Coimbra | Nova travessia do Mondego - Page 3 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Centro > Projectos


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old February 1st, 2009, 12:40 AM   #41
daniel322
Registered User
 
daniel322's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 21,271
Likes (Received): 675

Quote:
Novo traçado do IC2 viola PDM de Coimbra

O folhetim em torno do novo e polémico traçado do IC2, que prevê um viaduto sobre a Mata do Choupal, conheceu, anteontem, mais um capítulo.

O movimento cívico Plataforma do Choupal alega que o projecto está ferido de ilegalidade, pois viola o artigo 6.º do Plano Director Municipal (PDM) da cidade conimbricense. Luís Sousa, membro da referida associação, esclareceu que o regulamento municipal prevê que «as construções indispensáveis, na área a jusante da Ponte do Açude, têm de receber um parecer favorável por parte da Direcção-Geral dos Recursos Humanos. E esta avaliação tem carácter vinculativo». O arquitecto continuou o raciocínio, explicando que o órgão mencionado foi extinto e as suas competências absorvidas pelo Instituto da Água (INAG) e pelo Instituto Nacional do Ambiente, tal como é disposto na orgânica do INAG. Desta forma, o parecer negativo emitido pelos técnicos da Comissão da Avaliação (CA) tem carácter vinculativo, isto «porque elementos do INAG integraram a CA», argumentou o arquitecto.

Os técnicos avisavam, num anexo da Declaração de Impacto Ambiental (DIA), que «os impactos na Mata Nacional do Choupal são negativos, muito significativos e de carácter permanente, comprometendo o seu uso e diminuindo o seu reconhecido valor em todas as suas valências». Apesar destas reservas, a DIA foi aprovada a 31 de Dezembro de 2008. Todavia, o movimento cívico entende que o parecer negativo da CA é um impedimento legal, que devia ter levado à rejeição do projecto. Como isso não aconteceu, a associação pretende accionar providências cautelares. Luís Sousa explicou que esse expediente não foi utilizado porque «não dispõem de verbas suficientes» para contratar advogados para a batalha jurídica. Estas dificuldades monetárias levaram a que Miguel Dias, membro da Plataforma do Choupal, pedisse «apoio jurídico aos professores de Direito da cidade». Ainda assim, o recurso aos tribunais será, provavelmente, uma realidade, devido às «fragilidade jurídicas relevantes» do processo, anunciou a associação.
No entanto, Domingos Patacho, da Quercus, presente na reunião, pensa que «com as acções jurídicas, não se vai avançar nada». O dirigente desaconselhou uma «aposta» exclusiva na justiça «porque vão perder o combate». Avisou que a Câmara pode suspender o PDM, «reconhecendo o interesse público para avançar com a obra».

“Normas ambientais não são respeitadas”

Luís Sousa, Jorge Paiva e Massano Cardoso foram os oradores da primeira sessão pública da Plataforma do Choupal, que decorreu no auditório da Casa Municipal da Cultura. Mais de 60 cidadãos compareceram à convocatória.
A falta de uma alternativa no projecto foi um dos pontos mais contestados pelo provedor do Ambiente e da Qualidade Urbana de Coimbra. «Só a falta de apresentação de alternativas no projecto da travessia já merecia a reprovação», criticou Massano Cardoso. O responsável entende que a aprovação da DIA vem provar «que os estudos de impacto ambiental não servem para nada. Não vale a pena continuar a brincar aos estudos. As normas e directivas ambientais não são para ser respeitadas, são para ser usadas».

Jorge Paiva focou, por sua vez, a importância do Choupal na melhoria da qualidade de vida. «Aquela mata é a maior fábrica de oxigenação e despoluição da cidade». O biólogo confessou estar «farto das promessas dos políticos» e «muito aborrecido com esta questão, porque estamos numa sociedade economicista, que não pensa nas gerações futuras».

Afinal, havia uma alternativa

A solução alternativa de Luís Sousa foi um dos destaques da noite. Segundo o autor, «é mais barata, diminuiria o tráfego automóvel e tornava o viaduto desnecessário». O traçado proposto afastaria o trânsito pesado da cidade e evitaria a construção da nova ponte, através do aproveitamento da via do futuro IC3, entre Tomar e Coimbra, e a A1. «O IC2, na perspectiva do condutor circulando no sentido Sul/Norte, chegando ao nó de Condeixa-a-Nova, flecte para nascente até Almalaguês. Daí segue para Norte até ao acesso de Vale de Canas, utilizando troços, já aprovados do IC3. Desse ponto avançava para Trouxemil e daí até Oliveira de Azeméis», pormenorizou.
A visão do activista prevê a criação de «uma grande argola à volta de Coimbra, tendo o rio a meio, como elemento agregador». Nesse projecto, o trânsito que não se destinasse à cidade não teria de a atravessar. As pontes da Rainha Santa Isabel e do Açude seriam vedadas às viaturas pesadas de mercadorias, funcionando como circular externa.
A Plataforma da Choupal nasceu como resposta à diminuição em 500 metros da Mata do Choupal, devido ao novo traçado do IC2, proposto pelo governo.
fonte
__________________
Come to the Dark Side. We have cookies!
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old February 1st, 2009, 12:50 AM   #42
rpc08
Registered User
 
rpc08's Avatar
 
Join Date: Mar 2008
Location: Serra da Estrela [P]
Posts: 6,492
Likes (Received): 1190

Digamos que a ideia desse Luís Sousa nem é de todo descabida...

Agora vão ser mais uns bons meses para se sair deste embróglio...
__________________
rpc08 @ SSC-PT
rpc08 no está en línea   Reply With Quote
Old February 1st, 2009, 12:55 AM   #43
daniel322
Registered User
 
daniel322's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 21,271
Likes (Received): 675

eu até gosto dessa solução.. o problema é que o IC3 só estará pronto lá para 2013.. e julgo que com troços portajados..

já agora, sobre o IC3

de qq forma a Ponte-Açude tem de ter pelo menos obras de beneficiação.. aquilo tá um degredo..
__________________
Come to the Dark Side. We have cookies!
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old February 1st, 2009, 02:04 AM   #44
djou23
Registered User
 
djou23's Avatar
 
Join Date: Dec 2007
Location: Coimbra
Posts: 4,279
Likes (Received): 73

esse traçado serve o transito de passagem, mas nao ia resolver os problemas de acesso á cidade, a norte e a sul... continuo a achar que era mais importante se estivessem a discutir alternativas que minimizassem o impacto desta travessia, como requalificar a margem do rio que ficará desobstruída com a demoliçao do viaduto, o espaço em breve desocupado pela estaçao, a extensao do parque para este e para a outra margem...
até parece que o transito acumulado e a poluiçao gerada na ponte do açude todos os dias, nao é motivo de preocupaçao... nem o TMD da ponte, que já a faz precisar de uns arranjos...

as ligaçoes entre o ic2 e o ic3 já aparecem na AIA do ic2, nao é nada de novo. Nao sei se o traçado é aquele descrito na noticia, mas estao previstas essas ligaçoes
djou23 no está en línea   Reply With Quote
Old February 1st, 2009, 06:28 PM   #45
[Smeagol]
Registered User
 
[Smeagol]'s Avatar
 
Join Date: Dec 2003
Location: Pombal e Aveiro
Posts: 1,384
Likes (Received): 90

essa alternativa acaba, como já aqui foi dito, por resolver o transito do ic2 que vem de sul para norte e vice versa... mas o transito local continua na mesma...
[Smeagol] no está en línea   Reply With Quote
Old February 1st, 2009, 08:13 PM   #46
HugoK
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 1,309
Likes (Received): 0

Ou seja, qualquer acidente no troço do IC2 a norte (Estação Velha - Pedrulha) vai continuar a congestionar a Av da Fernao de Magalhães por completo, que maravilha Viva a qualidade de vida

E outra coisa, qual é o impacte ambiental para a Mata de Vale de Canas com o tráfego diário de 100.000 veículos no IC3, resultante da poluição que os automoveis provocam?
HugoK no está en línea   Reply With Quote
Old February 2nd, 2009, 12:29 AM   #47
Viriatuus
Registered User
 
Join Date: Dec 2007
Location: Porto
Posts: 19,569
Likes (Received): 1086



100 mil? Tens a certeza?
Viriatuus no está en línea   Reply With Quote
Old February 2nd, 2009, 01:00 AM   #48
daniel322
Registered User
 
daniel322's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 21,271
Likes (Received): 675

é provavel que seja daqui que tirou esse valor:
Quote:
Na margem esquerda, as vias já construídas e em construção passam literalmente poucos metros ao lado ou por cima de habitações e equipamentos públicos, cujos habitantes e utentes sofrerão directamente as consequências de saúde pública directamente derivadas do ruído, das vibrações e das emissões poluentes de um volume de tráfego superior a cem mil veículos/dia (segundo a estimativa do EIA).
mas o BE tem todo um discurso tão exagerado que até esse valor se olha com alguma desconfiança..

de qualquer forma, tem de se resolver a situação da ponte açude, que já ultrapassou o limite diário.. deixo aqui a transcrição de uma acta da CMC, para os mais pacientes:
Quote:
Acta nº 82, de 17/11/2008 Pág. 10


3. Traçado do IC2 (Mata do Choupal)

Sobre este assunto, disse que o projecto que foi sujeito a Estudo de Impacte Ambiental começa no Nó do Almegue – e isso parece-lhe bem e julga que os restantes membros do Executivo o secundaram nessa opinião. É necessário que o IC2 não fique interrompido em Coimbra e que se resolva a questão do atravessamento do Mondego da melhor maneira possível, defendeu, reafirmando que a Ponte Açude não é alternativa, já que com um TMD de 90.000 veículos esgotou a sua capacidade. E disse que a zona de que se está a falar já foi objecto de obras públicas, nomeadamente quando foi feito o Açude-Ponte e os canais de rega, e ainda o caminho-de-ferro. Ou seja, está-se a falar do espaço entre a Ponte Açude e a Ponte do Caminho-de-ferro.
Outra questão é a defesa que o município sempre fez e continuará a fazer do Choupal, da sua preservação, reforço das actividades e possível expansão. Basta ver as cartas antigas trocadas entre a CMC e o ICN para perceber a posição do Município. Sublinhou que foi neste contexto que se insistiu para que a Alta Velocidade, que passava no mesmo canal, estudasse a possibilidade de túnel que, aparentemente, hoje é reconhecida como a melhor solução.

Afirmou ainda que esta solução resolve o problema de correcção do Nó da Pedrulha na articulação com a Estrada da Figueira e a Nova Estação de Alta Velocidade e resolve outra questão muito importante, no Nó dos Fornos, uma vez que o que está em concurso público é a correcção do IC2 actual, que está a funcionar como barragem.

Intervenção do Sr. Presidente

1. Traçado do IC2 (Mata do Choupal)

Relativamente a este assunto, o Sr. Presidente acrescentou que o estudo que a Câmara tem, articulado com o Instituto de Conservação da Natureza (ICN), poderá vir a dar uma vida completamente diferente ao Choupal. Aquela mata nacional tem, actualmente, graves problemas de manutenção, de organização de espaço, de aproveitamento e de acesso, que só cessarão com o protocolo de utilização do Choupal já firmado entre a CMC e o ICN. Explicou que o documento assinado data do último Governo do Dr. Durão Barroso mas, entretanto, os trabalhos – como há sempre alterações nos ministérios e, neste caso, no ICN, que passou a ser um instituto com uma orgânica diferente – atrasaram-se sobremaneira, tendo sido retomados há cerca de 8 meses. Nesta fase, os serviços já tiveram reuniões técnicas com o actual Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB) e ele próprio e o Sr. Vicepresidente já reuniram com a especialista do ICNB encarregada deste assunto, tendo ficado agendado novo encontro ainda esta semana com o vice-presidente daquele instituto, que se deslocará a Coimbra.

O Sr. Presidente explicou que o Choupal, nalgumas partes, tem um problema sério do ponto de vista ambiental porque desde que houve rarefacção da água a Sul, entrou em perda. Mas este assunto nada tem a ver com a questão do viaduto, que tem de ser resolvida pelo Estudo de Impacte Ambiental e tendo em conta a opinião de todos os intervenientes, defendeu. Certamente que o Provedor do Ambiente de Coimbra tem não só o direito como o dever de levantar todas as questões que levantou para, na fase de avaliação do estudo de impacte ambiental (que é agora), se perceber o que está a acontecer, o que é que pode ser corrigido, melhorado, etc. Acrescentou que tem lido alguns textos nos jornais que denotam que algumas pessoas não parecem perceber o que se está a passar. Nalguns casos, duvida que conheçam o que está desenhado. O Sr. Presidente compreende os argumentos do ruído bem como outros salientados pelo Sr. Provedor, “porque me parece que ele esteve atento, percebeu bem o que está em causa e viu certamente o projecto mas outras coisas que tenho visto, de facto, não percebo”, afirmou. Terminou frisando que a CMC deve, obviamente, acompanhar todo o processo, do ponto de vista da preservação ambiental.
__________________
Come to the Dark Side. We have cookies!
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old February 2nd, 2009, 01:06 AM   #49
O Prof Godin
O Prof Godin
 
O Prof Godin's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Location: Coimbra
Posts: 6,689
Likes (Received): 33

…é fazer uma ponte-túnel…toda em vidro…
__________________
Curam habe de bono nomine: hoc enim magis permanebit, quam mille thesauri
pretiosi, e magni

É a própria vida que tem de mudar…

Crónicas de Coimbra,…país profundo…
O Prof Godin no está en línea   Reply With Quote
Old February 2nd, 2009, 01:29 AM   #50
Viriatuus
Registered User
 
Join Date: Dec 2007
Location: Porto
Posts: 19,569
Likes (Received): 1086

90 mil, 100 mil... francamente não diria que teria esse TMD mas se realmente é verdade...
Viriatuus no está en línea   Reply With Quote
Old February 3rd, 2009, 04:00 AM   #51
daniel322
Registered User
 
daniel322's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 21,271
Likes (Received): 675

eu bem digo.. estes tipos só codificam as notícias relativas a projectos..

Quote:
NOTÍCIA - Diário de Coimbra

Novo viaduto do IC2 apresentado no Choupal

Câmara quer que a Estradas de Portugal faça uma apresentação detalhada do projecto no local por onde vai passar

__________________
Come to the Dark Side. We have cookies!
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old February 3rd, 2009, 04:10 AM   #52
daniel322
Registered User
 
daniel322's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 21,271
Likes (Received): 675

nota de destaque:
Quote:
dois dos professores que estão na Plataforma do Choupal (contra a travessia) estiveram também na Plataforma do Laranjal que se opunha ao actual espaço ocupado pelo Parque Verde do Mondego


__________________
Come to the Dark Side. We have cookies!
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old February 3rd, 2009, 04:25 AM   #53
daniel322
Registered User
 
daniel322's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 21,271
Likes (Received): 675

segunda nota

texto tirado do site Plataforma do Choupal
Quote:
A Plataforma do Choupal é um movimento cívico constituído para impedir que a Mata Nacional do Choupal em Coimbra seja irremediavelmente afectada pela construção de um viaduto rodoviário com 40 metros de largura e que a atravessa numa extensão de 150 metros.
alguem tem acesso a um projecto mais pormenorizado?.. estes 40 metros parecem-me mais um exagero..

só para comparar:
Ponte Europa: ~30 mts largura (2 faixas com 3 vias)
Ponte-Açude: ~28 mts largura (2 faixas com 2 vias)



e esta vai ter 40 metros?.. sinceramente duvido..
__________________
Come to the Dark Side. We have cookies!
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old February 3rd, 2009, 04:32 AM   #54
O Prof Godin
O Prof Godin
 
O Prof Godin's Avatar
 
Join Date: Sep 2006
Location: Coimbra
Posts: 6,689
Likes (Received): 33

…está já a contar com o shoping…

…não sabia dessa das laranjeiras…
__________________
Curam habe de bono nomine: hoc enim magis permanebit, quam mille thesauri
pretiosi, e magni

É a própria vida que tem de mudar…

Crónicas de Coimbra,…país profundo…
O Prof Godin no está en línea   Reply With Quote
Old February 3rd, 2009, 12:11 PM   #55
Cfcabreu
Registered User
 
Cfcabreu's Avatar
 
Join Date: May 2008
Location: Coimbra
Posts: 164
Likes (Received): 0

Quote:
Originally Posted by daniel322 View Post
segunda nota

texto tirado do site Plataforma do Choupal

alguem tem acesso a um projecto mais pormenorizado?.. estes 40 metros parecem-me mais um exagero..

só para comparar:
Ponte Europa: ~30 mts largura (2 faixas com 3 vias)
Ponte-Açude: ~28 mts largura (2 faixas com 2 vias)



e esta vai ter 40 metros?.. sinceramente duvido..
Atenção que o nó do Almegue deve ser reformulado, essa geometria era para a ligação do IC2 ao Açude, quanto à largura 40 metros para o EIA não me parece muito. A ponte deve ser 2x2, logo com uns 25 de largura total.
Cfcabreu no está en línea   Reply With Quote
Old February 3rd, 2009, 01:23 PM   #56
HugoK
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 1,309
Likes (Received): 0

Eles dizem "um viaduto rodoviário com 40 metros de largura". Bem diferente desses previsíveis 25 metros.
HugoK no está en línea   Reply With Quote
Old February 3rd, 2009, 03:48 PM   #57
Viriatuus
Registered User
 
Join Date: Dec 2007
Location: Porto
Posts: 19,569
Likes (Received): 1086

E se o IC2 será 3x3 naquela zona a nova ponte só pode ser pelo menos 3x3. Poderá é até ser 4x4 e/ou ter vias pedonais e/ou ciclistícas separadas. Nesse caso os 40 metros são plausíveis...
Viriatuus no está en línea   Reply With Quote
Old February 3rd, 2009, 06:29 PM   #58
daniel322
Registered User
 
daniel322's Avatar
 
Join Date: Mar 2006
Posts: 21,271
Likes (Received): 675

Quote:
Originally Posted by Viriatuus View Post
Poderá é até ser 4x4 e/ou ter vias pedonais e/ou ciclistícas separadas
4x4 não.. 2x4

duvido muito.. muito mesmo.. até porque o IC2 circulará numa via reservada, com placas destas nos acessos, como já acontece na margem norte do Mondego:

__________________
Come to the Dark Side. We have cookies!

Last edited by daniel322; February 3rd, 2009 at 06:35 PM.
daniel322 no está en línea   Reply With Quote
Old February 3rd, 2009, 07:28 PM   #59
Viriatuus
Registered User
 
Join Date: Dec 2007
Location: Porto
Posts: 19,569
Likes (Received): 1086



Claro que era 2x4... Coimbra ainda não precisa de 4x4...
Viriatuus no está en línea   Reply With Quote
Old February 4th, 2009, 01:44 PM   #60
foxhesp69
CBWA
 
foxhesp69's Avatar
 
Join Date: Jun 2007
Location: CB MetroArea
Posts: 1,139
Likes (Received): 255

epa quanto a min tão a complicar onde podiam facilitar tornam o transito ainda mais caotico onde ele já o é.
__________________
Castelo Branco-Covilhã-Guarda
foxhesp69 no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
coimbra, mondego, ponte, rio mondego, santa clara

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 12:06 PM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us