje...s-barra-funda/
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old October 19th, 2019, 03:34 AM   #2207
Arthur Baz
.
 
Arthur Baz's Avatar
 
Join Date: Nov 2012
Location: Cidade de Minas
Posts: 2,754
Likes (Received): 3175

Not bad, the only thing that's missing is a huge commercial/real estate development above the station.

Does our legislation still prevent the companies from having more than X% of revenue from non-operational sources?
__________________
Make Minas trem bão again
Arthur Baz no está en línea   Reply With Quote
Old October 22nd, 2019, 01:17 AM   #2208
A-B
Registered User
 
A-B's Avatar
 
Join Date: Apr 2019
Posts: 2,024
Likes (Received): 2069

Teresina "Toy Rail" - Operation on Saturdays starting on the next one, October 26th, from 7 am to 1:30 pm. Yeah, the government of Piauí calls it a metro, although it's just a very precarious retread of an old single-track railway shared with freight trains.

https://www.pi.gov.br/noticias/metro...a-aos-sabados/

https://www.youtube.com/watch?v=RV0AraBpKdI (1:49)

Last edited by A-B; October 22nd, 2019 at 01:29 AM.
A-B no está en línea   Reply With Quote
Old October 22nd, 2019, 02:31 AM   #2209
mdiasp95
Apenas mais um louco
 
Join Date: Oct 2017
Location: São Paulo
Posts: 3,924
Likes (Received): 7650

Toy Rail? The system is very precarious, but it is useful for the local people, it has no toy.
mdiasp95 no está en línea   Reply With Quote
Old October 22nd, 2019, 07:03 PM   #2210
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 18,976
Likes (Received): 18462

Sao Paulo Metro - Line 6 construction may be taken over by Chinese corporation

Quote:
Originally Posted by Edson Fukumoto View Post
Chineses estão perto de comprar Linha 6 do Metrô

Renée Pereira, O Estado de S.Paulo
19 de outubro de 2019 | 04h00


Concessionária Move São Paulo, que tem como sócios a Odebrecht, a Queiroz Galvão e a UTC, escolheu a CR20 para negociar venda da concessão da Linha Laranja




Tatuzão. Ramal da Linha 6 do Metrô ligará universidades
Foto: Rafael Arbex/Estadão (14/12/2017)



A chinesa CR20, subsidiária da China Railway Construction Corporation (CRCC), foi escolhida pelo consórcio Move São Paulo – formado por Odebrecht, Queiroz Galvão e UTC – para negociar a compra da concessão da Linha 6 – Laranja do Metrô de São Paulo, apurou o Estado. Três empresas estavam no páreo: além da chinesa, a espanhola Acciona e a americana KT2. Mas a proposta da empresa asiática foi considerada mais vantajosa, segundo fontes próximas ao negócio.

O consórcio, cujos acionistas estão envolvidos na Operação Lava Jato, têm até 11 de novembro para concluir a negociação. Se até essa data não houver um acordo, haverá a caducidade (extinção) da concessão da Linha 6 – hoje o maior projeto do Estado de São Paulo e que vai exigir investimentos da ordem de R$ 10 bilhões.

Uma fonte próxima às negociações afirmou ao Estado que a CR20 apresentou uma proposta vinculante no início da semana. A resposta veio em seguida, por meio de uma carta enviada à companhia chinesa, informando que a proposta havia sido aceita, mas com algumas condições que precisavam ser validadas. Até ontem a chinesa não havia respondido.

Segundo uma outra fonte próxima ao negócio, a escolha dos chineses foi discutida numa reunião ocorrida na quarta-feira com o governador de São Paulo, João Doria, o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, o secretário da Fazenda, Henrique Meireles, e os acionistas da concessionária Move São Paulo. Há uma preocupação com o cronograma para não ultrapassar a data da caducidade da concessão.

Concluídas as negociações, é preciso assinar o contrato de compra e venda da Linha 6 e passar pela aprovação do Estado. Esse processo não deve representar problema uma vez que o governador já manifestou, em outras ocasiões, simpatia pela transferência da concessão para os chineses. Procurada, a Secretaria de Transportes Metropolitanos afirmou que houve uma reunião na quinta-feira, mas não confirmou a escolha da proposta dos chineses. A concessionária também não quis se pronunciar. A CR20 não respondeu.

Além das empresas que estavam na disputa, alguns fundos de investimentos também estavam interessados em fazer proposta pela concessão. Mas, após a reunião, se retiraram do processo, dizem fontes.

Caducidade
O contrato de concessão foi assinado em 2013 com a Move São Paulo e as obras iniciadas em 2016. Mas, com o envolvimento das empresas na Lava Jato, o consórcio ficou sem financiamento para continuar a construção. No ano passado, na gestão de Marcio França (PSB), o governo paulista chegou a declarar a caducidade da concessão pelo descumprimento do contrato. A empresa deveria ter retomado as obras, mas não seguiu o cronograma por falta de dinheiro.

A declaração de caducidade saiu em dezembro. De acordo com o decreto, a extinção passaria a valer em agosto deste ano, mas Doria adiou a data para 11 de novembro, dando mais tempo para o consórcio negociar a venda da concessão. A caducidade não seria a melhor saída nem para o consórcio nem para o governo já que provocaria uma disputa judicial de anos.

Linha vai ligar universidades
A Linha 6 – Laranja de metrô foi concedida ao consórcio Move São Paulo, formado pelas construtoras Odebrecht, Queiroz Galvão e UTC, em 2013. O empreendimento, conhecido como a “linha das universidades”, terá 15 quilômetros de extensão e ligará a região de Brasilândia e Freguesia do Ó, na zona norte, à região central de São Paulo. No total, serão 15 estações.

Na época da assinatura do contrato, a demanda prevista para o trecho era de 633 mil passageiros por dia, percorrendo centros educacionais, como Unip (Universidade Paulista), PUC (Pontifícia Universidade Católica), Faap (Fundação Armando Álvares Penteado), Mackenzie e FMU (Faculdade Metropolitanas Unidas), num trajeto de 27 minutos.

A maior parte das obras será subterrânea e deverá utilizar dois shields – equipamentos de escavação conhecidos como tatuzões – para construção dos túneis.




https://economia.estadao.com.br/noti...ro,70003055748
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old October 23rd, 2019, 08:02 PM   #2211
A-B
Registered User
 
A-B's Avatar
 
Join Date: Apr 2019
Posts: 2,024
Likes (Received): 2069

Quote:
Originally Posted by mdiasp95 View Post
Toy Rail? The system is very precarious, but it is useful for the local people, it has no toy.
It's useful for nobody. Less than 10,000 passengers per day. People uses it because costs just 0,8 BRL (lesss than 0,2 USD). Also, the government of Piaui has no technical competence nor serious planning or projects, just bullshit. This system has no utility beyond its electoral purposes or to cause serious accidents (I think I don't need to remember about that Hungarian train BTW).

Last edited by A-B; October 23rd, 2019 at 08:15 PM.
A-B no está en línea   Reply With Quote
Old October 23rd, 2019, 08:10 PM   #2212
A-B
Registered User
 
A-B's Avatar
 
Join Date: Apr 2019
Posts: 2,024
Likes (Received): 2069

São Paulo Metro - Reformed access on Capão Redondo station, on Line 5-Lilac.

Quote:
Originally Posted by A-B View Post
Line 5 - Lilac

New access on Capão Redondo station, amplified.









Source
__________________

Arthur Baz liked this post
A-B no está en línea   Reply With Quote
Old October 23rd, 2019, 08:10 PM   #2213
mdiasp95
Apenas mais um louco
 
Join Date: Oct 2017
Location: São Paulo
Posts: 3,924
Likes (Received): 7650

It isn't Toy Rail, The system is underused and precarious because the government doesn't improve it, and there is no integration with the buses, but it doesn't make the line a "toy rail".
mdiasp95 no está en línea   Reply With Quote
Old October 23rd, 2019, 08:25 PM   #2214
A-B
Registered User
 
A-B's Avatar
 
Join Date: Apr 2019
Posts: 2,024
Likes (Received): 2069

Quote:
Originally Posted by mdiasp95 View Post
It isn't Toy Rail, The system is underused and precarious because the government doesn't improve it, and there is no integration with the buses, but it doesn't make the line a "toy rail".
I'd say fortunately it has no integration with buses. In the current state, it's a very bad idea to encourage its use.
__________________

mdiasp95 liked this post
A-B no está en línea   Reply With Quote
Old October 26th, 2019, 10:12 PM   #2215
A-B
Registered User
 
A-B's Avatar
 
Join Date: Apr 2019
Posts: 2,024
Likes (Received): 2069

Rio de Janeiro Tramway (VLT Carioca) - LINE 3 ENTERS IN OPERATION!



Photo taken from: https://www.vltrio.com.br/#/noticias/vlt_news_site_206

This line connects the Central station to Santos Dumont (airport) through Marechal Floriano avenue in 18 minutes. Two new stops also entered in operation.

More details: https://www.skyscrapercity.com/showt...#post163667002
__________________

Attus, luk4ss, Arthur Baz, mopc liked this post
A-B no está en línea   Reply With Quote
Old October 29th, 2019, 08:38 PM   #2216
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 18,976
Likes (Received): 18462

Sao Paulo Metro (CMSP) - Footage of new extension of Line 15 Monorail

__________________
THREAD TO ACCESS ALL MY THREADS
BRAZIL URBAN TRANSPORT COMPILATION - full updates of all projects on first page!
BRAZIL GENERAL INFRASTRUCTURE -
LINGUÍSTICA - CETICISMO

Munwon liked this post
mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old October 29th, 2019, 09:00 PM   #2217
mopc
Registered User
 
mopc's Avatar
 
Join Date: Jan 2005
Location: Santos Sao Paulo
Posts: 18,976
Likes (Received): 18462

Rio de Janeiro Light Rail - City opens the third line of the system, which now reaches 28 km of length, 29 stops and 32 trams. Daily ridership with the new line will reach about 100K~120K.


Quote:
Originally Posted by Issun View Post
Reportagem sobre a inauguração e as polêmicas para quem preferir assistir:

Linha 3 do VLT é inaugurada depois de meses de impasse
A Linha 3 liga a Central o Brasil ao Aeroporto Santos Dumont. A viagem dura, em média, 18 minutos.

>>> https://globoplay.globo.com/v/8036321

mopc está en línea ahora   Reply With Quote
Old November 2nd, 2019, 05:52 AM   #2218
A-B
Registered User
 
A-B's Avatar
 
Join Date: Apr 2019
Posts: 2,024
Likes (Received): 2069

Salvador suburban rail - Two trains colided near Santa Luzia station. 47 people injured.

Quote:
Mais de 40 pessoas ficam feridas em colisão de trens em Salvador

Os atendidos foram encaminhadas para as Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Paripe, Adroaldo Albergaria, San Martin e Hospital Ernesto Simões

Pelo menos 47 pessoas ficaram feridas após colisão frontal de dois trens na Estação do Lobato, em Salvador, nesta sexta-feira (01). Não há registro de mortos. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), os feridos foram levados para as Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Paripe, Adroaldo Albergaria, San Martin e Hospital Ernesto Simões, além disso, 24 vítimas foram atendidas e liberadas no local.

De acordo com a Companhia de Transportes do Estado da Bahia (CTB), que administra o sistema, a “colisão foi de leve intensidade” entre dois trens, na altura de Santa Luzia. A CTB informou também que realizou todos os procedimentos de segurança, evacuação, proteção e assistência aos passageiros e funcionários.

As estações do Sistema Ferroviário do Subúrbio de Salvador foram esvaziadas e o sistema teve a operação interrompida. Além do corpo técnico da CTB, a Polícia Militar, SAMU e Corpo de Bombeiros foram prontamente acionados e rapidamente chegaram ao local para prestar atendimento.

A companhia reforçou que alguns passageiros sofreram ferimentos leves e não houve vítimas de maior gravidade. A CTB lamenta o ocorrido e informa que já iniciou a investigação para apurar as possíveis causas.]

Source: https://www.metro1.com.br/noticias/c...ns-em-salvador
A-B no está en línea   Reply With Quote
Old November 3rd, 2019, 04:06 AM   #2219
A-B
Registered User
 
A-B's Avatar
 
Join Date: Apr 2019
Posts: 2,024
Likes (Received): 2069

New tariffs on metros and urban rails under CBTU administration

Belo Horizonte, effective on 11/3: 3.7 BRL
Recife, effective on 11/3: 3.4 BRL

Natal, João Pessoa and Maceió, effective on 11/4: 1.5 BRL
A-B no está en línea   Reply With Quote
Old November 3rd, 2019, 06:46 AM   #2220
A-B
Registered User
 
A-B's Avatar
 
Join Date: Apr 2019
Posts: 2,024
Likes (Received): 2069

Salvador Metropolitan buses system - 4 passengers injured after the bus crossed a road hump without reducing speed.

https://globoplay.globo.com/v/8052448/
A-B no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
brazil, buses, commuter rails, monorails, subways, trams, transport, transporte coletivo

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 09:10 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us