Projectos no Arquipélago dos Açores - Page 93 - SkyscraperCity
 

forums map | news magazine | posting guidelines

Go Back   SkyscraperCity > European Forums > Fórum Português > Arquitectura e Urbanismo > Ilhas > Projectos


Global Announcement

As a general reminder, please respect others and respect copyrights. Go here to familiarize yourself with our posting policy.


Reply

 
Thread Tools
Old December 30th, 2018, 11:12 PM   #1841
Tchokan
...
 
Tchokan's Avatar
 
Join Date: Apr 2011
Location: Coimbra | Ponta Delgada | Porto
Posts: 3,219
Likes (Received): 809

Vou tentanto, vou tentando!
__________________
...
Tchokan no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old December 30th, 2018, 11:13 PM   #1842
ERVATUGA
- Take it easy -
 
ERVATUGA's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Location: Shéol
Posts: 62,137
Likes (Received): 19838

__________________
- Please, be Happy -
ERVATUGA no está en línea   Reply With Quote
Old January 8th, 2019, 02:55 PM   #1843
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Da elaboração do projeto à execução das obras ainda vai um longo caminho, mas é um começo.

Câmara adjudica projeto da obra de prolongamento da Avenida D. João III para a Avenida João Bosco Mota Amaral (CMPDL)



A Câmara Municipal de Ponta Delgada acaba de adjudicar o projeto da obra do prolongamento da Avenida D. João III para a Avenida João Bosco Mota Amaral.

O projeto, no montante de 73.500 euros, foi adjudicado, por ajuste direto, à firma “Multiconsult – Estudos e Projetos de Construção Civil, Lda” e visa a ligação entre duas das principais avenidas da maior cidade açoriana.

Trata-se do primeiro passo para a concretização de uma via considerada de elevado interesse estratégico no domínio viário e estruturante no que respeita ao desenvolvimento da zona da Calheta, freguesia de São Pedro.

O projeto irá contemplar um perfil transversal de 25 metros de largura, cumprindo o que dispõe o PDM (Plano Diretor Municipal).

Com mais esta obra, a Câmara presidida por José Manuel Bolieiro pretende, prossegue com a reperfilação das estradas do domínio público municipal, com o objetivo estratégico de conseguir uma melhor integração entre rede viária, as áreas pedonais e as zonas de estacionamento e de estadia.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 
Old January 9th, 2019, 01:05 PM   #1844
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Alexandre Gaudêncio anunciou num encontro com empresários: Ribeira Grande com grandes investimentos em 2019 (Correio dos Açores)



Cidade da costa norte de São Miguel vai transformar-se num estaleiro: ciclovias, uma "Mega Praça" em homenagem ao Emigrante, uma Incubadora Empresarial, uma nova ponte com marginal e um novo mercado. Tudo este ano.

O Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, apresentou, num encontro com empresários, a estratégia de desenvolvimento do município para os anos 2019- 2021.

O autarca coloca no cimo das suas prioridades o “apoio ao desenvolvimento industrial, a fileira agropecuária e a fileira do mar”. Considera como outras prioridades “a promoção da sustentabilidade ambiental e o desenvolvimento local do turismo e do lazer com os objectivos de “consolidar a cidade como principal e renovado centro, valorizar o policentrismo urbano e assegurar a coesão territorial e social” além de “valorizar, integralmente, o património cultural e natural e as redes de visitação”.



Alexandre Gaudêncio apresenta uma “visão estratégica” para o desenvolvimento turístico do concelho: “estimular o desenvolvimento” do sector como “actividade fundamental na dinâmica socioeconómica da Ribeira Grande, através de uma oferta diferenciada suportada pela inovação e re- cursos endógenos do concelho”.

O autarca aponta como actores com potencial de diferenciação, no turismo, ao nível de serviços, o alojamento, restaurantes e actividades de bem-estar; ao nível da natureza, os recursos e paisagem e a preservação ambiental; ao nível da Cultura, as atracções industriais, actividades culturais, gastronomia, história e cultura, monumentos e museus; ao nível do mar, as actividades náuticas, praias e zonas balneares; além de actividades desportivas.

O autarca apresentou os 21 eventos programados ao longo do ano do concelho.
Apresentou, depois, os grandes investimentos projectados para a Ribeira Grande, começando pelo Campo de Jogos de Rabo de Peixe, um investimento de 1.800 mil euros que se inicia no primeiro trimestre deste ano e fica concluído no espaço de um ano.
A autarquia vai construir este mês de Janeiro a Praça do Emigrante, um investimento de 293,7 mil euros que deverá ficar concluída em Agosto/Setembro.



Vai efectuar um investimento de 342,9 mil euros no Largo das Freiras, em empreendimento que se inicia no primeiro trimestre deste ano e deverá ficar concluído no primeiro trimestre deste ano.

O Mercado Municipal é um investimento de 251,6 mil euros que se iniciou em Outubro de 2018 e fica concluído em Março.

A Câmara pretende recuperar o antigo Matadouro, um investimento de 401 mil euros que se vai iniciar no final deste ano com um prazo de execução de seis meses.

Alexandre Gaudêncio anunciou ainda aos empresários, numa sessão que foi publica, que a nova ponte da Ribeira Grande é um investimento de 1,9 milhões de euros, vai ser inaugurada no próximo mês de Março.

A autarquia tem também programada a construção de uma ciclovia, um investimento de 331,7 mil euros que se vai iniciar no primeiro trimestre deste ano e ficará concluída no espaço de seis meses.

O Parque de Lazer da Ribeirinha, um investimento de 150 mil euros, inicia-se no primeiro trimetre deste ano e o prazo de execução é de um ano. Alexandre Gaudêncio apresentou uma série de investimentos públicos em todas as freguesias do concelho num valor superior a 8,6 milhões de euros.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel

1ºBoaz liked this post
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old January 11th, 2019, 12:51 PM   #1845
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Adjudicada empreitada de reabilitação e beneficiação do Centro de Saúde das Velas (Açoriano Oriental)



Investimento de 1,5 milhões de euros na ilha de São Jorge.

Foi publicada esta sexta-feira em Jornal Oficial, a adjudicação da empreitada de reabilitação e beneficiação do edifício do Centro de Saúde das Velas, em São Jorge, pelo valor de 1.557.600 euros e um prazo de execução de 18 meses.

A empreitada agora adjudicada prevê intervenções no serviço de urgência, no internamento, nos cuidados continuados e na fisioterapia, bem como a requalificação estrutural do edifício e da sua rede elétrica, refere o executivo em nota.

Esta é uma intervenção integrada no ciclo de requalificações da rede de infraestruturas da saúde da ilha de São Jorge promovidas pelo Governo Regional, que incluiu a empreitada de remodelação e ampliação do Centro de Saúde da Calheta.

A execução da obra foi atribuída à empresa Pedro Serôdio, Engenharia S.A.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old January 13th, 2019, 05:31 PM   #1846
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Centro Intergeracional dos Arrifes (PDL) - Janeiro 2019

__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old January 16th, 2019, 06:54 PM   #1847
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Açoriano Oriental - 16/01/2019:



Resumidamente, a Câmara de Ponta Delgada vai, após a época alta, levar a cabo uma obra de modernização da Avenida Marginal. Todas as atuais paragens de autocarros existentes junto à PT vão ser transferidas para junto do edificio da Alfândega/Finanças.

Em relação aos quiosques, todos os atuais que existem do lado sul e que são propriedade dos empresários que os exploram (Futurismo, Tomé, etc), vão ser transferidos para o passeio norte (em que disposição? - isso não explicava), sendo que serão colocados novos e mais modernos quiosques no lado sul (por conta da CMPDL), que posteriormente serão colocados a concurso para exploração.

Na minha opinião, retirar os atuais e colocá-los no passeio norte e depois colocar novos no passeio sul, será passar "de cavalo para burro" pois vai aumentar ainda mais o nº de quiosques e por sua vez a poluição visual na avenida. Podia-se simplesmente substituir os atuais por uns visualmente mais agradáveis... Mas vamos esperar para ver...
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old January 18th, 2019, 08:50 PM   #1848
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Lançado concurso para construção de parque de estacionamento na Caldeira Velha (Açoriano Oriental)



Foi publicado, esta sexta-feira, em Jornal Oficial, o anúncio de lançamento do concurso público para a empreitada de construção do parque de estacionamento da Caldeira Velha, no concelho da Ribeira Grande.

De acordo com nota do executivo, a empreitada, cujo concurso foi agora lançado pela Secretaria Regional das Obras Públicas, através da Direção Regional das Obras Públicas e Comunicações, permitirá, simultaneamente, garantir a segurança rodoviária na Estrada Regional N.º 5-2.ª, dado que as áreas de estacionamento existentes são insuficientes, levando os utentes a estacionar na faixa de rodagem.

A obra integra a construção de um arruamento de acesso, que se desenvolve paralelamente à estrada regional, numa extensão de 300 metros, e um parque de estacionamento com lugar para cerca de 70 viaturas ligeiras e três autocarros.

Explica o governo que irá existir uma ligação pedonal direta do parque de estacionamento para a zona da portaria, na entrada da Caldeira Velha, de modo a evitar que os peões tenham de atravessar a estrada.

A obra inclui também trabalhos de terraplanagem, drenagem, pavimentação, obras acessórias e sinalização.

O concurso agora lançado, tem um preço base de 331.200 euros, sendo que a obra terá um prazo de execução de 75 dias seguidos.

Para possibilitar a execução desta empreitada, o Governo dos Açores adquiriu o terreno onde será realizada, o que eleva o investimento neste parque de estacionamento a cerca de 420 mil euros.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old January 20th, 2019, 08:24 PM   #1849
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Passeio Atlântico - Cidade da Ribeira Grande - 20/01/2019

É para inaugurar em Março.






Fotos da minha autoria.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel

Gorky, SR-71 liked this post

Last edited by azoresshop; January 20th, 2019 at 10:17 PM.
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old January 20th, 2019, 08:27 PM   #1850
ERVATUGA
- Take it easy -
 
ERVATUGA's Avatar
 
Join Date: Apr 2010
Location: Shéol
Posts: 62,137
Likes (Received): 19838

Boa
__________________
- Please, be Happy -
ERVATUGA no está en línea   Reply With Quote
Old January 22nd, 2019, 11:59 AM   #1851
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Ponta Delgada: Requalificação e ampliação da EB/JI de São Pedro adjudicada (CMPDL)

Render:


Obra foi adjudicada à Marques S.A. por 4,1 milhões de euros e inclui a construção de um novo pavilhão desportivo.

O Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada afirmou esta tarde que a “nova” Escola de São Pedro trará vantagens pedagógicas importantes e vai, ao mesmo tempo, ao encontro de algumas das necessidades da comunidade.

José Manuel Bolieiro acredita que aquela que é provavelmente a maior escola do ensino básico dos Açores será também a melhor.

O edil, que falava na cerimónia pública de assinatura oficial do Auto de Consignação da obra de remodelação e ampliação da escola conhecida como Escola da Mãe de Deus, expressou a sua enorme alegria por ver avançar uma obra que considera fundamental e que se coaduna com a matriz do pensamento do Município de Ponta Delgada, traçada em concordância com a comunidade, de valorização das pessoas através do processo educativo.

“O Município de Ponta Delgada tem sido o que mais edifícios escolares tem e o que mais concentração urbana atrai. Precisava de requalificar o edificado escolar tendo sido uma das nossas prioridades nos últimos anos, com recurso ao orçamento municipal e a fundos comunitários”, sustentou.

A empreitada de remodelação e ampliação da Escola de São Pedro, adjudicada à Marques SA, está orçada em 4,1 milhões de euros, sendo que 2,650 milhões de euros destinam-se à intervenção na parte escolar e terão comparticipação de 85% de fundos comunitários. O pavilhão desportivo da escola, que servirá a comunidade, está orçado em 1,470 milhões de euros, um valor que será suportado na íntegra pela autarquia.

Um investimento que, no entender do autarca, “distingue-nos no contexto do que é o entendimento de fazer mais com menos e em cada investimento valorizar uma comunidade inteira e garantir o máximo de utilizadores”, apontou o autarca, defendendo que os fundos comunitários deveriam ser aplicados com base neste entendimento.
O Presidente realçou alguns pormenores do projeto, como a forma como será organizado o tráfego, assegurando segurança e tranquilidade, e o facto de área de circulação ser coberta, garantindo conforto e proteção.

A escola estará preparada para receber 432 alunos e estará pronta no arranque do ano letivo 2020/2021.

Durante o prazo de execução das obras – 548 dias - o Pré Escolar foi transferido para a Escola das Maricas, na freguesia de São Roque, e o 1.º Ciclo para a Escola do Carvão, na freguesia de Santa Clara.

O projeto de arquitetura da Escola da Mãe de Deus, que inclui a construção de um polidesportivo coberto e de zonas de estacionamento, é da autoria de Luís Almeida e Sousa. As obras vão incidir, maioritariamente, na manutenção do edifício existente (do “Plano dos Centenários”), na estruturação da área desportiva e na articulação dos vários edifícios, de modo a permitir a sua interligação em zona coberta.

Esta conceção arquitetónica segue as disposições previstas no Plano Diretor Municipal de Ponta Delgada, bem como as indicações dos pareceres de várias entidades, consultadas em fase de estudo prévio.

Está previsto manter o acesso existente ao recreio, pela Rua da Mãe de Deus, exclusivamente para situações de emergência e, ainda, o acesso pela Rua Nova do Visconde, introduzindo-se aí uma área de acesso e estacionamento, exclusiva para os professores, funcionários, serviço ao refeitório e recolha de resíduos.
A fiscalização da obra estará a cargo de António Tavares Vieira.

A EB1/JI de São Pedro tem um total de 432 alunos (lotação estimada de 24 alunos por sala, num total de 18 salas de aula) e a ampliação do edifício será feita em função da lotação acrescida, prevista, do número de professores, educadores e auxiliares.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old January 23rd, 2019, 12:06 AM   #1852
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Inaugurada a ampliação do porto das Velas, em São Jorge (Açores9)



Investimento de 23 milhões de euros.

O Presidente do Governo inaugurou hoje as obras de reordenamento e ampliação do Porto de Velas, um investimento de cerca de 23 milhões de euros, onde apelou às entidades públicas e privadas de São Jorge para que contribuam para fazer desta infraestrutura “uma ferramenta moderna e eficaz” ao serviço do desenvolvimento da ilha.

“O desafio está lançado e está aí frente aos empresários, aos agricultores, às indústrias, às Câmaras Municipais e, naturalmente, também ao Governo: que o novo Porto Comercial de Velas seja uma ferramenta moderna e eficaz, ao serviço do desenvolvimento de São Jorge”, afirmou Vasco Cordeiro.

No início da visita estatutária do Executivo à ilha, o Presidente do Governo salientou que, fruto deste novo investimento significativo, São Jorge passa a dispor de uma estrutura portuária moderna, funcional e eficiente para servir a sua população e a sua economia, quer no que diz respeito ao transporte de passageiros, quer no que refere ao transporte de mercadorias.

Nesse sentido, Vasco Cordeiro recordou que, em 2012, foi construída a rampa 'roll on/rol of'f, a qual, num investimento de perto de um milhão de euros, veio permitir a operação de navios ferry neste porto e, consequentemente, mais facilidade, mais comodidade e mais rapidez no transporte de passageiros e de viaturas, incluindo já alguma carga, nas ilhas do Triângulo.

Além disso, a construção de uma nova e moderna Gare de Passageiros, que entrou em funcionamento no início de 2018, veio permitir e garantir níveis de conforto, para além do reforço das condições de segurança, para essa operação.

Agora conclui-se a terceira componente, com a obra de prolongamento do cais comercial em mais 150 metros e a ampliação do terrapleno para 2200 metros, a intervenção ao nível das redes técnicas existentes, de água potável, água salgada de combate a incêndios e elétrica e de iluminação, para além da construção de um edifício de oficina, armazém e garagem para máquinas.

“Como resultado direto e imediato desse investimento, a ilha de São Jorge passa a dispor de um porto comercial que permite a operação de dois navios em simultâneo, que tem reforçadas as condições de segurança no tráfego de passageiros e viaturas em navios ferry, permitindo também a sua operação em simultâneo com os navios comerciais”, destacou Vasco Cordeiro.

Na sua intervenção, o Presidente do Governo salientou, por outro lado, o investimento público na ilha de São Jorge nas mais várias áreas de atuação do Governo.

“Temos obras no Centro de Saúde da Calheta e vamos ter obras no Centro de Saúde de Velas, temos obras em estradas regionais, em caminhos agrícolas e caminhos da orla costeira e também na orla costeira, como é o espaço adjacente ao Campo de Jogos de Santa Catarina, temos obras na escola da Calheta, no Museu Francisco de Lacerda e vamos tê-las também na Santa Casa da Misericórdia, no Porto do Topo, e, voltando a Velas, temos obras no Entreposto Frigorífico, isto entre tantas e tantas outras intervenções”, referiu.

Segundo disse, é necessário ter uma perspetiva permanente de ligar a realização do investimento, não a um simples dispêndio de dinheiro, mas à sua utilidade e reprodutividade em termos de contributo para o bem-estar das populações e para o desenvolvimento da Região e de correta utilização do dinheiro dos Açorianos.

“A decisão de investir esse montante nesta obra baseia-se na convicção profunda de que este é um investimento que pode, que deve, servir de instrumento, de ferramenta, de impulso para o desenvolvimento económico e, consequentemente, para a criação de riqueza e de emprego em São Jorge e, portanto, nos Açores”, preconizou.

Nesse sentido, Vasco Cordeiro manifestou, em nome do Governo, a total confiança na capacidade dos Jorgenses para responderem afirmativamente a esta questão, apontando exemplos do crescimento que se tem verificado em várias áreas.

“Em 2009, no Porto Comercial de Velas, foram carregadas cerca de 6.800 toneladas. Em 2017, último ano de que temos dados estatísticos, foram carregadas mais de 10.000 toneladas, um crescimento de cerca de 50 por cento. Isto, ao mesmo tempo que, nesse período temporal, diminuía a quantidade das mercadorias descarregadas de cerca de 67 mil para 64 mil”, disse.

Especialmente significativo, nesse domínio, é o que se passa com a exportação de gado bovino em carcaça, adiantou o Presidente do Governo, ao referir que, em 2009, saíram de São Jorge, naturalmente por via marítima, 516 carcaças de bovinos abatidos, enquanto em 2017 saíram de São Jorge 2.715 carcaças, um crescimento de quase de 500 por cento.

Além disso, em 2009, o movimento de passageiros no Porto de Velas foi de cerca de 65 mil passageiros, subindo em 2017 para cerca de 100 mil passageiros, um crescimento de 53 por cento.

“É, pois, à capacidade empreendedora, à capacidade de realização e à vontade de vencer desta pareceria entre entidades públicas e privadas que aqui se concretiza e realiza em São Jorge e que alcançou esses números impressionantes que hoje, aqui, eu apelo”, concluiu Vasco Cordeiro.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old January 23rd, 2019, 11:45 AM   #1853
1ºBoaz
Madeira Island
 
1ºBoaz's Avatar
 
Join Date: Jul 2012
Posts: 14,433
Likes (Received): 23931

e reiniciaram as obras do Museu



__________________
Madeira Island

azoresshop liked this post
1ºBoaz no está en línea   Reply With Quote
Old January 25th, 2019, 12:42 PM   #1854
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Semi-túnel vai reforçar segurança no acesso à Ribeira Quente (Correio dos Açores)



O Governo dos Açores deliberou ontem lançar o concurso público para a segunda fase da empreitada de consolidação dos taludes da Estrada Regional n.º 2-2.ª, no troço Furnas/Ribeira Quente, num investimento estimado em cerca de 3,6 milhões de euros.

Esta empreitada contempla a intervenção em vários troços da estrada regional, mediante a execução de terraplanagens para reperfilamento, drenagem e estabilização de taludes no troço a jusante dos túneis existentes.

Neste trajecto é preconizada a construção de uma estrutura em semi-túnel com cerca de 200 metros de extensão de forma a melhorar as condições de segurança da circulação rodoviária no acesso à freguesia da Ribeira Quente.

Esta intervenção conclui o processo de reforço de segurança no acesso a esta freguesia, num investimento que, juntando a primeira fase e esta segunda fase agora a concurso, ascende a um montante superior a 4.730.000 euros.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old February 4th, 2019, 04:14 PM   #1855
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Via entre as Furnas e a Povoação será adjudicada no primeiro semestre deste ano (Correio dos Açores)



Director de Obras Públicas entende que a via Furnas-Povoação deveria ser um concurso para a construção e exploração por privados.

O Governo dos Açores vai adjudicar no primeiro semestre deste ano as obras da variante às Furnas e de ligação da freguesia à Povoação no valor de 22 milhões de euros. O projecto já está concluído e a Direcção Regional de Obras Públicas já tem o estudo de impacto ambiental e recebeu esta semana o estudo de viabilidade económica do empreendimento.

O empreendimento vai encurtar o tempo de viagem entre as Furnas e a Povoação, “mas, essencialmente, esta ligação entre Furnas e Povoação será uma obra de segurança”.

O Director Regional de Obras Públicas e Comunicações, Frederico Sousa, elucidou o ‘Correio dos Açores’ que o projecto vai ser levado a Conselho de Governo sob a forma de contratualização.

Frederico Sousa considerou o projecto “complexo” com um estudo base “muito rigoroso a nível de condições”. Actualmente, o governo está apenas à espera do projecto de execução, com fundações e estabilidade.

O Director Regional de Obras Públicas está convencido de que, em termos de execução de empreitada, “há um conjunto de empresas regionais que têm capacidade técnica para executar esta obra. Outra questão relevante é a capacidade financeira para a executar”, disse.

“Quer seja um consórcio feito com empresas regionais ou nacionais, o que queremos garantir, em primeiro lugar, é que seja feito no melhor prazo e no melhor preço”, afirmou.

O Conselho de Governo deverá tomar, ainda no primeiro trimestre deste ano, a decisão da contratação pública da empreitada, para que seja lançado um concurso público internacional ainda no actual semestre.

“Se é adjudicação da obra será feita com concessão da sua gestão ou não”, será o Conselho de Governo a decidir, mas a opinião do Director Regional de Obras Públicas, Frederico Sousa, é a de que o executivo açoriano deverá adoptar a forma processual de adjudicação concessão do empreendimento.

“Estamos convencidos que a vantagem de uma nova concessão será grande no que diz respeito à manutenção e conservação desta estrada. Vamos ser sinceros. Temos 1.500 quilómetros de rede viária regional, retirando os caminhos agrícolas e florestais. E estes 22 milhões de euros de investimento nesta rede viária adicional, para nós seria mais confortável que fosse feito um projecto de execução, a concessão e a exploração da via. Sim estou inclinado para a concessão da via. Mas esta é uma questão que será decidida em Conselho do Governo ponderando todas os factores”, palavras de Frederico Sousa.

O que o director regional deixa bem claro é que “não será feita qualquer relação com a actual concessão das SCTUs. São projectos distintos e sujeitos a concurso público e qualquer empresa regional terá capacidade para concorrer”, assegurou.

Nas palavras de Frederico Sousa, “estamos convencidos que a vantagem de uma nova concessão será grande no que diz respeito à manutenção e conservação desta estrada. Para nós seria mais confortável com um projecto de execução, a construção e a exploração daquela via”, acentuou.

“O Conselho de Governo é que decide, ponderando todos os factores. O que queremos é que este início de investimento seja feito o mais rápido possível. Vamos incluir a variante às Furnas porque faz sentido aproveitar também esta oportunidade e resolver o problema de circulação rodoviária entre Furnas, Povoação e Ribeira Quente”, disse.

Adiantou que “já está decidido que a localização da variante às Furnas será construída a Norte da freguesia” a partir da zona das Pedras do Galego em direcção à Ribeira Quente e Povoação a norte da freguesia. “Quem desce as Pedras do Galego, antes de entrar na Rua do Estaleiro, vai surgir em variante, contorna a freguesia um pouco mais a norte e encaixa no cruzamento entre a Povoação, as Furnas e a Ribeira Quente onde existe a actual bomba de gasolina”.

Este empreendimento, no seu entender, “dará melhores condições de circulação no interior das Furnas e condições de segurança para quem circula a pé na freguesia”.

O que queremos é que o início deste investimento seja o mais rápido possível”, sublinhou Frederico Sousa.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old February 12th, 2019, 09:56 PM   #1856
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Lançado concurso de construção da Praça do Emigrante (NO Revista)



A Câmara Municipal da Ribeira Grande lançou o concurso público para a obra de construção da Praça do Emigrante, na zona do Monte Verde, empreitada que terá um prazo de execução de sete meses.

A obra deverá arrancar após a conclusão do procedimento concursal que termina a meados de março próximo, estando orçada em cerca de 290 mil euros.

Integrada no Plano de Regeneração Urbana da Ribeira Grande, a obra conta com os apoios comunitários ao abrigo do Programa Açores 2020.

Localizada em frente ao Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, a Praça do Emigrante terá cerca de 4000m², visando homenagear todos os emigrantes que partiram em busca de melhores condições de vida.

Parte do trabalho associado a esta empreitada, nomeadamente a construção do globo terrestre, que será a peça central, já foi desenvolvido em armazém, encontrando-se pronto a ser instalado assim que a obra no terreno estiver concluída.

O piso da praça simbolizará o mar, executado em calçada branca e basalto negro, enquanto o globo irá simbolizar a Terra e a pedra onde este assentará irá representar as ilhas.

O autarca destacou também o “empenho e dedicação de Luís Silva, ex-presidente da Associação dos Emigrantes Açorianos, que tem sido incansável na divulgação do projeto nas comunidades emigradas”, reconhecendo a “parceria estabelecida com a Associação dos Emigrantes Açorianos no desenvolvimento deste projeto, bem como a dedicação da artista plástica Liliana Lopes”.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel

Spedfrom liked this post
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old April 25th, 2019, 11:24 PM   #1857
azoresshop
100% Azorean Stuff
 
azoresshop's Avatar
 
Join Date: Feb 2011
Location: Ponta Delgada - Azores
Posts: 7,168
Likes (Received): 1456

Mercado Municipal da Cidade da Horta - Requalificação

Foi ontem inaugurada a obra de requalificação do mercado da cidade faialense.

















Fotos: Câmara Municipal da Horta.
__________________
(Re)Descubram a fantástica ilha verde: (Re)Descobrir São Miguel

1ºBoaz, Spedfrom liked this post
azoresshop no está en línea   Reply With Quote
Old June 26th, 2019, 08:22 PM   #1858
Barragon
Barra for Friends
 
Barragon's Avatar
 
Join Date: Dec 2004
Location: Barreiro
Posts: 136,588
Likes (Received): 14971

Quote:
Originally Posted by azoresshop View Post
Via entre as Furnas e a Povoação será adjudicada no primeiro semestre deste ano (Correio dos Açores)



Director de Obras Públicas entende que a via Furnas-Povoação deveria ser um concurso para a construção e exploração por privados.

O Governo dos Açores vai adjudicar no primeiro semestre deste ano as obras da variante às Furnas e de ligação da freguesia à Povoação no valor de 22 milhões de euros. O projecto já está concluído e a Direcção Regional de Obras Públicas já tem o estudo de impacto ambiental e recebeu esta semana o estudo de viabilidade económica do empreendimento.

O empreendimento vai encurtar o tempo de viagem entre as Furnas e a Povoação, “mas, essencialmente, esta ligação entre Furnas e Povoação será uma obra de segurança”.

O Director Regional de Obras Públicas e Comunicações, Frederico Sousa, elucidou o ‘Correio dos Açores’ que o projecto vai ser levado a Conselho de Governo sob a forma de contratualização.

Frederico Sousa considerou o projecto “complexo” com um estudo base “muito rigoroso a nível de condições”. Actualmente, o governo está apenas à espera do projecto de execução, com fundações e estabilidade.

O Director Regional de Obras Públicas está convencido de que, em termos de execução de empreitada, “há um conjunto de empresas regionais que têm capacidade técnica para executar esta obra. Outra questão relevante é a capacidade financeira para a executar”, disse.

“Quer seja um consórcio feito com empresas regionais ou nacionais, o que queremos garantir, em primeiro lugar, é que seja feito no melhor prazo e no melhor preço”, afirmou.

O Conselho de Governo deverá tomar, ainda no primeiro trimestre deste ano, a decisão da contratação pública da empreitada, para que seja lançado um concurso público internacional ainda no actual semestre.

“Se é adjudicação da obra será feita com concessão da sua gestão ou não”, será o Conselho de Governo a decidir, mas a opinião do Director Regional de Obras Públicas, Frederico Sousa, é a de que o executivo açoriano deverá adoptar a forma processual de adjudicação concessão do empreendimento.

“Estamos convencidos que a vantagem de uma nova concessão será grande no que diz respeito à manutenção e conservação desta estrada. Vamos ser sinceros. Temos 1.500 quilómetros de rede viária regional, retirando os caminhos agrícolas e florestais. E estes 22 milhões de euros de investimento nesta rede viária adicional, para nós seria mais confortável que fosse feito um projecto de execução, a concessão e a exploração da via. Sim estou inclinado para a concessão da via. Mas esta é uma questão que será decidida em Conselho do Governo ponderando todas os factores”, palavras de Frederico Sousa.

O que o director regional deixa bem claro é que “não será feita qualquer relação com a actual concessão das SCTUs. São projectos distintos e sujeitos a concurso público e qualquer empresa regional terá capacidade para concorrer”, assegurou.

Nas palavras de Frederico Sousa, “estamos convencidos que a vantagem de uma nova concessão será grande no que diz respeito à manutenção e conservação desta estrada. Para nós seria mais confortável com um projecto de execução, a construção e a exploração daquela via”, acentuou.

“O Conselho de Governo é que decide, ponderando todos os factores. O que queremos é que este início de investimento seja feito o mais rápido possível. Vamos incluir a variante às Furnas porque faz sentido aproveitar também esta oportunidade e resolver o problema de circulação rodoviária entre Furnas, Povoação e Ribeira Quente”, disse.

Adiantou que “já está decidido que a localização da variante às Furnas será construída a Norte da freguesia” a partir da zona das Pedras do Galego em direcção à Ribeira Quente e Povoação a norte da freguesia. “Quem desce as Pedras do Galego, antes de entrar na Rua do Estaleiro, vai surgir em variante, contorna a freguesia um pouco mais a norte e encaixa no cruzamento entre a Povoação, as Furnas e a Ribeira Quente onde existe a actual bomba de gasolina”.

Este empreendimento, no seu entender, “dará melhores condições de circulação no interior das Furnas e condições de segurança para quem circula a pé na freguesia”.

O que queremos é que o início deste investimento seja o mais rápido possível”, sublinhou Frederico Sousa.
Excelentes notícias

Há algum thread de Estradas dos Açores?
__________________
::: Portuguese Forum :::

Tocha :: Mira :: Vagos :: Ílhavo :: Praia da Barra :: Curia :: Anadia :: Oliveira do Bairro :: Águeda

Fat people are harder to kidnap
Barragon no está en línea   Reply With Quote
Sponsored Links
Advertisement
 


Reply

Tags
açores, projetos

Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

BB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off



All times are GMT +2. The time now is 07:37 AM.


Powered by vBulletin® Version 3.8.11 Beta 4
Copyright ©2000 - 2019, vBulletin Solutions Inc.
vBulletin Security provided by vBSecurity v2.2.2 (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.
Feedback Buttons provided by Advanced Post Thanks / Like (Pro) - vBulletin Mods & Addons Copyright © 2019 DragonByte Technologies Ltd.

SkyscraperCity ☆ In Urbanity We trust ☆ about us